• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Palestra Tecredes
 

Palestra Tecredes

on

  • 1,012 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,012
Views on SlideShare
1,012
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
13
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Palestra Tecredes Palestra Tecredes Presentation Transcript

    •  
    •  
    •  
    • Conceitos básicos
      • *Circuit switching
      • *Transmissão digital
      • *Canal comum de sinalização
      • *Redes digitais de serviços integrados (RDSI)
      • *XDSL
      • *Cable modem
      • *Lan
      • *Man
      • *Wan
    • Circuit switching
      • Ambiente de comunicação que realiza primeiro a comutação dos circuitos, para então permitir o uso exclusivo da comunicação entre nós de uma rede de telefonía.
    •  
    • Transmissão digital
      • As redes de telefonía estão, cada vez mais, sendo implementadas empregando a transmissão digital. Onde a voz é enviada na rede de comunicação como sendo um conjunto de bits.
    • Canal comum de sinalização
      • Esta técnica permite a transmissão de sinais de controle nos equipamentos telefônicos de comutação.
      • Ex: redirecionamento de chamadas e chamadas a serviços com tarifação reversa, cobrança por cartões de crédito etc.
    • Redes (RDSI)
      • Também conhecidas como ISDN, são um emprendimento de algumas concessionárias de comunicação de prover os serviços digitais para seus assinantes. Fornece voz e dados digitalizados para os assinantes. é um serviço efetuado através do cabeamento de loop local convencional.
    •  
    • XDSL
      • Este tipo de serviço é um loop local.
      • Existe certa quantidade de diferentes tipos de implementação desta técnica.
      • Ex: ADSL com taxa downstram de até 6.144 Mbps e upstream de 640 Kbps.
      • Pode utilizar cabo par trançado para telefonía analógica.
    • ADSL
    • Cable modem
      • Tecnologia conhecida como
      • Community Antenna TeleVision (CATV)
      • Utiliza cabos coaxiais com alta capacidade de transmissão por um sistema de banda larga.
      • Utiliza a multiplexação por freqüência.
      • Taxa de até 36 Mbps para dados.
      • Compartilhamento por assinante.
    •  
    • Lan (Local Area Network)
      • Definida como uma rede com abrangência física de até poucos quilometros.
      • Alta taxa de transferência.
      • Baixa taxa de erros.
      • Sem roteamento.
      • Roteamento por broadcast.
    •  
    • Man (Metropolitan Area Network)
      • Abrangem uma região metropolitana.
      • Existe o roteamento mas é totalmente transparente para o usuário final.
      • Os serviços são fornecidos pelas concessionárias de telcomunicação ou TV a cabo.
    •  
    • Wan (Wid Area Network)
      • Rede geográficamente distribuída.
      • Baixa taxa de transferência.
      • Alta taxa de erros.
      • Roteamento.
    • Modelo OSI
      • Camada física: é representada pelas conexões e pela sinalização. O protocolo de camada física (PHY – Physical Layer) define a sinalização elétrica, símbolos, estados de linha, requisitos de temporização, codificação de dados e conectores para a transmissão de dados e suas configurações (pinagem). Um exemplo da camada física é o padrão 10BaseT. Os hubs são dispositivos da primeira camada e retransmitem sinais sem decodificá-los.
      • Camada de enlace de dados: Consiste do controle de acesso à mídia (MAC – Media Access Control) e do controle de ligação lógica (LLC – Logical Link Control). O MAC é responsável por descrever como uma estação deve organizar, transferir, receber, controlar e identificar os erros em um ambiente de meio físico compartilhado (rede).
      • Camada de rede: é responsável pela conexão entre a fonte de informação e o destinatário. Redes grandes normalmente consistem de diferentes tipos de padrões MAC; por exemplo, uma organização pode ter uma rede Ethernet no departamento comercial e uma rede Token Ring no departamento técnico. O software de camada de rede deve estar apto a executar a conexão entre diferentes tipos de redes da melhor forma possível. A função da camada 3 é então, a de roteamento.
      • Camada de transporte: Essa camada executa muitas tarefas em comum com a de rede, porém em âmbito local.
      • Os drivers do software da rede executam tarefas da camada de transporte.
      • Se o funcionamento da rede for interrompido, o software da camada de transporte vai procurar por rotas alternativas ou gravar os dados transmitidos em local seguro, até que a conexão da rede seja restabelecida.
      • Essa camada é responsável pelo controle de qualidade da comunicação e cuida que os dados recebidos estejam no formato correto.
      • Esses recursos de formatação e ordenação são importantes quando os programas da camada de transporte estabelecem conexões entre computadores de concepção diferentes .
      • Camada de sessão:
        • muito importante em redes locais com computadores pessoais, pois cabem a ela as funções que permitem a comunicação entre duas aplicações (ou dois componentes da mesma aplicação) pela rede.
        • Entre essas funções estão a de segurança, reconhecimento de nome, conexão e administração, entre outras.
      • Camada de apresentação:
      • Essa camada é responsável pela forma como as informações são entregues aos usuários.
      • A camada 6 pode tratar, também, pela criptografia e de alguns formatos especiais de arquivos, sendo responsável, também, pela formatação de tela e de arquivos, de modo que o produto final tenha a apresentação que o programador deseja.
      • Camada de aplicação:
      • Camada superior do modelo OSI serve ao usuário.
      • Aqui estão o sistema operacional da rede e os programas aplicativos:
      • Compartilhamento de arquivos, criação de spools de impressão e correio eletrônico até a criação e o gerenciamento de banco de dados.
      • Essa camada é de grande importância para o usuário, porque é controlada diretamente por ele.
      • Algumas funções, como as de protocolos de transferência de arquivos, são baseadas na camada de aplicação, mas executam tarefas atribuídas a uma camada inferior.