Your SlideShare is downloading. ×
0
Modelo Conceitual
Modelo Conceitual
Modelo Conceitual
Modelo Conceitual
Modelo Conceitual
Modelo Conceitual
Modelo Conceitual
Modelo Conceitual
Modelo Conceitual
Modelo Conceitual
Modelo Conceitual
Modelo Conceitual
Modelo Conceitual
Modelo Conceitual
Modelo Conceitual
Modelo Conceitual
Modelo Conceitual
Modelo Conceitual
Modelo Conceitual
Modelo Conceitual
Modelo Conceitual
Modelo Conceitual
Modelo Conceitual
Modelo Conceitual
Modelo Conceitual
Modelo Conceitual
Modelo Conceitual
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Modelo Conceitual

15,184

Published on

Published in: Technology
0 Comments
4 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
15,184
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
235
Comments
0
Likes
4
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. BANCO DE DADOS MODELO CONCEITUAL ALEX RABELO FERREIRA ALEXANDRE COTRIM VILAS BOAS LORENA DE OLIVEIRA ARAUJO VÍVIAN SANTIAGO LEONARDO
  • 2. BANCO DE DADOS MODELO CONCEITUALO modelo conceitual concentra-seno mais alto nível de abstração enão leva em conta o banco dedados em si, mas a forma comoas estruturas serão criadas paraarmazenar os dados.
  • 3. BANCO DE DADOS MODELO CONCEITUALO modelo de entidade erelacionamento é o mais utilizadoatualmente, devido a suasimplicidade e eficiência. Baseia-sena percepção de mundo real, queconsiste em uma coleção de objetosbásicos, chamados entidades erelacionamentos entre essesobjetos.
  • 4. BANCO DE DADOS MODELO CONCEITUALA modelagem de dados consiste em umasérie de análises conceituais e lógicaspara encontrar a melhor disposiçãopossível de armazenamento emanutenção das informações no bancode dados. A modelagem envolve umprofundo estudo de caso, seguido daanálise de projeto, que pode ser divididaem duas etapas:
  • 5. ANÁLISE DE ENTIDADESNa análise de entidades o objetivo éidentificar os elementos com algumsignificado próprio, tais comoClientes, Produtos, Pedidos,Locação, etc. A entidade pode seralgo concreto como Clientes eProdutos ou algo abstrato comoLocação e Venda.
  • 6. ANÁLISE DE RELACIONAMENTONa análise de relacionamentos oobjetivo é definir como e quandoas entidades se relacionam, isto éparticularmente importante a fimde dar maior entendimento doproblema.
  • 7. MODELAGEM CONCEITUAL● Vantagens– independente de detalhes de implementaçãoem um SGBD• facilita a compreensão da semântica dosdados de um domínio• melhor compreendido por usuários leigos– pode ser mapeado para qualquer modelológico de BD– facilita a manutenção do modelo lógico e amigração para outro modelo lógico• processo de engenharia reversa
  • 8. MODELAGEM CONCEITUAL ● Desvantagens A maior dificuldade para o aprendizado das técnicasde modelagem em banco de dados é entender umproblema do mundo real e convertê-lo, criando umasolução.
  • 9. Etapas de um projeto
  • 10. Abordagem Relacional Os bancos de dados foram criados com o objetivo de serecuperar as informações armazenadas no mesmo, de formaeficiente, confiável e segura. Em 1976, o Dr. Peter Pin-ChanChen apresentou a Abordagem relacional (entidaderelacionamento) e hoje é o mais utilizado nos mais diversosambientes de trabalho, e tem se mostrado comprovadamenteseguro e eficaz nos processos de armazenamento erecuperação da informação.
  • 11. Entidade Entidade é “qualquer coisa” do mundo real que estaenvolvida no problema que possui existência independenteseja ela física (carro, pessoa) ou conceitual (companhia,empresa, curso). As entidades são composta por atributos queas tornam únicas e as identificam.Tipos de Entidade Os tipos de entidade são um conjunto de entidades domesmo tipo, que pode ser descrito por um nome e uma lista deatributos semelhantes mas com valores diferentes. Ex: Osempregados de uma empresa são denominados como um tipoEmpregado.
  • 12. Exemplo do tipo de entidade
  • 13. Atributo Os atributos caracterizam uma entidade ou umrelacionamento. Ex: A entidade Cliente possui os seguintesatributos: nome, data de nascimento, telefone, endereço...Simples Os atributos simples são aqueles que não podem serdivididos, sendo eles mais básicos e triviais. Ex: sexo.Composto Os atributos composto podem ser divididos emmais atributos e seus valores seriam a concatenação dosvalores de atributos simples. Ex: atributo endereço pode conternome da rua, numero da casa, complemento, bairro..
  • 14. Monovalorado O atributo monovalorado é aquele em que sepossui apenas um valor por entidade. Ex: idade de umaentidade Cliente, pois uma pessoa não pode ter mais que umaidade. Multivalorado O atributo multivalorado é aquele em quepodem haver mais um valor por entidade. Ex: telefone de umaentidade Cliente, pois uma pessoa pode ter mais que umnúmero de telefone. Armazenado O atributo armazenado éaquele que está realmente armazenado no banco de dados.Derivado O atributo derivado é aquele que é obtido através deoperações com outros atributos, podendo ou não serarmazenado no banco de dados. Ex: idade = dataAtual -dataNascimento
  • 15. Notações
  • 16. Exemplo
  • 17. Modelo Conceitual- Domínio do problema, e não domínioda solução- Não deve ser confundido com aarquitetura do software
  • 18. Modelo ConceitualO Modelo Conceitual esta na cabeça de quem sabe fazer!
  • 19. Modelo ConceitualO profissional da área de informática precisa entender oproblema e conceituar o que será a solução e, para isso,duas coisas podem ser consideradas imprescindíveis: ● Saber ouvir o cliente/usuário abstraindo da conversa o que é realmente útil para implementar a solução; ● Conhecer as técnicas de modelagem a fim de representar o problema de forma conceitual antes de iniciar a implementação.
  • 20. Elementos básicos do modelo conceitual- Conceitos- Atributos- Associações
  • 21. Como Encontrar Conceitos e Atributos- Verificar os textos dos Casos de Uso - Selecionar termos que representaminformações transmitidas do sistema, epara o sistema- Agrupar sinônimos
  • 22. Associação e OperaçãoAssociação - Relação estática quepode existir entre dois conceitosOperação - Ato de transformar ainformação, passando de um estadopra outro.
  • 23. Uma AssociaçãoA pessoa possui o automóvel.
  • 24. OperaçãoA pessoa adquire o automóvel.
  • 25. Ferramentas1. Por quê usar uma ferramenta? 1.1. É possivel aprender sem ela 1.2. É exaustivo a converssão 1.3. Com o uso dela2. Qual ferramenta utilizar ? 2.1. Segundo Carlos A. Heuser 2.2. Dr. Ronaldo Mello 2.3. Carlos H. Cândido3. Ferramentas existentes no mercado 3.1. Oracle – Oracle Designer 3.2. Sybase – Power Designer 3.3. CA – Erwin 3.4. Freeware DBDesigner4. Br Modelo – Ferramenta produzida no Brasil

×