Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
  • Save
Empreendedorismo Tecnológico - Unicamp
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Empreendedorismo Tecnológico - Unicamp

  • 6,895 views
Published

Palestra sobre Empreendedorismo Tecnológico, Unicamp, Campinas. Data: 10/06/2009

Palestra sobre Empreendedorismo Tecnológico, Unicamp, Campinas. Data: 10/06/2009

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
  • ESSE E BOM
    Are you sure you want to
    Your message goes here
  • Oi Kleber! Com alguma frequencia eu sou convidado para dar palestras como esta e gostei muito da sua. A propósito, você conhece a rede.mundo.it e o readwriteweb.com.br? Eu tenho contato com muito empreendedor bacana nestas duas redes. Um abraço!
    Are you sure you want to
    Your message goes here
No Downloads

Views

Total Views
6,895
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
5

Actions

Shares
Downloads
178
Comments
2
Likes
23

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Empreendedorismo Tecnológico Kleber Ken Teraoka kleber@ujima.com.br 1
  • 2. Startups - contexto 2
  • 3. Empresa de Base Tecnológica (EBT) Produtos/Serviços de alto valor agregado Uso de tecnologia nos produtos ou processos Ciclo de venda longo (meses, anos) -> Investimento e Capital de giro Proteção de Propriedade Intelectual: Patentes Gera empregos qualificados e com Inovação boa remuneração 3
  • 4. Risco Risco x Estágio Estágio Semente Nascente Estabel. Cresc. Expansão 4
  • 5. Startup Desafios Ações Capital Angels, VC, Fomento, Bancos Equipe Estrutura e Equipe complementar Produto Protótipo evolutivo Clientes Case relevante Parceiros Networking Ações adequadas diminuem riscos e aumentam as chances de entrada no mercado 5
  • 6. Oportunidades x Ondas Tecnológicas Gatecorp (1998-1998) Era Internet Intermediação de compras B2B Prisma Mobile (1999-) Era Mobile Software de gestão via dispositivos móveis Ujima Software (2007-) Era Internet Social Ubíqua Gerenciamento de Carreira para Alumni Ondas tecnológicas sempre trazem oportunidades de negócio 6
  • 7. Aprendizados Estratégia Peq. Emp. x Gde. Emp. 1º Margem, depois escala Oferta única Marketing Plano de entrada - Go to market Cases e mais cases Plano de Comunicação Capital Projetos de inovação Órgãos de fomento, Investidores Estratégia adequada constrói reputação, mantendo foco e lucratividade 7
  • 8. Oferta de valor 8
  • 9. Como desenvolver idéias de negócio? Idéia de produto/serviço Necessidade do Prova de mercado Conceito Produto/Serviço Planejamento Comece identificando uma necessidade de mercado! 9
  • 10. Qual o valor de uma idéia? “Fulano roubou minha idéia....” “Tenho uma super idéia de negócio, por isso a guardo a 7 chaves...” Nenhum investidor perde tempo analisando idéias Idéias não têm valor monetário... ...se não forem executadas. 10
  • 11. Idéias executadas têm valor Valor = Idéia x Execução Idéia Multiplicador Execução Valor ($) Ruim -1 Ruim 0 Boa 10 x Boa 1.000 Ótima 100 Ótima 10.000 Excelente 1000 Excelente 1.000.000 11
  • 12. Compartilhe com o público-alvo... com alguém experiente... faça brainstormings. Não tenha medo de alguém “roubar sua idéia” Se a idéia é facilmente executável... ...deve ser uma idéia ruim. As críticas tornam o negócio robusto! 12
  • 13. Qual o valor de uma empresa? Valor se constrói em Marcos importantes: degraus...  Idéia ...condicionado ao  Prova de alcance de conceito marcos  Primeiro cliente  Primeiro milhão ... 13
  • 14. Valor x Estágio Valor ($) $$$$$ $$$ $ Idéia Protótipo 1º.cliente Domínio (nicho) Estágio Semente Nascente Estabelecimento Crescimento 14
  • 15. Criação de valor “Startups são negócios reduzidos à sua essência.” “… startups fazem o que negócios fazem – criam valor – quase mais intensivamente do que qualquer outra parte da economia” A razão de existência de uma startup é criar valor 15
  • 16. Inovação de valor Estrutura de Custos Diminui custos... Inovação ... e aumenta percepção de valor para de Valor o comprador... Valor para o comprador ... simultaneamente Inovação deve pressupor obtenção de lucro através de redução de custos e precificação adequada da oferta 16
  • 17. Estratégia e Inovação de valor 17
  • 18. Clientes 18
  • 19. Clientes Empresa pequena -> Cliente grande! Case de peso constrói reputação: Diminui a barreira de adoção Cliente-parceiro: Adotante inicial a custo reduzido Oportunidade para: Feedback do produto/serviço Ajustar preço ao mercado Realizar outras vendas similares Case é essencial para uma entrada de mercado bem sucedida 19
  • 20. Plano de Marketing Venda para Divulgação, Abordagem a Domínio do Cliente- plano de clientes do Vendas nicho parceiro comunicação mesmo nicho Venda para Divulgação, Abordagem a Domínio do cliente-parceiro plano de clientes do Vendas nicho em outro nicho comunicação mesmo nicho ... Case é essencial para uma entrada de mercado bem sucedida 20
  • 21. Equipe 21
  • 22. Equipe Complementar Estratégico Operacional Marketing Finanças Vendas Jurídico Uma boa equipe tem mais chances de garantir a execução do plano de negócios Serviços de Incubadoras podem complementar a equipe da empresa 22
  • 23. Planejamento 23
  • 24. Plano de Negócios Captar $$$ Conseguir um sócio Expandir um negócio Verificar a viabilidade do negócio Itens mais importantes:  Equipe  Inovação e Diferencial de mercado  Plano de Marketing 24
  • 25. Modelo de Negócios  É o ‘que é, como, onde e para quem eu vendo’ meu produto  É como eu atendo meu cliente  É como eu faço o meu produto  É como eu ganho $ Como estruturar tudo isso? 25
  • 26. Produto/Serviço OFERTA PROPOSTA DE VALOR O QUE EU VENDO? Crédito: http://www.hec.unil.ch/aosterwa/PhD/Osterwalder_PhD_BM_Ontology.pdf 26
  • 27. Ambiente Externo: Mercado RELACIONAMENTO CLIENTES COM CLIENTES OFERTA CLIENTE-ALVO O QUE FAÇO PARA PROPOSTA DE VENDER SEMPRE? VALOR PARA QUEM EU VENDO? O QUE EU VENDO? DISTRIBUIÇÃO COMO E ONDE EU VENDO? 27
  • 28. Ambiente interno: Empresa INFRA-ESTRUTURA REDE DE RELACIONAMENTO CLIENTES PARCEIROS COM CLIENTES OFERTA RECURSOS CLIENTE-ALVO CHAVE COM QUEM DEVO ME O QUE FAÇO PARA ASSOCIAR? PROPOSTA DE VENDER SEMPRE? VALOR QUE COMPETÊNCIAS PARA QUEM EU VENDO? DEVO TER NA EMPRESA? ATIVIDADES-CHAVE O QUE EU VENDO? DISTRIBUIÇÃO QUAIS OS PROCESSOS COMO E INTERNOS? ONDE EU VENDO? 28
  • 29. Lucro = Receitas-Despesas INFRA-ESTRUTURA REDE DE RELACIONAMENTO CLIENTES PARCEIROS COM CLIENTES OFERTA RECURSOS CLIENTE-ALVO CHAVE COM QUEM DEVO ME O QUE FAÇO PARA ASSOCIAR? PROPOSTA DE VENDER SEMPRE? VALOR QUE COMPETÊNCIAS PARA QUEM EU VENDO? DEVO TER NA EMPRESA? ATIVIDADES-CHAVE O QUE EU VENDO? DISTRIBUIÇÃO QUAIS OS PROCESSOS COMO E INTERNOS? ONDE EU VENDO? COMO MANTENHO A EMPRESA ESTRUTURA DE FINANÇAS DE ONDE VEM A FONTES DE RECEITA RECEITA? FUNCIONANDO? CUSTOS 29
  • 30. Se o plano estiver coerente e tiver um bom retorno... ...você tem uma Oportunidade de Negócio! Falta alguma coisa? 30
  • 31. Capital 31
  • 32. Capital empreendedor Financiamentos Bancos públicos/privados BNDS Juros menores Subvenção: áreas estratégicas EBTs, sem reembolso! Fapesp/PIPE CNPq FINEP Sócio-investidor Ações (sociedade) Saída programada 32
  • 33. Valor ($) Tipos de Investidores Fundos Seed IPO Bolsa BNDS Fapesp Cnpq Finep Fundos Private Equity Fundos Venture Capital Idéia Protótipo 1º.cliente Nicho Estágio Semente Nascente Estabel. Cresc. Expansão 33
  • 34. Networking 34
  • 35. TBC Universidades Pesquisadores Empresas Juniores Empresas spin-off Empreendedores Empresas de Investimento Softex Inova Incamp Ciatec Unicamp Ventures Unicamp Startups 35
  • 36. Muito obrigado! 36