Colon Classification
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share

Colon Classification

  • 5,784 views
Uploaded on

Apresentação de trabalho sobre Colon Classification, para a Disciplina Linguagens Documentárias Hierárquicas - 2008 ...

Apresentação de trabalho sobre Colon Classification, para a Disciplina Linguagens Documentárias Hierárquicas - 2008

Trabalho apresentado por:
Bruna Silva Lara
Bruno Henrique Alves
Camila Ribeiro
Laura Akie Saito Inafuko
Marcela Cecília Inácio Evangelista
Nayara Amaro Peron

More in: Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
5,784
On Slideshare
5,771
From Embeds
13
Number of Embeds
2

Actions

Shares
Downloads
112
Comments
0
Likes
3

Embeds 13

http://www.slideshare.net 12
http://www.health.medicbd.com 1

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Colon Classification Bruna Silva Lara Bruno Henrique Alves Camila Ribeiro Laura Akie Saito Inafuko Marcela Cecília Inácio Evangelista Nayara Amaro Peron Profª Maura Duarte Moreira Guarido Disciplina: Linguagens Hierárquicas Documentárias
  • 2. Ranganathan : Vida & Obra
    • Shiyali Ramamrita Ranganathan
    • Nasceu em 1892,
    • na cidade de Shiyali,
    • estado de Madras, Índia.
  • 3.
    • 1916
    • Na Universidade de Madras obteve grau de
    • mestre em Matemática.
    • 1917 a 1920
    • Lecionou Matemática no Government College , em Madras e foi
    • professor assistente da mesma disciplina no Presidency College ,
    • de 1920 a 1923.
  • 4.
    • Através de sua abordagem teórica, pode-se dizer que Ranganathan “ matematizou ” a classificação.
    • Mas ele não utilizou a matemática de maneira quantitativa ou estatística!
  • 5.
      • Ranganathan encontrou o novo tipo de matemática qualitativa que buscava ao tentar analisar os assuntos, dividindo-os em seus elementos constituintes para em seguida formular e formalizar, através de suas “ fórmulas de facetas ”, enunciados sobre os assuntos encontrados nos livros e em outros tipos de documentos.
  • 6.
    • 1924
    • Foi nomeado bibliotecário da Universidade de
    • Biblioteconomia de Madras e enviado à
    • Inglaterra para estágio no Museu Britânico.
        • Estudou na School of Librarianship da Universidade de Londres, onde se interessou principalmente por Classificação e Administração de Bibliotecas.
  • 7. A criação...
    • Resolveu criar nessa época um novo sistema de classificação bibliográfica, após verificar que a Classificação Decimal de Dewey era muito empregada, mas freqüentemente modificada.
    • Iniciou, então o esboço do seu sistema de classificação, mas, convencido da necessidade de modificar os princípios básicos de classificação bibliográfica, concebeu a idéia de uma classificação analítico-sintética.
  • 8. A aplicação
    • 1925
    • Voltou à Índia, onde assumiu a direção da Universidade de Biblioteconomia de Madras, iniciando o desenvolvimento e a aplicação do novo sistema de classificação, que havia idealizado.
  • 9.
    • Diversas idéias novas e uma série de
    • novos conceitos de classificação foram
    • criados por Ranganathan.
  • 10.
    • Ranganathan escreveu cerca de 50 livros e 1500 artigos sobre todos os campos da Biblioteconomia;
    • Criou uma terminologia nova para classificação bibliográfica, que vem sendo largamente empregada;
    • Sugeriu o processo de compilação de índice para sistemas de classificação, denominado índice em cadeia, muito em voga atualmente;
  • 11.
    • Foi o primeiro autor a empregar sistematicamente a análise em facetas em sistema de classificação, que deu origem às classificações facetadas modernas;
    • Mas, sem dúvida...
  • 12.
      • ...o seu mais importante trabalho é a Colon Classification , chamada em português de Classificação de Dois Pontos.
  • 13.
    • Palmer ,1949:
          • “ [a Colon Classification] é um sistema que tem futuro, não necessariamente no sentido de que seja provável a sua adoção em larga escala, mas no sentido de que será o germe de futuros sistemas, que ofereçam esperança de superar a produção de conhecimentos, que cresce diariamente (“A Short Introduction to Colon”. The Library World , Vol.51,1949). ”
  • 14.
    • Fez conferências na Inglaterra, nos Estados Unidos e no Japão.
    • Participou dos trabalhos da Federação Internacional de Documentação (FID)
    • Foi membro da Comissão Central de Classificação da FID,
    • do International Committee of Library Experts ,
    • das Nações Unidas e do International Bibliographical Committee ,
    • da Unesco.
  • 15.
    • Entre as suas obras destacam-se:
    • Colon Classification , Prolegomena to Library Classification , Classification: Fundamental and Procedure , Classified Catalogue Code , Headings and Canons .
    • Shiyali Ramamrita Ranganathan morreu em 1972 em Bangalore, Índia.
  • 16. Estrutura e Notação
    • A notação da Classificação de Dois Pontos é mista, utilizando algarismos arábicos, letras minúsculas e maiúsculas, letras gregas e sinais gráficos, somando cerca de 70 caracteres.
  • 17. Sinais Gráficos
    • , (vírgula) = Personalidade
    • ; (ponto e vírgula) = Matéria
    • : (dois pontos) = Energia
    • . (ponto) = Espaço
    • ‘ (apóstrofe) = Tempo
  • 18. MAIN CLASSES (MC)
    • O conhecimento humano está dividido em 41 classes principais (main classes), representadas em textos de Ranganathan pela sigla (MC), que são as seguintes:
  • 19. MAIN CLASS z Generalia 1 Universe of Knowledge 2 Library Science 3 Book Science 4 Journalism A Natural Sciences AZ Mathematical Sciences B Mathematics BZ Physical Sciences C Physics D Engineering E Chemistry F Technology G Biology H Geology HX Mining I Botany J Agriculture K Zoology KX Animal Husbandry L Medicine LX Pharmocognosy M Useful Arts Δ Spiritual Experience and Mysticism
  • 20. MAIN CLASS Sciences MZA Humanities N Fine Arts NX Literature and Language O Literature P Linguistics Q Religion R Philosophy S Psychology Σ Social Sciences T Education U Geography V History W Political science X Economics Y Sociology YX Social Work Z Law Illustrative (:g) Criticism technique (p) Conference technique (r) Administration report technique (P) Communication theory (X) Management
  • 21.
    • H a L classe G;
    • B a M classe A;
    • T a Z classe sigma
    • Demais assuntos não incluídos nas classes acima deverão ser classificadas na classe de Generalidades
  • 22. Canonical Classes (Classes Canônicas)
    • Algumas classes principais são subdivididas em classes aceitas e homogêneas, mas que não representam divisão por característica definida, ou seja classes canônicas = classes convencionais.
  • 23. A Matemática, cujo símbolo é B , apresenta as seguintes classes canônicas:
    • B1 Aritmética
    • B2 Álgebra
    • B3 Analítica
    • B4 Outros Métodos
    • B5 Trigonometria
    • B6 Geometria
    • B7 Mecânica
    • B8 Físico-Matemática
    • B9 Astronomia
  • 24. PMEST
    • [P] = Personalidade  pode ser entendida como a primeira faceta, a mais proeminente dos atributos
    • [M] = Matéria  matéria física
    • [E] = Energia  ação
    • [S] = Espaço  localização
    • [T] = Tempo  período de tempo
  • 25. PMEST
    • Categorias  quando nos referimos à estrutura geral de um esquema de classificação
        • Ex.: Literatura
    • Facetas  quando nos referimos à manifestação dessas categorias em classes diferentes
        • Ex.: Literatura inglesa
    • Focos (isolados)  cada termo dentro de uma faceta é chamado de “isolado”
        • Ex.: Medicina (Basic Focus), Olho (Isolate Focus)
  • 26. Ciclos e níveis
    • Ciclos = nova ocorrência de uma mesma categoria
    • Níveis = ocorrência da mesma categoria em níveis de profundidade
  • 27. Edições
    • A Colon Classification foi publicada pela primeira vez em 1933, seguindo-se edições em 1939, 1950, 1952, 1957 e 1960.
    • Basic Classification , menos detalhada destinada a classificação de macro thought (macropensamento).
  • 28.
    • Depth Classification , mais detalhada, destina à classificação de micro thought (micropensamento).
    • Em 1960, saiu a Colon Classification, 6ª ed. Basic Classification .
  • 29.
    • A primeira parte da 6ª edição foi reimpressa em 1963, em um só volume, dividido nas três partes seguintes: Rules , Schedules of Classification e Schedules of Classics and Sacred Books, with Special Names .
  • 30.
    • A primeira parte, com o título ``Rules´´ (Regras), explica as classes e traz exemplos.
    • A segunda parte, ``Schedules of Classification´´( Tabelas de Classificação ), traz como o nome diz, as tabelas de classificação e os índices.
  • 31.
    • A terceira parte, ``Schedules of Classics and Sacred Books, with Special Names´´ ( tabelas de livros clássicos e sagrados, com nomes específicos ).
    • Cada uma das três partes tem numeração independente, precedida pelos números 1, 2 e 3, resultado em paginações, tais como 1.1, 1.2, 1.3; 2.1, 2.2, 2.3; 3.1, 3.2, 3.3.
  • 32. Índice
    • Como todos os outros sistemas de classificação... A Colon também possui um índice, porém, diferente dos que estamos acostumados a ver...
  • 33.  
  • 34. Índice em cadeia
    • Em cada entrada do índice, são relacionados todos os pontos da classificação que o tema pode ser encontrado, porém, somente com os símbolos de classificação, sem os nomes ou os conceitos que representam:
  • 35. Por exemplo:
    • Agricultura – feijão – colheita – secagem – ensacamento – venda
    • Agricultura: J
    • colheita: J [E], 7
    • Secagem: J [E], 3 [2E], 92
    • (...)
  • 36.
    • Anormal – aparece na classe S (psicologia)...
  • 37. TABELAS AUXILIARES
    • SUBDIVISÕES GEOGRÁFICAS.
    • A Colon apresenta uma lista de subdivisões geográfica intitulada space isolate, abreviadamente (SI) que aparece no cap. 4 (pág. 2.8) e é utilizada na representação da faceta Espaço
  • 38.  
  • 39.
    • O indicador-de-faceta ou símbolo de conexão para os números geográficos é um ponto, que precede o símbolo. Exemplos:
    • 233.7918 Bibliotecas Escolares no Brasil
    • J382:7.7913 Colheita de Trigo na Argentina
    • O sistema apresenta quatro tipos de subdivisões gráficas:
    • Phisiographical
    • Subdivisões políticas ( Political divisions )
    • Subdivisões fisiográficas ( Physiographical features )
    • Concentrações populacionais ( Population clusters )
    • Subdivisões orientadoras ( Orientation divisions)
  • 40.
    • SUBDIVISÕES POLÍTICAS.
    • As encontradas na tabela space isolate, iniciaram-se com o algarismo 1, para representar o Mundo, seguido de subdivisões para impérios, grupos de paises, zonas, pontos cardeais, Liga das Nações e Nações Unidas.
    • O símbolo 2 foi reservado para o país onde esta sendo feita a classificação (mother country), caso seja desejado lhe dar um destaque especial. O símbolo 3 (Favoured country) destina-se ao país sobre qual a biblioteca possui maior volume de documentos, o país favorecido.
  • 41.
    • A estas subdivisões podem ser acrescentadas subdivisões fisiográficas, subdivisões orientadoras e subdivisões sobre concentrações populacionais.
    • As subdivisões relativas a concentrações populacionais permitem especificar as localidades para as quais não há símbolos próprios, pelo acréscimo de letra ou letras iniciais dos seus nomes, em letras maiúsculas, após o símbolo geográfico que as contém. Exemplos :
    • D88.594.Z Limpeza das Ruas de Zurich
    • T.7324.M Educação na Cidade de Miami
  • 42.
    • SUBDIVISÕES ORIENTADORAS.
    • Aparecem no início da tabela geográfica, em 19, trazendo subdivisões para os pontos cardeais. Podem ser usadas diariamente, após o símbolo do assunto, para representar a posição no mundo. Exemplos:
    • Y:1.19D Civilizações dos Paises do Oriente Médio.
  • 43.
    • Podem, também, ser apresentadas depois do símbolo de divisão política, precedidas de ponto e excluído o algarismo 1, que representa o mundo. Exemplos:
    • Y:351.7918.9S Folclore no Norte do Brasil
    • Na53.9G Arquitetura no Sul da França
    • É possível acrescentar esses símbolos a uma subdivisão geográfica em que tenha sido especificada a concentração populacional. Exemplos:
    • Y: 351.718.P.9S Folclore no Norte do Para
  • 44.
    • SUBDIVISÕES FISIOGRÁFICAS.
    • Aparecem no final da tabela de space isolate (pág. 2.17) e apresentam símbolos para acidentes físicos, tais como lagos, montanhas, oceanos, florestas etc... Representados por letras minúsculas, seguidas de números.
    • Essas subdivisões podem ser usadas independente ou ligadas aos símbolos de divisões políticas, sempre precedidas de um ponto. Exemplos:
    • U4.4 Antropologia das regiões desérticas
    • U8.g7 Alpinismo
    • MY65.718.p6 Pesca nos rios do Brasil
    • Y:1.97.e6 Civilizações das Ilhas do Pacifico
  • 45.
    • É possível subdividir ainda mais, individualizando o acidente geográfico quando desejado, subdividindo alfabeticamente. Exemplos:
    • U8.4.G7h Expedições ao Himalaia
    • MY65.7918.p6A Pesca no Rio Amazonas
  • 46.
    • A classe V(Historia) tem a seguinte apresentação:
    • Chapter V
    • HISTORY
    • V[P], [P2] : [E] [2P]’ [T]
    • “ Foci in [P]”
    • To be got by (GD)
    • Isto significa que o primeiro nível da Personalidade na classe de Historia é formado com o auxilio do artifício geográfico, ou seja, por meio dos símbolos da tabela Space Isolate . Exemplos:
    • V7918 Historia do Brasil
    • V7913 Historia da Argentina
    • V594 Historia da Suíça
  • 47.
    • SUBDIVISÕES CRONOLÓGICAS.
    • A Colon possui uma tabela para subdivisões por datas, chamada Time Isolate , cuja abreviatura é (TI), que aparece no cap. 3 (pág. 2.7) das tabelas.
  • 48.  
  • 49.
    • As datas posteriores ao ano 1000 da nossa era tão indicadas pelo acréscimo de algarismos correspondentes as décadas e aos anos, a letra indicativa do século. Exemplos:
    • M SÉCULO XIX (1800/ 1899)
    • M7 Década de 1870 (1870/1899)
    • M75 Ano de 1875
    • M00 Ano de 1800
    • M70 Ano de 1870
    • As datas entre o ano 1 e o ano 999 da nossa era são representadas pela letra D, seguida pelos algarismos referentes ao ano, década e século. Exemplos:
    • D315 Ano 315 AD
  • 50.
    • O indicador-de-faceta para as subdivisões cronológicas é uma vírgula invertida, representada aqui por um apóstrofo. Ate 1960, a faceta Tempo era introduzida por um ponto, mas seu símbolo de conexão foi trocado para virgula invertida, a fim de ficar diferente do símbolo de conexão da faceta Espaço.
    • O sistema apresenta a seguir um extrato da faceta [T].
    •  
    • Chapter 3
    •  
    • 31 Isolate in [T]: Chronological Device
    •  
    • A Before 9999 E 1000 to 1099 AD
    •  
    •  
    • A1 Eozoic J 1500 to 1599 AD
    • A2 Palezioc L 1700 to 1799 AD
    • A3 Kesozoic M 1800 to 1899 AD
    • B 9999 to 1000 BC N 1900 to 1999 AD
    • C 999 to 1 BC X 2800 to 2899 AD
    • D 1 to 9999 AD YA 2900 to 2999 AD
  • 51.
    • A faceta [T2] apresenta outros tipos de divisões cronológicas, tais como dia, estações do ano, condições meteorológicas, etc... Representadas por letras minúsculas, algumas vezes acompanhadas de algarismos arábicos.
    •  
    • Segue-se esta tabela:
    •  
    • 32 Isolate in [T2]: Feature time
    •  
    •  
    • c Day-time n Season p Meteorological perior
    •  
    • d Night ni Spring p1 Dry
    • e Twilight n3 Summer p5 Wet
    • N5 Autumn p8 Snow
    • N7 Winter
  • 52.
    • Na classe N ( Belas Artes), as subdivisões cronológicas foram empregadas para a formação do segundo nível da faceta Personalidade. Exemplos:
    •  
    • NA56 Arquitetura Britânica
    • NA561,D Arquitetura Britânica no Período Anglo Saxão
    • NA561,J Arquitetura Britânica no Período Tudor.
  • 53.
    • SUBDIVISÕES POR LÍNGUA.
    • A Colon apresenta uma tabela de subdivisões por língua denominada Lenguage Isolate , abreviadamente (LI), onde estão relacionadas as varias línguas, acompanhadas de símbolos.
    • Esta tabela é utilizada como meio de subdividir as classes de Literatura e Lingüística ( O e P). Nestas classes, as subdivisões por língua são consideradas como manifestações da faceta Personalidade. Exemplos:
    • P111 Língua Inglesa
    • 0111 Literatura Inglesa
    • P124 Língua Portuguesa
    • 0124 Literatura Portuguesa 
  • 54.  
  • 55. Sinais gráficos
    • , (vírgula) = Personalidade
    • ; (ponto e vírgula) = Matéria
    • : (dois pontos) = Energia
    • . (ponto) = Espaço
    • ‘ (apóstrofe) = Tempo
  • 56. Fórmula de faceta
    • Ex.:
    • Chapter K
    • Zoologia
    • K [P]: [E] [2P]
    • A classificação é feita pela substituição das siglas indicadoras das categorias, encontradas nas fórmulas de faceta, pelos números que correspondem ao conceito desejado, tirados da relação dos focos.
  • 57. Exemplo de níveis: Literatura
    • Níveis = ocorrência da mesma categoria em níveis de profundidade
    • O, [P1], [P2], [P3], [P4]
    • O = letra que identifica a classe = Literatura
    • P1  língua
    • P2  forma
    • P3  autor
    • P4  trabalho
    • O, [língua], [forma], [autor], [trabalho]
    • Ex.: literatura brasileira, romance, Machado de Assis, análise crítica
    • A mesma obra é analisada em níveis de profundidade.
  • 58. Exemplo de ciclos
    • Ciclos = nova ocorrência de uma mesma categoria
    • Diabetes
    • L [P]: [E][2P]
    • Pâncreas [P]
    • Doença [E]
    • Nutrição [2P]
    • Diabetes – L293:46 – é uma doença do pâncreas ligada à nutrição
  • 59. Como classificar com a Colon?
    • Examina-se o documento e determina-se os conceitos presentes.
    • Localizam-se as classes principais ou consulta-se o índice.
    • Localizada a classe principal, examina-se a fórmula de faceta.
    • Examinam-se os focos para situar os conceitos procurados e substitui-os na fórmula
  • 60. L MEDICINE L [P]:[E][2P]
    • Foci in [P]
    • Circulatory system
    • [...]
    • Aorta
    • Blood
    • Haemoglobin
    • Vein
    • Artery
    • Capillary
    • For 4 Disease in [E] foci in [2P]
    • Structural
    • Abnormality
    • Size
    • Shape
    • Position
    • Fixation
    • Number
    • Total absence
    • Opening
    • 72 Tumour
    • Foci in [E] cum [P]
    • 2 Morphology
    • Physiology
    • 3 Obstetrics
    • [...]
    • Diseases
    • Public health and hygiene
    • Vital statistics
    • 515 Birth
  • 61. L MEDICINE L [P]:[E][2P]
    • Aneurisma
    • L significa Medicina;
    • 37 é o símbolo de Artéria;
    • : é indicador da faceta Energia;
    • 4 representa Doença;
    • 711 simboliza Tamanho Anormal
    • L37:4711
  • 62. 2 LIBRARY SCIENCE 2 [P];[M]:[E][2P]
    • Foci in [P]
    • Nation
    • Region
    • Local
    • Academical
    • Elementary school
    • Secondary school
    • 34 University
    • Business
    • Foci in [P]
    • By mode of production
    • Manuscript
    • Archive
    • Printed book
    • Photo-reproduction
    • Map
    • 46 Periodical
    • Foci in [M]
    • Same as Foci in [P] for
    • Generalia Bibliography
    • Foci in [E] cum [2P]
    • Book selection
    • Organization
    • Technical treatment
    • Classification
    • Cataloguing
    • Circulation
    • 62 Lending
    a GENERALIA a [P],[P2][P3],[P4]
    • Foci in [M]
    • Same as Foci in [P] for
    • Generalia Bibliography
    • Foci in [E] cum [2P]
    • Book selection
    • Organization
    • Technical treatment
    • Classification
    • Cataloguing
    • Circulation
    • 62 Lending
  • 63. Tabelas Auxiliares
    • 4 Asia
    • 41 China
    • 42 Japan
    • 431 Indo-China
    • 433 Thailand
    • 436 Indonesia
    • 438 Burma
    • 44 India
    • 441 Madras
    Subdivisões geográficas Subdivisões cronológicas K 1600 até 1699 d.C. L 1700 até 1799 d.C. M 1800 até 1899 d.C. N 1900 até 1999 d.C. P 2000 até 2099 d.C. Subdivisões cronológicas
  • 64. Circulação de periódicos nas bibliotecas universitárias na Índia até os anos 70
    • 2 [P];[M]:[E][2P]
    • 2 significa Biblioteconomia;
    • 34 é o símbolo de Biblioteca Universitária;
    • ; é o indicador da faceta Matéria;
    • 46 é o símbolo de Periódicos;
    • : é o indicador da faceta Energia;
    • 6 é o símbolo de Circulação;
    • . é o indicador da faceta Espaço;
    • 44 é o símbolo de Índia;
    • ‘ é o indicador da faceta Tempo;
    • N indica o século (N = 1900 até 1999 d.C.);
    • 7 indica a década.
  • 65.
    • 234;46:6.44’N7
    Circulação de periódicos nas bibliotecas universitárias na Índia até os anos 70
  • 66.
    • 2 34 ; 46 : 6 . 44 ’ N7
    Circulação de periódicos nas bibliotecas universitárias na Índia até os anos 70 P M E S T
  • 67. Exercícios
    • Catalogação
    • Classificação de manuscritos
    • Empréstimo de livros entre bibliotecas universitárias
    • Bibliografia de mapas
  • 68. 2 LIBRARY SCIENCE 2 [P];[M]:[E][2P]
    • Foci in [P]
    • Nation
    • Region
    • Local
    • Academical
    • Elementary school
    • Secondary school
    • 34 University
    • Business
    • Foci in [P]
    • By mode of production
    • Manuscript
    • Archive
    • Printed book
    • Photo-reproduction
    • Map
    • 46 Periodical
    • Foci in [M]
    • Same as Foci in [P] for
    • Generalia Bibliography
    • Foci in [E] cum [2P]
    • Book selection
    • Organization
    • Technical treatment
    • Classification
    • Cataloguing
    • Circulation
    • 62 Lending
    a GENERALIA a [P],[P2][P3],[P4]
    • Foci in [M]
    • Same as Foci in [P] for
    • Generalia Bibliography
    • Foci in [E] cum [2P]
    • Book selection
    • Organization
    • Technical treatment
    • Classification
    • Cataloguing
    • Circulation
    • 62 Lending
  • 69. Respostas dos Exercícios
    • Catalogação
    •  2:55
    • Classificação de manuscritos
    •  2;12:51
    • Empréstimo de livros entre bibliotecas universitárias
    •  234;14:62
    • Bibliografia de mapas
    •  a17
  • 70. Exercício
    • Arquitetura Japonesa da década de 1890
    • Arquitetura Renascentista na França
  • 71. NA ARCHITECTURE NA [P],[P2][P3],[P4]:[E]
    • Foci in [P], [P2]
    • NA41 Chinese
    • NA42 Japanese
    • NA44 Indian
    • NA46 Saracenic
    • NA5 European
    • NA5,D Romanesque
    • NA5,F Gothic
    • NA5,J Renaissance
    Subdivisões geográficas
    • Europe 5291 Sicily
    • Greece 5292 Malta
    • Italy 53 France
    K 1600 até 1699 d.C. L 1700 até 1799 d.C. M 1800 até 1899 d.C. N 1900 até 1999 d.C. Subdivisões cronológicas
  • 72. Respostas dos Exercícios
    • Arquitetura Japonesa da década de 1890
    •  NA42’M9
    • Arquitetura Renascentista na França
    •  NA5,J.53
  • 73. Obrigado pela atenção!!! http :// br . youtube .com/ watch ?v=0pnX2FBh8CA