Your SlideShare is downloading. ×
0
Blogs e idosos
Blogs e idosos
Blogs e idosos
Blogs e idosos
Blogs e idosos
Blogs e idosos
Blogs e idosos
Blogs e idosos
Blogs e idosos
Blogs e idosos
Blogs e idosos
Blogs e idosos
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Blogs e idosos

845

Published on

Apresentação de trabalho no 2. Seminário Científico de Arquivologia e Biblioteconomia

Apresentação de trabalho no 2. Seminário Científico de Arquivologia e Biblioteconomia

Published in: Education, Technology, Design
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
845
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
4
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide
  • Nesse contexto, a produção de conteúdos na rede se torna um fator importante para a valorização das práticas de cooperação, dos diálogos e da participação na construção de conhecimento, de modo a potencializar os processos de trabalho coletivo, troca afetiva, produção e circulação de informações e, sobretudo, a construção social do conhecimento apoiada pelo uso das tecnologias (PRIMO, 2007).
    Além disso, grupos que ainda não estavam incluídos digitalmente como os idosos, por exemplo, começam a se conectar na rede. Observa-se que, o número de idosos internautas tem sido crescente: o número de usuários residenciais com mais de 65 anos de idade subiu de, aproximadamente, 122 mil para 265 mil pessoas, entre os anos de 2003 a 2007 (CARPANEZ, 2007). Considera-se, ainda, que a tecnologia pode auxiliar e facilitar os processos de comunicação, aprimorando as relações interpessoais dos idosos ao possibilitar o contato entre parentes e amigos em um ambiente digital, reduzindo o isolamento, bem como melhorando seu bem-estar e estimulação mental.
    Nesse contexto, os blogs podem servir como um ambiente de preservação da memória e de comunicação para os idosos, por meio da publicação de conteúdos sobre suas experiências, histórias e opiniões.
  • Considerou-se, durante esta pesquisa, que os estudos em Arquitetura da Informação correspondem às etapas do desenvolvimento de um blog, sendo os estudos de Usabilidade a etapa correspondente à avaliação do ambiente, demonstrando a interligação e a complementação entre as áreas na elaboração e na avaliação das estruturas de um ambiente informacional digital.
    A primeira parte da pesquisa analisou os blogs para a seleção de elementos da Arquitetura da Informação que pudessem ser utilizados no desenvolvimento das estruturas de blogs para idosos, a partir da metodologia de avaliação heurística. No segundo momento da pesquisa, os autores propuseram a reestruturação do blog Internautis, aplicando os resultados obtidos na fase de análise dos blogs.
  • Os elementos considerados como fundamentais para a estrutura de um blog são: esquemas exatos alfabéticos e cronológicos; esquemas ambíguos por tópicos; esquema estrutural de classificação social e elemento de busca, por possibilitar as condições mínimas para que o usuário consiga encontrar a informação desejada. Como elementos opcionais, foram verificados: esquema exato geográfico, esquemas ambíguos direcionado a um público específico e dirigido às metáforas, esquema estrutural hierárquico, elementos de navegação integrada local e contextual, links contextuais, cabeçalhos e rótulos iconográficos.
  • A primeira mudança notável foi a utilização do espaço que o blog ocupa no navegador. Na interface anterior, o blog ocupava a área central, com espaços laterais vazios, de modo que o conteúdo da barra lateral se distribuía em um pequeno espaço. Para a nova interface, buscou-se um tema que permitisse a opção de manter a largura do blog fixa ou flexível, sendo escolhido a opção de largura flexível, de modo que o layout do ambiente se redimensione conforme a resolução do monitor do usuário.
    Outra mudança relevante implementada foi em relação aos links: na interface antiga, os links se apresentavam na cor verde e se tornavam sublinhados quando o usuário passava com o cursor. Na nova interface os links ganham destaque com cores mais chamativas, como azul e lilás e, ao passar o cursor por cima, o usuário pode perceber que os links aparecem com realce, indicando seleção e que são clicáveis. Além disso, a fonte utilizada no corpo das postagens foi aumentada de número 12 para 14, de modo a facilitar a leitura.
  • Os idosos, diferentemente dos nativos digitais, não nasceram e cresceram no contexto tecnológico da comunicação global que a Internet e a Web oferecem. No entanto, estes indivíduos acompanharam o surgimento e a evolução das TIC e da Web, envelhecendo paralelamente ao crescimento dessas ferramentas. Assim, mesmo com o pouco contato com a tecnologia, idosos começam a conhecer e a se utilizar desta para se comunicar, a partir da Internet e ferramentas da Web colaborativa, como blogs. Tais ambientes de publicação possibilitam ao idoso compartilhar suas experiências e histórias com outras pessoas da rede e formar uma comunidade de leitores, sejam eles parentes, amigos ou mesmo desconhecidos. Para tanto, é necessário que o website possua uma estrutura organizacional e informacional centradas no usuário, desenvolvidos a partir de elementos de Arquitetura da Informação, de forma que o usuário possa interagir com o seu conteúdo e encontrar facilmente informações de seu interesse. Considera-se, assim, que blogs construídos a partir de elementos de Arquitetura da Informação e Usabilidade, poderão otimizar a busca, a navegação, a recuperação e o uso de informações, de forma a trazer benefícios aos usuários que desenvolvem e acessam o ambiente.
    Espera-se, com os resultados desta pesquisa, que os blogs construídos por e para idosos comecem a ser desenvolvidos tendo como foco as necessidades informacionais e, também, as necessidades físico-cognitivas, decorrentes do processo de envelhecimento humano. Além disso, com a reestruturação do blog Internautis, espera-se uma maior interação e acesso entre os alunos do Curso de Informática da Universidade Aberta à Terceira Idade (UNATI) da Universidade Estadual Paulista (UNESP) – Campus de Marília e o ambiente informacional digital.
  • Transcript

    • 1. Laura A. S. Inafuko Mestranda em Ciência da Informação – UNESP Fernando L.Vechiato Doutorando em Ciência da Informação – UNESP Silvana A. B. G.Vidotti Doutora em Educação – Professora do Departamento de Ciência da Informação – UNESP
    • 2. Introdução  Internet, evolução das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) e da Web  Web colaborativa e usuário  Idosos e a tecnologia
    • 3. Objetivo  Propor elementos de Arquitetura da Informação Digital para o desenvolvimento de blogs estruturados de acordo com as necessidades informacionais e as alterações físico-cognitivas decorrentes do processo de envelhecimento humano.
    • 4. Metodologia  Pesquisa exploratória e analítica, possuindo uma abordagem qualitativa.  Análise nos blogs: blog da Vovó Neuza, blog da Vovó... mas não só!, e blog Internautis  Elementos de Arquitetura da Informação (MORVILLE; ROSENFELD, 2006)  Diretrizes de Usabilidade para blogs (NIELSEN, 2005)  Heurística “Projeto minimalista e estético” (DIAS, 2007)
    • 5. Resultados e discussões  Seleção de elementos fundamentais para a estrutura de blogs  Reestruturação da interface do blog Internautis, a partir dos elementos selecionados
    • 6. Reestruturação da interface  Elementos de Arquitetura da Informação:  Esquemas exatos alfabético e cronológico  Esquemas ambíguos por tópicos e direcionados a um público específico  Esquema estrutural de classificação social  Elementos de navegação global e contextual,  Navegação por links, rótulos na navegação, termos de indexação na parte textual  Busca por item conhecido
    • 7. Reestruturação da interface  Diretrizes de Usabilidade  Disponibilizar recurso de pesquisa em local visualmente perceptível, restringindo a busca apenas ao conteúdo do blog  Agrupar os diferentes tipos de informações disponíveis na página, apresentando as mais importantes em primeiro lugar  Usar parágrafos, subtítulos e listas, no máximo dois tipos de fonte, com tamanho de fonte legível, utilizando os níveis de cabeçalho H1, H2 e H3 e evitar o uso de caixa alta em excesso  Usar conjunto limitado de cores, evitando cores berrantes, caracteres brilhando ou piscando; contrastar letras com o fundo  Indicar os links a partir de recursos gráficos
    • 8. Conclusões  Os idosos e a tecnologia  Compartilhamento de experiências e histórias em ambientes de publicação online  Blogs com estrutura organizacional e informacional centradas no usuário, desenvolvidos a partir de elementos de Arquitetura da Informação  Otimização na busca, na navegação, na recuperação e no uso de informações
    • 9. Referências  DIAS, C. Usabilidade na web: criando portais mais acessíveis. 2. ed. Rio de Janeiro: Alta Books, 2007.  MORVILLE, P.; ROSENFELD, L. Information architecture for the world wide web. 3.ed. Sebastopol: O’Really, 2006.  NIELSEN, J. Weblog usability: the top ten design mistakes. Useit.com. 17 out. 2005. Disponíevel em: <http://www.useit.com/alertbox/weblogs.html>. Acesso em: 20 nov. 2010.
    • 10. Obrigada pela atenção! linafuko@gmail.com

    ×