GlossáRio Net

370
-1

Published on

Published in: Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
370
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
5
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

GlossáRio Net

  1. 1. WWW DNS WEB ROUTER Proxy SWITCH FTP TCP IP
  2. 2. WWW -> World Wide Web World Wide Web significa em português “Rede de alcance Mundial”, e é um sistema de documentos em hipermédia, que na Internet são interligados e executados. Voltar ao Menu
  3. 3. WEB -> World Wide Web WEB tem a mesma definição que WWW. Voltar ao Menu
  4. 4. Proxy Proxy é um servidor que atende às requisições repassando os dados dos clientes à frente. Um servidor proxy pode alterar a requisição do cliente ou a resposta do servidor e, algumas vezes, pode disponibilizar este recurso sem nem mesmo se conectar ao servidor especificado. Pode também actuar como um servidor que armazena dados em forma de cache em redes de computador. São instalados em máquinas com ligações tipicamente superiores às dos clientes e com poder de armazenamento elevado Voltar ao Menu
  5. 5. FTP -> File Transfer Protocol File Transfer Protocol significa em português “Protocolo de Transferência de Arquivos”, e é uma forma bastante rápida e versátil de transferir arquivos/ ficheiros, sendo uma das mais usadas na Internet. Voltar ao Menu
  6. 6. IP -> Internet Protocol O endereço IP, de uma forma geral, é um endereço que indica o local de um determinado equipamento (geralmente computadores), em uma rede privada ou pública. Voltar ao Menu
  7. 7. TCP -> Transmission Control Protocol O TPC é um dos protocolos sob os quais assenta o núcleo da Internet. A versatilidade e robustez deste protocolo tornou-o adequado a redes globais, já que este verifica se os dados são enviados de uma forma correcta, na sequência apropriada e sem erros, pela rede. Voltar ao Menu
  8. 8. SWITCH Um switch é um dispositivo utilizado em redes de computadores para reencaminhar frames entre os diversos nós. Possuem portas, assim como os concentradores (hubs) e a principal diferença entre o comutador e o concentrador é que o comutador segmenta a rede internamente, sendo que a cada porta corresponde um dominio de colisão diferente, o que significa que não haverá colisões entre pacotes de segmentos diferentes — ao contrário dos concentradores, cujas portas partilham o mesmo domínio de colisão. Outra importante diferença está relacionada ao gerenciamento da rede, com um Switch gerenciável, podemos criar VLANS, deste modo a rede gerenciada será divida em menores segmentos Voltar ao Menu
  9. 9. ROUTER Roteador (estrangeirismo do inglês router, ou encaminhador) é um equipamento usado para fazer a comutação de protocolos, a comunicação entre diferentes redes de computadores provendo a comunicação entre computadores distantes entre si. Voltar ao Menu
  10. 10. DNS O DNS (Domain Name System - Sistema de Nomes de Domínios) é um sistema de gerenciamento de nomes hierárquico e distribuído operando segundo duas definições: Examinar e atualizar seu banco de dados. Resolver nomes de domínios em endereços de rede (IPs). O sistema de distribuição de nomes de domínio foi introduzido em 1984 e com ele os nomes de hosts residentes em um banco de dados pode ser distribuído entre servidores múltiplos, diminuindo assim a carga em qualquer servidor que provê administração no sistema de nomeação de domínios. Ele baseia-se em nomes hierárquicos e permite a inscrição de vários dados digitados além do nome do host e seu IP. Voltar ao Menu
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×