Caminhada 01 passo 01 final
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Caminhada 01 passo 01 final

on

  • 539 views

 

Statistics

Views

Total Views
539
Views on SlideShare
539
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
1
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Caminhada 01 passo 01 final Caminhada 01 passo 01 final Document Transcript

  • Caminhada 01 - Passo 01Caros trilheiros(as),Vocês estão sendo convidados a participarem de um percurso inesquecível,fantástico, empolgante, uma caminhada estimulante que a cada passo lhe propiciaráinúmeras possibilidades de integração humana, recreativa e pedagógica de formadesafiadora e prazerosa, a fim de estreitar relações entre as atividades escolares e acomunidade campesina.Aceite esse desafio de percorrer conosco as TRILHAS CAMPESINAS:Integrando vidas e saberes. Venha caminhar conosco! Antes, porém, é preciso saber oque pretendemos, para que fazer essas atividades? Tudo tem que ter um objetivo, casocontrário morre em si mesmo, todos os seres seguem seu curso e seu propósito.Vamos... Caminhe conosco...Vamos conhecer o objetivo, o propósito, das atividades do Passo 01?Perceber o espaço, o entorno da comunidade escolar e visualizar quais as possibilidadesde utilização que o mesmo proporciona para a construção e prática de atividadespedagógicas que integrem o currículo da Área de Ciências da Natureza e Matemática,Ciências Humanas, Linguagem e as temáticas pedagógicas das Orientações Curricularesda Educação do Campo.Porém, antes de iniciar a nossa trilha é imprescindível buscarmos algunsconhecimentos a fim de que não haja perigo e que possamos usufruir plenamente detodos os recursos físicos, mentais, educacionais que o percurso possa nos proporcionar.Para isso, oferecemos a você o link de alguns sites/blogs que lhes oferecerão asorientações básicas para subsidiá-los no planejamento da trilha.Links:http://www.iflorestal.sp.gov.br/publicacoes/serie_registros/Revistas_completas/IFSR35.pdfhttp://www.revistaea.org/artigo.php?idartigo=952&class=21http://educacaofisicaceler2010.blogspot.com.br/2010/06/recreacao-e-lazer-trilhas-ecologicas.html
  • http://www.anima.eefd.ufrj.br/licere/pdf/licereV12N03_a1.pdfhttp://repositorio.unesc.net/handle/1/1121http://www.revistaea.org/artigo.php?idartigo=927&class=21Aproveitamos para lembrá-los da necessidade de socializar com os demaistrilheiros(as) todas as curiosidades, conhecimentos, necessidades, dúvidas referentes aostemas lidos.É importante também observar o contexto geográfico de sua comunidade,visualizando as possibilidades de utilização e exploração desse espaço para aconstrução/organização de uma trilha.Não vamos nos esquecer de que os links ressaltam a necessidade de que umatrilha tenha atividades de lazer, atividades físicas e atividades pedagógicas. Portanto, aovisualizar essa trilha, você já deve prever/pensar num percurso que contemple esses trêsaspectos.A fim de registrar todo o passo 1 você precisa acessar o blogtrilhascampesinas.blogspot.com.br e realizar uma postagem. O passo a passo de comorealizar a postagem você encontrará na biblioteca no item Registro – Tutorialpostagem.O que e como registrar: Você precisa construir um registro detalhado, diário ereflexivo de suas ações. Nesse registro deve constar:- Os sites/blogs visitados;- Quais as curiosidades, impressões e conhecimentos construídos durante asvisitações;- As dúvidas e os debates compartilhados com os companheiros(as)trilheiros(as);- A visualização do seu contexto geográfico e as possibilidades que vocêencontrou para a construção da trilha;- Registre brevemente quais as possibilidades de atividades de lazer, físicas epedagógicas você conseguiu pensar em realizar de acordo com o seu espaço;- Observando o seu contexto socioambiental, reflita também sobre o usosustentável dos recursos naturais, preservação e aproveitamento responsável dessesespaços.- Caso queira anexar fotos desses momentos e desses lugares, você poderá fazê-lo em sua postagem conforme orientações contidas no tutorial (biblioteca no itemRegistro – Tutorial postagem fotos).
  • Caros(as) trilheiros(as), vocês tem até o dia 17 de maio de 2013 para realizar apostagem do passo 01.Ao finalizarem o primeiro passo da Trilha Campesina: Integrando vidas esaberes, vocês acrescentaram em sua bagagem parte do que necessitam para a jornada.Façamos um breve resumo do que estudamos:Estudando os links acima, navegando por eles pudemos perceber como construiruma trilha com o máximo de segurança para nossos alunos. Também pudemos perceberque a trilha é um esporte coletivo não competitivo, que respeita a formação humana eestimula todos a superarem os obstáculos e alcançarem a superação de suasdificuldades, é um esporte colaborativo cujo objetivo é a diversão. Todos alcançarão alinha de chegada, cada qual no seu ritmo e o grupo respeitará a individualidade de cadaum.A trilha ecológica também possibilitará a análise dos “significados e dascaracterísticas do ambiente por meio da experiência direta e por meios ilustrativos,sendo assim instrumento básico de programas de educação ao ar livre. (Possas, 1999apud Peres)A pesquisa é de natureza qualitativa-interpretativa que, segundo Bogdan eBiklen (1994), apresenta as seguintes características: a primeira consiste nos dadoscoletados serem predominantemente descritivos, em que o material obtido é rico emdescrições de situações, acontecimentos, incluindo transcrições de entrevistas e dedepoimentos, fotografias, desenhos e extratos de vários tipos de documentos. Todos osdados da realidade são considerados importantes.A trilha interpretativa é um ambiente favorável ao “lazer educativo, em que oaprendizado se torna uma experiência viva. Em cada pedra, em cada pássaro, em cadagalho, o sujeito amplia conhecimentos, busca o crescimento pessoal e compreendemelhor o mundo em que vive”. (Bedim 2004, p. 4),Segundo Vasconcellos (2005), em áreas naturais, as trilhas desempenhamimportantes funções e, entre estas, destaca-se a de conectar os visitantes com o lugar,criando maior compreensão e apreciação dos recursos naturais e culturais; provocarmudanças de atitude, atraindo e envolvendo as pessoas nas tarefas de conservação;
  • aumentar a satisfação dos usuários, criando uma impressão positiva sobre a áreatornando-a planejada e menos impactante.Reconhecidamente, as trilhas ecológicas desempenham importante papel noprocesso de conservação da natureza, pois, ao facilitar o acesso de pessoas a locaisnaturais, comumente, a interação resultante desse contato direto, repercute em mudançade comportamento na relação homem-natureza (ARANCÍBIA & CAVALCANTE,2005).A trilha ao proporcionar a experiência prática no cotidiano escolar, poderáestimular o pensamento estratégico e o raciocínio lógico entre os estudantes, bem comopromover entre eles princípios básicos de cidadania e noções sobre sustentabilidadeambiental.Nosso objetivo:Perceber o espaço, o entorno da comunidade escolar e visualizar quais aspossibilidades de utilização que o mesmo proporciona para a construção e prática deatividades pedagógicas que integrem o currículo da Área de Ciências da Natureza eMatemática, Ciências Humanas, Linguagem e as temáticas pedagógicas das OrientaçõesCurriculares da Educação do Campo.Questionamos:1) Os materiais disponibilizados foram adequados e suficientes para a realizaçãodas atividades?2) Conseguiram ver possibilidades de alcançar nosso objetivo para essa atividade?3) Quais as possibilidades de atividades de lazer, físicas e pedagógicas vocêconseguiu pensar em realizar de acordo com o seu espaço;Ao finalizarem...Convidamos vocês a persistirem.A caminhada pode ser íngreme, cheia de obstáculos, mas com certeza lhesproporcionará prazer, crescimento e integração.
  • Saudações dos(as) trilheiros(as)ArleteAldairKetheleyLuizMárcia