Your SlideShare is downloading. ×
Processo de Aprendizagem
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Processo de Aprendizagem

690
views

Published on

Esse trabalho foi feito pelas alunas do 5º bloco do Curso de Espanhol da Universidade Estadual da UESPI. Trata-se dos processos que levam a aprendizagem do individuo.

Esse trabalho foi feito pelas alunas do 5º bloco do Curso de Espanhol da Universidade Estadual da UESPI. Trata-se dos processos que levam a aprendizagem do individuo.

Published in: Education

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
690
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
43
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Aprendizagem:Processo básico para o desenvolvimento Humano
  • 2. Componentes      Cíntia Thamires Eloíde Soares Isabela Soares Kelly Vanderlei Socorro Lima
  • 3. Só há aprendizagem quando há mudança de comportamento. (Nelson Piletti)
  • 4. Significado para o ser humano Aprendizagem X Aquisição Aprendizagem X Comportamento Tipos de aprendizagem Aprendizagem diferenciada
  • 5. Algumas definições de aprendizagem:  “A aprendizagem pode ser definida como uma modificação sistemática do comportamento, por efeito, da prática ou da experiência,com um sentido de progressiva adaptação ou ajustamento’’ ( Campos,1986, p.30).  ‘’ A aprendizagem é a progressiva mudança do comportamento que está ligada , de um lado , a sucessivas apresentações de uma situação, e, de outro, a repetidos esforços dos indivíduos para enfrentá-la de maneira eficiente” (McConnell)  “A aprendizagem é uma modificação na disposição ou na capacidade do homem, modificação essa que pode ser anulada e que não pode ser simplesmente atribuída ao processo de crescimento” ( Gagné)
  • 6.  Aprendizagem humana está relacionada à educação e desenvolvimento pessoal. Deve ser devidamente orientada e é favorecida quando o indivíduo está motivado. O estudo da aprendizagem utiliza os conhecimentos e teorias da neuropsicologia, psicologia, educação e pedagogia. Centrado nos processos cognitivos, em que temos:
  • 7. INDIVIDUO → INFORMAÇÃO → CODIFICAÇÃO → RECODIFICAÇÃO → PROCESSAMENTO → APRENDIZAGEM
  • 8.  A humanidade é a espécie mais evoluída dentre os animais. Portanto, necessita mais da aprendizagem para adaptar-se e sobreviver ao meio em que vive. Como há uma dependência em aprender comportamentos sociais, então o ato de aprender pode ser considerado uma obrigação, pois quando não existe adaptação comportamental de um indivíduo, presume-se que ele será excluído socialmente.
  • 9. Cadeia motora Sinais Tipos de aprendizagem Cadeia Verbal Princípios Estímulo resposta Discriminação Conceitos Solução de Problemas
  • 10. 8 tipos de Aprendizagem Aprendizagem de sinais Tem simpatias e antipatias, preferências, medo da água ou das alturas, chora com facilidade, ruborizar-se e outros comportamentos involuntários podem ser resultado de aprendizagem de sinais produzida por condicionamento respondente, também chamado condicionamento clássico.  Estimulo- Resposta Neste caso, a aprendizagem consiste em associar uma resposta a um determinado estímulo; a associação estímulo-resposta é estabelecida mais facilmente quando é reforçada ou seja, recompensada. 
  • 11. Cadeias Motoras Nenhum comportamento existe isoladamente: nadar consiste tocar piano, dançar, jogar basquete.  Cadeias Verbais A memorização torna-se mais eficiente quando associamos as palavras, formando cadeias. Neste caso, uma palavra funciona como estímulo a lembrança de outra: ao pensarmos em belo, recordamos um sinônimo (bonito) ou antônimo. 
  • 12. Aprendizagem de discriminação Discriminar consiste em dar respostas diferentes a estímulos semelhantes. 1. Associar cada estimulo distinto( cor, tamanho, rabo) a uma resposta especifica (pinta, sigo, andorinha, canário)  2. Fixar essas associações por meio de repetições, verificando as semelhanças e as diferenças entre os estímulos.
  • 13. Aprendizagem de Conceito Na aprendizagem de conceitos, acontece o contrário do que ocorreu na aprendizagem de discriminação: o indivíduo aprende a dar uma resposta comum a estímulos diferentes em vários aspectos.  Aprendizagem de Princípios Principio é uma cadeia de dois ou mais conceitos. Para aprender um princípio é necessário ter aprendido previamente os conceitos que o formam. 
  • 14.  Solução Problemas Para que o individuo possa solucionar os problemas, é necessário que conheça os princípios aplicáveis, seja capaz de lembrar-se deles e de aplicá-los conforme o caso. A solução de problemas é uma necessidade bastante freqüente entre pessoas adultas.
  • 15.  Vídeo
  • 16. Cada criança possui seu próprio ritmo de aprendizagem. Todo criança apresenta um ritmo único no processo de evolução. Cada pessoa tem uma história particular e única, formada por sua estrutura biológica, psicológica, social e cultural. Esse fato ocorre tanto no ambiente familiar quanto no escolar.  Da mesma forma que uma criança engatinha, fala, anda etc. precocemente ou tardiamente em relação uma das outras, no processo de aprendizagem ocorre o mesmo com o aluno.
  • 17.  Partindo desse pressuposto eis uma questão a refletir: Enquanto educador, qual seria o melhor caminho a seguir, para que esteja preparado para respeitar o ritmo da cada aluno e saber lidar com essa indiferença?  Ao se tratar de educação não existe receita pronta. Mas isto não significa que não existem caminhos que possam ser seguidos, de maneira que venha a contribuir para atuar em situações, em especial com o ritmo de aprendizado de cada indivíduo, independente da faixa etária.
  • 18.  Sugere-se como ponto de partida, a elaboração de um projeto de ensino que estabeleça como objetivo, atender todos os alunos, independente da capacidade que eles venham a apresentar. Ou seja, alunos lentos ou rápidos, alunos que tendem mais para o lado competitivo ou colaborativo, alunos oriundos de famílias estruturadas, desestruturadas, que apresentem necessidades especiais, entre outros.
  • 19. Considerando a escola um ambiente em que todos devem ser tratados com igualdade, o ideal é que os alunos tenham as mesmas oportunidades, porém, essas podem ser aplicadas de forma diferenciada, dependendo do ritmo de cada um. O educador deve se conscientizar que o aluno é formado através das experiências que são vivenciadas por toda sua vida. O desenvolvimento do aluno tem uma forte ligação com o ambiente em que vive, sua relação cultural e principalmente a maneira como a família se relaciona com ele.
  • 20. É fundamental ao professor o respeito ao ritmo de aprendizagem de cada aluno, sendo extremamente necessário buscar estratégias que venham melhorar o desempenho daqueles que apresentam evolução mais lenta. Ao trabalhar com uma turma composta por alunos que possuem diferentes ritmos de aprendizagem, professores que passaram por essa vivência tiveram resultados positivos a partir do instante que começaram a aplicar diversas atividades, de conteúdos diferentes ou iguais, na mesma turma, respeitando o tempo de cada criança.
  • 21.  Recomenda-se também a mudança da rotina diária, colocando os alunos para trabalharem em forma de grupo, dupla, individual, ambientes e atividades diferenciadas como laboratórios, teatros, quadra, jogos didáticos, dança, música, etc., variando conforme a necessidade, tornando a aula diferente e prazerosa. Vale ressaltar que a criatividade do professor é um dos pontos chaves para lidar com esse tipo de situação.
  • 22. Fatores que interferem na aprendizagem  Carência afetiva;  Condição econômica;  Deficientes condições higiene e de nutrição;  Pobreza da estimulação precoce;  Privações lúdicas,psicomotoras, simbólicas e cultural;  Ambientes repressivos; habitacionais, sanitárias de
  • 23.      Nível elevado de ansiedade; Método de ensino impróprios e inadequados. Para Smith e Strick (p.31,2001) um ambiente estimulante e encorajador em casa produz estudantes adaptáveis e muito dispostos a aprender,mesmo entre crianças cuja saúde ou inteligência foi comprometida de alguma maneira.
  • 24. Situação estimuladora Resposta Pedro! O que foi? Sente-se de sentar Movimento Falta de luz um fósforo Ascender
  • 25. Segundo Mouly(op.cit., p. 218-21), o processo de aprendizagem compreende 7 etapas. Preparação ou Prontidão Objetivos Motivação Etapas no processo de aprendizage m
  • 26. “ Eu vou comer, mais não vou engolir! ” (Motivação)
  • 27. Aprendizagem é mudança de comportamento, resultante da experiência.
  • 28.  Para Skinner, psicólogo behaviorista norteamericano, a educação deve ser planejada passo a passo, de modo a obter os resultados desejados na “modelagem” do aluno.
  • 29. Momentos de Aprendizagem
  • 30. AQUISIÇÃO X APRENDIZAGEM
  • 31. A aquisição é um processo de assimilação natural, intuitivo, subconsciente, fruto de interação em situações reais de convívio humano em que o aprendiz participa como sujeito ativo, desenvolvendo habilidades práticas e habilidades funcionais sobre a língua. 
  • 32.  É através da interação com o mundo que o indivíduo adquire a sua língua, de maneira subjetiva e social, ou seja, o sujeito utiliza o sistema de signos vigentes em sua sociedade e deixa-lhe suas marcas e experiências, produzindo diferentes formas de expressão. Os resultados dessa interação são positivos, já que os sujeitos falantes pertencem ao mesmo universo de códigos.
  • 33.  O processo de aquisição tem semelhança com a assimilação da língua materna pelas crianças. Essa assimilação se dá pela interação da criança com as pessoas que a cercam, como família e comunidade. A criança desenvolve a familiaridade com a fonética da língua e sua estrutura. Adquire também vocabulário e capacidade de entendimento oral, a fim de compreender e ser compreendida em diversas situações, possibilitando assim uma comunicação criativa. Uma abordagem que tem como base a Aquisição reforça e incentiva o ato comunicativo, levando o aprendiz a ter um melhor desenvolvimento da língua e a adquirir autoconfiança ao usá-la.
  • 34.  A aprendizagem é um processo consciente em que a abordagem é baseada no ensino tradicional da língua. Com esforço intelectual e a capacidade dedutiva e lógica, tenta-se aprender o funcionamento da língua e espera-se que através da língua escrita o aluno entenda e consiga desenvolver a capacidade de falar o idioma, o que muitas vezes não ocorre. A aprendizagem tem sido definida como uma modificação relativamente duradoura do comportamento, obtido através do treino, da observação e da experiência.
  • 35.  Richter (2000, p. 35) faz uma explanação sobre a importância do interacionismo no processo de aquisição da linguagem:  Quanto à aquisição da linguagem, trata-se de reconhecer que os fatores interacionais têm maior influência do que os formais. Isto significa que saber a descrição de uma língua pode ajudar na conquista da competência comunicativa– mas, ressalte-se, bem menos do que se possa imaginar. O fundamental é agir comunicativamente no grupo.  Ou seja, a sala de aula em que apenas o professor detém o comando não se tornará um ambiente propício de aprendizagem, uma vez que a participação de todos se faz necessária para que a comunicação aconteça. Porque é a interação que possibilita a aprendizagem.
  • 36. Vídeo
  • 37. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS: Disponível em: http://www.youtube.com/watch?v=n7dAHnkWIXQ. > Acessado em 08/10/ 2013.         COLL, César, MARCHESI, Jesús. Desenvolvimento psicológico e educação. GAGNE,Robert. Como se realiza a aprendizagem. MORSE,W.c, WINGO, G.m. MÚGLIA, Solange. Psicologia escolar. PILETTI,Nelson. Psicologia Educacional. São Paulo: Ática,1999. RAMOS DA SILVA, Maria. Mudança de comportamento e atitudes. SORIANO,Eunice. Análise de contingência no aprender e no ensinar.