Revista a Sentinela teste de leitura PDF
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share

Revista a Sentinela teste de leitura PDF

  • 9,120 views
Uploaded on

Sentinela em PDF teste no Facebook

Sentinela em PDF teste no Facebook

More in: Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
9,120
On Slideshare
9,119
From Embeds
1
Number of Embeds
1

Actions

Shares
Downloads
25
Comments
0
Likes
2

Embeds 1

http://www.slideshare.net 1

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. 34567 1.° DE AGOSTO DE 2011O que as criancas devem ¸aprender sobre Deus?
  • 2. 34567 ´ Tiragem de cada n umero: 1.° DE AGOSTO DE 2011 42.162.000 EM 188 IDIOMAS 6 ´ ´O OBJETIVO DESTA REVISTA, A Sentinela, e honrar a Jeova Deus, o Supremo Governante do Universo. Assim comoas torres de vigia nos tempos antigos possibilitavam que uma pessoa observasse de longe os acontecimentos, esta ´ ` ´revista mostra para nos o significado dos acontecimentos mundiais a luz das profecias bıblicas. Consola as pessoas ´ ´com as boas novas de que o Reino de Deus, um governo real no ceu, em breve acabara com toda a maldade e ´ ´ ´ ´ ´transformara a Terra num paraıso. Incentiva a fe em Jesus Cristo, que morreu para que nos pudessemos ter vida ˜eterna e que agora reina como Rei do Reino de Deus. Esta revista, publicada sem interrupc¸ ao pelas Testemunhas ´ ˜ ´ ´ ` ´de Jeova desde 1879, nao e polıtica. Adere a Bıblia como autoridade. ˜ ˜ ´ ´ ˜ ´Esta publicac¸ ao nao e vendida. Ela faz parte de uma obra educativa bıblica, mundial, mantida por donativos. A menos que haja outra indicac¸ ao, os textos bıblicos citados ˜ ˜ ˆsao da Traducao do Novo Mundo das Escrituras Sagradas com Referencias. ¸ ASSUNTOS DE CAPA 3 As criancas devem aprender ¸ sobre Deus? 4 O que as criancas devem aprender? ¸ ` 6 Quem deve ensinar sobre Deus as criancas? ¸ ` 8 Como ensinar sobre Deus as criancas ¸ ˜ ´ — Quais sao os melhores metodos? ˜ SE C OES REGULARES ¸ ´ 10 Como Ter uma Famılia Feliz ˆ — Tratar o conjuge com respeito 13 Achegue-se a Deus ´ — Ele se lembra de que “somos po” 14 Ensine Seus Filhos — Por que Dorcas era amada 16 Aprenda da Palavra de Deus ˆ — Como voce pode identificar a ˜ adorac¸ ao verdadeira? ´ 18 A Bıblia Muda a Vida das Pessoas ˆ 23 Voce Sabia? 27 Nossos Leitores Perguntam . . . ´ ´ TAMB EM NESTE N UMERO ´ ˜ 24 O papa e “o sucessor de Sao Pedro”? 28 Um dia promissor e de grandes expectativas
  • 3. As criancas devem aprender sobre Deus? ¸ ˜ ˜ “Temos religiao suficiente para nos fazer odiar uns aos outros, mas nao suficiente ˆ para que nos amemos uns aos outros.” — JONATHAN SWIFT, ESCRITOR INGLES. ´ Science Research1 declarou: “Tem se mos-S WIFT disse essas palavras no seculo 18, mas muitas pessoas hoje concorda-riam com ele. De fato, em alguns paıses, ´ ˜ ˜ trado que tanto no caso da mae como no ´ caso do pai a religiao fortalece o vınculo ´ ˜ ´ ´ha pessoas que acreditam que os pais nao com os filhos.” Esse relatorio tambem dis-deveriam ter o direito de ensinar sobre ˜ se: “Religiao e espiritualidade parecem serDeus a seus filhos. Elas acham que os fi- aspectos importantes na vida de muitas ´ ˜ ˜lhos criados numa famılia religiosa estao criancas e sao vitais para o relacionamento ¸de certa forma em desvantagem. familiar.” Veja como isso se harmoniza ˆ com o que Jesus Cristo disse: “Felizes os O que voce acha? Qual das seguintes de- ˜ ´ ´ ˆclarac¸ oes e a mais razoavel? conscios de sua necessidade espiritual.” ˜ ˜˘ Os pais nao deveriam ter permissao de — Mateus 5:3. ensinar sobre Deus a seus filhos. O que dizer da ideia de esperar que os fi- lhos crescam antes de ensinar-lhes sobre ¸˘ Os pais devem esperar que seus filhos ˜ Deus e religiao? Esse conceito desconside- crescam antes de conversar com eles ¸ ra o seguinte fato: A mente de uma crianca ¸ sobre assuntos religiosos. ´ ˜ e como uma caixa vazia esperando para ser˘ Quando os filhos sao pequenos, os ˆ enchida. Na verdade, os pais tem uma es- pais devem ensinar suas crencas a eles. ¸ colha: encher essa “caixa” no ambiente fa- ` ´ Mas, a medida que crescerem, os pais miliar com os princıpios morais e crencas ¸ ´ ´ devem incentiva-los a tirar suas proprias que eles acham apropriados ou permitir ˜ conclusoes. que uma enxurrada de ideias de fora desse ˜˘ Os filhos devem adotar as crencas de ¸ ambiente encha a mente e o corac¸ ao de seus pais sem questionar. seus filhos. ˜ ´ A religiao prejudica as criancas?¸ Qual e o segredo? ˜ ´ ˜ Pais amorosos nao desejam nenhum A Historia mostra que a religiao tem o ´ ˆ ´mal a seus filhos. Mas sera que os fatos potencial de incitar intolerancia e odio.apoiam aqueles que, se pudessem, impedi- Assim, como os pais podem evitar o resul-riam as criancas de aprender sobre Deus? ¸ tado descrito por Jonathan Swift? Como ´ ´ ˆ podem ensinar a seus filhos crencas que osJa por decadas, os pesquisadores tem estu- ¸dado profundamente os efeitos que as ajudem a amar outras pessoas? ˆ ´ ˆcrencas dos pais tem sobre os filhos. A que ¸ O segredo esta na resposta a tres pergun- ˜conclusao chegaram? tas: (1) O que as criancas devem aprender? ¸ ´ ´ ˜ Alguns pesquisadores concluıram que, (2) Quem deve ensina-las? (3) Quais sao os ˆ ´em vez de ser uma influencia negativa, a melhores metodos de ensino? ˜religiao pode ter um efeito positivo no de- 1 Esse estudo foi baseado numa pesquisa feita comsenvolvimento de uma crianca. Em 2008, ¸ mais de 21 mil criancas nos Estados Unidos e com ¸ ´um relatorio publicado na revista Social seus pais e professores. A SENTINEL A ˙ 1.° DE AGOS TO DE 2011 3
  • 4. O que as O que Deus quer que saibamos sobre ele? ´ ´ criancas devem ¸ ˛ O que a Bıblia ensina: “Tu, cujo nome e ´ ´ ´ Jeova, somente tu es o Altıssimo sobre toda a aprender? terra.” — Salmo 83:18. ˜ ˜ ´ Lic¸ ao: Deus nao e uma forca impessoal. Ele e ¸ ´ ´ ´ uma Pessoa real e tem um nome proprio. “Toda a Escritura e inspirada por ´ ´ ˛ O que a Bıblia ensina: “Jeova sonda todos Deus e proveitosa para ensinar, para ˜ ˜ os coracoes e discerne toda inclinacao dos ¸ ¸ repreender, para endireitar as coisas, ´ pensamentos. Se o buscares, deixar-se-a achar para disciplinar em justica.” ¸ ˆ por ti.” — 1 Cronicas 28:9. ´ ˜ ´ — 2 TIMOTEO 3:16. Lic¸ ao: Jeova Deus se preocupa com todos ´ nos, incluindo as criancinhas. (Salmo 10:14; A S CRIANCAS precisam aprender a ver- ¸ dade sobre Deus. Onde elas podem aprender essa verdade? No livro religioso 146:9) Ele deseja que aprendamos sobre ele. ´ ´ ˜ ˜ ˛ O que a Bıblia ensina: “Nao deveis atribular ´ ´ . . . o menino orfao de pai. Se e que o atribula- mais respeitado do mundo, a Bıblia. ˜ ´ ´ ´ res, entao, se e que ele clamar a mim, sem fal- ˆ A Bıblia e como uma carta de Deus. ta ouvirei o seu clamor.” — Exodo 22:22-24. Nessa carta, Deus revela sua personalida- ˜ ´ ˜ ´ ´ ˜ Lic¸ ao: Jeova ouve as orac¸ oes ate mesmo de de e da orientac¸ ao moral para todos os criancas pequenas. Podemos sempre falar ¸ Seus filhos, tanto jovens como mais ve- com Deus e expressar nossos pensamentos e ´ ´ lhos. Veja alguns dos ensinos da Bıblia e sentimentos mais ıntimos. ˜ ´ as lic¸ oes que ate mesmo criancas podem ¸ ´ ´ ˛ O que a Bıblia ensina: “Vez apos vez pu- aprender. ` ´ nham Deus a prova e penavam ao proprio Santo de Israel.” — Salmo 78:41. ˜ Lic¸ ao: O que dizemos e fazemos afeta os sen- ´ timentos de Jeova, por isso devemos pensar antes de falar e agir.34567 ´ ´ Africa do Sul: Private Bag X2067, Krugersdorp, 1740. Alema- puto. Nigeria: PMB 1090, Benin City 300001, Edo State. Nova Ze- ˆ 6 nha: 65617 Selters. Angola: Caixa Postal 6877, Luanda Sul. Argen- landia: PO Box 75142, Manurewa, Manukau 2243. Paraguai: Casil- tina: Casilla 83 (Suc 27B), C1427WAB Cdad. Aut. de Buenos Ai- ´ la 482, 1209 Asuncion. Portugal: Apartado 91, P-2766-955 Estoril. ˜ ´ ´ ˆGostaria de ter mais informac¸ oes ou um curso bı- res. Belgica: rue d’Argile-Potaardestraat 60, B-1950 Kraainem. Quenia: PO Box 21290, Nairobi 00505. Senegal: BP 29896, 14523 ` ´ ´ ˆ Brasil: CP 92, Tatuı, SP, 18270-970. Canada: PO Box 4100, George- Dakar. Timor Leste: Box 248, Dili. Zambia: PO Box 33459, 10101 Lu-blico domiciliar gratuito? Escreva as Testemunhas ´ ´ ´ town, ON L7G 4Y4. Espanha: Apartado 132, 28850 Torrejon de Ar- saka. Zimbabue: Private Bag WG-5001, Westgate.de Jeova, usando o endereco apropriado. Para ¸ ´ doz (Madrid). Estados Unidos da America: 25 Columbia Heights, ´uma lista completa dos enderecos das sedes, veja ¸ Brooklyn, NY 11201-2483. Franca: BP 625, F-27406 Louviers Cedex. ¸ A Sentinela e publicada e impressa quinzenalmente pela Associa- ˜ ˜ ´ ´www.watchtower.org/address. Gana: PO Box GP 760, Accra. Gra-Bretanha: The Ridgeway, Lon- c¸ ao Torre de Vigia de Bıblias e Tratados. Sede e grafica: Rodovia ´ ´ don NW7 1RN. Holanda: Noordbargerstraat 77, NL-7812 AA Em- SP-141, km 43, Cesario Lange, SP, 18285-901. Diretor responsavel: ´ ˜ ´ A. S. Machado Filho. Revista registrada sob o numero de ordem 4 men. Italia: Via della Bufalotta 1281, I-00138 Rome RM. Japao: 4-7-1 Nakashinden, Ebina City, Kanagawa-Pref, 243-0496. Malaui: 508. 5 2011 Watch Tower Bible and Tract Society of Pennsylvania. PO Box 30749, Lilongwe 3. Mocambique: PO Box 2600, 1100 Ma- ¸ Todos os direitos reservados. Impressa no Brasil. Vol. 132, N.° 15 Semimonthly PORTUGUESE (Brazilian Edition)
  • 5. ´ Como devemos tratar quem e ´ diferente de nos? ˛ ´ ˜ ´ O que a Bıblia ensina: “Deus nao e parcial, ˜ Como devemos tratar os membros mas, em cada nacao, o homem que o teme e ¸ ´ ´ ´ de nossa famılia? que faz a justica lhe e aceitavel.” — Atos ¸ 10:34, 35. ˛ ´ ˜ O que a Bıblia ensina: “Filhos, em tudo sede Lic¸ ao: Se Deus aceita pessoas de todas as for- ´ ˜ ˜ ´ obedientes aos vossos pais, pois isso e bem mac¸ oes, nao devemos discriminar outros so ´ ˆ agradavel no Senhor.” — Colossenses 3:20. porque eles tem cor de pele ou tracos dife- ¸ ˜ ˜ ˜ ´ Lic¸ ao: Filhos que sao obedientes nao so mos- rentes dos nossos. ´ tram que amam seus pais, mas tambem que ´ ˛ O que a Bıblia ensina: “[Estejam] sempre querem agradar a Deus. prontos para fazer uma defesa perante todo ´ ˛ O que a Bıblia ensina: “Continuai a su- ´ ˜ aquele que reclamar de vos uma razao para a portar-vos uns aos outros e a perdoar-vos uns ´ ´ ´ ´ ˜ esperanca que ha em vos, fazendo-o, porem, ¸ aos outros liberalmente, se alguem tiver razao com temperamento brando e profundo respei- ´ para queixa contra outro. Assim como Jeova to.” — 1 Pedro 3:15. ´ ´ ˜ ˜ vos perdoou liberalmente, vos tambem o fa- Lic¸ ao: Ao falar sobre religiao, devemos nos zei.” — Colossenses 3:13. ˜ ˜ expressar com convicc¸ ao, mas sem agressivi- Lic¸ ao: As pessoas, incluindo nossos familia- ´ ` ˜ dade. Tambem devemos mostrar respeito por res, as vezes nos desapontarao. Mas se qui- quem tem crencas diferentes das nossas. ¸ sermos que Deus nos perdoe precisamos aprender a perdoar outros. — Mateus 6:14, 15. ˆ ´ ˆ ˆ ´ ˆAGORA PUBLICADA EM 188 IDIOMAS: acholi, africaner, ibo, ilocano, indonesio, ingles,67 ioruba, islandes, isoko, nantongo, suaıli, sueco,7 swati, tagalo,7 tai, taitiano, ta- ´ ˆ ˜ ´ ´ ˆ ˆ ´ ´ ´ ´aimara, albanes, alemao,67 amarico, arabe, armenio, italiano,67 japones,67 kiluba, kiribati, kirundi, kwangali, mil, tartaro, tcheco,7 tchiluba, telugo, tetum, tigrınia, ˆ ´ ˜ ˆarmenio ocidental, azerbaijano, azerbaijano (escrita cirı- letao, lingala, lituano, luganda, lunda, luo, luvale, ma- tiv, tok pisin, tonganes, totonaca, tshwa, tsonga, tsuana, ˆ ´ ˆ ˆlica), baule, bengali, bicol, bislama, bulgaro, camboja- cedonio, maia, malaiala, malgaxe, maltes, marata, mar- tumbuca, turco, tuvaluano, tvi, tzotzil, ucraniano, um- ˆ ˆ ˆno, canares, caonde, cazaque, cebuano, chicheva, chines chales, mianmar, mixe, mizo, mouro, ndongo, nedebele, bundo, urdu, uruund, uzbeque, valisiano, venda, vietna- ˆ ´ ˆ ˆ(simplificado), chines (tradicional)7 (audio apenas em nepales, nianeca, niueano, noruegues,67 nzema, oromo, mita, waray-waray, wolaita, xosa, yapese, zande, zapote- ˆmandarim), chitonga, chona, chuuques, cibemba, cin- osseto, otetela, palauano, pangasino, papiamento (Cu- ca (do istmo), zulu. ˆ ´ ˜ ˆ ´ ´gales, congo, coreano,67 crioulo de Maurıcio, crioulo de racau), persa, pidgin das Ilhas Salomao, polones,67 po- ¸ 6 Tamb em dispon ıvel em CD. ˆ ´ ´ ´ ´Seychelles, crioulo do Haiti, croata, cuanhama, dinamar- napeano, portugues,687 punjabi, quıchua, quıchua (An- 8 Tamb em dispon ıvel em MP3. ´ ˆ ´ ´ ´ ´ 7 ´ ´ Audio tamb em dispon ıvel no site www.jw.org.ques,7 efique, eslovaco, esloveno, espanhol,67 estoniano, cash), quıchua (Ayacucho), quıchua (Bolıvia), quıchua ˆ ˆeve, fijiano, finlandes,7 frances,687 ga, georgiano, grego, (Cuzco), quicongo, quicuio, quimbundo, quiniaruanda, ˆ ´groenlandes, guarani,687 gum, guzerate, hauc¸ a, hebrai- quirguiz, rarotongano, romeno, russo,67 samoano, san- ˆ ´ ´ ´co, hiligaino, hindi, hiri motu, holandes,67 hungaro,67 go, sepedi, servio, servio (romano), sesoto, silozi, sra-
  • 6. Por que ser honesto e bondoso?˛ ´ ˆ O que a Bıblia ensina: “Cada um de voces deveabandonar a mentira e falar a verdade ao seu ´ ´ ˜proximo.” — Efesios 4:25, Nova Versao Internacio- Quem devenal. ˜ ensinar sobreLic¸ ao: Quando falamos a verdade, imitamos a ´ `Deus e o fazemos feliz. Se desenvolvermos o ha-bito de mentir, seremos como o inimigo de ´ Deus as criancas? ¸Deus, o Diabo, que e “o pai da mentira”. ˜ ´ ˜ “O aluno nao esta acima do seu ins-— Joao 8:44; Tito 1:2. trutor, mas, todo aquele que for ´˛ O que a Bıblia ensina: “Tratem as outras pes- ´ ´ perfeitamente instruıdo sera seme-soas da mesma maneira que gostariam de ser tra- ´ ´tados por elas.” — Mateus 7:12, Bıblia Facil de Ler. lhante ao seu instrutor.” — LUCAS 6:40. ˜ ˜Lic¸ ao: Devemos ter considerac¸ ao pelos senti- ˜mentos, pensamentos e necessidades de nossa ´famılia e de outros em nossa vizinhanca. Quan- ˜ ´ ¸ ´ A LGUNS pais nao se sentem qualifica- dos para ensinar sobre Deus a seus ˜ filhos. Eles talvez pensem que nao tem ˆdo mostramos “afeic¸ ao fraternal”, e mais prova- ˜ ˜vel que as pessoas nos tratem com bondade. instruc¸ ao suficiente ou que nao enten- ˜— 1 Pedro 3:8; Lucas 6:38. dem muito de religiao para serem bons instrutores. Por isso, talvez se sintam in- clinados a deixar essa importante tarefa ´ para um parente ou lıder religioso. ˜ Mas quem sao os mais indicados para ´ ensinar verdades religiosas e princıpios ` ´ morais as criancas? Veja o que a Bıblia ¸ diz sobre isso e compare estas declara- ˜ c¸ oes com o que os pesquisadores desco- briram. ´ Qual e o papel do pai? ´ ˜ O que a Bıblia ensina: “Pais, nao irri- tem seus filhos; antes criem-nos segundo a ˜ ´ instrucao e o conselho do Senhor.” — Efe- ¸ ˜ sios 6:4, Nova Versao Internacional. O que os pesquisadores descobriram: ´ Por que e bom o pai desenvolver fortes ˜ convicc¸ oes religiosas? O artigo “O En- volvimento Religioso do Pai e o Com- ˜ portamento dos Filhos na Primeira In- Como esses exemplos mostram, as lic¸ oes ´ ˆda Bıblia podem ajudar as criancas a se torna- ¸ fancia”, publicado em 2009, declarou: ˜ “O envolvimento com uma comunida-rem adultos que mostram considerac¸ ao, res-peito e empatia. Mas quem deve ensinar essas de religiosa pode ajudar os homens a se ˜ ` ˜ ´ `lic¸ oes as criancas? ¸ tornarem melhores pais. A religiao da as6 A SENTINEL A ˙ 1.° DE AGOS TO DE 2011
  • 7. ˜pessoas apoio social e normas de comporta- a mae gasta de 65% a 80% mais tempo que omento, bem como um conjunto de ensinos e pai interagindo com seus filhos pequenos, e ˜ ´ ˜ ´orientac¸ oes sobre como viver.” esses numeros sao similares em muitos paı- ´ ´ ˆ ses.” Por ter tanto contato com o filho, as A Bıblia da grande importancia ao papel do ˜ ˜ ´ ˜ ˜ ˆpai na criac¸ ao e educac¸ ao dos filhos. (Prover- conversas, ac¸ oes e atitudes da mae tem umbios 4:1; Colossenses 3:21; Hebreus 12:9) profundo efeito no seu desenvolvimento. ´ ˜ ˜Mas sera que os conselhos dela sao relevantes Quando a mae e o pai cooperam entre si ´ para ensinar a verdade sobre Deus aos filhos,hoje? Em 2009, a Universidade da Florida pu- ˜blicou um artigo que falava do impacto que o estao dando a eles pelo menos dois presentes ˆpai tem sobre os filhos. Os pesquisadores ob- valiosos. Primeiro, os filhos tem a oportuni-servaram que os filhos cujo pai se envolvia dade de desenvolver uma amizade com seu ˜ Pai celestial, amizade essa que pode benefi-ativamente em sua criac¸ ao tinham mais pro- ´babilidade de demonstrar empatia e ter mais cia-los durante toda a vida. Segundo, os fi-autoestima. Os meninos estavam mais pro- lhos aprendem pelo exemplo como o maridopensos a se comportar bem, e as meninas a e a esposa devem cooperar um com o outro ´ para alcancar objetivos importantes. (Colos- ¸ter mais equilıbrio emocional. Com certeza, ˜ ´ ˜ senses 3:18-20) Embora o pai e a mae possamos conselhos da Bıblia ainda sao relevantes. ˜ ˆ ter a ajuda de outras pessoas, sao eles que tem ˆ ˜ Qual a importancia do papel da mae? a responsabilidade de ensinar sobre Deus e ´ ˜ ´ O que a Bıblia ensina: “Nao abandones a lei sobre como Deus quer que a famılia fun- ˜ ´de tua mae.” — Proverbios 1:8. cione. O que os pesquisadores descobriram: Em Mas como os pais devem ensinar seus fi-2006, o Handbook of Child Psychology (Ma- ˜ lhos? Quais sao provavelmente os melhores ´ ´nual de Psicologia Infantil) disse: “Em media, metodos? A SENTINEL A ˙ 1.° DE AGOS TO DE 2011 7
  • 8. ` Como˜ ensinar sobre´ Deus as criancas ¸ QUAIS SAO OS MELHORES METODOS? ˆ ˜ ´“Estas palavras que hoje te ordeno tem de estar sobre o teu corac¸ ao; e tens de inculca-las a teu filho, e tens de falar delas sentado na tua casa e andando pela estrada, e ao dei- ˆ tar-te e ao levantar-te.” — DEUTERONOMIO 6:6, 7. ` ´O S PAIS as vezes acham difıcil lidar com a grande responsabilidade de educar seus filhos. Quando buscam conselhos, porem, a ´ sempiterno poder e Divindade”. (Romanos 1:20) Os pais podem fazer muito para ajudar ´ os filhos a entender que Deus e uma Pessoa ´ ˜ enorme quantidade de materia sobre o assun- real. Isso pode ser feito por chamar a atenc¸ ao to talvez os deixe ainda mais confusos. Paren- ˜ deles para as obras criativas de Deus e entao ˆ ˜ ´ tes e amigos tem sempre sugestoes para dar. E ajuda-los a ver que qualidades de Deus essas ´ ˜ ha uma infinidade de conselhos, muitas vezes criac¸ oes revelam. conflitantes, em livros, artigos de revista e na ´ ´ Jesus usou essa tecnica ao ensinar seus discı- internet. pulos. Por exemplo, ele disse: “Observai aten- ´ ´ ˜ ´ ˜ Por outro lado, a Bıblia da aos pais nao ape- tamente as aves do ceu, porque elas nao ´ nas conselhos confiaveis sobre o que ensinar semeiam nem ceifam, nem ajuntam em celei- ´ ˜ ´ aos filhos, mas tambem orientac¸ ao pratica so- ros; contudo, vosso Pai celestial as alimenta. ´ ˜ ´ bre como fazer isso. De acordo com os versıcu- Nao valeis vos mais do que elas?” (Mateus los acima, os pais precisam encontrar um jeito 6:26) Aqui Jesus destacou o amor e a compai- ˜ ´ de falar sobre Deus com seus filhos todos os xao de Jeova. Mas ele fez mais do que isso. ´ dias. Apresentamos abaixo apenas quatro su- Ele ajudou seus discıpulos a raciocinar sobre ˜ ´ ˆ gestoes baseadas na Bıblia que tem ajudado como Deus demonstrava essas qualidades em milhares de pais a ensinar sobre Deus a seus fi- favor de seus filhos. lhos. ´ ˜ ˜ O sabio Rei Salomao chamou a atenc¸ ao ˜ ´ ` 1. Usar a criac¸ ao para ensinar. O apostolo para a sabedoria instintiva que Deus deu as ´ Paulo escreveu que as “qualidades invisıveis formigas e usou essas pequenas criaturas para ˜ ˜ [de Deus] sao claramente vistas desde a cria- enfatizar uma lic¸ ao valiosa. “Vai ter com a for- ˜ ˜ ´ ˆ c¸ ao do mundo em diante, porque sao percebi- miga, o preguicoso”, escreveu ele, “ve os seus ¸ ´ ˜ das por meio das coisas feitas, mesmo seu caminhos e torna-te sabio. Embora nao tenha 8 A SENTINEL A ˙ 1.° DE AGOS TO DE 2011
  • 9. ˜comandante, nem oficial ou governante, pre- aos cristaos em Roma. Ele escreveu: “Tu, pois, ´ ˜ ˜para seu alimento no proprio verao; tem reco- que ensinas outro, nao te ensinas a ti mesmo? ´ ˜lhido seus alimentos na propria colheita”. Tu, que pregas: ‘Nao furtes’, furtas?” — Roma- ´(Proverbios 6:6-8) Essa foi uma excelente ma- nos 2:21.neira de ensinar o valor de estabelecer alvos ´ Esse conselho e importante porque os fi-que valem a pena e de usar a forca que Deus ¸ ˜ lhos sao muito mais influenciados pelo que osnos deu para atingi-los. pais fazem do que pelo que eles dizem. De Os pais podem imitar o modo eficaz como fato, a probabilidade de os filhos darem aten- ˜ ˜ ` ´Jesus e Salomao ensinavam por fazer o seguin- c¸ ao aquilo que os pais ensinam e maior se oste: (1) Perguntar a seus filhos que plantas e pais praticarem o que dizem.animais eles gostam. (2) Pesquisar com eles ´ ˜ 4. Comecar quando o filho e pequeno. Ti- ¸essas plantas e animais. (3) Usar essas criac¸ oes ´ moteo, companheiro de Paulo no servico mis- ¸para lhes ensinar sobre Deus. ´ ˜ sionario, tinha uma excelente reputac¸ ao em ˜ ` 2. Imitar a atitude de Jesus em relac¸ ao as sua comunidade. (Atos 16:1, 2) Um dos moti-pessoas a quem ele ensinava. De todas as pes- ´ ˆ ´ vos e que “desde a infancia” ele havia sido en-soas que ja viveram, Jesus era quem tinha as ˜ ´ sinado nos “escritos sagrados”. A mae e a avocoisas mais importantes para falar. No entan- ´ de Timoteo liam as Escrituras para ele e tam-to, ele gastou muito de seu tempo fazendo ´ bem o ajudavam a raciocinar sobre as verda-perguntas. Ele estava bastante interessado nos ´ des contidas nesses escritos. — 2 Timoteo 1:5;pensamentos e sentimentos das pessoas a 3:14, 15.quem ensinava. (Mateus 17:24, 25; Marcos ˆ ˆ8:27-29) De modo similar, os pais tem muitas Onde voce pode encontrar ajuda ˜ ´ ´lic¸ oes importantes para ensinar a seus filhos. As Testemunhas de Jeova produzem variasMas para serem eficazes precisam imitar a Je- ˜ publicac¸ oes que visam ajudar os pais a ensinarsus e incentivar os filhos a expressar aberta- a verdade sobre Deus a seus filhos. Algumasmente seus sentimentos. ˜ sao escritas para criancas. Outras podem aju- ¸ ´ O que fazer, porem, se os filhos tiverem dar os pais e seus filhos adolescentes a manter ˜uma maneira de pensar errada ou forem len- abertas as linhas de comunicac¸ ao.1 ˜tos em aprender alguma lic¸ ao valiosa? Veja ` o Naturalmente, antes de os pais poderem en- ´modo como Jesus lidou com os apostolos. As sinar sobre Deus a seus filhos, eles mesmos ´vezes, eles discutiam entre si. Alem disso, de- precisam saber as respostas a algumas pergun-moraram para aprender o valor de ser humil- ´ tas difıceis que as criancas talvez facam. Por ¸ ¸de. Ainda assim, Jesus continuou a mostrar ` ˆ exemplo, como responderia as seguintes per-paciencia e repetidas vezes falou da necessida- guntas: Por que Deus permite o sofrimento?de de humildade. (Marcos 9:33, 34; Lucas ´ ´ Qual e o proposito de Deus para a Terra? Onde9:46-48; 22:24, 25) Pais que imitam a Jesus ˜ ´ ˜ ˆ estao os mortos? As Testemunhas de Jeova te-continuarao a corrigir seus filhos com pacien- ˜ ´ ´ ˜ ˜ rao prazer em ajuda-lo a saber as respostas a es-cia e, se necessario, repetirao a mesma lic¸ ao ˆ ´ sas e a outras perguntas para que voce e sua fa-ate que eles entendam plenamente sua impor- ´ ˆ mılia possam se achegar a Deus. — Tiago 4:8.tancia.1 ´ 1 Para os filhos menores, os pais podem usar o livro 3. Ensinar pelo exemplo. E bom que os pais Aprenda do Grande Instrutor, que destaca os ensinos de Je- ˜ ´ ´ ´deem atenc¸ ao ao conselho do apostolo Paulo sus Cristo, ou o Meu Livro de Historias Bıblicas, que ensina ˜ ´ de maneira simples lic¸ oes importantes da Bıblia. Para os jo- 1 A palavra hebraica traduzida “inculcar” em Deutero- vens, os pais podem usar os livros Os Jovens Perguntam ˆ ´nomio 6:7 tem o sentido de repetir um ponto muitas vezes. — Respostas Praticas, Volumes 1 e 2. A SENTINEL A ˙ 1.° DE AGOS TO DE 2011 9
  • 10. ´ COMO TER UMA FAMILIA FELIZ ˆ Tratar o conjuge com respeito ´ Wilson1 diz: “Quando a Raquel esta chateada, ela chora por muito tempo. ˜ Se sentamos para conversar, ela fica irritada ou entao se fecha. Parece que ´ nada funciona. Minha vontade e desistir.” Raquel diz: “Quando o Wilson chegou em casa, eu estava chorando. Tentei ex- plicar por que estava chateada, mas ele me interrompeu, dizendo que o assun- ˜ ˜ ´ ´ to nao era tao serio e que eu devia deixar para la. Fiquei ainda mais chateada.” ´J A SE sentiu como Wilson ou Raquel? Os dois querem secomunicar, mas muitas vezes ˆficam frustrados. Por que? Os homens e as mulheres secomunicam de formas diferen- ˆ ´tes e tem suas proprias necessi-dades. Em geral, a mulher dese-ja falar sobre seus sentimentos ´abertamente e varias vezes. Poroutro lado, muitos homenstentam manter a paz, resolven- ´do logo os problemas e evitando assuntos falasse com ele”, diz Ana, casada ha oito anos. ˜ ˆ “Eu queria´ que ele usasse essa mesma empatiaespinhosos. Entao, como voce pode superar ˆ ´ ˆessas diferencas e se comunicar com seu con- ¸ comigo.” E provavel que voce ouca paciente- ¸ ´ mente e fale de modo respeitoso com seusjuge? Por trata-lo com respeito. ´ ´ ´ amigos e ate com estranhos. Mas sera que tem Uma pessoa respeitosa da valor aos outros e ˜ ˆtenta entender seus sentimentos. Desde crian- essa considerac¸ ao com seu conjuge? ˆ ˜ ´ca, voce aprendeu a respeitar quem tem mais ¸ O desrespeito cria tensao na famılia e leva a ˆ ˆ ˜ ´autoridade ou experiencia do que voce. Mas grandes discussoes. Um governante sabio dis- ´ ´ ˜no casamento o desafio e mostrar respeito por se: “Melhor e um pedaco de pao seco com paz ¸ ´ ˆ ˆ ´alguem que voce considera igual a voce — seu e tranquilidade do que uma casa onde ha ban- ´ ˆ quetes, e muitas brigas.” (Proverbios 17:1,conjuge. “Eu sabia que Felipe ouvia com pa- ˜ ´ ˆ ˜ Nova Versao Internacional) A Bıblia diz que ociencia e compreensao qualquer pessoa que marido deve tratar sua esposa com honra, ou ´ 1 Os nomes neste artigo foram mudados. respeito. (1 Pedro 3:7) “A esposa” tambem10 A SENTINEL A ˙ 1.° DE AGOS TO DE 2011
  • 11. ´ ˜“deve ter profundo respeito pelo seu marido”. com os ouvidos, mas tambem com o corac¸ ao. ´ ˆ— Efesios 5:33. Quando seu conjuge falar, tente entender seus ˆ ˆ Mas como voce pode se comunicar de ma- sentimentos. Pela forma como voce o escuta, ´ ´ ´ ˆneira respeitosa? Veja alguns conselhos prati- ele percebera ate que ponto voce o respeita ´ ´ — ou desrespeita.cos que a Bıblia da. ˆ Jesus nos ensinou como escutar. Por exem- Quando seu conjuge tem algo a dizer O desafio: Muitas pessoas gostam mais de plo, quando um homem doente se aproximou ˆ ´ ˜falar do que de ouvir. Voce e uma dessas pes- dele pedindo ajuda, Jesus nao resolveu o pro- ´ blema imediatamente. Primeiro, ele ouviu osoas? A Bıblia diz que quem “replica a um as- ´ ´ pedido do homem. Depois, deixou que aquilosunto antes de ouvi-lo” e tolo. (Proverbios ˜ ˜18:13) Portanto, antes de falar, escute. Por que ouviu tocasse seu corac¸ ao e entao o curou. ˆ ˆque? “Eu acho melhor quando meu marido (Marcos 1:40-42) Quando seu conjuge falar, ˜ siga esse exemplo. Lembre-se: provavelmentenao tenta resolver os problemas na hora”, diz ´ ˜ ´ ele ou ela esta precisando de empatia, nao deCarla, casada ha 26 anos. “Ele nem mesmo ˜ ´precisa concordar ou entender por que o pro- uma soluc¸ ao rapida. Por isso, ouca com aten- ¸ ´ ˜ ˆblema surgiu. So quero que me escute e reco- c¸ ao. Permita que as palavras de seu conjuge to- ˜ ´ ˜ ´nheca que meus sentimentos sao validos.” ¸ quem seu corac¸ ao. Depois, e so depois, tente ´ Por outro lado, alguns homens e mulheres ajuda-lo no que ele precisa. Agindo assim, ˜ ˜ ` ˆ ´nao gostam muito de conversar e nao ficam a voce mostrara que o respeita. ˆ ´vontade quando seu conjuge os pressiona a fa- TENTE O SEGUINTE: Na proxima vez que ´lar sobre seus sentimentos. Laura, recem-casa- ˆ ˆ ˜ seu conjuge comecar a conversar com voce, ¸da, descobriu que seu marido nao fala logo so- ` ˜ ˆ ˆ resista a tentac¸ ao de dizer algo na hora. Debre seus sentimentos. “Preciso ter paciencia”, tempo para que ele termine de falar e paradiz ela, “e esperar que ele se abra comigo”. ˆ ˜ ˆ ˆ que voce entenda o que ele falou. Mais tar- Uma soluc¸ ao: Se voce e seu conjuge precisa- ˆ ˆ de, fale com seu conjuge e pergunte: “Vocerem conversar sobre algo que pode causar di- ˜ acha que eu fui um bom ouvinte?”visao, puxe o assunto quando os dois estive-rem calmos e tranquilos. E o que fazer se seu ˆ ˆ ˜ Quando voce tem algo a dizerconjuge nao estiver muito disposto a conver- ´sar? Reconheca que “os pensamentos de uma ¸ O desafio: “Programas humorısticos na TV ˜ ´ ˆpessoa sao como agua em poco fundo, mas ¸ fazem parecer normal falar mal do conjuge e ´ ´ ´ ´quem e inteligente sabe como tira-los para ser grosseiro e sarcastico”, observa Ana, ja ´ ´ ˜ ´fora”. (Proverbios 20:5, Bıblia na Linguagem mencionada. Alguns sao criados em famılias ´ ´de Hoje) Se puxar muito rapido um balde de em que a linguagem desrespeitosa e comum. ˆ ´ ´um poco, voce vai perder muita agua. De ma- ¸ Mais tarde, quando se casam, acham difıcil ˆ ˜ ´ ´neira similar, se forcar seu conjuge a falar, ele ¸ evitar esse padrao em sua propria famılia. Ivo- ´ ˆ ´ ´podera ficar na defensiva e voce perdera a ne, que mora no Canada, diz: “Cresci num ´ ambiente em que o sarcasmo, gritaria e insul-oportunidade de ajuda-lo a se abrir. O melhor ´ tos eram coisas normais.”e fazer perguntas de forma gentil e respeitosa, ˆ ˜ ˜ ˆe ser paciente se seu conjuge nao falar de seus Uma soluc¸ ao: Quando voce falar com ou- ˜ ´ ˆ ˆsentimentos tao rapido quanto voce gostaria. tros sobre seu conjuge, transmita o que for ´ ˜ Quando ele resolver falar, seja “rapido no bom “para a edificac¸ ao, conforme a necessida-ouvir, vagaroso no falar, vagaroso no furor”. de, para que confira aos ouvintes aquilo que ˜ ´ ´ ´ ´(Tiago 1:19) Um bom ouvinte escuta nao so e favoravel”. (Efesios 4:29) Passe uma boa A SENTINEL A ˙ 1.° DE AGOS TO DE 2011 11
  • 12. ˜ ˆ ´ `impressao de seu conjuge pela forma como Felipe e que ele se preocupa menos que eu. As ˆvoce fala sobre ele. vezes, ele consegue ficar tranquilo ao passo ˆ ´ que eu fico preocupada, e acabo ficando zan- Mesmo quando voce esta sozinho com seu ˆ ` ˜ ˜ ´conjuge, resista a tentac¸ ao de usar sarcasmo gada porque parece que ele nao da tanta im- ˆou insultos. No Israel antigo, Mical ficou fu- portancia ao assunto quanto eu.” ˜riosa com seu marido, o Rei Davi. Ela foi sar- Uma soluc¸ ao: Aceitem um ao outro como ´ ˆ ˜castica e disse que ele tinha agido “como voces sao. Respeitem suas diferencas. Para ilus- ¸um homem vulgar”. Suas palavras ofende- trar: Seus olhos funcionam de forma diferente ´ dos ouvidos; mesmo assim, eles cooperam en-ram Davi, mas tambem desagradaram a Deus. ˜ ˆ(2 Samuel 6:20-23, NVI) Que lic¸ ao aprende- tre si e, por isso, voce consegue atravessar uma ˆ ˆ ´ ´mos? Quando voce conversar com seu conju- rua em seguranca. Adriana, que e casada ha ¸ ˆ ´ge, escolha as palavras com cuidado. (Colos- quase tres decadas, diz: “Desde que nossos ´ ˜senses 4:6; nota) Felipe, casado ha oito anos, pontos de vista nao violem a Palavra de Deus, ˆ ˜admite que ele e sua esposa ainda tem desen- eu e meu marido nao nos importamos em ter ` ˜tendimentos. Ele notou que as vezes o que ele opinioes diferentes. Afinal, somos casados, ˜ ˜diz piora a situac¸ ao. “Percebi que ‘ganhar’ nao clonados.” ˜ ˜ ˆ ˜uma discussao na verdade nao compensa. Quando seu conjuge tem uma opiniao ou ´ ´ ´ ˜ ˜Acho que e muito mais satisfatorio e benefico reac¸ ao diferente da sua, nao se concentre ape- ´fortalecer nosso relacionamento.” nas em seus proprios interesses. Leve em con- ´ ˆ Uma viuva idosa nos tempos antigos incen- ta os sentimentos de seu conjuge. (Filipensestivou suas noras a achar “um lugar de descan- 2:4) Eduardo, marido de Adriana, admite: “Eu ˜so, cada uma na casa de seu esposo”. (Rute 1:9) nem sempre entendo as opinioes de minha es-Quando o marido e a esposa dignificam um posa ou concordo com ela. Mas procuro lem-ao outro, eles fazem com que seu lar seja “um brar que a amo muito mais do que amo minha ˜ ´ ´lugar de descanso”. opiniao. Quando ela esta feliz, eu tambem es- tou.”TENTE O SEGUINTE: Reserve tempo para ˆ ˜ TENTE O SEGUINTE: Numa lista, escrevaanalisar com seu conjuge sugestoes deste ´ exemplos em que o ponto de vista de seusubtopico. Pergunte: “Quando eu falo com ˆ ˆ ´ ˆ conjuge ou o modo de ele lidar com situa-voce em publico, voce se sente respeitado ˜ ˜ou desprezado? O que posso fazer para me- c¸ oes sao superiores aos seus. — Filipenses ˜ ` 2:3.lhorar?” Ouca com atenc¸ ao a medida que ¸ ˆ ´seu conjuge expressa seus sentimentos. O respeito e uma das chaves para um casa- ˜Tente aplicar as sugestoes dele. mento feliz e duradouro. “O respeito promove a alegria e a seguranca no casamento”, diz ¸ ˆ Aceite as diferencas de seu conjuge ¸ Ana. “Realmente, vale a pena cultivar o respei- ´ O desafio: Alguns recem-casados entendem to.” ˜ ´erroneamente que a expressao usada na Bıblia ´“uma so carne” significa que o casal precisa PERGUNTE-SE . . . ˜ ˆter a mesma opiniao e personalidade. (Mateus ˇ Como o fato de meu conjuge ser dife- ´ ´19:5) Mas eles logo descobrem que essa ideia e rente de mim enriqueceu nossa famılia? ´ ` ˆirrealista. Depois de algum tempo casados, as ˜ ˇ Por que e bom ceder as preferencias de ˆ ˜diferencas muitas vezes levam a discussoes. ¸ meu conjuge sempre que nao estiver en- ´ ´Ana diz: “Uma grande diferenca entre mim e ¸ volvido nenhum princıpio bıblico?12 A SENTINEL A ˙ 1.° DE AGOS TO DE 2011
  • 13. ACHEGUE-SE A DEUS ´Ele se lembra de que “somos po” ´“E U ACHAVA que Jeova nunca me perdoaria com- pletamente e que eu carregaria este peso pelo resto da vida.” Era assim que se sentia uma crista a ˜ bia como se sente um pai amoroso. Um pai assim ˜ se sente movido a mostrar compaixao pelos filhos, ˜ especialmente quando estao sofrendo. Davi nos ´ respeito de seus erros passados. Sem duvida, uma garante que nosso amoroso Pai celestial mostra mi- ˆ ´ ´ ´ consciencia culpada e um fardo pesado. Mas a Bı- sericordia a seus filhos na Terra, em especial quan- ´ ˜ ´ blia da consolo que pode aliviar a dor de pecado- do o corac¸ ao arrependido deles esta “quebrantado res arrependidos. Veja o que Davi disse no Sal- e esmagado” por causa de seus pecados. — Salmo mo 103:8-14. 51:17. ´ ´ ˆ ˜ Davi sabia que “Jeova e misericordioso” e que Depois dessas tres comparac¸ oes, Davi revela por ˜ ´ ´ ´ ´ ele “nao ralhara para sempre”. (Versıculos 8-10) que Jeova mostra misericordia a humanos imper- ´ ´ ˜ Quando ha margem para mostrar misericordia, feitos: “Ele mesmo conhece bem a nossa formacao, ¸ ´ ´ ´ Deus faz isso de forma plena e sem reservas. Davi, lembra-se de que somos po.” (Versıculo 14) Jeova ˆ ˜ um poeta expressivo, usou tres belas comparac¸ oes ´ “Estou comecando a achar que ¸ para mostrar o amplo alcance da misericordia de Deus. realmente posso me achegar mais a ´ ˜ ´ ´ “Assim como os ceus sao mais altos do que a ter- Jeova. E como se um peso tivesse sido ˆ ´ tirado de meus ombros” ra, sua benevolencia e superior para com os que o ´ ˜ temem.” (Versıculo 11) Ao olhar para cima, nao ´ ˆ sabe que fomos feitos do po, tendo fragilidades e li- conseguimos nem imaginar a grande distancia en- ˜ ´ mitac¸ oes. Levando em conta nossa natureza peca- tre os ceus estrelados e a Terra. Assim, Davi nos aju- ´ ´ ´ minosa, ele esta “pronto a perdoar” — desde que da a ver a magnitude da misericordia de Jeova, ´ nos arrependamos sinceramente. — Salmo 86:5. uma faceta de seu amor leal. Essa misericordia be- ´ ´ ˆ As palavras de Davi sobre a misericordia de Jeova neficia os ‘que temem’ a Deus — os que tem “uma ˜ ´ ˆ tocaram seu corac¸ ao? A mulher citada no inıcio reverencia humilde e sincera por sua autoridade”, ´ ˜ diz um erudito. pesquisou o que a Bıblia diz sobre a prontidao de ˜ ´ ˜ Deus em perdoar e disse: “Estou comecando a ¸ “Tao longe como o nascente e do poente, tao lon- ˆ ´ ˜ ´ achar que realmente posso me achegar mais a ge pos de nos as nossas transgressoes.” (Versıcu- ´ ´ ˜ Jeova. E como se um peso tivesse sido tirado de lo 12) Outras traduc¸ oes dizem: “Como o Oriente ´ ˆ ´ meus ombros.”1 Que tal aprender mais sobre a mi- esta longe do Ocidente.” Que distancia e essa? O ´ ˆ mais longe que podemos imaginar. Uma obra de sericordia de Deus e descobrir como recebe-la? Tal- ˆ ´ ˆ ´ referencia bıblica diz: “Voe o mais longe que as vez voce tambem sinta como se um peso fosse tira- ˜ ´ do de seus ombros. asas da imaginac¸ ao conseguirem leva-lo e, se voar ˜ ´ ´ em direc¸ ao ao Oriente, o Ocidente ficara cada vez 1 Veja o capıtulo 26 “Um Deus ‘pronto a perdoar’ ” no ´ mais longe a cada bater de suas asas.” Aqui Davi livro Achegue-se a Jeova, publicado pelas Testemunhas de ´ ´ Jeova. esta dizendo que, quando Deus perdoa nossos pe- ˜ ´ cados, ele os coloca tao longe de nos que nem con- ˆ ˜ ´ seguimos imaginar a distancia. SUGESTAO DE LEITURA DA BIBLIA ´ “Assim como o pai e misericordioso para com os PARA AGOSTO: ´ seus filhos, Jeova tem sido misericordioso para com ˛ Salmos 87-118 ´ os que o temem.” (Versıculo 13) Por ser pai, Davi sa- A SENTINEL A ˙ 1.° DE AGOS TO DE 2011 13
  • 14. ENSINE SEUS FILHOS Por que Dorcas era amada ˆ T ODOS querem ser amados. Voce tam- ´ ´ bem quer? —1 A Bıblia fala de Dorcas, uma mulher amada por muitas pessoas. ´ Dorcas morava em Jope, uma cidade pro- ˆ ´ xima do mar Mediterraneo. Jerusalem fica- ˆ va a apenas uns 55 quilometros mais para o ´ interior. Dorcas foi uma das primeiras discı- pulas de Jesus. ˆ ˜ Por que voce acha que Dorcas era tao ´ amada? — A Bıblia diz que ela fazia muitas ` coisas boas e dava bons presentes as pes- soas. Pelo visto, ela fazia belas roupas para ´ as viuvas, ou seja, mulheres que tinham per- ´ dido o marido na morte. Ela tambem falava com muitas pessoas a respeito do Deus ver- ´ dadeiro, Jeova, assim como Jesus havia feito. ˆ Voce sabe o que aconteceu de ruim com Dorcas? — Ela ficou muito doente e morreu. Todos os seus amigos ficaram muito tristes. ˆ ˜ 1 Caso voce esteja lendo para uma crianca, o travessao serve ¸ como lembrete para dar uma pausa na leitura e incentivar a crianca a se expressar. ¸14
  • 15. Por isso, pediram que algumas pessoas fos-sem procurar Pedro, que estava a cerca de ˆ15 quilometros dali. Quando o encontra- ´ram, pediram para ele ir rapido. Ao chegar, ´Pedro foi ate o andar superior onde Dorcasestava. Todas as mulheres choravam e lhemostraram as roupas que Dorcas havia feitopara elas. ˜ ´ Entao, Pedro pediu que todos saıssem do ´quarto. Ele e outros apostolos tinham reali-zado milagres antes, mas nunca haviam fei- ´ ` ˆto alguem morto voltar a vida. O que voceacha que Pedro fez depois? — Pedro se ajoelhou perto de Dorcas e orou ´a Jeova. A seguir, ele disse para Dorcas acor-dar. E Dorcas acordou mesmo! Pedro deu ˜ ˜entao a mao a ela e a ajudou a se levantar. ´ ´Daı chamou as viuvas e os outros para que ˆ ´pudessem ve-la. Da para imaginar a ale-gria que todos sentiram? — Vejamos agora o que podemos aprender ´ ˜dessa historia sobre a ressurreic¸ ao de Dor- ˆcas. Se voce ajudar outras pessoas, muitas ˜ ˆ ´delas vao amar voce tambem. Mas o mais ´ ˆ ´importante e que voce sera lembrado e ´amado por Deus. Ele nunca se esquecera ˆdas boas coisas que voce faz para as pes- ´soas. E ele o recompensara com vida eternaem seu novo mundo justo. ´LEIA EM SUA BIBLIAAtos 9:36-43 ˜Revelac¸ ao (Apocalipse) 21:3-5
  • 16. APRENDA DA PALAVRA DE DEUS ˆ Este artigo considera algumas perguntasComo voce ˆ que voce talvez tenha e mostra onde ´ encontrar as respostas em sua Bıblia.pode identificar ´ ˜ As Testemunhas de Jeova terao prazer ˜ ˆ em analisar essas respostas com voce.a adorac¸ ao verdadeira? ˜1. Existe apenas uma religiaoverdadeira? ˜ Jesus ensinou apenas uma religiao a seus seguido- ´res: a verdadeira. Ela e como uma estrada que con- `duz a vida. Sobre essa estrada, Jesus disse: ‘Poucos ˜ ´sao os que a acham.’ (Mateus 7:14) Deus so aceita a ˜adorac¸ ao baseada em sua Palavra da verdade. Todos ˜ ´os adoradores verdadeiros estao unidos em uma so ´ ˜ ´fe. — Leia Joao 4:23, 24; 14:6; Efesios 4:4, 5. ˜ 2. Por que tantas religioes afirmam ˜ ser cristas? Os falsos profetas corrompem o cristianismo e o ´ usam em interesse proprio. Como Jesus predisse, eles se apresentam como suas “ovelhas”, mas agem como lobos vorazes. (Mateus 7:13-15, 21, 23) O fal- so cristianismo se desenvolveu especialmente de- ´ pois da morte dos apostolos de Jesus. — Leia Atos 20:29, 30. “Eles declaram publicamente que conhecem a Deus, mas repudiam-no pelas suas obras.” — Tito 1:16 ˜ ´ ˜3. Quais sao algumas caracterısticas que diferenciam a adoracao ¸verdadeira da falsa? ´ ˜ Os adoradores verdadeiros respeitam a Bı- A religiao verdadeira honra o nome de Deus, ´blia como a Palavra de Deus. Eles se esforcam ¸ Jeova. Jesus tornou conhecido o nome de ´para viver de acordo com os princıpios dela. Deus. Ele ajudou as pessoas a conhecer a Deus ˜ ´Portanto, a religiao verdadeira e diferente da e as ensinou a orar para que o nome de Deus ˜ ˆreligiao que se baseia em ideias humanas. fosse santificado. (Mateus 6:9) Onde voce ˜(Mateus 15:7-9) Os adoradores verdadeiros mora, que religiao incentiva o uso do nome de ˜ ˜nao pregam uma coisa e praticam outra. Deus? — Leia Joao 17:26; Romanos 10:13, 14. ˜ ´— Leia Joao 17:17; 2 Timoteo 3:16, 17.
  • 17. ˆ4. Como voce pode identificar osadoradores verdadeiros? ˜ Os cristaos verdadeiros pregam o Reino de Deus.Jesus foi enviado por seu Pai para pregar o Reino. O ´ ´Reino de Deus e a unica esperanca para a humani- ¸ ´dade. Jesus falou sobre isso ate o dia de sua morte.(Lucas 4:43; 8:1; 23:42, 43) Ele ordenou que seus se- ´guidores pregassem o Reino de Deus. Se alguem ` ˆvier a sua casa falar com voce sobre o Reino de Deus, ˜ ´ ´a que religiao e provavel que essa pessoa pertenca? ¸— Leia Mateus 10:7; 24:14. ˜ O seguidores de Jesus nao fazem parte deste mun- ˜ ´do perverso. Eles nao se envolvem em assuntos polı- ˜ ´ticos nem em conflitos sociais. (Joao 17:16) Alem ˜ ´disso, nao imitam as praticas e as atitudes prejudi-ciais deste mundo. — Leia Tiago 1:27; 4:4. ´ 5. Qual e a marca principal do verdadeiro cristianismo? ˜ Os cristaos verdadeiros se destacam pelo amor ˆ que tem uns pelos outros. Eles aprenderam na Pala- vra de Deus a respeitar as pessoas de todos os gru- ´ ˜ ´ pos etnicos. A religiao falsa muitas vezes da forte ` ˜ apoio as guerras das nac¸ oes, mas os adoradores verdadeiros se negam a fazer isso. (Miqueias 4:1-4) ´ ˜ Pelo contrario, os membros da religiao verdadeira ´ usam de forma altruısta seu tempo e seus recursos ˜ para ajudar e encorajar outros. — Leia Joao 13:34, ˜ 35; 1 Joao 4:20, 21. ´ ˆ Como grupo, as Testemunhas de Jeova tem mos- ´ trado que baseiam todos os seus ensinos na Bıblia, honram o nome de Deus e proclamam o Seu Reino ´ como a unica esperanca para a humanidade. Elas ¸ ˜ ˜ praticam o amor e nao apoiam a guerra. — 1 Joao 3:10-12. ˜ ´ O QUE 17 Para mais informac¸ oes, veja o capıtulo 15 deste livro, ´ ´ A BIBLIA publicado pelas Testemunhas de Jeova. Realmente ENSINA?
  • 18. ´ A BIBLIA MUDA A VIDA DAS PESSOAS ´ ` POR QUE um homem que era polıgamo e que se opunha as Testemunhas ´ de Jeova decidiu se tornar uma delas? O que motivou um pastor da Igreja ˜ Pentecostal a mudar de religiao? O que ajudou uma mulher que teve uma ˜ ´ criac¸ ao conturbada a superar sua falta de amor-proprio e se achegar a Deus? ˜ Por que um fa de heavy metal se tornou ministro religioso? Para saber as respostas, leia os relatos a seguir. ´ COMO A BIBLIA MUDOU ˜ MINHA VIDA: A revoluc¸ ao ‘Eu me tornei um terminou em 1990. Para mi- marido melhor.’ nha surpresa, logo aparece- ´ ram missionarios das Teste- — RIGOBERT HOUETO ´ munhas de Jeova. Comecei a achar que talvez Deus estives- se com esse povo. Por volta da- ´ quela epoca, mudei de empre- go. Um de meus colegas deANO DE NASCIMENTO: 1941 ´ trabalho era Testemunha dePAIS DE ORIGEM: BENIN ´ ˜ ´ ´ Jeova. Ele nao perdeu tempoHISTORICO: POLIGAMO, OPOSITOR `AS TESTEMUNHAS DE JEOVA ´ e comecou a falar comigo so- ¸ bre suas crencas. Mostrou-me ¸ ´ alguns textos na Bıblia que ´ ´ dizem que Jeova e um DeusMEU PASSADO: Sou de Cotonou, de amor e justica. (Deutero- ¸uma cidade grande do Benin. Fui ˆ ˜ nomio 32:4; 1 Joao 4:8) Es- ´ ˜ ´criado como catolico, mas nao ia sas qualidades me atraıram. Eu ` ˜ ´muito a igreja. Na regiao onde eu morava, mui- queria aprender mais sobre Jeova, por isso ´ ´ ´tos catolicos tinham varias esposas porque na- aceitei a oferta de um estudo da Bıblia. ´quela epoca a poligamia era legalizada. Com o Em pouco tempo, comecei a frequentar astempo, me casei com quatro mulheres. ˜ ´ reunioes das Testemunhas de Jeova. Fiquei im- ˜ ´ Quando irrompeu uma revoluc¸ ao nos anos pressionado com o amor genuıno que vi ali ´ ˜ ˜70, achei que isso seria bom para o meu paıs. — nao havia distinc¸ ao de raca nem de classe so- ¸ ˜ cial. Quanto mais eu me associava com as Tes-Apoiei totalmente a revoluc¸ ao e me envolvi na ´ ´ ˜ ´polıtica. Os revolucionarios nao gostavam das temunhas de Jeova, mais claro ficava que ´ elas eram os seguidores verdadeiros de Jesus.Testemunhas de Jeova porque elas se manti- ˜nham neutras. Eu era um dos que as perse- — Joao 13:35. ´ ´guiam. Quando os missionarios das Testemu- Percebi que, se quisesse servir a Jeova, preci- ´ ´ ´ ˜nhas de Jeova foram expulsos do paıs em 1976, sava deixar a Igreja Catolica. Isso nao era nada ´eu tinha certeza de que eles nunca mais volta- facil porque eu me preocupava com o que asriam. pessoas iam pensar. Depois de muito tempo e18 A SENTINEL A ˙ 1.° DE AGOS TO DE 2011
  • 19. ´ ´com a ajuda de Jeova, criei coragem e saı da COMO FUI BENEFICIADO: Embora minha ´Igreja. esposa continue a ser catolica, ela respeita ˜ ´ Havia ainda outra grande mudanca que eu ¸ minha decisao de servir a Jeova. Tanto ela ´ ˜ como eu achamos que me tornei um maridotinha de fazer. Aprendi na Bıblia que Deus nao ˆ melhor.aprova a poligamia. (Genesis 2:18-24; Mateus19:4-6) Para ele, apenas o meu primeiro casa- Eu pensava que podia melhorar minha co- ´ ´mento era valido. Assim, registrei legalmente munidade por meio da polıtica, mas esses es- ˜esse casamento e dispensei minhas outras es- forcos foram em vao. Hoje vejo que o Reino de ¸ ˆ ´ ´ ˜posas, tomando providencias para que suas ne- Deus e a unica soluc¸ ao para os problemas dacessidades materiais fossem supridas. Com o humanidade. (Mateus 6:9, 10) Sou muito grato ´tempo, duas delas se tornaram Testemunhas a Jeova por me mostrar como ter uma vida real- ´de Jeova. mente feliz. bem conhecido na comunida- ˜ ´ de. Mas, com o tempo, percebi ‘Nao foi facil ˜ que a igreja nao estava preo- fazer mudancas.’ ¸ cupada com o bem-estar de seus membros — e menos ain- — ALEX LEMOS SILVA da em dar honra a Deus. O ´ unico interesse dela era anga- riar fundos. Decidi deixar essa ˜ religiao.ANO DE NASCIMENTO: 1977 ´ COMO A BIBLIA MUDOU ´PAIS DE ORIGEM: BRASIL ´ MINHA VIDA: Quando co-HISTORICO: PASTOR PENTECOSTAL ´ mecei a estudar a Bıblia com ´ as Testemunhas de Jeova, logo vi que elas eram diferentes das pessoas de outras reli- ˜MEU PASSADO: Cresci na periferia gioes. Duas coisas me chama- ˜ ˜de Itu, no Estado de Sao Paulo. Essa parte da ram muito a atenc¸ ao. Primeiro, as Testemu- ´ ´ ˜cidade era conhecida por seu alto ındice de nhas de Jeova nao ficam apenas falando sobrecriminalidade. ´ amar a Deus e ao proximo; elas mostram isso ˜ ˜ ´ Eu era extremamente violento e imoral. em ac¸ oes. Segundo, nao se envolvem na polı- ´ ´ ´Alem disso, estava envolvido em trafico de tica e nas guerras. (Isaıas 2:4) Esses dois fatoresdrogas. Com o tempo, me dei conta de que me convenceram de que havia encontrado a ˜esse tipo de vida ia me levar ou para a cadeia religiao verdadeira — a estrada apertada que ´ ˜ ´ `ou para o cemiterio. Entao saı dessa vida, en- conduz a vida eterna. — Mateus 7:13, 14.trei para a Igreja Pentecostal e acabei me tor- Percebi que para agradar a Deus eu teria denando pastor. fazer grandes mudancas na vida. Precisava ¸ ˜ ` ´ Achei que poderia ajudar as pessoas com dar mais atenc¸ ao a minha famılia. Precisava ´ ´ ˜ ´meu ministerio na igreja. Eu ate tinha ser mais humilde. Nao foi facil fazer essas ´ ´um programa religioso na radio, e fiquei mudancas, mas com a ajuda de Jeova, eu ¸ A SENTINEL A ˙ 1.° DE AGOS TO DE 2011 19
  • 20. ´ ´consegui. Minha esposa, que ja estudava a Bı- sa estamos muito felizes por termos ajudadoblia, ficou impressionada com as mudancas ¸ ˆ ´ nossos tres filhos a cultivar uma amizade ınti- ´ ´ ´que eu fiz e, por isso, fez rapido progresso es- ma com Jeova. Somos uma famılia feliz. Agra- ´ ´ ´ `piritual. Em pouco tempo, tınhamos certeza deco a Jeova por ter me atraıdo a verdade ¸ ´ ´de que querıamos nos tornar Testemunhas de encontrada em sua Palavra, a Bıblia. Ela real- ´Jeova. Fomos batizados no mesmo dia. mente muda a vida das pessoas! Eu sou provaCOMO FUI BENEFICIADO: Eu e minha espo- disso. vez, aconteceu algo comigo que me deixou muito assusta- “Eu me sinto da. Fiquei um tempo no apar- limpa, viva tamento do dono de uma boa- te. Uma noite, dois homens e realizada.” ´ foram visita-lo. Ele me man- dou para o quarto, mas pude — VICTORIA TONG ouvir a conversa deles. O dono da boate ia me vender paraANO DE NASCIMENTO: 1957 aqueles homens. Eles iam me ´ ´ esconder num navio carguei-PAIS DE ORIGEM: AUSTRALIA ˜ ´ ˆ ro e me levar para o Japao paraHISTORICO: INFANCIA CONTURBADA trabalhar num bar. Entrei em ˆ panico, pulei da sacada e corri em busca de ajuda.MEU PASSADO: Cresci em New- Encontrei um homem quecastle, Nova Gales do Sul. Sou a estava em Sydney de passa- ´ ˜mais velha de sete filhos. Meu pai era alcoola- gem e expliquei minha situac¸ ao, esperando ˜tra, e tanto ele como minha mae eram violen- que ele me desse algum dinheiro. Em vez dis- ˜ ´tos. Minha mae me maltratava de forma fısica so, ele me convidou para ir ao lugar onde esta-e verbal. Ela sempre me dizia que eu era va hospedado para eu tomar um banho e co- ´ma e que eu seria atormentada num inferno mer alguma coisa. No fim das contas, nuncade fogo. Essas ameacas me deixavam apavo- ¸ mais o deixei. Um ano mais tarde, nos casa-rada. mos. ´ ´ Por causa dos maus-tratos fısicos, muitas ve- COMO A BIBLIA MUDOU MINHA VIDA:zes eu perdia as aulas. Aos 11 anos, fui tirada de ´ Quando comecei a estudar a Bıblia com as Tes-meus pais e colocada primeiro numa institui- ´ ´ ˜ temunhas de Jeova, passei por uma serie dec¸ ao governamental e depois num convento. ˜ ˜ emoc¸ oes. Fiquei com raiva ao saber que Sata-Quando fiz 14 anos, fugi do convento. Eu nao ´ ´ nas e quem causa o mal; eu tinha aprendidoqueria voltar para casa, por isso fiquei moran- ´ ´ que e Deus quem nos faz sofrer. Tambem sentido nas ruas de Kings Cross, periferia de Sydney. ´ ˜ muito alıvio quando soube que ele nao pune Nas ruas, acabei me envolvendo com dro- as pessoas num inferno de fogo, um ensino ´ ˜gas, alcool, pornografia e prostituic¸ ao. Certa que tinha me apavorado a vida toda.20 A SENTINEL A ˙ 1.° DE AGOS TO DE 2011
  • 21. ˜ Fiquei impressionada de ver como as Teste- diz: “Vinde, pois, e resolvamos as questoes en- ´ ´munhas de Jeova baseiam todas as suas deci- tre nos. . . . Embora os vossos pecados se mos- ˜ ´ ´ ˜soes na Bıblia. Elas vivem a sua fe. Eu era uma trem como escarlate, serao tornados brancos ´ ˜ ´pessoa difıcil, mas nao importava o que eu di- como a neve.” Parecia que Jeova estava dizen- ´ ˜zia ou fazia, as Testemunhas de Jeova me trata- do: “Vicky, Vicky, vamos resolver as questoes ´ ˆvam com amor e respeito. entre nos. Eu conheco voce, conheco seus pe- ¸ ¸ ˜ ˆ Minha maior luta foi contra sentimentos de cados, conheco seu corac¸ ao — e amo voce.” ¸ ˜ ˜inutilidade. Eu tinha verdadeira aversao a mim Nao consegui dormir aquela noite. Eu ainda ´mesma, e esses sentimentos persistiram por duvidava que Jeova podia me amar, mas come- ´muito tempo, mesmo depois de eu ter sido ba- cei a pensar no sacrifıcio resgatador de Jesus. ´ ´tizada como Testemunha de Jeova. Eu sabia De repente, me dei conta de que Jeova tinha ´ sido paciente comigo por tanto tempo, mos-que amava a Jeova, mas tinha certeza que ele ´ trando de muitas maneiras que me amava. Masjamais poderia amar alguem como eu. Uma grande mudanca no meu modo de ¸ na verdade eu estava dizendo a ele: “O seu ˜ ´pensar aconteceu uns 15 anos depois de meu amor nao e grande o bastante para me alcan- ˜ ´ ˜ ´batismo. Num discurso no Salao do Reino das car. O sacrifıcio de seu Filho nao e suficiente ¸ ´ para cobrir meus pecados.” Era como se eu es-Testemunhas de Jeova, o orador citou Tiago ´ ´ ´ tivesse devolvendo o sacrifıcio para Jeova. Mas1:23, 24. Esses versıculos comparam a Palavra ´de Deus a um espelho no qual podemos nos agora, finalmente, por meditar nessa dadiva ´ ˆ do resgate, comecei a me sentir amada porver da maneira como Jeova nos ve. Fiquei pen- ´sando se o que eu via em mim mesma era dife- Jeova. ´ ´ ˜rente do que Jeova via. A princıpio, nao aceitei COMO FUI BENEFICIADA: Eu me sinto lim-essa possibilidade. Ainda achava que esperar pa, viva e realizada. Meu casamento melhorou ´ ´que Jeova me amasse era querer demais. e tenho alegria de poder usar minha historia Alguns dias mais tarde, li um texto que mu- de vida para ajudar outros. Estou cada vez mais ´ ´ ´dou minha vida. Era Isaıas 1:18, onde Jeova perto de Jeova. MEU PASSADO: Nasci em ` Votkinsk, cidade natal do fa- “Foi a resposta a ˜ moso compositor Tchaikovski. ´ minha oracao.” ¸ Nossa famılia era pobre. Meu pai tinha muitas qualidades, — SERGEY BOTANKIN ´ mas era alcoolatra. Por isso, o ambiente em casa era sempre tenso. ˜ Eu nao era um aluno muitoANO DE NASCIMENTO: 1974 bom e, com o passar dos anos, ´ ´ desenvolvi um complexo dePAIS DE ORIGEM: RUSSIA inferioridade. Tornei-me uma ´ ˜HISTORICO: FA DE HEAVY METAL pessoa reservada e desconfia- da. Achava muito estressante ` ir a escola. Quando tinha de 21
  • 22. apresentar um trabalho, por exemplo, muitas trasse como a minha vida poderia ter mais sen- ˜ ˜ ´vezes eu nao conseguia explicar nem mesmo tido. Durante aquela orac¸ ao, senti um alıvioideias simples que conseguia expressar em ou- impressionante. Mais impressionante ainda foi ˜ ´ ´tras ocasioes. Quando concluı a oitava serie, o que aconteceu a seguir. Apenas duas horas ´ ´ ´ `meu historico escolar dizia: “Vocabulario limi- mais tarde, uma Testemunha de Jeova bateu a ´tado, incapaz de expressar seus pensamentos.” minha porta e me ofereceu um estudo da Bı- `Essas palavras me deixaram arrasado e fizeram blia. Acredito que isso foi a resposta a minha ´ ˜com que eu me sentisse ainda mais inutil. Co- orac¸ ao. Aquele foi o primeiro dia de uma vidamecei a questionar o objetivo da minha vida. nova e feliz para mim. ˆ ´ ´ Na adolescencia, comecei a beber. No inıcio, COMO A BIBLIA MUDOU MINHA VIDA:a bebida me fazia sentir bem. Mas quando eu ´ ˆ Embora fosse muito difıcil, joguei fora tudobebia muito, ficava com a consciencia pesada. que estava relacionado ao heavy metal. AindaMinha vida parecia sem sentido. Fiquei ainda ´ ` assim, durante muito tempo, aquelas musicasmais deprimido, e as vezes ficava dias sem sair ˜ ´ ´ nao saıam da minha cabeca. Quando eu passa- ¸de casa. Comecei a pensar em suicıdio. va perto de um lugar onde estava tocando esse Quando fiz 20 anos, surgiu algo que aliviou ´ tipo de musica, na hora me lembrava de meu ˜ ˜a minha situac¸ ao, mas apenas por pouco tem- passado. Nao queria misturar aquelas lem- ´ ´po. Descobri a musica heavy metal. Eu me sen- brancas desagradaveis com tudo de bom que ¸ ´tia energizado por essa musica e procurei co- estava se arraigando em minha mente e cora- ´ ˜nhecer outras pessoas que tambem gostavam c¸ ao. Assim, eu procurava evitar esses lugares. Edela. Deixei meu cabelo crescer, furei as ore- quando me sentia tentado a ficar pensando no ´ passado, eu orava fervorosamente. Fazer issolhas e me vestia como os musicos que eu admi-rava. Com o tempo, me tornei uma pessoa me ajudou a sentir “a paz de Deus, que excede ´ todo pensamento”. — Filipenses 4:7.irresponsavel e agressiva, sempre discutindo ´ ´ ˜com minha famılia. Ao estudar a Bıblia, aprendi que os cristaos ˆ ˜ ´ Pensei que ouvir heavy metal me faria feliz, tem a obrigac¸ ao de falar de sua fe a outros. (Ma-mas aconteceu exatamente o oposto. Eu estava teus 28:19, 20) Sinceramente, eu achava queme tornando uma outra pessoa. E quando fi- nunca faria isso. Ao mesmo tempo, as coisasquei sabendo algumas coisas ruins sobre os novas que eu estava aprendendo me davam ´ ´ grande alegria e paz interior. Eu sabia que ou-ıdolos que eu admirava me senti traıdo. ´ ´ De novo, comecei a pensar em suicıdio tras pessoas tambem precisavam aprender es- ´ sas verdades. Apesar de meu medo, comecei a— dessa vez seriamente. A unica coisa que meimpedia era imaginar como isso afetaria mi- falar a outros sobre o que eu estava aprenden- ˜ do. Para minha grande surpresa, falar com asnha mae. Ela me amava muito e tinha feito ´ ˜ pessoas sobre a Bıblia aumentou minha au-muita coisa por mim. Essa situac¸ ao era uma ´ ˜ toestima. Tambem fortaleceu essas novas cren-tortura. Eu nao queria continuar vivendo, mas ˜ ˜ cas em meu corac¸ ao. ¸nao podia acabar com a minha vida. ´ Para me distrair, comecei a ler literatura clas- COMO FUI BENEFICIADO: Atualmente, sou ´ ´ ´sica russa. Uma historia falava de um heroi que casado e feliz. Tive a alegria de ajudar variasservia numa igreja. De repente, senti um forte ´ pessoas a aprender a verdade da Bıblia, incluin-desejo de fazer algo por Deus e por outras pes- ˜ ˜ do minha irma e minha mae. Servir a Deus e ˜ ˜soas. Derramei meu corac¸ ao a ele em orac¸ ao. ajudar outros a aprender sobre ele deu verda- `Eu nunca tinha feito isso. Pedi que ele me mos- deiro sentido a minha vida.22 A SENTINEL A ˙ 1.° DE AGOS TO DE 2011
  • 23. ˆ VOCE SABIA? ´O que Jesus quis dizer quando falou a Saulo: “Duro te e persistir ´em dar pontapes contra as aguilhadas”? — Atos 26:14. ´ ˜ˇ Nos tempos bıblicos, os agricultores figurado. Por exemplo, o Rei Salomao ´usavam aguilhadas para conduzir os escreveu que as palavras do sabio po- ˜animais de trac¸ ao enquanto aravam. A dem ser “como aguilhadas”, incenti- ˜aguilhada era uma vara comprida, tal- vando um amigo a tomar a decisao cer-vez de uns 2,5 metros. Em uma das ta. — Eclesiastes 12:11. ˜ ´pontas havia um ferrao metalico. Caso O ressuscitado Jesus fez uso dessa fi-o animal se jogasse contra a aguilhada, gura de linguagem. Ele aconselhou ˜ele se machucaria. Na outra ponta, Saulo, que perseguia os cristaos, a pa- ˆ ´muitas vezes havia uma lamina seme- rar de “dar pontapes contra as aguilha- ˜lhante a uma talhadeira, que podia ser das”. Essa expressao faz lembrar um `usada para remover lama, barro ou ve- animal teimoso que resiste as cutuca- ˜getac¸ ao da relha de arado. ` das da aguilhada de seu dono. Sabia- As vezes, as aguilhadas eram usadas mente, Saulo reagiu bem ao conselhocomo armas. O juiz e guerreiro israelita de Jesus e mudou sua vida, tornando- ´Sangar matou 600 filisteus “com uma se o apostolo Paulo. ´aguilhada de gado”. — Juızes 3:31. ´ As Escrituras tambem mencionam ´esse implemento agrıcola em sentido ´ `Como os judeus do primeiro seculo marcavam as horas a noite? ´ˇ Os judeus do primeiro seculo EC po- Como funcionava a clepsidra? A ´ ´diam usar um relogio solar para medir agua escoava de um recipiente para ´a passagem do tempo num dia claro. outro atraves de uma pequena abertu-Mas quando as nuvens bloqueavam o ra no fundo. Um observador podia me-sol ou quando anoitecia, eles usavam a dir a passagem do tempo por verificar o ´ ´ ´ ´ ´clepsidra, ou relogio de agua. Alem dos nıvel da agua tanto no recipiente supe- ´judeus, os egıpcios, os persas, os gre- rior como no inferior, sendo que os dois ˜gos e os romanos da antiguidade tam- podiam ter marcac¸ oes de medida. ´bem usavam esse instrumento. Os acampamentos militares roma- ´ Segundo a The Jewish Encyclopedia nos usavam esses relogios para deter- ´ ´ ´(Enciclopedia Judaica), tanto a Mıxena minar as vigılias noturnas. A mudanca ¸ ´como o Talmude mencionam a clepsi- de vigılia era indicada por um toque de ´dra “sob varios nomes, talvez para dis- trombeta. Qualquer pessoa que ouvis-tinguir diferentes formas e modelos, se esse toque sabia quando comeca- ¸mas todos significando uma coisa: a vam e quando terminavam as quatro ´ ´ ´saıda lenta da agua, gota por gota — li- vigılias. — Marcos 13:35. ´teralmente o roubo —, que e o significa-do de ‘clepsidra’ em grego”. A SENTINEL A ˙ 1.° DE AGOS TO DE 2011 23
  • 24. O papa ´ ˜ e “o sucessor de Sao Pedro”? ˜ E M 2002, o Papa Joao Paulo II escreveu uma carta ao bispo de ˜ Limburg, Alemanha, invalidando uma decisao do bispo relacionada ao ´ aborto. Nessa diretiva, o papa comecou dizendo que era o responsavel pelo ¸ ˜ “bem-estar e uniao de todas as igrejas individuais segundo a vontade de ˜ Jesus Cristo”. Ele alegou ter autoridade para anular a decisao do bispo ˜ porque, como papa, era o “sucessor de Sao Pedro”. ˜ ˜ De acordo com uma definic¸ ao da Igreja c¸ oes), Agostinho argumentou que foi em Jesus ´ ˜ ˜ ˜Catolica Romana, “Cristo nomeou Sao Pe- que a Igreja, ou seja, a congregac¸ ao crista, foi ´ ˜dro como o principal dos apostolos”. A Igre- edificada, nao em Pedro.1 ´ ´ ´ja Catolica diz ainda que “Cristo determinou E verdade que o apostolo Pedro recebe bas-que Pedro sempre deveria ter sucessores neste tante destaque nos Evangelhos. Jesus escolheu ˜ ˆ ´ ˜primado; e que os bispos romanos sao esses su- tres de seus apostolos — Joao, Tiago e Pedro —cessores”. — New Catholic Encyclopedia (Nova ˜ para estarem com ele em algumas ocasioes es- ´ ´ ´Enciclopedia Catolica), 2003, Volume 11, pagi- peciais. (Marcos 5:37, 38; 9:2; 14:33) Jesus con-nas 495-496. ´ fiou a Pedro “as chaves do reino dos ceus”, que ˜ ˜ ´ ˆ ´ Essas afirmac¸ oes sao serias. Voce ja procurou Pedro usou para abrir o caminho para o Reino ˜ ´ ´saber se elas sao validas? Vamos analisar a res- — primeiro aos judeus e proselitos, depois aos ˆ ´posta a tres perguntas: (1) A Bıblia apoia a afir- samaritanos e por fim aos gentios. (Mateus ˜mac¸ ao de que Pedro foi o primeiro papa? (2) O 16:19; Atos 2:5, 41; 8:14-17; 10:45) Por ter ´ `que a Historia ensina sobre a origem da suces- uma personalidade extrovertida, as vezes Pedro ˜ ´sao de papas? (3) A conduta e os ensinos dos pa- atuava como porta-voz dos apostolos como um ˜ ´pas mostram que eles sao sucessores de Pedro? todo. (Atos 1:15; 2:14) Mas sera que esses fatos ˜ fazem de Pedro o cabeca da congregac¸ ao dos ¸ Pedro foi o primeiro papa? ˜ ´ primeiros cristaos? Para provar que a Igreja esta alicercada em ¸ ´ ´ ´ Realmente, o apostolo Paulo escreveu quePedro, os catolicos ja por muito tempo usam as Pedro tinha recebido um “apostolado para com ´ ´palavras de Jesus em Mateus 16:18: “Tu es Pe- os circuncisos”. (Galatas 2:8) Mas o contextodro, e sobre esta rocha construirei a minha con- ˜ ˜ ˜ das palavras de Paulo mostra que ele nao estavagregac¸ ao.” De fato, essas palavras estao inscri- ˜ ´ ´ ˜ dizendo que Pedro dirigia a congregac¸ ao. Seustas em latim sob a cupula da Basılica de Sao ´ comentarios eram sobre o papel de Pedro emPedro em Roma. pregar aos judeus. Houve tempo em que Agostinho, um respei- ˜ 1 A conversa que Jesus teve com Pedro era sobre iden-tado Pai da Igreja, acreditava que a congregac¸ ao ˜ tificar o Cristo e o seu papel, nao o papel que Pedro teria.tinha sido edificada em Pedro. No entanto, per- ´ (Mateus 16:13-17) O proprio Pedro mais tarde disse que ˜to do fim de sua vida, ele mudou seu conceito Jesus era a rocha sobre a qual a congregac¸ ao estava edifi- ´ cada. (1 Pedro 2:4-8) O apostolo Paulo confirmou que Je-sobre o significado das palavras de Jesus. Numa ˜ sus, nao Pedro, era a “pedra angular de alicerce” da con-obra conhecida como Retractationes (Retrata- ˜ ˜ ´ gregac¸ ao crista. — Efesios 2:20.24 A SENTINEL A ˙ 1.° DE AGOS TO DE 2011
  • 25. ´ Sera que as ˆ evidencias indicam que os ˆ papas tem seguido o exemplo de Pedro? ˆ Embora Pedro tenha recebido grandes res- queles que procuravam proeminencia. — 2 Tes- ´ ˜ponsabilidades, a Bıblia nao diz em nenhum salonicenses 2:3-8.lugar que ele afirmava ser o cabeca da congre- ¸ ´ ´ ˜ ˜ Pouco depois da morte do ultimo apos-gac¸ ao e que, como tal, tomava decisoes pelos tolo, alguns homens comecaram a ter mais ¸ ´discıpulos como grupo. Em sua carta, ele cha- destaque. A obra The Cambridge History of ´ ˜ ´mou a si mesmo de “apostolo” e “anciao” Christianity (Historia do Cristianismo, de Cam-— nada mais que isso. — 1 Pedro 1:1; 5:1. ˜ bridge) diz: “Provavelmente, nao havia ne- ´ nhum bispo atuando como ‘monarca’ em O que a Historia ensina sobre a origem ´ ˜ Roma antes de meados do segundo seculo.” da sucessao de papas? ´ ˜ Por volta do terceiro seculo, o bispo de Roma Entao, quando e como surgiu o conceito de ´ ˜ constituiu-se autoridade maxima, pelo menosuma sucessao de papas? A ideia de que era acei- ´ ˆ em alguns setores da Igreja.1 A fim de dar maistavel um homem buscar proeminencia sobre ` ˜ ˜ ´ ´ peso a afirmac¸ ao de que o bispo de Roma tinhaseus irmaos na fe comecou a criar raızes ainda ¸ ´ autoridade superior, alguns elaboraram umano tempo dos apostolos. Como eles encaravamessa ideia? lista dos sucessores de Pedro. ´ ´ No entanto, essa lista fornece pouco apoio O proprio apostolo Pedro disse aos homens ˜ ˆ ˜ para essa afirmac¸ ao. Por que? Primeiro, porqueque tomavam a lideranca na congregac¸ ao para¸ ˜ ˜ ˜ alguns nomes na lista nao podem ser confir-nao ‘dominarem sobre os que sao a heranca de ¸ ˜Deus’; eles precisavam revestir-se de humildade mados. E, mais importante ainda, essa lista nao ´mental uns para com os outros. (1 Pedro 5:1-5) tem uma base solida. Como assim? Mesmo que ´ ˜O apostolo Paulo alertou que, dentro da con- Pedro tenha pregado em Roma, como dao a en- ˜ ˜gregac¸ ao, surgiriam homens que ‘falariam coi- tender algumas publicac¸ oes seculares do pri- ´ ´ ˜sas deturpadas para atrair a si os discıpulos’. meiro e do segundo seculos, nao existe nenhu- ´ ma prova de que ele tenha sido o cabeca da(Atos 20:30) Perto do fim do primeiro secu- ¸ ´ ˜ ˜lo EC, o apostolo Joao escreveu uma carta na congregac¸ ao ali. ´qual censurava fortemente um discıpulo cha- ´ ´ ˜ 1 Tanto Jesus como os apostolos alertaram para o fatomado Diotrefes. Por que ele fez isso? Uma razao ˜ ˜ de que a congregac¸ ao crista seria dominada por homensera que esse homem ‘gostava de ocupar o pri- ´ que ensinariam doutrinas apostatas. (Mateus 13:24-30, ˜ ˜ ´ ˜ 36-43; 2 Timoteo 4:3; 2 Pedro 2:1; 1 Joao 2:18) Essas afir-meiro lugar’ na congregac¸ ao. (3 Joao 9) Essas ˜ ˜ ˜ ´ mac¸ oes se cumpriram quando a igreja, ou congregac¸ ao,exortac¸ oes dos apostolos serviram como restri- ´ do segundo seculo comecou a adotar costumes pagaos e ¸ ˜ ˜ ˜ ´c¸ ao, frustrando por um tempo as ambic¸ oes da- misturar doutrinas bıblicas com filosofia grega. A SENTINEL A ˙ 1.° DE AGOS TO DE 2011 25
  • 26. ˜ ˜ ´ Uma prova de que Pedro nao era o cabeca da ¸ em transac¸ oes polıticas, muitas vezes nepotis- ˜ ´ ´congregac¸ ao em Roma e que quando o aposto- tas, e devotado a prazeres mundanos extrava-lo Paulo escreveu sua carta aos romanos ele in- ˜ gantes, Leao X negligenciava as urgentes tarefas ˜ ˜ ´cluiu uma longa lista de cristaos ali. Mas nao de natureza espiritual.” Karl Amon, padre cato- ˜ ´fez nenhuma menc¸ ao de Pedro. (Romanos lico e professor de Historia da Igreja, diz que re-16:1-23) Se Pedro fosse o cabeca da congrega- ¸ ´ latorios comprovados a respeito do Papa Ale- ˜ ´ ´c¸ ao, sera que Paulo omitiria seu nome ou o des- xandre VI revelam “muita falta de escrupulos,prezaria? abuso de autoridade, simonia e imoralidade”. ´ Note tambem que, quando Pedro escreveu E o que dizer dos ensinos dos papas? Comosua primeira carta inspirada, Paulo escreveu se contrastam com os ensinos de Pedro e de ´ ˜uma segunda carta a Timoteo. Nessa carta, Pau- Cristo? Pedro nao acreditava que todas as pes-lo mencionou claramente Roma. Na verdade, ˜ ´ ˜ soas boas vao para o ceu. Sobre o bom Rei Davi,Paulo escreveu seis cartas em Roma e nao men- ˜ ele disse claramente: “Davi nao ascendeu aoscionou Pedro em nenhuma delas. ´ ´ ˜ ceus.” (Atos 2:34) Pedro tambem nao ensinava Uns 30 anos depois de Paulo escrever suas ˆ ´ ´ ˜ ˆ que os bebes deviam ser batizados. Pelo contra-cartas, o apostolo Joao escreveu tres cartas e o ´ ˜ ˜ ˜ rio, ele ensinou que o batismo e um passolivro de Revelac¸ ao (Apocalipse). Joao nao men- ˜ que o cristao deve dar de maneira consciente.cionou em nenhum desses escritos que a con- — 1 Pedro 3:21. ˜ ´gregac¸ ao em Roma era a mais importante, nem Jesus ensinou que nenhum de seus discıpu- ˆ ´fez referencia a um lıder da Igreja que tivesse o los devia querer ser mais importante do que ocargo supremo de suposto sucessor de Pedro. ´ ´ ˆ ´ outro. “Se alguem quer ser o primeiro”, disseNem a Bıblia nem as evidencias historicas ´ ˜ Jesus, “tem de ser o ultimo de todos e ministroapoiam a afirmac¸ ao de que Pedro fez de si mes- de todos”. (Marcos 9:35) Pouco antes de sua ˜mo o primeiro bispo da congregac¸ ao em Roma. morte, Jesus deu a seguinte ordem a seus segui- ˜ ´ ´ A conduta e os ensinos dos papas dores: “Nao sejais chamados Rabi, pois um so e ˜ ´ apoiam suas afirmac¸ oes? o vosso instrutor, ao passo que todos vos sois ir- ´ ˜ ´ ˜ ´ Seria natural esperar que alguem que afirma maos. Alem disso, nao chameis a ninguem na ˜ ´ ´ ´ser “o sucessor de Sao Pedro” e “o Vigario de terra de vosso pai, pois um so e o vosso Pai, o ´Cristo” seguisse a conduta e os ensinos tanto de Celestial. Tampouco sejais chamados ‘lıderes’, ´ ´ ´ ´Pedro como de Cristo. Por exemplo, sera que pois o vosso Lıder e um so, o Cristo.” (Mateus ˆ ˆPedro aceitou tratamento especial de seus ir- 23:1, 8-10) Voce acha que os papas tem seguido ˜ ˜ os ensinos de Pedro e de Cristo?maos? Nao. Ele recusou receber qualquer ma- ˜ ˆ ˜nifestac¸ ao de reverencia especial. (Atos 10:25, Alguns dizem que a sucessao de papas deve26) E o que dizer de Jesus? Ele disse que veio ser mantida mesmo que quem ocupe esse car- ˜ ˜ ˜ ˆpara servir outros, nao para ser servido. (Ma- go nao leve uma vida crista. Voce acha esse ar- ´ ´ ´ ´teus 20:28) Em contraste, qual e o historico dos gumento razoavel? Jesus disse: “Toda arvore ´ ˆ ´papas? Sera que eles rejeitam proeminencia, re- boa produz fruto excelente, mas toda arvore ´ ´ ´cusam tıtulos ilustres e evitam ostentar riqueza podre produz fruto imprestavel; a arvore boa ˜ ´ ´e poder? nao pode dar fruto imprestavel, nem pode a ar- Pedro e Cristo eram homens de boa moral vore podre produzir fruto excelente.” Com ´ ˆ ˆque promoviam a paz. Compare o historico de- base nas evidencias, voce acredita que Pedro ou ´ ´ Cristo gostariam que o nome deles fosse asso-les com o que a enciclopedia catolica Lexikon ¨ ´ ˆfur Theologie und Kirche (Lexico para a Teologia ciado aos frutos que os papas tem produzido? ˜e a Igreja) diz sobre o Papa Leao X: “Envolvido — Mateus 7:17, 18, 21-23.26 A SENTINEL A ˙ 1.° DE AGOS TO DE 2011
  • 27. NOSSOS LEITORES PERGUNTAM . . . Deus mora em todos os lugares? ´ ˜ ´ ´ ´ ˜ ˇ Varias religioes dizem que Deus e onipresen- “Deus e Espırito”. (Joao 4:24) Ele reside nos ´ ´ ´ ` te, um termo que da a entender que Deus mora ceus espirituais, num domınio a parte do Uni- ´ ´ em todos os lugares ao mesmo tempo. Por verso fısico. — 1 Corıntios 15:44. ´ exemplo, a New Catholic Encyclopedia (Nova O que dizer dos textos da Bıblia que parecem ´ ´ ´ Enciclopedia Catolica) se refere a Deus como indicar que Deus esta presente em todos os lu- ´ “aquele que na verdade esta presente em todos gares? Por exemplo, o Salmo 139:7-10, em que os lugares e coisas existentes”. De maneira simi- Davi disse sobre Deus: “Para onde posso ir do ´ lar, John Wesley, fundador da Igreja Metodista, teu espırito e para onde posso fugir da tua face? ˜ ´ ´ escreveu um sermao intitulado “Sobre a onipre- Se eu subisse ao ceu, la estarias tu; e se eu fizes- ˜ ´ senca de Deus”, no qual ele disse que “nao exis- ¸ se meu leito no Seol, eis que la estarias tu! Se eu te um ponto no espaco, dentro ou fora dos ¸ tomasse as asas da alva para residir no mar mais ˜ ˜ ´ ´ limites da criac¸ ao, onde Deus nao esteja”. remoto, tambem ali me guiaria a tua propria ´ ´ ´ ˜ ´ ´ O que a Bıblia ensina? Sera que Deus e oni- mao.” Sera que esses versıculos querem dizer ´ ´ presente, estando em todos os lugares no ceu, que Deus na verdade e onipresente, morando ´ em cada um desses lugares mencionados? na Terra e ate mesmo entre os humanos ao mes- mo tempo? Note que Davi perguntou primeiro: “Para ´ ´ onde posso ir do teu espırito?”1 Por meio de seu Na verdade, a Bıblia diz que Deus tem um lu- ´ ´ ´ espırito santo, Deus pode ver tudo e usar seu gar especıfico de morada — os ceus. Ela registra ˜ ˜ poder em todos os lugares, sem ir literalmente a uma orac¸ ao do Rei Salomao na qual ele clamou ´ esses lugares ou morar neles. Para ilustrar: Em a Deus: “Que tu mesmo oucas desde os ceus, ¸ anos recentes os cientistas conseguiram exami- teu lugar estabelecido de morada.” (1 Reis ˜ ˆ ´ nar o solo do planeta Marte, a milhoes de quilo- 8:43) Quando ensinou seus discıpulos a orar, Je- ˜ ´ ´ ˜ metros da Terra. Como? Nao por ir ate la, mas sus Cristo disse a eles para dirigir suas orac¸ oes por estudar fotos detalhadas e outras informa- ´ ˜ ao “Nosso Pai nos ceus”. (Mateus 6:9) Depois c¸ oes transmitidas para a Terra por meio de son- ˜ ´ ` ´ de sua ressurreic¸ ao, Cristo entrou ‘no proprio das enviadas a superfıcie de Marte. ´ ceu, para aparecer perante a pessoa de Deus’, ´ ˜ ´ De maneira similar, Jeova Deus nao precisa diz a Bıblia. — Hebreus 9:24. estar em todos os lugares, ou ser onipresente, ´ ´ Esses versıculos indicam claramente que para saber o que esta acontecendo em qual-IAC/RGO/David Malin Images ´ ´ ˜ Jeova Deus mora apenas no ceu, nao em todos ´ quer parte do Universo. A Palavra de Deus diz: ´ ˜ ´ ˜ ˜ ` os lugares. E claro que “os ceus” mencionados “Nao ha criac¸ ao que nao esteja manifesta a sua ˜ ` nesses textos nao se referem a atmosfera ao re- vista.” (Hebreus 4:13) Realmente, a forca ativa ¸ ` ˜ ´ ´ dor da Terra nem a vasta expansao do espaco si- ¸ de Jeova, ou seu espırito santo, pode estar em ´ ´ ˜ deral. Os ceus fısicos nao podem conter o Cria- todos os lugares, permitindo que ele veja tudo e ´ ´ dor do Universo. (1 Reis 8:27) A Bıblia diz que realize seu proposito de um local fixo, sua “san- ˜ ´ ˆ ta habitac¸ ao” nos ceus. — Deuteronomio 26:15. ´ ` 1 A palavra hebraica aqui traduzida “espırito” se refere a forca ativa de Deus, o poder que Deus usa para realizar a ¸ sua vontade. A SENTINEL A ˙ 1.° DE AGOS TO DE 2011 27
  • 28. FORMATURA DA 130.a TURMA DE GILEADE Um dia promissor e de grandes expectativas ´ ˜ ` EM duvida, o dia da formatura da 130.a tur-S ´ ma da Escola Bıblica de Gileade da Torre de ˜Vigia reservava muitas emoc¸ oes e grandes ex- ele ouve com atenc¸ ao a cada um. E responde as ˜ suas orac¸ oes.” Segundo, o orador reconheceu que pode- ´ ´ ˜pectativas. No sabado, 12 de marco de 2011,¸ mos esperar problemas. “Jeova nao nos pro- ` ´mais de 8.500 pessoas assistiram a formatura, mete uma vida facil, mas ele promete nos ´incluindo os alunos, seus familiares e amigos. ajudar.” Como mostra o versıculo 20, Deus ˜ ´ ˜Havia um clima de expectativa no ar, nao so predisse que, quando a nac¸ ao de Israel fosse si- ´ ˜ ˜ ˜por causa daquele dia, mas tambem com rela- tiada, a aflic¸ ao e a opressao seriam tao comuns ˜ ´ ˜ ´ ´c¸ ao ao futuro daqueles missionarios bem trei- como pao e agua. Ainda assim, Jeova sempre ´ estaria pronto a socorrer seu povo. Os alunosnados. Em breve, eles seriam enviados para va- ´ ˜rios lugares do mundo com o objetivo de de Gileade tambem enfrentarao problemas e ´ ` desafios, talvez diferentes dos esperados. O ir-ensinar as verdades da Bıblia as pessoas. ˜ ˆ mao Jackson acrescentou: “Mas voces podem ´ ´ “Felizes todos os que ficam esperar que Jeova estara sempre disposto a aju- ` ´ ´ a espera” de Jeova da-los a lidar com cada desafio.” ´ ´ Esse pensamento positivo, tirado de Isaıas Terceiro, com base nos versıculos 20 e 21, o ˜ ˜ ˆ30:18, foi o tema do discurso do irmao Geof- irmao Jackson lembrou aos alunos: “Voces po- ˜ ´ ˜frey Jackson, membro do Corpo Governante dem esperar a orientac¸ ao de Jeova — entao, ´ ˜das Testemunhas de Jeova e presidente do pro- busquem essa orientac¸ ao!” Ele disse que cada ˜ ˜ ´grama. De forma animada e com uma pitada cristao precisa ouvir com atenc¸ ao o que Jeova ´ ˜ ´de humor, ele elogiou os alunos por terem ‘so- fala por meio da Bıblia e das publicac¸ oes bıbli-brevivido’ ao intenso curso de Gileade e asse- cas. O orador incentivou os alunos a sempre se ´ ´gurou-lhes que muito provavelmente tambem esforcar em ler a Bıblia diariamente, pois isso ¸ ` significa vida.sobreviveriam aquele emocionante dia. O queos alunos podiam esperar do futuro? Ele abor- ´ ´ ˆ ´ ´ “Venha sobre vos o pavor de Jeova”dou tres pontos praticos baseados em Isaıas Anthony Morris, do Corpo Governante, ex-30:18-21. ˜ ´ ˜ ˆ plicou o significado da expressao bıblica “o pa- Primeiro, o irmao Jackson disse: “Voces po- ´ ˆ ´ ˜ vor de Jeova”. (2 Cronicas 19:7) Essas palavrasdem esperar que Jeova ouca suas orac¸ oes.” Ele ¸ ˜ ´ ´ nao se referem a algum tipo de terror morbido,destacou a garantia no versıculo 19: “Sem falta ´ ´ mas sim a um desejo intenso de fazer o que e[Deus] te mostrara favor ao som do teu cla- ˜ ˜ certo, um respeito tao forte e sincero que nosmor.” Chamando a atenc¸ ao para o fato de o faz tremer de ansiedade. Dirigindo-se aos alu- ´ ˜ ˜versıculo usar o pronome no singular, o irmao nos, o irmao Morris disse: “Para onde quer que ´ ˜ ´ ˆJackson enfatizou que Jeova ouve as orac¸ oes forem como missionarios, levem com vocesde seus servos individualmente. “Como Pai, esse tipo de pavor.” Como eles podem mostrar ´ ˜ ˆ ˜ ´ ˜ ˆ ´Jeova nao pergunta: ‘Por que voce nao e tao essa reverencia por Jeova? O orador destacou ˜ ´forte como aquele seu irmao?’. Em vez disso, duas maneiras praticas.28 A SENTINEL A ˙ 1.° DE AGOS TO DE 2011
  • 29. ˜ ´ Primeiro, o irmao Morris incentivou os alu- Em seu estudo da Bıblia, os alunos analisa- ´nos a aplicar o conselho de Tiago 1:19: ‘Sejam ram muitos relatos sobre curas fısicas. Quando ´rapido no ouvir, vagarosos no falar.’ Ele salien- Jesus ressuscitou uma menina, os pais dela ‘fi- ˆtou que os alunos tinham aprendido muitas caram fora de si com grande extase’. (Marcos ´coisas durante o curso de cinco meses, mas que 5:42) Tambem, quando cegos foram curados ˜ milagrosamente, sua alegria foi enorme. Umteriam de ter cuidado em suas designac¸ oes ˜ dos objetivos desses milagres foi nos mostrar opara nao ficarem exibindo tudo o que apren- ˆ ´deram. “Antes de mais nada, voces precisam es- que Cristo realizara no vindouro novo mundo, ˜ ˜cutar”, disse ele. “Escutem os irmaos da con- quando a “grande multidao” de pessoas justas ˜ ˜gregac¸ ao local e os que tomam a dianteira no que sobreviverao ao fim deste atual sistema ´ ˆ ´ ˜ ´paıs em que voces servirem; escutem o que eles ımpio serao curadas de todos os males fısicos. ˆ ´ ˜ ˜tem a dizer sobre o paıs e sua cultura. Nao te- (Revelac¸ ao [Apocalipse 7:9, 14]) Seus entes ˜ ˆ ˜nham medo de dizer: ‘Eu nao sei.’ Se voces ti- queridos, que elas receberao de volta na ressur- ˜ ˜ ´ ˜ ´verem tirado pleno proveito deste curso, entao reic¸ ao, tambem estarao saudaveis em sentido ˜ ´verao que quanto mais aprenderem mais se da- fısico. Imagine que alegria! ˜ ˜rao conta de que sabem muito pouco.” No entanto, como explicou o irmao Pierce, ˜ ´ ´ ˜ Segundo, o irmao Morris leu Proverbios as curas fısicas nunca serao as mais importan- ˜ ´ tes. Com o tempo, os doentes que Jesus curou27:21: “O cadinho de refinac¸ ao e para a prata e ˜ ´ ´ voltaram a ficar doentes. Os mortos que ele res-o forno de fundic¸ ao e para o ouro; e a pessoa esegundo o seu louvor.” Ele explicou que assim suscitou morreram de novo. Muito mais im-como a prata e o ouro precisam ser refina- portante foi a cura espiritual que Jesus reali- ´ ´ ´ ˆdos, ou purificados, nos podemos ser refina- zou. Os missionarios de Gileade tambem tem ˜dos pelo louvor, ou elogios, que recebemos. uma missao de cura espiritual. Eles ajudam ´ pessoas a se reconciliar com nosso Pai celestialComo? Os elogios podem testar nosso carater. ` para que vivam em sentido espiritual. ApenasEles podem nos levar ao orgulho e a derrocada ˜ ˜espiritual, ou nos induzir a reconhecer que es- os que sao curados espiritualmente terao vida ´ ´ ˜tamos em dıvida com Jeova e nos tornar mais eterna. “Essa cura espiritual”, disse o irmao ˜ ´ ´determinados do que nunca a nao violar seus Pierce, “e o que da louvor a Deus e torna o mi- ˜ ˜ ´ ˆpadroes. Por isso, o irmao Morris incentivou nisterio de voces bem-sucedido”.os alunos a encarar qualquer elogio que rece- ˆberem do modo correto — como uma oportu- Tres destaques adicionais ˆ ´nidade de provar que eles tem o devido “pavor “Esse sera um bom dia?” Robert Rains, da ´ ˜de Jeova”. Comissao de Filial dos Estados Unidos, falou sobre essa pergunta interessante. Ele incenti- ˜ “Preze sua missao” vou os alunos a se certificar de que cada dia em ˜ ´ Guy Pierce, do Corpo Governante, fez o dis- sua designac¸ ao missionaria seja um bom dia.curso principal com o tema acima. Ele ex- Eles podem fazer isso por usar sabiamente seu ´ tempo, por consultar a Palavra de Deus ao lidarplicou que a palavra “missionario” significa ´ ˜ ˜ ´ ´ ´“aquele que e enviado em uma missao”. Nao e com ansiedades e por recorrer a Jeova atraves ˜de admirar que existam tantos tipos de missio- de orac¸ oes. ´ ˜ ˆ ˜narios com tantas missoes diferentes, obser- “Voces farao com que o velho se torne ´vou ele. Muitos se concentram em curas fısicas novo?” Mark Noumair, instrutor de Gileade, ˜ ´e procuram soluc¸ oes polıticas para os proble- fez essa pergunta em seu discurso. Ele analisou ˆ ˜ ˜ ´ ˜mas do mundo. “Voces sao diferentes”, disse 1 Joao 2:7, 8, onde o apostolo Joao mencionou ´ele. De que maneira? “um mandamento antigo” que tambem era A SENTINEL A ˙ 1.° DE AGOS TO DE 2011 29
  • 30. ˜“um novo mandamento”. Os dois se referiam a tua mao”, William Samuelson, superinten- ´ao mesmo mandamento — de que os seguido- dente do Departamento de Escolas Teocrati- ˜res de Cristo devem amar uns aos outros cas, relembrou algumas das situac¸ oes vividas ´ pelos alunos. (Eclesiastes 11:6) Por meio dealtruistamente, com um espırito abnegado. ˜ ˜( Joao 13:34, 35) O mandamento era velho no encenac¸ oes animadas, os alunos mostraram ´sentido de que tinha sido dado aos seguidores como foram diligentes no ministerio, criando ´ ´ oportunidades para pregar as boas novas aode Jesus decadas antes pelo proprio Cristo; mas ´ ˜ ˜tambem era novo no sentido de que os cristaos viajar de aviao, em restaurantes e em postos deestavam enfrentando novos desafios e precisa- gasolina. Eles pregaram de casa em casa, emvam mostrar amor de maneiras novas e mais conversas informais e por carta. Com certeza, ´ ´ ˜ ˜plenas. Os missionarios tambem enfrentam nao descansaram a mao, e os resultados foram ˆ excelentes.novas circunstancias e precisam aprender a ´mostrar amor de maneiras novas. Qual e a cha- A seguir, Kenneth Stovall, membro da equi-ve para se fazer isso? ˆ pe de Gileade, entrevistou tres homens com ˜ ˆ ˆ ´ “Nao se tornem aquilo que voces odeiam”, muita experiencia no servico missionario ¸ ˜ ´exortou o irmao Noumair. Ele disse que quan- — Barry Hill, que serviu no Equador e na Repu-do nos deparamos com um comportamento blica Dominicana, Eddie Mobley, na Costa do ´ Marfim, e Tab Honsberger, no Senegal, Benin eque odiamos e reagimos do mesmo modo, nos ´ ˆ ˜nos tornamos aquilo que odiamos — o que e Haiti. Os tres fizeram uma bela considerac¸ ao ´ ˆum proceder autodestrutivo. Por outro lado, se do tema: “Experimente a Jeova e colha ben- ˜ ˜reagirmos a esses desafios procurando novas c¸ aos”. (Malaquias 3:10) Por exemplo, o irmaomaneiras de mostrar amor, irradiaremos “a Hill relatou como ele e sua esposa enfrentaram ˜ os desafios de se adaptarem ao clima do Equa-verdadeira luz” e dispersaremos a escuridao es-piritual. dor, que varia de quente e poeirento a quente e “Carreguem o peso”. Outro instrutor de Gi- lamacento. Ele contou que por dois anos eleade, Michael Burnett, falou sobre esse tema meio tiveram de tomar banho de balde. Mas ´ ´ nunca pensaram em ir embora; eles considera-pratico. Ele mencionou alguns povos de paıses ˜ ˆ ˜ ´africanos que transportam cargas pesadas na vam aquela designac¸ ao uma benc¸ ao de Jeova.cabeca com graciosidade. Eles conseguem isso ¸ “Era a nossa vida”, disse ele. ´ No fim do programa, um dos alunos leuusando uma kata, um tecido enrolado que e ´ uma comovente carta da turma de formandoscolocado na cabeca para dar conforto e equilı- ¸ ´ ´ ˜ expressando seu sincero apreco pela escola. ¸brio. Os missionarios de Gileade tambem terao ´de carregar uma carga pesada de responsabili- “Nossa fe foi elevada a um novo patamar”, di- ˜ zia a carta, “e no entanto sabemos que aindadades em suas designac¸ oes no estrangeiro, mas ` temos um longo caminho a percorrer”. Todoseles receberam algo que pode ser comparado a ´ os alunos receberam um diploma, e a turmakata: um treinamento intensivo baseado na Bı-blia. Ao aplicarem o que aprenderam, eles po- foi designada para uma grande variedade de ˜ ´ ˜derao equilibrar sua carga de responsabilida- paıses. O irmao Jackson concluiu o programa ´ dizendo aos alunos que eles com certeza po-des e ser bem-sucedidos em carrega-la. ´ diam contar com a ajuda de Jeova em sua vida ˜ ` Encenac¸ oes e entrevistas a frente, especialmente ao lidar com desafios. O treinamento na Escola de Gileade in- ˆ ´ Todos na assistencia saıram dali entusiasma- ˜ ´clui participar na obra de evangelizac¸ ao com dos e com expectativas ainda maiores. Sem du- ˜ ´ ´ ´as congregac¸ oes locais das Testemunhas de vida, Jeova usara esses novos missionarios para ´ ˜Jeova. No discurso com o tema “Nao descanse realizar muitas coisas boas.30 A SENTINEL A ˙ 1.° DE AGOS TO DE 2011
  • 31. ´ 130.a turma de formandos da Escola Bıblica de Gileade da Torre de Vigia ˜ ´ Na lista abaixo, as fileiras estao enumeradas da frente para tras, e os nomes, alistados da esquerda para a direita, em cada fileira. ˜ (1) Molina, Z.; Bassolino, S.; Alatsis, C.; Arroyo, A.; Nino, L.; Merkling, S.; Clark, M. ´ (2) Little, C.; Tibaudo, S.; Jakobsson, S.; Moreno, J.; Rodriguez, A.; Lee, K.; Cardenas, H.; Aguilar, L. (3) Clairbush, A.; Polley, A.; Caldwell, S.; Adame, J.; Hildebrandt, S.; Shoemaker, I.; Grohman, N.; Galvez, G. ˜ (4) Clark, J.; Bassolino, A.; Packham, K.; Adame, J.; Knaus, M.; Nino, M.; Moreno, R.; Galvez, J. (5) Rodriguez, D.; Geynes, M.; Molina, J.; Aguilar, A.; Alatsis, I.; Manno, A.; Grohman, R.; Packham, J. ´ (6) Geynes, S.; Cardenas, M.; Arroyo, C.; Manno, C.; Merkling, J.; Lee, H.; Clairbush, X.; Jakobsson, P. (7) Little, J.; Hildebrandt, B.; Shoemaker, M.; Knaus, K.; Caldwell, J.; Tibaudo, F.; Polley, C. ´ A turma foi designada aos paıses abaixo ˆ ´ LITUANIA REPUBLICA TCHECA ˆ ROMENIA ˆ ARMENIA DADOS DA TURMA NEPAL ´ 9 paıses representados HAITI ´ HONG KONG34,0 media de idade BURKINA FASSO ´ SENEGAL18,6 media de anos de batismo UGANDA ´ MAL ASIA ´ PAPUA- ´13,1 media ´ de anos no ´ REPUBLICA ´ ˆ QUENIA NOVA GUINE ministerio de tempo DEMOCRATICA ˆ ´ DO CONGO TANZANIA INDONESIA integral MOCAMBIQUE ¸ BURUNDI ´ ZIMBABUE ARGENTINA ˜ ´ DESIGNACOES DOS MISSIONARIOS ¸
  • 32. Como as criancas podem se beneficiar se aprenderem ¸ ´ sobre Deus? VEJA AS PAGINAS 4-6. ´ O que o casal pode fazer para aumentar o respeito mutuo? ´ VEJA AS PAGINAS 11-12. ˜ ˜ ´ Por que tantas religioes afirmam ser cristas? VEJA A PAGINA 16. ˆ O que ajudou uma mulher a superar uma infancia conturbada ´ e se achegar a Deus? VEJA AS PAGINAS 20-21. ´ Pedro foi o primeiro papa? VEJA AS PAGINAS 24-25.Gostaria de receber uma visita? ˆ ´Mesmo neste mundo atribulado, voce podera obter felicidade por adquirir conhecimento exato sobre ´ ˜Deus, Seu Reino e Seu maravilhoso proposito para com a humanidade. Se desejar mais informac¸ oes ou ´ ´ ` ´ser visitado por alguem para lhe dar um curso bıblico gratuito, escreva as Testemunhas de Jeova, usando ´um dos enderecos alistados na pagina 4. ¸www.watchtower.org wp11 01/08-T