Voluntariado.ppt2[1]

1,722 views

Published on

É uma apresentação sobre o voluntariado, que nos dias de hoje está a ser cada vez mais adoptado por várias pessoas!

Published in: Education, Business, Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,722
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
43
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Voluntariado.ppt2[1]

  1. 1. Voluntariado
  2. 2. O que é ser voluntário? <ul><li>Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU): “voluntário é o jovem ou o adulto que, devido ao seu interesse pessoal e ao seu espírito cívico, dedica parte do seu tempo, sem remuneração alguma, a diversas formas de actividades, organizadas ou não, de bem estar social ou outros campos.” </li></ul>
  3. 3. Dia do voluntário <ul><li>No dia 17 de Dezembro de 1985, a Organização das Nações Unidas (ONU) criou o Dia Internacional do Voluntário e determinou que fosse comemorado todos os anos, no dia 5 de Dezembro. </li></ul>
  4. 4. Como ser voluntário? <ul><li>Depende das instituições no entanto pode procurar se procurar na internet o blog da instituição ou o número de telefone saberá tudo ou pode dirigir-se à sede da associação. </li></ul>
  5. 5. Em que o ajudará ser voluntário? <ul><li>Ajudará a ter contacto com novas pessoas, por vezes mesmo com novas culturas, e adquirir novas experiências e competências, que pode reforçar ou influenciar a escolha de uma carreira futura. </li></ul>
  6. 6. Direitos do voluntário <ul><li>Desenvolver um trabalho de acordo com os seus conhecimentos, experiências e motivações; </li></ul><ul><li>Ter acesso a programas de formação inicial e contínua; </li></ul><ul><li>Receber apoio no desempenho do seu trabalho com acompanhamento e avaliação técnica; </li></ul><ul><li>... </li></ul>
  7. 7. Deveres de um voluntário para com o destinatário <ul><li>Respeitar a vida privada e a dignidade da pessoa; </li></ul><ul><li>Respeitar as convicções ideológicas, religiosas e culturais; </li></ul><ul><li>Guardar sigilo sobre assuntos confidenciais. </li></ul><ul><li>... </li></ul>
  8. 8. O que é ser voluntário? <ul><li>De forma livre, e responsável, comprometer-se com a organização promotora de voluntariado, de acordo com as suas aptidões e no seu tempo livre, à realização de acções de voluntariado, sem fins lucrativos, no âmbito de programas e projectos. </li></ul>
  9. 9. Como começou o voluntariado? <ul><li>No século XVI, quando organizações religiosas introduziram o voluntariado em instituições ligadas à saúde ( na época, as Santas Casas). O modelo foi cópia de Portugal e durante muito tempo o trabalho foi essencialmente feminino, com rígidos valores morais. As que ajudavam eram conhecidas como Damas Caridosas. </li></ul>
  10. 10. Voluntariado em Portugal <ul><li>Só as Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS), estimadas em mais de 4500 com actividade real, contribuem para 5% do PIB, empregam 270 mil pessoas e envolvem milhares de voluntários. </li></ul>
  11. 11. Ano das actividades voluntárias <ul><li>2011 foi declarado Ano das Actividades Voluntárias que Promovam uma Cidadania Activa, com o objectivo geral de incentivar e apoiar os esforços desenvolvidos pela Comunidade </li></ul>
  12. 12. Quem pode ser voluntario? <ul><li>Qualquer pessoa, independentemente das suas habilitações, religião, ou condição física. É importante ter em conta esses factores na escolha da área e instituição onde pretendem ser voluntários e adequa-los à acção a qual se comprometem . </li></ul>
  13. 13. <ul><li>Voluntariado em Portugal </li></ul>
  14. 14. Operação Nariz Vermelho <ul><li>A finalidade da associação é assegurar de forma contínua um programa de intervenção dentro dos serviços pediátricos dos hospitais portugueses, através da visita de palhaços profissionais. </li></ul>
  15. 15. Comunidade vida e paz <ul><li>Esta organização apoia os sem-abrigo, com o objectivo de os reinserir como cidadãos participativos na sociedade. </li></ul>
  16. 16. Liga portuguesa contra o cancro <ul><li>É uma associação cultural e de serviço social, privada e declarada de utilidade pública, que promove a prevenção primária e secundária do cancro , o apoio social e a humanização e assistência ao doente oncológico e a formação e investigação em oncologia. </li></ul>
  17. 17. Banco alimentar <ul><li>Esta organização sem fins lucrativos tem por objectivo acabar com a fome alimentando e apoiando os que precisam. </li></ul>
  18. 18. Ajuda de berço <ul><li>Foi fundada, em Lisboa a 12 de Março de 1998, por um grupo de amigos, que tem como Missão testemunhar o respeito pela Vida Humana, e o Acolhimento de crianças abandonadas ou em situação de risco, desde que nascem até aos 3 anos de idade . </li></ul>
  19. 19. Ajuda de mãe <ul><li>Ao tornar-se voluntário da Ajuda de Mãe, estará a contribuir para que a mulher grávida proporcione um desenvolvimento pleno e saudável ao seu bebé e garanta uma vida melhor para toda a família </li></ul>
  20. 20. Juventude amiga <ul><li>Surgiu na nossa escola, no âmbito da disciplina de área de projecto, da turma 12ºC, no ano lectivo de 2007/2008. Tem como objectivos principais a ajuda a crianças, mães jovens e idosos, com dificuldades socioeconómicas, a nível de bens materiais e voluntariado, com animação e ajuda social em instituições do nosso concelho. </li></ul>
  21. 21. <ul><li>Voluntariado internacional </li></ul>
  22. 22. Médicos sem fronteiras <ul><li>MSF é uma organização internacional não-governamental sem fins lucrativos que oferece leva ajuda médica e humanitária a situações de emergência, em casos como conflitos armados, catástrofes naturais, epidemias, fome… </li></ul>
  23. 23. Cruz Vermelha <ul><li>A sua missão é prestar assistência humanitária e social prevenindo e reparando o sofrimento, e contribuindo para a defesa da vida, da saúde e da dignidade humana. </li></ul>
  24. 24. Oikos <ul><li>Esta organização não governamental tem projectos na área da luta contra a pobreza e a desigualdade. Inscreva-se e ajude a mudar o mundo!  </li></ul>
  25. 25. AMI <ul><li>Fundada a 5 de Dezembro de 1984 por Fernando Nobre destinada a intervir rapidamente em situações de crise e emergência e a combater o subdesenvolvimento, a fome, a pobreza, a exclusão social e as sequelas de guerra em qualquer parte do Mundo. </li></ul>
  26. 26. Bolsa do voluntariado <ul><li>A Bolsa do Voluntariado veio potenciar um &quot;mercado&quot; virtual de voluntariado, dinamizar o encontro de necessidades e vontades. Esta ferramenta on-line funciona em tempo real e aproveita as qualificações dos voluntários, promovendo a capacitação das organizações. </li></ul>
  27. 27. Alguns dos pontos-chave da bolsa do voluntariado <ul><li>Oferta/Procura de trabalho voluntário: identifica o voluntário que se oferece e a entidade que procura </li></ul><ul><li>2 tipos de Voluntariado: individual e empresa </li></ul><ul><li>Por Destinatário: Crianças, Jovens, Adultos, Idosos, Público em Geral, Portadores de Necessidades Especiais... </li></ul><ul><li>... </li></ul>
  28. 28. Estatísticas
  29. 29. Quanto à idade <ul><li>32,9 %- entre os 26 e os 55 anos; </li></ul><ul><li>34,9% -entre os 56 e os 65 anos; </li></ul><ul><li>21,6% -mais de 65 anos; </li></ul><ul><li>10,7% -entre os 15 e os 25 anos </li></ul>
  30. 30. Quanto ás habilitações literárias <ul><li>39,6% das instituições têm voluntários que terminaram o liceu </li></ul><ul><li>30,7% referem que os seus voluntários têm curso superior </li></ul><ul><li>29,7% têm voluntários com o ensino básico (até 4ª classe antiga). </li></ul>
  31. 31. Quanto às Motivações <ul><li>50,0% das instituições afirmam ter voluntários cuja motivação é “fazer o bem”, </li></ul><ul><li>33,7% a realização pessoal </li></ul><ul><li>12,0% das instituições afirma que os seus voluntários estão presentes para ocupar o seu tempo. </li></ul>
  32. 32. Quanto à Situação laboral <ul><li>41,6% têm voluntários reformados </li></ul><ul><li>28,1% voluntários com actividade profissional </li></ul><ul><li>10,9% tem a ajuda de voluntários estudantes </li></ul><ul><li>12% contam com voluntários que trabalham a nível doméstico </li></ul><ul><li>7,3% têm voluntários que estão desempregados. </li></ul>
  33. 33. Quanto à regularidade de colaboração com a Instituição <ul><li>26% 2 a 3 vezes por semana, </li></ul><ul><li>21,6% tem voluntários a trabalhar todos os dias </li></ul><ul><li>31,0% uma vez por semana. </li></ul><ul><li>21,6% tem voluntários a trabalhar na instituição ocasionalmente . </li></ul>
  34. 34. Fontes <ul><li>http:// www.entrajuda.pt /pdf/Voluntariado%20em%20Portugal_Jan%202011.pdf </li></ul><ul><li>http://www.voluntariado.pt/ </li></ul><ul><li>… </li></ul>

×