Linguagem visual para a organização e representação de recursos imagéticos
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Linguagem visual para a organização e representação de recursos imagéticos

on

  • 1,067 views

Slides da discussão do terceiro encontro do

Slides da discussão do terceiro encontro do

Statistics

Views

Total Views
1,067
Views on SlideShare
1,067
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
16
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Linguagem visual para a organização e representação de recursos imagéticos Linguagem visual para a organização e representação de recursos imagéticos Presentation Transcript

    • LINGUAGEM VISUAL PARA A ORGANIZAÇÃO E REPRESENTAÇÃO Profa. Ana Carolina Simionato
    • http://creativecommons.org.br/
    • IMAGEM DIGITAL / FOTOGRAFIA Imagem digital - é necessário apenas ter passado por um processo digital, seja ele qual for, como exemplo a captura pela câmera digital ou pelo celular, a digitalização de uma figura pelo scanner, entre outros. Imagem analógica -> Imagem híbrida -> Imagem digital Fotografia - fixar em uma chapa sensível à luz, no interior de uma câmera escura, a imagem de objetos iluminados diante dessa câmera, dotada de um dispositivo óptico.
    • FOTOGRAFIA
    • RELAÇÃO DE COLORAÇÃO COM A RESOLUÇÃO Base 2 = Sistema binário 24 = 16 cores, resolução VGA 01 bit/pixel = 2¹ - 2 cores - preto e branco 02 bits/pixels = 2² - 4 cores - tons de cinza 12 bits/pixels = 28 256 tons de RGB
    • COMPOSIÇÃO
    • SINTAXE DA LINGUAGEM VISUAL
    • INPUT VISUAL Na criação de mensagens visuais (input), o significado não se encontra apenas nos efeitos da disposição dos elementos básicos, mas também no mecanismo perceptivo compartilhado pelo organismo humano. Na interpretação visual, existem referências visuais: equilíbrio, tensão, nivelamento e aguçamento (estabilidade e harmonia), entre outros.
    • Forma Cor Linha Escala Ponto Direção Dimensão Movimento Textura Tom
    • CORES amarelo amareloavermelhado amareloesverdeado verde laranja verdeazulado laranjaavermelho azul vermelho vermelhoarroxeado azularroxeado roxo Fonte: DONDIS, 1997.
    • Conteúdo Artista Público Forma Fonte: DONDIS, 1997, p. 132. TÉCNICAS VISUAIS: estratégias de comunicação visual
    • Equilíbrio X Instabilidade
    • Simetria X Assimetria
    • Regularidade X Irregularidade
    • Simplicidade X Complexidade
    • Unidade X Fragmentação
    • Economia X Profusão
    • Minimização X Exagero
    • Previsibilidade X Espontaneidade
    • Atividade X Estase
    • Sutileza X Ousadia
    • Neutralidade X Ênfase
    • Transparência X Opacidade
    • Estabilidade X Variação
    • Exatidão X Distorção
    • Planura X Profundidade
    • Singularidade X Justaposição
    • Sequencialidade X Acaso
    • Agudeza X Difusão
    • Repetição X Episodicidade
    • ESTILO É a síntese visual de elementos, técnicas, sintaxe, inspiração, expressão e finalidade básica. Primitivismo; Expressionismo; Classicismo; Ornamental; Funcionalidade.
    • REFERÊNCIAS: base conceitual ARNHEIM, R. Arte e percepção visual: uma psicologia da visão criadora. São Paulo: Pioneira, 1969. DONDIS, D. A. Sintaxe da linguagem visual. São Paulo: Martins Fontes, 1997. JOLY, M. Introdução à análise da imagem. Campinas, SP: Papirus, 1996. PLAZA, J. Tradução intersemiótica. São Paulo: Perspectiva, 2008. SIMIIONATO, A. C. Representação, acesso, uso e reuso da imagem digital. 142f. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Faculdade de Filosofia e Ciências, Marília/SP, 2012.