Sons e letras
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Sons e letras

on

  • 5,164 views

 

Statistics

Views

Total Views
5,164
Views on SlideShare
5,164
Embed Views
0

Actions

Likes
3
Downloads
138
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Sons e letras Presentation Transcript

  • 1. Sons e Letras
  • 2. O Q UE É FONOLOGIA?
    • Fonologia é a parte da gramática que :
    • estuda os sons da língua:
      • quanto a sua função no sistema de comunicação lingüistica,
      • quanto a sua organização e classificação .
    • também cuida de aspectos relacionados a:
      • divisão silábica,
      • a ortografia e
      • a acentuação das palavras,
        • bem como indica a forma a adequada de pronunciar certas palavras, de acordo com o padrão culto da língua.
  • 3. Conceituando
    • Fonema é a menor unidade sonora das palavras
    • /komesu/ - começo
    • /esitãti/ - excitante
    • Letra é a representação gráfica dos fonemas da fala
  • 4. Dígrafos As combinações de duas letras que representam um único fonema constituem o fenômeno linguistico chamado dígrafo .
  • 5. Dígrafos
    • lh /λ/: calha
    • nh /η/: banha
    • qu /k/: queixo
    • gu /g/: guitarra
    • rr /R/: amarrar
    • ss, sc, sç /s/: passar, nascer, desça
    • am, an, /ã/: tampa, manta
    • em, en / ẽ/ : sempre, lento
    • im, in / ĩ /: mim, cinto
    • om, on / õ /: bomba, conta
    • um, un / ũ /: algum, presunto
  • 6. Classificação dos fonemas
    • Vogal é o fonema produzido por uma corrente de ar que, vinda dos pulmões, passa livremente pela boca. As vogais funcionam como base da sílaba.
    • Semivogal é o fonema produzido como vogal, porem pronunciado mais fraco, com baixa intensidade; por isso, não constitui sílaba sozinho e sempre acompanha uma vogal .
  • 7.
    • Fonemas vocálicos orais | Letras correspondentes
    • /a/ /  / /e/ /i/ / כ / /o/ /u/
    • a, é, e, i, ó, o, u
    • Fonemas vocálicos nas ais | Letras correspondentes
    • /ã/ / ẽ / /ĩ/ /õ/ / ũ /
      • ã, ẽ , ĩ, õ, ũ ,
      • am, an, em, en, im, om, on, um, un
    • Fonemas semi vocálicos | Letras correspondentes
    • bo i sa u dade
    • /y/ /w/
    • i, e, o, u
  • 8. Espectro da voz humana
  • 9. Consoantes
    • Na produção desses fonemas, a corrente de ar vinda dos pulmões encontra obstáculos.
    • Língua
    • Dentes
    • Lábios
    • /b/, /d/, /f/, /l/, etc.
  • 10. Sílabas
    • É um fonema ou um grupo de fonemas pronunciados numa só emissão de voz.
    • A base da sílaba é a vogal; sem ela não há sílaba.
  • 11. Sílaba tônica e sílaba átona
    • sílaba tônica
      • pronunciada com mais intensidade.
    • sílaba átona
      • Pronunciada com baixa intensidade.
        • Com pos tu ra
        • átona átona tônica átona
  • 12. Classificação das palavras de acordo com a sílaba tônica
    • Oxítona: palavra com a última sílaba tônica
    • Paroxítona: palavra com a penúltima sílaba tônica
    • Proparoxítona: palavra com a antepenúltima sílaba tônica
  • 13. Encontros vocálicos União de vogais ou semivogais na mesma sílaba ou em sílabas diferentes.
  • 14. Hiato
    • É o encontro de duas vogais.
    • so pode haver uma vogal em cada sílaba ,
    • vogais de hiatos ficam sempre em sílaba s diferentes.
    • du as
    • vogal + vogal
    • ca i da
    • vogal + vogal + vogal
    • en jo ar
    • vogal + vogal + vogal
  • 15. Ditongo
    • E o encontro de uma vogal e uma semivogal.
    • Uma vogal sozinha não constitui silaba
    • Um ditongo não se divide silabicamente
    • Decrescnte:
    • F ai xa
    • Vogal + semivogal
    • Crescente
    • His to r ia
    • semivogal + vogal
  • 16. Tritongo
    • É o encontro de uma semivogal + uma vogal + uma semivogal, sempre nessa ordem.
    • Contém uma só vogal.
    • Um tritongo não se divide silabicamente.
    • Q uai s quer
    • semivogal + uma vogal + uma semivogal
    U ru g uai semivogal + uma vogal + uma semivogal
  • 17. Encontro consonantal
    • É o agrupamento de duas ou mais consoantes ,
    • sem vogal intermediária
    • desde que não constituam dígrafo.
    • Podem ocorrer na mesma sílaba ou não.
  • 18. Tipos de encontros consonantais:
    • consoante + l ou r - são encontros que pertencem a uma mesma sílaba :
      • pr a-to, pl a-ca, br o-che, bl u-sa, tr ei-no, a- tl e-ta, cr i-se, cl a-ve, fr an-co, fl an-co.
    • duas consoantes pertencentes a sílabas diferentes - é o que ocorre em:
      • a b - d i-car, su b-s o-lo, a d-v o-ga-do, a d-m i-tir, a l-g e-ma, co r-t e.
    • Há grupos consonantais inseparáveis que surgem no ínicio dos vocábulos:
      • pn eu-mo-ni-a, ps i-co-se, gn o-mo.
    • Os encontros ( gn, mn, pn, ps, pt e tm ) não são muito comuns.
      • Quando iniciais, são inseparáveis.
      • Quando mediais, criam uma pronúncia mais difícil. ( gnomo/digno, ptialina/apto ).
      • No uso coloquial, há uma tendência a destruir esse encontro, inserindo uma vogal epentética i.
  • 19. Ortoepia
    • Trata da pronuncia adequada dos fonemas e das palavras de acordo com a variedade padrão da língua.
  • 20. Prosódia
    • Trata da acentuação e da entoação a de quadas dos fonemas de acordo com a variedade padrão da língua.