Your SlideShare is downloading. ×
Programando Android - Aula 2
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Programando Android - Aula 2

421
views

Published on

Published in: Technology

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
421
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
23
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Aula 2Instalação e configuraçãodo ambiente de trabalho
  • 2. Configuração do Ambiente Funciona com qualquer ambiente PC que rode a máquina virtual Java. Tem ferramentas de programação, depuração e testes. Tem um plugin oficial para o Eclipse, mas pode funcionar no Netbeans também. No Netbeans não tem suporte a criador de interface gráfica.
  • 3. Ferramentas necessárias Computador com processador razoável (um Pentiun dual core com pelo menos 2 GB de memória é altamente recomendado). Máquina virtual Java com JDK (Pode ser tanto a JVM da Oracle quando o OpenJDK). IDE de sua preferência (recomenda-se o Eclipse por já possuir ferramentas nativas)
  • 4. Ferramentas necessárias Software SDK (Software Development Kit) encontrado no endereço: http://developer.android.com/sdk/index.html (baixar a versão correspondente ao seu sistema operacional). Caso use a IDE Eclipse, baixar também o plugin ADT (Android Development Tool) disponível em: http://developer.android.com/sdk/eclipse-adt.html
  • 5. Instalação do SDK Independente da versão do SDK que você tenha baixado, a instalação será basicamente a mesma.1. Descompacte o SDK em uma pasta. Para este exemplo, utilizando o sistema operacional Windows, colocaremos ele na pasta “android-sdk- windows”
  • 6. Instalação do SDK Caso o desenvolvedor use Linux, não esqueça de descompactar a pasta dentro de seu diretório home e dar permissão total de leitura e escrita a pasta.
  • 7. Instalação do SDK2. Entrando na pasta que acabou de ser descompactada, haverão uma série de diretórios que serão explicados a seguir. Existirá um executável de nome “SDK Manager” onde nós iremos baixar os SDK específicos para cada versão do Android.
  • 8. Android SDK Manager
  • 9. Android SDK Manager3. O SDK manager mostra todos os pacotes de SDK disponíveis para as diversas versões do Android. Mostra também pacotes criados especificamente por alguns fabricantes de smartphones para alguma linha específica de aparelhos.4. Nele é possível também atualizar algum SDK que porventura esteja obsoleto ou caso seja lançada alguma versão nova de algum pacote.
  • 10. Android SDK Manager5. Selecione os pacotes que deseja trabalhar e em seguida inicie os downloads apertando no botão “Instal Packages”.6. Neste momento será necessário paciência e uma conexão com a internet rápida. Os pacotes são muito grandes e se desejar baixar a documentação e todos os arquivos extras o tamanho pode chegar a mais de 5 gigabytes.
  • 11. Configurando o ADT Uma vez baixados os SDK do Android, é hora de preparar o ambiente de programação. Para este curso usaremos o Eclipse em sua versão Helios. Partindo do pré-suposto que seu PC já tem o JDK instalado, baixe o Eclipse do endereço http://www.eclipse.org/downloads . Baixe a versão “Eclipse IDE for Java Developers” Uma vez baixado, descompacte ele numa pasta. Vamos supor que ele estará na pasta “Eclipse”
  • 12. Configurando o ADT Abra o Eclipse, vá no menu Help > Install new software.
  • 13. Configurando o ADT Clique no botão ADD e edite segundo a imagem abaixo. Pressione OK para que o Eclipse reconheça o novo endereço de plugin.
  • 14. Configurando o ADT No campo “Work with”, selecione o endereço que acabamos de criar. Aparecerá na lista uma opção “Developer Tool”. Marque essa opção e pressione “Next”.
  • 15. Configurando o ADT Você verá todos os pacotes que serão baixados. Clique em “Next” e em seguida aceite todas as licenças que serão solicitadas e aguarde que os pacotes sejam baixados.
  • 16. Criando um AVD AVD (Android Virtual Device) é um emulador de aparelho Android. Com ele é possível simular uma grande gama de características de um aparelho real com Android. É possível simular características como tamanho de tela, chamada telefônica, envio de mensagens, uso da câmera, GPS, giroscópio e muito mais. Para este exemplo criaremos um AVD que simule um aparelho básico de Android em sua versão 2.1 (engloba uma grande parte dos aparelhos do mercado)
  • 17. Criando um AVD No Eclipse, clique no botão mostrado na seta abaixo. Se preferir, vá no menu Window > AVD Manager.
  • 18. Criando um AVD A tela que aparecer mostrará os AVD que já estão configurados. Para configurar um novo pressione o botão “New”
  • 19. Criando um AVD A tela que aparecer mostrará os AVD que já estão configurados. Para configurar um novo pressione o botão “New” No campo “Name”, digite um nome para o AVD. No campo “Target”, selecione Android 2.1. Em “SD Card”, no campo Size, digite o tamanho do cartão de memória em Mb que usaremos neste AVD (por exemplo 512). Em Skin, no campo Build-in, selecione HVGA. Essa é a resolução da tela no tamanho 320x480 pixels Clique em “Create AVD”.
  • 20. Criando um AVD
  • 21. Criando um AVD Após criado o AVD vamos executá-lo. Selecione o AVD que acabamos de criar e clique no botão “Start”. Vai demorar um pouco para abrir, mas uma vez aberto, é possível testar todas as funcionalidades que um aparelho real tem. Salvo algumas características inerentes ao aparelho real, todas as funções são simuladas pelo AVD.
  • 22. Criando um AVD