Your SlideShare is downloading. ×
Joao Melo
Joao Melo
Joao Melo
Joao Melo
Joao Melo
Joao Melo
Joao Melo
Joao Melo
Joao Melo
Joao Melo
Joao Melo
Joao Melo
Joao Melo
Joao Melo
Joao Melo
Joao Melo
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Joao Melo

2,819

Published on

Trabalho de Literatura sobre autores da lingua portuguesa.

Trabalho de Literatura sobre autores da lingua portuguesa.

Published in: Education
1 Comment
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
2,819
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
11
Comments
1
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA UNIPAMPA CURSO DE LETRAS LITERATURAS EM LÍNGUA PORTUGUESA I PROFESSORA VERA MEDEIROS Acadêmicas: Ivete Ferreira Isabel Fagundes Jucelaine Viegas Laura Souza
  • 2. João Melo
  • 3. Deputado, jornalista e escritor. Nasceu em Luanda, Angola, em 05 de setembro de 1955.
  • 4.
    • João Melo
    • Cursou direito em Portugal e Angola.
    • Concluiu comunicação social no Rio de Janeiro( Brasil ).
    • Trabalhou na Rádio Nacional de Angola
    • e na Agência Angola Press.
  • 5. João Melo Dirigiu vários meios de comunicação angolanos, estatais e privados. Membro fundador da União dos Escritores Angolanos ( UEA ), ocupou diversos cargos de Responsabilidade nos respectivos órgãos sociais, tais como secretário-geral, Presidente da Comissão Directiva e Presidente do Conselho Fiscal.
  • 6. João Melo Atualmente, é diretor de uma agência de comunicação, dá aulas em duas universidades privadas e é Deputado à Assembléia Nacional.
  • 7. Tema das obras
      • “ Ironia dos rumos do processo histórico angolano”
  • 8.
    • Definição ( 1985)
    • Fabulema( 1986)
    • Poemas Angolanos( 1989)
    • Tanto Amor ( 1989)
    • Canção do nosso tempo ( 1989)
    • O caçador de nuvens ( 1993)
    OBRAS
  • 9.
    • Limites e redundâncias( 1997)
    • 4 livros de contos: imitação de Sartre e S imone de Beauvoir ( 1998 )
    • Ensaio- Jornalismo e Política( 1991)
    • Serial Killer ( 200)
    • Filhos da pátria ( 2001)
    • O dia em que o Pato Donald comeu pela 1ª vez a Margarida. ( 2006)
  • 10.
    • “ O Dia em que o Pato Donald comeu pela primeira vez a Margarida ”
    • aborda vários aspectos,
    • alguns ficcionais e outros
    • baseados na realidade
    • Angolana. O autor mistura
    • sátira e humor.
  • 11. João Melo fornece-nos um panorama caótico do país, de uma sociedade entregue aos perigosos caminhos das regras neoliberais do mundo globalizado, e as mazelas dessa situação na cidade de Luanda.
  • 12.
    • Filhos da Pátria
    • Até onde é capaz de ir a
    • capacidade de humilhação
    • do ser humano?
    • É com esta interrogação
    • que João Melo inicia a
    • sua mais recente viagem
    • pelas estórias do
    • cotidiano angolano .
  • 13. Atuação Política
    • De acordo com Melo, o individualismo e o egoísmo social das classes privilegiadas não são fenômenos novos. “ Na falta de políticas de relançamento do setor produtivo, principalmente da agricultura e da indústria manufatureira, o país está condenado a taxas de desemprego extremamente altas .
    • João Melo , escritor, Deputado do MPLA e diretor da revista África 21 .
  • 14. HOMO ANGOLENSIS Homo Angolensis Mastiga a própria desgraça com ela improvisa uma farra precisa de uma boa maka como do ar para respirar acha o mundo demasiado pequeno pró seu coração ri à toa fornica por disciplina revolucionária jura que um dia será potência gosta de funje todos os sábados e foge do trabalho na segunda-feira mas fica limão quando lhe querem abusar da obra : ”Caçador de Nuvens”
  • 15.
    • “ É fundamental criar
    • todas as condições
    • necessárias para o
    • exercício pleno e
    • responsável da
    • liberdade de imprensa.”
    • João Melo
    • (Angonoticias 02/05/2008)
  • 16. Referências: www.editorial-caminho.pt www. betogomes.sites.uol.com.br http://www.linguakimbundu.com/index3.html www.secrel.com.br/jpoesia/1jmelo.html www.ricardoriso.blogspot.com/search?q=joao+melo www.angolapress-angop.ao/pesquisa.asp http://www.webboom.pt/ficha.asp?id=77116

×