Vivemos um momento em que as relações cumprem
determinados protocolos sociais: indivíduos, grupos ou
turmas exercem seus p...
Novas formas de ensinar e aprender
O design didático é a atividade daqueles que estão ocupados
em trabalhar os conteúdos, com as ferramentas de informação e
...
Ambientes virtuais de aprendizagem(AVA)
Ambientes Virtuais de Aprendizagem (AVA) são
softwares que auxiliam na criação de ...
Ambiente Virtual de Aprendizagem
PIGEAD - UFF/ 2013
Disciplina Ambientes Virtuais e Mídias de Comunicação
Tutor Rodolfo Gr...
“A interação que se estabelece nos ambientes virtuais
propicia o desenvolvimento coconstruído dos
participantes por meio d...
Alguns procedimentos para incentivar a
criatividade
criar objetivos de criatividade e incluí-los nos objetivos
específico...
O papel do tutor em cursos a distância
Segundo Ferreira e Rezende (2004), o tutor deve acompanhar,
motivar, orientar e est...
Segundo Riccio, Silva e Souza (2007), “as competências necessárias ao
exercício da tutoria são três: a técnica, a gerencia...
E o aluno?
Sujeito do processo de ensinoaprendizagem
O que muda para o aluno?
conhecer as novas ferramentas de comunicação e as bases nas quais
acontecerão as práticas de ens...
“Um novo tempo...”
O design didático apresenta-se como um caminho para
ressignificar as práticas educativas, estabelecendo...
Bibliografia
 ALMEIDA, Elizabeth Bianconcini de. Educação, ambientes virtuais e
interatividade.In. : Educação online. Ed....
O presente trabalho foi elaborado para a tarefa das semanas 5 e 6 do curso PIGEAD 2013
Vamos refletir sobre como o design ...
Design didático construindo um caminhar desvelando parcerias
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Design didático construindo um caminhar desvelando parcerias

971 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
971
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
16
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Design didático construindo um caminhar desvelando parcerias

  1. 1. Vivemos um momento em que as relações cumprem determinados protocolos sociais: indivíduos, grupos ou turmas exercem seus papeis, considerados aceitáveis por seus pares, dentro de um determinado ambiente. Entretanto, no mundo virtual, as diversas possibilidades de uso, favorecem a quebra de alguns paradigmas. Atualmente novas formas de ensinar e aprender,acontecem em nossa sociedade. Percebemos que não há fronteira entre o ensinar e aprender nos Ambientes virtuais de Aprendizagem por discentes e docentes.
  2. 2. Novas formas de ensinar e aprender
  3. 3. O design didático é a atividade daqueles que estão ocupados em trabalhar os conteúdos, com as ferramentas de informação e comunicação disponíveis na atualidade, em especial ferramentas da internet, objetivando a apresentação desses conteúdos educacionais em formato eficaz para o processo de ensino-aprendizagem. Essas atividades englobam a organização e a apresentação do conteúdo de modo a estabelecer interconexões entre os vários assuntos a serem tratados. Desta forma, são propostas atividades graduadas, que permitem atingir os objetivos, exploram as melhores mídias de apresentação para facilitar as tarefas de aprendizado, enfim, primam pela meta de apresentar o conteúdo em uma forma dialógica.
  4. 4. Ambientes virtuais de aprendizagem(AVA) Ambientes Virtuais de Aprendizagem (AVA) são softwares que auxiliam na criação de cursos acessíveis através da internet. São elaborados para dar suporte aos professores no gerenciamento de conteúdos e na administração do curso, permitindo acompanhar o progresso dos estudantes.
  5. 5. Ambiente Virtual de Aprendizagem PIGEAD - UFF/ 2013 Disciplina Ambientes Virtuais e Mídias de Comunicação Tutor Rodolfo Gregório de Moraes Grupo 8
  6. 6. “A interação que se estabelece nos ambientes virtuais propicia o desenvolvimento coconstruído dos participantes por meio das mediações entre estes participantes, o meio social e o próprio ambiente, cuja influência na evolução e na aprendizagem não diz respeito apenas à forma como ele foi estruturado e às respectivas informações, mas enfatiza as articulações que se estabelecem na experiência social.” Mª Elizabeth Bianconcini
  7. 7. Alguns procedimentos para incentivar a criatividade criar objetivos de criatividade e incluí-los nos objetivos específicos da matéria ou disciplina ; procurar oportunidades para a ampliação da criatividade nos seus esquemas de trabalho e planos das aulas ; desenvolver atividades que sejam autênticas pessoal e culturalmente ante os interesses e as experiências dos alunos ; o planejamento deve considerar uma variedade de estilos de ensino e de aprendizagem para que o maior número possível de alunos possa ter oportunidade de mostrar sua criatividade. Aqda et al. (2011)
  8. 8. O papel do tutor em cursos a distância Segundo Ferreira e Rezende (2004), o tutor deve acompanhar, motivar, orientar e estimular a aprendizagem autônoma do aluno, utilizando-se de metodologias e meios adequados para facilitar a aprendizagem. Através de diálogos, de confrontos, da discussão de diferentes pontos de vista, de diversidades culturais e/ou regionais e do respeito entre formas próprias de se ver e de se posicionar frente aos conhecimentos, o tutor assume função estratégica na interatividade na EAD.
  9. 9. Segundo Riccio, Silva e Souza (2007), “as competências necessárias ao exercício da tutoria são três: a técnica, a gerencial e a pedagógica”. Na técnica, o tutor deve ter domínio dos recursos tecnológicos, capacidade de socialização de saberes com os alunos, capacidade para elaborar relatórios técnicos. Na gerencial, deve ter habilidade de planejamento a curto e médio prazo, prontidão na reformulação de estratégias para a solução de problemas, e autonomia na tomada de decisões. Na dimensão pedagógica, o tutor deve ter domínio do conteúdo específico a ser trabalhado, habilidade para estimular a busca de resposta pelo aluno, disposição para continuar aprendendo, domínio de técnicas motivacionais, conhecimento de recursos didáticos, domínio dos critérios de avaliação do curso. Deve sempre estar atento à sua didática, já que se trata de uma modalidade diferenciada de ensino e cheia de desafios.
  10. 10. E o aluno?
  11. 11. Sujeito do processo de ensinoaprendizagem
  12. 12. O que muda para o aluno? conhecer as novas ferramentas de comunicação e as bases nas quais acontecerão as práticas de ensino e aprendizagem; buscar uma apropriação crítica das novas ferramentas tecnológicas, isto é, ultrapassar o domínio instrumental para um uso crítico e criativo nas atividades de ensinoaprendizagem;  ser ativo, abandonar o papel de receptor passivo de conteúdos para o de sujeito ativo na construção coletiva do conhecimento; organizar e planejar cuidadosamente o estudo, de modo a preparar as condições necessárias para a aprendizagem e também a tirar o máximo proveito das oportunidades disponibilizadas pelas propostas de ensino apresentadas pelos professores. Contudo, é fundamental a disposição do estudante a aprender como aprender a distância.
  13. 13. “Um novo tempo...” O design didático apresenta-se como um caminho para ressignificar as práticas educativas, estabelecendo o diálogo entre docentes, discentes e demais profissionais de educação, proporcionando a quebra de barreiras entre as relações; a viabilização da autonomia do aluno e a construção de sua autoria; a utilização da linguagem como lugar de trocas e interações sociais, privilegiando a construção de saberes. Um ambiente de aprendizagem que educa em sua totalidade e que realmente encante, motive o aluno a querer aprender, a perceber que o conhecimento construído tem aplicação em seu cotidiano, atendendo às necessidades da sociedade contemporânea, não exclui: prepara para o futuro.
  14. 14. Bibliografia  ALMEIDA, Elizabeth Bianconcini de. Educação, ambientes virtuais e interatividade.In. : Educação online. Ed. Loyola, São Paulo, 2003. P. 210.  COSTA, Rosa Maria E. M. e MARINS, Vânia. Designer didático em ambientes virtuais. Aula 1, PIGEAD, 2013.  LAPA, Andrea Brandão. Introdução à Educação a Distância. Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2008.  SOUZA, Antônio Artur de et al. O papel do tutor em cursos a distância baseados em ambientes virtuais de aprendizagem In.: XI Colóquio Internacional Sobre Gestão Universitária na América do Sul, set. 2011.
  15. 15. O presente trabalho foi elaborado para a tarefa das semanas 5 e 6 do curso PIGEAD 2013 Vamos refletir sobre como o design didático pode influenciar na abordagem pedagógica entre alunos, tutores e demais atores no EAD. Para isso, selecionamos as ideias principais dos textos que estão na bibliografia no final da apresentação. Aprecie sem moderação! Curso Planejamento, Implementação e Gestão da Educação a Distância – UFF/ 2013 Disciplina Ambientes Virtuais e Mídias de Comunicação :: Tarefa das Semanas 5 e 6 Aluna: Rosana Sales de Jesus Tutor: Rodolfo Gregório de Moraes Grupo 8

×