<ul><li>Segundo WALLON: </li></ul><ul><li>Movimento Reflexo –  </li></ul><ul><li>natural (de nascença); </li></ul><ul><li>...
<ul><li>“ O nível de aprendizagem e execução do movimento, dependem do grau de maturação (maturidade) da criança”. </li></...
<ul><li>CRESCIMENTO –  </li></ul><ul><li>Processo de formação de padrões, quer no terreno físico ou mental (HURTADO, 1987)...
ESTIMULAÇÃO PRECOCE X  ESPECIALIZAÇÃO PRECOCE   Prof. MS. Edson Luiz Linczuk
Prof. MS. Edson Luiz Linczuk
DESENVOLVIMENTO MOTOR   <ul><li>Objetivo:   Desenvolvimento do ACERVO MOTOR do indivíduo. </li></ul><ul><li>Desenvolvido g...
CAPACIDADES MOTORAS DE BASE:   <ul><li>ESQUEMA CORPORAL:  Capacidade de conhecimento (consciência) do próprio corpo e suas...
CAPACIDADES MOTORAS DE BASE: <ul><li>COORDENAÇÃO:  Capacidade de controlar a musculatura e os movimentos do corpo com rapi...
CAPACIDADES MOTORAS DE BASE: <ul><li>PERCEPÇÃO:   Capacidade de perceber aos estímulos do meio-ambiente. </li></ul><ul><li...
CAPACIDADES MOTORAS DE BASE: <ul><li>RITMO:  Capacidade de realizar e coordenar movimentos com cadência, precisão e veloci...
HABILIDADES   <ul><li>HABILIDADE:   “Ato específico, aprendido através da prática e dependente do desenvolvimento de  capa...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Desenvolvimento motor

13,257

Published on

desenvolvimento motor e seus conceitos.

Published in: Education
0 Comments
4 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
13,257
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
270
Comments
0
Likes
4
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Desenvolvimento motor

  1. 1. <ul><li>Segundo WALLON: </li></ul><ul><li>Movimento Reflexo – </li></ul><ul><li>natural (de nascença); </li></ul><ul><li>as decisões são tomadas a partir da medula espinhal (movimento não interpretado pelo SNC); </li></ul><ul><li>Independe da nossa vontade, reação orgânica à uma excitação sensorial. </li></ul><ul><li>Movimento Voluntário - </li></ul><ul><li>Consciente; depende da nossa vontade, intenção e necessidade; </li></ul><ul><li>Resposta elaborada no SNC; </li></ul><ul><li>Movimento Automático – </li></ul><ul><li>Nível mais avançado do movimento voluntário; </li></ul><ul><li>Depende da experiência e aprendizagem desenvolvida. </li></ul>MOVIMENTO Prof. MS. Edson Luiz Linczuk
  2. 2. <ul><li>“ O nível de aprendizagem e execução do movimento, dependem do grau de maturação (maturidade) da criança”. </li></ul><ul><li>  MATURAÇÃO – Desenvolvimento fisiológico das estruturas orgânicas hereditárias. </li></ul><ul><li>  RELAÇÃO ENTRE O CRESCIMENTO E O DESENVOLVIMENTO DO INDIVÍDUO (coisas distintas, que ocorrem paralelamente em velocidades diferentes)  </li></ul>Prof. MS. Edson Luiz Linczuk
  3. 3. <ul><li>CRESCIMENTO – </li></ul><ul><li>Processo de formação de padrões, quer no terreno físico ou mental (HURTADO, 1987). </li></ul><ul><li>Estrutural (quantitativo) e ligado à Idade Cronológica. </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>DESENVOLVIMENTO – </li></ul><ul><li>Processo que se efetua de modo contínuo ao longo da vida, com variantes típicas para cada indivíduo e idade. </li></ul><ul><li>Melhoria qualitativa em termos funcionais. </li></ul><ul><li>Representado pela Idade Maturacional ou Biológica. </li></ul>Prof. MS. Edson Luiz Linczuk
  4. 4. ESTIMULAÇÃO PRECOCE X ESPECIALIZAÇÃO PRECOCE Prof. MS. Edson Luiz Linczuk
  5. 5. Prof. MS. Edson Luiz Linczuk
  6. 6. DESENVOLVIMENTO MOTOR <ul><li>Objetivo: Desenvolvimento do ACERVO MOTOR do indivíduo. </li></ul><ul><li>Desenvolvido geralmente até os 10 anos de idade (idade maturacional onde ocorre o término da formação da Bainha de Mielina ). </li></ul><ul><li>SEQUÊNCIA DO DESENVOLVIMENTO MOTOR: </li></ul><ul><li>CAPACIDADES BÁSICAS (Físicas e Motoras); </li></ul><ul><li>HABILIDADES BÁSICAS (andar, correr, pular, quadrupetar...); </li></ul><ul><li>HABILIDADES ESPECÍFICAS (técnicas, profissionais, rotineiras, domésticas, esportivas);  </li></ul>Prof. MS. Edson Luiz Linczuk
  7. 7. CAPACIDADES MOTORAS DE BASE: <ul><li>ESQUEMA CORPORAL: Capacidade de conhecimento (consciência) do próprio corpo e suas funções (possibilidades de expressão e ação). À partir deste conhecimento passamos a estruturar o meio ambiente. </li></ul><ul><li>  ORIENTAÇÃO ESPAÇO-TEMPORAL: Capacidade de orientar-se no tempo e no espaço. Perceber distâncias, espaços e tempo de reação. </li></ul>Prof. MS. Edson Luiz Linczuk
  8. 8. CAPACIDADES MOTORAS DE BASE: <ul><li>COORDENAÇÃO: Capacidade de controlar a musculatura e os movimentos do corpo com rapidez e exatidão. </li></ul><ul><li>Coordenação dinâmica global : Conjunto de movimentos desempenhados com o corpo todo, buscando o controle e harmonia dos mesmos. </li></ul><ul><li>Coordenação motora fina: Capacidade de coordenar movimentos com pequenos grupos musculares ou pequenos músculos de membros como mãos e pés, com alta exigência de precisão. Ex.: Movimento de “pinçar”. </li></ul>Prof. MS. Edson Luiz Linczuk
  9. 9. CAPACIDADES MOTORAS DE BASE: <ul><li>PERCEPÇÃO: Capacidade de perceber aos estímulos do meio-ambiente. </li></ul><ul><li>  LATERALIDADE: Capacidade de estabelecer a dominância homolateral de um hemisfério cerebral. Definir qual o lado do cérebro passa a comandar o nosso corpo. </li></ul>Prof. MS. Edson Luiz Linczuk
  10. 10. CAPACIDADES MOTORAS DE BASE: <ul><li>RITMO: Capacidade de realizar e coordenar movimentos com cadência, precisão e velocidade padrão. </li></ul><ul><li>  EQUILÍBRIO: Capacidade de distribuir o peso do corpo em relação a um espaço, um tempo e ao eixo de gravidade. Capacidade de manter o equilíbrio geral do corpo. </li></ul><ul><li>  DESTREZA: Capacidade de execução de tarefas motoras com facilidade, liberdade e espontaneidade. </li></ul>Prof. MS. Edson Luiz Linczuk
  11. 11. HABILIDADES <ul><li>HABILIDADE: “Ato específico, aprendido através da prática e dependente do desenvolvimento de capacidades subjacentes (físicas/motoras) ” (SINGER, 1997). </li></ul><ul><li>  EX: CORRER – Coordenação, Equilíbrio, Força, Rítmo, Noção Espaço-Temporal, etc. </li></ul><ul><li>  “ Execução de um ato ou tarefa, com precisão, eficiência; de maneira coordenada”. </li></ul><ul><li>  “ Ato ou tarefa – como saltar, andar, correr, etc. – ou indicador de qualidade de desempenho: “O atleta é muito habilidoso! ” (MAGILL, 1984). </li></ul>Prof. MS. Edson Luiz Linczuk
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×