9  paz na escola construindo valores
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

9 paz na escola construindo valores

on

  • 587 views

 

Statistics

Views

Total Views
587
Views on SlideShare
562
Embed Views
25

Actions

Likes
0
Downloads
5
Comments
0

3 Embeds 25

http://www.blogger.com 13
http://escolamoraisfilho.blogspot.com.br 9
http://www.escolamoraisfilho.blogspot.com.br 3

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

9  paz na escola construindo valores 9 paz na escola construindo valores Document Transcript

  • Prefeitura Municipal de Mossoró Secretaria Municipal de Educação e Desporto Rua Pedro Alves Cabral, 01 – Aeroporto – 59.607 – 140 Mossoró/RN Fone – Fax – (84)3315-4942 FORMULÁRIO PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS DADOS CADASTRAIS Escola: Municipal Professor Francisco Morais Filho Endereço:Rua: Artur Bernardes, 1689 Bom Jardim Mossoró-RN PROJETO: Paz na Escola Subtema do projeto: Resgatando Valores Espécie de Projeto ( ) científico ( x ) cultural ( ) outro Datado início 28 de abril Atende a algum edital? Qual? ( ) sim ( x ) não Responsável Eliene Maria de Sousa Duarte Kelly Cristina Medeiros da Silva Área de atuação Educação ( x ) Esporte ( ) Lazer ( ) Telefone do responsável 3315 5096/ 9411 1746 Nome Duração (meses) 8 meses Submetido à análise da Diretoria_______ RESPONSÁVEL Diretoria Exec. pedagógica Fax Setor Pedagógico e-mail leninha904@yahoo.com.br kellycristina1971@gmail.com COLABORADORES Setor Função Eliana Maria Pires Pedagógico Professora Joana Darc Moura Pedagógico Professora Leone Patrícia Rocha Celedônio Pedagógico Professora Lilian da Silva Carneiro Pedagógico Professora Lúcia Alves de Melo Pedagógico Professora Maria da Conceição Oliveira Alves Pedagógico Professora Maria do Socorro de Freitas Alves Pedagógico Professora Maria do Socorro dos Santos Pedagógico Professora Maria Lúcia da Silva Pedagógico Professora Maurílio Alves do Nascimento Júnior Pedagógico Secretário Geral/ Laboratório de Informática
  • Siomara Batista Marques Carneiro Pedagógico Professor Direção Diretora Pedagógico Professor Merenda escola Merendeira Secretaria Auxiliar de secretaria Pedagógico Auxiliar da sala de leitura Maria José Lima e Silva Limpeza Zeladora Rosinete Ferreira de Sousa Limpeza Zeladora Merenda escolar Merendeira Vanúzia Saldanha de Medeiros Lima Zélia Maria da Silva Adriana Kelly da Silva Isonária Maria de Andrade Oliveira Madelon da Silva Maria do Socorro Cavalcante Fonseca 1. JUSTIFICATIVA Os valores não são coisas nem simples ideias que adquirimos, mas conceitos que traduzem as nossas preferências. Existe uma enorme diversidade de valores, podemos agrupá-los quanto à sua natureza da seguinte forma: Valores éticos: os que se referem às normas ou critérios de conduta que afetam todas as áreas da nossa atividade. Exemplos: Solidariedade, Honestidade, Verdade, Lealdade, Bondade, Altruísmo... Valores estéticos: os valores de expressão. Exemplo: Harmonia, Belo, Feio, Sublime, Trágico. Valores religiosos: os que dizem respeito à relação do homem com a transcendência. Exemplos: Sagrado, Pureza, Santidade, Perfeição. Valores políticos: Justiça, Igualdade, Imparcialidade, Cidadania, Liberdade. Valores vitais: Saúde, Força. A educação em valores, que se desenvolve na vida familiar, na convivência humana, no trabalho, nas escolas, nas manifestações culturais, nos movimentos e nas organizações sociais, é uma questão fundamental da sociedade atual, imersa numa rede complexa de situações e fenômenos que exige, a cada dia, intervenções sistemáticas e planejadas dos profissionais da educação escolar. Entre os diferentes ambientes humanos, a escola tem sido, historicamente, a instituição escolhida pelo Estado e pela família como o melhor lugar para o ensino–aprendizagem dos valores, de modo a cumprir, em se tratando de educação para a vida em sociedade, a finalidade do pleno desenvolvimento do educando, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o mundo do trabalho. A responsabilidade da instituição escolar é muito grande, mas a escola não pode e nem deve caminhar sozinha. Ela precisa da aliança estreita e forte com a família. Além disso, o tema valores perpassa por questões culturais, e assim sendo, requer muita perspicácia na abordagem. Em um mundo cada vez mais violento e individualizado, a escola e o corpo docente tem o dever de tentar promover uma reflexão com os alunos sobre os valores humanos, que andam esquecidos pela maioria da sociedade, especialmente pelos jovens. Esse tipo de reflexão pode ser feita por qualquer professor, seja qual for sua formação. A sociedade atual tem produzido indivíduos que não possuem apreço e respeito à vida. A violência não tem como autores somente criminosos de classes excluídas, existem pessoas de camadas sociais elevadas que promovem deploráveis atos dessa natureza. O valor moral além de ser um instrumento
  • indispensável para o bom funcionamento da sociedade e integração dos indivíduos nela, também significa respeito à vida. À nossa vida e à vida das pessoas ao nosso redor. Fazendo referência à violência, nos deparamos diariamente, em nosso contexto educacional, com situações nas quais a ausência de valores é explicita. Convivemos com crianças extremamente intolerantes, agressivas, impacientes, e tudo isto dificulta as relações interpessoais dos alunos com alunos e até mesmo dos alunos com os demais integrantes da escola. Dentro deste contexto, desenvolveremos este projeto na perspectiva de resgatar e até mesmo formar valores que são essenciais para o convívio, trazendo para o nosso dia a dia, uma convivência pacífica entre as crianças. Objetivos: 1- Geral: resgatar valores essenciais à convivência entre os alunos. 2- Específicos:  Compreender o conceito do termo VALORES e sua importância para o estabelecimento da paz na escola;  Estimular a convivência amigável entre os alunos;  Resgatar a importância das virtudes para a construção da cidadania e da autonomia;  Sensibilizar os alunos sobre a importância de uma boa convivência que gera um ambiente agradável na sala de aula e na escola;  Desenvolver reflexões sobre ações corriqueiras;  Melhorar a disciplina na sala de aula;  Criar o regulamento do recreio; 2. PALAVRAS-CHAVE Valores; paz; convivência; disciplina. 3. METODOLOGIA Este projeto será lançado para os alunos no dia 28 de abril, no momento do horário cívico. Inicialmente, será feita a apresentação para os alunos do que trata o projeto, sobre os seus objetivos, sua importância, dentre outras coisas. Será feita uma reflexão sobre o primeiro valor a ser trabalhado. Ao termino deste momento, os alunos retornarão à sala. Esta prática passará a ser rotina, ou seja, todas as segundas feira, antes do horário cívico, será feita uma reflexão sobre o valor a ser trabalhado durante aquela semana. Nos outros dias da semana, diariamente, cada sala terá um MENSAGEIRO DA PAZ, que logo no início do horário, visitará as outras turmas, realizando a leitura de uma reflexão sobre o tema da semana. Será elaborado um cronograma para que todas as turmas participem. As professoras ficam encarregadas de preparar seu aluno (juntamente com a reflexão) para a visita. No horário do recreio, por meio de rodízio, os mensageiros da paz farão uma observação atenta para o que está acontecendo e sempre que necessário, chamar alguém para resolver alguma situação que esteja acontecendo e que possa causar brigas, discussões, machucados. Os mensageiros da paz serão escolhidos pela professora. Além disso, em sala de aula, as professoras estarão sempre refletindo sobre o tema abordado. Ao final do projeto, realizaremos o DIA DA PAZ NA ESCOLA. 4. RESULTADOS ESPERADOS Resgatar valores que foram esquecidos e disseminar a paz na Escola. 5. INDICADORES Mudança de comportamento atingindo 70% da comunidade escolar. View slide
  • 6. ORÇAMENTO Descriminação (custeio) Quantidade Valor Valor Total R$ Individual R$ 02 resma 15,00 30,00 10 0,30 3,00 01 65,00 65,00 10 O,50 5,00 20 1,00 20,00 10 2,00 20,00 05 metros 1,00 5,00 5 unid 2,00 10,00 5 unid 3,00 15,00 03 folhas 3,50 10,50 12 coleções 3,00 36,00 12 coleções 5,00 60,00 04 unid 5,00 20,00 Total de Material de Consumo 299,50 Papel ofício Papel madeira Reabastecimento tonner Cartolina comum Cartolina guache/ color set EVA TNT Cola comum Cola de isopor isopor Lápis de cor Lápis hidrocor Pincel atômico 6.1 Descriminação (Pessoal) (Física/Jurídica) Quantidade Valor Valor Total R$ Individual R$ Total de Pessoal 6. 2 Descriminação (Capital) Quantidade Valor Valor Total R$ Individual R$ Total de Capital VALOR TOTAL DO PROJETO 299,50 FONTE(S) ORÇAMENTÁRIAS:PROMEM/PDDE 7. IMPACTOS  Mudança de comportamento dos alunos na Escola e, consequentemente na sociedade.  Melhoria das relações interpessoais na escola. 8. REFERÊNCIAS http://www.construirnoticias.com.br/asp/materia.asp?id=893 http://educador.brasilescola.com/orientacoes/os-valores-humanos-na-escola.htm http://afilosofia.no.sapo.pt/10valores.htm Mossoró/RN, 29 de abril de 2013. ___________________________________________ _________________________________ Assinatura do(a) Coordenador(a) do Projeto Assinatura do Diretor(a) __________________________________ Assinatura da Secretária View slide