ScrumBan

1,155 views
1,020 views

Published on

O poder do Scrum e Kanban juntos

Published in: Education
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,155
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
353
Actions
Shares
0
Downloads
14
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • ScrumBan

    1. 1. SCRUMBAN: O PODER DOSCRUM E KANBAN JUNTOS Heitor Roriz Filho, MSc, PMI-ACP, CST ¡Œ`1111
    2. 2. Como e porquê começa um processo de adoção Agile?
    3. 3. QUAIS OS BENEFÍCIOS PARA O NEGÓCIO? Higher Productivity Dr. Dobbs Journal - Junho 2008 Agile comparado com métodos traditionais
    4. 4. QUAIS OS BENEFÍCIOS PARA O NEGÓCIO? Higher Quality Dr. Dobbs Journal - Junho 2008 Agile comparado com métodos traditionais
    5. 5. QUAIS OS BENEFÍCIOS PARA O NEGÓCIO? Increased Business Satisfaction Dr. Dobbs Journal - Junho 2008 Agile comparado com métodos traditionais
    6. 6. CANSOU?Lower Cost ofDevelopment Dr. Dobbs Journal - Junho 2008 Agile comparado com métodos traditionais
    7. 7. AINDA NÃO?Lower Cost UK Media Organisation by: Forrester 2008 Total Economic Impact
    8. 8. SÓ MAIS UM...Reduced Critical Defects 4 Fortune 500 Companies by: Forrester Relatório Total Economic Impact de 2008
    9. 9. OK... ÚLTIMO!Faster to Market QSM Relatório Agile Impact de 2008
    10. 10. NEM SEMPRE O MAR ESTÁ PRA PEIXE...AGILE É CONTRA-INTUITIVO!!! “WE CANNOT SOLVE A PROBLEM WITH THE SAME THINKING WE USED WHEN WE CREATED THE PROBLEM” ALBERT EINSTEIN
    11. 11. O SEU TIME
    12. 12. O CASE DA BLUE ACORN•3 times de produção• 35 projetos em andamento•4 projetos novos• time-to-market essencial• orçamento anual em torno de USD 12 milhões• crescimento de mais de 300% em 1 ano
    13. 13. O PROBLEMA• falta de um processo interno de produção• heterogeneidade das 3 equipes• falta de alinhamento e comunicação entre vendas (comercial) e produção• pouca visibilidade executiva• sobrecarga das equipes e retrabalho
    14. 14. A SOLUÇÃO? Sprint Zero Inspection and Adaption•  Contracting Daily Scrum•  Team forming 24 hours•  Proof of concepts•  Necessary requirements gathering•  Necessary requirements Sprint Planning Inspection Sprint eliciting Sprint Subset of the PBL Backlog Review Retrospective Product or increment Release Planning Adapt in the Product Backlog next Sprint Review if necessary
    15. 15. A SOLUÇÃO? Sprint Zero Inspection and Adaption•  Contracting Daily Scrum•  Team forming 24 hours•  Proof of concepts•  Necessary requirements gathering•  Necessary requirements Sprint Planning Inspection Sprint eliciting Sprint Subset of the PBL Backlog Review Retrospective Product or increment Release Planning Adapt in the Product Backlog next Sprint Review if necessary
    16. 16. A SOLUÇÃO? Sprint Zero Inspection and Adaption•  Contracting Daily Scrum•  Team forming 24 hours•  Proof of concepts•  Necessary requirements gathering•  Necessary requirements Sprint Planning Inspection Sprint eliciting Sprint Subset of the PBL Backlog Review Retrospective Product or increment Release Planning Adapt in the Product Backlog next Sprint Review if necessary
    17. 17. A SOLUÇÃO? Sprint Zero Inspection and Adaption•  Contracting Daily Scrum•  Team forming 24 hours•  Proof of concepts•  Necessary requirements gathering•  Necessary requirements Sprint Planning Inspection Sprint eliciting Sprint Subset of the PBL Backlog Review Retrospective Product or increment Release Planning Adapt in the Product Backlog next Sprint Review if necessary
    18. 18. A SOLUÇÃO? Sprint Zero Inspection and Adaption•  Contracting Daily Scrum•  Team forming 24 hours•  Proof of concepts•  Necessary requirements gathering•  Necessary requirements Sprint Planning Inspection Sprint eliciting Sprint Subset of the PBL Backlog Review Retrospective Product or increment Release Planning Adapt in the Product Backlog next Sprint Review if necessary
    19. 19. EDWARD DEMING Do Plan Check Act
    20. 20. MAIS PROBLEMA...• Impossibilidade de acomodar todo o trabalho no ciclo PDCA• Atomicidade de algumas atividades• Falta de tempo para estimar• Pressão da entrega
    21. 21. O PODER DO SCRUM• autonomia aos times• disciplina• comprometimento• responsabilidade• auto-gerenciamento e auto-organização
    22. 22. O PODER DO KANBAN• acomodação de um fluxo contínuo ou mais dinâmico de atividades• aprendizado acelerado sobre o processo• visibilidade (executiva e operacional) The 2 pillars of the Toyota Production System are just-in-time and automation with a human touch or autonomation. The tool used to operate the system is kanban. Taiichi Ohno, 1962
    23. 23. LOCALIZANDO O SCRUM E O KANBAN Scrum XP Lean Maufacturing Agile Crystal DSDM
    24. 24. LOCALIZANDO O SCRUM E O KANBAN Kanban Scrum XP Lean Maufacturing Agile Crystal DSDM
    25. 25. UMA ADOÇÃO DO TIME, PELO TIME Planejado Em execução DoneScrumMaster ScrumMaster ScrumMaster Scrum Team Scrum Team Scrum Team
    26. 26. AS 3 PERSPECTIVASPlanejado Em execução Done Marketing e Vendas Equipes de desenvolvimento Diretoria e VP
    27. 27. O PODER DO SCRUMBAN Adoção menos dolorosa de Agile Acomodação de manutenção, suporte e desenvolvimento de novos produtos Utilização de um bom PO para gerenciamento do PBL Construção de um time de alto desempenho com o Scrum Inspeção e adaptação sistematizadas
    28. 28. O PODER DO SCRUMBAN Adoção menos dolorosa de Agile Acomodação de manutenção, suporte e desenvolvimento de novos produtos Utilização de um bom PO para gerenciamento do PBL Construção de um time de alto desempenho com o Scrum Inspeção e adaptação sistematizadas Staging Done Deployment To Review
    29. 29. RESULTADOS QUALITATIVOS• rápido aprendizado dos times: nivelamento• melhor visibilidade executiva dos produtos e processo• maior comprometimento das equipes• alinhamento entre marketing e produção• espírito de equipe
    30. 30. RESULTADOS QUANTITATIVOS• retrabalho: • incidência de bugs durante o processo produtivo • incidência de bugs após entrega• indicadores: • NPS (Net Promoter Score) após entrega • Grau de satisfação e felicidade do cliente
    31. 31. PRÓXIMOS PASSOS?
    32. 32. KANBAN IS EVOLUTIONSCRUM IS REVOLUTION!!! David Anderson, criador do Kanban
    33. 33. ?hroriz@massimus.com

    ×