Your SlideShare is downloading. ×
Os desafios da entrega contínua
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Os desafios da entrega contínua

327
views

Published on

Embora muitas pessoas nem mesmo saibam, estão usando práticas que nasceram no XP, só que com outra roupa, outra cara, um pouco mais fashion. Nessa palestra vamos falar de uma só, a integração contínua …

Embora muitas pessoas nem mesmo saibam, estão usando práticas que nasceram no XP, só que com outra roupa, outra cara, um pouco mais fashion. Nessa palestra vamos falar de uma só, a integração contínua e sua evolução, a entrega contínua (do Lean).
Vamos conversar sobre os desafios que envolvem essa prática, como preparar a sua equipe, seu produto e principalmente seu cliente para tudo ocorra com o mínimo trauma possível.

Published in: Education

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
327
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
3
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide
  • Como a maioria de todos os que lêem esse texto comecei minha carreira começou com programador. Comecei num tempo em que se comprava revistas e digitava o código todo no PC, apenas para ver um gorila jogando uma banana em outro, do outro lado da tela. Naquele tempo, sinceramente não me recordo de ouvir alguém falando de boas práticas, de código limpo ou de qualquer outra boa prática que temos hoje como verdade. Enfim, sou "das antigas". Assim, eu gerava código como um genuíno horse. Não me preocupava com a qualidade do que eu produzia, simplesmente produzia.
  • E com esse background eu fui contratado pela Produtec. Lá aprendi muito sobre programação. Mas principalmente vi um ambiente que refletia aquele meu histórico. E isso me incomodou profundamente. A maior prática que eles tinham até então era um simples controle de versionamento dos arquivos, com arquivos com lock durante o mês de desenvolvimento e só sendo liberados e reintegrados só no momento da liberação da build. Nem preciso falar dos problemas e do tempo que se tomava do momento do início da liberação até ela finalmente ser entregue ao cliente.
  • Free VCS, falar dos locks, da integraçãocomplexa, propriedadecoletiva do código.
  • E entãocomeçamos a fazerintegraçãocontínua. E só, nãopudemosavançarmais.
  • Haviammuitos bugs, a empresaqueria
  • Uma nova esperança, uma novacarreira
  • A proposta era quepudéssemosfazer as coisasqueacreditávamos, sembarreiras. Sóaceitaríamosprojetosquecoincidissem com nossascrenças.
  • Reuniões, overhead e demora no feedback.
  • Entãonóscomeçamos a enviaros apps para o TF. E nessemomento,começamos a ter beta tester funcionando.
  • Sai twitter e facebookEntra e-mail
  • Vídeodemonstrativo
  • Uma boa história de usuário é aonde as coisas começam. Se você vai começar a entregar histórias uma a uma essas histórias devem estar na granularidade adequada para tanto.
  • Scrum tem uma cerimônia perfeita para isso, o BacklogRefinement. Nessa cerimonia, o ProductOwner tem a oportunidade de revisar junto ao time as historias futuras, debatendo-as com quem realmente ira faze-las. Isso pode ocorrerem qualquer momento, sempre que o PO precisar e o time estiver disponível. Para esse momento devem estar presentes o PO, o Scrum Master e o time. O Scrum Master sempre está presente, pois é de sua responsabilidade facilitar as cerimonias.
  • Transcript

    • 1. Os desafios da entrega contínua@JulianoRibeiro
    • 2. Do que falaremos?HistóriaEstóriasMais históriasComo eu faço CDDo que eu preciso?Questionamentos?
    • 3. Era umavez, umaempresa emMaringá…
    • 4. Enfim, eu era mais um horse
    • 5. Programação “estruturada”
    • 6. Era hora de evoluir…
    • 7. Subversion
    • 8. Hudson
    • 9. Testes? Ainda não
    • 10. A saída da empresa
    • 11. E então nasceu a…
    • 12. HappinessApp
    • 13. O que adotamos no início?
    • 14. Era hora de evoluir…
    • 15. TestFlight
    • 16. Sprint 12
    • 17. Sprint 14
    • 18. Legal, ótimashistórias,mas qual oponto?
    • 19. Uma boa estória
    • 20. Backlog Refinement
    • 21. Product OwnerProduct ChampionCliente
    • 22. PO Fênix
    • 23. Quais são os passos então?• Tecnologia é suporte– Controle de Versão: SVN, GIT…– Build Contínuo: Jenkins, Hudson…– Ferramentas de Teste: JUnit, OCUnit…• Workshop de escrita de histórias• Refinamento de Backlog• Ferramentas de feedback: TestFlight (iOS)
    • 24. Sim, temtecnologiamas o ponto éFEEDBACK!
    • 25. Agile ManifestoColaboração como clienteNegociação deContratosSoftware emfuncionamentoIndivíduos e interaçõesDocumentaçãoAbrangenteProcessos eFerramentasResponder a mudanças Seguir umplano
    • 26. Obrigado@JulianoRibeirojuliano@massimus.comwww.julianoribeiro.com.br

    ×