Guia prático para uso em Blitz Postural:

Ergonomia para usuários de computador: (BRANDMILLER, 1999)

Vamos começar pela m...
encosto, o ângulo é maior que 90 graus distribuem-se as forças de compressão pela
coluna, causando menos danos a coluna lo...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Guia de Blitz postural

1,103 views
1,002 views

Published on

Criei este Guia para ser utilizado durante uma Blitz postural junto com o trabalhador. Após a intervensão, o aluno consegue facilmente relembrar visualizando o Guia, o que foi dito pelo professor. Os tópicos foram escolhidos para da melhor maneira esclarecer como pode ser distribuído os elementos no posto de trabalho, sem sobrecarregar de informações. A partir dos tópicos os professores conseguem desenvolver uma boa conversa na Blitz Postural. Essa Blitz pode durar de meia até uma hora, dependendo das dúvidas e necessidades do trabalhador.

Published in: Health & Medicine
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,103
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
13
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Guia de Blitz postural

  1. 1. Guia prático para uso em Blitz Postural: Ergonomia para usuários de computador: (BRANDMILLER, 1999) Vamos começar pela mesa: - Os objetos mais utilizados devem estar mais próximos do usuário. Para evitar movimentos extremos, que necessitem alongamentos, torções em excesso ou repetitivos. - As bordas frontais arredondadas, para não comprimir os músculos e vasos sanguíneos. - Cotovelo apoiado na mesa, antebraço paralelo ao chão. - Quando for movimentar o mouse, movimente somente o mouse e não o punho, evitando fazer movimentos para os lados com o punho. - Teclado e mouse no mesmo plano. Teclado: -Altura do teclado na altura da linha do cotovelo. Mãos, punhos, antebraços, os ombros ficam relaxados. -Movimente os braços na linha do teclado e do mouse em posição neutra, evite flexionar ou estender os punhos. Muito tempo nessas posições provoca dores e dormências. Cadeira: - Apoio do peso do corpo sobre os ísquios. São os seus pés quando está sentado. - Borda da frente arredondada para evitar compressão das artérias, vasos, nervos e tendões que passam por trás do joelho. - Angulação da cadeira maior que 90 graus. Para melhor comodidade da coluna, nos desenhos mostram a angulação da coluna na cadeira. Quando a angulação do encosto na cadeira é igual a 90 graus, as forças compressivas sobrecarregam a lombar, e quando no
  2. 2. encosto, o ângulo é maior que 90 graus distribuem-se as forças de compressão pela coluna, causando menos danos a coluna lombar. -Ter apoio para os antebraços, sem apoio os músculos do ombro precisam realizar um esforço permanente para sustentá-los. Porém observar se os apoios não impedem que a cadeira “entre” em baixo da mesa no momento de digitar ou escrever. - Mantenha os pés apoiados no chão ou use um descanso para os pés. Alinhe os joelhos aos tornozelos. Monitor: - A medida mais fácil de medir a distância é a medida do comprimento do braço. -Não torcer o pescoço. -Monitor não deve estar nem muito alto, nem muito baixo. errado Iluminação: - Reflexo da tela pode causar postura incorreta e dor nos olhos. -A Iluminação deverá ser uniformemente distribuída, geral e difusa, a fim de evitar ofuscamento, reflexos incômodos, sombras e contrastes excessivos. Para cada serviço específico o Ministério do Trabalho e Emprego estabelece níveis mínimos de iluminação a serem observados (GONÇALVEZ, 2000). O ideal é variar ao máximo a postura durante o trabalho, assim nenhuma articulação, músculo ou tendão se gastará em excesso (BRANDIMILLER, 1999). Modifique o encosto da cadeira é de tempos em tempos Faça pausas durante o dia. Tente adaptar o seu ambiente de trabalho visando reduzir ou eliminar o desconforto físico e a fadiga, proporcionando conforto, segurança e eficiência do trabalho segundo estudo em 2002 de Picoli & Guastelli. Alguns cuidados básicos devem ser levados em conta para melhorar o posto de trabalho, e evitar que o trabalhador seja obrigado a se ausentar. BRADIMILLER, P,A. O corpo no trabalho: guia de conforte e saúde para quem trabalha em microcomputadores. São Paulo: Senac, 1999. GONÇALVES, E.A. Manual de segurança e saúde no trabalho. São Paulo: Ltr,2000. PICOLI, E, B. GUASTELLI, C.R. Ginástica Laboral para cirurgiões dentistas. São Paulo: Phorte, 2002. Juliana Soares Botelho www.jsbotelho.blogspot.com

×