13/09/2011                           UFG           Instituto de Ciências Biológicas ICB                                   ...
13/09/2011                    3- FUNÇÕES                                                            3- FUNÇÕES            ...
13/09/20115- ORGANIZAÇÃO DO MÚSCULO ESTRIADO ESQUELÉTICO                                  5- ORGANIZAÇÃO DO MÚSCULO       ...
13/09/2011                6- CLASSIFICAÇÃO                                                    6- CLASSIFICAÇÃO            ...
13/09/2011            Somáticas Fibraseferentes                 Musc. Liso            Viscerais   Musc. Cardíaco          ...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Aula 5 de Anatomia : sistema muscular

9,890

Published on

Aula de anatomia veterinária sobre o sistema muscular. (favor visualizar em tela cheia) :)

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
9,890
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
165
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Aula 5 de Anatomia : sistema muscular

  1. 1. 13/09/2011 UFG Instituto de Ciências Biológicas ICB 1- ETMOLOGIA E CONCEITO Medicina Veterinária Anatomia dos animais domésticos Miologia – do grego “mys” = músculo “logia” = ciência, estudo Miologia Miologia ramo da ciência que estuda os músculos MSc. Prof. MSc. Daniel Barbosa da Silva 1- ETMOLOGIA E CONCEITO 2- CONSIDERAÇÕES INICIAIS Célula muscular = FIBRA MUSCULARMúsculos Propriedades da fibra muscular Condutividade Forma Contratilidade Locomoção Elasticidade Sustentação Excitabilidade Belgian Blue Curiosidade: esta raça apresenta deficiência da “miostatina” que é um regulador negativo da miogênese, podendo acarretar a duplicação do número de fibras musculares. 1
  2. 2. 13/09/2011 3- FUNÇÕES 3- FUNÇÕES Estabilização das articulações Locomoção Paredes de cavidades (Ex. abdominal) Movimentação das partes do corpo (cabeça, Comercialmente: carne pescoço, olho, pele, etc.) Produção de calor (tremores) 4- Tipos de tecido muscular Músculo estriado esquelético - células cilíndricas longas e multinucleadas (núcleo periférico) - localização: Junto ao esqueleto - contração rápida e voluntária Músculo estriado cardíaco - células alongadas, ramificadas, com 1 ou 2 núcleos centrais - localização: coração - contração rápida e involuntária Músculo liso - células fusiformes, sem estrias transversais e com 1 núcleo central - localização: vísceras e vasos sangüíneos e linfáticos - contração lenta e involuntáriaEndomísio – envolve cada fibra muscularPerimísio – envolve um fascículo (feixe) de fibras musculares Epimísio – envolve todo o ventre muscular 2
  3. 3. 13/09/20115- ORGANIZAÇÃO DO MÚSCULO ESTRIADO ESQUELÉTICO 5- ORGANIZAÇÃO DO MÚSCULO ESTRIADO ESQUELÉTICO Porções do músculoa) - ventre muscular: É parte carnosa e média b.2) aponeurose muscular: . formato de lâmina - origem e inserção muscular (largas e finas) . constituição: tecidob) anexos musculares fibrosos: fibrosob.1) tendão: . fixa o músculo ao osso . correspondem às extremidades . formato de fita (cilíndrico) b.3) fáscia muscular: . constituição: tecido fibroso . epimísio . fixa o músculo ao osso . constituição: tecido fibroso . bainha elástica de contenção Ventre muscular Aponeurose muscular Tendão muscular5- ORGANIZAÇÃO DO MÚSCULO ESTRIADO ESQUELÉTICOb.4) anexos musculares sinoviais: Bolsa Sinovial- estrutura que se interpõe entre tendão e osso- saco de tecido conjuntivo- preenchido por líquido Bainha Sinovial- revestimento do tendão em locais de contato extenso com osso - cavidade preenchida por líquido Bolsa sinovial Bainha sinovial 6- CLASSIFICAÇÃO 6- CLASSIFICAÇÃO a) Quanto à disposição das fibras musculares b) Quanto à forma a) fibras paralelas a) longo – comprimento maior que a largura e espessura b) fusiforme – fibras convergentes para as extremidades c) penada – fibras oblíquas em relação ao tendão b) largo – comprimento e largura maiores que a espessura a b Penado a) Músculo longo b) Músculo largo 3
  4. 4. 13/09/2011 6- CLASSIFICAÇÃO 6- CLASSIFICAÇÃO d) Quanto ao número de ventres musculares a) digástrico – 2 ventres musculares c) Quanto ao número de origens b) poligástrico – mais de 2 ventres musculares a) bíceps – 2 origens (2 cabeças) b) tríceps – 3 origens (3 cabeças) c) quadríceps – 4 origens (4 cabeças) b a 6- CLASSIFICAÇÃO 6- CLASSIFICAÇÃO e) Quanto ao número de inserçõesa) monocaudado – 1 inserção (1 tendão de inserção)b) bicaudado – 2 inserções (2 tendões de inserção) f) Quanto à funçãoc) policaudado – mais de 2 inserções (mais de 2 tendões de inserção) a) agonista – músculo ou grupo de músculos que provocam o movimento desejado c b) antagonista – músculo ou grupo de músculos que diretamente se opõem ao movimento desejado,seja para regular a rapidez ou potência de ação deste agonista b a 6- CLASSIFICAÇÃO f) Quanto à função g) Quanto à ação A) flexores e extensores – ação de flexionar /extender a c) sinergista – auxilia no movimento desejado provocado articulação; pelo agonista eliminando algum movimento indesejado B) adutores e abdutores – ação de aduzir / abduzir a articulação; d) fixador – estabiliza as articulações ou parte delas, C) pronadores e supinadores – ação de rotador medial / mantendo assim, a postura ou posição durante ação do rotador lateral. agonista 4
  5. 5. 13/09/2011 Somáticas Fibraseferentes Musc. Liso Viscerais Musc. Cardíaco SNA Glândulas Fim! 5

×