[DIGITE O NOME DA EMPRESA]                     [Digite o título do                       documento]                    [Di...
PrefeitoJosé Camilo Zito dos Santos FilhoVice-PrefeitoJorge da Silva AmorelliSecretária Municipal de EducaçãoRoseli Ramos ...
MÓDULO IIAPOSTILA DE MATEMÁTICA     9º ANO (2011)
MÓDULO II                                            Orientações Pedagógicas                                             L...
MÓDULO II                                                 Orientações Pedagógicas                                         ...
MÓDULO II                                          Orientações Pedagógicas                                           LÍNGU...
MÓDULO II                                                  Orientações Pedagógicas                                        ...
MÓDULO II                                              Orientações Pedagógicas                                            ...
MÓDULO II                                               Orientações Pedagógicas                                           ...
MÓDULO II                                                   Orientações Pedagógicas                                       ...
MÓDULO II                                                  Orientações Pedagógicas                                        ...
MÓDULO II                                                Orientações Pedagógicas                                          ...
MÓDULO II                                             Orientações Pedagógicas                                             ...
MÓDULO II                                             Orientações Pedagógicas                                             ...
MÓDULO II                                              Orientações Pedagógicas                                            ...
MÓDULO II                                              Orientações Pedagógicas                                            ...
MÓDULO II                                                Orientações Pedagógicas                                          ...
MÓDULO II                                                               Orientações Pedagógicas                           ...
MÓDULO II                                               Orientações Pedagógicas                                           ...
MÓDULO II                                                  Orientações Pedagógicas                                        ...
MÓDULO II                                             Orientações Pedagógicas                                             ...
MÓDULO II                                              Orientações Pedagógicas                                            ...
MÓDULO II                                                Orientações Pedagógicas                                          ...
MÓDULO II                                               Orientações Pedagógicas                                           ...
MÓDULO II                                             Orientações Pedagógicas                                             ...
MÓDULO II                                                   Orientações Pedagógicas                                       ...
MÓDULO II                                              Orientações Pedagógicas                                            ...
MÓDULO II                                             Orientações Pedagógicas                                             ...
MÓDULO II                                             Orientações Pedagógicas                                             ...
MÓDULO II                                               Orientações Pedagógicas                                           ...
MÓDULO II                                               Orientações Pedagógicas                                           ...
MÓDULO II                                             Orientações Pedagógicas                                             ...
MÓDULO II                                             Orientações Pedagógicas                                             ...
MÓDULO II                                              Orientações Pedagógicas                                            ...
MÓDULO II                                               Orientações Pedagógicas                                           ...
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir

34,422

Published on

6 Comments
8 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
34,422
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
870
Comments
6
Likes
8
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir"

  1. 1. [DIGITE O NOME DA EMPRESA] [Digite o título do documento] [Digite o subtítulo do documento] [Digite o nome do autor] [Escolha a data][Digite aqui o resumo do documento. Em geral o resumo é uma breve descrição do conteúdo do documento.Digite aqui o resumo do documento. Em geral o resumo é uma breve descrição do conteúdo do documento.]
  2. 2. PrefeitoJosé Camilo Zito dos Santos FilhoVice-PrefeitoJorge da Silva AmorelliSecretária Municipal de EducaçãoRoseli Ramos Duarte FernandesAssessora EspecialÂngela Regina Figueiredo da Silva LomeuDepartamento Geral de Administração e Recursos EducacionaisAntonio Ricardo Gomes JuniorSubsecretaria de Planejamento PedagógicoMyrian Medeiros da SilvaDepartamento de Educação BásicaMariângela Monteiro da SilvaDivisão de Educação Infanto-JuvenilHeloisa Helena Pereira Coordenação Geral Bruno Vianna dos Santos Ciclo de Alfabetização Beatriz Gonella Fernandez Luciana Gomes de Lima Coordenação de Língua Portuguesa Luciana Gomes de Lima Elaboração do Material - 4º Ano de Escolaridade Beatriz Gonella Fernandez Ilma Gonçalves da Silva Ledinalva Colaço Luciana Gomes de Lima Simone Regis Meier Elaboração do Material - 8º Ano de Escolaridade Lilia Alves Britto Luciana Gomes de Lima Marcos André de Oliveira Moraes Roberto Alves de Araujo Ledinalva Colaço Coordenação de Matemática Bruno Vianna dos Santos Elaboração do Material - 4º Ano de Escolaridade Bruno Vianna dos Santos Claudia Gomes Araújo Fabiana Rodrigues Reis Pacheco José Carlos Gonçalves Gaspar Elaboração do Material - 8º Ano de Escolaridade Bruno Vianna dos Santos Claudio Mendes Tavares Genal de Abreu Rosa José Carlos Gonçalves Gaspar Marcos do Carmo Pereira Paulo da Silva Bermudez Design gráfico Diolandio Francisco de Sousa Todos os direitos reservados à Secretaria Municipal de Educação de Duque de Caxias
  3. 3. MÓDULO IIAPOSTILA DE MATEMÁTICA 9º ANO (2011)
  4. 4. MÓDULO II Orientações Pedagógicas LÍNGUA PORTUGUESA 5º ANO (2010) Duque de Caxias – RJ 2011PROJETO (CON)SEGUIR – MÓDULO 2 – 5º ANO 2 LÍNGUA PORTUGUESA - 2011
  5. 5. MÓDULO II Orientações Pedagógicas LÍNGUA PORTUGUESA 5º ANO (2010) Caro monitor, Apresentamos as Orientações Pedagógicas referentes ao Módulo II - Apostila de Língua Portuguesapara as turmas de 5º ano de escolaridade da Rede Municipal de Educação de Duque de Caxias. Bem como no primeiro módulo, neste material pretendemos focalizar as habilidades e competênciasrelativas à proficiência leitora de nossos alunos, de acordo com os Parâmetros Curriculares Nacionais em LínguaPortuguesa e com a Matriz de Referência da Prova Brasil. Este material traz 84 questões no formato múltipla escolha, nas quais são apontadas as habilidadesa serem mensuradas. As questões apresentam-se no seguinte formato: • Texto • Enunciado • 4 alternativas, sendo uma delas o gabarito e as outras três, distratores (respostas erradas) • Tópico e Descritor da Matriz de Referência da Prova Brasil (conteúdo de Língua Portuguesarelativo à competência leitora e a habilidades em relação à leitura) a ser mensurados • Comentários sobre os distratores do enunciado • Sugestão de possíveis intervenções Em anexo, seguem sugestões de atividades extas e a lista dos textos que estão presentes nestasOrientações As questões aqui apresentadas devem ser trabalhadas, não necessariamente na ordem em queestão organizadas, mas de acordo com o resultado obtido pelos alunos na Avaliação Diagnóstica, de modo queeles experimentem, no desenvolvimento dos itens, as habilidades relativas à leitura em que ainda apresentamdificuldade. Estude o material, planeje o desenvolvimento das atividades, explore oralmente, por meio de debatese conversas, o conhecimento prévio dos alunos acerca do tema a ser tratado nos textos, do gênero em que essestextos se organizam, do significado de palavras e expressões que nele constam, do seu autor, do suporte em quesão veiculados, de sua finalidade e estrutura. Procure levar os alunos a refletir sobre a adequação da linguagem em função da intençãocomunicativa, do contexto e dos interlocutores a quem o texto se dirige; sobre a utilização dos recursos coesivosoferecidos pelo sistema de pontuação e pela introdução de conectivos mais adequados à linguagem escrita; esobre o fato de o texto ser um todo significativo e poder ser segmentado em versos, no caso dos poemas, emfrases e parágrafos, nos textos em prosa, com vistas à continuidade de sentido do texto. Continuamos a contar com sua imprescindível contribuição para o desenvolvimento de uma práticapedagógica profícua e prazerosa. Equipe Projeto (CON)SEGUIR PROJETO (CON)SEGUIR – MÓDULO 2 – 5º ANO 3 LÍNGUA PORTUGUESA - 2011
  6. 6. MÓDULO II Orientações Pedagógicas LÍNGUA PORTUGUESA 5º ANO (2010) TÓPICO I PROCEDIMENTOS DE LEITURAPROJETO (CON)SEGUIR – MÓDULO 2 – 5º ANO 4 LÍNGUA PORTUGUESA - 2011
  7. 7. MÓDULO II Orientações Pedagógicas LÍNGUA PORTUGUESA 5º ANO (2010) Tópico I Procedimento de leituraD1 - Localizar informações explícitas do texto Esta é uma habilidade básica na compreensão leitora do texto: a identificação de informações que estãoclaramente apresentadas no texto. Trata-se de localização de informação explícita, claramente identificável, o quepermite avaliar se o estudante é capaz de localizar a informação, sem o auxílio de informação concorrente notexto.D3 – Inferir o sentido de uma palavra ou expressão O grau de familiaridade com uma palavra depende da frequência de convivência com ela, que, por sua vez,está ligada à intimidade com a leitura, de um modo geral, e, por conseguinte, à frequência de leitura de diferentesgêneros discursivos. Por isso, a capacidade de inferir o significado de palavras – depreensão do que está nas entrelinhas dotexto, do que não está explícito – evita o sério problema que se constitui quando o leitor se depara com um grandenúmero de palavras cujo significado desconhece, o que interfere na leitura fluente do texto. Assim, a inferêncialexical – recobrir o sentido de algo que não está claro no texto – depende de outros fatores, tais como: contexto,pistas linguísticas, para haver compreensão.D4 – Inferir uma informação implícita em um texto Da mesma forma que se depreende o sentido implícito de uma expressão, há uma complexidade um poucomaior quando se pensa em inferência de informações. Este descritor requer do leitor uma capacidade de construir a informação que está subjacente ao texto,partindo do contexto e das pistas linguísticas que o texto oferece. Trata-se, na verdade, do desvendamento do queestá subjacente, posto que há um balanceamento entre as informações de superfície do texto e aquelas que serãoresgatadas nas entrelinhas do texto. Não é possível explicitar 100% as informações, sejam elas quais forem. Porisso, pode-se dizer que existem graus diferentes de implicitudes do texto.D6 - Identificar o tema de um texto Constitui-se em competência básica na compreensão do texto, pois trata do reconhecimento do tópicoglobal do texto, ou seja, o leitor precisa transformar os elementos dispostos localmente em um todo coerente.D14 - Distinguir um fato da opinião relativa a este fato Dois conceitos são importantes neste descritor: fato e opinião relativa ao fato. O primeiro – fato – algo queaconteceu (acontece), está relacionado a algo real, quer no mundo “extratextual”, quer no mundo textual. Já aopinião é algo subjetivo, quer no mundo real, quer no mundo textual, que impõe, necessariamente, uma posiçãodo locutor do texto. Este é um descritor bastante importante, porque indica uma proficiência crítica em relação àleitura: a de diferenciar informação de uma opinião sobre algo. É preciso ressaltar que, frente aos objetivos da avaliação a que estes descritores estão ligados, osprocedimentos de leitura dizem respeito à localização e à identificação das informações. Língua Portuguesa: orientações para o professor, SAEB/Prova Brasil, 4ª série/5º ano, ensino fundamental. rasília: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2009. PROJETO (CON)SEGUIR – MÓDULO 2 – 5º ANO 5 LÍNGUA PORTUGUESA - 2011
  8. 8. MÓDULO II Orientações Pedagógicas LÍNGUA PORTUGUESA 5º ANO (2010)01) LEIA O TEXTO: JOVENS ARGENTINOS CHEGAM A CAXIAS PARA INTERCÂMBIO CULTURAL O Programa de Intercâmbio Cultural Internacional é uma iniciativa do Colégio Carlos Gomes, que tem parceria da Prefeitura e da Escola Modelo de Educacion Integral (EMEI), da Patagônia. Os alunos argentinos que vem a Duque de Caxias ficam hospedados nas dependências do Colégio, que propicia o acolhimento com o apoio da Secretaria de Cultura, e participam de passeios culturais conhecendo 5 monumentos e um pouco da história do município e do estado do Rio de Janeiro. Através do programa, jovens do ensino médio e da rede municipal de Duque de Caxias vão a Patagônia onde conhecem a região e os costumes do país vizinho. Um dos contemplados com o projeto é o aluno Jeferson dos Santos, 13 anos, estudante da Escola Municipal Eulina Pinto Barros e que retornou recentemente da Patagônia, onde permaneceu por 15 dias. Jeferson é autor de um livro sobre a 10 história do bairro Nossa Senhora do Carmo, onde reside.O texto permite afirmar que o intercâmbio cultural é uma iniciativa do Colégio Carlos Gomes e tem a parceria(A) do bairro de Nossa Senhora do Carmo.(B) da Prefeitura e da Escola Modelo de Educacion Integral.(C) do estado do Rio de Janeiro.(D) da Escola Municipal Eulina Pinto de Barros. TÓPICO I – PROCEDIMENTOS DE LEITURA DESCRITOR D1 – Localizar informações explícitas em um texto GABARITO: B DISTRATORES: A opção (A) indica o bairro onde o aluno Jeferson reside, a alternativa (C) aponta o local onde acontecem os passeios culturais e a letra (D), a escola onde estuda o aluno Jeferson. Logo, essas alternativas não estão corretas. ORIENTAÇÕES: Uma boa alternativa para que os alunos compreendam o conteúdo de cada uma das alternativas representa no texto é destacá-los e convidar os alunos a buscar a que eles fazem referência no texto. Esse trabalho deve ser realizado sempre que possível e em todos os gêneros trabalhados. PROJETO (CON)SEGUIR – MÓDULO 2 – 5º ANO 6 LÍNGUA PORTUGUESA - 2011
  9. 9. MÓDULO II Orientações Pedagógicas LÍNGUA PORTUGUESA 5º ANO (2010)02) LEIA O TEXTO: RECEITA PARA ESPANTAR TRISTEZA Faça uma careta e mande a tristeza pra longe pro outro lado do mar ou da lua 5 vá para o meio da rua e plante bananeira faça alguma besteira depois estique os braços apanhe a primeira estrela e procure o melhor amigo 10 para um longo e apertado abraço. Roseana Murray http://recantodasletras.uol.com.br/resenhasdelivros/393809Para espantar a tristeza, mande-a para(A) o meio da rua.(B) longe.(C) cima da bananeira.(D) as estrelas. TÓPICO I – PROCEDIMENTOS DE LEITURA DESCRITOR D1 – Localizar informações explícitas em um texto. GABARITO: B DISTRATORES: A alternativa (A) está incorreta porque quem deve ir para o meio da rua é o leitor e não a tristeza. A opção (B) não está certa, pois é sugerido que, para espantar a tristeza, dentre outras coisas, o leitor deve plantar bananeira e não que se deva mandar a tristeza para cima da bananeira. A opção (C) está incorreta, pois nessa alternativa há orientação de se pegar uma estrela, mas não de se mandar a tristeza para as estrelas. ORIENTAÇÕES: Monitor, antes de ler o texto, converse um pouco com os alunos sobre os estados de humor que nós seres humanos podemos ter: alegria, tristeza, saudade, raiva, medo etc. Faça uma roda de conversa com eles para saber o que cada um faz para mandar embora a tristeza. Se possível, registre na lousa. É importante ressaltar que, apesar de o texto ter uma estrutura de receita, trata-se de um poema. Seria interessante discutir com os alunos quais características diferem esses dois gêneros. Ler o texto várias vezes também faz com que os alunos compreendam a coesão das ideias presentes nos versos que o compõem, portanto é importante que você, monitor, faça a leitura diversas vezes, ressaltando diversos pontos do texto e ajudando o aluno a compreendê-lo, o que é explícito e o que está subentendido. Para que isso ocorra de forma mais prazerosa e objetiva, utilize as alternativas incorretas para auxiliar o aluno na compreensão do texto. PROJETO (CON)SEGUIR – MÓDULO 2 – 5º ANO 7 LÍNGUA PORTUGUESA - 2011
  10. 10. MÓDULO II Orientações Pedagógicas LÍNGUA PORTUGUESA 5º ANO (2010)03) LEIA O TEXTO: TANTA TINTA Ah! Menina tonta, toda suja de tinta mal o sol desponta! (Sentou-se na ponte 5 muito desatenta... E agora se espanta: Quem é que a ponte pinta com tanta tinta?...) A ponte aponta 10 e se desaponta. A tontinha tenta limpar a tinta, ponto por ponto e pinta por pinta... 15 Ah! A menina tonta! Não viu a tinta na ponte! Cecília Meireles http://mundo-dos-textos.blogspot.com/search/label/Cec%C3%ADlia%20MeirelesA menina ficou suja de tinta porque(A) se sentou na ponte.(B) passou pela ponte.(C) pintou a ponte.(D) limpou a ponte. TÓPICO I – PROCEDIMENTOS DE LEITURA DESCRITOR D1 – Localizar informações explícitas em um texto. GABARITO: A DISTRATORES: A opção (B) não pode ser a resposta correta. Embora esteja implícito que a menina tenha passado pela ponte, o texto não relata esse momento e nem o associa ao fato de a menina ter se sujado. O conteúdo expresso na opção (C) também não é mencionado no texto. Percebe-se, também implicitamente que a ponte foi pintada em algum momento, porém não é relatado que a menina o tenha feito. A opção (D) também não é a correta, porque não há indícios no texto de que a menina limpara a ponte em algum momento. ORIENTAÇÕES: Como esse texto pertencente ao gênero poema, é interessante trabalharmos a sua formatação, mostrarmos sua divisão em estrofes, contarmos quantos versos possui cada uma delas. Pode-se também promover uma discussão sobre o que aconteceu com a menina depois que ficou suja de tinta. O que ela fez para resolver esse problema? Foi para casa assim mesmo? Qual foi a reação das pessoas. No final da discussão pode-se propor a produção textual das ideias relatadas pelos alunos. PROJETO (CON)SEGUIR – MÓDULO 2 – 5º ANO 8 LÍNGUA PORTUGUESA - 2011
  11. 11. MÓDULO II Orientações Pedagógicas LÍNGUA PORTUGUESA 5º ANO (2010)04) LEIA O TEXTO: GUEPARDO DE 630g É ATRAÇÃO EM BERÇÁRIO DE ZOO Kiburi, um guepardo que nasceu há apenas 10 dias, no zoológico de San Diego, Estados Unidos, abriu os olhos pela primeira vez. O filhote despertou, tomou leite com o auxílio de uma mamadeira e logo voltou a dormir. Os visitantes podem conhecer o bebê guepardo, que tem apenas 5 630 gramas, no berçário do parque. http://colunas.globorural.globo.com/planetabicho/2010/11/25/guepardo-de-630g-e-atracao-em-bercario-de-zoo/O filhote de guepardo tomou o leite(A) dormindo.(B) junto com a mãe.(C) com a ajuda de uma mamadeira.(D) ao lado dos visitantes. TÓPICO I – PROCEDIMENTOS DE LEITURA DESCRITOR D1 – Localizar informações explícitas em um texto. GABARITO: C DISTRATORES: A opção (A) não é correta porque na linha 2 observamos que o filhote despertou antes de tomar o leite. A opção (B) também não correta porque o texto não faz referência à mãe do filhote em nenhum momento. E a letra (D) também não é o gabarito porque o texto não diz que os visitantes se aproximavam do guepardo e nem que estariam presentes no momento da mamada, apenas diz nas linhas 3 e 4 que os visitantes podem conhecer o filhote no berçário do parque. ORIENTAÇÕES: Monitor, ao apresentarmos um texto para os alunos, é importante discutir a que gênero tal texto pertence. Deixe que os alunos exponham suas ideias quanto a isso. Você pode ajudá-los a inferir tal informação dando dicas, falando sobre algumas características marcantes do gênero notícia presentes nesse texto. Também é interessante discutir o assunto do texto. Pergunte a eles se já viram tal animal (pela TV, pela internet, no zoológico), ou se ouviram falar dele. Se possível, leve para sala de aula outros textos, de gêneros diversos, que falem dos hábitos desse animal. Após a discussão sobre ele, seria interessante uma produção textual falando sobre o guepardo, ou até mesmo compará-lo (seus hábitos, suas características físicas e etc.) a outro animal, como por exemplo, o leão, com o qual terá muitas semelhanças, ou o bicho preguiça, com o qual as semelhanças terão menor incidência.05) LEIA O TEXTO: CAIXA MÁGICA DE SURPRESA Um livro é uma beleza, é caixa mágica PROJETO (CON)SEGUIR – MÓDULO 2 – 5º ANO 9 LÍNGUA PORTUGUESA - 2011
  12. 12. MÓDULO II Orientações Pedagógicas LÍNGUA PORTUGUESA 5º ANO (2010) só de surpresas. 5 Um livro parece mundo, mas nele a gente descobre tudo. Um livro 10 tem asas longas e leves que, de repente, levam a gente longe, longe. 15 Um livro é um parque de diversões cheio de sonhos coloridos, cheio de doces sortidos, cheio de luzes e balões. 20 Um livro é uma floresta com folhas e flores e bicos e cores. É mesmo uma festa, 25 um baú de feiticeiro, um navio pirata do mar, um foguete perdido no ar, é amigo e companheiro. Elias José http://mundo-dos-textos.blogspot.com/search/label/Elias%20Jos%C3%A9/O texto trata(A) dos problemas em ler um livro.(B) das cores dos livros.(C) dos cuidados com os livros.(D) das aventuras de ler um livro. TÓPICO I – PROCEDIMENTOS DE LEITURA DESCRITOR D6 – Identificar o tema de um texto. GABARITO: D DISTRATORES: A alternativa (A) não é mencionada no texto. Embora as aventuras possam ser consideradas como problemas, o texto não trata do que acontece quando lemos um livro ruim, não coloca características negativas no ato de ler. A opção (B), que trata da questão das cores dos livros, não é a alternativa correta, porque, embora na linha 27 fale que um livro pode ser cheio de cores, esse não é o contexto de todo o texto. A opção (C) não é mencionada em momento algum do texto. PROJETO (CON)SEGUIR – MÓDULO 2 – 5º ANO 10 LÍNGUA PORTUGUESA - 2011
  13. 13. MÓDULO II Orientações Pedagógicas LÍNGUA PORTUGUESA 5º ANO (2010) ORIENTAÇÕES: Monitor, faça com que os alunos percebam as rimas existentes entre os versos. Leia o texto quantas vezes forem necessárias e utilize todas as alternativas para que a resposta correta seja encontrada. Converse com os alunos sobre a magia existente na leitura, o quanto é divertido e prazeroso entrar em um mundo de fantasias proposto pelo autor do livro. Pergunte se algum deles já leu algum livro e se desejaria compartilhar a história do livro. Se quiser, proponha a escrita coletiva dessa história. Incentive os alunos a usar a biblioteca da escola. Se possível faça uma visita com eles mostrando a quantidade de livros e a diversidade de histórias que nela podemos encontrar.06) LEIA O TEXTO: QUE BANHO! Algumas aves, além de aproveitar a água para se limpar, tomam banho de poeira. Por isso, não estranhe se você vir pardais se agachando no chão e mexendo as patas e as asas até criar uma nuvem de pó. Acredite: eles estão se limpando: “Quanto mais sujos ficam, melhor. Dá a impressão de que poeira é sujeira e que deveria 5 sempre ser eliminada, mas, no caso dos pássaros, o pó é como se fosse um remédio preventivo contra parasitas”, conta César Ades, lembrando que também existem alguns tipos de peixes que tomam banho de lama. http://chc.cienciahoje.uol.com.br/noticias/2010/setembro/ta-limpoPara os pássaros, o pó(A) deveria ser eliminado.(B) é sujeira.(C) previne parasitas.(D) é banho de lama TÓPICO I – PROCEDIMENTOS DE LEITURA DESCRITOR D1 – Localizar informações explícitas em um texto. GABARITO: D DISTRATORES: A alternativa (A) não é a correta porque, segundo o texto, os pássaros consideram o pó como algo saudável, portanto, não deve ser eliminado. Já a alternativa (B) pode ser confundida com a correta, uma vez que para nós, humanos, poeira significa sujeira.. A alternativa (D) também pode gerar um conflito já que o banho de lama também é citado no texto, mas não como forma de os pássaros se limparem e sim dos peixes. ORIENTAÇÕES: Monitor, esse texto despertará o interesse de nossos alunos por se tratar de algo curioso e pouco comum. Aproveite para discutir alguns outros hábitos dos pássaros. Deixe que os alunos contem suas experiências e tire proveito delas para gerar discussões produtivas em sala de aula. É interessante também chamar a atenção dos alunos para o uso das aspas no texto. O que elas significam? Por que são utilizadas? O que representam no texto? Não se esqueça de ler o texto quantas vezes se fizer necessário para que sua compreensão ocorra da melhor forma possível pelos alunos. Como uma atividade complementar, que envolva a escrita, podemos propor a escrita de algum caso envolvendo pássaros contado por alguém da turma, ou então podemos espalhar cartazes pela escola informando aos demais alunos sobre os hábitos dos pássaros e a importância de preservá-los. PROJETO (CON)SEGUIR – MÓDULO 2 – 5º ANO 11 LÍNGUA PORTUGUESA - 2011
  14. 14. MÓDULO II Orientações Pedagógicas LÍNGUA PORTUGUESA 5º ANO (2010)07) LEIA O TEXTO: VACINA PELO NARIZ?!? Sabia que, nos Estados Unidos, a vacina que previne a gripe H1N1 vem em forma de spray, para ser aplicada no nariz? Tudo porque é recomendável que as vacinas sigam o caminho feito pelo vírus no corpo humano – e o H1N1 está no ar e entra no nosso organismo pelo... nariz! http://cienciahoje.uol.com.br/A vacina em forma de spray segue o mesmo caminho do vírus H1N1 porque(A) o vírus está no ar.(B) o vírus também entra pelo nariz.(C) é o único caminho possível.(D) ela é aplicada no nariz. TÓPICO I – PROCEDIMENTOS DE LEITURA DESCRITOR D1 – Localizar informações explícitas em um texto GABARITO: B DISTRATORES: A alternativa (A) é incorreta porque o enunciado nos remete a identificar o caminho que o vírus percorre, e esse caminho se refere à parte do corpo humano por onde ele passa, mais especificamente por onde ele entra, ou seja, pelo nariz. A alternativa (C) é incorreta, pois não há no texto informações sobre um único caminho possível. A opção (D) também é incorreta porque não menciona a razão de a vacina ser aplicada no nariz. ORIENTAÇÕES: Leia o texto com os alunos, explorando todas as informações que julgar importantes, volte ao texto quantas vezes se fizer necessário para que os alunos compreendam seu sentido global. Aproveite para conversar com eles sobre a forma de contágio da gripe suína, causada pelo vírus H1N1, e a necessidade de se manterem os hábitos de higiene, principalmente, o de lavar bem as mãos antes de comer algo, e ao chegar à casa. Discuta também sobre a importância de tomarmos todas as vacinas na época certa.08) LEIA O TEXTO: A VELHA E SUAS CRIADAS (Adaptação) Uma viúva econômica e zelosa tinha duas empregadas. As empregadas da viúva trabalhavam, trabalhavam e trabalhavam. 5 De manhã bem cedo tinham que pular da cama, pois sua velha patroa queria que começassem a trabalhar assim que o galo cantasse. As duas detestavam ter que levantar tão cedo, especialmente no inverno, e achavam que se o galo não acordasse a patroa tão cedo talvez pudessem dormir mais um pouco. Por isso, pegaram o galo e torceram seu pescoço. Mas não estavam preparadas para as consequências do que fizeram. Porque PROJETO (CON)SEGUIR – MÓDULO 2 – 5º ANO 12 LÍNGUA PORTUGUESA - 2011
  15. 15. MÓDULO II Orientações Pedagógicas LÍNGUA PORTUGUESA 5º ANO (2010) o resultado foi que a patroa, sem o despertador do galo, passou a acordar as criadas ainda mais cedo e punha as duas para trabalhar no meio da noite. Moral: Muita esperteza nem sempre dá certo. Christiane Angelotti (adaptação da fábula do Esopo) Fonte: http://www.abckids.com.br/verfabula.php?codigo=9As duas empregadas achavam que, se o galo não cantasse,(A) poderiam dormir um pouco mais.(B) a patroa acordaria mais cedo.(C) trabalhariam no meio da noite.(D) teriam que pular da cama. TÓPICO I – PROCEDIMENTOS DE LEITURA DESCRITOR D1 – Localizar informações explícitas em um texto GABARITO: A DISTRATORES: A alternativa (B) é incorreta, porque o fato de o galo não cantar fez as empregadas acreditarem que a patroa acordaria mais tarde e não mais cedo como diz a resposta e como realmente aconteceu no texto. A alternativa (C) está incorreta, porque no texto não está explícito que, para as empregadas, se o galo parasse de cantar, elas trabalhariam à noite, pelo contrário, achavam que conseguiriam dormir um pouco mais, já que a patroa não acordaria tão cedo. Já a alternativa (D) está incorreta, porque as empregadas não acreditavam que se o galo parasse de cantar elas teriam que pular da cama, pelo contrário, poderiam ficar nela um pouco mais. ORIENTAÇÕES: Monitor, leia o texto com os alunos, interpretando cada um dos parágrafos, para que os alunos percebam a coesão entre as ideias e a progressão do texto. Após a leitura, possibilite que os alunos falem sobre o que pensam a respeito dessa fábula. Procure orientá-los a respeito das possíveis consequências de nossos comportamentos e atitudes. Explique cuidadosamente o enunciado da questão, mostrando para os alunos o que se quer saber. Utilize todas as alternativas, sempre voltando ao texto, para que os alunos percebam qual alternativa é a correta. Faça com eles uma lista de afazeres domésticos. O que eles fazem em casa para ajudar seus pais e como é feito esse serviço. Deixe que eles elaborem a lista e, caso surja algum preconceito do tipo “trabalho doméstico não é coisa de meninos”, proponha uma discussão sobre isso.09) LEIA O TEXTO: PATO DONALD COMPLETA 60 ANOS E GANHA EXPOSIÇÃO EM SANTO ANDRÉ Em 2010, o pato mais mal-humorado dos quadrinhos assopra velinhas. Há 60 anos, em julho de 1950, chegava ao Brasil o primeiro exemplar do "Pato Donald", um dos maiores sucessos do mundo dos PROJETO (CON)SEGUIR – MÓDULO 2 – 5º ANO 13 LÍNGUA PORTUGUESA - 2011
  16. 16. MÓDULO II Orientações Pedagógicas LÍNGUA PORTUGUESA 5º ANO (2010) gibis. Para entrar no clima de festa, a Gibiteca de Santo André preparou uma exposição, com programação especial na abertura. 5 Além dos gibis do acervo da gibiteca, a mostra vai trazer revistinhas raras, como edições especiais e os primeiros números. A abertura será no próximo domingo (15), a partir das 9h, e trará uma série de atividades, como jogos de RPG, desenhos animados e jogos. Além disso, Paulo Maffia, responsável pela edição, pesquisa e seleção dos quadrinhos Disney, conversará com os fãs. E a festa não para por aí. Se o aniversário é do Pato Donald, quem pode acabar 10 levando um presente é você. Durante todo o dia, os participantes poderão participar de uma feira de troca de gibis. http://www1.folha.uol.com.br/folhinha/No trecho “Há 60 anos, em julho de 1950, chegava ao Brasil o primeiro exemplar do "Pato Donald", a expressãoem destaque faz referência a(A) um animal.(B) um gibi.(C) uma tirinha.(D) um filme. TÓPICO I - PROCEDIMENTOS DE LEITURA DESCRITOR D3- Inferir o sentido de uma palavra ou expressão GABARITO: B DISTRATORES: A expressão sublinhada diz respeito a um gibi, logo as opções (A), (C) e (D) estão incorretas. No entamnto a alternativa (A) pode confundir o aluno já que o nome do gibi faz referência ao animal pato, que é a personagem principal das histórias contidas no gibi. ORIENTAÇÕES: Monitor, caso os alunos não conheçam os gibis do Pato Donald, é interessante levar para a sala de aula esse e outros exemplares para que eles manuseiem e tenham acesso à leitura dessas histórias em quadrinhos. Você deve utilizar também outras palavras para desenvolver nos alunos a compreensão do sentido que algumas delas ganham de acordo com as circunstâncias em que o texto foi produzido e com a visão de mundo que cada um tem. Uma boa estratégia é a técnica de, após leitura feita, pelos alunos, que eles reflitam e compartilhem o que leram. Dessa forma, podem-se aproveitar as experiências que cada um traz, com o objetivo de explorar os diferentes significados que palavras ou expressões podem assumir.10) LEIA O TEXTO: CAPÔ DO CARRO É “CAMA” PREFERIDA DE MARIA GASOLINA A gata sem raça definida de Magali Machado, de São Paulo, adora dormir no capô do carro, que fica estacionado na garagem. Por conta do hábito inusitado, recebeu o apelido de Maria Gasolina. PROJETO (CON)SEGUIR – MÓDULO 2 – 5º ANO 14 LÍNGUA PORTUGUESA - 2011
  17. 17. MÓDULO II Orientações Pedagógicas LÍNGUA PORTUGUESA 5º ANO (2010) Além de deitar sobre o automóvel, ela também gosta de conversar. "É só eu aparecer na janela da garagem que ela tenta de toda forma pular dentro da minha sala pela grade", conta Magali. 5 Segundo a dona, é preciso muita habilidade para conseguir capturar o espírito "desinteressado" da gata sem que ela perceba. Do contrário, "lá vem ladainha de miados e chantagens para um bate-papo". http://www1.folha.uol.com.br/folhinha/20/08/2010O que deu origem ao apelido “Maria Gasolina” da gata foi(A) a mania de dormir na janela da garagem(B) a ladainha e os seus miados.(C) o hábito de dormir no capô do carro(D) a vontade de pular para dentro da sala TÓPICO I – PROCEDIMENTOS DE LEITURA DESCRITOR D1 – Localizar informações explícitas em um texto GABARITO: C DISTRATORES: As opções (A), (B) e (D) não oferecem pistas sobre o apelido da gata, visto que “Maria Gasolina” nos leva a fazer associação com carro. A única opção que aponta semanticamente para o nome da gata é a alternativa (C). ORIENTAÇÕES: Monitor, oriente o aluno a localizar as informações solicitadas seguindo as pistas fornecidas pelo próprio texto. Para chegar à resposta correta, o aluno deve ser capaz de retomar o texto, localizando, dentre outras informações, aquela que foi solicitada. Mais uma vez, ressaltamos que durante a leitura sejam exploradas todas as informações, até as que estão implícitas no texto. Realizar esses procedimentos no coletivo é uma maneira de incluir todos os alunos. Sabemos que é na interação com o outro que os sujeitos aprendem.11) LEIA O TEXTO: A CIGARRA E A FORMIGA (La Fontaine) Tendo a cigarra cantado durante o verão, Apavorou-se com o frio da próxima estação. Sem mosca ou verme para se alimentar, Com fome, foi ver a formiga, sua vizinha, pedindo-lhe alguns grãos para aguentar 5 Até vir uma época mais quentinha! "Eu lhe pagarei", disse ela, "Antes do verão, palavra de animal, Os juros e também o capital." A formiga não gosta de emprestar, 10 É esse um de seus defeitos. "O que você fazia no calor de outrora?" Perguntou-lhe ela com certa esperteza. "Noite e dia, eu cantava no meu posto, Sem querer dar-lhe desgosto." 15 "Você cantava? Que beleza! Pois, então, dance agora!" http://www.abckids.com.br/verfabula.php?codigo=9 PROJETO (CON)SEGUIR – MÓDULO 2 – 5º ANO 15 LÍNGUA PORTUGUESA - 2011
  18. 18. MÓDULO II Orientações Pedagógicas LÍNGUA PORTUGUESA 5º ANO (2010)“Sem mosca ou verme para se alimentar”, a cigarra(A) cantava no seu posto(B) não gostava de emprestar.(C) pediu alguns grãos a formiga.(D) perguntou com certa esperteza. TÓPICO I – PROCEDIMENTOS DE LEITURA DESCRITOR D1 – Localizar informações explícitas em um texto. GABARITO: C DISTRATORES: A alternativa (A) é incorreta, pois o texto nos diz que a cigarra seguiu cantando durante o verão, sem se importar se o seu alimento estava ou não acabando. A opção (B) também está incorreta, porque a personagem que não gostava de emprestar era a formiga e não a cigarra. O aluno que optar por (B) poderá tê-lo feito por não distinguir o papel das duas personagens. Por fim, a alternativa (D) não é certa porque não encontramos no texto pistas para perceber que, ao ficar sem alimento, a cigarra tinha por hábito fazer perguntas. ORIENTAÇÕES Antes de ler o texto, peça aos alunos para pesquisar no dicionário o conceito da palavra solidário, em seguida amplie o conhecimento fazendo uma roda de conversa sobre o tema solidariedade. Aproveite para conhecer um pouco sobre o que os alunos pensam sobre esse assunto e procure orientá-los acerca da importância de ajudar as pessoas quando for possível. Cite alguns casos verídicos que ganharam destaque na mídia. Leia o texto com os alunos, de forma minuciosa, explorando cada detalhe para que eles percebam a coesão entre as ideias. É importante também dizer-lhes que esse texto já foi escrito de forma diferente. Apesar de ser uma fábula, geralmente estruturada em prosa, aqui ele está escrito em versos. Seria interessante trazer para sala de aula o mesmo texto em prosa. Explique cuidadosamente o enunciado da questão e utilize, inclusive, as alternativas incorretas, para que os alunos compreendam melhor o texto. Não se esqueça de informar o nome do autor e a fonte de onde o texto foi retirado.12) LEIA O TEXTO SOBRE BOLINHOS DE CHUVA, PIPOCA E COMO OS SERES VIVOS SE TRANSFORMAM EM FÓSSEIS (Fragmento) No final da tarde de hoje, após longos dias de muito calor, veio a chuva. De início, apenas algumas grandes gotas, que, ao baterem no chão quente, viraram vapor. Em seguida, o barulho forte de pingos e mais pingos, que, repentinamente, transformaram o céu numa grande cachoeira esbranquiçada. Como veio, a chuva se 5 foi. A água escoou, infiltrou-se pela terra e tudo voltou devagarzinho à sua rotina. Gosto da chuva. Desta chuva que vem depressa, refresca o ar, molha as plantas, e, quando nos pega no meio do caminho, deixa-nos encharcados. Ela traz lembranças de coisas boas, como uma casa acolhedora, bolinhos de chuva, pipoca e um passar mais lento do dia. http://chc.cienciahoje.uol.com.br/colunas/de-volta-a-pre-historia/sobre-bolinhos-de-chuva-pipoca-e-como-os-seres-vivos-se-transformam-em-fosseisO trecho que expressa a opinião do narrador é(A) “Como veio, a chuva se foi” (l.5) PROJETO (CON)SEGUIR – MÓDULO 2 – 5º ANO 16 LÍNGUA PORTUGUESA - 2011
  19. 19. MÓDULO II Orientações Pedagógicas LÍNGUA PORTUGUESA 5º ANO (2010)(B) “O barulho forte dos pingos” (l.3)(C) “Gosto da chuva” (l.7)(D) “Viram vapor” (l.3) TÓPICO I – PROCEDIMENTOS DE LEITURA DESCRITOR D11 – Distinguir um fato da opinião relativa a esse fato. GABARITO: C DISTRATORES: As alternativas (A), (B) e (C) estão incorretas, pois nesses trechos encontram-se informações pautadas em fatos e acontecimentos. ORIENTAÇÕES: Caro monitor, antes de ler o texto, aproveite para conhecer um pouco sobre o que os alunos sabem sobre o ciclo da água, deixe que eles exponham suas ideias acerca do assunto. Em seguida, oriente-os acerca desse processo. Nesse caso, seria interessante utilizar desenhos na lousa para exemplificar e ajudar na compreensão. Discuta com os alunos sobre a importância de cuidar da água, desenvolvendo neles uma preocupação com o meio ambiente. Leia o texto junto com os alunos, levando-os a atentar para todos os detalhes, simplificando-o de forma a torná-lo mais compreensível. Verifique se há no texto palavras cujos significados os alunos desconheçam, e peça para que pesquisem nos dicionários e descubram o significado que melhor se insere no contexto. Explique cuidadosamente o enunciado da questão, mostrando para os alunos o que se quer saber e a importância de se discutir sobre o conteúdo de cada alternativa, voltando ao texto, para que eles percebam qual delas é a resposta correta.13) LEIA O TEXTO A TURMA DO SÍTO DO PICAPAU AMARELO A CUCA A Cuca também é um personagem do folclore brasileiro. Ela é uma bruxa com cara e corpo de jacaré. Malvada, ela vive em sua caverna escura, criando poções mágicas e planejando invadir o Sítio. Quando fica brava, de muito longe ouve-se o seu urro de raiva. http://www.lendorelendogabi.com/contos/autores_monteiro_lobato.htmQuando fica brava, a Cuca(A) cria poções mágicas.(B) planeja invadir o Sítio.(C) dá urros de raiva.(D) fica em sua caverna escura. TÓPICO I – PROCEDIMENTOS DE LEITURA DESCRITOR D1 – Localizar informações explícitas em um texto. GABARITO: C DISTRATORES: As alternativas (A) e (B), embora presentes no texto, não respondem ao enunciado da questão. As duas opções estão incorretas porque o texto diz que a Cuca cria poções mágicas sim e também planeja PROJETO (CON)SEGUIR – MÓDULO 2 – 5º ANO 17 LÍNGUA PORTUGUESA - 2011
  20. 20. MÓDULO II Orientações Pedagógicas LÍNGUA PORTUGUESA 5º ANO (2010) invadir o sítio, mas o texto não nos dá pistas de que isso acontece somente quando ela está brava. A alternativa (D) também está incorreta, porque a caverna escura é a moradia da Cuca. Independentemente de seu estado emocional, ela vive na caverna. ORIENTAÇÕES Caro monitor, trabalhando com esse texto, seria interessante falarmos um pouco sobre a vida e a obra de Monteiro Lobato. Pesquise sobre o autor e leve esse conhecimento aos alunos. Pode ser que alguns deles conheçam algumas personagens do “Sítio do Picapau Amarelo”. Explore a rotina de algumas dessas personagens. Se possível traga para sala de aula algumas das histórias do Sítio escritas por Monteiro Lobato e as leia pelo simples prazer de ler. Ainda trabalhando com o texto, pode-se fazer uma lista das características da personagem CUCA; pode-se utilizar a ilustração para garantir a observação de outros detalhes. Quanto ao enunciado da questão, explique cada uma das opções, cuidadosamente, para que os alunos compreendam o porquê de as demais alternativas não serem a resposta certa.14) LEIA O TEXTO MONTEIRO LOBATO E O DIA NACIONAL DO LIVRO INFANTIL No dia 18 de Abril comemoramos o Dia Nacional do Livro Infantil, criado pela Lei n.º 10.402, de 08/01/2002. Essa data foi escolhida em homenagem ao nascimento de Monteiro Lobato. José Bento Monteiro Lobato, o mais importante escritor de literatura infantil do Brasil, nasceu em 18/04/1882, em Taubaté, São Paulo, e morreu em 5 04/07/1948. http://www.lendorelendogabi.com/contos/autores_monteiro_lobato.htmMonteiro Lobato nasceu em(A) 08/01/2002.(B) 18/04/1882.(C) 18 de Abril.(D) 04/07/1948. TÓPICO I – PROCEDIMENTOS DE LEITURA DESCRITOR D1 – Localizar informações explícitas em um texto. GABARITO: B DISTRATORES: A alternativa (A) pode ser confundida com a correta porque essa data também está presente no texto, porém, segundo o texto, o dia 08/01/2002 foi o dia da criação da Lei nº 10.402, que instituiu o dia Nacional do Livro Infantil, e não o dia do nascimento de Monteiro Lobato. A alternativa (C) também está presente no texto, mas, segundo ele, nesse dia comemoramos o dia Nacional do Livro Infantil. E, por fim, a opção (D) aponta a data da morte de José Bento Monteiro Lobato. ORIENTAÇÕES: Monitor, embora o texto seja curto, o grande número de datas possíveis para a resposta do enunciado pode confundir nossos alunos, portanto, é necessário ler o texto várias vezes atentando para o fato ocorrido em cada uma das datas citadas nas respostas. É interessante discutir com eles sobre a importância de Monteiro Lobato para a Literatura Brasileira. PROJETO (CON)SEGUIR – MÓDULO 2 – 5º ANO 18 LÍNGUA PORTUGUESA - 2011
  21. 21. MÓDULO II Orientações Pedagógicas LÍNGUA PORTUGUESA 5º ANO (2010)15) LEIA O TEXTO: FANTASIAS ANIMARAM A FOLIA EM CAXIAS Conhecido como um bairro onde predominam as mulheres bonitas, Saracuruna brilhou na abertura do carnaval deste ano, com pelo menos três mil pessoas lotando a Praça do Rosário, logo no início da noite. Eram centenas de colombinas, baianas, princesas e odaliscas misturadas a bruxas, fadas e mulheres morcegos observadas por outros foliões - fantasiados ou não -, que não escondiam o 5 orgulho de morar num bairro cheio de mulheres lindas. O carnaval fez tremer até mesmo o bucólico e aprazível bairro de Xerém, onde mais de duas mil pessoas pularam e brincaram na Praça da Mantiquira, durante a abertura do carnaval. Animado pelo grupo Só Brilho, os foliões agradeciam pelo tempo bom e torciam para que não chovesse até o fim do carnaval. “Este é apenas o primeiro dia de carnaval e o clima está muito bom, tomara que continue 10 assim até terça-feira”, disse o mecânico Edvaldo Cardoso da Silva, que levou a mulher e os três filhos para ver as fantasias.O texto trata PRINCIPALMENTE do seguinte assunto:(A) as mulheres bonitas de Saracuruna(B) o carnaval de Xerém e da Praça da Mantiquira(C) a animação da abertura do carnaval(D) o grande número de fantasias que animava a folia TÓPICO I – PROCEDIMENTOS DE LEITURA DESCRITOR D6 – Identificar o tema de um texto GABARITO: D DISTRATORES: O texto busca informar principalmente sobre a grande incidência de fantasias na abertura do carnaval. Embora, explicitamente, o texto faça menção às mulheres bonitas de Saracuruna, a animação dos foliões e ao carnaval de Xerém e da Praça da Mantiquira, esses não constituem o principal assunto do texto. Portanto, as respostas (A), (B) e (C) não atendem ao enunciado. ORIENTAÇÕES: Muitas vezes o título do texto nos indica o assunto predominante do texto, outras não. Ao retomar a leitura do texto, destaque todas as informações contidas nele, e destaque a qual delas o texto dá maior destaque. PROJETO (CON)SEGUIR – MÓDULO 2 – 5º ANO 19 LÍNGUA PORTUGUESA - 2011
  22. 22. MÓDULO II Orientações Pedagógicas LÍNGUA PORTUGUESA 5º ANO (2010)16) LEIA O TEXTO ÁGUA POTÁVEL A água, em condições normais de temperatura e pressão, predomina em estado líquido e aparentemente é incolor, inodora e insípida e indispensável a toda e qualquer forma de vida. Essa água está disponível para a população rural e urbana, geralmente no primeiro não há o 5 tratamento antecipado desse recurso, no entanto, nos centros urbanos quase sempre se faz necessário realizar uma verificação da qualidade e grau de contaminação, uma vez que nas proximidades das cidades os córregos e rios desses locais são extremamente poluídos. No mundo subdesenvolvido, cerca de 50% da população consome água poluída; em todo planeta pelo menos 2,2 milhões de pessoas morrem em decorrência de água contaminada e sem 10 tratamento. Segundo estimativas, existem atualmente cerca de 1,1 bilhão de pessoas que praticamente não tem acesso à água potável, bem comum a todo ser humano. A poluição é um dos maiores problemas da água potável, uma vez que diariamente os mananciais do mundo recebem dois milhões de toneladas de diversos tipos de resíduos. Nessa questão, quem mais sofre tais reflexos são as camadas excluídas que vivem em países subdesenvolvidos ou em desenvolvimento. http://www.brasilescola.com/geografia/ag.O que acarreta a poluição da água potável é o fato de(A) os mananciais receberem diversos tipos de resíduos.(B) a água estar contaminada e sem tratamento.(C) a água ser incolor e insípida.(D) haver predomínio da água em estado líquido. TÓPICO I – PROCEDIMENTO DE LEITURA DESCRITOR D1 – Localizar informações explícitas em um texto. GABARITO: A DISTRATORES: A alternativa (B) está incorreta porque o enunciado solicita a causa da poluição da água e essa alternativa expressa as consequências da poluição. A alternativa (C) é incorreta porque incolor e insípida são características naturais da água quando não está poluída, logo, não são a causa da sua poluição. E a alternativa (D) está incorreta porque o estado físico da água não ocasiona a sua poluição. ORIENTAÇÕES: Caro Monitor, antes de ler o texto converse com os alunos sobre a importância da água na vida dos seres vivos: das pessoas, dos animais, das plantas. Aproveite para fazê-los refletir sobre as atitudes dos seres humanos ao poluírem a água. Amplie os conhecimentos dos alunos falando um pouco sobre os estados físicos da água encontrados na natureza: sólido, líquido e gasoso, a partir de exemplos simples, de acordo com o entendimento dos alunos, facilitando sua compreensão. Peça para os alunos pesquisarem o significado das palavras mananciais e resíduos no dicionário, e outras que julgar necessário. Em seguida, faça a leitura do texto com os alunos chamando a atenção para todas as informações que o texto nos dá. Leia o enunciado da questão, e explique o que significa a palavra explícita, ou então peça para que a pesquisem no dicionário. Utilize cada uma das alternativas, voltando ao texto sempre que julgar necessário, e explorando oralmente cada detalhe com os alunos, para que reflitam sobre a melhor resposta. PROJETO (CON)SEGUIR – MÓDULO 2 – 5º ANO 20 LÍNGUA PORTUGUESA - 2011
  23. 23. MÓDULO II Orientações Pedagógicas LÍNGUA PORTUGUESA 5º ANO (2010)17) LEIA O TEXTO OS DIREITOS E DEVERS DAS CRIANÇAS Toda criança tem direito a educação gratuita e ao lazer infantil. Nesse ponto, acho que muitas crianças já estão na escola, mas é preciso que sejam escolas boas e não as que a gente vê por aí, algumas de barro, cheias de buracos, outras de lata, já pensou que calor? Juliana estuda numa 5 escola de lata lá em São Paulo, no verão alguns de seus colegas chegaram a desmaiar por causa do calor. E quando faz frio é de gelar. Por isso, não é preciso só escola, tem que ser adequada e o ensino tem que ser bom. http://recantodasletras.uol.com.br/artigos/266511O trecho que exprime uma opinião do autor é:(A) “Toda criança tem direito a educação gratuita.” (l.1)(B) “É preciso que sejam escolas boas...” (l.2-3)(C) “E quando faz frio é de gelar.” (l.6)(D) “Juliana estuda em uma escola de lata...” (l.4-5) TÓPICO I – PROCEDIMENTOS DE LEITURA DESCRITOR D11 – Distinguir um fato da opinião relativa a esse fato. GABARITO: B DISTRATORES: As alternativas (A), (C) e (D) estão incorretas porque contêm informações que não refletem uma opinião do autor e sim fatos relatados no texto. Já a alternativa (B), mostra ao leitor algo em que o autor acredita. Podemos usar como palavra-chave a palavra “acho”, essa palavra garante ao leitor se tratar de uma opinião, e não de um fato. ORIENTAÇÕES: Monitor, antes de ler o texto, converse com os alunos sobre o significado das palavras “direitos” e “deveres”, depois discuta com eles sobre os direitos e deveres das crianças, principalmente no ambiente escolar. Aproveite para registrar o que for dito pelos alunos e deixe exposto na sala de aula ou no pátio da escola. Sempre que necessário, mostre aos alunos que, para o bom andamento na rotina da sala de aula, é importante que se cumpram os deveres e se usufrua dos direitos. Em seguida, faça a leitura do texto com os alunos chamando a atenção para todas as informações explícitas e implícitas do texto. Leia o enunciado da questão, exemplificando o que é um fato e o que é uma opinião relativa a esse fato. Leia cada alternativa e faça-os refletir sobre cada uma, sempre voltando ao texto, se necessário for.18) LEIA O TEXTO: SEM BARRA Enquanto a formiga carrega comida para o formigueiro, a cigarra canta, PROJETO (CON)SEGUIR – MÓDULO 2 – 5º ANO 21 LÍNGUA PORTUGUESA - 2011
  24. 24. MÓDULO II Orientações Pedagógicas LÍNGUA PORTUGUESA 5º ANO (2010) 5 canta o dia inteiro A formiga é só trabalho A cigarra é só cantiga 10 Mas sem a cantiga da cigarra que distrai da fadiga, seria uma barra o trabalho da formiga! José Paulo Paes http://mundo-dos-textos.blogspot.com/search/label/Jos%C3%A9%20Paulo%20PaesA expressão “seria uma barra” (l.13) quer dizer que o trabalho da formiga seria(A) maravilhoso(B) difícil(C) cuidadoso(D) bom TÓPICO I – PROCEDIMENTOS DE LEITURA DESCRITOR D3 – Inferir o sentido de uma palavra ou expressão. GABARITO: B DISTRATORES: As opções (A), (C) e (D) não correspondem ao sentido da expressão “seria uma barra”. ORIENTAÇÕES: Essa questão traz o gênero fábula (original do texto) em forma de poema. Seria interessante que você, monitor, trouxesse para sala de aula esse mesmo texto em prosa e levasse os alunos a atentar para as diferenças nessas duas formas de organização. Pode-se também trabalhar com valores, convidando os alunos a refletir sobre as atitudes das personagens. PROJETO (CON)SEGUIR – MÓDULO 2 – 5º ANO 22 LÍNGUA PORTUGUESA - 2011
  25. 25. MÓDULO II Orientações Pedagógicas LÍNGUA PORTUGUESA 5º ANO (2010)21) LEIA O TEXTO A BICHARADA VAI FICAR CALMINHA A partir da próxima segunda-feira (16/08), a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) promoverá em São Paulo a campanha anual de vacinação contra raiva em cães e gatos. Dois mil postos de atendimento estarão espalhados pela cidade para atender a bicharada. 5 Pets acima de três meses de idade – inclusive fêmeas no cio, grávidas ou que estejam amamentando – deverão ser vacinados. A doença é transmitida entre animais ou de animal para o homem através de mordidas, arranhões ou lambeduras de mamíferos infectados. No dia da vacinação, recomenda-se levar os cães com coleiras ou focinheiras. Já 10 os gatos devem ser transportados em caixas para evitar fugas ou acidentes. Os bichinhos que estiverem com diarreia, secreção ocular, nasal ou sem apetite ficam de fora da campanha. A iniciativa, que termina no dia 29 de agosto, é gratuita e obrigatória com base em lei municipal. http://colunas.globorural.globo.com/planetabicho/tag/cao/Ao lermos o texto, percebemos que(A) devemos ter cuidado ao transportar os cães para vacinação(B) apenas as fêmeas devem ser vacinadas.(C) todos os animais devem ser vacinados, independente do estado de saúde.(D) a Secretaria Municipal de Saúde não está preocupada com a saúde dos animais. TÓPICO I – PROCEDIMENTOS DE LEITURA DESCRITOR D4 – Inferir uma informação implícita em um texto. GABARITO: A DISTRATORES A opção (B) pode ser confundida com a resposta certa porque o texto menciona que as fêmeas deverão ser vacinadas, mesmo que no cio. No entanto, não são apenas as fêmeas que devem ser vacinadas. A alternativa (C) também pode ser confundida como a correta, pois, em um primeiro momento, entende-se que todos os cães, sem exceção, deverão ser vacinados, porém se observarmos as linhas 11 e 12, verificamos que animais doentes não devem ser vacinados. A opção (D) não pode ser a correta porque no início do texto é mencionado que a vacinação é feita anualmente, o que nos leva a crer que a Secretaria Municipal de Saúde se preocupa com a vacinação de cães. ORIENTAÇÕES: Leia o texto com os alunos esmiuçando as informações de forma que eles consigam perceber além do que está explícito. É importante testar todas as alternativas e voltar ao texto sempre que necessário para contextualizar as alternativas. Converse sobre a importância da Campanha de Vacinação Animal e sobre as doenças que eles podem nos transmitir. PROJETO (CON)SEGUIR – MÓDULO 2 – 5º ANO 23 LÍNGUA PORTUGUESA - 2011
  26. 26. MÓDULO II Orientações Pedagógicas LÍNGUA PORTUGUESA 5º ANO (2010)20) LEIA O TEXTO A casa Era uma casa muito engraçada não tinha teto não tinha nada 5 ninguém podia entrar nela não porque na casa não tinha chão ninguém podia 10 dormir na rede porque na casa não tinha parede ninguém podia fazer pipi 15 porque penico não tinha ali mas era feita com muito esmero na rua dos bobos 20 número zero. MORAES, Vinícius de. A Arca de Noé. Rio de Janeiro: Companhia das Letrinhas. 1986. p.41No texto, a expressão “com muito esmero” significa que a casa foi feita(A) de qualquer jeito.(B) por palhaços.(C) com muito cuidado.(D) com bastante cimento. TÓPICO I – PROCEDIMENTOS DE LEITURA DESCRITOR D3 - Inferir o sentido de uma palavra ou expressão GABARITO: C DISTRATORES: As alternativas (A), (B) e (D) não condizem com o significado da expressão. ORIENTAÇÕES: Antes de ler o texto, pergunte aos alunos se eles conhecem esse texto. Diga a eles que além de uma poema, trata-se de uma música. Se possível leve um CD para que escutem e cantem juntos. Leia o texto com eles explorando cada verso. Faça-os sublinhar no texto as palavras cujos significados desconhecem e utilizem o dicionário para encontrá-los. Procure fazê-los perceber o que o texto informa e o que podemos deduzir, mesmo não estando escrito. Também seria interessante falar um pouco sobre a vida e obra do autor do texto Vinícius de Moraes. PROJETO (CON)SEGUIR – MÓDULO 2 – 5º ANO 24 LÍNGUA PORTUGUESA - 2011
  27. 27. MÓDULO II Orientações Pedagógicas LÍNGUA PORTUGUESA 5º ANO (2010)21) LEIA O TEXTO JOGO DA VERDADE A verdade é um labirinto. Se digo a verdade inteira, se digo tudo o que penso, se digo com todas as letras, 5 com todos os pingos nos is, seria um deus-nos-acuda, entraria um sudoeste pela janela da sala. Então eu digo 10 a verdade possível, e o resto guardo a sete chaves no meu cofre de silêncios. http://www.roseanamurray.com/poemas.aspNo texto, a expressão: “guardo a sete chaves” quer dizer:(A) não perder as chaves.(B) guardar segredo(C) não falar toda a verdade(D) ter uma chave reserva guardada. TÓPICO I – PROCEDIMENTOS DE LEITURA DESCRITOR D3 - Inferir o sentido de uma palavra ou expressão GABARITO: C DISTRATORES A alternativa (A) está incorreta, pois não há no texto fatos que demonstrem preocupação em não se perderem as chaves. A alternativa (B) está incorreta, pois no texto não existe a ideia de se guardar um segredo e sim a ideia de não se falar toda a verdade. E a alternativa (D) também está incorreta, pois o texto não fala sobre chaves reserva e não é esse o sentido da expressão. ORIENTAÇÕES: É de extrema importância que seja feita uma leitura coletiva do texto, explorando todas as informações nele presentes. Por se tratar de uma poesia é necessário que se leia nas entrelinhas do texto, portanto não tenha pressa em explicar cada detalhe e cada metáfora utilizada. Procure esclarecer aos alunos o que o enunciado da questão está solicitando. Lembre-se: nessa questão específica, o aluno só perceberá o sentido da expressão se for orientado a voltar ao texto e buscar informações que sejam pertinentes. PROJETO (CON)SEGUIR – MÓDULO 2 – 5º ANO 25 LÍNGUA PORTUGUESA - 2011
  28. 28. MÓDULO II Orientações Pedagógicas LÍNGUA PORTUGUESA 5º ANO (2010)22) LEIA O TEXTO: PROPAGANDA DE ALIMENTOS DEVERÁ SER VOLTADA PARA OS PAIS A partir deste mês, diversas indústrias alimentícias multinacionais presentes no Brasil começaram a adotar regras mais rígidas na publicidade dirigida ao público infantil. Entre as 5 determinações, todas as propagandas e atividades de marketing para crianças até seis anos, deverão ser dirigidas aos pais, e para os maiores as informações transmitidas enfatizarão o uso de dietas balanceadas e saudáveis. http://www.saude.br/propaganda_pais.htmSegundo novas regras impostas pelas indústrias alimentícias,(A) os anúncios para crianças podem mostrar uma alimentação gordurosa.(B) os pais devem ficar atentos as propagandas alimentícias.(C) o público infantil não poderá assistir aos anúncios alimentícios.(D) os alimentos gordurosos serão prioridade nas propagandas. TÓPICO I – PROCEDIMENTOS DE LEITURA DESCRITOR D4 – Localizar uma informação implícita em um texto. GABARITO: B DISTRATORES: A alternativa (A) não é a correta porque, segundo o texto, a partir da nova regra imposta pelas indústrias alimentícias as propagandas para crianças devem enfatizar uma dieta saudável e não rica em alimentos gordurosos. A alternativa (C) não é a correta, pois em momento algum o texto menciona o fato de os anúncios alimentícios serem proibidos para crianças. A alternativa (D) também não é a correta, já que os alimentos gordurosos não serão prioridade nas propagandas. ORIENTAÇÕES: Monitor, discuta com os alunos a respeito de uma alimentação saudável, o que a compõe e como podemos mantê-la. Seria interessante analisar o cardápio da escola e listar com eles alimentos saudáveis que são servidos no ambiente escolar. Não se esqueça de discutir com eles sobre os benefícios que uma alimentação saudável pode trazer para nosso corpo. Leia o texto juntamente com os alunos. Por não ser de fácil compreensão, pare a leitura sempre que necessário para explicar alguma palavra cujo significado os alunos desconheçam. Pode-se propor a escrita de cartazes sobre benefícios de uma alimentação saudável e espalhá-los pela escola.23) LEIA O TEXTO: O QUE OS GATOS FAZEM POR NÓS Esquentam nosso colo e nos dão alguém para falar. Ajudam a baixar a pressão. Criam um elo entre você e as outras pessoas que têm gatos. PROJETO (CON)SEGUIR – MÓDULO 2 – 5º ANO 26 LÍNGUA PORTUGUESA - 2011
  29. 29. MÓDULO II Orientações Pedagógicas LÍNGUA PORTUGUESA 5º ANO (2010) Transformam objetos comuns em brinquedos. 5 Nos fazem mais atentas aos pássaros. Funcionam como alarme. Exibem acrobacias para você. Contribuem para tornar sua vida mais longa. Enfeitam o peitoril da janela. 10 Mantém os ratos longe. Nos fazem sorrir. http://yogapelavida.blog.terra.com.br/2010/08/A expressão “Ajudam a baixar a pressão.” (l.2) tem um sentido de(A) acalmar(B) irritar(C) alegrar(D) cuidar TÓPICO I – PROCEDIMENTOS DE LEITURA DESCRITOR D3 - Inferir o sentido de uma palavra ou expressão GABARITO: A DISTRATORES: A alternativa (B) está incorreta, porque a expressão “baixar a pressão” nos dá a ideia de relaxar e não irritar, nesse caso a expressão deveria ser “subir a pressão”. As alternativas (C) e (D) também não expressam o sentido da expressão. ORIENTAÇÕES Explique aos alunos o que é a pressão arterial e o quanto ela é importante para o bom funcionamento do nosso corpo. Discuta com eles algumas doenças que podem ser causadas por desequilíbrios em nossa pressão arterial. Leia o texto juntamente com os alunos, grifando as palavras cujos significados desconheçam. Utilize o dicionário para sanar as dúvidas. Ao ler o texto, faça pausas e explique algumas expressões para que os alunos realmente compreendam o sentido do texto.24) LEIA O TEXTO: CAXIAS FECHA O CERCO CONTRA “GATOS” EM PRAÇAS PÚBLICAS Casos de furto de energia foram detectados pela equipe de fiscalização da Secretaria Municipal de Transportes e Serviços Públicos de Duque de Caxias, que notificou quatro quiosques da 5 Praça Mário Melgaço, no bairro de Santa Lúcia, na manhã desta quinta-feira, 21 de outubro. As consequências desses “gatos” são: o aumento da taxa de iluminação pública e o prejuízo com lâmpadas queimadas. Para dar fim a essas ocorrências estão sendo realizadas fiscalizações periódicas nos quatro distritos do município. 10 Agentes da secretaria constataram o roubo de energia através de ligações elétricas subterrâneas clandestinas. Com o aumento da carga, uma lâmpada teve que ser reparada. A empresa distribuidora PROJETO (CON)SEGUIR – MÓDULO 2 – 5º ANO 27 LÍNGUA PORTUGUESA - 2011
  30. 30. MÓDULO II Orientações Pedagógicas LÍNGUA PORTUGUESA 5º ANO (2010) de energia AMPLA Energia e Serviços S A, será informada por meio de ofício sobre a ocorrência. Os proprietários dos quatro quiosques notificados da praça foram intimados a prestar esclarecimentos. Segundo Francisco Alves, subsecretário Municipal de Transportes e Serviços Públicos, a fiscalização será intensificada.No trecho “Caxias fecha o cerco contra “gatos” em praças públicas”, a palavra sublinhada refere-se(A) aos homens bonitos e atraentes.(B) aos animais domésticos e mamíferos.(C) aos indivíduos ligeiros e espertos.(D) à ligação clandestina de eletricidade. TÓPICO I – PROCEDIMENTOS DE LEITURA DESCRITOR D3 – Inferir o sentido de uma palavra ou expressão GABARITO: D DISTRATORES: Ao tentarmos substituir as opções (A), (B) e (C), facilmente constataremos que essas alternativas não completam o sentido do trecho citado. ORIENTAÇÕES: Após a leitura do texto, converse com os alunos sobre os diversos significados da palavra “gato”. A partir disso, volte ao texto, e junto com os alunos verifique que alguns significados não cabem naquele contexto. Incentive-os a criar frases em que os significados apresentados sejam possíveis, e deixe em exposição o trabalho que foi realizado.25) LEIA O TEXTO: 17 e 18 de JULHO (Sábado e Domingo) A BELA E A FERA (Infantil) Ficha Técnica: Adaptação e Direção: Celio Franco Coreografias: Aline Ramos Com Alison Lima, Caiky Maia, Elaine Maranhão, Éverlley Santos, Jéssica Machado, Leandro Lima, 5 Susana Savedra e Thiago Gaudêncio. O espetáculo conta a história de Bela, uma jovem que foge da rotina de sua vida e dos galanteios de um pretendente através dos livros. Um dia, seu pai, que é um inventor, chega no castelo de uma fera muito feia e assustadora, e é feito prisioneiro. Para salvá-lo, Bela se oferece para assumir o lugar do pai e a Fera aceita. Com o passar do tempo, a prisioneira, com a ajuda dos empregados encantados 10 do castelo (um bule de chá, um candelabro e um relógio, entre outros), passa a ver que por trás da aparência assustadora da Fera se esconde o coração e a alma de um príncipe humano. Sábado e Domingo às 16h PROJETO (CON)SEGUIR – MÓDULO 2 – 5º ANO 28 LÍNGUA PORTUGUESA - 2011
  31. 31. MÓDULO II Orientações Pedagógicas LÍNGUA PORTUGUESA 5º ANO (2010) 15 R$12,00 (inteira) e R$6,00 (meia) Endereço: Praça do Pacificador, s/nº, Centro, Duque de Caxias / RJ Telefone: (21) 27713062 producaotraulcortez@gmail.comO espetáculo teatral poderá se visto:(A) pela manhã(B) à noite(C) à tarde(D) de madrugada TÓPICO I – PROCEDIMENTOS DE LEITURA DESCRITOR D1 - Localizar informações explícitas em um texto GABARITO: C DISTRATORES: As alternativas (A), (B) e (C) estão incorretas porque, segundo o texto, o horário do espetáculo, 16 horas (l.13), é referente ao período da tarde, e não da manhã, da noite ou da madrugada. ORIENTAÇÕES: Converse com os alunos sobre o gênero textual a que pertence esse texto. Faça a leitura do texto com os alunos chamando sua atenção para as informações que não podem faltar nesse gênero, como dia, horário, local etc Aproveite para trabalhar com os alunos os conceitos de beleza: beleza interior e beleza exterior.26) LEIA O TEXTO: Sacolas plásticas As sacolas plásticas passaram de um símbolo de modernidade para um símbolo de poluição do Meio Ambiente. No final do ano passado, reuniram-se representantes de supermercados, da indústria de plásticos, do governo e de 5 organizações ambientais para discutir o tema "Sacolas plásticas: Você está realmente informado a respeito?". Foram discutidas alternativas sustentáveis e rentáveis para as cerca de 18 milhões de sacolas plásticas que circulam no país a cada ano. Sendo a sacola plástica derivada do petróleo, substância não renovável, a 10 sua degradação pode levar até 400 anos, seu uso tem grande impacto ambiental. No Brasil, 9,7% do lixo produzido é constituído por saquinhos plásticos.No trecho “As sacolas plásticas passaram de um símbolo de modernidade para um símbolo de POLUIÇÃO doMeio Ambiente” (L.1-2), a expressão que MELHOR substitui a palavra em destaque, sem alterar o sentido dotexto, é(A) limpeza(B) organização(C) sujeira(D) preservação PROJETO (CON)SEGUIR – MÓDULO 2 – 5º ANO 29 LÍNGUA PORTUGUESA - 2011
  32. 32. MÓDULO II Orientações Pedagógicas LÍNGUA PORTUGUESA 5º ANO (2010) TÓPICO I – PROCEDIMENTOS DE LEITURA DESCRITOR D3 – Inferir o sentido de uma palavra ou expressão GABARITO: C DISTRATORES: A alternativa (A) apresenta uma ideia contrária à de poluição, a alternativa (B) não pode ser considerada certa, pois ambiente poluído é desorganizado e feio. A alternativa (D) também não poderia ser a correta, pois preservar é o mesmo que cuidar, e meio ambiente poluído, não é um meio ambiente cuidado, quem polui não tem a preocupação em preservá-lo. ORIENTAÇÕES: Leia o texto quantas vezes se fizer necessário. Faça pausas constantes para explicar, exemplificar ou simplesmente ajudar na compreensão de informações implícitas no texto. Converse com os alunos a respeito do lixo e de sua reciclagem. Se possível, leve para sala de aula o tempo de decomposição de outros itens além das sacolas plásticas. Promova uma discussão tentando conscientizá-los sobre a importância da reciclagem do lixo. Muitos devem ter relatos sobre o assunto, pois convivem com essa realidade de catadores de lixo na comunidade em que vivem. Deixe que exponham suas ideias. Se achar necessário, escreva um texto coletivo sobre o que a turma pode guardar como lição por meio da discussão proposta. Explore todas as informações encontradas no texto. Leve os alunos a compreender a necessidade de evitar a degradação do meio ambiente, e a urgência em evitar o uso de materiais que poluem os rios, oceanos e o meio ambiente. Proponha o registro de possíveis maneiras se evitar a destruição do planeta.27) LEIA O TEXTO: MINHA CHUPETA VIROU ESTRELA (fragmento) Todas as vezes em que penso na minha chupeta, olho pro céu, procurando a estrela-chupeta verde. Agora, a saudade, em vez de crescer como eu, fica menor a cada noite. Deve ser porque meninos grandes gostam mais de estrelas no céu do que de chupetas, eu acho. 5 Quando a noite apareceu, meu pai chegou do trabalho e se deitou na cama comigo, olhando pro céu, procurando a minha estrela-chupeta verde. Eu vi primeiro e nós dois batemos palmas pra ela! Aí eu só me lembro de adormecer com aquele brilho de estrela no meu olho e a sensação do abraço enorme do meu pai. http://revistaescola.abril.com.brO trecho que expressa uma opinião é(A) “meninos grandes gostam mais de estrelas no céu do que de chupetas, eu acho” (L.3)(B) “olho pro céu, procurando a estrela-chupeta verde.” (L.5)(C) “Todas as vezes em que penso na minha chupeta, olho pro céu...” (L.1)(D) “A saudade, em vez de crescer como eu, fica menor a cada noite.” (L.2) PROJETO (CON)SEGUIR – MÓDULO 2 – 5º ANO 30 LÍNGUA PORTUGUESA - 2011
  33. 33. MÓDULO II Orientações Pedagógicas LÍNGUA PORTUGUESA 5º ANO (2010) TÓPICO I – PROCEDIMENTOS DE LEITURA DESCRITOR D11 - Distinguir um fato da opinião relativa a este fato GABARITO: A DISTRATORES: O texto nos indica que a opção (A) é uma opinião e não um fato ocorrido, principalmente a partir do segmento “eu acho”, que expressa um juízo de valor em relação ao gosto dos meninos maiores. As alternativas (B), (C) e (D), não expressam uma opinião, pois se analisarmos os verbos das alternativas (B) (olhar), (C) (pensar), (D) (ficar), eles nos indicam uma ação, um fato ocorrido e não um juízo de valor, uma opinião, como pede o enunciado. ORIENTAÇÕES: Explore o texto lendo-o quantas vezes for necessário, fazendo pausas possíveis quando os alunos não souberem o significado de alguma palavra. Utilize o dicionário. Explique aos alunos que esse texto é apenas um fragmento de um texto maior e mais completo, que se encontra disponível na fonte de onde foi retirado. É interessante explorar todas as alternativas, de forma que os alunos consigam compreender, a diferença entre fato e opinião relativa a esse fato. Sugerimos que recorra a gêneros textuais variados, especialmente os que apresentam estrutura narrativa como contos e crônicas. Os textos argumentativos também se prestam para trabalhar essa habilidade. Porém, é importante que leve o aluno a compreender os efeitos de sentido gerados pela presença de elementos gramaticais, como as expressões adverbiais e as denotativas, em vez de limitar o trabalho à influência externa de intromissão do locutor/produtor/narrador no texto.28) LEIA O TEXTO RUAS DE SP LEMBRAM CENTENÁRIO DE NASCIMENTO DE ADONIRAN BARBOSA G1 convida a passear pelos bairros da capital e reviver suas canções. Arnesto, personagem de música, diz que não deu “o bolo” no compositor. http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2010/08/O trecho em destaque no texto quer dizer que a personagem “Arnesto”(A) não faltou ao encontro marcado com o compositor;(B) não deu o bolo de aniversário que prometeu ao compositor(C) não se enrolou com o compositor.(D) não ganhou uma bolada de dinheiro do compositor. PROJETO (CON)SEGUIR – MÓDULO 2 – 5º ANO 31 LÍNGUA PORTUGUESA - 2011
  34. 34. MÓDULO II Orientações Pedagógicas LÍNGUA PORTUGUESA 5º ANO (2010) TÓPICO I – PROCEDIMENTOS DE LEITURA DESCRITOR D3 - Inferir o sentido de uma palavra ou expressão GABARITO: A DISTRATORES: A alternativa (B) faz referência a bolo como alimento. A alternativa (C) dá um sentido de se confundir, e a alternativa (D) utiliza a palavra bolada, que significa muito, e que não responde ao enunciado. ORIENTAÇÕES: Após a leitura do texto é importante que se discutam todos os sentidos que podem ser atribuídos a palavra “bolo”. Além dessa, utilize-se de outras palavras com variados sentidos. Seria interessante falar um pouco sobre a vida e a obra de Adoniran Barbosa.29) LEIA O TEXTO http://www.portaldascuriosidades.comA opção que melhor define o provérbio: “Não leve gato por lebre” é(A) o gato é melhor que a lebre(B) não se engane ao comprar animais(C) a lebre é melhor que o gato(D) não compre um produto por outro Tópico I - PROCEDIMENTOS DE LEITURA DESCRITOR D3 - Inferir o sentido de uma palavra ou expressão GABARITO: D DISTRATORES: A alternativa (A), se fosse levada ao pé da letra, passaria a ideia de que o gato é inferior à lebre. Essa opção não está correta, pois o texto não tem relação com animais. A alternativa (B), não é a resposta certa, visto que a propaganda não faz referência a animais. A alternativa (C) nos remete à ideia de que a lebre é PROJETO (CON)SEGUIR – MÓDULO 2 – 5º ANO 32 LÍNGUA PORTUGUESA - 2011
  35. 35. MÓDULO II Orientações Pedagógicas LÍNGUA PORTUGUESA 5º ANO (2010) melhor que o gato, logo, também não está correta. ORIENTAÇÕES: Além de trabalhar todas as informações que a imagem oferece, devemos destacar que os provérbios apresentam características formais como rima, assonância, metáforas etc. Semanticamente também contêm conselhos, que nos remetem a verdades gerais e atemporais. Na leitura e interpretação dos provérbios, é indispensável procurar suas propriedades pragmáticas, visto que constituem uma frase feita, ou seja, o discurso do outro.33) LEIA O TEXTO: CONTOS POPULARES (Conto de João Anzanello Carrascoza) Todos os anos eles se reuniam na floresta, à beira de um rio, para ver a quantas andava a sua fama. Eram criaturas fantásticas e cada uma vinha de um canto do Brasil. O Saci-Pererê chegou primeiro. Moleque pretinho, de uma perna só, barrete vermelho na cabeça, veio manquitolando, sentou-se numa pedra e acendeu seu cachimbo. Logo apontou no céu a Serpente emplumada e aterrizou aos seus pés. 5 Do meio das folhagens, saltou o Lobisomem, a cara toda peluda, os dentes afiados, enormes. Não tardou, o tropel de um cavalo anunciou o Negrinho do Pastoreio montado em pelo no seu baio. – Só falta o Boto – disse o Saci, impaciente. Se tivesse alguma moça aqui, ele já teria chegado para seduzi-la – comentou a serpente Emplumada. Também acho – concordou o Lobisomem. – Só que eu já a teria apavorado. 10 Ouviram nesse instante um rumor à margem do rio. Era o boto saindo das águas na forma de um belo rapaz. Contos populares para crianças da América LatinaO trecho do texto que indica uma opinião é:(A) “Do meio das folhagens, saltou o Lobisomem.” (L.5-6)(B) “Ouviram nesse instante um rumor à margem do rio.” (L.12)(C) “Se tivesse alguma moça aqui, ele já teria chegado para seduzi-la.” (L. 9)(D) “Todos os anos eles se reuniam na floresta.” (L.1) TÓPICO I – PROCEDIMENTOS DE LEITURA DESCRITOR D11 - Distinguir um fato da opinião relativa a este fato GABARITO: C DISTRATORES: Se retornarmos ao texto, concluiremos que as alternativas (A), (B) e (D) não expressam uma opinião. ORIENTAÇÕES: Monitor, é interessante falar um pouco sobre as lendas folclóricas. Deixe que os alunos exponham seus conhecimentos quanto a isso. Depois fale especificamente sobre a lenda do Boto, um pouco contada no texto. Leia o texto, explicitando a ideia central de cada parágrafo, de modo que os alunos possam compreender também as informações implícitas no texto. Faça pausas e perguntas para se certificar de que todos compreenderam a leitura. Peça que grifem palavras cujos significados desconheçam e utilize o dicionário para pesquisá-las. PROJETO (CON)SEGUIR – MÓDULO 2 – 5º ANO 33 LÍNGUA PORTUGUESA - 2011

×