AdubaçãO De Pastagens

10,749 views

Published on

apresentação sobre adubação de pastagens e manejos.

Published in: Business, Technology
1 Comment
15 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
10,749
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
17
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
1
Likes
15
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

AdubaçãO De Pastagens

  1. 1. Palestra<br />Adubação de Pastagens.<br />EngºAgrº João Alberto Teló<br />ATC Santa Maria<br />Email: joao.telo@timacagro.com.br<br />
  2. 2. Tópicos Sobre Adubação de Pastagens<br />Importância.<br />Fatores de decisão.<br />Calagem.<br />Tipos de Pastejo.<br />Adubação P-K-N-S<br />Micros<br />Reciclagem nutrientes.<br />João A. Teló<br />ATC – Santa Maria <br />
  3. 3.
  4. 4.
  5. 5. Qual destas Pastagens Você acha que deve ser adubada?<br />Pouca AF;SR pouco desenvolvido;baixos niveis de Carboidratos de reserva e comp. N.<br />
  6. 6.
  7. 7. Lei dos incrementos decrescentes ou lei de Mitscherlich<br />
  8. 8. Continuo x Rotacionado x Diferido<br />PASTEJO CONTÍNUO<br />PASTEJO ROTACIONADO<br />– TEMPO DE OCUPAÇÃO (DIAS)<br />– PERÍODO DE DESCANSO<br />– Nº piq. = Período de descanso + 1<br />Tempo de ocupação<br />PASTEJO DIFERIDO<br />
  9. 9. Sistema Contínuo<br />Explorações extensivas<br />Reduzido investimento<br />Menor produção de<br />carne por área<br />Permanência de animais<br />na área o ano todo<br />Excesso de animais por<br />área por períodos<br />prolongados<br />Permite a seletividade<br />Distribuição irregular das<br />dejeções<br />Pastejo irregular<br />Excesso de pisoteio<br />Degradação de pastagens<br />Aumento de invasoras<br />Características<br />Desvantagens<br />
  10. 10. Sistema Rotacionado<br />Aproveitamento uniforme<br />da pastagem<br />Redução do pastejo seletivo<br />Permite total recuperação<br />das plantas<br />Efeito menos pronunciado<br />do pisoteio<br />Distribuição uniforme das<br />dejeções<br />Maior produção/área<br />Utilizado em áreas mais<br />restritas<br />Maiores investimentos<br />em cercas e aguadas<br />Maior nível gerencial<br />Vantagens <br />Desvantagens<br />
  11. 11. Pastejo Diferido<br />Consiste na vedação de uma parte da<br />área da pastagem, durante um período<br />da estação de crescimento, com a<br />finalidade de revigorar a pastagem e<br />permitir acúmulo de forragem no campo,<br />para ser utilizado durante o inverno.<br />
  12. 12. Sistema De Pastejo<br />Rigoroso controle do número de animais por área é recomendação indispensável para qualquer sistema de pastejo.<br />
  13. 13.
  14. 14. Sistema de Pastejo X Habito de Crescimento<br />
  15. 15.
  16. 16. Calagem em Pastagens<br />
  17. 17. Adubação N - S<br />
  18. 18. P <br />Sugestão: <br />2,5 UA/há – 10 ppm ou mg.dm³<br />3,5 à 4,5 UA/há – 15 ppm<br />5 à > 8 UA/há – 20 à 30 ppm<br />
  19. 19. Formas de aplicação<br />
  20. 20. Formas de aplicação do P<br />
  21. 21. Adubação Com K<br />Sugestão : (mmolc/dm3)<br />1,5 a 3,0 sistemas menos intensivos.<br />>3,0 sistemas mais intensivos .<br />5 % da CTC<br />Media 4,2 % na CTC<br />Relação N/K 1:1<br />
  22. 22. Aplicações de K<br />
  23. 23. Micronutrientes<br />Respostas baixas ou nulas á adições destes nutrientes.<br />Respostas com Zn e Bo em solos de cerrado.<br />
  24. 24. Reciclagem de nutrientes<br />Duas Formas:<br />Interna: senecencia dos tecidos da planta.<br />Externa: excreta dos animais.<br />
  25. 25. Reciclagem de nutrientes<br />
  26. 26. Bom Trabalho<br />

×