Da Rússia dos czares à Rússia dos sovietes

9,447 views
9,141 views

Published on

Published in: Education, Technology
0 Comments
7 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
9,447
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3,024
Actions
Shares
0
Downloads
309
Comments
0
Likes
7
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Da Rússia dos czares à Rússia dos sovietes

  1. 1. Rú Da Rússia dos Czares à Rússia dos Sovietes
  2. 2. No início da Guerra, a Rússia era um vasto império
  3. 3. Coroação do Czar Nicolau II (1868 – 1918) e da czarina Alexandra Feodorovna A Rússia era ainda uma monarquia absoluta, chefiada por um czar que concentrava em si todos os poderes
  4. 4. Era uma sociedade sacralizada e hierarquizada. O clero ortodoxa tinha grande peso na sociedade.
  5. 5. Rasputin 1864 - 1916
  6. 6. O czar, a Igreja e a aristocracia detinham a maioria das terras. Os contrastes sociais eram grandes.
  7. 7. Os camponeses constituíam cerca de 80% da população e viviam numa situação de extrema pobreza. Os operários (c. 3 milhões) viviam igualmente em situação precária. A burguesia tinha pouco poder e a classe média era praticamente inexistente. Vasily Surikov Velho Camponês na sua Horta 1882 Museu de S. Petersburgo
  8. 8. A agricultura era arcaica. A maior parte da população vivia nos campos e praticava uma agricultura de subsistência. A produtividade era muito baixa.
  9. 9. A indústria era praticamente inexistente, concentrando-se em Moscovo, S. Petersburgo e Baku, no Azerbaijão, nas margens do mar Cáspio.
  10. 10. A Rússia travava uma guerra com o Japão (1904 – 1905)
  11. 11. Em resposta, cresceu a vaga de insatisfação e revolta. Cartaz do filme de Sergei Eisenstein, O Couraçado Potemkim (1925)
  12. 12. Promoveram-se greves e formaram-se conselhos (sovietes) de operários, camponeses e soldados. Difundiram-se então as ideias revolucionárias.
  13. 13. Os sovietes eram próximos dos bolcheviques, facção do Partido Operário Social- Democrata, liderados por Lenine desde o congresso de 1903, realizado na Bélgica.
  14. 14. O Czar promete criar um parlamento (Duma), legalizar os partidos políticos e redigir uma constituição. No entanto, os contestatários promovem uma greve, em Novembro. Em resposta, os sovietes foram ilegalizados e os seus chefes presos e exilados.
  15. 15. A Duma mantém-se em funcionamento até 1917, sob o controle da aristocracia e do czar. Czar Nicolau II presidindo à abertura da sessão da Duma.
  16. 16. A participação da Rússia na Iª Guerra Mundial vem agravar as dificuldades económicas e a miséria popular.
  17. 17. As greves e manifestações sucedem-se por toda a Rússia.
  18. 18. A 12 de Março de 1917, os manifestantes invadem o Palácio Tauride, sede da Duma, em Petrogrado, nova designação de S. Petersburgo.
  19. 19. Palácio Tauride Formam-se dois comités: -Moderados - sovietes socialistas de Petrogrado.
  20. 20. A 15 de Março o czar Nicolau II abdicou. A Duma nomeia um governo liberal parlamentar. É a Revolução Burguesa. O chefe do governo, Alexander Kerensky (1881 – 1970), fotografado no O czar Nicolau II e o rei Jorge V de Inglaterra exílio americano. eram primos.
  21. 21. Lenine regressa do exílio e exige o poder para os sovietes, apelando à Revolução.
  22. 22. Lenine viajou disfarçado até chegar à Rússia. Comboio em que Lenine regressou do exílio.
  23. 23. Regresso a Portugal, vindo do exílio, de Álvaro Cunhal, após a revolução de 25 de Abril de 1974: sob a inspiração de Lenine.
  24. 24. Vivem-se dias agitados, na chamada Revolução de Outubro. A 7 de Novembro (25 Outubro), os bolcheviques, capturam os membros do governo provisório e dissolvem a Duma.
  25. 25. O navio Aurora foi decisivo no assalto ao Palácio de Inverno.
  26. 26. O poder é entregue ao Conselho dos Comissários do Povo, liderado por Lenine. É o triunfo da Revolução Bolchevique.
  27. 27. É imediatamente assinada a paz com a Alemanha (tratado de Brest-Litovsk)
  28. 28. É abolida a propriedade privada. Os meios de produção (fábricas, terras) são nacionalizados. As colheitas excedentárias são requisitadas pelo Estado.
  29. 29. A Rússia entra num período de guerra civil (1918 – 1920): Brancos contra Vermelhos. Desfile de tropas imperiais (Brancas)
  30. 30. Os Brancos contam com o apoio dos aliados (França, Grã-Bretanha e EUA) Tropas americanas em Vladivostok (1918)
  31. 31. Bolcheviques mortos em Vladivostok.
  32. 32. Vendo perigar a situação, Lenine adopta o chamado comunismo de guerra (1918 – 1921): - São ilegalizados todos os partidos políticos, à excepção do partido Comunista Bolchevique; - é instaurada a censura; - forma-se uma polícia política – Tcheka; - são perseguidos e presos, torturados e mortos os adversários políticos. Dzerzhinsky, fundador da polícia secreta É o período do Terror Vermelho. bolchevique, a Tcheka
  33. 33. Os Vermelhos vencem a guerra, mas o país está arruinado. A população está descontente. Para evitar as revoltas populares, Lenine decreta, em 1921, medidas excepcionais: a Nova Política Económica (NEP) adopta medidas excepcionais por um tempo limitado: - São autorizadas pequenas unidades privadas de produção agrícola e industrial; - a entrada de técnicos e capitais estrangeiros, - alguma liberdade de comércio, como a venda livre de produtos agrícolas.
  34. 34. Em 1922 é fundada a URSS, sendo a Constituição aprovada em 1923.
  35. 35. Lenine morreu em 1924. o seu corpo está conservado num Mausoléu em Moscovo.
  36. 36. Sucedeu-lhe Josef Estaline (1878 – 1953)

×