Antecedentes<br />Instauração de uma Ditadura Militar em Portugal<br />Golpe Militar de Maio de 1926.<br />Eleição preside...
Características Gerais do Estado Novo<br />Regime:<br />Autoritário<br />Conservador<br />Nacionalista<br />Corporativista...
Salazarismo<br />O equilíbrio financeiro era prioridade no Salazarismo (e para isto os salários mantinham-se baixos e os i...
Objectivos da Revolução<br />Restituição das liberdades democráticas ao povo português;<br />Instauração de um regime demo...
Preparação do Golpe<br />1ª reunião clandestina de capitães foi realizada em Bissau (Agosto de 1973).<br />Uma nova reuniã...
25 de Abril de 1974<br />Revolução dos cravos é o nome dado ao Golpe de Estado Militar, que derrubou o regime ditatorial d...
Consequências do 25 de Abril<br /> Forma-se a Junta de Salvação Nacional<br />Extinção da Polícia Política (PVDE/PIDE) e d...
FIM<br />Trabalho realizado por:<br />Inês Bastos, nº8<br />Patrícia Marques, nº19<br />9ºC<br />
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

25 Abril

5,294

Published on

Published in: Education
1 Comment
5 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
5,294
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
197
Comments
1
Likes
5
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

25 Abril

  1. 1.
  2. 2. Antecedentes<br />Instauração de uma Ditadura Militar em Portugal<br />Golpe Militar de Maio de 1926.<br />Eleição presidencial de Óscar Carmona (1928)<br />Eleição presidencial de Óscar Carmona, e António de <br /> Oliveira Salazar é nomeado ministro das finanças, em 1928.<br />Foi elaborada a Constituição de 1933<br />Instituiu-se um novo regime autoritário de inspiração fascista, auto-denominando-se Estado Novo<br />Oliveira Salazar passou a controlar o país através de um partido único (União Nacional), até 1968<br />Em 1968, foi retirado o poder a Salazar devido a incapacidade, e foi substituído por Marcelo Caetano, que dirigiu até 25 de Abril de 1974.<br />
  3. 3. Características Gerais do Estado Novo<br />Regime:<br />Autoritário<br />Conservador<br />Nacionalista<br />Corporativista<br />Inspiração Fascista, parcialmente católica e tradicionalista<br />Antiliberal<br />Antiparlamentista<br />Anticomunista<br />Colonialista<br />
  4. 4. Salazarismo<br />O equilíbrio financeiro era prioridade no Salazarismo (e para isto os salários mantinham-se baixos e os impostos elevados);<br />Salazar pretendia tornar o país o mais auto-suficiente possível, o que consequentemente traduziu-se num fraco desenvolvimento económico;<br />Estado Novo recusa a democratização, usando a polícia politica (PVDE;PIDE) impondo a censura, o exílio e a morte para silenciar os opositores (MUD);<br />A informação, a imprensa, o teatro, as artes plásticas, a música e a escrita eram completamente controladas.<br />Não havia liberdade de expressão!<br />
  5. 5. Objectivos da Revolução<br />Restituição das liberdades democráticas ao povo português;<br />Instauração de um regime democrático com o objectivo de substituir o regime ditatorial;<br />Desenvolver económica e culturalmente o país.<br />Mas o principal era acabar com a Guerra do Ultramar.<br />
  6. 6. Preparação do Golpe<br />1ª reunião clandestina de capitães foi realizada em Bissau (Agosto de 1973).<br />Uma nova reunião em Setembro de 1973 no Monte Sobral dá origem ao MFA (Movimento das Forças Armadas)<br />Em Março de 74 é aprovado o primeiro documento do movimento (Os Militares, as Forças Armadas e a Nação)<br />A 14 de Março são demitidos os generais Spínola e Costa Gomes.<br />Em 24 de Março a última reunião clandestina decide o derrube do regime.<br />
  7. 7. 25 de Abril de 1974<br />Revolução dos cravos é o nome dado ao Golpe de Estado Militar, que derrubou o regime ditatorial dirigido por António de Oliveira Salazar (até 1968), e por Marcelo Caetano (1968-1974) em 25 de Abril de 1974.<br />O Movimento das Forças Armadas (MFA), foi responsável por este golpe militar que terminou com o Estado Novo em Portugal.<br />O MFA teve como principal motivação a oposição ao regime e o descontentamento pela política seguida pelo governo em relação à Guerra Colonial. <br />
  8. 8. Consequências do 25 de Abril<br /> Forma-se a Junta de Salvação Nacional<br />Extinção da Polícia Política (PVDE/PIDE) e da Censura<br />Sindicatos livres e os partidos foram legalizados<br />Os líderes políticos da oposição no exílio voltaram para as suas casas<br />1º de Maio foi celebrado legalmente<br />1 ano depois realizaram-se as primeiras eleições livres para a Assembleia Constituinte<br />Acabada a Guerra Colonial, as colónias africanas tornam-se independentes.<br />
  9. 9. FIM<br />Trabalho realizado por:<br />Inês Bastos, nº8<br />Patrícia Marques, nº19<br />9ºC<br />
  1. Gostou de algum slide específico?

    Recortar slides é uma maneira fácil de colecionar informações para acessar mais tarde.

×