Your SlideShare is downloading. ×
0
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Seminário de Criptografia_CCET
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Seminário de Criptografia_CCET

244

Published on

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
244
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
14
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros ca u Profo Jos´ e S´rgio e primos Itens Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Profo Jos´ S´rgio e e Um pouco de Hist´ria o Universidade Estadual de Montes Claros Fundamenta¸˜o ca Departamento de Ciˆncias Exatas/Centro de Ciˆncias Exatas e Tecnol´gicas e e o Te´rica do o Caixa Postal 126 – 39401-089 – Montes Claros – MG – Brasil RSA jsergiomat@lsi.cefetmg.br Metodologia Exemplo 9 de junho de 2010 Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 2. Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca 1 Motiva¸˜o ca n´meros u primos 2 Introdu¸˜o ca Profo Jos´ e S´rgio e 3 Um pouco de Hist´ria o Itens Motiva¸˜o ca 4 Fundamenta¸˜o Te´rica do RSA ca o Introdu¸˜o ca Um pouco de 5 Metodologia Hist´ria o Fundamenta¸˜o Te´rica do o ca 6 Exemplo RSA Metodologia 7 Como quebrar o RSA? Exemplo Como quebrar 8 Referˆncias e o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 3. Motiva¸˜o ca Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Relembrar alguns conceitos b´sicos da Teoria dos a Profo Jos´ S´rgio e e N´meros. u Itens Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Relembrar a defini¸˜o de N´meros Primos e suas principais ca u Um pouco de propriedades. Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o RSA Metodologia Mostrar uma das milhares de aplica¸˜es diretas da co Exemplo matem´tica no cotidiano do ser humano. a Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 4. Motiva¸˜o ca Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Relembrar alguns conceitos b´sicos da Teoria dos a Profo Jos´ S´rgio e e N´meros. u Itens Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Relembrar a defini¸˜o de N´meros Primos e suas principais ca u Um pouco de propriedades. Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o RSA Metodologia Mostrar uma das milhares de aplica¸˜es diretas da co Exemplo matem´tica no cotidiano do ser humano. a Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 5. Motiva¸˜o ca Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Relembrar alguns conceitos b´sicos da Teoria dos a Profo Jos´ S´rgio e e N´meros. u Itens Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Relembrar a defini¸˜o de N´meros Primos e suas principais ca u Um pouco de propriedades. Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o RSA Metodologia Mostrar uma das milhares de aplica¸˜es diretas da co Exemplo matem´tica no cotidiano do ser humano. a Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 6. Introdu¸˜o ca Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Encaminhar mensagens de forma segura ´ uma pr´tica e a Profo Jos´ e S´rgio e antiga (Gr´cia Antiga). e Itens Motiva¸˜o ca Nos dias de hoje o sigilo de informa¸˜es ´ fundamental. co e Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o As mensagens transmitidas pela internet podem ser Fundamenta¸˜o ca interceptadas com certa facilidade. Te´rica do o RSA Metodologia Portanto, ´ necess´rio codific´-las. e a a Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 7. Introdu¸˜o ca Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Encaminhar mensagens de forma segura ´ uma pr´tica e a Profo Jos´ e S´rgio e antiga (Gr´cia Antiga). e Itens Motiva¸˜o ca Nos dias de hoje o sigilo de informa¸˜es ´ fundamental. co e Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o As mensagens transmitidas pela internet podem ser Fundamenta¸˜o ca interceptadas com certa facilidade. Te´rica do o RSA Metodologia Portanto, ´ necess´rio codific´-las. e a a Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 8. Introdu¸˜o ca Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Encaminhar mensagens de forma segura ´ uma pr´tica e a Profo Jos´ e S´rgio e antiga (Gr´cia Antiga). e Itens Motiva¸˜o ca Nos dias de hoje o sigilo de informa¸˜es ´ fundamental. co e Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o As mensagens transmitidas pela internet podem ser Fundamenta¸˜o ca interceptadas com certa facilidade. Te´rica do o RSA Metodologia Portanto, ´ necess´rio codific´-las. e a a Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 9. Introdu¸˜o ca Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Encaminhar mensagens de forma segura ´ uma pr´tica e a Profo Jos´ e S´rgio e antiga (Gr´cia Antiga). e Itens Motiva¸˜o ca Nos dias de hoje o sigilo de informa¸˜es ´ fundamental. co e Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o As mensagens transmitidas pela internet podem ser Fundamenta¸˜o ca interceptadas com certa facilidade. Te´rica do o RSA Metodologia Portanto, ´ necess´rio codific´-las. e a a Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 10. Introdu¸˜o ca Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Profo Jos´ e S´rgio e Para manter tais informa¸˜es em sigilo, foi necess´rio criar co a c´digos dif´ o ıceis de serem quebrados, mesmo com a ajuda Itens de computadores. Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca O c´digo (m´todo) mais utilizado nos dias de hoje ´ o o e e Te´rica do o RSA. RSA Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 11. Introdu¸˜o ca Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Profo Jos´ e S´rgio e Para manter tais informa¸˜es em sigilo, foi necess´rio criar co a c´digos dif´ o ıceis de serem quebrados, mesmo com a ajuda Itens de computadores. Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca O c´digo (m´todo) mais utilizado nos dias de hoje ´ o o e e Te´rica do o RSA. RSA Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 12. Introdu¸˜o ca Criptografia RSA: uma O RSA, foi criado em 1978, por R. L. Rivest, A. Shamir e aplica¸˜o dos ca n´meros u L. Adleman, quando trabalhavam no M.I.T. primos Profo Jos´ e S´rgio e Itens Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o RSA Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 13. Introdu¸˜o ca Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Profo Jos´ e S´rgio e A implementa¸˜o do m´todo depende da obten¸˜o de dois ca e ca Itens n´meros primos muito grandes. u Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o Da´ a existˆncia desse trabalho, que dentre outras coisas, ı e Fundamenta¸˜o ca apresenta um algoritmo de verifica¸˜o de primalidade. ca Te´rica do o RSA Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 14. Introdu¸˜o ca Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Profo Jos´ e S´rgio e A implementa¸˜o do m´todo depende da obten¸˜o de dois ca e ca Itens n´meros primos muito grandes. u Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o Da´ a existˆncia desse trabalho, que dentre outras coisas, ı e Fundamenta¸˜o ca apresenta um algoritmo de verifica¸˜o de primalidade. ca Te´rica do o RSA Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 15. Introdu¸˜o ca Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Profo Jos´ S´rgio e e Criptologia = kryptos (esconder) + logos(estudo) Itens estudo do oculto Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o Criptografia = kryptos (esconder) + graphia(escrita) Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o RSA arte de esconder mensagens Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 16. Introdu¸˜o ca Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Profo Jos´ S´rgio e e Criptologia = kryptos (esconder) + logos(estudo) Itens estudo do oculto Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o Criptografia = kryptos (esconder) + graphia(escrita) Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o RSA arte de esconder mensagens Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 17. Introdu¸˜o ca Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Profo Jos´ S´rgio e e Decifrar Itens ler a mensagem sem autoriza¸˜o ca Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o Decodificar Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o RSA ler a mensagem com autoriza¸˜o ca Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 18. Introdu¸˜o ca Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Profo Jos´ S´rgio e e Decifrar Itens ler a mensagem sem autoriza¸˜o ca Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o Decodificar Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o RSA ler a mensagem com autoriza¸˜o ca Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 19. Um pouco de Hist´ria o Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca O primeiro a utilizar a criptografia como meio de esconder n´meros u primos informa¸˜es secretas foi C´sar. co e Profo Jos´ e S´rgio e Itens Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o RSA Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 20. Um pouco de Hist´ria o Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Profo Jos´ e S´rgio e O c´digo de C´sar foi utilizado por muito tempo para o e Itens transmitir mensagens militares. Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Um pouco de Ela ´ um tipo de cifra de substitui¸˜o na qual cada letra e ca Hist´ria o do texto ´ substitu´ por outra, que se apresenta no e ıda Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o alfabeto abaixo dela um n´mero fixo de vezes. u RSA Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 21. Um pouco de Hist´ria o Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Profo Jos´ e S´rgio e O c´digo de C´sar foi utilizado por muito tempo para o e Itens transmitir mensagens militares. Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Um pouco de Ela ´ um tipo de cifra de substitui¸˜o na qual cada letra e ca Hist´ria o do texto ´ substitu´ por outra, que se apresenta no e ıda Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o alfabeto abaixo dela um n´mero fixo de vezes. u RSA Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 22. Um pouco de Hist´ria o Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Profo Jos´ e Um exemplo do c´digo de C´sar ´ o seguinte: o e e S´rgio e Itens A B C D E F G H I J K L M Motiva¸˜o ca D E F G H I J K L M N O P Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o N O P Q R S T U V W X Y Z RSA Q R S T U V W X Y Z A B C Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 23. Um pouco de Hist´ria o Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u Basicamente, o que o c´digo acima faz, ´ transladar as letras o e primos do alfabeto. Profo Jos´ e S´rgio e Itens Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o RSA Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 24. Um pouco de Hist´ria o Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Profo Jos´ e Dessa forma, a codifica¸˜o de “Pesquisa cient´ ca ıfica” ser´: a S´rgio e Itens Shvtxlvd flhqwlifld Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o J´ a decodifica¸˜o de “D Pdwhpdwlfd h mlqgd!” ´: a ca e Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o RSA A Matem´tica ´ linda! a e Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 25. Um pouco de Hist´ria o Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Profo Jos´ e Dessa forma, a codifica¸˜o de “Pesquisa cient´ ca ıfica” ser´: a S´rgio e Itens Shvtxlvd flhqwlifld Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o J´ a decodifica¸˜o de “D Pdwhpdwlfd h mlqgd!” ´: a ca e Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o RSA A Matem´tica ´ linda! a e Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 26. Um pouco de Hist´ria o Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos ´ E um m´todo interessante, mas com imperfei¸˜es graves: e co Profo Jos´ e S´rgio e Itens Motiva¸˜o ca ´ E de f´cil decodifica¸˜o (frequˆncia das letras). a ca e Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o Saber codificar implica em saber decodificar. Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o RSA Precisa de um canal seguro. Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 27. Um pouco de Hist´ria o Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos ´ E um m´todo interessante, mas com imperfei¸˜es graves: e co Profo Jos´ e S´rgio e Itens Motiva¸˜o ca ´ E de f´cil decodifica¸˜o (frequˆncia das letras). a ca e Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o Saber codificar implica em saber decodificar. Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o RSA Precisa de um canal seguro. Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 28. Um pouco de Hist´ria o Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos ´ E um m´todo interessante, mas com imperfei¸˜es graves: e co Profo Jos´ e S´rgio e Itens Motiva¸˜o ca ´ E de f´cil decodifica¸˜o (frequˆncia das letras). a ca e Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o Saber codificar implica em saber decodificar. Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o RSA Precisa de um canal seguro. Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 29. Fundamenta¸˜o Te´rica do RSA ca o Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca Existem dois tipos de c´digos criptogr´ficos: o a n´meros u primos Profo Jos´ e S´rgio e 1 Chave secreta Itens Saber codificar implica em saber decodificar. Motiva¸˜o ca Precisa de canal seguro. Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca 2 Chave P´blica u Te´rica do o RSA Saber codificar n˜o implica saber decodificar. a Metodologia N˜o precisa de canal seguro. a Exemplo Como quebrar O mais popular ´ o RSA. e o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 30. Fundamenta¸˜o Te´rica do RSA ca o Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca Existem dois tipos de c´digos criptogr´ficos: o a n´meros u primos Profo Jos´ e S´rgio e 1 Chave secreta Itens Saber codificar implica em saber decodificar. Motiva¸˜o ca Precisa de canal seguro. Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca 2 Chave P´blica u Te´rica do o RSA Saber codificar n˜o implica saber decodificar. a Metodologia N˜o precisa de canal seguro. a Exemplo Como quebrar O mais popular ´ o RSA. e o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 31. Fundamenta¸˜o Te´rica do RSA ca o Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca Existem dois tipos de c´digos criptogr´ficos: o a n´meros u primos Profo Jos´ e S´rgio e 1 Chave secreta Itens Saber codificar implica em saber decodificar. Motiva¸˜o ca Precisa de canal seguro. Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca 2 Chave P´blica u Te´rica do o RSA Saber codificar n˜o implica saber decodificar. a Metodologia N˜o precisa de canal seguro. a Exemplo Como quebrar O mais popular ´ o RSA. e o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 32. Fundamenta¸˜o Te´rica do RSA ca o Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca Existem dois tipos de c´digos criptogr´ficos: o a n´meros u primos Profo Jos´ e S´rgio e 1 Chave secreta Itens Saber codificar implica em saber decodificar. Motiva¸˜o ca Precisa de canal seguro. Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca 2 Chave P´blica u Te´rica do o RSA Saber codificar n˜o implica saber decodificar. a Metodologia N˜o precisa de canal seguro. a Exemplo Como quebrar O mais popular ´ o RSA. e o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 33. Fundamenta¸˜o Te´rica do RSA ca o Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca Existem dois tipos de c´digos criptogr´ficos: o a n´meros u primos Profo Jos´ e S´rgio e 1 Chave secreta Itens Saber codificar implica em saber decodificar. Motiva¸˜o ca Precisa de canal seguro. Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca 2 Chave P´blica u Te´rica do o RSA Saber codificar n˜o implica saber decodificar. a Metodologia N˜o precisa de canal seguro. a Exemplo Como quebrar O mais popular ´ o RSA. e o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 34. Fundamenta¸˜o Te´rica do RSA ca o Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca Existem dois tipos de c´digos criptogr´ficos: o a n´meros u primos Profo Jos´ e S´rgio e 1 Chave secreta Itens Saber codificar implica em saber decodificar. Motiva¸˜o ca Precisa de canal seguro. Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca 2 Chave P´blica u Te´rica do o RSA Saber codificar n˜o implica saber decodificar. a Metodologia N˜o precisa de canal seguro. a Exemplo Como quebrar O mais popular ´ o RSA. e o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 35. Fundamenta¸˜o Te´rica do RSA ca o Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca Existem dois tipos de c´digos criptogr´ficos: o a n´meros u primos Profo Jos´ e S´rgio e 1 Chave secreta Itens Saber codificar implica em saber decodificar. Motiva¸˜o ca Precisa de canal seguro. Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca 2 Chave P´blica u Te´rica do o RSA Saber codificar n˜o implica saber decodificar. a Metodologia N˜o precisa de canal seguro. a Exemplo Como quebrar O mais popular ´ o RSA. e o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 36. Fundamenta¸˜o Te´rica do RSA ca o Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Profo Jos´ S´rgio e e Basicamente, o RSA se baseia nos seguintes fatos: Itens Motiva¸˜o ca Existem infinitos n´meros primos. u Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o Fundamenta¸˜o Te´rica do o ca Quanto maior for um n´mero, mais dif´ de fator´-lo. u ıcil a RSA Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 37. Fundamenta¸˜o Te´rica do RSA ca o Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Profo Jos´ S´rgio e e Basicamente, o RSA se baseia nos seguintes fatos: Itens Motiva¸˜o ca Existem infinitos n´meros primos. u Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o Fundamenta¸˜o Te´rica do o ca Quanto maior for um n´mero, mais dif´ de fator´-lo. u ıcil a RSA Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 38. Fundamenta¸˜o Te´rica do RSA ca o Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Profo Jos´ e Sendo assim, para entender o RSA ´ necess´rio: e a S´rgio e Itens Motiva¸˜o ca Um bom conhecimento de resultados da Teoria dos Introdu¸˜o ca N´meros. u Um pouco de Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o Principalmente dos que se referem aos n´meros primos. u RSA Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 39. Fundamenta¸˜o Te´rica do RSA ca o Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Profo Jos´ e Sendo assim, para entender o RSA ´ necess´rio: e a S´rgio e Itens Motiva¸˜o ca Um bom conhecimento de resultados da Teoria dos Introdu¸˜o ca N´meros. u Um pouco de Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o Principalmente dos que se referem aos n´meros primos. u RSA Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 40. Fundamenta¸˜o Te´rica do RSA ca o Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos - N´meros Primos (Defini¸˜o e exemplos) u ca Profo Jos´ e S´rgio e Itens Um n´mero inteiro positivo p = 1 ´ dito primo, se possui u e Motiva¸˜o ca apenas dois divisores. Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o Portanto, esses divisores devem ser a unidade e o pr´prio o Fundamenta¸˜o ca n´mero. u Te´rica do o RSA Metodologia Exemplos: 2, 3, 5, 7, 11, 13, 17,..., 41, 43, 47, ... Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 41. Fundamenta¸˜o Te´rica do RSA ca o Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos - N´meros Primos (Defini¸˜o e exemplos) u ca Profo Jos´ e S´rgio e Itens Um n´mero inteiro positivo p = 1 ´ dito primo, se possui u e Motiva¸˜o ca apenas dois divisores. Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o Portanto, esses divisores devem ser a unidade e o pr´prio o Fundamenta¸˜o ca n´mero. u Te´rica do o RSA Metodologia Exemplos: 2, 3, 5, 7, 11, 13, 17,..., 41, 43, 47, ... Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 42. Fundamenta¸˜o Te´rica do RSA ca o Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos - N´meros Primos (Defini¸˜o e exemplos) u ca Profo Jos´ e S´rgio e Itens Um n´mero inteiro positivo p = 1 ´ dito primo, se possui u e Motiva¸˜o ca apenas dois divisores. Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o Portanto, esses divisores devem ser a unidade e o pr´prio o Fundamenta¸˜o ca n´mero. u Te´rica do o RSA Metodologia Exemplos: 2, 3, 5, 7, 11, 13, 17,..., 41, 43, 47, ... Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 43. Fundamenta¸˜o Te´rica do RSA ca o Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Profo Jos´ e S´rgio e Itens Exemplo de um algoritmo de verifica¸˜o de primalidade, ca Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca implementado em linguagem JAVA. Um pouco de Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o RSA Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 44. Fundamenta¸˜o Te´rica do RSA ca o Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u Vamos, agora, estudar a Matem´tica b´sica para se a a primos entender o RSA Profo Jos´ e S´rgio e Itens - Congruˆncia M´dulo n: e o Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o Dizemos que a, b ∈ Z s˜o congruentes m´dulo n se, e a o Fundamenta¸˜o ca somente se, a e b deixam o mesmo resto na divis˜o por n. a Te´rica do o RSA Quando isso ocorrer, escrevemos Metodologia Exemplo a ≡ b (mod n) Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 45. Fundamenta¸˜o Te´rica do RSA ca o Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Exemplos Profo Jos´ e S´rgio e Itens Motiva¸˜o ca 1 15 ≡ 3 (mod 4), pois 15 : 4 tem resto 3 e 3 : 4 tamb´m. e Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o 2 21 ≡ 5 (mod 2), pois 21 : 2 tem resto 1 e 5 : 2 tamb´m. e Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o RSA 3 10 ≡ 5(mod 5), pois deixam resto 0 na divis˜o por 5. a Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 46. Fundamenta¸˜o Te´rica do RSA ca o Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Exemplos Profo Jos´ e S´rgio e Itens Motiva¸˜o ca 1 15 ≡ 3 (mod 4), pois 15 : 4 tem resto 3 e 3 : 4 tamb´m. e Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o 2 21 ≡ 5 (mod 2), pois 21 : 2 tem resto 1 e 5 : 2 tamb´m. e Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o RSA 3 10 ≡ 5(mod 5), pois deixam resto 0 na divis˜o por 5. a Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 47. Fundamenta¸˜o Te´rica do RSA ca o Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Exemplos Profo Jos´ e S´rgio e Itens Motiva¸˜o ca 1 15 ≡ 3 (mod 4), pois 15 : 4 tem resto 3 e 3 : 4 tamb´m. e Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o 2 21 ≡ 5 (mod 2), pois 21 : 2 tem resto 1 e 5 : 2 tamb´m. e Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o RSA 3 10 ≡ 5(mod 5), pois deixam resto 0 na divis˜o por 5. a Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 48. Fundamenta¸˜o Te´rica do RSA ca o Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca - Anel dos Inteiros M´dulo n, Zn : o n´meros u primos Indicaremos por a a classe de todos os inteiros Profo Jos´ e S´rgio e congruentes a a m´dulo n. Exemplo: o Itens 1 Em m´dulo 4 temos o Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca 0 = {..., −8, −4, 0, 4, ...} Um pouco de Hist´ria o 1 = {..., −7, −3, 1, 5, ...} Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o 2 = {..., −6, −2, 2, 6, ...} RSA Metodologia 3 = {..., −5, −1, 3, 7, ...} Exemplo Como quebrar o RSA? Portanto, Z4 = {0, 1, 2, 3} Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 49. Fundamenta¸˜o Te´rica do RSA ca o Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca - Anel dos Inteiros M´dulo n, Zn : o n´meros u primos Indicaremos por a a classe de todos os inteiros Profo Jos´ e S´rgio e congruentes a a m´dulo n. Exemplo: o Itens 1 Em m´dulo 4 temos o Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca 0 = {..., −8, −4, 0, 4, ...} Um pouco de Hist´ria o 1 = {..., −7, −3, 1, 5, ...} Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o 2 = {..., −6, −2, 2, 6, ...} RSA Metodologia 3 = {..., −5, −1, 3, 7, ...} Exemplo Como quebrar o RSA? Portanto, Z4 = {0, 1, 2, 3} Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 50. Fundamenta¸˜o Te´rica do RSA ca o Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Profo Jos´ e S´rgio e Itens Em geral, temos que Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o Zn = {0, 1, ..., n − 1} Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o RSA Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 51. Fundamenta¸˜o Te´rica do RSA ca o Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u - Unidades em Zn : primos Profo Jos´ S´rgio e e Dizemos que a ´ uma unidade em Zn quando e a · x ≡ 1 (mod n), para algum x ∈ Zn . Itens Motiva¸˜o ca Em Z6 temos Introdu¸˜o ca U(Z6 ) = U(6) = {1, 5} pois, Um pouco de Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o 1 · 1 = 1 ≡ 1 (mod 6). RSA Metodologia Exemplo 5 · 5 = 25 ≡ 1 (mod 6). Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 52. Fundamenta¸˜o Te´rica do RSA ca o Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Profo Jos´ e - Fun¸˜o ϕ de Euler: ca S´rgio e Itens Motiva¸˜o ca Se p e q s˜o dois n´meros primos distintos, definimos a fun¸˜o a u ca Introdu¸˜o ca ϕ de Euler da seguinte forma: Um pouco de Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o ϕ(p) = p − 1 e ϕ(pq) = (p − 1)(q − 1) RSA Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 53. Fundamenta¸˜o Te´rica do RSA ca o Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Encontrar a fun¸˜o ϕ de Euler para x ∈ Z+ , significa ca Profo Jos´ e S´rgio e descobrir: Itens Motiva¸˜o ca “quantos inteiros positivos t, com t < x, s˜o coprimos a Introdu¸˜o ca com x, ou seja, onde mdc(x, t) = 1.” Um pouco de Hist´ria o Fundamenta¸˜o Te´rica do o ca Exemplo: RSA Metodologia ϕ(9) = 6, j´ que nesse caso, t ∈ {1, 2, 4, 5, 7, 8}. a Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 54. Fundamenta¸˜o Te´rica do RSA ca o Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Encontrar a fun¸˜o ϕ de Euler para x ∈ Z+ , significa ca Profo Jos´ e S´rgio e descobrir: Itens Motiva¸˜o ca “quantos inteiros positivos t, com t < x, s˜o coprimos a Introdu¸˜o ca com x, ou seja, onde mdc(x, t) = 1.” Um pouco de Hist´ria o Fundamenta¸˜o Te´rica do o ca Exemplo: RSA Metodologia ϕ(9) = 6, j´ que nesse caso, t ∈ {1, 2, 4, 5, 7, 8}. a Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 55. Fundamenta¸˜o Te´rica do RSA ca o Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Encontrar a fun¸˜o ϕ de Euler para x ∈ Z+ , significa ca Profo Jos´ e S´rgio e descobrir: Itens Motiva¸˜o ca “quantos inteiros positivos t, com t < x, s˜o coprimos a Introdu¸˜o ca com x, ou seja, onde mdc(x, t) = 1.” Um pouco de Hist´ria o Fundamenta¸˜o Te´rica do o ca Exemplo: RSA Metodologia ϕ(9) = 6, j´ que nesse caso, t ∈ {1, 2, 4, 5, 7, 8}. a Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 56. Fundamenta¸˜o Te´rica do RSA ca o Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos A implementa¸˜o do RSA necessita de uma chave p´blica e de ca u Profo Jos´ S´rgio e e uma chave privada. Itens Motiva¸˜o ca Chave p´blica: par ordenado de n´meros, utilizado para u u Introdu¸˜o ca codificar uma mensagem. Um pouco de Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o RSA Chave privada: par ordenado de n´meros, utilizado para u Metodologia decodificar uma mensagem previamente codificada. Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 57. Fundamenta¸˜o Te´rica do RSA ca o Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos A implementa¸˜o do RSA necessita de uma chave p´blica e de ca u Profo Jos´ S´rgio e e uma chave privada. Itens Motiva¸˜o ca Chave p´blica: par ordenado de n´meros, utilizado para u u Introdu¸˜o ca codificar uma mensagem. Um pouco de Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o RSA Chave privada: par ordenado de n´meros, utilizado para u Metodologia decodificar uma mensagem previamente codificada. Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 58. Metodologia Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u Escolhe-se p e q primos distintos. primos Profo Jos´ e Calcula-se n = pq. S´rgio e Calcula-se ϕ(n) = (p − 1)(q − 1). Itens Motiva¸˜o ca Encontra-se e, tal que 1 < e < ϕ(n) com Introdu¸˜o ca mdc(ϕ(n), e) = 1. Um pouco de Hist´ria o Encontra-se d, tal que d · e ≡ 1 (mod ϕ(n)), isso ´, d ´ o e e Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o inverso de e mod (ϕ(n)). RSA Metodologia O par (n, e) ser´ a chave p´blica. a u Exemplo Como quebrar O par (n, d) ser´ a chave privada. a o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 59. Metodologia Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u Escolhe-se p e q primos distintos. primos Profo Jos´ e Calcula-se n = pq. S´rgio e Calcula-se ϕ(n) = (p − 1)(q − 1). Itens Motiva¸˜o ca Encontra-se e, tal que 1 < e < ϕ(n) com Introdu¸˜o ca mdc(ϕ(n), e) = 1. Um pouco de Hist´ria o Encontra-se d, tal que d · e ≡ 1 (mod ϕ(n)), isso ´, d ´ o e e Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o inverso de e mod (ϕ(n)). RSA Metodologia O par (n, e) ser´ a chave p´blica. a u Exemplo Como quebrar O par (n, d) ser´ a chave privada. a o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 60. Metodologia Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u Escolhe-se p e q primos distintos. primos Profo Jos´ e Calcula-se n = pq. S´rgio e Calcula-se ϕ(n) = (p − 1)(q − 1). Itens Motiva¸˜o ca Encontra-se e, tal que 1 < e < ϕ(n) com Introdu¸˜o ca mdc(ϕ(n), e) = 1. Um pouco de Hist´ria o Encontra-se d, tal que d · e ≡ 1 (mod ϕ(n)), isso ´, d ´ o e e Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o inverso de e mod (ϕ(n)). RSA Metodologia O par (n, e) ser´ a chave p´blica. a u Exemplo Como quebrar O par (n, d) ser´ a chave privada. a o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 61. Metodologia Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u Escolhe-se p e q primos distintos. primos Profo Jos´ e Calcula-se n = pq. S´rgio e Calcula-se ϕ(n) = (p − 1)(q − 1). Itens Motiva¸˜o ca Encontra-se e, tal que 1 < e < ϕ(n) com Introdu¸˜o ca mdc(ϕ(n), e) = 1. Um pouco de Hist´ria o Encontra-se d, tal que d · e ≡ 1 (mod ϕ(n)), isso ´, d ´ o e e Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o inverso de e mod (ϕ(n)). RSA Metodologia O par (n, e) ser´ a chave p´blica. a u Exemplo Como quebrar O par (n, d) ser´ a chave privada. a o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 62. Metodologia Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u Escolhe-se p e q primos distintos. primos Profo Jos´ e Calcula-se n = pq. S´rgio e Calcula-se ϕ(n) = (p − 1)(q − 1). Itens Motiva¸˜o ca Encontra-se e, tal que 1 < e < ϕ(n) com Introdu¸˜o ca mdc(ϕ(n), e) = 1. Um pouco de Hist´ria o Encontra-se d, tal que d · e ≡ 1 (mod ϕ(n)), isso ´, d ´ o e e Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o inverso de e mod (ϕ(n)). RSA Metodologia O par (n, e) ser´ a chave p´blica. a u Exemplo Como quebrar O par (n, d) ser´ a chave privada. a o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 63. Metodologia Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u Escolhe-se p e q primos distintos. primos Profo Jos´ e Calcula-se n = pq. S´rgio e Calcula-se ϕ(n) = (p − 1)(q − 1). Itens Motiva¸˜o ca Encontra-se e, tal que 1 < e < ϕ(n) com Introdu¸˜o ca mdc(ϕ(n), e) = 1. Um pouco de Hist´ria o Encontra-se d, tal que d · e ≡ 1 (mod ϕ(n)), isso ´, d ´ o e e Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o inverso de e mod (ϕ(n)). RSA Metodologia O par (n, e) ser´ a chave p´blica. a u Exemplo Como quebrar O par (n, d) ser´ a chave privada. a o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 64. Metodologia Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u Escolhe-se p e q primos distintos. primos Profo Jos´ e Calcula-se n = pq. S´rgio e Calcula-se ϕ(n) = (p − 1)(q − 1). Itens Motiva¸˜o ca Encontra-se e, tal que 1 < e < ϕ(n) com Introdu¸˜o ca mdc(ϕ(n), e) = 1. Um pouco de Hist´ria o Encontra-se d, tal que d · e ≡ 1 (mod ϕ(n)), isso ´, d ´ o e e Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o inverso de e mod (ϕ(n)). RSA Metodologia O par (n, e) ser´ a chave p´blica. a u Exemplo Como quebrar O par (n, d) ser´ a chave privada. a o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 65. Metodologia Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Converte-se as letras da mensagem em n´meros, usando a u tabela ASCII. Profo Jos´ e S´rgio e Itens Teremos uma sequˆncia num´rica que deve ser quebrada e e Motiva¸˜o ca em blocos menores do que n. Introdu¸˜o ca Um pouco de Cada bloco m ser´ codificado usando a seguinte receita: a Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca C (m) = me (mod n) = k Te´rica do o RSA Metodologia Para recuperar a mensagem codificada, usaremos a receita: Exemplo D(k) = k d (mod n) = m Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 66. Metodologia Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Converte-se as letras da mensagem em n´meros, usando a u tabela ASCII. Profo Jos´ e S´rgio e Itens Teremos uma sequˆncia num´rica que deve ser quebrada e e Motiva¸˜o ca em blocos menores do que n. Introdu¸˜o ca Um pouco de Cada bloco m ser´ codificado usando a seguinte receita: a Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca C (m) = me (mod n) = k Te´rica do o RSA Metodologia Para recuperar a mensagem codificada, usaremos a receita: Exemplo D(k) = k d (mod n) = m Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 67. Metodologia Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Converte-se as letras da mensagem em n´meros, usando a u tabela ASCII. Profo Jos´ e S´rgio e Itens Teremos uma sequˆncia num´rica que deve ser quebrada e e Motiva¸˜o ca em blocos menores do que n. Introdu¸˜o ca Um pouco de Cada bloco m ser´ codificado usando a seguinte receita: a Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca C (m) = me (mod n) = k Te´rica do o RSA Metodologia Para recuperar a mensagem codificada, usaremos a receita: Exemplo D(k) = k d (mod n) = m Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 68. Metodologia Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Converte-se as letras da mensagem em n´meros, usando a u tabela ASCII. Profo Jos´ e S´rgio e Itens Teremos uma sequˆncia num´rica que deve ser quebrada e e Motiva¸˜o ca em blocos menores do que n. Introdu¸˜o ca Um pouco de Cada bloco m ser´ codificado usando a seguinte receita: a Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca C (m) = me (mod n) = k Te´rica do o RSA Metodologia Para recuperar a mensagem codificada, usaremos a receita: Exemplo D(k) = k d (mod n) = m Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 69. Metodologia Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Profo Jos´ e A Tabela ASCII (American Standard Code for Information S´rgio e Interchange) ´ usada pela maior parte da ind´stria de e u Itens computadores para a troca de informa¸˜es. co Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Cada caracter ´ representado por um c´digo de 8 bits (um e o Um pouco de Hist´ria o byte). Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o RSA Apresetamos a seguir um resumo da tabela ASCII. Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 70. Metodologia Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Profo Jos´ e A Tabela ASCII (American Standard Code for Information S´rgio e Interchange) ´ usada pela maior parte da ind´stria de e u Itens computadores para a troca de informa¸˜es. co Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Cada caracter ´ representado por um c´digo de 8 bits (um e o Um pouco de Hist´ria o byte). Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o RSA Apresetamos a seguir um resumo da tabela ASCII. Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 71. Metodologia Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Profo Jos´ e A Tabela ASCII (American Standard Code for Information S´rgio e Interchange) ´ usada pela maior parte da ind´stria de e u Itens computadores para a troca de informa¸˜es. co Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Cada caracter ´ representado por um c´digo de 8 bits (um e o Um pouco de Hist´ria o byte). Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o RSA Apresetamos a seguir um resumo da tabela ASCII. Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 72. Metodologia Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Profo Jos´ e S´rgio e Itens Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o RSA Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 73. Exemplo Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Profo Jos´ e Vamos codificar a palavra PRIMO, usando p = 7 e q = 11. S´rgio e Itens n = p · q = 77, Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Um pouco de ϕ(n) = (7 − 1) · (11 − 1) = 6 · 10 = 60, Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o RSA e = 7 pois, 1 < 7 < ϕ(n) e mdc(ϕ(n), 7) = 1. Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 74. Exemplo Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Profo Jos´ e Vamos codificar a palavra PRIMO, usando p = 7 e q = 11. S´rgio e Itens n = p · q = 77, Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Um pouco de ϕ(n) = (7 − 1) · (11 − 1) = 6 · 10 = 60, Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o RSA e = 7 pois, 1 < 7 < ϕ(n) e mdc(ϕ(n), 7) = 1. Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 75. Exemplo Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Profo Jos´ e Vamos codificar a palavra PRIMO, usando p = 7 e q = 11. S´rgio e Itens n = p · q = 77, Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Um pouco de ϕ(n) = (7 − 1) · (11 − 1) = 6 · 10 = 60, Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o RSA e = 7 pois, 1 < 7 < ϕ(n) e mdc(ϕ(n), 7) = 1. Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 76. Exemplo Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos A chave p´blica (chave de codifica¸˜o) ser´ u ca a o Prof Jos´e S´rgio e (n, e) = (77, 7) Itens Motiva¸˜o ca d = 43, j´ que a Introdu¸˜o ca Um pouco de 43 · 7 = 301 ≡ 1 (mod 60). Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o RSA Logo, a chave privada (chave de decodifica¸˜o) ´ o par ca e Metodologia Exemplo (77, 43). Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 77. Exemplo Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos A chave p´blica (chave de codifica¸˜o) ser´ u ca a o Prof Jos´e S´rgio e (n, e) = (77, 7) Itens Motiva¸˜o ca d = 43, j´ que a Introdu¸˜o ca Um pouco de 43 · 7 = 301 ≡ 1 (mod 60). Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o RSA Logo, a chave privada (chave de decodifica¸˜o) ´ o par ca e Metodologia Exemplo (77, 43). Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 78. Exemplo Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos A chave p´blica (chave de codifica¸˜o) ser´ u ca a o Prof Jos´e S´rgio e (n, e) = (77, 7) Itens Motiva¸˜o ca d = 43, j´ que a Introdu¸˜o ca Um pouco de 43 · 7 = 301 ≡ 1 (mod 60). Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o RSA Logo, a chave privada (chave de decodifica¸˜o) ´ o par ca e Metodologia Exemplo (77, 43). Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 79. Exemplo Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos - Tabela de Codifica¸˜o ca Profo Jos´ e S´rgio e A Tabela de codifica¸˜o que itulizaremos ´ a seguinte: ca e Itens Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca A B C D E F G H I J K L M Um pouco de 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o RSA N O P Q R S T U V W X Y Z Metodologia 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 80. Exemplo Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Dessa forma, podemos concluir que Profo Jos´ e S´rgio e Itens PRIMO = 2527182224. Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o Uma forma de quebrar esse n´mero em blocos de valores u Fundamenta¸˜o ca menores que 77 ´ e Te´rica do o RSA 2, 5, 2, 71, 8, 2, 22, 4 Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 81. Exemplo Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Dessa forma, podemos concluir que Profo Jos´ e S´rgio e Itens PRIMO = 2527182224. Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o Uma forma de quebrar esse n´mero em blocos de valores u Fundamenta¸˜o ca menores que 77 ´ e Te´rica do o RSA 2, 5, 2, 71, 8, 2, 22, 4 Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 82. Exemplo Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Profo Jos´ S´rgio e e A codifica¸˜o de cada bloco acima ´ dada por: ca e Itens Motiva¸˜o ca C (2) = 27 (mod 77) = 51 C (5) = 57 (mod 77) = 47 Introdu¸˜o ca Um pouco de C (71) = 36 C (8) = 57 Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o RSA C (22) = 22 C (4) = 60 Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 83. Exemplo Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Profo Jos´ e S´rgio e Portanto, a mensagem codificada ´ e Itens Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o 51 − 47 − 51 − 36 − 57 − 51 − 22 − 60 Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o RSA Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 84. Exemplo Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca Para decodificar cada bloco j´ codificado faremos o seguinte: a n´meros u primos Profo Jos´ e D(51) = 5143 (mod 77) = 2 D(47) = 4743 (mod 77) = 5 S´rgio e Itens D(36) = 71 D(57) = 8 Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca D(22) = 22 D(60) = 4 Um pouco de Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca Logo, a sequˆncia decodificada ser´ e a Te´rica do o RSA 2 − 5 − 2 − 71 − 8 − 2 − 22 − 4 Metodologia Exemplo Que corresponde, via tabela de convers˜o, ` palavra a a Como quebrar o RSA? PRIMO. Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 85. Exemplo Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca Para decodificar cada bloco j´ codificado faremos o seguinte: a n´meros u primos Profo Jos´ e D(51) = 5143 (mod 77) = 2 D(47) = 4743 (mod 77) = 5 S´rgio e Itens D(36) = 71 D(57) = 8 Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca D(22) = 22 D(60) = 4 Um pouco de Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca Logo, a sequˆncia decodificada ser´ e a Te´rica do o RSA 2 − 5 − 2 − 71 − 8 − 2 − 22 − 4 Metodologia Exemplo Que corresponde, via tabela de convers˜o, ` palavra a a Como quebrar o RSA? PRIMO. Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 86. Como quebrar o RSA? Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u A chave de decodifica¸˜o ´ (n, d). ca e primos Profo Jos´ e S´rgio e Todos conhecem n, mas d s´ ´ conhecido por uma pessoa oe Itens atorizada. Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Um pouco de Para algu´m n˜o autorizado encontrar d ele deve: e a Hist´ria o Fundamenta¸˜o Te´rica do o ca 1 Conhecer ϕ(n). RSA Metodologia 2 Para conhecer ϕ(n) ´ necess´rio conhecer p e q. e a Exemplo Como quebrar o RSA? 3 Ent˜o, basta fatorar n. a Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 87. Como quebrar o RSA? Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u A chave de decodifica¸˜o ´ (n, d). ca e primos Profo Jos´ e S´rgio e Todos conhecem n, mas d s´ ´ conhecido por uma pessoa oe Itens atorizada. Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Um pouco de Para algu´m n˜o autorizado encontrar d ele deve: e a Hist´ria o Fundamenta¸˜o Te´rica do o ca 1 Conhecer ϕ(n). RSA Metodologia 2 Para conhecer ϕ(n) ´ necess´rio conhecer p e q. e a Exemplo Como quebrar o RSA? 3 Ent˜o, basta fatorar n. a Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 88. Como quebrar o RSA? Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u A chave de decodifica¸˜o ´ (n, d). ca e primos Profo Jos´ e S´rgio e Todos conhecem n, mas d s´ ´ conhecido por uma pessoa oe Itens atorizada. Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Um pouco de Para algu´m n˜o autorizado encontrar d ele deve: e a Hist´ria o Fundamenta¸˜o Te´rica do o ca 1 Conhecer ϕ(n). RSA Metodologia 2 Para conhecer ϕ(n) ´ necess´rio conhecer p e q. e a Exemplo Como quebrar o RSA? 3 Ent˜o, basta fatorar n. a Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 89. Como quebrar o RSA? Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u A chave de decodifica¸˜o ´ (n, d). ca e primos Profo Jos´ e S´rgio e Todos conhecem n, mas d s´ ´ conhecido por uma pessoa oe Itens atorizada. Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Um pouco de Para algu´m n˜o autorizado encontrar d ele deve: e a Hist´ria o Fundamenta¸˜o Te´rica do o ca 1 Conhecer ϕ(n). RSA Metodologia 2 Para conhecer ϕ(n) ´ necess´rio conhecer p e q. e a Exemplo Como quebrar o RSA? 3 Ent˜o, basta fatorar n. a Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 90. Como quebrar o RSA? Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u A chave de decodifica¸˜o ´ (n, d). ca e primos Profo Jos´ e S´rgio e Todos conhecem n, mas d s´ ´ conhecido por uma pessoa oe Itens atorizada. Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Um pouco de Para algu´m n˜o autorizado encontrar d ele deve: e a Hist´ria o Fundamenta¸˜o Te´rica do o ca 1 Conhecer ϕ(n). RSA Metodologia 2 Para conhecer ϕ(n) ´ necess´rio conhecer p e q. e a Exemplo Como quebrar o RSA? 3 Ent˜o, basta fatorar n. a Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 91. Como quebrar o RSA? Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u A chave de decodifica¸˜o ´ (n, d). ca e primos Profo Jos´ e S´rgio e Todos conhecem n, mas d s´ ´ conhecido por uma pessoa oe Itens atorizada. Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Um pouco de Para algu´m n˜o autorizado encontrar d ele deve: e a Hist´ria o Fundamenta¸˜o Te´rica do o ca 1 Conhecer ϕ(n). RSA Metodologia 2 Para conhecer ϕ(n) ´ necess´rio conhecer p e q. e a Exemplo Como quebrar o RSA? 3 Ent˜o, basta fatorar n. a Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 92. Como quebrar o RSA? Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Mas, na implementa¸˜o do RSA, s˜o usados dois primos ca a Profo Jos´ e S´rgio e muito grandes. Itens Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Eles s˜o da ordem aproximada de 1050 . a Um pouco de Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca Um computador executa cerca de 1010 divis˜es por Te´rica do o RSA o Metodologia segundo. Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 93. Como quebrar o RSA? Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Mas, na implementa¸˜o do RSA, s˜o usados dois primos ca a Profo Jos´ e S´rgio e muito grandes. Itens Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Eles s˜o da ordem aproximada de 1050 . a Um pouco de Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca Um computador executa cerca de 1010 divis˜es por Te´rica do o RSA o Metodologia segundo. Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 94. Como quebrar o RSA? Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Mas, na implementa¸˜o do RSA, s˜o usados dois primos ca a Profo Jos´ e S´rgio e muito grandes. Itens Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Eles s˜o da ordem aproximada de 1050 . a Um pouco de Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca Um computador executa cerca de 1010 divis˜es por Te´rica do o RSA o Metodologia segundo. Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 95. Como quebrar o RSA? Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Profo Jos´ e Logo, o tempo gasto para se fatorar um n´mero da ordem u S´rgio e de 1050 ´ aproximadamente: e Itens Motiva¸˜o ca 1050 Introdu¸˜o ca 1010 = 1040 segundos 1031 anos Um pouco de Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o RSA Idade do universo 1011 anos !!!! Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 96. Como quebrar o RSA? Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Profo Jos´ e Logo, o tempo gasto para se fatorar um n´mero da ordem u S´rgio e de 1050 ´ aproximadamente: e Itens Motiva¸˜o ca 1050 Introdu¸˜o ca 1010 = 1040 segundos 1031 anos Um pouco de Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o RSA Idade do universo 1011 anos !!!! Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 97. Como quebrar o RSA? Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Profo Jos´ e Logo, o tempo gasto para se fatorar um n´mero da ordem u S´rgio e de 1050 ´ aproximadamente: e Itens Motiva¸˜o ca 1050 Introdu¸˜o ca 1010 = 1040 segundos 1031 anos Um pouco de Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o RSA Idade do universo 1011 anos !!!! Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 98. Como quebrar o RSA? Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Profo Jos´ e S´rgio e Portanto, encontrar p e q conhecendo apenas Itens n = pq ´ muito dif´ e ıcil. Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o E ´ por isso, que garantimos a seguran¸a do e c Fundamenta¸˜o Te´rica do o ca m´todo. e RSA Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 99. Como quebrar o RSA? Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Profo Jos´ e S´rgio e Portanto, encontrar p e q conhecendo apenas Itens n = pq ´ muito dif´ e ıcil. Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o E ´ por isso, que garantimos a seguran¸a do e c Fundamenta¸˜o Te´rica do o ca m´todo. e RSA Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 100. Criptografia RSA: uma 1 [1] Coutinho, S.C., N´meros Inteiros e Criptografia RSA, u aplica¸˜o dos ca IMPA, S´rie de Computa¸˜o e Matem´tica - Segunda Edi¸˜o. e ca a ca n´meros u primos Profo Jos´ e 2 [2] Hefez, A., Elementos de Aritm´tica, SBM, Textos e S´rgio e Universit´rios. a Itens Motiva¸˜o ca 3 [3] Oliveira, P.E.R.; Andrade, P.T.E.; Oliveira, R.L.G., RSA - Introdu¸˜o ca UFU. Um pouco de Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca 4 [4] Filho, Joel G. Silva. Informa¸˜o, Codifica¸˜o e Seguran¸a ca ca c Te´rica do o RSA de Dados. Unb - Faculdade de T´cnologia - Departamento de e Metodologia Engenharia El´trica. e Exemplo Como quebrar o RSA? 5 [5] Domingues, J.S., Utiliza¸˜o de Algoritmos de Primalidade ca Referˆncias e na Criptografia RSA. DPPG - CEFET MG. Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 101. Criptografia RSA: uma 1 [1] Coutinho, S.C., N´meros Inteiros e Criptografia RSA, u aplica¸˜o dos ca IMPA, S´rie de Computa¸˜o e Matem´tica - Segunda Edi¸˜o. e ca a ca n´meros u primos Profo Jos´ e 2 [2] Hefez, A., Elementos de Aritm´tica, SBM, Textos e S´rgio e Universit´rios. a Itens Motiva¸˜o ca 3 [3] Oliveira, P.E.R.; Andrade, P.T.E.; Oliveira, R.L.G., RSA - Introdu¸˜o ca UFU. Um pouco de Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca 4 [4] Filho, Joel G. Silva. Informa¸˜o, Codifica¸˜o e Seguran¸a ca ca c Te´rica do o RSA de Dados. Unb - Faculdade de T´cnologia - Departamento de e Metodologia Engenharia El´trica. e Exemplo Como quebrar o RSA? 5 [5] Domingues, J.S., Utiliza¸˜o de Algoritmos de Primalidade ca Referˆncias e na Criptografia RSA. DPPG - CEFET MG. Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 102. Criptografia RSA: uma 1 [1] Coutinho, S.C., N´meros Inteiros e Criptografia RSA, u aplica¸˜o dos ca IMPA, S´rie de Computa¸˜o e Matem´tica - Segunda Edi¸˜o. e ca a ca n´meros u primos Profo Jos´ e 2 [2] Hefez, A., Elementos de Aritm´tica, SBM, Textos e S´rgio e Universit´rios. a Itens Motiva¸˜o ca 3 [3] Oliveira, P.E.R.; Andrade, P.T.E.; Oliveira, R.L.G., RSA - Introdu¸˜o ca UFU. Um pouco de Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca 4 [4] Filho, Joel G. Silva. Informa¸˜o, Codifica¸˜o e Seguran¸a ca ca c Te´rica do o RSA de Dados. Unb - Faculdade de T´cnologia - Departamento de e Metodologia Engenharia El´trica. e Exemplo Como quebrar o RSA? 5 [5] Domingues, J.S., Utiliza¸˜o de Algoritmos de Primalidade ca Referˆncias e na Criptografia RSA. DPPG - CEFET MG. Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 103. Criptografia RSA: uma 1 [1] Coutinho, S.C., N´meros Inteiros e Criptografia RSA, u aplica¸˜o dos ca IMPA, S´rie de Computa¸˜o e Matem´tica - Segunda Edi¸˜o. e ca a ca n´meros u primos Profo Jos´ e 2 [2] Hefez, A., Elementos de Aritm´tica, SBM, Textos e S´rgio e Universit´rios. a Itens Motiva¸˜o ca 3 [3] Oliveira, P.E.R.; Andrade, P.T.E.; Oliveira, R.L.G., RSA - Introdu¸˜o ca UFU. Um pouco de Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca 4 [4] Filho, Joel G. Silva. Informa¸˜o, Codifica¸˜o e Seguran¸a ca ca c Te´rica do o RSA de Dados. Unb - Faculdade de T´cnologia - Departamento de e Metodologia Engenharia El´trica. e Exemplo Como quebrar o RSA? 5 [5] Domingues, J.S., Utiliza¸˜o de Algoritmos de Primalidade ca Referˆncias e na Criptografia RSA. DPPG - CEFET MG. Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 104. Criptografia RSA: uma 1 [1] Coutinho, S.C., N´meros Inteiros e Criptografia RSA, u aplica¸˜o dos ca IMPA, S´rie de Computa¸˜o e Matem´tica - Segunda Edi¸˜o. e ca a ca n´meros u primos Profo Jos´ e 2 [2] Hefez, A., Elementos de Aritm´tica, SBM, Textos e S´rgio e Universit´rios. a Itens Motiva¸˜o ca 3 [3] Oliveira, P.E.R.; Andrade, P.T.E.; Oliveira, R.L.G., RSA - Introdu¸˜o ca UFU. Um pouco de Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca 4 [4] Filho, Joel G. Silva. Informa¸˜o, Codifica¸˜o e Seguran¸a ca ca c Te´rica do o RSA de Dados. Unb - Faculdade de T´cnologia - Departamento de e Metodologia Engenharia El´trica. e Exemplo Como quebrar o RSA? 5 [5] Domingues, J.S., Utiliza¸˜o de Algoritmos de Primalidade ca Referˆncias e na Criptografia RSA. DPPG - CEFET MG. Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u
  • 105. Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos ca n´meros u primos Profo Jos´ e S´rgio e Itens Motiva¸˜o ca Introdu¸˜o ca Um pouco de Hist´ria o Fundamenta¸˜o ca Te´rica do o RSA Metodologia Exemplo Como quebrar o RSA? Referˆncias e Profo Jos´ S´rgio e e Criptografia RSA: uma aplica¸˜o dos n´meros primos ca u

×