0
AS AVES QUE FREQUENTAM A NOSSA ESCOLA<br />Trabalho realizado pelo Clube de Ciências da Natureza da Escola Básica e Secund...
O trabalho decorreu em três fases distintas:<br />Trabalho de campo – decorreu entre os meses de Outubro e Abril, uma a du...
ESPÉCIES MAIS COMUNS<br />
Pisco-de-peito-ruivo<br />Erithacus rubecula<br />Plumagem: partes superiores castanho-azeitona, rosto e peito alaranjado,...
Pisco-de-peito-ruivo<br />Erithacus rubecula<br />Tipo de ocorrência: residente<br />Frequência: abundante<br />As aves qu...
Pisco-de-peito-ruivo<br />Erithacus rubecula<br />Áreas preferenciais de ocorrência <br />Encontrámos esta espécie em loca...
Felosa-comum<br />Phylloscupuscollybita<br />Plumagem: partes superiores castanho-azeitonae inferiores cinzento-claras; li...
Felosa-comum<br />Philloscupuscollibita<br />Tipo de ocorrência: residente<br />Frequência: abundante<br />As aves que fre...
Felosa-comum<br />Philloscupuscollibita<br />Áreas preferenciais de ocorrência <br />A espécie foi observada em zonas de v...
Chapim-azul<br />Paruscaeruleus<br />Plumagem: partes superiores partes de um verde-azulado; coroa, asas e cauda azul inte...
Chapim-azul<br />Paruscaeruleus<br />Tipo de ocorrência: residente<br />Frequência: pouco abundante<br />As aves que frequ...
Chapim-azul<br />Paruscaeruleus<br />Áreas preferenciais de ocorrência <br />A espécie foi observada em locais variáveis a...
Melro-preto<br />Turdusmerola<br />Plumagem: omachoé todo preto com bico amarelo; a fêmea é castanha e tem o bico acastanh...
Melro-preto<br />Turdusmerola<br />Tipo de ocorrência: residente<br />Frequência: irregular<br />As aves que frequentam a ...
Melro-preto<br />Turdusmerola<br />Áreas preferenciais de ocorrência <br />Observámos esta espécie mais frequentemente no ...
Alvéola-comum<br />Motacilla alba<br />Plumagem: partes superiores pretas ou cinzentas; coroa e peito pretos; cauda preta ...
Alvéola-comum<br />Motacilla alba<br />Tipo de ocorrência: residente<br />Frequência: abundante<br />As aves que frequenta...
Alvéola-comum<br />Motacilla alba<br />Áreas preferenciais de ocorrência <br />Encontrámos a Alvéola-comum quase sempre no...
Andorinha-das-chaminés<br />Hirundorustica<br />Plumagem: partes superiores azul-metálico escuro; garganta e fronte vermel...
Andorinha-das-chaminés<br />Hirundorustica<br />Tipo de ocorrência: visitante de Verão<br />Frequência: abundante<br />As ...
Andorinha-das-chaminés<br />Hirundorustica<br />Áreas preferenciais de ocorrência <br />Esta espécie foi observada sempre ...
Verdilhão-comum<br />Carduelisclhoris<br />Plumagem: o macho  é globalmente verde-azeitona com manchas amarelas nas asas, ...
Verdilhão-comum<br />Carduelisclhoris<br />Tipo de ocorrência: visitante de Verão<br />Frequência: abundante<br />As aves ...
Verdilhão-comum<br />Carduelisclhoris<br />Áreas preferenciais de ocorrência <br />Observámos a espécie a maior parte das ...
Serzino<br />Serinusserinus<br />Plumagem: o macho  é amarelo com listas e pequenas manchas castanhas. O amarelo da fêmea ...
Serzino<br />Serinusserinus<br />Tipo de ocorrência: visitante de Verão<br />Frequência: abundante<br />As aves que freque...
Serzino<br />Serinusserinus<br />Áreas preferenciais de ocorrência <br />O Serzino foi praticamente sempre observado pousa...
Rola-turca<br />Streptopeliadecaocto<br />Plumagem: uniformemente bege com uma coleira preta. Não há dimorfismo sexual evi...
Rola-turca<br />Streptopeliadecaocto<br />Tipo de ocorrência: residente<br />Frequência: abundante nos meses em que ocorre...
Rola-turca<br />Streptopeliadecaocto<br />Áreas preferenciais de ocorrência <br />Não conseguimos encontrar nenhum padrão ...
Pardal-comum<br />Passerdomesticus<br />Plumagem: partes superiores do macho acastanhadas com listas pretas, coroa cinzent...
Pardal-comum<br />Passerdomesticus<br />Tipo de ocorrência: residente<br />Frequência: muito abundante<br />As aves que fr...
Pardal-comum<br />Passerdomesticus<br />Áreas preferenciais de ocorrência <br />Esta é a espécie mais abundante na nossa e...
Toutinegra-de-barrete-preto<br />Sylviaatricapilla<br />Plumagem: partes superiores castanho-acinzentadas, com asas mais e...
Toutinegra-de-barrete-preto<br />Sylviaatricapilla<br />Tipo de ocorrência: residente<br />Frequência: pouco abundante<br ...
Toutinegra-de-barrete-preto<br />Sylviaatricapilla<br />Áreas preferenciais de ocorrência <br />Observámos esta espécie so...
Chapim-preto<br />Parus ater<br />Plumagem: partes superiores castanho-acinzentadas, com asas mais escuras, e inferiores b...
Chapim-preto<br />Parus ater<br />Tipo de ocorrência: residente<br />Frequência:pouco abundante<br />As aves que frequenta...
Chapim-preto<br />Parus ater<br />Áreas preferenciais de ocorrência <br />Esta, é uma espécie muito activa que está perman...
Chapim-real<br />Parusmajor<br />Plumagem: maioritariamente castanho-esverdeada nas partes superiores e amarela no peito e...
Chapim-real<br />Parusmajor<br />Tipo de ocorrência: residente<br />Frequência: pouco abundante nos meses de Inverno. Abun...
Chapim-real<br />Parusmajor<br />Áreas preferenciais de ocorrência <br />Os Chapins-reais foram sobretudo observados junto...
ESPÉCIES POUCO FREQUENTES<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
Alvéola-cinzenta<br />Motacilla cinerea<br />Plumagem:  cauda muito longa e pelas partes inferiores amarelas, mais visívei...
Alvéola-cinzenta<br />Motacilla cinerea<br />Tipo de ocorrência: visitante acidental<br />Frequência: observámos  uma Alvé...
Pega-rabuda<br />Pica pica<br />Plumagem:  preta com tonalidades azuis e verdes; cauda longa; manchas brancas nas asas e n...
Alvéola-cinzenta<br />Motacilla cinerea<br />Tipo de ocorrência: visitante acidental<br />Frequência: observámos a espécie...
Águia-de-asa-redonda<br />Buteobuteo<br />Plumagem: coloração variável, entre o escuro e o claro, de um modo geral, em ton...
Águia-de-asa-redonda<br />Buteobuteo<br />Tipo de ocorrência: visitante acidental<br />Frequência: Esta rapina foi observa...
Rabirruivo-preto<br />Phoenicurusochruros<br />Plumagem: o macho é todo preto, com uma mancha branca nas asas e na parte i...
Rabirruivo-preto<br />Phoenicurusochruros<br />Tipo de ocorrência: visitante acidental<br />Frequência: Outrora residente ...
Peneireiro-comum<br />Falcotinunculus<br />Plumagem: o macho tem as partes superiores pintalgadas de castanho; cabeça e ca...
Peneireiro-comum<br />Falcotinunculus<br />Tipo de ocorrência: visitante acidental<br />Frequência: Fizemos somente uma ob...
Lugre<br />Carduelisspinus<br />Plumagem: o macho é esverdeado com coroa e mancha por baixo do bico pretos. As asas são pr...
Lugre<br />Carduelisspinus<br />Tipo de ocorrência: visitante acidental<br />Frequência: Temos um único registo desta espé...
Chapim-rabilongo<br />Aegithaloscaudatus<br />Plumagem: Cabeça com coroa branca e duas listas pretas acima dos olhos. Bico...
Chapim-rabilongo<br />Aegithaloscaudatus<br />Tipo de ocorrência: visitante acidental<br />Frequência: Um único registo do...
Estorninho-preto<br />Sturnus unicolor<br />Plumagem: preta com reflexos metálicos. Bico amarelo curto e fino. <br />Habit...
Estorninho-preto<br />Sturnus unicolor<br />Tipo de ocorrência: visitante acidental<br />Frequência: Observámos uma única ...
Toutinegra-de-cabeça-preta<br />Sylviamelanocephala<br />Plumagem: Cabeça preta com garganta branca. Círculo vermelho em t...
Toutinegra-de-cabeça-preta<br />Sylviamelanocephala<br />Tipo de ocorrência: visitante acidental<br />Frequência: Observám...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

As aves que frequentam a nossa escola

1,025

Published on

As aves que frequentam a nossa escola foi um trabalho realizado pelo Clube de Ciências da Escola Básica e Secundária de Canelas ao longo de 3 anos.

Published in: Education, Technology, Travel
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,025
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
16
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "As aves que frequentam a nossa escola"

  1. 1. AS AVES QUE FREQUENTAM A NOSSA ESCOLA<br />Trabalho realizado pelo Clube de Ciências da Natureza da Escola Básica e Secundária de Canelas (Vila Nova de Gaia) entre os anos lectivos de 2007/08 e 2009/10<br />
  2. 2. O trabalho decorreu em três fases distintas:<br />Trabalho de campo – decorreu entre os meses de Outubro e Abril, uma a duas vezes por semana, ao longo de dois anos lectivos. Cada saída teve a duração aproximada cerca de noventa minutos. Os dados foram recolhidos em folhas de registo. Usaram-se ainda binóculos e Guias de Identificação de espécies no apoio ao trabalho.<br />Análise dos dados – foi realizada com base na interpretação de tabelas e gráficos criados pelos alunos em Excel.<br />Elaboração do trabalho final – a elaboração do trabalho final em PowerPoint foi da responsabilidade dos alunos do clube.<br />
  3. 3. ESPÉCIES MAIS COMUNS<br />
  4. 4. Pisco-de-peito-ruivo<br />Erithacus rubecula<br />Plumagem: partes superiores castanho-azeitona, rosto e peito alaranjado, parte inferior cinzento claro. Não há dimorfismo sexual evidente.<br />Habitat: áreas arborizadas, sebes, jardins e bosques.<br />Alimentação: insectos, aranhas, minhocas e bagas. <br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  5. 5. Pisco-de-peito-ruivo<br />Erithacus rubecula<br />Tipo de ocorrência: residente<br />Frequência: abundante<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  6. 6. Pisco-de-peito-ruivo<br />Erithacus rubecula<br />Áreas preferenciais de ocorrência <br />Encontrámos esta espécie em locais variados, principalmente no chão ou em arbustos e árvores baixas.<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  7. 7. Felosa-comum<br />Phylloscupuscollybita<br />Plumagem: partes superiores castanho-azeitonae inferiores cinzento-claras; linha clara marcada sobre o olho. Não há dimorfismo sexual evidente.<br />Habitat: florestas, parques e jardins.<br />Alimentação: insectos. <br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  8. 8. Felosa-comum<br />Philloscupuscollibita<br />Tipo de ocorrência: residente<br />Frequência: abundante<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  9. 9. Felosa-comum<br />Philloscupuscollibita<br />Áreas preferenciais de ocorrência <br />A espécie foi observada em zonas de vegetação mais densa. Sempre em movimento, a Felosa-comum deixa-se geralmente observar de perto. <br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  10. 10. Chapim-azul<br />Paruscaeruleus<br />Plumagem: partes superiores partes de um verde-azulado; coroa, asas e cauda azul intenso; rosto branco circundado de negro com uma lista escura que se prolonga através dos olhos. Não há dimorfismo sexual evidente.<br />Habitat: parques, jardins, bosques e pomares.<br />Alimentação: insectos, afídios, aranhas, frutos cereais e sementes. <br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  11. 11. Chapim-azul<br />Paruscaeruleus<br />Tipo de ocorrência: residente<br />Frequência: pouco abundante<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  12. 12. Chapim-azul<br />Paruscaeruleus<br />Áreas preferenciais de ocorrência <br />A espécie foi observada em locais variáveis aparentemente sem nenhum padrão comportamental específico.<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  13. 13. Melro-preto<br />Turdusmerola<br />Plumagem: omachoé todo preto com bico amarelo; a fêmea é castanha e tem o bico acastanhado.<br />Habitat: parques, jardins, bosques e espaços urbanos.<br />Alimentação: insectos, minhocas, frutos e bagas. <br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  14. 14. Melro-preto<br />Turdusmerola<br />Tipo de ocorrência: residente<br />Frequência: irregular<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  15. 15. Melro-preto<br />Turdusmerola<br />Áreas preferenciais de ocorrência <br />Observámos esta espécie mais frequentemente no chão, no meio dos canteiros, ou pousado em galhos de baixa altitude principalmente à volta do Bloco 1 (local pouco agitado).<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  16. 16. Alvéola-comum<br />Motacilla alba<br />Plumagem: partes superiores pretas ou cinzentas; coroa e peito pretos; cauda preta e longa com penas exteriores brancas. Parte inferior branca. Não há dimorfismo sexual evidente.<br />Habitat: jardins, espaços urbanos abertos, herdades e planícies.<br />Alimentação: insectos e sementes. <br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  17. 17. Alvéola-comum<br />Motacilla alba<br />Tipo de ocorrência: residente<br />Frequência: abundante<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  18. 18. Alvéola-comum<br />Motacilla alba<br />Áreas preferenciais de ocorrência <br />Encontrámos a Alvéola-comum quase sempre no chão em espaços abertos.<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  19. 19. Andorinha-das-chaminés<br />Hirundorustica<br />Plumagem: partes superiores azul-metálico escuro; garganta e fronte vermelhas; parte inferior esbranquiçada. Não há dimorfismo sexual evidente.<br />Habitat: prados, herdades, vilas e aldeias.<br />Alimentação: insectos capturados em voo. <br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  20. 20. Andorinha-das-chaminés<br />Hirundorustica<br />Tipo de ocorrência: visitante de Verão<br />Frequência: abundante<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  21. 21. Andorinha-das-chaminés<br />Hirundorustica<br />Áreas preferenciais de ocorrência <br />Esta espécie foi observada sempre em voo principalmente na área assinalada a tracejado.<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  22. 22. Verdilhão-comum<br />Carduelisclhoris<br />Plumagem: o macho é globalmente verde-azeitona com manchas amarelas nas asas, no dorso e na cauda. No Inverno surgem manchas acinzentadas nas asas e no dorso. A fêmea tem uma plumagem semelhante mas mais clara. <br />Habitat: parques, pomares, áreas arborizadas.<br />Alimentação: sementes, rebentos de árvore, flores e alguns insectos.<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  23. 23. Verdilhão-comum<br />Carduelisclhoris<br />Tipo de ocorrência: visitante de Verão<br />Frequência: abundante<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  24. 24. Verdilhão-comum<br />Carduelisclhoris<br />Áreas preferenciais de ocorrência <br />Observámos a espécie a maior parte das vezes junto a alguns dos comedouros colocados na escola.<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  25. 25. Serzino<br />Serinusserinus<br />Plumagem: o macho é amarelo com listas e pequenas manchas castanhas. O amarelo da fêmea é menos vivo. <br />Habitat: áreas arborizadas, campos cultivados, pomares, parques e jardins. <br />Alimentação: sementes, rebentos de algumas árvores e insectos.<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  26. 26. Serzino<br />Serinusserinus<br />Tipo de ocorrência: visitante de Verão<br />Frequência: abundante<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  27. 27. Serzino<br />Serinusserinus<br />Áreas preferenciais de ocorrência <br />O Serzino foi praticamente sempre observado pousado na parte mais alta da copa de algumas árvores de médio/grande porte.<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  28. 28. Rola-turca<br />Streptopeliadecaocto<br />Plumagem: uniformemente bege com uma coleira preta. Não há dimorfismo sexual evidente.<br />Habitat: parques, jardins, vilas e aldeias, campos agrícolas. <br />Alimentação: cereais, sementes e frutos.<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  29. 29. Rola-turca<br />Streptopeliadecaocto<br />Tipo de ocorrência: residente<br />Frequência: abundante nos meses em que ocorre a nidificação<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  30. 30. Rola-turca<br />Streptopeliadecaocto<br />Áreas preferenciais de ocorrência <br />Não conseguimos encontrar nenhum padrão comportamental característico.<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  31. 31. Pardal-comum<br />Passerdomesticus<br />Plumagem: partes superiores do macho acastanhadas com listas pretas, coroa cinzenta e nuca e pescoço castanho-escuros; partes inferiores branco-acinzentadas. As fêmeas são castanho-acinzentadas por cima e mais claras em baixo.<br />Habitat: áreas urbanas, herdades, vilas e aldeias. <br />Alimentação: quase tudo, mas principalmente sementes.<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  32. 32. Pardal-comum<br />Passerdomesticus<br />Tipo de ocorrência: residente<br />Frequência: muito abundante<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  33. 33. Pardal-comum<br />Passerdomesticus<br />Áreas preferenciais de ocorrência <br />Esta é a espécie mais abundante na nossa escola. Observámos pardais praticamente em todos os locais embora em maior número nas áreas assinaladas. Muitas vezes encontrámo-los no chão, à procura de migalhas deixadas pelos alunos. <br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  34. 34. Toutinegra-de-barrete-preto<br />Sylviaatricapilla<br />Plumagem: partes superiores castanho-acinzentadas, com asas mais escuras, e inferiores branco-acinzentadas; o macho tem barrete preto e a fêmea castanho-avermelhado.<br />Habitat: parques e jardins, bosques com arvoredo denso. <br />Alimentação: insectos e bagas.<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  35. 35. Toutinegra-de-barrete-preto<br />Sylviaatricapilla<br />Tipo de ocorrência: residente<br />Frequência: pouco abundante<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  36. 36. Toutinegra-de-barrete-preto<br />Sylviaatricapilla<br />Áreas preferenciais de ocorrência <br />Observámos esta espécie sobretudo atrás do Pavilhão 1, algumas vezes alimentando-se de bagas de alguns arbustos.<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  37. 37. Chapim-preto<br />Parus ater<br />Plumagem: partes superiores castanho-acinzentadas, com asas mais escuras, e inferiores branco-acinzentadas; o macho tem barrete preto e a fêmea castanho-avermelhado.<br />Habitat: parques e jardins, bosques com arvoredo denso. <br />Alimentação: insectos e bagas.<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  38. 38. Chapim-preto<br />Parus ater<br />Tipo de ocorrência: residente<br />Frequência:pouco abundante<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  39. 39. Chapim-preto<br />Parus ater<br />Áreas preferenciais de ocorrência <br />Esta, é uma espécie muito activa que está permanentemente em movimento. As principais áreas de observação, assinaladas na planta, referem-se a zonas de vegetação densa perto de comedouros e a um Pinheiro-bravo situado entre os Blocos 2 e 3.<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  40. 40. Chapim-real<br />Parusmajor<br />Plumagem: maioritariamente castanho-esverdeada nas partes superiores e amarela no peito e barriga. A cabeça é preta, com excepção das faces brancas, e é a partir do colar que parte uma banda preta que atravessa todo o peito e barriga. Esta lista é mais larga no macho do que na fêmea. .<br />Habitat:zonas florestadas, matas ribeirinhas, parques e jardins. <br />Alimentação: insectos e aranhas, mas também bagas e sementes.<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  41. 41. Chapim-real<br />Parusmajor<br />Tipo de ocorrência: residente<br />Frequência: pouco abundante nos meses de Inverno. Abundante com a chegada da Primavera<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  42. 42. Chapim-real<br />Parusmajor<br />Áreas preferenciais de ocorrência <br />Os Chapins-reais foram sobretudo observados junto a alguns dos comedouros.<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  43. 43. ESPÉCIES POUCO FREQUENTES<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  44. 44. Alvéola-cinzenta<br />Motacilla cinerea<br />Plumagem: cauda muito longa e pelas partes inferiores amarelas, mais visíveis no caso dos machos .<br />Habitat: lagos, fontes, povoações e junto a rios e ribeiros.<br />Alimentação: insectos, larvas, e outros pequenos animais.<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  45. 45. Alvéola-cinzenta<br />Motacilla cinerea<br />Tipo de ocorrência: visitante acidental<br />Frequência: observámos uma Alvéola-cinzenta em finais de Janeiro e no início de Fevereiro (provavelmente o mesmo indivíduo)<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  46. 46. Pega-rabuda<br />Pica pica<br />Plumagem: preta com tonalidades azuis e verdes; cauda longa; manchas brancas nas asas e na barriga. Mancha azul nas asas.<br />Habitat: vivem principalmente em zonas agrícolas, terrenos de cultura com arbustos, árvores ou pequenos matos. <br />Alimentação: insectos, animais mortos, pequenos vertebrados, especialmente ratos, grãos de cereais e vegetais.<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  47. 47. Alvéola-cinzenta<br />Motacilla cinerea<br />Tipo de ocorrência: visitante acidental<br />Frequência: observámos a espécie somente em duas ocasiões, estando as aves possivelmente de passagem para os pinhais próximos da escola.<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  48. 48. Águia-de-asa-redonda<br />Buteobuteo<br />Plumagem: coloração variável, entre o escuro e o claro, de um modo geral, em tons de castanho. Barra clara na parte inferior do peito, cauda branco suja muito listrada de cinzento...<br />Habitat: Florestas, pequenos bosques nas imediações de terrenos descampados, campos de cultivo, prados, ou pântanos. <br />Alimentação: principalmentepequenos roedores, coelhos, aves, répteis e anfíbios,.<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  49. 49. Águia-de-asa-redonda<br />Buteobuteo<br />Tipo de ocorrência: visitante acidental<br />Frequência: Esta rapina foi observada a planar em círculos sobre a escola na época de Inverno em dois anos consecutivos.<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  50. 50. Rabirruivo-preto<br />Phoenicurusochruros<br />Plumagem: o macho é todo preto, com uma mancha branca nas asas e na parte inferior da cauda; o resto da cauda é vermelho-ferrugem. A fêmea é semelhante ao macho mas castanha e não tem mancha branca na asa. <br />Habitat: áreas rochosas, edifícios em ruínas e áreas urbanas.<br />Alimentação: insectos, aranhas e centopeias. Ocasionalmente bagas.<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  51. 51. Rabirruivo-preto<br />Phoenicurusochruros<br />Tipo de ocorrência: visitante acidental<br />Frequência: Outrora residente e nidificante, esta espécie é agora rara na escola. Observámo-la por duas vezes saltitando no chão próximo do pavilhão 2.<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  52. 52. Peneireiro-comum<br />Falcotinunculus<br />Plumagem: o macho tem as partes superiores pintalgadas de castanho; cabeça e cauda cinzenta-azulada com faixa preta na extremidade. Partes inferiores com listas castanhas esbatidas. A fêmea tem as partes superiores castanhas com listras castanho-escuras ou pretas. Cauda castanha listrada. <br />Habitat: terrenos abertos, herdades, aldeias, vilas, sapais e penhascos.<br />Alimentação: pequenas aves e mamíferos, insectos e minhocas. <br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  53. 53. Peneireiro-comum<br />Falcotinunculus<br />Tipo de ocorrência: visitante acidental<br />Frequência: Fizemos somente uma observação desta rapina peneirando sobre o Ginásio.<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  54. 54. Lugre<br />Carduelisspinus<br />Plumagem: o macho é esverdeado com coroa e mancha por baixo do bico pretos. As asas são pretas com barras amarelas. A fêmea é mais sombria e não possui a mancha preta debaixo do bico.<br />Habitat: bosques, jardins e sebes.<br />Alimentação: sementes.<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  55. 55. Lugre<br />Carduelisspinus<br />Tipo de ocorrência: visitante acidental<br />Frequência: Temos um único registo desta espécie: três Lugres a alimentarem-se num dos comedouros da escola.<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  56. 56. Chapim-rabilongo<br />Aegithaloscaudatus<br />Plumagem: Cabeça com coroa branca e duas listas pretas acima dos olhos. Bico preto muito pequeno. Asas escuras e cauda longa e preta. O corpo é esbranquiçado. <br />Habitat: bosques e jardins.<br />Alimentação: insectos e sementes. <br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  57. 57. Chapim-rabilongo<br />Aegithaloscaudatus<br />Tipo de ocorrência: visitante acidental<br />Frequência: Um único registo do Chapim-rabilongo: dois indivíduos observados num Plátano junto ao Bloco 1.<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  58. 58. Estorninho-preto<br />Sturnus unicolor<br />Plumagem: preta com reflexos metálicos. Bico amarelo curto e fino. <br />Habitat: campos abertos, jardins.<br />Alimentação: insectos, sementes e frutos. <br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  59. 59. Estorninho-preto<br />Sturnus unicolor<br />Tipo de ocorrência: visitante acidental<br />Frequência: Observámos uma única vez dois estorninhos pousados num fio-eléctrico sobre o estacionamento a escola.<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  60. 60. Toutinegra-de-cabeça-preta<br />Sylviamelanocephala<br />Plumagem: Cabeça preta com garganta branca. Círculo vermelho em torno dos olhos. Corpo acinzentado, mais claro por baixo. A fêmea é semelhante mas com um tom geral mais acastanhado. <br />Habitat: matagais, jardins com arbustos.<br />Alimentação: insectos. <br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  61. 61. Toutinegra-de-cabeça-preta<br />Sylviamelanocephala<br />Tipo de ocorrência: visitante acidental<br />Frequência: Observámos por duas vezes uma ave desta espécie alimentando-se de bagas num arbusto atrás do Bloco1.<br />As aves que frequentam a nossa Escola<br />
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×