Your SlideShare is downloading. ×
Literacias Digitais e Segurança na Internet - apresentação de resultados de estudo 2014
Literacias Digitais e Segurança na Internet - apresentação de resultados de estudo 2014
Literacias Digitais e Segurança na Internet - apresentação de resultados de estudo 2014
Literacias Digitais e Segurança na Internet - apresentação de resultados de estudo 2014
Literacias Digitais e Segurança na Internet - apresentação de resultados de estudo 2014
Literacias Digitais e Segurança na Internet - apresentação de resultados de estudo 2014
Literacias Digitais e Segurança na Internet - apresentação de resultados de estudo 2014
Literacias Digitais e Segurança na Internet - apresentação de resultados de estudo 2014
Literacias Digitais e Segurança na Internet - apresentação de resultados de estudo 2014
Literacias Digitais e Segurança na Internet - apresentação de resultados de estudo 2014
Literacias Digitais e Segurança na Internet - apresentação de resultados de estudo 2014
Literacias Digitais e Segurança na Internet - apresentação de resultados de estudo 2014
Literacias Digitais e Segurança na Internet - apresentação de resultados de estudo 2014
Literacias Digitais e Segurança na Internet - apresentação de resultados de estudo 2014
Literacias Digitais e Segurança na Internet - apresentação de resultados de estudo 2014
Literacias Digitais e Segurança na Internet - apresentação de resultados de estudo 2014
Literacias Digitais e Segurança na Internet - apresentação de resultados de estudo 2014
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Literacias Digitais e Segurança na Internet - apresentação de resultados de estudo 2014

200

Published on

Apresentação de trabalho final formação sobre literacias digitais e segurança na Internet

Apresentação de trabalho final formação sobre literacias digitais e segurança na Internet

Published in: Education
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
200
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
4
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. João Paulo Proença e Valentina Pereira – Abril de 2014
  • 2. O presente estudo de caso decorreu entre janeiro e março de 2014 na Escola Básica Vale de Milhaços sede do Agrupamento de Escolas Vale de Milhaços. Face ao elevado número de utilizadores aluno que a Biblioteca Escolar da escola sede serve (1018) optou-se por levar a cabo o presente estudo nos anos terminais de ciclo (6.º e 9.º anos de escolaridade). Procurando uma maior fiabilidade dos dados, após o feadback dos formadores, definiu-se a seguinte amostra: Ano de Escolaridade Total Rapazes Total Rapazes 100% Amostra Raparigas Total Raparigas 100% Amostra Totais Amostra/ Ano 6.º ano 100% 30% 30% 156 349 187 84 162 72 9.º ano 100% 22 90% 42 90% 52 64 20 32 TOTAL AMOSTRA 208
  • 3. Os alunos que responderam aos questionários foram selecionados através da construção de listas aleatórias com recurso ao programa Random.org. No âmbito das hipóteses de investigação propusemo-nos avaliar o grau do domínio da literacia digital por parte da amostra assim como se esses alunos já tinham sido alvo de Bullying (vítima) ou se já o promoveram (agressores). Procuramos ainda fazer um estudo comparativo por idades e género (6.º versos 9.º ano de escolaridade). Quanto aos padrões antecipamos que os mais velhos (9.º ano) apresentarão um maior domínio das literacias digitais. Relativamente ao Bullying consideramos ambos os grupos etários de risco quer como vítimas, quer como agressores.
  • 4. De acordo com os critérios previamente estabelecidos, foi constituída uma amostra que respondeu ao questionário de acordo com a seguinte distribuição por ano de escolaridade. Ano de Escolaridade Ocorrências Percentagem 6º ano 158 71% 9º ano 64 29% (em branco) Total Geral 222 100% Tabela 1 E por género Género Ocorrências Percentagem Feminino 116 52% Masculino 106 48% (em branco) Total Geral 222 100% Tabela 2
  • 5. Constatou-se que a grande maioria dos alunos se situa na casa dos 11/12 anos (64,8%) e 14/15 anos (26,2%) de acordo com o quadro seguinte. Tabela 3 Idade Ocorrências Percentagem 10 3 1,4 11 92 41,4 12 52 23,4 13 7 3,2 14 35 15,8 15 23 10,4 16 5 2,3 17 4 1,8 (em branco) 1 0,5 Total Geral 222 100%
  • 6. Analisando o quadro baixo constata-se que no 6º ano há um equilíbrio entre rapazes e raparigas mas que no 9º ano o número de raparigas e de rapazes tem um proporção de cerca de dois terços de raparigas para um terço de rapazes. Género e ano de Escolaridade Ocorrências Feminino 116 6º ano 75 9º ano 41 Masculino 106 6º ano 83 9º ano 23 (em branco) Total Geral 222 Tabela 4
  • 7. Do tratamento dos questionários realizado na EB de Vale Milhaços (concelho do Seixal) constatou-se que, no referente aos alunos do 6º ano de escolaridade e no seu acesso à internet a situação era a seguinte: • Acesso através de telemóvel – 71,5% • Acesso através de tablet – 67,1% • Acesso em Portátil – 64,6% • Acesso através de TV – 59,5% • Acesso em PC próprio – 58,2% • Acesso através de consola de jogos – 56,3% • Acesso através de Smartphone – 50,6% • Acesso através de portátil partilhado com outras pessoas – 49,4% • Acesso através de PC partilhado com outras pessoas – 39,9% (Nota: o acesso através de portátil dá uma soma maior que 100%, mal tal não obsta à constatação dos seguintes factos)
  • 8. De onde se destaca o acesso generalizado destes jovens à Internet através de equipamento próprio com elevada mobilidade (possibilidade de efetuar acesso em todo o lado e lugar), que se confirma através dos dados seguintes: • Acesso na sala, em casa - 88% • Acesso no quarto – 84,8% • Acesso em casa de familiares – 79,7% • Acesso em casa de amigos – 64,6% • Acesso na escola - 48,1% • Acesso na Biblioteca- 32,3% • Acesso na rua – 27,8% (Nota: Salienta-se o facto de o acesso à internet em família e no quarto ter percentagens mais elevadas do que na escola e bibliotecas com impacto no potencial uso educativo que o acesso pode ou não proporcionar).
  • 9. No referente ao tempo em que estes alunos costumam dedicar à Internet este situa-se nos seguintes valores: Em tempo de aulas: • Menos de uma hora – 35,4% • Entre uma a três horas – 31% Num dia sem aulas • Entre três a seis horas – 37,3% • Entre uma a três horas – 35,4%
  • 10. No que concerne às atividades que estes alunos realizam na Internet as percentagens mais elevadas distribuem-se da seguinte forma: • Ver videoclips – várias vezes por dia – 50,0% • Ler/ver as notícias na internet – Não fiz isso no último mês 41,8% • Ver um perfil numa rede social – Várias vezes ao dia – 41,8% • Utilizar mensagens instantâneas – várias vezes por dia – 47,4% • Enviar receber emails – várias vezes por dia – 36,1% • Jogar jogos com outras pessoas na Internet – Várias vezes por dia 32,9% • Realização de trabalhos da escola – Uma ou duas vezes por mês – 29,7% • Ver videoclips – uma vez por dia ou quase – 28,5 % • Fazer downloads de músicas ou filmes – várias vezes ao dia - 28,5% • Realização de trabalhos da escola – Uma ou duas vezes por semana – 20,9%.
  • 11. Do tratamento dos questionários realizado na EB de Vale Milhaços (concelho do Seixal) constatou-se que, no referente aos alunos do 9º ano de escolaridade e no seu acesso à internet a situação era a seguinte: • Acesso através de Smartphone – 71,9% • Acesso em PC próprio – 70,3% • Acesso através de consola de jogos – 70,3% • Acesso em Portátil – 64,1% • Acesso através de telemóvel – 62,5% • Acesso através de tablet – 50,0% • Acesso através de TV – 46,9% • Acesso através de PC partilhado com outras pessoas – 39,1% • Acesso através de portátil partilhado com outras pessoas – 28,1%
  • 12. De onde se destaca o acesso generalizado destes jovens à Internet através de equipamento próprio com elevada mobilidade (possibilidade de efetuar acesso em todo o lado e lugar), que se confirma através dos dados seguintes: • Acesso na sala, em casa – 92,2% • Acesso no quarto – 90,5% • Acesso em casa de amigos – 85,9% • Acesso na escola - 81,3% • Acesso na rua – 65,6% • Acesso em casa de familiares – 59,4% • Acesso na Biblioteca- 32,8% (Nota: Salienta-se o facto de o acesso à internet estar diretamente relacionado com o facto dos alunos possuírem um elevado número de smartphones o que lhes permite acederem, em qualquer lugar, à internet via wifi).
  • 13. No referente ao tempo em que estes alunos costumam dedicar à Internet este situa-se nos seguintes valores: Em tempo de aulas: • Entre uma a três horas – 62,5% • Entre três a seis horas – 15,6% Num dia sem aulas: • Entre três a seis horas – 67,2% • Entre uma a três horas – 21,9%
  • 14. No que concerne às atividades que estes alunos realizam na Internet as percentagens mais elevadas distribuem-se da seguinte forma: • Ver um perfil numa rede social – Várias vezes ao dia – 64,1% • Ver videoclips – várias vezes por dia – 64,1% • Utilizar mensagens instantâneas – várias vezes por dia – 57,8% • Enviar receber emails – várias vezes por dia – 51,6% • Fazer downloads de músicas ou filmes – várias vezes ao dia - 50,0% • Visitar uma sala de chat - Várias vezes ao dia – 46,9% • Ler/ver as notícias na internet – Várias vezes ao dia - 40,6% • Jogar jogos com outras pessoas na Internet – Várias vezes por dia - 37,5% • Realização de trabalhos da escola – Uma ou duas vezes por semana – 35,9%
  • 15. Quanto aos padrões antecipámos que os mais velhos (9.º ano) apresentarão um maior domínio das literacias digitais. Relativamente ao Bullying consideramos ambos os grupos etários de risco quer como vítimas, quer como agressores. Concluímos que: . Nas questões sobre o Bullying o número de casos positivo é insignificante face à dimensão da amostra – na maioria dos quadros o número de respostas positivas é da ordem dos 3% ou menos. . No que diz respeito às literacias digitais confirma-se a nossa hipótese de estudo. Há ainda em alguns quadros uma questão de género que necessitaria de uma análise mais aprofundada de modo a poder obter respostas conclusivas.
  • 16. QUESTÃO 6.º ANO (%) 9.º ANO (%) Sei muitas coisas sobre a utilização da Internet 49 67,2 Há muitas coisas na Internet que são boas para as pessoas da minha idade 45,2 64,1 Comparar diferentes sites para verificar se a informação é verdadeira 54,2 85,9 Alterar as preferências dos filtros… 21,3 45,3 Adicionar um site aos favoritos 75,5 92,2 Bloquear publicidade indesejada 52,3 75 Apagar o registo dos sites que visitaste 53,5 85,9 Alterar as definições de privacidade no perfil de uma rede social 47,7 62,2 Bloquear mensagens de uma pessoa com quem não queres ter contato 59,6 67,2 Encontrar informação sobre como usar a internet de forma segura 72,9 85,9 Em resumo, no âmbito da literacia digital a maioria dos alunos do 9.º ano de escolaridade afirma saber mais do que os alunos do 6.º ano de escolaridade.
  • 17. Registamos ainda com agrado que o trabalho desenvolvido pela Equipa da Biblioteca Escolar em conjunto com a Coordenação da Educação para a Cidadania no âmbito das comemorações da Semana da Internet Segura parece ter dado os seus frutos. No entanto ainda há muito trabalho a realizar neste contexto com os alunos do 6.º ano de escolaridade uma vez que estes permanecerão neste estabelecimento de ensino pois: • 49% dos alunos consideram que sabem muita coisa sobre a utilização da internet, no entanto, nas suas pesquisas apesar de 72,9% afirmar saber como usar a internet de forma segura, apenas 54,2% admite comparar sites para verificar se a informação é verdadeira; 54,2% não altera as preferências dos filtros; 36,8% não sabe bloquear a publicidade indesejada; 34,2% não sabe apagar o registo dos sites que visitou; 39,4% não sabe alterar as definições de privacidade no perfil de uma rede social e 32,1% não sabem bloquear mensagens de uma pessoa com quem não querem ter contato.

×