Apresentação joao paulo proença challenges 2013 as potencialidades dasa wikis em educação

  • 537 views
Uploaded on

Apresentação no -challenges 2013 sobre as -wikis, educaçao e bibliotecas

Apresentação no -challenges 2013 sobre as -wikis, educaçao e bibliotecas

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
537
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
18

Actions

Shares
Downloads
4
Comments
0
Likes
1

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. João Paulo da Silva Proença Rede de Bibliotecas Escolares AS POTENCIALIDADES DAS WIKIS EM EDUCAÇÃO – (RELATO DE UMA EXPERIÊNCIA EM DUAS OFICINAS DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES ) jp.proenca@gmail.com
  • 2. PARTE I ENQUADRAMENTO TEÓRICO
  • 3. 1- Estamos na era da WEB 2.0 !
  • 4. 1- Princípios da WEB 2.0 • Arquitetura da participação • Personalização – características do indivíduo • Constante actualização (Beta perpétuo…) • Soluções simples e personalizadas • Interactividade • Colaboração • Agregação da informação
  • 5. 1 - Princípios da WEB 2.0
  • 6. 1 - O que é a WEB 2.0 ? (Margaix, 2008)
  • 7. • O primeiro sítio Web denominado Wiki foi criado em 1994 e o seu objetivo era designar um documento partilhado na Web que se podia abrir e editar muito rapidamente com vista à partilha e edição colaborativa de documentos, possibilitando assim a sua constante atualização bem como a eliminação da duplicação de ficheiros e das suas múltiplas versões. Também é uma ferramenta ideal para a escrita colaborativa. • A Wiki mais conhecida é a Wikipedia. Esta é a maior enciclopédia on‐line e baseia-se num sistema Wiki à escala mundial. 2 - Uma Wiki
  • 8. • De acordo com Fernández (2008) • Sus contenidos son publicados por múltiples usuarios de forma independiente. • Se edita fundamentalmente el contenido, no el diseño del sitio. Son sitios en constante revisión y actualización. • No es necesario un software especial para editar contenidos; sólo el navegador web. No son necesarios conocimientos de HTML. • Posibilidad de albergar discusiones, capacidad de guardar y recuperar versiones, y hacer seguimiento de los cambios, lo cual facilita su mantenimiento y transparecia. • Los wikis pueden ser de tres tipos: privados, protegidos y públicos. 2 - Características de uma Wiki
  • 9. 3 -As Wikis na Educação Junior e Coutinho citando Santamaria & Abraira (2006) atribuem às Wikis as seguintes potencialidades educativas: – Interagir e colaborar dinamicamente com os alunos. – Trocar ideias, criar aplicações, propor linhas de trabalho para determinados objetivos. – Recriar ou fazer glossários, dicionários, livros de texto, manuais, repositórios de aula, etc. – Ver todo o historial de modificações, permitindo ao professor avaliar a evolução registada. – Gerar estruturas de conhecimento partilhado, colaborativo que potencia a criação de comunidades de aprendizagem. – Integração dentro dos edublogs porque ainda que distintos em termos de conceção podem ser integrados de forma complementar. (2008, p. 338)
  • 10. 4 - As Wikis na Biblioteca Escolar Margaix Arnal publicou em 2008 um estudo sobre Web social. Nesse estudo esta autora refere que o uso dos Wikis em Bibliotecas giram em torno de quatro eixos fundamentais: 1. Uso interno. Su flexibilidad en la publicación por parte de varios autores y el control de versiones la convierten en una buena herramienta para intranets. 2. Elaboración de guías de recursos. Muchas bibliotecas ofrecen a sus usuarios selecciones de recursos web comentadas. Las Wikis permiten ofrecer este servicio de una forma más eficiente, ya que ahora la edición ya no tiene que recaer sólo en una persona, se puede abrir a un grupo más amplio (más bibliotecarios, usuarios, etc.) y se puede utilizar los foros de discusión para que los usuarios aporten sus comentarios y opiniones.
  • 11. • 3. Elaboración de manuales. Algunas bibliotecas han empezado a desarrollar manuales para los usuarios o para uso interno con herramientas Wiki, donde los cambios son mucho más rápidos de publicar y los usuarios siempre disponen de la última versión. • 4. Guías de información local. En el contexto de la biblioteca pública es posible que la biblioteca ofrezca una Wiki para que actúe como guía de la localidad con información del tipo que consideren oportuno: turismo, historia local, etc. La biblioteca seguramente no puede afrontar por sí sola crear y mantener todo ese contenido, pero sí ofrecer el espacio para que los usuarios lo hagan. (Arnal, 2008, pp.18-19) 4 - As Wikis na Biblioteca Escolar
  • 12. 4 - Como usar as Wikis na Biblioteca Escolar? • De acordo com o público alvo, definir uma política editorial e o tipo de conteúdos • Fomentar o trabalho colaborativo • Fomentar a rede
  • 13. 5. Problemáticas associadas: Podemos apontar algumas problemáticas de uso associadas, a saber: • Por vezes há muitos leitores mas pouca participação efetiva; • Uma elevada participação também pode ser problemática; • A necessidade de um moderador e de um regulamento; • A falta de controlo sobre o conteúdo; • Eventual necessidade de formação de utilizadores.
  • 14. Parte II Descrição do estudo
  • 15. • Apesar das potencialidades das Wikis para a educação e para as Bibliotecas Escolares, infelizmente, a partir do nosso campo de observação, temos constatado que as Wikis não têm constituído aposta por parte das bibliotecas Escolares. – Cf. estudo de Zélia Silva (2012) sendo nele referido no referente aos serviços Web 2.0 utilizados pelas bibliotecas: “no extremo oposto encontram-se os Wikis, o Twitter e os aplicativos de marcação social com um número residual de biblioteca a adoptá-los” (pp. 132-133); – Cf. estudo de Cunha e Figueiredo (2012) no qual as Wikis nem constam das ferramentas acerca das quais foram questionados os professores bibliotecários (p.7); – Cf. Estudo de Proença (2012) : “Não foram encontradas ligações para Wikis da biblioteca ou de alunos em articulação com a BE o que não querendo dizer que estes não existam também pode ser encarado, nessa situação, como um menor valor dado a este tipo de ferramentas por parte das BE” (2012, p.201). 1 – Contextualização
  • 16. • Estudo com base em duas turmas de uma oficina de formação (e- learning), através do uso de uma plataforma moodle. • A formação decorreu entre outubro de 2012 e fevereiro de 2013, sendo a turma “A” constituída por 29 formandos entre professores bibliotecários; Bibliotecários Municipais, Diretores de estabelecimento, professores e colaboradores do Centro de Formação e a turma “B” constituída por 21 professores bibliotecários • Focalizou-se no trabalho realizado pelos formandos, respetivamente, nas sessões de formação dedicadas ao trabalho com as Wikis e nos trabalhos finais realizados pelos formandos que optaram por escolher a Wiki como objeto do seu trabalho. • Ferramenta: PBworks 2. Objeto de pesquisa
  • 17. • Abordagem do tipo qualitativo, de natureza descritiva e interpretativa. • Estudo de caso de tipo descritivo múltiplo. • Damos uma grande relevância à análise do processo, à compreensão dos fenómenos e à interpretação da realidade que nos propusemos estudar e não à quantificação de resultados quantitativos que se viessem a obter. 3. Metodologia
  • 18. • Análise documental a partir dos trabalhos produzidos por todos os formandos das duas turmas de formação, durante as duas sessões dedicadas às Wikis, que se realizaram respetivamente entre 6 e 20 de novembro de 2012 e 3 a 17 de dezembro de 2012. • Posteriormente foi realizada análise documental às Wikis criadas pelos formandos como objeto de escolha para trabalho final. 4. Instrumentos de recolha de dados
  • 19. • Ao longo da sessão de formação – Turma A –construíram dez wikis – Turma B – construíram sete wikis • Temáticas foram diversas, a maioria focou-se nas áreas de trabalho da biblioteca escolar: Formação de utilizadores, Leitura (sugestões de leitura, biografias de escritores …), articulação curricular, trabalho colaborativo com os docentes, ocupação de tempos livres ou outras propostas que se considerem pertinentes no contexto de ensino/aprendizagem, sugestões de atividades culturais, sugestões de filmes (sinopses e trailers)… 5. Apresentação e interpretação dos dados recolhidos
  • 20. 5. Apresentação e interpretação dos dados recolhidos Especial destaque na turma A 1 - http://bibliodocdealmada.pbworks.com/w/page/60822999/FrontPage
  • 21. • Foi concebida para reunir informação sobre todos os serviços de documentação disponíveis em Almada que trabalham em rede, complementando-se entre si, de forma a tornar mais fácil a pesquisa, a recuperação e o uso da informação de que os utilizadores precisam. • Nas páginas desta Wiki podem ser encontrados os contactos de todas as escolas e agrupamentos de escolas do concelho, bem como a ligação para as páginas web de todas as bibliotecas escolares, bibliotecas municipais e seus polos do concelho e ainda as ligações para as páginas web do Museu da Cidade, Museu Naval, Núcleo Medieval Moderno, Casa da Cerca, Videoteca da Casa Municipal de Juventude de Sto. Amaro e ainda da Biblioteca de História Regional e Local. Bibliotecas e Centros de documentação de Almada
  • 22. 5. Apresentação e interpretação dos dados recolhidos Especial destaque na turma A 2 - http://descobertadepatrimonio.pbworks.com/w/page/60869051/%C3% 80%20Descoberta%20do%20Patrim%C3%B3nio
  • 23. • Esta constitui-se como uma belíssima compilação do património existente nas localidades de implementação das escolas de cada um dos elementos do grupo. Os materiais são diversificados: texto, fotos, vídeos, embora com um desenvolvimento algo assimétrico, mas os trabalhos de grupo são mesmo sujeitos a estas contingências. Disponibilizado na biblioteca de uma escola, o conteúdo deste Wiki pode ser utilizado pelos alunos para fazerem trabalhos sobre o património/história em que a escola está inserida. À descoberta do património
  • 24. 5. Apresentação e interpretação dos dados recolhidos Especial destaque na turma B 1 - http://Wikibes.pbworks.com/w/page/61728274/WIKI%20DAR
  • 25. • Estamos perante uma compilação de trabalhos realizados em várias Escolas, que normalmente são engavetados ou esquecidos numa pasta de computador, mas que aqui, graças ao trabalho colaborativo entre os docentes, se transforma num repositório útil para a Biblioteca e para comunidade educativa. Wikidar
  • 26. 5. Apresentação e interpretação dos dados recolhidos Especial destaque na turma B 2 -http://conhecerferramentas2012.pbworks.com/w/page/61740949/Boas%20Vindas
  • 27. • Esta é uma Wiki que se dirige a profissionais, aos professores bibliotecários e professores em geral, constituindo-se um repositório das principais ferramentas da Web 2.0, propondo um vasto conjunto de recursos educativos através da conjugação de múltiplas formas (visuais, auditivas, textuais). As sugestões que fazem das ferramentas web 2.0 são interessantes e a explicação sucinta que as acompanha ajuda a perceber como foram criadas e como podem ser utilizadas Conhecer Ferramentas Web 2.0
  • 28. • No âmbito dos trabalhos finais produzidos pelos formandos, merecem especial destaque duas Wikis. • A primeira foi chamada “Mergulhar nas palavras” http://mergulharnaspalavras.pbworks.com/w/page/61908467/Mergulh ar%20nas%20Palavras 5. Apresentação e interpretação dos dados recolhidos
  • 29. Mergulhar nas palavras
  • 30. • “Mergulhar nas Palavras” é um projeto que pretende reforçar a articulação curricular vertical e horizontal através de um trabalho colaborativo o que foi considerado ponto fraco aquando da última avaliação externa do Agrupamento de Escolas por parte da Inspeção Geral de Educação. Deste modo, a Wiki espelha o trabalho desenvolvido pelos docentes e alunos no âmbito do domínio do Português, "Ler e escrever para Aprender" devendo ser dado destaque espacial à seção de recursos educativos constantes na Wiki: fichas de leitura, livros digitais, audiolivros, fichas de trabalho, filmes, … Mergulhar nas palavras
  • 31. • A segunda Wiki foi produzida como trabalho final na turma B e contou com a colaboração dos alunos da 10ºK da Escola Secundária de Santo André - Barreiro, em pareceria com a biblioteca escolar. http://essaprowiki.pbworks.com/w/page/632 32292/ESSAPROWIKI 5. Apresentação e interpretação dos dados recolhidos
  • 32. Essaprowiki
  • 33. • Esta wiki tem como finalidade dar a conhecer as temáticas do programa do 10º ano Curso Profissional - Técnico de Informática e Gestão, bem como sugerir músicas, vídeos e links interessantes para cada uma das unidades temáticas, a saber: Módulo 1 - My World ; Módulo 2 - A Plurilingual World ; Módulo 3 - The Technological World; módulo 4 - Media and Global Communication; Módulo 5 - Young People and Globalization. • A elaboração da wiki obrigou os alunos a elaborar sínteses de conteúdos e a trabalhar a informação: pesquisar, selecionar, tratar, usar… Essaprowiki
  • 34. 5. Apresentação e interpretação dos dados recolhidos • Não deixa de ser interessante “ouvir a voz” dos participantes no final da sessão sobre as Wikis. Transcrevem-se algumas passagens paradigmáticas: • “Dentro das ferramentas que integram a Web 2.0 a Wiki surge como um espaço web colaborativo que tem uma enorme vantagem, pois pode ser gerido por vários utilizadores tendo estes a possibilidade de editar, modificar ou apagar conteúdos. Devido à possibilidade de participação e colaboração de muitos, na sua construção, o Wiki torna-se uma ferramenta interativa. Integrando a Wiki no contexto das bibliotecas, este surge como uma mais valia por um lado porque permite a colaboração entre as bibliotecas e entre os seus vários utilizadores, por outro lado possibilita a construção de um enorme portfólio interativo e diversificado, em que se pode dar “asas” à imaginação, à criatividade e à partilha. Poder-se-ia afirmar que com esta ferramenta de trabalho colaborativo é possível criar um “inteligência coletiva”..” Formanda b da turma A;
  • 35. Parte III Considerações finais
  • 36. Considerações finais • Este estudo, que ainda está em curso, pois algumas das Wikis continuam a ser atualizadas pelos formandos e novos colaboradores , permitiu verificar que foi dado um salto qualitativo em algumas bibliotecas escolares
  • 37. Considerações finais
  • 38. Considerações finais • Com a introdução de Wikis as bibliotecas escolares ficaram na posse de recursos educativos digitais que se constituem como diversos e valiosos auxiliares no trabalho da biblioteca na promoção da leitura e na articulação curricular entre outros, com a vantagem destes recursos poderem vir a ser permanentemente atualizados e a poderem contar com o contributo de novos utilizadores (alunos e professores) • Promove-se, em trabalho colaborativo, a aprendizagem de competências do uso da informação: pesquisa, recolha, seleção, síntese e produção da informação.
  • 39. A BE – Um espaço onde se produz
  • 40. • João Paulo Proença • • http://clapps.me/joaopproenca • • skype: jp.proenca • http://www.facebook.com/joaopproenca • http://bibticaprendizagem.blogspot.com • http://leiturasqueapetecem.blogspot.com Obrigado pela atenção