Terapia ocupacional

2,708 views
2,603 views

Published on

Descrição do colega Gabriel sobre a profissão de T.O., uma das 10 que fazem parte do PRMI-UFSM

Published in: Health & Medicine
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
2,708
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
29
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Terapia ocupacional

  1. 1. Terapia Ocupacional<br />Gabriel Gularte da Silva<br />
  2. 2. O que é Terapia Ocupacional?<br />
  3. 3. “Considerando a percepção como a aquisição de conhecimentos através dos sentidos, percebo que a compreensão e o entendimento de uma prática profissional depende da janela pela qual o profissional irá olhar. Como ele selecionará o modelo de uma prática profissional? De que janela ele irá olhar para que possa desenvolver a capacidade de perceber uma profissão sem rotulá-la?” (Furtado)<br />
  4. 4. “A maioria dos profissionais, principalmente da área de saúde, desconhece o conceito teórico de Terapia Ocupacional. Assim como desconhece o conceito teórico de Medicina, Psicologia, Serviço Social, etc. Conhece a prática destas profissões e, a partir do que é percebido, pensa conceituar, pensa conhecer, pensa entender”. (Furtado)<br />
  5. 5. “Terapia Ocupacional é a arte e a ciência de dirigir a participação do homem em tarefas selecionadas para restaurar, reforçar e aumentar a performance, <br />acilitar a aprendizagem daquelas habilidades e funções essenciais para adaptação e produtividade, diminuição ou correção de patologia e para promovere manter a saúde. Seu interesse fundamental é a capacidade, através da duração da vida, para executar com satisfação para si e para os outros aquelas <br />arefas e papéis essenciais para a vida produtiva e para o domínio de si e do meio”.<br />Hopkins (1983)<br />
  6. 6. Definição de Terapia Ocupacional <br />É uma área do conhecimento, voltada aos estudos, à prevenção e ao tratamento de indivíduos portadores de alterações cognitivas, afetivas, perceptivas e psico-motoras, decorrentes ou não de distúrbios genéticos, traumáticos e/ou de doenças adquiridas, através da sistematização e utilização da atividade humana como base de desenvolvimento de projetos terapêuticos específicos.<br />COFFITO<br />
  7. 7. TERAPEUTA OCUPACIONAL <br />É um profissional dotado de formação nas Áreas de Saúde e Sociais. Sua intervenção compreende avaliar o cliente, buscando identificar alterações nas suas funções práxicas, considerando sua faixa etária e/ou desenvolvimento da sua formação pessoal, familiar e social. A base de suas ações compreende abordagens e/ou condutas fundamentadas em critérios avaliativos com eixo referencial pessoal, familiar, coletivo e social, coordenadas de acordo com o processo terapêutico implementado. <br />O Terapeuta Ocupacional compreende a Atividade Humana como um processo criativo, criador, lúdico, expressivo, evolutivo, produtivo e de auto manutenção e o Homem, como um ser práxico interferindo no cotidiano do usuário comprometido em suas funções práxicas objetivando alcançar uma melhor qualidade de vida. <br />As atividades do profissional estendem-se por diversos campos das Ciências de Saúde e Sociais. Avalia seu cliente para a obtenção do projeto terapêutico indicado; que deverá, resolutivamente, favorecer o desenvolvimento e/ou aprimoramento das capacidades psico-ocupacionais remanescentes e a melhoria do seu estado psicológico, social, laborativo e de lazer. <br />coffito<br />
  8. 8. No programa de Saúde da Família – PSF<br />O Terapeuta Ocupacional atua na promoção, proteção e recuperação da saúde no campo socual e comunitário. Desenvolve ações terapêuticas ocupacionais, de educação, reabilitação, orientação familiar, atividades preventivas favorecendo o individuo na realização de seu trabalho/ocupação. Os recursos usados vão desde o acompanhamento terapêutico, grupos de discussões, adaptações do ambiente físico, adaptações de utensílios, atividades plásticas e expressivas, levando a saúde à família e com isso melhorar a qualidade de vida.<br />
  9. 9. Quem é o colega terapeuta ocupacional Gabriel?<br />
  10. 10. Sou Gabriel Gularte da Silva, 27 anos de idade, Terapeuta Ocupacional<br />graduado pelo Centro Universitário Metodista, do IPA, na cidade de Porto<br />Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil.<br />Durante minha formação tive o desabrolhar de minha essência, que<br />inconformada com sua latência clamava por um sortido de cores. Estou eu<br />plenamente ciente e complacente que nuances se fazem aparecer e irradiar<br />pelo contato, implicação e cumplicidade; pelo pincel que tange a sucessão dos<br />dias oportunizando o bufar quente da renovação.<br />Minha prática permitiu me aproximar de pessoas sensíveis ou mesmo<br />sensibilizadas por situações próprias, que pertencentes a semelhantes<br />contextos; tal físicos, geográficos, sociais, mentais, espirituais... Ocupavam e<br />ocupam, desejavam e desejam horizontes únicos. Aprendi com a literatura<br />desses olhares que transpuseram a poeira dos livros que o simples agente do<br />meu fazer, ou seja, a pluma que dança com a aragem e incessantemente se<br />depara frente a contornar o furor das efervescências do acaso, necessita e<br />muito ser coesa na leitura da introspectiva e enevoada carência demandada.<br />É assim que me faço candidato a vaga de Terapeuta Ocupacional e<br />elemento de apoio a frutificação e consolidação da esperança.<br />

×