Conteúdos d arte e ed. f[isica para o 1º e 2º ano do ensino fundamental

  • 37,924 views
Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
No Downloads

Views

Total Views
37,924
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2

Actions

Shares
Downloads
354
Comments
1
Likes
4

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. CONTEÚDOS DE NÚCLEO COMUM EM ARTE PARA O 1º E 2º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL ARTES VISUAISEXPECTATIVA DE APRENDIZAGEM CONTEÚDOS CONDIÇÃO DIDÁTICAReconhecer a função expressiva dos EIXO TEMÁTICO: A ARTE NA Para o alcance dessas capacidades,elementos da linguagem visual que NATUREZA sugere-se que o professor trabalhe os trêscompõem a natureza. eixos norteadores da aprendizagem em  A cor na natureza Artes (produzir, apreciar e contextualizar):Representar através da linguagem Formas na natureza (ponto e linha).verbal e visual elementos da natureza. - O desenho representando a Apreciação: natureza.Perceber a importância da luz na - Desenho de livre expressão. Apreciação da natureza, analisando suascomposição visual. - Desenho de memória. formas e cores existentes. - Desenho de observação.Conhecer as características dos Exploração dos diversos elementos queprincipais artistas que utilizam (ram) a  Pintura na natureza compõem a natureza.natureza como fonte de inspiração: - Artistas que pintam a natureza.Claude Monet, Auguste Renoir, Edgar - Monocromia. Apresentação (noção básica) do registro daDegas, Seurat, Eliseu Visconti , Vicent natureza na Pré-história.Van Gogh,Cézanne, Pieter Bruegel,  As várias texturas naFernando Botero, Tarsila do Amaral, natureza Apreciação de obras de Arte dos artistasHenry Matise, (outros).  As paisagens traduzidas na que representam (ram) a natureza.Estabelecer e valorizar a relação do natureza Exploração de diversos tipos de texturasser e a sua integração com o mundo  Os grandes artistas e a existentes na natureza.em que vive. textura.
  • 2.  Eu e o mundo - Eu e o outro Contextualização: - Eu e a natureza - Eu sou uma obra de arte: Uso dos elementos da natureza (cor, autorretrato forma...) como meio de expressão, pensamento estético e comunicação. Relacionar os registros da Arte Pré-história como forma de expressão verbal/visual. Reflexão acerca das diferentes formas de arte produzidas a partir de análises da obras dos artistas que representam (ram) a natureza.ARTES VISUAIS, DANÇA, MÚSICA E TEATRO
  • 3. Perceber a importância da luz na composição EIXO TEMÁTICO: A ARTE NA Pesquisa sobre os elementos que compõem a natureza.visual. NATUREZA Análise do mundo em que vive para identificação e valorizaçãoCompreender a importância do conviver consigo  Formas do corpo: cor, do espaço físico para harmonia e convivência em comunidade.mesmo, com o grupo e com o espaço em que movimento e sons. Apreciação de música popular maranhense, brasileira evive. MÚSICA mundial.  Leitura e Representação do Apreciação de música folclórica maranhense, brasileira eDescobrir possibilidades corporais por meio de Som no Tempo e no Espaço mundial.formas. - som - silêncioReconhecer diferentes movimentos que - ruído (poluição sonora) Produção:contribuem para a preparação do corpo para as - fontes sonoras: naturais eatividades físicas. culturais Descobrimento e registro dos elementos que compõem a - movimentos sonoros: natureza (ponto e linha) no meio ambiente através de desenho, localização, direção e objetivando desenvolver composições artísticas. distância. - qualidades sonoras: Representação da natureza através do desenho: livre, memória, duração: som longo, som dirigido e observação. curto; - intensidade: som fraco, Pesquisa e representação gráfica de várias texturas contidas no som forte; campo visual. - a textura do som – sons dos objetos, vozes, Produção de trabalhos visuais utilizando diversas técnicas (cor, - sons naturais, sons movimento, sons...), representando a interação do ser e o culturais; ambiente em que vive. - ritmo: orgânico (natural) e - Cantando. cultural (provocado); - Percutindo. - andamentos rítmicos: - Dançando. rápido, médio, lento. - Sonorizando situações, fatos, imagens e representações TEATRO E DANÇA gráficas.  Eu e meu grupo: formas de - Improvisando expressão. - Reproduzindo estruturas rítmicas e melódicas (eco rítmico e - Desenvolvimento da melódico) funcionalidade. - Declamando - Contar histórias. - Produzindo e reproduzindo sons de natureza e qualidade - Aproximação para se diferentes, em diversas pulsações e andamentos rítmicos e trabalhar as linguagens diferentes compassos. teatrais: uso do espaço (transformação do espaço cotidiano em espaço teatral); - o corpo e o gesto e a voz. - narrativa; - jogos de atenção e observação.
  • 4. Conhecer e identificar as características do EIXO TEMÁTICO: ARTE E Aplicação de diferentes técnicas de sombra, luz e volume nos abstracionismo. SOCIEDADE desenhos elaborados pelas crianças. Diferenciar características da arte figurativa e a  Figura humana Promoção de atividades que explorem a expressão corporal e a arte abstrata. - O figurativo e o abstrato. imaginação dos espaços inusitados, promovendo a socialização  Os artistas que representam do ser com o outro e com o contexto em que vive. Conhecer e valorizar artistas e os elementos da a sociedade. cultura municipal, estadual, brasileira e - O folclore e a cultura popular na estrangeira. arte. Sólon Alves Mendonça, Peiter Bruegel, Mestre  Grandes artistas da cultura Vitalino, Fernando Botero, Flávio Carvalho, popular. Manuel Eudácio, Dileusa Dinis Rodrigues, Mestre  Arte Indígena. Vitalino, Augusto Renoir...  Arte Afrodescendente.  OS ARTISTAS LOCAIS DEVERÃO SER TRABALHADOS DE ACORDO COM A TEMÁTICA DO ANO/SÉRIE E MATURIDADE DOS ALUNOS.  OS ARTISTAS MENCIONADOS SÃO APENAS UMA SUGESTÃO, PODENDO O PROFESSOR AMPLIAR/SUBSTITUIR A RELAÇÃO DE ARTISTAS. CONTEÚDOS DE NÚCLEO COMUM EM ARTE PARA O 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL ARTES VISUAISReconhecer e valorizar os elementos que Para o alcance dessas capacidades, sugere-secompõem a natureza como parte integrante do EIXO TEMÁTICO: A que o professor trabalhe os três eixos norteadoresser humano. ARTE E SOCIEDADE da aprendizagem em Artes (produzir, apreciar e contextualizar):Conhecer a importância do efeito de sombra e  Cor, natureza eluz no desenho e na pintura. sociedade Apreciação: - Luz e sombra.Utilizar os efeitos da cor para representação - Policromia. Apreciação da natureza, analisando suas formas edo real e do pictórico. - O real e o cores existentes.
  • 5. pictórico.Potencializar a capacidade criadora e  Figura humana Exploração dos diversos elementos que compõemimaginativa ao utilizar efeitos luz e sombra. - Diferentes a sociedade e a natureza.Conhecer e identificar os elementos da maneiras decomposição plástica. representar a Apresentação (noção básica) do registro da figura humana. natureza na Pré-história.Conhecer e identificar as características  Princípios dafundamentais da policromia utilizando-a com composição Apreciação de obras de Arte dos artistas queprecisão ao criar e produzir desenhos. plástica: representam (ram) a natureza e sociedade. - EspaçoRepresentar e identificar formas - Proporção Exploração de imagens as regiões de luz ebidimensionais e tridimensionais. - Movimento sombra na representação de objetos e espaços - Bidimensão físicos.Compreender a importância do conviver - Tridimensãoconsigo mesmo, com o grupo e com o espaço Promoção de atividades que explorem aem que vive.  Eu e o mundo expressão corporal e a imaginação dos espaços - Autorretrato inusitados, promovendo a socialização do ser comDescobrir possibilidades corporais por meio de - Eu e o outro o outro e com o contexto em que vive.formas. - Meu grupo - Eu, a natureza Contextualização:Reconhecer diferentes movimentos que e a sociedade.contribuem para a preparação do corpo para Uso dos elementos da natureza (cor, forma...)as atividades físicas. como meio de expressão, pensamento estético e comunicação. Relacionar os registros da Arte Pré-história como forma de expressão verbal/visual. Reflexão acerca das diferentes formas de arte produzidas a partir de análises das obras dos artistas que representam (ram) a natureza e
  • 6. sociedade.Apreciação de obras de artistas que representam(ram) diferentes formas da figura humana.Conhecimento dos princípios da composiçãoplástica (espaço, proporção, movimento,bidimensional e tridimensional).Oportunizar a apreciação de espetáculos teatraisatravés de DVD, TV, vídeo...Estímulo de análise crítica das atividadesdesenvolvidas em sala de aula.Identificação de possibilidades cênicas em textosnão teatrais, em imagens visuais e emcomposições sonoras.
  • 7. Identificar e valorizar as manifestações EIXO TEMÁTICO: A ARTE E Análise de trabalhos visuais que utilizamculturais como identidade de uma nação. SOCIEDADE diversas técnicas (cor, movimento,  Folclore: Manifestação cultural. sons...), representando a interação do serConhecer e valorizar artistas e os  Os artistas que representam a e o ambiente em que vive.elementos da cultura municipal, estadual, sociedade. Pesquisa sobre as influências ebrasileira e estrangeira.  Grandes artistas da cultura manifestações culturais existentes na popular. região/localidade em que vive. Sólon Alves Mendonça, Peiter Bruegel,  Arte Indígena. Produção:Mestre Vitalino, Fernando Boterno, Flávio  Arte Afrodescendente. Descobrimento e registro dos elementosCarvalho, Manuel Eudácio, Dileusa Dinis MÚSICA que compõem a natureza (luz, sombra, Rodrigues, Fernando Botero, Mestre - Som / Silêncio policromia) no meio ambiente através de Vitalino, Augusto Renoir... - Ruído (poluição sonora) desenho, objetivando desenvolver - Fontes Sonoras: localização, composições artísticas. direção, distância. Representação a natureza e sociedade - Qualidades Sonoras: duração, através do desenho: livre, memória, intensidade, altura e timbre. dirigido e observação. - Duração: longo, médio e fraco. Pesquisa e representação gráfica dos - Altura: grave, médio e agudo. elementos da composição plástica - Timbre: textura dos sons naturais contidas no campo visual. orgânicos e provocados, de sons - Produção de trabalhos visuais utilizando culturais, de objetos. diversas técnicas (cor, movimento,
  • 8. - Voz: timbre, altura, respiração, sons...), representando a interação do ser dicção. e o ambiente em que vive. - Andamentos rítmicos: rápido, - Releituras de Obras de Arte referentes médio e lento. aos artistas da cultura local/regional. TEATRO / DANÇA - Representação de histórias a partir de - Jogo Teatral (aspectos lúdicos e narrativas do próprio grupo. estruturas narrativas). - Utilização de objetos cotidianos. - Estruturação de grupo (noção do - Utilização do corpo e da voz. papel do aluno na tarefa grupal). - Manipulação e animação de objetos - Uso do espaço. (diversos tipos de bonecos e reutilização - Construção do espaço da ficção. de sucata). - Gestualidade. - Trabalhar as noções do corpo no - Narrativa. espaço criando potencial teatral e - Voz. musical. - Jogos de atenção e observação. - Movimento. - Ritmo. - Equilíbrio. - Força. OS ARTISTAS LOCAIS DEVERÃO SER TRABALHADOS DE ACORDO COM A TEMÁTICA DO ANO/SÉRIE E MATURIDADE DOS ALUNOS. OS ARTISTAS MENCIONADOS SÃO APENAS UMA SUGESTÃO, PODENDO O PROFESSOR AMPLIAR/SUBSTITUIR A RELAÇÃO DE ARTISTAS.
  • 9. CONTEÚDOS DE NÚCLEO COMUM EM ARTE PARA O 4º E 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL EXPECTATIVA DE APRENDIZAGEM CONTEÚDOS CONDIÇÃO DIDÁTICA ARTES VISUAISReconhecer a função expressiva da EIXO TEMÁTICO: ARTE E Para o alcance dessas capacidades,tecnologia na arte TECNOLOGIA sugere-se que o professor trabalhe os trêsmoderna/contemporânea. eixos norteadores da aprendizagem em  Tecnologia e cor – o Artes (produzir, apreciar e contextualizar):Identificar os efeitos da cor na pintura uso da tecnologia na(sombra, luz...). transformação das Apreciação: cores.Perceber a sinestesia que a cor desperta - Os efeitos da cor na Reconhecimento da importância dosnas pinturas. pintura. recursos tecnológicos na composição da - Emoção e sensação. arte moderna/contemporânea.Ler, apreciar e criticar as formas visuais - Colagem.e audiovisuais feitas em sala de aula e - A fotografia. Exploração dos recursos tecnológicos nosas presentes nos produtos culturais que - A fotografia e a produtos culturais que formam oformam o imaginário social brasileiro, pintura. imaginário social: propaganda, fotografia,nos meios de comunicação e nas - A propaganda. publicidade, teatro, dança e música.imagens de propaganda e publicidade. - O espaço. - O material reciclado. Apreciação de Obras de Arte queCompreender e utilizar a cor para - A instalação. contemplem elementos tecnológicos.representar graficamente os efeitos e - A performance. Oportunizar a apreciação de espetáculossensações das cores nos textos visuais. - A composição. teatrais através de DVD, TV, vídeo... - O mosaico. Estímulo de análise crítica das atividadesPotencializar a capacidade criadora e - O Tangran desenvolvidas em sala de aula.
  • 10. imaginativa ao utilizar os meios - O vitral. Identificação de possibilidades cênicas emtecnológicos na produção, instalação,  Os artistas e as novas textos não teatrais, em imagens visuais eperformance, composição nas tecnologias. em composições sonoras.produções artísticas. - A Arte Pop. - A Arte Nouveau. Contextualização:Conhecer as características e os  Folclore: Manifestação Utilizar a tecnologia como ferramenta deprincipais artistas da Arte Pop e Arte cultural. produção artística.Nouveau.  Grandes artistas daSólon Alves Mendonça, Peiter Bruegel, cultura popular. Reflexão da influência tecnológica naMestre Vitalino, Fernando Boterno, transformação da sociedadeFlávio Carvalho, Manuel Eudácio, contemporânea.Dileusa Dinis Rodrigues, FernandoBotero, Mestre Vitalino, Augusto Renoir, Pesquisa dos diferentes recursosHenry Matise,Gustave Caillebote’s, tecnológicos para criação de obras de arteSalvador Dali, Miguel Aguirre (outros). (música, teatro, dança e artes visuais). Produção: Elaboração de pesquisas identificando os principais recursos tecnológicos do mundo contemporâneo. Produção de trabalhos artísticos utilizando os recursos tecnológicos como suporte. Produção de exercícios vocais que envolvam projeção, nuances e entonação.
  • 11. Reconhecer e valorizar os elementos que EIXO TEMÁTICO: A ARTE E Uso dos recursos tecnológicos nacompõem a natureza e a tecnologia como TECNOLOGIA produção, instalação, performance,parte integrante do ser humano. composição nas produções artísticas.Conhecer a importância do efeito da cor,  Formas do corpo: cor, movimento Releituras de Obras de Arte referentesmovimento e som nas expressões e sons. aos artistas modernos/contemporâneoscorporais.  Eu, a tecnologia e a sociedade. da cultura local/regional.Utilizar a tecnologia para produção de - Eu e o mundo Pesquisa sobre som, timbre, instrumentosefeitos na linguagem visual. - Autorretrato de sopro, corda e percussão.Potencializar a capacidade criadora e - Eu e o outro Promoção de oficinas para criarimaginativa ao utilizar os recursos - Meu grupo instrumentos musicais com materialtecnológicos como ferramenta de  Arte indígena. alternativo.aprendizagem.  Arte Afrodescendente. Exploração de jogos teatrais, através daCompreender a importância do conviver exploração dos sentidos (visão, paladar,consigo mesmo, com o grupo e com o MÚSICA olfato, tato).espaço em que vive. - Som Utilização de exercícios de imaginação,Descobrir possibilidades corporais por - Silêncio jogos e brincadeiras diversas.meio de formas. - Ruído (poluição sonora) Estabelecimento de relação entre o real eReconhecer diferentes movimentos que - Fontes Sonoras: localização, direção, o fictício.contribuem para a preparação do corpo distância. Propor atividades diversas que explorempara as atividades físicas. - Qualidades Sonoras: duração, a expressão corporal e a imaginação emIdentificar e valorizar as manifestações intensidade, altura e timbre. espaços inusitados.
  • 12. culturais como identidade de uma nação. - Duração: longo, médio e fraco. - Altura: grave, médio e agudo. Promover atividades de criação deConhecer e valorizar artistas e os - Timbre: textura dos sons naturais narrativas individuais/coletivas paraelementos da cultura municipal, estadual, orgânicos e provocados, de sons depois encenar.brasileira e estrangeira. culturais, de objetos. - Voz: timbre, altura, respiração, Pesquisa sobre a influência étnico-racial dicção. na dança, música e teatro brasileiros. - Andamentos rítmicos: rápido, médio e lento. - Instrumentos de percussão: de sons determinados e de sons indeterminados. - Instrumentos de cordas: friccionadas, dedilhadas e de teclado. - Instrumentos de sopro: mecânico e humano. - Instrumentos elétricos. - Música: vocal, instrumental e mista. - Gêneros musicais: popular, folclórico e erudito.
  • 13. TEATRO / DANÇA- Jogo Teatral (aspectos lúdicos eestruturas narrativas)- Estruturação de grupo (noção dopapel do aluno na tarefa grupal)- Uso do espaço - construção doespaço da ficção.- Jogos de atenção e observação.- Introdução da ideia de personagem.- Corpo, gesto e voz.- Função da personagem nas cenas.- O ato de contar histórias através doteatro, a partir da conjugação daslinguagens gestual, sonora (verbal ouvisual) e espacial.- Danças Folclóricas maranhenses elocais: Quadrilhas, Cacuriá, Lelê,Tambor de Crioula, entre outras.
  • 14. EDUCAÇÃO FÍSICAQUADRO DE CONTEÚDOS DO 1º AO 5º ANO DE EDUCAÇÃO FÍSICA CONHECIMENTOS SOBRE O CORPOEXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM CONTEÚDOS CONDIÇÃO DIDÁTICA  Conhecer as partes do corpo;  As partes do corpo e os exercícios  Utilizar o mural do corpo para que  Vivenciar as possibilidades e físicos com suas possibilidades e a criança identifique as partes do o limitações do corpo em movimento limitações; corpo; (por exemplo: exercícios de  Educação dos sentidos, cheiro,  Propor atividade de conhecimento alongamento e aquecimento); gosto, som, imagem, senso tátil; do próprio corpo através do  Experimentar atividades lúdicas  Noções básicas de higiene desenho do mesmo, ou seja, peça que identifiquem as partes do pessoal, postura e hábitos que outra criança contorne o corpo corpo humano e suas funções; alimentares saudáveis; de outra, em seguida identifique as  Vivenciar situações lúdicas que  Psicomotricidade: partes do corpo; eduquem os sentidos e suas o Dominância lateral (direita e  Organizar espaço, materiais funções (audição e ouvir, visão e o esquerda); diversos em que a criança vivencie olhar, tato e o tocar, paladar e o o Coordenação motora situações em que possa saber sentir o gosto, olfato e o sentir o (grossa e fina); identificar, sentir, ouvir entre cheiro); o Esquema corporal outros;  Vivenciar noções de higiene (equilíbrio, percepção  Criar situações em que a criança corporal, com a alimentação e sensorial, tônus muscular). possa expressar-se oralmente
  • 15. hábitos saudáveis de vida, bem (roda de conversa) sobre os como conhecer a maneira certa de alimentos que consome no seu sentar, andar e outras (postura dia-a-dia, bem como criar corporal); situações em que vivenciei as Desenvolver o repertório de maneiras corretas de sentar, habilidades motoras; andar, ou seja, ensinar e oferecer Identificar as próprias limitações condições para o auto aprendizado reconhecendo erros e acertos nas dos cuidados de saúde; habilidades fundamentais de  Propor atividades lúdicas que locomoção, estabilização e desenvolva as habilidades manipulação. perceptivo-motoras, tais como: imagem corporal, controle visual- motor, coordenação motora grossa e fina, orientação espacial, equilíbrio. DANÇA Descobrir as possibilidades de  Expressão corporal;  Oferecer diversidade de criação de movimentos  Brincadeiras cantadas; apresentações que envolvam a expressivos respeitando a  Cantiga de roda. dança para que a criança aprecie expressão dos colegas; utilizando DVDs, e apresentações
  • 16.  Reconhecer as diferentes ao vivo quando possível; brincadeiras cantadas e cantigas  Desenvolver atividades de de roda; imitações e representação Vivenciar as diferentes simbólicas no contexto da dança; brincadeiras cantadas e cantigas  Organizar espaço para que a de roda; criança expresse naturalmente Vivenciar e identificar brincadeiras vivenciando diversas brincadeiras e atividades rítmicas diversificadas cantadas (história da serpente, a com e sem música. lagartixa, borboletinha, o sapo...) e cantigas de rodas (ciranda cirandinha, pirulito que bate-bate, marcha soldado, escravos de jó..), fique a observar o interesse que a criança demonstrar ao participar das atividades. JOGOS E BRINCADEIRAS Identificar e experimentar jogos  Jogos simbólicos ou jogos de faz  Utilizar materiais diversos como: simbólicos; de conta bolas, cordas, bambolê, Vivenciar corporalmente os jogos e  Jogos e brincadeiras populares; brinquedos variados dentre outros, brincadeiras populares da cultura Jogos de salão de pequena complexidade para realizar um festival de jogos e
  • 17. local e demais culturas; (jogo da memória, pega-vareta, quebra brincadeiras populares; Conhecer e brincar com cabeça e outros).  Organizar espaço com materiais brinquedos pedagógicos. diversos de jogos de salão de pequena complexidade para que a criança jogue diariamente. GINÁSTICA Vivenciar os movimentos naturais  Introdução aos fundamentos da  Propor atividades lúdicas que (andar, saltar, trepar, rolar, correr, ginástica: envolvam: andar, correr, saltar, balancear, equilibrar) através de o Saltar; trepar, rolar, equilibrar nos espaços atividades lúdicas; o Equilibrar; externos e internos da escola; Experimentar as várias o Rolar/girar;  Valorizar as conquistas corporais, possibilidades de movimento do o Trepar/subir; incentivar as habilidades motoras. fundamento da ginástica. o Balançar/embalar. LUTAS Conhecer e vivenciar através de  Fundamentos das lutas:  Utilizar vídeos específicos de atividades lúdicas os fundamentos o Imobilizar; diferentes lutas, na qual mostre os das lutas (Jogos de luta de o Desequilibrar; movimentos das lutas; conquista de território; Jogos de o Agarrar;  Explorar através de jogos lúdicos lutas de conquista de objetos; o Derrubar e outros; de conquista de desequilíbrio, a fim Jogos de lutas de desequilibrar; de apropriar efetivamente das
  • 18. Jogos de lutas de agarrar e diferentes formas de lutas; imobilizar);  Chamar atenção para a Reconhecer nas atividades necessidade do colega no propostas a importância do momento da atividade. cuidado com os colegas nos momentos dos confrontos; 2º ANO CONHECIMENTO SOBRE O CORPO Vivenciar as possibilidades e  As partes do corpo e os exercícios  Utilizar o mural do corpo para que limitações do corpo em movimento físicos com suas possibilidades e a criança identifique as partes do o (por exemplo: exercícios de limitações; corpo; alongamento e aquecimento);  Educação dos sentidos, cheiros,  Propor jogos que envolvam Experimentar atividades lúdicas gostos, sons, imagens, senso tátil; interações, imitações e que identifiquem as partes do  Noções básicas de higiene reconhecimento de partes do corpo humano e suas funções; pessoal, postura e hábitos corpo; Vivenciar situações lúdicas que alimentares saudáveis;  Organizar espaço, materiais eduquem os sentidos e suas  Psicomotricidade: diversos em que a criança vivencie funções (audição e ouvir, visão e o o Dominância lateral (direita e situações em que possa saber olhar, tato e o tocar, paladar e o esquerda); identificar, sentir, ouvir entre sentir o gosto, olfato e o sentir o o Coordenação motora outros;
  • 19. cheiro); (grossa e fina);  Criar situações em que a criança Vivenciar noções de higiene o Esquema corporal possa expressar-se oralmente corporal, com a alimentação e (equilíbrio, percepção (roda de conversa) sobre os hábitos saudáveis de vida, bem sensorial, tônus muscular); alimentos que consome no seu como conhecer a maneira certa de o Lateralidade; dia-a-dia, bem como criar sentar, andar e outras (postura o Orientação espaço- situações em que vivenciei as corporal); temporal. maneiras corretas de sentar, Compreender as noções de andar, ou seja, ensinar e oferecer lateralidade, tempo e espaço; condições para o auto aprendizado Desenvolver o domínio das dos cuidados de saúde; capacidades coordenativas;  Propor atividades lúdicas que Identificar as próprias limitações desenvolva as habilidades reconhecendo erros e acertos nas perceptivo-motoras, tais como: habilidades fundamentais de imagem corporal, controle visual- locomoção, estabilização e motor, coordenação motora grossa manipulação. e fina, lateralidade, orientação espacial, equilíbrio. ESPORTE DANÇA Descobrir as possibilidades de  Expressão corporal;  Oferecer diversidade de
  • 20. criação de movimentos  Brincadeiras cantadas; apresentações que envolvam a expressivos respeitando a Cantiga de roda. dança para que a criança aprecie expressão dos colegas; utilizados DVDs, e apresentações Reconhecer as diferentes ao vivo quando possível; brincadeiras cantadas e cantigas  Desenvolver atividades de de roda; imitações e representação Vivenciar as diferentes simbólicas no contexto da dança, brincadeiras cantadas e cantigas na qual, a criança reconheça as de roda; limitações do seu próprio corpo;; Vivenciar e identificar brincadeiras  Organizar espaço para que a e atividades rítmicas diversificadas criança expresse naturalmente com e sem música. vivenciando diversas brincadeiras cantadas (história da serpente, a lagartixa, borboletinha, o sapo...) e cantigas de rodas (ciranda cirandinha, pirulito que bate-bate, marcha soldado, amigos de jo..), fique a observar o interesse que a criança demonstrar ao participar das atividades.
  • 21. JOGOS E BRINCADEIRAS Pesquisar e vivenciar  Jogos e brincadeiras populares;  Utilizar materiais diversos como: corporalmente os jogos populares Jogos recreativos. bolas, cordas, bambolê, da cultura local e demais culturas; brinquedos variados dentre outros, Vivenciar corporalmente as para realizar um festival de jogos e atividades recreativas, brincadeiras populares, ou sela, reconhecendo as dificuldades e proponha jogos que envolvam facilidades pessoais de execução e interações, cooperação e organização coletiva encontradas limitações de seu corpo; nas atividades propostas.  Organizar espaço, materiais e tempo paara que a criança brinque diariamente com jogos recreativos diversos. GINÁSTICA Vivenciar os movimentos naturais  Introdução aos fundamentos da  Propor atividades lúdicas que (andar, saltar, trepar, rolar, correr, ginástica: envolvam: andar, correr, saltar, balancear, equilibrar) através de o Saltar; trepar, rolar, equilibrar nos espaços atividades lúdicas; o Equilibrar; externos e internos da escola; Experimentar as várias o Rolar/girar;  Valorizar as conquistas corporais, possibilidades de movimento dos o Trepar/subir; incentivar as habilidades motoras.
  • 22. fundamentos da ginástica. o Balançar/embalar. LUTAS Conhecer e vivenciar através de  Fundamentos das lutas:  Utilizar vídeos específicos de atividades lúdicas os fundamentos o Imobilizar; diferentes lutas, na qual mostre os das lutas (Jogos de luta de o Desequilibrar; movimentos das lutas; conquista de território; Jogos de o Agarrar;  Explorar através de jogos lúdicos lutas de conquista de objetos; o Derrubar e outros; de conquista de desequilíbrio, afim Jogos de lutas de desequilibrar; de apropriar efetivamente das Jogos de lutas de agarrar e diferentes formas de lutas; imobilizar);  Chamar atenção para a Reconhecer nas atividades necessidade do colega no propostas a importância do momento da atividade. cuidado com os colegas nos momentos dos confrontos; 3º ANO CONHECIMENTO SOBRE O CORPO Identificar e vivenciar através de  Cuidados para uma alimentação  Ensinar e oferecer condições para atividades lúdicas os benefícios saudável; o auto-aprendizado dos cuidados por ela proporcionados;  Benefícios da atividade física no para uma alimentação saudável e Compreender a importância dos dia-a-dia; os benefícios da atividade física,
  • 23. cuidados com a alimentação e  Psicomotricidade: através de leitura de texto, hábitos saudáveis de vida; o Dominância lateral (direita e exposição de alimentos, cartaz Reconhecer o corpo como esquerda); com gravuras de diversas organismo integral que interage o Coordenação motora atividades físicas e seus benefícios com o meio físico; (grossa e fina); no dia-a-dia; Gerenciar as atividades do corpo o Esquema corporal  Propor situações em que a criança com autonomia; (equilíbrio, percepção tenha que se situar no espaço, Ocupar-se deslocar-se sensorial, tônus muscular); deslocar-se para direita/esquerda e adequadamente, percebendo as o Lateralidade; lateralidade; limitações do espaço; o Orientação espaço-  Valorizar as conquistas corporais, Compreender as noções de temporal. incentivar as habilidades motoras, lateralidade. através de jogos (mais intensos e mais calmos), ESPORTE Identificar e vivenciar as diferentes  Jogos Esportivizados com os  Realizar atividades lúdicas, em que modalidades esportivas tendo Fundamentos de: a criança vivencie diferentes como princípios o lúdico, a o Atletismo; fundamentos dos esportes com participação e a inclusão; o Handebol; regras adaptadas, ou seja, criar um Identificar e vivenciar os limites e o Futsal; ambiente na qual a criança crie, possibilidades de movimentos na o Voleibol; construa regras e material
  • 24. prática lúdica; o Basquetebol; pedagógicos de acordo com os Criar e experimentar novas regras Outros. níveis de conhecimento, visando a inclusão e participação desenvolvimento e experiência, de todos; para que os mesmos possam Identificar, compreender e conhecer e praticar os jogos vivenciar princípios éticos, tais esportivos. como: respeito, disciplina,  Propor jogos como: queimada, autonomia, solidariedade, amarelinha, pua corda, peteca de amizade, cooperação no jogo pena, futsal em dupla, 10 passos. DANÇA Reconhecer a dança como  Dança criativa  Utilizar materiais diversos tais possibilidade de expressão de como: papel higiênico, fita, jornal, sentimentos pessoais e coletivos bola, o próprio corpo, a fim de se mediante as vivencias propostas; expressar livremente os seus Descobrir as possibilidades de movimentos; criação de movimentos  Propor atividades de diferentes expressivos respeitando o ritmo de manifestações rítmicas e cada um; expressivas, por meio da criação e Utilizar materiais diversos no adaptações de coreografias; contexto da dança, atribuindo-lhes  Realizar festivais de dança, na
  • 25. significado; qual sejam apresentadas as Criar e realizar movimentos diferentes criações coreográficas espontâneos e composições realizadas pela criança. coreográficas, individual e coletivamente usando a criatividade de cada um. JOGOS E BRINCADEIRAS Pesquisar e vivenciar  Jogos e brincadeiras populares;  Utilizar materiais diversos como: corporalmente os jogos populares  Jogos recreativos. bolas, cordas, bambolê, da cultura local e demais culturas; brinquedos variados dentre outros, Vivenciar corporalmente as para realizar um festival de jogos e atividades recreativas, brincadeiras populares, ou sela, reconhecendo as dificuldades e proponha jogos que envolvam facilidades pessoais de execução e interações, cooperação e organização coletiva encontradas limitações de seu corpo; nas atividades propostas.  Organizar espaço, materiais e tempo para que a criança brinque diariamente com jogos recreativos diversos.  Propor atividades em que a criança
  • 26. tenha que construir brinquedos e jogos populares com materiais alternativos. GINÁSTICA Vivenciar os movimentos (andar,  Introdução aos fundamentos da  Propor atividades lúdicas que saltar, trepar, rolar, correr, ginástica: envolvam: andar, correr, saltar, balancear, equilibrar) através de o Saltar; trepar, rolar, equilibrar nos espaços atividades lúdicas; o Equilibrar; externos e internos da escola; Experimentar as várias o Rolar/girar;  Valorizar as conquistas corporais, possibilidades de movimento dos o Trepar/subir; incentivar as habilidades motoras. fundamentos da ginástica. o Balançar/embalar. LUTAS Conhecer e vivenciar através de  Fundamentos das lutas:  Utilizar vídeos específicos de atividades lúdicas os fundamentos o Imobilizar; diferentes lutas, na qual mostre os das lutas (Jogos de luta de o Desequilibrar; movimentos das lutas; conquista de território; Jogos de o Agarrar;  Explorar através de jogos lúdicos lutas de conquista de objetos; o Derrubar e outros; de conquista de desequilíbrio, afim Jogos de lutas de desequilibrar; de apropriar efetivamente das Jogos de lutas de agarrar e diferentes formas de lutas; imobilizar);  Promover experiência de vivenciar
  • 27.  Reconhecer nas atividades o lúdico a partir da utilização de propostas a importância do materiais alternativos e dos jogos cuidado com os colegas nos de oposição; momentos dos confrontos;  Chamar atenção para a necessidade do colega no momento da atividade. 4º ANO CONHECIMENTO SOBRE O CORPO Compreender os benefícios das  Benefícios da atividade física;  Ensinar e oferecer condições para atividades Físicas para melhor  Alimentação saudável; o auto-aprendizado dos cuidados qualidade de vida;  Psicomotricidade: para uma alimentação saudável e Identificar e compreender a o Dominância lateral (direita e os benefícios da atividade física, importância dos cuidados com a esquerda); através de leitura de texto, alimentação saudável para uma o Coordenação motora exposição de alimentos, cartaz saúde; (grossa e fina); com gravuras de diversas Manifestar a apropriação das o Esquema corporal atividades físicas e seus benefícios ações corporais através do (equilíbrio, percepção no dia-a-dia; controle das ações motoras sensorial, tônus muscular);  Explorar atividades de registros, ou fundamentais de locomoção, o Lateralidade; seja, os conhecimentos aprendidos estabilização e manipulação; o Orientação espaço- através de textos escritos,
  • 28. Demonstrar evolução no domínio das temporal. colagens e apresentações;capacidades coordenativas.  Realizar a vivencia de compreender as possibilidades e limitações do corpo em movimento (por exemplo: exercícios de alongamento, flexibilidades, contração e relaxamento do tônus muscular, respiração, deslocamento, dentre outros);  Propor situações em que a criança tenha que se situar no espaço, deslocar-se para direita/esquerda e lateralidade; Realizar jogos lúdicos (mais intensos e mais calmos) no qual a criança desenvolva as habilidades perceptivo- motoras, tais como: imagem do corpo, controle e visual-motor, equilíbrio, noção espaço-temporal. ESPORTE
  • 29.  Identificar e vivenciar as diferentes  Jogos Esportivizados com os  Realizar atividades lúdicas, em que modalidades esportivas tendo Fundamentos de: a criança vivencie diferentes como princípios o lúdico, a o Atletismo; fundamentos dos esportes com participação e a inclusão; o Handebol; regras adaptadas, ou seja, criar um Identificar e vivenciar os limites e o Futsal; ambiente na qual a criança crie, possibilidades de movimentos na o Voleibol; construa regras e material prática lúdica; o Basquetebol; pedagógicos de acordo com os Criar e experimentar novas regras o Outros. níveis de conhecimento, visando a inclusão e participação desenvolvimento e experiência, de todos; para que os mesmos possam Identificar, compreender e conhecer e praticar os jogos vivenciar princípios éticos, tais esportivos. como: respeito, disciplina,  Propor jogos como: queimada, autonomia, solidariedade, amarelinha, pua corda, peteca de amizade, cooperação no jogo. pena, futsal em dupla, 10 passos, vôlei-lençol. DANÇA Identificar e compreender os vários  Danças populares locais.  Criar um ambiente de dialogo e tipos de dança populares da exposição da importância das cultura local: tambor de crioula, diferentes manifestações presente
  • 30. cacuriá, bumba-meu-boi entre na dança local e seu contexto outras; histórico; Vivenciar as possibilidades de  Propor atividades de diferentes criação de movimentos manifestações culturais e expressivos (re) construir expressivas, por meio da criação e coletivamente coreografias das adaptações de coreografias; danças locais;  Realizar festivais de dança, na qual sejam apresentadas as diferentes criações coreográficas realizadas pela criança. JOGOS BRINCADEIRAS Conhecer a origem e a história dos  Jogos e brincadeiras populares;  Propor pesquisa de jogos e jogos e brincadeiras populares;  Jogos competitivos. brincadeiras da família, da cultura Identificar, compreender e local, das diferentes regiões experimentar os jogos e brasileiras e de outros países, na brincadeiras populares; qual a criança possa conhecer e Construir brinquedos e jogos com vivenciar nas aulas; materiais alternativos;  Propor atividades em que a criança Identificar, compreender e tenha que construir brinquedos e vivenciar jogos competitivos; jogos populares e competitivos
  • 31.  Identificar, compreender e com materiais alternativos; vivenciar princípios éticos, tais  Realizar festivais a partir dos como: respeito, disciplina, diferentes jogos competitivos; autonomia, solidariedade,  Explorar atividades de registros, ou amizade, cooperação, seja, os conhecimentos aprendidos honestidade, dentre outros no jogo. através de textos escritos, colagens, desenhos e apresentações; Experimentar, identificar e  Fundamentos básicos da Ginástica o Propor atividades lúdicas a compreender as várias rítmica: partir da utilização de possibilidades de movimento na o Bola; materiais alternativos: fita ginástica rítmica. o Arcos; decorativa, mangueira, Criar e experimentar diferentes o Fita; balão ao som de vários coreografias ou sequencias de ritmos; movimentos ginásticos elaborados o Criar um ambiente pelos alunos. favorável, onde a criança Construção de materiais expresse corporalmente os pedagógicos e equipamentos movimentos naturais dos adaptados ao manuseio pelas fundamentos da ginástica
  • 32. crianças, tais como: fitas, arcos, através dos materiais bolas, etc. alternativos; o Realizar registros dos conhecimentos aprendidos através de textos escritos, atividades e apresentações coreográficas; LUTAS  Vivenciar através de atividades  Fundamentos das luta::  Utilizar vídeos específicos de lúdicas os fundamentos básicos o Imobilizar; diferentes lutas, na qual mostre os das lutas (Agarrar, Derrubar, Cair, o Desequilibrar; movimentos das lutas; Desequilibrar, imobilizar, bater, o Agarrar;  Explorar através de jogos lúdicos Defender, Esquivar); o Derrubar; os fundamentos de imobilizar,Compreender a função social da luta para o Cair; desequilibrar dentre outros, atravéso combate de qualquer forma de violência o Esquivar e outros. de jogos de oposição e materiaiscorporal na escola e na sociedade; o As lutas e a violência. alternativos de determinada luta;  Chamar atenção para a necessidade do colega no momento da atividade. Propor pesquisa referente à luta e a
  • 33. violência, a fim de abrir um espaço de debate entre as crianças. CONHECIMENTO SOBRE O CORPO  Compreender os benefícios das  Benefícios da atividade física;  Ensinar e oferecer condições para atividades Físicas para melhor  Alimentação saudável; o auto-aprendizado dos cuidados qualidade de vida;  Psicomotricidade: para uma alimentação saudável e  Identificar e compreender a o Dominância lateral (direita e os benefícios da atividade física, importância dos cuidados com a esquerda); através de leitura de texto, alimentação saudável para uma o Coordenação motora exposição de alimentos, cartaz saúde; (grossa e fina); com gravuras de diversas  Reconhecer o próprio corpo, o Esquema corporal atividades físicas e seus benefícios buscando posturas e movimentos (equilíbrio, percepção no dia-a-dia; não prejudiciais, na situação do sensorial, tônus muscular);  Explorar atividades de registros, ou cotidiano; o Lateralidade; seja, os conhecimentos aprendidos  Associar as habilidades motoras Orientação espaço-temporal. através de textos escritos, fundamentais para construção do colagens e apresentações; movimento especializado;  Realizar a vivencia deAdquirir destreza em função do compreender as possibilidades edesenvolvimento das capacidades limitações do corpo em movimentocoordenativas. (por exemplo: exercícios de
  • 34. alongamento, flexibilidades, contração e relaxamento do tônus muscular, respiração, deslocamento, dentre outros);  Propor situações em que a criança tenha que se situar no espaço, deslocar-se para direita/esquerda e lateralidade;  Realizar jogos lúdicos (mais intensos e mais calmos) no qual a criança desenvolva as habilidades perceptivo-motoras, tais como: imagem do corpo, controle e visual-motor, equilíbrio, noção espaço-temporal. ESPORTE Identificar e vivenciar as diferentes  Jogos Esportivizados com os  Realizar atividades lúdicas, em que modalidades esportivas tendo Fundamentos de: a criança vivencie diferentes como princípios o lúdico, a o Atletismo; fundamentos dos esportes com participação e a inclusão; o Handebol; regras adaptadas, ou seja, criar um
  • 35.  Identificar e vivenciar os limites e o Futsal; ambiente na qual a criança crie, possibilidades de movimentos na o Voleibol; construa regras e material prática lúdica; o Basquetebol; pedagógicos de acordo com os  Criar e experimentar novas regras o Outros. níveis de conhecimento, visando a inclusão e participação desenvolvimento e experiência, de todos; para que os mesmos possamIdentificar, compreender e vivenciar conhecer e praticar os jogosprincípios éticos, tais como: respeito, esportivos.disciplina, autonomia, solidariedade,  Propor jogos como: queimada,amizade, cooperação no jogo. amarelinha, pua corda, peteca de pena, futsal em dupla, 10 passos. DANÇA  Identificar e compreender os vários  Danças populares locais.  Criar um ambiente de dialogo e tipos de dança populares da exposição da importância das cultura local: tambor de crioula, diferentes manifestações presente cacuriá, bumba-meu-boi entre na dança local e seu contexto outras; histórico;  Vivenciar as possibilidades de  Propor atividades de diferentes criação de movimentos manifestações culturais e
  • 36. expressivos (re)construir expressivas, por meio da criação e coletivamente coreografias das adaptações de coreografias; danças locais;  Realizar festivais de dança, na qual sejam apresentadas as diferentes criações coreográficas realizadas pela criança. JOGOS E BRINCADEIRAS Conhecer e praticar jogos de  Jogos de salão:  Propor atividades em que a criança tabuleiro (dama, xadrez, etc.); o Xadrez; tenha que construir jogos de salão Identificar, compreender e o Dama; e cooperativos com materiais vivenciar jogos cooperativos; o Futebol de tampinhas; alternativos; Identificar, compreender e o Ludo e outros.  Realizar festivais a partir dos vivenciar princípios éticos, tais Jogos cooperativos. diferentes jogos de salão e como: respeito, disciplina, cooperativos; autonomia, solidariedade,  Explorar atividades de registros, ou amizade, cooperação, seja, os conhecimentos aprendidos honestidade, dentre outros no jogo. através de textos escritos, colagens, desenhos e apresentações;  GINÁSTICA
  • 37.  Experimentar, identificar e  Fundamentos básicos da Ginástica  Propor atividades lúdicas que compreender as várias artística: envolvam: andar, correr, saltar, possibilidades de movimento na o Giro; trepar, rolar, equilibrar nos espaços ginástica artística. o Equilíbrio; externos e internos da escola, bem Criar e experimentar diferentes o Salto; como na sala de aula com coreografias ou sequencias de  Rolamentos e outros. colchões espalhados; movimentos ginásticos elaborados  Utilizar som para que a criança pelos alunos. realize os movimentos livremente, ou seja, com mais expressividade corporal;  Realizar registros dos conhecimentos aprendidos através de atividades variadas. LUTAS Vivenciar através de atividades  Fundamentos das luta::  Utilizar vídeos específicos de lúdicas os fundamentos básicos o Imobilizar; diferentes lutas, na qual mostre os das lutas (Agarrar, Derrubar, Cair, o Desequilibrar; movimentos das lutas; Desequilibrar, imobilizar, bater, o Agarrar;  Explorar através de jogos lúdicos Defender, Esquivar); o Derrubar; os fundamentos de imobilizar, Compreender a função social da o Cair; desequilibrar dentre outros, através
  • 38. luta para o combate de qualquer o Esquivar e outros. de jogos de oposição e materiaisforma de violência corporal na  As lutas e a violência. alternativos de determinada luta;escola e na sociedade;  Chamar atenção para a necessidade do colega no momento da atividade.  Propor pesquisa referente à luta e a violência, a fim de abrir um espaço de debate entre as crianças.