Ciências anual 5º ano

8,929 views
8,530 views

Published on

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
8,929
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
122
Actions
Shares
0
Downloads
66
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Ciências anual 5º ano

  1. 1. QUADRO GERAL DE CONTEÚDOS DE CIÊNCIAS PARA O 5 º ANO DO ENSINO FUNDAMENTALEXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM CONTEÚDOS CONDIÇÕES DIDÁTICAS TERRA E UNIVERSO Compreender a natureza como um todo A atmosfera e seus fenômenos Confecção de maquetes sobre odinâmico, sendo o ser humano parte integrante atmosféricos Sistema Solar com variação dee agente de transformação do mundo em que Orientações e uso de fenômenos tamanhos e distâncias dos planetas, evive; astronômicos; com movimentos de rotação e Reconhecer relações entre o Camada de ozônio e o efeito estufa; translação. conhecimento O ar: composição, Observação dos diferentes calendários, científico, produção de tecnologia e utilizados nas diversas culturas a partircondições de vida e suas mudanças; dos movimentos da Terra. Elaborar questões, diagnosticar e Exposição dos diferentes tipos de sugerir soluções para problemas reais a relógios, utilizados pelos seres partir de componentes das Ciências humanos, no decorrer da história, nas Naturais; diversas culturas Sistema Solar. Aplicar conceitos, procedimentos e Trabalhar vídeos e músicas temáticas, atitudes das Ciências Naturais relacionando fenômenos cíclicos como duração relacionados a energia, matéria, dos dias / anos / estações e movimentos. transformação, espaço, tempo, sistema, Investigar revistas e periódicos equilíbrio e vida; temáticos (“Ciência Hoje”). Saber relacionar textos, observações, registros e experimentos afins para coleta, organização, comunicação e discussão de fatos e informações; Desenvolver a capacidade do trabalho em grupo, interagindo de forma crítica e cooperativa; Entender e compreender a saúde como bem individual e social; Saber utilizar a tecnologia de forma correta ao equilíbrio da natureza e do homem.
  2. 2. CORPO HUMANO E SAÚDE Compreender a natureza como um todo • O homem e seu desenvolvimento; Solicitar dos alunos que tragam para a dinâmico, sendo o ser humano parte • As fases da vida do ser humano; sala de aula roupas e sapatos que integrante e agente de transformação • A reprodução humana: Fecundação; usavam quando eram menores. do mundo em que vive; • O início da puberdade; Organize uma roda de observação• Reconhecer relações entre o conhecimento • Orientação Sexual; desses objetos, deixe que o aluno oscientífico, produção de tecnologia e condições • O Sistema Nervoso; manipule e peça que todos falem sobrede vida e suas mudanças; o quanto cresceram desde que• Elaborar questões, diagnosticar e sugerir deixaram de usá-los;soluções para problemas reais a partir de Peça os alunos que, na próxima aula,componentes das Ciências Naturais; tragam de casa fotografias da família• Aplicar conceitos, procedimentos e atitudes em que os irmãos, os pais e outrosdas Ciências Naturais relacionados a energia, parentes apareçam com diferentesmatéria, transformação, espaço, tempo, idades (as crianças devem escrever osistema, equilíbrio e vida; nome delas no verso de cada foto).• Saber relacionar textos, observações, registros Para consulta dos alunos em sala, vocêe experimentos afins para coleta, organização, também deve selecionar comcomunicação e discussão de fatos e antecedência alguns livros que trateminformações; de sexualidade e sejam bem ilustrados;• Desenvolver a capacidade do trabalho em Converse com a turma sobre asgrupo, interagindo de forma crítica e mudanças que ocorreram com a gentecooperativa; à medida que a idade avança.• Entender e compreender a saúde como bem Enquanto isso, escreva no quadro asindividual e social; alterações corporais que os alunos•Saber utilizar a tecnologia de forma correta ao forem citando. Em seguida, divida-osequilíbrio da natureza e do homem. em grupo de quatro ou cinco e peça que organizem as fotografias trazidas de casa em ordem cronológica. Feito isso, os integrantes de cada grupo devem discutir entre eles as mudanças observadas nas suas fotos e nas dos colegas. Estimule-os a pensar sobre as razões dessas mudanças e em como o
  3. 3. corpo de cada um estará nos próximosanos. Cabe a você encaminhar adiscussão para as alterações físicasprovocadas pela puberdade. Listas noquadro também e não tenha medo deusar termos desconhecidos pelosalunos. Essa é uma oportunidade paraampliação de vocabulário eapropriação de linguagem científica.Aproveite para explicar as diferençasentre características sexuais primárias(relacionadas ao aparelho reprodutor)e secundárias (ligadas à produção dehormônios a partir da puberdade).Distribua os livros que você pré-selecionou e deixe que as criançasconsultem suas ilustrações,relacionando-as ao que foi discutidoem sala até aqui.Peça que as crianças ouçam a música"Não Vou Me Adaptar" - Titãs. Emseguida, investigue o que elasentenderam da letra. Oriente-as agrifar os trechos que indicamtransformações corporais e estimule-asa lembrar das mudanças que elasmesmas experimentaram desde o 1ºano até hoje. Depois, organize essasinformações numa tabela dividida porgêneros (meninos de um lado emeninas de outro). Importante: algunsestudantes podem não se sentirsuficientemente à vontade para
  4. 4. comentar certas transformaçõescorporais, principalmente entre asmeninas que já apresentam sinais deentrada na puberdade (os meninostendem a vivenciar esse processo umpouco mais tarde). Caso você percebaque alguma criança estádesconfortável, respeite seuconstrangimento e não a obrigue a dardepoimentos.Selecione um texto que explique comoos hormônios agem no corpo humano,especialmente os hormônios sexuais.Em seguida, peça que os alunos leiamesse texto individualmente e grifem ouanotem no caderno o vocabulário novoou termos que não entenderam.Exemplo de texto: "Puberdade é a fasecaracterizada por mudanças no corpocausadas pelo início da produção dehormônios sexuais, e dá início àadolescência. Nosso corpo tem órgãoscom diferentes funções, entre eles asglândulas. Há vários tipos de glândulase algumas são responsáveis pelaprodução de substâncias reguladorasdo corpo chamadas hormônios. Nocaso dos hormônios sexuais, eles sãoproduzidos pelas gônadas - ovário nasmeninas, testículos nos meninos. Sãoconhecidos como estrogênio etestosterona, respectivamente. E vãotransformando o corpo que antes era
  5. 5. de uma criança em um corpo adulto".Após a leitura, converse com os alunossobre a ação dos hormônios sexuais eestimule-os a imaginar por que elaocorre dessa maneira na puberdade.Lembre-os de que é importante seapropriar do vocabulário novo paraexplicar conceitos de Ciências. Agoravocê vai discutir com os alunos asdiferenças entre os sexos masculino efeminino, tanto do ponto de vista físicoquanto do social. Peça que eles façamum exercício de "faz de conta",imaginando que ainda estão na barrigada mãe, prestes a nascer. Detalhe: osmeninos precisam imaginar que vãonascer meninas e vice-versa. Ascrianças vão achar graça e fazer piadas.Passada a descontração inicial, informeque elas deverão anotar em uma folhao tipo de atividade que fariam sepertencessem ao sexo oposto. Recolhaas folhas e organize em um quadro oscomentários sob os seguintes títulos:"Coisas que meninos fazem" e "Coisasque meninas fazem". Estimulando-as anotar que certos itens, embora estejamem uma coluna, poderiam estar nasduas. A discussão pode tomar muitoscaminhos. Cabe a você mediar aconversa de modo que os estudantespercebam que, além de diferençasbiológicas, há também diferenças
  6. 6. sociais ou culturais entre os sexos. VIDA E AMBIENTE Compreender a relação da Tecnologia Os solos: formação , composição e Antes de dar início à aula, preencha com as ciências modernas e tipos; aproximadamente 1/3 de um copo comum com contemporâneas, sua influência na Os minerais na natureza: quartzo, mica terra e misture um pouco de água. Espere a transformação de materiais e o impacto e feldspato; terra decantar (se depositar no fundo) e leve sobre o meio ambiente. Compreender a Fósseis essa amostra para a sala, tentando não balançar natureza como um todo dinâmico, Recursos minerais muito o copo. Apresente-a aos alunos e sendo o ser humano parte integrante e Combustíveis pergunte: "De onde eles acham que veio esse agente de transformação do mundo em solo? Quantos tipos de solo estão ali? Quais são que vive; esses tipos? Há diferenças de coloração e• Reconhecer relações entre o tamanho de grãos na amostra apresentada?conhecimento Será que todos os tipos de solo têm a mesmacientífico, produção de tecnologia e cor e a mesma textura?". Em seguida, divida acondições de vida e suas mudanças; turma em grupos de quatro ou cinco alunos,• Elaborar questões, diagnosticar e sugerir entregue a cada equipe uma porção de terrasoluções para problemas reais a partir de igual à que você apresentou e um copo de água.componentes das Ciências Naturais; Oriente-os a repetir a preparação que você fez• Aplicar conceitos, procedimentos e (preencher 1/3 do copo de terra, completá-loatitudes das Ciências Naturais relacionados com a água, mexer bem e aguardar aa energia, matéria, transformação, espaço, decantação). Peça que observem e identifiquemtempo, sistema, equilíbrio e vida; as camadas formadas. Se for possível, ofereça• Saber relacionar textos, observações, uma lupa para uma melhor visualização doregistros e experimentos afins para coleta, material.organização, comunicação e discussão de Agora, os alunos vão comparar os diferentesfatos e informações; grãos que compõem o solo. Pergunte se a terra• Desenvolver a capacidade do trabalho em que eles observaram na etapa anterior é igual àgrupo, interagindo de forma crítica e areia da praia ou do parquinho em quecooperativa; costumam brincar. Explique que tanto a terra• Entender e compreender a saúde como quanto a areia são componentes do solo e quebem individual e social; eles analisarão esses componentes. Com a•Saber utilizar a tecnologia de forma correta turma dividida em grupos de três crianças,ao equilíbrio da natureza e do homem. forneça um copo com areia, um copo com
  7. 7. argila, um copo com terra, folhas de jornal eluvas plásticas (é necessário ter um recipientecom água dentro da sala). Peça que vistam asluvas e analisem cada componente colocando-osobre a folha de jornal e analisandocaracterísticas como coloração, cheiro,tamanho dos grãos, textura e consistência. Paraque verifiquem o tamanho dos grãos, forneçauma pequena quantidade de água e solicite quemolhem parte do componente analisado(fazendo movimentos circulares com os grãosentre os dedos, eles verificarão que os grãos deareia são maiores que os grãos das outrasamostras) Depois da observação, deve ser feitauma tabela, contendo as características de cadasolo analisado (Cor, Cheiro, Textura,Consistência e permeabilidade);Disponha as carteiras em círculo. No centro,coloque algumas mesas para montar trêsmodelos de filtro (peça a ajuda de alguns alunospara montá-los). Apoie a parte superior dagarrafa PET (que funcionará como funil) sobre aparte inferior (que terá a função de copo). Emcada funil, coloque um filtro de papel e um doscomponentes do solo (húmus, argila e areia).Em seguida, despeje cerca de 200 ml de águapara verificar quais componentes permitem apassagem de água com mais facilidade. Soliciteque as crianças completem a tabela ou terminede preenchê-la você. Depois, converse com elassobre a impermeabilização das vias públicas nasgrandes cidades, perguntando se sabem porque muitas vezes as ruas alagam e a água acaba
  8. 8. invadindo as casas. É importante que os alunos entendam que o asfalto, além de não ser um componente do solo, é impermeável e impede que a água seja absorvida. RECURSO TECNOLÓGICO Formas e uso da energia. Trabalhe com os alunos as fontes• A energia: Formas e fontes de alternativas, como energia produzida aenergia; partir do sol, do mar, do vento, do calor,• Energia Térmica; etanol e biodiesel. Eles devem registrar no• Calor e transmissão de calor; caderno as principais ideias discutidas. Ao• Temperatura; final, espera-se que a turma tenha• Bons e maus condutores de calor; entendido que a busca por outras fontes• Energia Elétrica; de energia alternativas é uma• Usinas hidrelétricas / impacto necessidade, em função da demanda queambiental; não para de crescer;• Bons e maus condutores de Organize os alunos em duplas ou trioseletricidade; para fazer uma pesquisa sobre artefatos Energia eólica; do cotidiano, como lâmpada elétrica,• Magnetismo; chuveiro, geladeira e ferro de passar• Funcionamento dos ímãs; roupa. Se a escola tiver biblioteca, faça• Pólos / campo magnético. uma seleção de material disponível para consulta. Caso contrário, peça que as crianças tragam material de casa e façam a pesquisa em sala de aula. Escreva no quadro um roteiro para auxiliar os alunos quanto aos objetivos da atividade: "Que objeto é esse? Quem o inventou? Quando? Como as pessoas viviam sem ele antes de sua invenção? Quais são as vantagens e desvantagens desse objeto para a sociedade?". Combine com os estudantes como o registro da pesquisa será feito. Você pode pedir um texto
  9. 9. expositivo, uma tabela ou uma lista deinformações, entre outras possibilidades.Uma dica: escolha um objeto e faça umregistro coletivo que sirva de modelo. Aofinal da pesquisa, crie condições para queeles compartilhem as informações queaprenderam no estudo.Organizar um painel com figuras, imagense desenhos sobre: iluminação pública,telecomunicações e eletrodomésticos.Observar a variação de consumo deenergia elétrica em conta de luz,associando ao consumo ou desperdíciode energia. Consultar o site:www.eletrobrás.com.br

×