Professor José Roberto - Aula atualizada 2ºano cinética química

4,658 views

Published on

Conteúdo de Cinética Química

1 Comment
2 Likes
Statistics
Notes
  • Excelente professor. Me ajudou muito.recomendo.
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total views
4,658
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
212
Comments
1
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Professor José Roberto - Aula atualizada 2ºano cinética química

  1. 1. Cinética Química<br />Professor José Roberto<br />
  2. 2. Cinética Química<br />Estuda a velocidade das reações e os fatores que influenciam nessa velocidade;<br />Nas indústrias e institutos de pesquisa seu conhecimento é muito importante para viabilizar processos de interesse, que podem ser realizados mais rapidamente ou mais lentamente.<br />
  3. 3. Efeitos da temperatura<br />A redução da temperatura diminui a velocidade das reações de decomposição dos alimentos pelos micro-organismos. Um aumento da temperatura favorece o aumento da temperatura dessas reações.<br />
  4. 4. EXERCÍCIOS<br />G1 A G2 Pág. 09<br />
  5. 5. Como ocorrem as reações químicas?<br />As moléculas devem se chocar com uma ORIENTAÇÃO ESPACIAL favorável e possuir ENERGIA CINÉTICA suficiente para romper as ligações das moléculas;<br />
  6. 6. Colisão efetiva e não efetiva<br />
  7. 7. Energia de Ativação<br />É a energia mínima necessária para que a reação possa ocorrer;<br />Essa energia é o incremento necessário para a formação do COMPLEXO ATIVADO, que é o estado mais energético de uma reação, onde as ligações são rompidas e novas ligações são formadas.<br />
  8. 8. Diagrama de energia da reação<br />
  9. 9. A velocidade da reação e a Energia de Ativação<br />
  10. 10. Reações elementares e não elementares<br />Reações elementares ocorrem em uma única etapa. Tem apenas 1 energia de ativação envolvida;<br />Reações não elementares ocorrem em mais de uma etapa e possuem um mecanismo definido. Há mais de uma energia de ativação envolvida e possuem uma ETAPA DETERMINANTE de sua velocidade, que é a etapa de maior energia de ativação, ou seja, a mais lenta.<br />
  11. 11. Cálculo da velocidade da reação<br />
  12. 12.
  13. 13. Exemplo<br />
  14. 14.
  15. 15. EXERCÍCIOS<br />G3 A G5 Pág.12<br />
  16. 16. Fatores que influenciam a velocidade das reações<br />Superfície de contato<br />
  17. 17. Fatores que influenciam na velocidade das reações<br />Temperatura<br />
  18. 18. Fatores que influenciam na velocidade das reações<br />Estado físico: Reagentes gasosos reagem mais rapidamente do que no estado líquido e estes mais rapidamente do que no estado sólido (aumento das colisões efetivas);<br />Aumento da pressão: Ocorre aumento das colisões efetivas (aplicável para reagentes gasosos apenas).<br />Concentração: O aumento da concentração aumenta as colisões efetivas, o que aumenta a velocidade da reação.<br />
  19. 19. Concentração e análise quantitativa<br />A velocidade de uma reação é diretamente proporcional às concentrações dos reagentes<br />
  20. 20. Lei da Velocidade<br />
  21. 21. Exemplo<br />
  22. 22. Exemplo<br />
  23. 23. Reações não elementares<br />
  24. 24. Determinação experimental da lei da velocidade<br />
  25. 25.
  26. 26.
  27. 27.
  28. 28. EXERCÍCIOS<br />G6 A G13 pág.19<br />
  29. 29. Catalisadores<br />
  30. 30. Catalisadores<br />
  31. 31. Catálise homogênea e heterogênea<br />
  32. 32. Catálise heterogênea em conversores de automóveis<br />
  33. 33.
  34. 34.
  35. 35.
  36. 36.
  37. 37. Lista de Exercícios Q1 a Q24<br />

×