Your SlideShare is downloading. ×
0
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Sugestões de filmes
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Sugestões de filmes

46,788

Published on

2 Comments
11 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
46,788
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
342
Comments
2
Likes
11
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Trabalhando com filmes na sala de aula
  • 2. Arraias-TO Diretoria Regional de Ensino de Arraias Setor Regional de Informação e Tecnologia da Educação NTE – Núcleo de Tecnologias Educacionais PROFESSORAS FORMADORAS: Ana Maria Di Santos Josemília Oliveira Xavier
  • 3. Com o objetivo de criar oportunidades de aprendizagem, tendo como diretriz do trabalho o uso efetivo dos recursos tecnológicos em sala de aula, pontuamos na sequência dos slides a sinopse de alguns filmes que possam contribuir para o processo de ensino e aprendizagem. É pertinente que o professor conheça e compreenda todas as possibilidades tecnológicas podendo com isso organizar-se e atuar com coerência, liberdade e criticidade.
  • 4. O filme é um clássico que refletiu alguns dos problemas e medos dos adolescentes dos anos 60. O professor, engenheiro de comunicações, provavelmente não teria didática, tampouco o preparo pedagógico adequado para lidar com uma classe e alunos. Mesmo inexperiente, conscientiza-se de que o essencial naquele momento e para aqueles jovens, não seria necessariamente o estudo de ciências ou literatura, por exemplo. Basicamente eles necessitavam de disciplina, conselhos, apoio moral e compreensão. Careciam de respostas, mas não precisamente respostas a dúvidas científicas, e sim aprendizados que os fizessem crescer como seres humanos, adultos que logo estariam tomando conta de um lar e uma família sozinhos. O mestre desprendeu-se do paradigma habitual dos cursos de matemática, ciências, geografia, etc. Para tanto, aqueles jovens primeiramente necessitavam de conceitos que afetassem diretamente sobre suas vidas, fatos que realmente lhes fariam sentido no momento. O filme nos demonstra a importância da boa vontade e da compreensão no ato de ensinar e educar , pois a escola, além de local de estudos, é onde se aprende valores, onde a pessoa se constrói e cresce, aprontando-se para a vida “lá fora”, ou seja, a sociedade. AO MESTRE COM CARINHO
  • 5. <ul><li>À PROCURA DA FELICIDADE </li></ul><ul><li>Trata-se de um homem obstinado que luta para sobreviver e sustentar seu filho mesmo sob as mais árduas circunstâncias, sem que isso o faça ignorar os principais valores nem perder as esperanças. O filme retrata o &quot;sonho americano&quot;, onde o trabalho duro individual pode levar qualquer um longe na terra das oportunidades. “É uma linda história - é baseada em fatos reais - que serve como motivação para qualquer um que esteja passando por algum tipo de dificuldade ou que precise de uma motivação a mais para novas conquistas” A integridade das pessoas não depende do saldo no banco. Fora isso, o filme desmonta a crença do Estado paternalista, que irá cuidar dos pobres. Esse é um retrato da realidade. O governo, para dar algo, antes precisa tirar, e normalmente o fardo recai sobre os mais pobres. </li></ul>
  • 6. A VOZ DO CORAÇÃO O filme conta a história de um professor de música. É um filme tocante porque mistura sentimentos diversos, como amor, afeição, carinho, ódio, raiva e solidão. Todos eles se misturam e aparecem em um ambiente extremamente impessoal, que é o internato, que nem parece abrigar crianças cheias de talento e força de vontade. Sufocados pela autoridade do diretor Rachin, que não lhes dá liberdade para fazer nada de que gostam, os meninos acabam se revoltando e cometendo atos que não fazem parte de sua personalidade. A voz do coração é um filme sobre relações humanas, sobre as maneiras diferentes como as pessoas se portam. Este demonstra que ações levam sim a reações, mas que os caminhos que elas podem seguir são diferentes.
  • 7. <ul><li>A LISTA DE SCHINDLER </li></ul><ul><li>Clássico do cinema moderno, &quot;A Lista de Schindler&quot; é a história real e emocionante do empresário Oskar Schindler, que num gesto humanitário de extrema ousadia salvou milhares de judeus, ao mesmo tempo em que contava com o apoio de nazista. Aparentando desinteresse pela política, e fingindo explorar o baixo custo da mão-de-obra judia, o que Schindler fazia era empregar inocentes que de outra forma morreriam nos campos do holocausto. Comovente, importantíssimo, atual. &quot;A Lista de Schindler&quot; é o maior triunfo cinematográfico do diretor Steven Spielberg. </li></ul>
  • 8. <ul><li>A CORRENTE DO BEM </li></ul><ul><li>O filme é muito interessante no sentido de despertar diálogos, de nos fazer entender pelos jovens e de nos fazer atentos a suas colocações, de nos fazer promover uma possibilidade de maior entendimento entre pais e filhos (fundamental para a educação!) e de aproximar as escolas daquilo que seja significativo para os estudantes, a comunidade e mesmo para nós, professores! </li></ul>
  • 9. <ul><li>A MAÇÃ </li></ul><ul><li>Mulher cega e seu marido mantém as filhas gêmeas presas, seguindo vagos preceitos do Alcorão. As meninas são soltas, após 11 anos em cativeiro, e têm que descobrir o mundo com olhos infantis que nunca conheceram nada além de sua alcova. Neste filme podemos perceber, como educadores, como a falta de estímulos desde o nascimento influencia diretamente o desenvolvimento da criança. Estas meninas se fossem para a escola, seriam imediatamente rotuladas como portadoras de deficiência. O filme evidencia a influência dos aspectos sociais e culturais no desenvolvimento humano. </li></ul>
  • 10. <ul><li>ANJOS DO SOL </li></ul><ul><li>O filme Anjos do Sol conta a história da cruel violência contra meninas no Brasil. O filme é uma denúncia da falência de nossa sociedade em proteger as crianças da violência. É uma denuncia da nossa sociedade machista patriarcal. Este retrata o drama da prostituição do Brasil. </li></ul>
  • 11. <ul><li>ADORÁVEL PROFESSOR </li></ul><ul><li>Observamos que a reflexão do professor de que tudo tinha sido em vão, seu trabalho, seus momentos de emoção com seus alunos, chegando a considerar-se descartável, constituiu o fundamento reflexível mais importante do filme, pois, no momento de aflição, ao olhar apenas para o problema da demissão, esqueceu o quanto havia marcado positivamente seus alunos, colaborando de maneira relevante para formação de cada um, inclusive da governadora, sua ex-aluna quem fez um discurso emocionante sobre a importância do seu professor Holland. Aprendemos com essa história que um professor se torna adorável para seus alunos, quando se dedica de verdade em favorecer a aprendizagem dos mesmos, quando lhe ensina que são capazes de vencer seus maiores desafios, e quando considera o conhecimento cognitivo do discente em sua prática pedagógica. O professor jamais será descartável para aquele aluno com quem de fato ele fez a educação acontecer, considerando a verdadeira educação como sendo aquela que transforma a vida do educando para melhor, que transforma suas atitudes. O verdadeiro professor é aquele que também é educador, e não está preocupado apenas com os conteúdos a serem repassados, mas sim, e em grande proporção intelectual com o ensino para a melhoria da qualidade de vida dos discentes. </li></ul>
  • 12. <ul><li>A LÍNGUA DAS MARIPOSAS </li></ul><ul><li>A Língua das Mariposas tem como foco a relação professor-aluno. Estabelece a imagem do professor humano, caloroso, próximo e paciente. Nos mostra a atitude do profissional da educação como aquela do erudito, que lê, pesquisa, conversa regularmente com muitas pessoas e é admirado pela comunidade. Além disso, a preocupação em ensinar e cativar as crianças não se restringe a demonstrar todo o conhecimento obtido a partir de leituras e pesquisas. Don Gregório representa o educador íntegro, que se percebe como referência (e que, nem por isso, se envaidece) e que, ciente de suas responsabilidades a partir de então, se mostra sempre sereno, altivo e elegante. Mais que teorias, ele ensina a seus alunos novas posturas perante o mundo, onde as pessoas devem se respeitar, ter sensibilidade e jamais abandonar seus ideais. Fortes emoções tornam “A Língua das Mariposas” filme obrigatório para todos aqueles que acreditam na vida e na educação. </li></ul>
  • 13. <ul><li>CRIANÇAS INVISÍVEIS </li></ul><ul><li>As histórias nos atingem profundamente e nos fazem sentir a dura realidade das crianças ali retratadas em diversas partes do mundo, onde denunciam a violência, exploração, descriminação, racismo, irregularidades, erros, descaminhos e problemas, que abreviam a infância e forçam muitas crianças a amadurecer prematuramente às custas de grandes sofrimentos. O filme nos avisa de que temos que abrir os olhos, para o que vem acontecendo no mundo. Dar mais atenção a essa infância desperdiçada, desrespeitada, violentada e desesperançada. </li></ul><ul><li>É um filme para adultos, porque tem nos faltado a devida sensibilidade para que essa nobre causa ganhe mais atenção e defensores em todo o planeta. È um filme, entendo, não só para abrir os olhos, mas também o coração. </li></ul>
  • 14. <ul><li>CONVERSANDO COM DEUS </li></ul><ul><li>Conversando com Deus é uma adaptação do livro homônimo escrito por Neale Donald Walsch, que conta sua própria história que inspirou e transformou a vida de milhões de pessoas. Se você é daqueles que ainda tem alguma dúvida sobre o diálogo de Deus com seus filhos, não deixe de assistir a este magnífico filme. </li></ul><ul><li>Conversando com Deus é um filme que nos faz refletir sobre os planos que Deus tem pra gente e que não se realizam por que nós não deixamos Deus trabalhar. </li></ul>
  • 15. <ul><li>CONRACK </li></ul><ul><li>O mais importante no filme é exatamente o resultado obtido com os alunos. Não importando o quanto utópico ele possa ser. O filme nos mostra dezenas de caminhos a seguir na prática docente, sem haver a exigência de uma prática totalmente igual e, talvez, inatingível. </li></ul>
  • 16. <ul><li>TREINO PARA A VIDA </li></ul><ul><li>Este filme é baseado na história real de Ken Carter, um treinador (coach) de basquete que deseja transformar a vida de garotos de uma escola da periferia da Califórnia, utilizando o esporte e a educação. Carter faz com que esses garotos comecem a visualizar um mundo diferente, com a possibilidade de irem para a universidade, de não pertencerem ao mundo que seus pais e amigos fazem parte, o das drogas e do crime, enfim, podem se tornar verdadeiros cidadãos e profissionais. </li></ul><ul><li>  </li></ul>
  • 17. <ul><li>DESAFIANDO GIGANTES </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>As mensagens do filme são para não desistirmos, não voltarmos atrás e não perdermos a fé.  A mensagem o desafia a acreditar no poder da fé, a perseverar, acreditar para vencer. Ele passa para os meninos da equipe o seu novo espírito, contagia a todos a sua volta, fazendo não só os jovens do time terem uma postura positiva e vencedora como muitos outros na escola e alguns pais também. Sua parceria com Deus lhe trás vida nova, cheia de esperança e perspectivas de sucesso. As conquistas acontecem na vida profissional e pessoal, fazendo o treinador acreditar ainda mais que o poder da crença proporciona a habilidade de vencer. </li></ul><ul><li>  </li></ul>
  • 18. <ul><li>EM NOME DO PAI </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Em Nome do Pai conta a saga verídica de Gerry Conlon. É um filme intrigante, que nos faz questionar a justiça, seus sistemas e truques. No filme o jovem acaba por descobrir no pai uma força interior que não julgava que existisse. Pouco a pouco deixa de lado o seu tom e atitudes de rapaz rebelde, iniciando com o pai uma luta contra a injustiça e tentativas para provar a sua inocência. Luta essa que duraria quinze longos anos. </li></ul>
  • 19. <ul><li>ESCRITORES DA LIBERDADE </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>É uma jovem professora que tenta inspirar seus alunos-problemas a aprender algo mais sobre tolerância, valorizar a si mesmos, investir em seus sonhos e principalmente dar continuidade a seus estudos além da escola básica. O que conseguiram, após muito esforço. Erin doou-se a sua causa pessoal, a melhora na qualidade do ensino e nas relações entre professor e aluno, mudando a vida de todos, levando algum significado a suas existências. </li></ul>
  • 20. <ul><li>ENTRE OS MUROS DA ESCOLA </li></ul><ul><li>O tema central do enredo é a difícil relação entre professor e aluno, nos dois sentidos. Durante o ano letivo, ele terá de enfrentar muitos desafios para ensinar essa turma que tem alunos de origens diversas. A pior idade do desenvolvimento de um ser humano é a 7ª série. Nesse fatídico ano, normalmente começa a puberdade e o jovem sente-se no dever de desafiar todas as autoridades. Também é comum nessa faixa etária acessos de completa idiotice, como as gozações a plenos pulmões em salas de cinema. O filme Entre os Muros da Escola consegue retratar bem o temperamento intragável desses rebeldes sem causa. A identificação com situações reais será imediata. </li></ul>
  • 21. <ul><li>NARRADORES DE JAVÉ </li></ul><ul><li>O filme aborda diversos temas como, a formação cultural de um povo; heranças históricas; crenças; valores; oposição entre memória, história, verdade e invenção; importância da oralidade na construção cientifica; dimensão da escrita e da fala; confronto entre o progresso e as tradições do vilarejo. Ao final do filme, o livro com a grande história de Javé não foi escrito. O progresso ostenta o espaço, a represa é construída, e por fim, a cidade é inundada e seus moradores desterrados. Narradores de Javé, embora tenha buscado o registro para que suas memórias não ficassem submersas, evidencia uma sociedade que se desvanece, em sua cultura, história e tradição em detrimento do progresso, do avanço tecnológico. </li></ul>
  • 22. <ul><li>FILADÉLFIA </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>É um filme para assistir e refletir sobre os nossos mitos, e os nossos sentimentos em relação às pessoas que vivem e compartilham do amor dos seus semelhantes. Este filme retrata como  nossa sociedade é tão discriminatória. Trata-se de uma emocionante história de um promissor advogado, Andrew Breckett (vivido por Tom Hanks), homossexual, muito bem sucedido, que trabalhava para um tradicional escritório de advocacia da Filadélfia e é despedido quando descobrem ser ele portador do vírus HIV. </li></ul>
  • 23. <ul><li>GÊNIO INDOMÁVEL </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>O filme Gênio Indomável (1997) nos revela como a superdotação pode nascer mesmo nos ambientes mais desfavoráveis, onde existem pressões sociais e financeiras. Acreditamos que o professor precisa refletir sobre como: ajudar o aluno a desenvolver suas habilidades; trabalhar a auto-estima; ajuda-lo a desenvolver bons hábitos de estudo; respeitar o ritmo de cada indivíduo; criar um clima favorável a aprendizagem, fazendo com que o aluno se sinta valorizado, respeitado e estimulado a dar o melhor se si; priorizar a dimensão afetiva, contribuindo para o desenvolvimento social do aluno e a educação do caráter; criar estratégias que estimulem a investigação e permitir uma aprendizagem mais profunda em tópicos selecionados pelo aluno. </li></ul>
  • 24. <ul><li>HOMENS DE HONRA </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Uma história de luta, persistência, garra e determinação. Assim é a história de Homens de Honra. É comovente ver a determinação de uma pessoa quando realmente tem um propósito na vida, dar tudo de si para conseguir. Carl Brashear, tornou-se o primeiro marinheiro chefe, patente maior na marinha dos Estados Unidos conseguida por um negro. É um filme onde o homem coloca sua honra acima de qualquer coisa, e prova a todos que todos somos capazes. </li></ul>
  • 25. <ul><li>MEU MESTRE MINHA VIDA </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Em Nova Jersey, uma escola com sérios problemas de violência e tráfico de drogas. Usando métodos pouco ortodoxos, algumas vezes violentos, ele transforma os alunos, inclusive conseguindo que sejam aprovados no exame do final do ano realizado pelo governo estadual. </li></ul><ul><li>  </li></ul>
  • 26. <ul><li>MENINA DE OURO </li></ul><ul><li>O filme “Menina de Ouro” é uma obra que foge às convenções esperadas. Não aborda questões de caráter lógico, e sim o aspecto humano em toda a sua fragilidade. Trata da fragilidade das questões humanas, éticas e familiares, ao nos mostrar até onde pode chegar o drama da existência. Nos aponta o papel dos traumas na vida de um ser humano, e nos apresenta uma idéia de familiaridade que se constitui fora dos laços de sangue que caracterizam tradicionalmente a família. </li></ul><ul><li> As tentativas de constituições familiares, tais como os outros temas refletidos no filme, nos sugere que o filme de Eastwood é um retrato multifacetado clássico e elegante da realidade. A respeito das questões morais que marcam o filme, sob a ótica das tragédias familiares, “Menina de Ouro” questiona inteligentemente a questão da eutanásia (e põe à prova todas as variações de julgamentos ético-morais acerca deste problema). </li></ul>
  • 27. <ul><li>MANDELA </li></ul><ul><li>Mandela - Luta pela Liberdade conta a história de Nelson Mandela, negro pacifista, que lutava contra a descriminação racial e contra a ditadura. Se um dia foi visto como terrorista, hoje, Mandela representa um homem que lutou pelos seus direitos e de uma raça, um homem que não mediu esforços para acabar com o preconceito racial e com a &quot;escravidão&quot;. </li></ul>
  • 28. <ul><li>MÚSICA DO CORAÇÃO </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Quando a paixão move as ações humanas, as realizações ultrapassam fronteiras e criam raízes sólidas que permitem a perpetuação dos resultados. Apresentem o filme “Música do Coração” para seus alunos e façam um inventário de projetos e sonhos. Perguntem aos estudantes o que eles gostariam de fazer, como isso poderia ser feito, que apoios seriam necessários. Unam forças e tentem sair do papel e realizar alguns desses projetos. Faça com que dos debates e reflexões surja uma garotada estimulada, sonhadora e realizadora. Sonhar é preciso. Realizar é fundamental. </li></ul><ul><li>  </li></ul>
  • 29. <ul><li>MEU NOME É RÁDIO </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>A história, baseada em fatos reais, nos relata a vida de James Robert Kennedy, um deficiente mental que vivia às margens da sociedade até o momento em que conheceu o treinador do time de futebol americano do colégio secundário T.L. Hanna High School. Rádio é um deficiente tímido e solitário, porque não teve uma oportunidade. Mas bastou tê-la para que grandes transformações acontecessem em sua vida. A ajuda de um treinador, Harold Jones, foi fundamental para seu desenvolvimento. </li></ul>
  • 30. <ul><li>MARY E MAX - UMA AMIZADE DIFERENTE </li></ul><ul><li>Uma história de amizade entre duas pessoas muito diferentes: Mary Dinkle, uma menina gordinha e solitária, de oito anos, que vive nos subúrbios de Melbourne, e Max Horovitz, um homem de 44 anos, obeso e judeu que vive com Síndrome de Asperger no caos de Nova York. </li></ul><ul><li>Alcançando 20 anos e 2 continentes, a amizade de Mary e Max sobrevive muito além dos altos e baixos da vida. Mary e Max é viagem que explora a amizade, o autismo, o alcoolismo, de onde vêm os bebês, a obesidade, a cleptomania, a diferença sexual, a confiança, diferenças religiosas e muito mais. </li></ul>
  • 31. <ul><li>O CLUBE DO IMPERADOR </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>O filme conta a história de um colégio interno onde um professor chamado Hundert (Kevin Kline) forma “o Clube do Imperador” para estudar cultura greco-romana. No clube, o mestre tenta moldar a personalidade dos alunos usando os bons exemplos dos personagens históricos. </li></ul><ul><li>Conclui-se com o filme que, por melhor que seja a escola ou o professor, o caráter e a personalidade são moldados pelo “berço” e, no decorrer da vida, os meios podem interferir, porém, o que de fato fica, são os exemplos – bons ou ruins – que recebemos de nossos pais. </li></ul><ul><li> O filme é recomendado para pais, professores e estudantes que pretendam usar a psicologia para entender melhor o ser humano. </li></ul><ul><li>. </li></ul>
  • 32. <ul><li>O PREÇO DO DESAFIO </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>O filme de que tratamos é baseado em fatos reais e nos conta a história de um grupo de alunos, de origem hispânica, que estudam em uma escola sucateada nos subúrbios de Los Angeles. Ao superarem o preconceito, demonstram que a etnia não é fator decisivo para o sucesso ou para o fracasso. Através da capacidade de superação dos alunos, somada a disposição e a força de um professor de matemática, eles percebem que, se a condição de vida e de trabalho são similares, então, não existe uma superioridade de uns sobre os outros. </li></ul><ul><li>O filme aborda alguns fenômenos sociais importantes como o preconceito, a cooperação, a competição, o conflito, entre outros, além de explicitar o que, certamente já foi vivido em outros locais dos Estados Unidos e, acredito também, no Brasil. </li></ul>
  • 33. <ul><li>O QUADRO NEGRO </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>O filme “Quadro Negro” mostra dois professores desempregados, na área da fronteira do Irã com o Iraque,  que se esforçam em alfabetizar um grupo de migrantes, que fogem da guerra, e um grupo de crianças e adolescentes, que servem de mulas humanas para transporte de contrabando entre as fronteiras. No filme o quadro negro era a representação do professor, o que não difere muito aqui do Brasil, já que presença significativa do quadro-negro, se mantem em nossa memória da sala de aula sendo considerado uma peça essencial do mobiliário escolar. Muito embora o filme tenha um contexto histórico/cultural de dois Países do oriente médio, a figura do quadro negro, ultrapassa as fronteiras. </li></ul>
  • 34. <ul><li>OS FILHOS DO PARAÍSO </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Um filme onde adolescentes estão sempre exigindo de si, e também dos colegas, a troca constante por calçados, roupas, acessórios caros, de marcas da moda. O filme é muito envolvente e prende a atenção para os detalhes. Os valores morais que o filme mostra são de grande importância para os alunos, pois ensinam a respeitar o próximo e ensina também o companheirismo mesmo nas diferenças e dificuldades. </li></ul><ul><li>  </li></ul>
  • 35. <ul><li>O MILAGRE DE ANNE SULLIVAN </li></ul><ul><li>Uma explosão de sensíveis sentimentos capazes de comover qualquer ser humano.É assim que O Milagre de Anne Sullivan pode ser definido.O filme consegue, violentamente, nos tocar para os limites do ser humano, e nos sensibiliza ao ponto, de sofrermos juntos com o desenrolar de sua história. Imagine uma menina cega. Não só cega, mas muda. E como se não fosse demais, imagine uma menina surda, muda e cega. Essa personagem é Helen Keller, de sete anos, filha de proprietários de terras. Keller não sabe o que é mundo e não sabe como interpretá-lo, e apesar de tudo isso, ela precisa muito se expressar. </li></ul><ul><li>É imensurável dizer o quanto esse filme é belo, complexo e ao mesmo tempo verdadeiro, sendo, inclusive, cruel e doloroso.Uma obra simplesmente humana demais, mostrando como o ser humano não está seguro sobre as coisas que a vida pode aprontar. </li></ul>
  • 36. <ul><li>O SORRISO DE MONA LISA </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>O filme retrata as dificuldades encontradas por todos aqueles que resolvem se opor às regras estabelecidas. O exemplo vivido pela personagem Katharine Watson (Julia Roberts) em O Sorriso de Monalisa, pode ser comparado às dificuldades e preconceitos que todos os que partem para um confronto direto com o conservadorismo encontraram, encontram e encontrarão. A professora, como formadora de opinião, ensina suas alunas a não apenas reproduzirem o conhecimento, mas a tornarem-se produtoras do mesmo, através da busca de releituras de obras de arte e das regras da vida. Katherine recebeu uma cômoda oferta para adequar-se ao sistema e passivamente perpetuar o tradicionalismo vivido nos anos cinqüenta, mas manteve sua visão educacional liberal e inovadora. </li></ul>
  • 37. <ul><li>O CONTADOR DE HISTÓRIAS </li></ul><ul><li>O Contador de Histórias' gira em torno da trajetória de Roberto Carlos, um menino pobre de Belo Horizonte que, durante a década de 70, cresce em uma entidade assistencial para menores então recém-criada pelo governo. Entre fugas e capturas, ele é considerado irrecuperável por seus educadores. A vida do garoto, porém, muda quando ele conhece a pedagoga francesa Margherit (Maria de Medeiros, de Pulp Fiction), que vem ao Brasil para realizar uma pesquisa. Juntos, aprendem importantes lições um com o outro, que mudarão as vidas de ambos para sempre. </li></ul>
  • 38. <ul><li>O MENINO DO PIJAMA LISTRADO </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>O menino do pijama listrado conta a história da amizade entre Bruno, filho de um comandante da elite nazista, diretor de um campo de concentração, e Schmuel, um menino judeu prisioneiro neste campo. </li></ul><ul><li>A pureza e a ingenuidade nas atitudes de Bruno enfatizam ainda mais o horror do nazismo, que acabou de uma maneira ou de outra com a vida de muitas pessoas.  O tema já foi explorado muitas vezes e o que toca dessa vez e com surpresa, é a visão ingênua de uma criança em um mundo cruel dos adultos. A amizade de Bruno e Shmuel mostrou o mundo onde os preconceitos de diversidades, sejam eles de qualquer categoria, credo, classe social ou côr, esmagam a esperança e a vontade de se viver em paz. </li></ul><ul><li>O desfecho chocante é de partir o coração, mas mostra a verdade dos fatos da época. </li></ul>
  • 39. <ul><li>O MUNDO DE SOFIA </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Às vésperas de completar 15 anos, Sofia Amundsen recebe mensagens anônimas com perguntas intrigantes, como: quem é você? e de onde vem o mundo? A partir dessas mensagens, ela se torna aluna do misterioso Alberto Knox, que a acompanha em uma fascinante jornada pela história da Filosofia, de Sócrates até os dias de hoje, passando pela Idade Média, o Iluminismo, a Revolução Francesa e a Revolução Russa. O professor continua presente todo o tempo, Sofia não compreende porque sonha com Hilde, a vê, fala com ela, mas a outra menina nunca responde ou dá sinal de estar vendo-a também. Tudo parece tão estranho até chegar o aniversário de Hilde e o pai lhe dar um livro chamado O Mundo de Sofia, livro esse que a própria Sofia também recebeu igual. </li></ul><ul><li>O mistério fora desvendado, Sofia, o professor e todos que faziam parte de sua vida não passavam de personagens do livro que o Major escreveu para que a filha Hilde soubesse tudo sobre Filosofia de uma maneira que nunca mais esquecesse. </li></ul>
  • 40. <ul><li>O NOME DA ROSA </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Estranhas mortes começam a ocorrer num mosteiro beneditino localizado numa fortaleza, na Itália durante a baixa idade média. O enredo de O Nome da Rosa gira em torno das investigações de uma série de crimes misteriosos, cometidos dentro de uma abadia medieval. A intenção é ocultar o conhecimento até da maioria dos monges, com a finalidade de manter o poderio da igreja católica sobre todo o povo. </li></ul>
  • 41. <ul><li>PRO DIA NASCER FELIZ </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>“ Pro dia nascer feliz” tem o mérito de abordar o tema da educação sob forma documental. O filme desmascara o shopping-escola mostrado na TV e mostra o abismo que existe entre as escolas de elite e as escolas públicas. o filme trata da relação do adolescente com a escola, focando também a desigualdade social e a banalização da violência. De fato, o filme mostra o cotidiano escolar de uma região extremamente pobre em Pernambuco, outra precarizada no Rio de Janeiro, umas em situação de barbárie em São Paulo, uma em estado razoável em Itaquaquecetuba (SP) e uma escola de elite de São Paulo. Há uma nítida opção pelo aluno, mostrando jovens pressionados em busca de resultados, outros abandonados física e afetivamente pelos pais, submetidos a um conflito de gerações com os professores, abandonados por uma escola que muitas vezes nem aula tem. Mostra que há angústias comuns entre os jovens de todas as classes, mas um abismo social que os separa. </li></ul>
  • 42. <ul><li>PRIDE – ORGULHO DE UMA NAÇÃO </li></ul><ul><li>  Em um dos bairros mais problemáticos da Filadélfia, nos Estados Unidos, um grupo de jovens prova que é possível mudar o destino de suas vidas sob o comando de um homem corajoso e cheio de esperança. Em plenos anos 70, um professor cria uma equipe de natação formada apenas por alunos negros de escola. Assim, ele muda a vida desses jovens, e a sua, para sempre. Trabalha com o tema perseverança e motivação só muda o esporte. </li></ul><ul><li>Baseado em fatos reais. </li></ul>
  • 43. <ul><li>PELLE, O CONQUISTADOR </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Em um dos mais aclamados filmes estrangeiros de todos os tempos, Max Von Sydow ( Em uma atuação que lhe valeu a indicação ao Oscar ) vive o trabalhador Lasse Karlsson, que deixa as dificuldades em sua nativa Suécia para tentar uma vida melhor para ele e seu filho ( Pelle Hvnegaard ). Mas ao chegar na Dinamarca, eles encontram condições ainda piores, sendo obrigados a trabalhar e viver numa brutal fazenda. Enguanto tentam sobreviver à crueldade da nova vida, pai e filho enfrentam uma jornada cheia de paixão e dor, mas no final triunfa o espírito humano. </li></ul><ul><li>  </li></ul>
  • 44. <ul><li>QUANDO TUDO COMEÇA </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>O filme “Quando tudo começa”, de Bertran Tavernier retrata a vida de um profissional da educação. Tanto no ambiente de trabalho, como docente, quanto na vida familiar. O trama ocorre em uma comunidade pobre no norte da França. O filme retrata a política pública de um determinado local, e que faz parte de um contexto social, onde a comunidade lida com a falta de assistência social, à indiferença do governo, e aos sérios problemas domésticos que as crianças enfrentam. </li></ul>
  • 45. <ul><li>SOCIEDADE DOS POETAS MORTOS </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>&quot;Sociedade dos Poetas Mortos&quot; é um filme imperdível para quem ama a educação, para quem alimenta ideais de reformular, para quem tem um profundo respeito e preocupação com essa juventude com que trabalhamos. Discutir esses temas todos, reformular as nossas práticas, alimentar nossos sonhos, rever posturas e condutas e, principalmente, olhar para nós mesmos e para nossos alunos em busca daquilo que nos faça sentir orgulho do que fizemos em nossas vidas, vale o ingresso. </li></ul>
  • 46. <ul><li>SER E TER </li></ul><ul><li>Ser e Ter é um filme que mostra que a educação depende em alta dose também dos educadores e que a criatividade deve ser o instrumento de toda a vivência escolar. o filme mostra a influência positiva do educador na formação do caráter de seres humanos desde a mais tenra idade. Ser e Ter, de Nicolas Phillibert, é um filme que tem corrido o mundo e encantado  pessoas de várias gerações e  profissões, desde professores, até  pais e mães e todos aqueles que, de alguma forma, estão ligados à missão de ensinar ou de estabelecer procedimentos para a educação e para o desenvolvimento. </li></ul>
  • 47. <ul><li>TREINO PARA A VIDA </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>O filme que tem como temática a superação de estudantes-atletas, motivados pela presença marcante e carismática de um surpreendente professor/treinador e que, em virtude de uma série de reviravoltas em suas vidas a partir de sua experiência no esporte conseguiram vitórias notáveis... Além disso, Carter defende a tese de que as vitórias do esporte devem também ser transformadas em vitórias na vida futura. </li></ul><ul><li>  </li></ul>
  • 48. <ul><li>TODA CRIANÇA É ESPECIAL </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Toda Criança é Especial “. Embora o filme fale diretamente sobre o caso de uma criança, ele é uma mensagem para o mundo sobre o verdadeiro papel de um educador e formação de um novo ser humano – veja que não digo professor, mas educador. Ao afirmar no título que toda e qualquer criança é especial, que são como estrelas na Terra, a proposta é trazer a idéia de que não podemos negligenciar a diversidade e preciosidade dos projetos de gente de nosso mundo, pois são eles que fazem o futuro. </li></ul>
  • 49. <ul><li>A VIDA SECRETA DAS ABELHAS </li></ul><ul><li>O filme conta a história de Lilly, que se culpa pela morte de sua mãe e tem um pai que a maltrata e, com certa cólera, recusa-se a contar sobre a sua mãe. No dia do aniversário de 14 anos de Lilly, ele diz mentiras sobre a sua mãe, e, amargurada, foge de casa com Rosaleen, sua amiga e babá para Carolina do Sul por uma dica de que a sua mãe morara lá quando era criança. Na cidade, se hospedam na casa das irmãs Boatwright, onde todas têm nomes de meses do ano - August (Agosto), June (Junho) e May (Maio) -, são negras e ganham a vida como apicultoras. Lilly enfrenta o pessimismo natural de June Boatwright, que não acredita nas mentiras ditas por Lillly e o racismo de se relacionar com negros. </li></ul>
  • 50. <ul><li>OUTRAS INDICAÇÕES DE FILMES </li></ul><ul><li>HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO </li></ul><ul><li>O INCRÍVEL EXÉRCITO DE BRANCALEONE Ano: 1966 Direção: Mario Monicelli Gênero: Aventura / Comédia Temática: Guerras e Revoluções </li></ul><ul><li>O LEÃO NO INVERNO Ano: 1968 Direção: Anthony harvey Gênero: drama Temática: disputa pelo poder </li></ul><ul><li>A RAINHA MARGOT Ano: 1994 Direção: Patrice Chéreau Gênero: Biografia / Histórico / Drama / Romance Temática: conflitos religiosos na Idade Média </li></ul>
  • 51. <ul><li>CRUZADA Ano: 2005 Direção: Ridley Scott Gênero: Guerra / Ação / Drama Temática: guerras religiosas entre cristãos e muçulmanos na Idade Média </li></ul><ul><li>CONQUISTA SANGRENTA Ano: 1985 Direção: Paul Verhoeven Gênero: Guerra / Aventura Temática: disputa territorial, guerra medievais </li></ul><ul><li>ROBIN HOOD: O PRÍNCIPE DOS LADRÕES Ano: 1991 Direção: Kevin Reynolds Gênero: Ação / Aventura / Romance Temática: lenda medieval, feudalismo </li></ul>
  • 52. <ul><li>O SÉTIMO SELO Ano: 1957 Direção: Ingmar Bergman Gênero: Drama Temática: peste negra na Idade Média, cavalaria medieval, Cruzadas </li></ul><ul><li>O FEITIÇO DE ÁQUILA Ano: 1985 Direção: Richard Donner Gênero: Aventura / Romance / Drama Temática: lendas medievais, imaginário medieval </li></ul><ul><li>Fonte: www.google.com.br </li></ul><ul><li>  </li></ul>

×