Não perca a sua fé

1,953 views

Published on

Published in: Spiritual, Travel
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,953
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
29
Actions
Shares
0
Downloads
24
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Não perca a sua fé

  1. 1. (Mt 14.31) "E logo Jesus, estendendo a mão, segurou-o, e disse-lhe: Homem de pouca fé, por que duvidaste?"
  2. 2. As Doutrinas bíblicas nos dizem que somente ter fé não é suficiente para que sejamos salvos. Nós também precisamos viver de acordo com tudo aquilo que acreditamos. Entretanto, a fé é a porta no processo de nossa Renovação.
  3. 3. Quando o Senhor curava as pessoas com as quais tinha contato, Ele sempre dizia: "A sua fé o salvou". Quando os discípulos foram incapazes de curar o menino que era lunático, o Senhor os chamou de incrédulos.
  4. 4. Os discípulos perguntaram-Lhe por que não podiam curar o menino, e o Senhor lhes respondeu: "Por causa da vossa pouca fé; porque em verdade vos digo que, se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a este monte: Passa daqui para acolá e há de passar; e nada vos será impossível".
  5. 5. Esta é a razão pela qual Pedro afundou no mar: Ele perdeu a fé. A Bíblia nos ensina que a fé que salva não é uma questão de pensamento ou reconhecimento de algum ensinamento.
  6. 6. A fé que salva vai além das palavras, pois é um estilo de vida. Quando nós realmente acreditamos em algo, isto muda nossa maneira de viver. Porque aquilo que passamos a acreditar, tem o poder de mudar nossas vidas.
  7. 7. Esta fé pode fazer com que superemos problemas em nossas vidas, aqueles que parecia impossível de ser superado. É importante que saibamos que para adquirir este tipo de fé envolve um processo que leva tempo - o qual é a regeneração, ser criado de novo.
  8. 8. As pessoas que estão sendo regeneradas recebem vida do Senhor através da fé “Primeiro, pela fé da memória, que é a fé do conhecimento; Segundo, pela fé do entendimento, que é a fé intelectual; Terceiro, pela fé do coração, que é a fé do amor."
  9. 9. Fé da memória: Nós aprendemos as histórias da Palavra, aprendemos o que o Senhor quer que façamos. Mas estas histórias são apenas fatos em nossas memórias. Isto não quer dizer que mudam as nossas vidas.
  10. 10. Fé do entendimento: Nós pensamos sobre os fatos e ensinamentos que recebemos e decidimos racionalmente que elas fazem sentido.
  11. 11. Fé do amor: Aqui a fé finalmente toca nossos corações e muda as nossas vidas de uma maneira interna. Decidimos fazer o que é certo porque temos uma afeição interior pelo o que é certo.
  12. 12. Reconhecer que tudo é um processo ajuda-nos a sermos mais pacientes com os estados diferentes pelos quais precisamos passar em nossas vidas. A história de Pedro afundando no mar representa o estado de uma pessoa que ainda não alcançou maturidade na fé.
  13. 13. Os discípulos estavam num barco no meio do mar e havia uma tempestade e ventos fortes. Esta história aconteceu enquanto ainda estava escuro. Não podiam ver claramente.
  14. 14. A primeira reação dos discípulos foi de susto e medo. Pedro disse: "Senhor, se és Tu, manda-me ir ter contigo por cima das águas. E Ele disse: vem. Como podemos ir na direção do Senhor se não podemos vê-Lo? Ser capaz de ver o Senhor é o início da nossa vida espiritual.
  15. 15. Pedro anda por cima do mar indo na direção do Senhor. "Andar" representa viver. Agora que já vimos o Senhor devemos começar a viver nossas vidas de acordo com as verdades que aprendemos. Começar a ir na direção certa.
  16. 16. Quando Pedro sentiu o vento forte, teve medo; começando a afundar, clamou: "Senhor, salva-me!" Isto acontece com uma pessoa que está tentando viver uma vida correta e tem que lutar contra as forças do mundo e do inferno.
  17. 17. Por exemplo um adolescente crescendo no mundo de hoje, tentando viver uma vida correta, mantendo os ideais de uma vida com Deus. E a maioria das coisas ao seu redor vai contra tais ideais. Sua fé está constantemente sendo testada. Mesmo assim, ele tem que acreditar que é possível viver estes ideais.
  18. 18. Como Pedro, nós também podemos afundar quando tentamos fazer o que é certo. Entretanto, também devemos lembrar o que Pedro fez quando começou a ir para o fundo, “Clamar, dizendo, Senhor salva-me." Nós devemos nos voltar para o Senhor e pedir ajuda.
  19. 19. Ele é o único que pode nos tirar do mar. Assim que Pedro pediu ajuda, IMEDIATAMENTE, o Senhor estendeu a mão e o segurou, e disse-lhe: "Homem de pouca fé, por que duvidaste?"
  20. 20. O Senhor salvou Pedro, e também lhe disse qual era seu problema: “Pouca fé” Esta experiência teve muita importância, Pedro aprendeu mais sobre o Senhor, e come Ele tinha o poder de salvá-lo.
  21. 21. Quando ele começou a afundar isto mudou sua vida; não só de uma maneira externa, mas também, de uma maneira interna. Sua fé ficou mais forte, e ele deve ter ficado mais humilde. Pois a vida é um processo pelo qual passamos para que fiquemos mais humildes.
  22. 22. Nós crescemos e, certamente nos tornamos alguém. Adquirimos muitos talentos e aprendemos muitas coisas. Mas no que nos tornamos e o que sabemos, significa muito pouco em comparação com a postura interna que adotamos.
  23. 23. Devemos aprender a viver com a confiança e a fé de que existe um Deus que nos quer bem e que está sempre presente para nos estender a mão quando começarmos a afundar. Tudo o que aconteceu ajudou os discípulos a terem um conhecimento mais profundo do Senhor Jesus Cristo. Este reconhecimento é a essência que deve crescer em cada um de nós.
  24. 24. Quando o Senhor pergunta aos discípulos quem Ele era, Pedro imediatamente responde: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo.
  25. 25. Estou perdendo a Fé. Estou fraco na fé. Muitas pessoas tem usado essa frase. Tem pessoas que estão passado por tamanho sofrimento, tamanha dor, que já se cansaram de pedir respostas a Deus. Como não perder a fé? Por todos esse motivos e vários outros, muitos estão perdendo sua fé.
  26. 26. (Dn 10.2,3) "Naqueles dias eu, Daniel, estava pranteando por três semanas inteiras. Nenhuma coisa desejável comi, nem carne nem vinho entraram na minha boca, nem me ungi com ungüento, até que se cumpriram as três semanas completas."
  27. 27. Daniel passou por um momento bem desagradável, 3 semanas de jejum parcial, 3 semanas INTEIRAS de choro. Jesus também passou por uma provação muito grande mas não desistiu, passou por isso durante toda a sua vida.
  28. 28. Lembra da profissão de Jesus: CARPINTEIRO. E o que um carpinteiro faz? Trabalha com madeira. Jesus sempre soube o destino d’Ele, sempre soube que morreria pregado em uma cruz, uma cruz feita de MADEIRA, a cada prego pregado a sensação de que um dia isso aconteceria com Ele. Quantas cruzes será que Jesus fez durante sua vida? Será que um dia ele disse: estou perdendo a fé? Não, Jesus não desistiu, como ovelha muda foi entregue ao matadouro.
  29. 29. Daniel passou por um momento difícil, mas não desistiu, não até que a resposta tivesse chegado. Mas porque a resposta demorou tanto?
  30. 30. (Dn 10.12,13) "Então me disse: Não temas, Daniel; porque desde o primeiro dia em que aplicaste o teu coração a compreender e a humilhar-te perante o teu Deus, são ouvidas as tuas palavras, e por causa das tuas palavras eu vim. Mas o príncipe do reino da Pérsia me resistiu por vinte e um dias; e eis que Miguel, um dos primeiros príncipes, veio para ajudar- me, e eu o deixei ali com os reis da Pérsia.
  31. 31. Desde o primeiro dia Deus já enviou o anjo para responder a Daniel, mas aconteceu que o diabo queria que ele perdesse sua fé então enviou o príncipe do reino da Pérsia para que impedisse o anjo de dar a resposta. Se Daniel tivesse dito: Deus não me ouve, Deus não me atende, estou perdendo a fé, a resposta não chegaria a ele.
  32. 32. Não desanime, a viagem pode parecer longa, mas Deus está contigo, esperando o momento certo para te abençoar e te dar a vitória, se no meio do caminho você recuar pode perder tudo o que já estava perto de alcançar.
  33. 33. (Dn 10.11) "E me disse: Daniel, homem muito amado, entende as palavras que te vou dizer, e levanta-te sobre os teus pés; pois agora te sou enviado. Ao falar ele comigo esta palavra, pus-me em pé tremendo.” Homem muito amado, profundo. Deus quer nos dizer a mesma coisa, portanto não desista e não perca a sua fé.
  34. 34. PASTOR: José Henrique da Silva

×