O REPÓRTER
                               qUARTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2010

                                         po...
O REPÓRTER




                O REPÓRTER               IJUÍ, SÁBADO, 30 DE JANEIRO DE 2010
Ano 2 - Nº 188                ...
2    O REPÓRTER
                                                                                               O REPÓRTER
...
SÁBADO, 30 de janeiro de 2010
                                                                                O REPÓRTER  ...
4    O REPÓRTER
                                                                OPINIÃO
                                  ...
SÁBADO, 30 de janeiro de 2010
                                                                                   BAIRRO   ...
6   O REPÓRTER                                                                                                            ...
SÁBADO, 30 de janeiro de 2010
                                                                                   RURAL    ...
8   O REPÓRTER
                                                                               POLÍTICA
                   ...
SÁBADO, 30 de janeiro de 2010
                                                                                   GERAL    ...
10   O REPÓRTER
                                                                             HISTÓRIA
                    ...
SÁBADO, 30 de janeiro de 2010                                                                                             ...
Reproter
Reproter
Reproter
Reproter
Reproter
Reproter
Reproter
Reproter
Reproter
Reproter
Reproter
Reproter
Reproter
Reproter
Reproter
Reproter
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Reproter

1,740

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,740
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
6
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Reproter"

  1. 1. O REPÓRTER qUARTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2010 por Drica Morais Saudade: presença dos ausentes No Dia da Saudade, O Repórter apresenta aos seus leitores a (triste) his- tória de uma mãe ijuiense que descobriu, há pouco tempo, o verdadeiro sig- nificado da ausência e de um adeus inesperado P rimeiro de janeiro de 1995. Em meio à chuva de verão, a famí- lia da nora de Cleci Duarte*, 77 anos, dividida em quatro carros, decide regressar da Fonte Ijuí pela RS-155. A princípio, parecia ser um retorno nor- mal a Ijuí, sem imprevistos. Um engano. Inesperadamente, um carro, que estava na contramão, perde o controle e choca- se com o segundo veículo da família. Lá estavam, além da nora, o filho e o neto de Cleci. “A perda de um filho represen- ta uma dor que nunca será superada por parte dos pais. E, neste caso, perdemos três pessoas queridas e importantes. O acidente ceifou a vida dos três há mais de 15 anos, mas, até hoje, a dor é sentida”, lamenta a jovem senhora. E o início da dor, além de data, teve hora certa: 14h30min. De acordo com Cleci, por mais que o tempo passe, a sau- dade apenas aumenta, assim como a von- tade, a esperança de reencontrar aquelas pessoas novamente. “Perder um filho não é comum. O normal são os mais novos enterrarem os mais velhos. É a lei da na- tureza, mas isso não aconteceu. Perder um filho, ainda mais num acidente de automóvel, aumenta ainda mais a dor. E, lembrando: o fato ocorreu numa data es- pecial – primeiro de janeiro. Com a parti- da do meu filho, essa data nunca mais foi a mesma”, finaliza. * Nome fictício. Fonte não quis se identificar. CMYK
  2. 2. O REPÓRTER O REPÓRTER IJUÍ, SÁBADO, 30 DE JANEIRO DE 2010 Ano 2 - Nº 188 R$ 1,50 Prefeitura Passeio Câmaras de investirá Público: bronzeamento: R$ 300 mil chegou a hora excesso pode na Getúlio Vargas da fiscalização causar câncer Geral 9 Geral 11 saúde 16 Estudante da Unijui A primeira impressão é a que fica! desenvolve tijolos ecológicos Meio ambiente 23 São Luiz encara o lanterna do Gauchão Esporte 24 Incêndios destrõem duas moradias em 48hrs Polícia 27 Geral 22 CMYK
  3. 3. 2 O REPÓRTER O REPÓRTER SÁBADO, 30 de janeiro de 2010 Da Redação Menino se encontra Senac Ijuí abre inscrições para curso de Técnico em com a governadora Administração Um dia serei o Governador do nosso Estado. Meu primeiro passo é conversar A Escola de Educação Profissional Recursos Humanos e Assistente de Ma- com a atual Governadora Yeda Cruzius Senac Ijuí está oferecendo 40 vagas para rketing e Vendas. Para participar o inte- “. Pois este sonho de criança, em parte o curso Técnico em Administração. ressado deve ter 16 anos, ou mais, e estar se realizou quinta-feira em Porto Alegre, A informação foi confirmada pelo cursando, no mínimo, a 2ª série do Ensino quando no Palácio Piratiny a Governa- diretor Milton Pereira. Segundo ele, as Médio. “O curso tem foco voltado para o dora Yeda irá receber em seu Gabinete o aulas iniciam no dia 1º de março e as ins- empreendedorismo e contempla ativida- menino Thomáz Buzatti. Ele é morador crições podem ser realizadas até o dia 25 des diversificadas para o desenvolvimen- da Linha Pedreira, interior de Pejuçara, de fevereiro, na sede da unidade, Rua 24 to de competências na área”, afirma o di- tendo escrito uma carta que fora entregue de Fevereiro, 315. O curso que está sen- retor do Senac Ijuí, Milton Pereira. à Governadora em visita que ela fez a do oferecido pela primeira vez no Senac A atividade foi aprovada pelo Mi- Ijuí no ano passado. Pela intervenção do Deputado Estadual Pedro Westphalen, o ernadora nesta quinta-feira. Também menino Thomáz de nove anos de idade, acompanharam o menino seus pais, o ex aluno da escola Ângelo Furian, foi con- Prefeito Valmir Mioso e o Vereador de vidado para uma audiência com a Gov- Ijuí Glademir Ribeiro. Começa segunda-feira trabalho de empresa na abertura e fechamento de valas da Corsan A partir de segunda-feira, 1º de terceirizada que assumirá a totalida- fevereiro, a mesma empresa respon- de do serviço. sável pela abertura de valas para ser- Gerson Daronco acredita que viços da Corsan, assumirá não so- desta forma estará solucionado um mente o fechamento, mas também a problema que vinha sendo verificado reposição do calçamento ou asfalto. em anos anteriores, já que a respon- O gerente da Corsan confirmou a sabilidade pelo serviço de reposição Ijuí, acontece de segunda a sexta-feira, nistério da Educação através do parecer assinatura de contrato com empresa era da prefeitura. das 19h às 22h.No total, são 800 horas 847/2009. Outras informações podem ser de qualificação divididas em três módu- obtidas através do telefone (55) 3332- los: Assistente Financeiro, Assistente de 7022. Escola Frei Matias vai Prefeitura divulga nota sobre oferecer curso situação da 13 de Maio técnico em Transações Imobiliárias Em relação às notícias veiculadas na obstrução das ruas para obras em geral. imprensa local nos últimos, dias referente As quadras em questão foram finali- As mais de 40 empresas do ao micro revestimento asfáltico realiza- zadas na terça-feira, 26, e no mesmo dia setor imobiliário de Ijuí e outras do na Rua 13 de Maio – entre a Rua São a sinalização foi danificada permitindo tantas da região vão ganhar em Paulo e Avenida 21 de Abril, o Executivo o trânsito de veículos, danificando a pa- alguns anos uma oferta interes- Municipal, através da Secretaria de De- vimentação. A Secretaria de Desenvol- sante de mão de obra. senvolvimento Urbano, comunica que o vimento Urbano e a Coordenadoria de Trata-se do inédito curso de caso está sendo analisado pelo setor res- Trânsito, imediatamente fizeram a co- Técnico em Transações Imobiliá- ponsável pelo asfalto. A Secretaria infor- locação de uma camada de pó de pedra rias, que vai funcionar na Escola ma que após a colocação do micro reves- nesse trecho visando suprir os estragos Frei Matias da rede SEG. timento é preciso que o trânsito no local ocorridos. As aulas iniciam dia 18 de fe- seja interrompido por 24 horas, para que Na próxima semana, serão adotadas vereiro, visando a formação de se tenha os resultados esperados. as medidas cabíveis para a recuperação profissionais com técnico em ní- O secretário Nelson Copetti afirma da via a Secretaria destaca ainda, que no vel médio. que a comunidade precisa se sensibilizar mesmo período foi feito o micro reves- sobre esse tempo de permanência da via timento asfáltico na Rua Coronel Dico, sem tráfego, e respeitar a sinalização de que não teve problema algum. O REPÓRTER Diretor Administrativo: REdação PaRa anunCiaR Os artigos publica- Enzo Luis Mânica Envie sugestões, comentários, críticas Escreva para comercialoreporter@yahoo dos com assinatura Impressão: e dúvidas para a redação pelo e-mail .com.br ou pelo telefone (55) 3333 7426. não traduzem neces- E.L. Mânica e Cia Ltda. E.L. Mânica e Cia Ltda. redacaooreporter@yahoo.com.br; para sariamente a opinião Editor Chefe: CNPJ: 09.475.474/000164 o endereço Av. David José Martins, 1356, PaRa assinaR do jornal e são de Av. David José Martins, 1356 - Ijuí - RS - CEP.: 98700-000 Sandro Silvello CEP 98700-000, Ijuí, RS; ou pelo telefone Para receber o jornal O REPÓRTER em inteira responsabili- Telefone geral: (55) 3332 2000 (55) 3332 5985. casa ligue para (55) 3333 7426 dade de seus autores. Diagramação: Michel Moura
  4. 4. SÁBADO, 30 de janeiro de 2010 O REPÓRTER O REPÓRTER 3 Da Redação Vereadora Rosane Simon participa de seminário nacional dos trabalhadores D iversos temas foram tratados lutando por seus interesses. Buscando por palestrantes convidados. novas parcerias fora no eixo América do “O Comportamento do Brasil Norte e Europa. no Cenário Político e Econômico Mundial “A participação dos trabalhadores nes- e Perspectivas para 2010” foi o tema apre- tes seminários é fundamental porque esta sentado pelo professor pós-doutorado em interação entre o conhecimento teórico e Relações Internacionais, Paulo Gilberto as nossas lutas diárias em defesa da classe Fagundes Visentini. Segundo o professor, trabalhadora nos conectam com a realidade o Fórum Social Mundial trouxe contribui- política e social do país e com uma análise ções importantes para a política e econo- aprofundada dos fenômenos em curso no mia internacional. “Nestes últimos anos o mundo no trabalho. Isto certamente irá Brasil deixou de simplesmente concordar nos ajudar no dia-a-dia de nossa luta”, com a política internacional. complementou a Vereadora Rosane Simon. Em Davos, mesmo sobre protestos de O seminário foi promovido pela Con- alguns grupos, Lula mostrou que havia federação Nacional dos Trabalhadores no espaço para avançar e mobilizou muitos Comércio (CNTC) e reuniu 200 trabalha- países para rever suas políticas externas”. dores no comércio e em serviços, represen- Sobre as perspectivas, Visentini falou que tantes de 12 federações filiadas, diversos a política externa do governo Lula está sindicatos do Brasil e do Rio Grande do reposicionando o Brasil no mundo e mu- Sul. O evento aconteceu nesta terça-feira dando a postura de países pequenos que (26), durante o 10º Fórum Social Mundial, não estão mais “baixando a cabeça”. Estão em Porto Alegre. Ballin retorna ao comando da prefeitura Após 15 dias afastado do cargo, o Bira Teixeira, que agora retoma suas administração. realizar contatos com Secretários, Coorde- Prefeito Fioravante Ballin reassumiu na funções como Vice-Prefeito, entregou um O prefeito, afirmou que acompanhou nadores e servidores públicos para dialogar manhã de quarta-feira, , suas funções no relatório das ações realizadas durante o o bom andamento dos trabalhos de fora e a respeito das ações que serão desenvol- executivo. A transmissão do cargo foi período em que assumiu a gestão do Poder reafirmou a confiança na equipe. Agrade- vidas em cada setor, tendo algumas ações realizada pelo Prefeito em exercício, Bira Executivo, ressaltando o cuidado mantido ceu o apoio ao Vice-Prefeito, Secretários, gerais já definidas. Entre elas, melhoria da Teixeira, na presença de Secretários muni- para evitar atrasos na execução dos traba- Coordenadores e servidores. Segundo infra-estrutura urbana e rural, assistência cipais, servidores públicos, representantes lhos, além disso, agradeceu a confiança do Ballin, as perspectivas são boas para o a saúde, meio ambiente, desenvolvimento partidários e membros da comunidade. Prefeito Ballin, que marca a união dessa ano de 2010. A partir de agora Ballin irá econômico e social. Larry Antonio Wiziewsky A Infiel da Balança Uma eleição polarizadíssima como a escândalos se faz uma Collor gaudéria. de coisa melhor, é mediocridade. Pura e e o vice também anuncia intenção de que se avizinha no RS, entre Tarso Genro simplesmente a encenação da morte da concorrer, o estado ficará à deriva, numa e José Fogaça vai repetir um prodígio que Pois bem, agora montada em política, com os piores atores possíveis. condução chapa-branca do presidente apenas os desvios da política brasileira um sedutor matungo de 12% de supostos da Assembléia Legislativa do Estado. podem propiciar a cada quatro anos. votos, Yeda lança-se candidata, mesmo Mas, voltando. A quem Yeda Como este também vai concorrer, sabe- Yeda Crusius czarina primeira e única sabendo que não tem chance nenhuma. Ela anunciou que era candidata à reeleição? se lá quem nos governará. A Bertolucci, e a governadora pior avaliada de todo o sabe, porém, que esse índice é a cobiçada Ao PP, o outro infiel desta balança des- cabe uma aviso. Quando a governadora Brasil, é candidatíssima não só à reelei- cifra que fará a diferença na disputa Tarso / conjuntada. Ao PP Yeda reiterou que diz que enxerga o PP como vice, ele pre- ção, como a ser uma das políticas mais Fogaça, que certamente terá 2° turno. Isto, tem interesse em reeditar a “aliança” e cisa saber que aqui nos pagos a enxerga, bajuladas e lambidas do ano de 2010. E obviamente, fará com que os ataques ao que o PSDB enxerga o PP como vice. O ou xergão designa uma manta rústica tudo se explicará a partir de uma equação governo da czarina, magicamente, diminu- presidente do PP, Pedro Bertolucci já saiu que vai sobre o lombo do cavalo, antes montada, exatamente, sobre os votos am de intensidade, justamente no momento alardeando que “Ela disse que seu projeto mesmo da colocação do pelego. que faltarão a cada um dos candidatos, em que devido ao acumulo de absurdos, é vitorioso. Isto é inquestionável”. Ber- para garantir uma eleição no 1° turno. tenderiam a acentuar-se. Fogaça atacará tolucci que vá dizer isso aos professores E, se a estas alturas, num quadro de Lembremo-nos que este foi exatamente Tarso, Tarso atacará Fogaça, e no meio estaduais, à brigada militar e aos demais degradação política já tem gente optan- o caminho seguido pela própria czarina, do tiroteio, incólume, circulará a nave da servidores públicos do estado. O fato do ou propondo que alguém fique abaixo quando colocou-se como 3ª via, entre czarina. Não devemos nos esquecer, no é que Yeda foi um desastre para o estado do pelego, isto só pode significar suicí- Rigotto e Olívio há quatro anos atrás. entanto, que uma possível coligação PT / do Rio Grande do Sul. Mesmo assim, por dio político ou perversão. Como disse Nessa ocasião ela era a novidade, ou a PMDB para a presidência poderá emascu- via deste esquizofrênico processo político- Drummond, em um momento poético perspectiva do novo, entre dois candi- lar, definitivamente, o debate político. Aí, eleitoral, declarações como a de Bertolucci dedicado a Brizola “Há sempre uma datos que já haviam governado o estado a czarina poderá até atacar, dependendo do começarão a se multiplicar. antifesta ao lado, que não se faz sentir, e, portanto, manjados. Sua catastrófica desempenho de Serra no confronto com e dói para dentro”. Brizola e Drummond administração mostrou com quantos Dilma. O nome desta situação, na falta Como Yeda deverá licenciar-se, sabiam das coisas.
  5. 5. 4 O REPÓRTER OPINIÃO SÁBADO, 30 de janeiro de 2010 Editorial por Sandro Silvello Valorização A situação na Rodoviária está da Educação A proposta apresentada pelo mandas da rede estadual de en- complicada Governo do Estado que estabele- ce piso de R$ 1.500,00 para pro- sino. Em gestões anteriores, o Salário-Educação era depositado fessores com 40 horas semanais no caixa único do Estado e apli- A Estação Rodoviária de Ijuí efetivamente pode ser representa um aumento de 73,8% cado em despesas diversas, não considerado um cartão de visita - para quem chega ao sobre o valor atual de R$ 862,80. apenas em investimentos nas es- município. No entanto, faz algum tempo que se regis- O Governo propõe um patamar colas estaduais. tra a presença de um grupo de pessoas que acabam por salarial superior ao previsto na atrapalhar o trânsito intenso de pessoas que chegam e saem de Ijuí. Calcula-se que, atualmente, mais de 3 mil Lei do Piso Nacional Profissio- O ajuste fiscal implementado pessoas, diariamente, circulem pela rodoviária. Este nal dos Professores, fixado em pelo Governo do Estado está per- grupo acaba gerando sérios problemas, pois conforme R$ 950,00. Para o magistério es- mitindo a retomada da capacidade relatos publicados nesta edição, importunam pessoas, tadual, a proposta deverá ter im- de investimentos em área essen- fazem necessidades fisiológicas, enfim pintam um qua- pacto imediato, beneficiando 32 ciais dos serviços públicos. Nos dro triste. É necessário que se tenha uma atuação con- mil professores. Atualmente, a últimos três anos, a rede estadual junta dos órgãos envolvidos, para que se tente resolver folha do magistério possui cerca de ensino foi contemplada com a a situação. Afinal, para quem chega ou sai da cidade, de 80 mil vínculos. capacitação de 16,6 mil professo- nada adequado de estar sendo importunado não só por res, o desenvolvimento de 1,9 mil pessoas embriagadas, como também por outras que cir- Vale destacar que a proposta obras escolares com investimento culam no local. que aumenta o valor do piso do de R$ 124 milhões e a instalação Outro tema que é enfocado nesta edição é a ocupa- magistério só está sendo possível de 534 salas de aula para o uso de ção do passeio público por parte de alguns moradores. devido ao saneamento das finan- tecnologias da informação e co- Depósito de areia, tijolos, cadeiras, enfim o passeio re- ças e à recuperação econômi- municação. Também ocorreram almente para alguns não é público. Existe o chamado ca do Rio Grande do Sul. Além avaliações externas do rendimen- Código de Posturas, que precisa ser respeitado. Um dos disso, o Governo do Estado está to escolar dos alunos e a criação artigos, conforme explicou o fiscal de posturas da pre- pagando aos professores os 23% de Centros de Referência na Edu- feitura, prevê que se pode utilizar até metade do pas- de reajuste sob o vencimento bá- cação Profissional, visando apri- seio, para o depósito de areia, por exemplo. Mas muitas sico, referentes à chamada Lei morar os níveis de aprendizagem pessoas não estão respeitando este Código. Algo preci- Britto, aumento dado durante o nos ensinos Fundamental e Mé- sa ser feito, afinal passeio público é o que exatamente governo Antônio Britto e que não dio, além da qualificar e expandir o nome diz, é público e não faz parte da propriedade foi pago. a oferta de os cursos técnicos no privada. A calçada não pertence a residência, isso é pa- Estado. cífico. Então que se intensifique a fiscalização para que A aplicação dos recursos do Todas essas ações integram o novas situações não sejam registradas. Salário-Educação, oriundos da Programa Estruturante Boa Es- O terceiro assunto é sem dúvida o São Luiz. Afinal, após a vitória sobre o Novo Hamburgo, o time colorado contribuição social da iniciativa cola para Todos e demonstram o se credencia definitivamente para ficar com uma das privada e repassado pela União compromisso do Governo do Es- quatro vagas do G-4. A vitória hoje sobre o Porto Ale- aos Estados e Municípios, tam- tado com a melhoria da Educação gre é fundamental para alimentar os planos do São Luiz bém está contemplando as de- Básica gaúcha. em disputar a próxima etapa do primeiro turno. Desta forma, mais uma vez todos à Baixada. Esperando que o Ervino Deon final de semana comece com uma vitória do São Luiz, Secretário Estadual da Educação a todos bom sábado e domingo!
  6. 6. SÁBADO, 30 de janeiro de 2010 BAIRRO O REPÓRTER 5 por Talita Mazzola Coordenador de Habitação fala sobre projetos realizados pela Coordenadoria rio pelas famílias até que se construa o Dentre os projetos da Co- prédio, então não tem nenhum problema, ordenadoria de Habitação nenhuma divergência mais com relação à execução daquele projeto”, informou o informados por João Pe- coordenador. De acordo com João Pedro, dro, ele salientou o núcleo a previsão de término das obras consiste no contrato de oito meses com a empre- habitacional que está em sa ganhadora da licitação. Entretanto, ele processo de construção no frisa que essa é uma obra grande e esse “é um prazo bastante apertado para uma Bairro São Paulo e a con- construção daquele tamanho, mas acredi- clusão das primeiras casas tamos que a empresa tem condições sim para terminar a construção nesse prazo”. no Bairro Luiz Fogliatto O coordenador disse ainda que esse é O coordenador de Habitação, um ganho não somente para a população João Pedro Fagundes, em beneficiada com a moradia, mas também entrevista a Rádio Repórter, para a cidade, “o próprio comércio, a pró- falou sobre os projetos de habitação e res- pria questão estética e visual da cidade saltou em especial o núcleo habitacional naquele local vai ganhar com isso, porque do Bairro São Paulo, onde está sendo de- é uma área central, é valorizada e precisa Núcleo Habitacional será construído através do Programa Minha Casa Minha Vida senvolvido o projeto Minha Casa Minha ter esse investimento, pois além de mu- Minha Casa Minha Vida, justamente para beneficiando os moradores”. João Pedro Vida que irá beneficiar os moradores com dar a qualidade de vida daquelas pessoas, atender essas pessoas que estão aglome- informou que são 600 famílias convenia- um conjunto habitacional vertical. João teremos muitos outros benefícios como o radas em espaços onde não temos áreas das para serem executadas nesse período. Pedro afirmou que com muito diálogo e próprio acesso, pois as ruas serão abertas grandes disponíveis para deixarmos um Além disso, o coordenador ressaltou que muitas reuniões foi tudo resolvido com e o trânsito irá melhorar naquelas imedia- lote, um terreno, para cada família. En- as primeiras 60 habitações do Bairro Luiz as famílias e hoje, já está acontecendo a ções e com certeza todos irão ganhar com tão estamos investindo, fazendo propos- Fogliatto estão sendo concluídas e que até remoção delas para apartamentos pagos isso”. João Pedro informou ainda que o tas e discutindo o projeto com empresas o mês de março, o bairro estará com um pela prefeitura, para que a Coordenadoria núcleo habitacional irá dispor de uma no sentido de viabilizar esses projetos. novo visual. Ele salientou ainda que para possa derrubar as casas e a empresa que pracinha para as crianças brincarem. Temos casos como a Pedreira, o próprio “todas as pessoas que procuram a Coor- ganhou a licitação iniciar as obras. “A Dentre os demais bairros que po- Bairro São Paulo que precisa ser amplia- denadoria, é dada uma resposta positiva, partir de uma decisão da coordenadora, derão ser beneficiados com o projeto, o do, o Bairro Osvaldo Aranha, Pindorama, nenhuma pessoa sai sem uma resposta, da administração e do prefeito, estamos coordenador informou que “aqui em Ijuí realidades onde não temos espaço muito visamos auxiliar essas pessoas para que locando os prédios. A prefeitura irá pagar temos a perspectiva de construir no mí- grande, então vamos trabalhar para verti- todas consigam resolver seus problemas o aluguel pelo período que for necessá- nimo 160 apartamentos pelo programa calizar o projeto, ganhando em espaço e de habitação”. CMYK
  7. 7. 6 O REPÓRTER Sábado , 30 de janeiro de 2010 ECONOMIA por Sandro Silvello Ijuí enfrenta escassez de imóveis para aluguel A nova Lei do Inquilina- está em aberto em Ijuí. Os apartamentos de um ou dois dormitórios, embora exista uma to foi tema abordado pelo movimentação em termos de construção de novas moradias. secretário da Associação A realidade poderá mudar num prazo das Imobiliárias de Ijuí, de 3 a 4 anos. A cidade, no entanto, está crescendo na área imobiliária, não existin- Cícero Tremea dos San- do opções de terrenos centrais para um in- vestidor adquirir. São poucos terrenos para tos, em entrevista conce- a construção de uma residência, ou um dida ao programa Repór- prédio. Então vejo que como investimento imobiliário Ijuí é uma excelente cidade. ter na Tarde da Repórter. Como estão os casos de inadimplên- cia em termos de aluguel? Existe no Ele comentou quais as mercado imobiliário uma faixa de 3 a 5% vantagens da nova Lei, de locatários que se tornam inadimplentes. Até porque problemas financeiros todas que entrou em vigor na as pessoas passam, por exemplo, com o última segunda-feira Representante da associação das Imobiliárias diz que faltam imóveis para aluguel surgimento de problemas não previstos. A grande maioria liga e avisa que poderá O que mudou com a nova Lei? o fiador não pode se omitir, salvo questão tem como se mudar as regras do jogo. atrasar o aluguel. A luz da nova Lei, se tem o de haver dissolução do casamento ou união Você entende que a partir de agora Aquele que não tem a boa índole, não entendimento de que o inqui- estável. Neste caso, é possível o fiador se pode acontecer aumento na oferta de liga e simplesmente some. Nós temos lino, na hora de alugar um imóvel, fica a exonerar. imóveis? Eu acredito que em Ijuí não, até diversas formas de chegarmos a saber da critério da empresa ou locador, a dispensa Como ficam os contratos antigos? pela escassez de imóveis para locação na vida financeira do cidadão. do fiador. A grande maioria das empresas Trata-se de opinião particular. Um contrato área residencial, especialmente apartamen- Vale a pena investir em imóveis? Sem optam pelo fiador. É uma forma de garantir feito há dois ou três anos atrás, enquanto tos de um e dois dormitórios. dúvida alguma, se trata de uma espécie de o recebimento do aluguel. Vemos a nova não havia esta nova lei, não se sabia como Acredita que esta situação possa me- Poupança forçada. A compra de imóveis lei, determinando um prazo para o aluguel, proceder. A partir de vigor da nova lei, não lhorar? É um nicho de mercado que ainda significa valorização do dinheiro. Procon recebe reclamações BC mantém taxa básica de juro, contra telefonia celular mas indica alta Aproximadamente 80% das reclama- O professor de economia da Unijuí, ções encaminhadas ultimamente ao Procon José Valdemir Munchen disse que era de Ijuí são de clientes insatisfeitos com as natural que a taxa básica de juros fosse diferentes empresas que exploram a tele- mantida pelo Comitê de Política Monetária fonia móvel. O dado é do chefe do Procon, do Banco Central. Segundo o professor, Vilson Cabral, observando que em média a previsão de aumento da inflação e de são registradas em Ijuí por dia de 40 a 50 crescimento mais acelerado da economia reclamações, sendo pelo menos a maioria levaram, segundo ele, o COPOM a indi- relacionada a problemas com a telefonia. car que o aumento de juros está cada vez Cabral acentua que as queixas são as mais mais próximo. Na quarta-feira, o Comitê variadas possíveis, desde planos que são de Política Monetária (Copom) do Banco oferecidos e que não podem ser utilizados Central (BC) decidiu, por unanimidade, em Ijuí, até a Internet. manter a taxa básica de juro inalterada em Vilson Cabral explica que o primeiro 8,75% ao ano, o que já era esperado pelos passo para o consumidor, quando se sentir analistas financeiros. lesado no que se refere aos serviços de Segundo Valdemir Munchem, a sur- telefonia móvel, é tentar entrar em contato presa ficou, no entanto, com o comuni- com a empresa. “Elas obrigatoriamente cado divulgado depois da decisão. Até a devem oferecer um serviço 0800, gratuito, reunião anterior, no início de dezembro, o para que a pessoa possa apresentar sua re- Copom dizia que o nível atual da taxa era clamação”, comenta Cabral, acrescentando “consistente com um cenário inflacionário que caso não se consiga este contato, daí benigno” e que havia uma “margem de o próximo passo é o Procon. As pessoas ociosidade” na produção. geralmente já vem direto ao órgão, tendo O professor disse que agora, retirou em vista que os 0800 dificilmente resultam essa avaliação do seu discurso. Informou A telefonia celular tem sido uma dor de cabeça para os usuários de Ijuí em atendimento e solução para os proble- apenas que “irá acompanhar a evolução do mas enfrentados. serviços que não foram contratados, bem de que as pessoas que se sintam lesadas cenário macroeconômico até sua próxima Cabral observa que a partir do momen- como ligações não efetuadas. Outro ponto procurem o órgão, para que seja interme- reunião, para então definir os próximos to em que o consumidor entra em contato, citado por Cabral é que muitas vezes o Pro- diada uma solução. Está sendo concedido passos na sua estratégia de política mone- o órgão inicia um processo para cancelar con intermedia a negociação entre cliente um prazo de 60 dias, conforme Cabral, tária”. Para Valdemir Munchen, mudança as cobranças indevidas. Além de planos e empresa, quando serviço é cancelado, sendo que após este prazo, o órgão está indica que o BC está pensando em subir que não podem ser utilizados na região, mas depois acaba voltando meses depois. encaminhando denúncias ao Ministério os juros, mas que isso não acontecerá na ocorrem também reclamações quanto a O Conselho do Coordenador do Procon é Público. próxima reunião, em 16 e 17 de março.
  8. 8. SÁBADO, 30 de janeiro de 2010 RURAL O REPÓRTER 7 por Sandro Silvello Empresário projeta bom ano para setor de máquinas e implementos menores para a composição da lavoura, O superintendente da Ima- graças a queda de vários produtos, como sa, Jalmar Martel, diz que inseticidas e fertilizantes. “O preço, neste ano, comparado com os do ano passado, as perspectivas são boas, representaram queda superior a 100%, especialmente devido a o que oportunizou aos agricultores, im- plantarem lavouras melhores tecnologi- prorrogação do programa camente e com preços mais adequados”, comenta o diretor superintendente da federal Mais Alimentos Imasa. Outra questão levantada pelo em- A presário é de que os programas como o perspectiva para o setor de Mais Alimentos foram prorrogados para máquinas e implementos o setor, o que vai permitir que sejam, ven- agrícolas neste ano é boa, didas máquinas a preços subsidiados. O conforme avalia o diretor superintenden- que preocupa Jalmar Martel, no entanto, é te da Imasa, Jalmar Martel, que também a questão que envolve os preços mínimos integra a diretoria dos Sindicato das In- dos produtos agrícolas. Ele cita que exis- dustrias de Máquinas Agrícolas do Rio te a perspectiva de que o preço da soja Grande do Sul. O empresário acentua e do milho, em função do câmbio acabe que nos últimos encontros do sindicato, não compensando. No entanto, Martel se fez uma projeção sobre o ano para o mantém o otimismo no sentido de que setor e a conclusão que se chega é que as este ano poderá ser melhor para a venda condições estão colocadas para que o ano de máquinas e implementos. No caso da seja excelente em termos de venda de má- Imasa, ele afirma que o ano já começou quinas e implementos do setor de agrone- bom e que a perspectiva é de que se ven- gócios. Um dos pontos levantados pelos dam aproximadamente 500 máquinas du- diretores é no sentido de que os custos Martel: ano deverá ser excelente para o setor rante o ano. Comissões da Fenii e Fenilact realizam reunião A comissão responsável pela co- maio, esteve reunida para acertar sentes o vice-prefeito, Ubirajara Teix- definido que em fevereiro o prefeito ordenação da 3ª Fenii (Feira de Negó- questões administrativas na manhã de eira, o presidente da ACI, Rubem estará em Brasília visitando ministéri- cios da Indústria de Ijuí), 1ª Fenilact quarta-feira. Härter, o presidente das feiras, Luiz os para apresentação das feiras. (Feira Nacional de Produtos Lácteos) O prefeito de Ijuí, Fioravante Batis- Otonelli e o secretário de Desenvolvi- Uma comitiva formada por repre- e 3ª Fecolônia, que acontecem simul- ta Ballin, retornando ao cargo, priori- mento Econômico e Turismo, Ademir sentantes das feiras deve viajar à Capi- taneamente no Parque de Exposições zou em sua agenda a participação na Gonçalves Miná. Além de discutir a fi- tal Federal juntamente com o Execu- Wanderley Burmann, de 20 a 23 de reunião. Além dele, estiveram pre- nalização dos projetos das feiras, ficou tivo. DO ÓCIO AO NEGÓCIO Roberto Macagnan robertomacagnan@hotmail.com A QUESTÃO DA REGULAÇÃO DO SISTEMA FINANCEIRO A liberdade irrestrita do setor finan- oferta de crédito no país. Analistas libe- sas (explicitas ou implícitas): a primeira nos preços dos aluguéis. Os argentinos, ceiro norte americano propiciou a eclosão rais atribuem a proposta de Obama à crise é de que a economia brasileira não está uruguaios e paraguaios são bem vindos da atual crise global. Nos EUA os ban- de credibilidade que o presidente ameri- tão bem assim e que haverá uma retoma- ao nosso litoral, mas é bem verdade que, cos, financeiras e seguradoras agem livre- cano está enfrentado, com queda de 20 da da inflação por excesso de demanda; a em anos anteriores ajudavam a inflacio- mente, criando “produtos” financeiros na % de aprovação por parte da população segunda reflete uma postura mais política nar o preço dos imóveis. Os proprietários busca de lucros. Esta constatação é quase americana. A regulação do mercado fi- do que econômica. Ou seja, uma vontade terão que lidar com essa nova realidade e que unânime entre os que analisam a eco- nanceiro é uma necessidade objetiva, que de que os juros subam para desgastar o adequar os preços aos consumidores bra- nomia internacional. Ao assumir a pre- só pode receber oposição dos que tem se governo politicamente em ano de eleição. sileiros. sidência dos EUA, Barack Obama colo- beneficiado do liberalismo exacerbado. A primeira não está correspondendo à re- cou na pauta a necessidade de regulação/ Este tema está concentrando os debates alidade e a segunda não passa de vontade PENSANDO controle do mercado financeiro. Nada em Davos (Suíça) nesta semana. política de quem não aceita o governo mais óbvio, face à crise! Incrivelmente, atual. Tenho insistido, neste espaço, no tema encontrou grande resistência no Congres- COPOM MANTÉM SELIC referente às condições das ruas de Ijuí. A so daquele país. O fato novo é a adesão EM 8,75 % MENOS ARGENTINOS MAIS buraqueira está muito além do aceitável. do presidente Frances Nicolas Sarkosy a BRASILEIROS NO LITORAL E não venham com o argumento de que esta proposta. Pela importância da Fran- O COPOM-Comitê de Política Mone- é por causa das obras da Corsan, porque ça no cenário econômico internacional, a tária reunido nesta semana, manteve por A relação Real x Peso Argentino fez a degradação é generalizada, enquanto as proposta ganha fôlego. No Brasil a regu- unanimidade a SELIC (taxa básica de ju- minguar os turistas do país vizinho no obras são pontuais. lação do mercado financeiro é uma rea- ros), em 8,75 % ao ano, contrariando a litoral brasileiro. Por outro lado, a pe- lidade de muito tempo. O Banco Central expectativa de boa parte dos “analistas quena redistribuição de renda que vem INDICADOREs RuRAIs exerce o papel de instituição reguladora, econômicos”. Esses “analistas” apontam ocorrendo no Brasil, está propiciando o disciplinando a ação dos bancos, finan- a perspectiva de que a SELIC chegue a aumento dos brasileiros que procuram as ceiras, seguradoras, consórcios e outras 11 % ao ano, ainda em 2010, em função praias. Para comprar um Real, os argenti- Soja.........R$.38,00 Valores.cotados. instituições intermediadoras de crédito. de que estaria ocorrendo a retomada do nos necessitam de dois pesos, o que torna Trigo.........R$.22,00 pela.Cotrijui.no. No caso dos EUA, é uma briga contra processo inflacionário. Entendo que es- caro, para eles, o turismo no Brasil. Além Milho.......R$.15,00 dia.15.de.janeiro. gigantes que historicamente controlam a ses “analistas” partem de duas premis- disso, ocorreu um aumento significativo de.2010
  9. 9. 8 O REPÓRTER POLÍTICA SÁBADO, 30 de janeiro de 2010 por Sandro Silvello PMDB encaminhará, a partir de hoje, decisões para a eleição O deputado federal Dar- nador, José Fogaça vai começar a ouvir as reivindicações do interior, para incluir císio Perondi(PMDB) no futuro plano de governo. “O PMDB vai ter um grande encontro, mobilizando- afirma que encontro es- se para a eleição”, comentou. tadual de Coordenadorias Perondi considera que Fogaça é a me- lhor alternativa do PMDB, por ser pre- permitirá a apresentação parado, ter exercido o cargo de senador e desenvolvido um excelente trabalho na de sugestões por parte prefeitura de Porto Alegre. Sobre o vice, de todo o interior ao pré- Perondi disse que vai ser escolhido en- tre os aliados do PMDB, citando que o candidato José Fogaça nome poderá sair dos quadros do PDT. O “Os pedetistas terão a vaga de vice em PMDB vai realizar encontro nossa chapa”, comentou Perondi. hoje em Capão da Canoa, Perondi lembra que já existe uma reunindo representantes das coligação entre as duas siglas em Porto suas 37 Coordenadorias Regionais quan- Alegre, e com a saída de Fogaça para dis- do deverá encaminhar posicionamentos putar o Governo do Estado, José Fortu- mais claros em relação a eleição de 3 de nati (IPDT) vai assumir a prefeitura. Pe- outubro. rondi entende que seria uma boa aliança O deputado federal Darcísio Perondi de centro esquerda, para que no segundo afirmou em entrevista ao programa Fato- turno, a aliança seria ainda maior. “Esta- rama que estão sendo levantadas priorida- mos mais próximos do PDT”, enfatizou. des de cada cidade, devendo cada grupo Sobre Pompeo de Mattos, ele disse que apresentar suas sugestões. Ele confirmou está trabalhando fortemente no partido, que neste encontro, a partir da articulação mas reiterou que não conhece o PDT em de cada região, o pré candidato a gover- nível estadual. Perondi diz que PDt está bem próximo do PMDB numa coligação Vereador apresentará projeto Vereador elogia trabalho propondo comissão de notáveis da Corsan O vereador Darci Pretto (PDT) disse, O vereador Rubem Jagmin (PP) dis- em entrevista ao programa Fatorama, que se em entrevista ao Fatorama que é ple- a Câmara tem que ser o foro das grandes namente justificável o trabalho que vem discussões que envolvem o progresso de sendo realizado pela Corsan em diversas Ijuí. O pedetista entende que devem estas ruas da cidade, com a troca da tubulação discussões serem promovidas, no senti- geral de água. do de buscar o caminho que o município O vereador progressista entende que o precisa trilhar. “É isso que pretende fazer trabalho é necessário, tendo em vista que durante o meu mandato”, comentou o em vários locais da cidade, a tubulação vereador, acrescentando que o debate no está com data de validade vencida. “Eu Legislativo deve ser produtivo, que tenha observo muitas criticas, mas o trabalho efeitos práticos e apresente resultados. que vem sendo realizado é necessário”, Darci Pretto disse que deverá propor afirmou. Ele citou exemplo de onde mora, a formação de uma comissão de notáveis, na Marechal Mallet, onde ocorreu a troca envolvendo ACI, Unijuí, Câmara de Ve- de aproximadamente 200 metros de cana- readores, dentre outros segmentos, para lização. “Esta canalização vivia apresen- se traçar uma proposta estratégica de de- tando problemas”, comentou o vereador, senvolvimento. O vereador observa que acrescentando que após a troca terminou a Câmara, no seu entendimento, deve to- o problema. mar esta iniciativa. Ele observa que o le- Ele disse que é preciso que alguns se- gislativo possui representantes da comu- tores da comunidade entendam que para nidade, aproveitando todos os momentos, se ter melhoria, existe a possibilidade de para adotar alternativas visando o cresci- Preto quer a formação de um comitê de notáveis algum transtorno. “Muitos criticam por mento do município. Darci Pretto acentua criticar”, comentou o vereador, acres- que já ocorreu uma profunda discussão centando que não entendem que existe quando se elaborou o Plano Plurianual. que estão ocupados para habitação popu- quem estiver em execução fiscal, para a necessidade de troca de tubulação que “Isso não é suficiente para termos um lar a muito tempo, a 10, 15 ou 30 anos e que possa fazer o parcelamento, tem que está vencida. O vereador citou o exemplo projeto estratégico de desenvolvimento”, o projeto visa autorização ao Executivo pagar as custas do processo, pagar os ho- da Rua 14 de Julho, onde Jagmin disse acrescentou. Darci Pretto diz que é preci- para outorgar a escritura pública definiti- norários do advogado, para depois poder que a Corsan está fazendo um belo traba- so ter claro qual o rumo que se quer para va. “Trata-se sim de um ante projeto, pois parcelar”, explica o vereador. Darci Pret- lho, trocando a canalização vencida. “Os a cidade. cabe a prefeitura encaminhar a matéria to entende que tem que ser o inverso, ou motoristas, pedestres e moradores da rua Falando sobre seus projetos, o vere- referente”, afirmou. seja, o município não tem que colocar precisam entender”, enfatizou Jagmin. ador falou sobre a Regularização Fun- Darci Pretto revelou ainda que tem dinheiro no cofre do poder judiciário e Ele disse que quem faz barulho por parte diária. “Trata-se de uma tese que venho a intenção de apresentar projeto sobre o depois do advogado, para depois colocar do trabalho da Corsan, não lembra o que defendendo há muito tempo”, ressaltou, parcelamento dos contribuintes em dívi- dinheiro nos cofres da prefeitura. O ve- ocorria anteriormente, quando a respon- acrescentando que existem em torno de 2 da ativa. O pedetista entende que a lei é reador vai apresentar projeto revogando sabilidade pelo fechamento das valas era mil terrenos de propriedade do município equivocada. “A lei estabelece que para esta legislação. da prefeitura.
  10. 10. SÁBADO, 30 de janeiro de 2010 GERAL O REPÓRTER 9 por Sandro Silvello Prefeitura investirá R$ 300 mil na Getúlio Vargas Secretário Copetti afirma que falta concientização de motoristas quanto a obras de asfaltamento C onscientização. Esta é a pala- vra utilizada pelo secretário de Desenvolvimento Urbano, para tentar explicar a situação que ocor- reu na quadra da Rua 13 de Maio, entre a Avenida 21 de Abril e Paraná nesta se- mana. Após realizar um trabalho de recu- peração asfáltica – que foi concluído em torno de 12h45 – motoristas acabaram re- tirando os cavaletes que impediam o trân- sito – por volta das 13hs15, ocasionando um transtorno, que segundo o secretário, será avaliado somente após a retirada do pó que foi colocado para permitir o tran- sito emergencial. O secretário confirma que a situação gerada na Rua 13 de Maio demonstra que muitas vezes não existe compreensão por parte de motoristas. Ele reconhece que a 13 de Maio, no cruzamento com a 21 de Abril, é uma via de acesso de intenso fluxo de veículos, mas existia a necessidade de recuperação do asfalto para melhorar o trânsito de veí- culos. “As pessoas não sabem que o asfal- to chamado à frio precisa de um prazo de 24 horas para que seja possível o assen- Getúlio Vargas receberá investimento para novo asfaltamento tamento”, comentou o secretário. Nelson Copetti enfatiza que a situação gerada na ria de Desenvolvimento Urbano vai fazer trecho a ser atacado vai ser de 700 metros secretário. No entanto, ele observa que 13 de Maio terá que ser evitada, pois caso uma reavaliação sobre a necessidade de na Avenida Getúlio Vargas. sempre que for necessário, o trânsito será contrário, sempre existirão problemas nas realizar novamente o serviço. No entan- O secretário explica que no caso da interrompido para que posteriormente se quadras onde a Secretaria de Desenvolvi- to, o secretário garante que o calendário Getúlio Vargas, o asfaltamento vai ter in- tenham vias em condições de trânsito. mento Urbano intervir para a recuperação de recuperação das ruas asfaltadas vai cluído. Nelson Copetti anunciou ainda que a par- asfáltica. “A situação não pode mais ficar ter continuidade,mesmo com transtornos O investimento a ser realizado na Ave- tir de emenda apresentada pelo deputado desta forma, pois caso contrário sempre desta semana. No caso da 13 de Maio, nida Getúlio Vargas vai ser de R$ 300 mil, federal Pompeo de Mattos (PDT) será estaremos enfrentando problemas e tendo o pó de brita permitiu, segundo Nelson com a implantação inclusive de canaliza- possível se investir outros R$ 220 mil em que recuperar o trabalho realizado”, afir- Copetti, que se liberasse temporariamen- ção pluvial. “O trabalho deverá começar três quadras da Rua Sete de Setembro. Na mou. No caso da quadra da 13 de Maio, te a quadra. Quanto a novos trabalhos de possivelmente na próxima semana e tam- sequência, também a Rua Doutor Pestana após a retirada do pó de brita, a Secreta- asfalto, o secretário disse que o próximo bém vai gerar transtornos”, reconhece o vai receber asfaltamento. FATORAMA Hélio Lopes fatorama.reporter@gmail.com Prefeito Ballin retornou das férias Ubiratan Erthan, coordenador de ta-feira, na Estação da Mata. Fabrício que atendeu o chamado da direto- e promoveu uma série de reuniões trânsito, afirmou no Fatorama que po- Ramos apresentou no Fatorama o ria na vitória de 2 a 1 sobre o Novo com os principais assessores, secre- derá ocorrer a adoção de cartão para novo gestor de eventos, Marcos Lima. Hamburgo, incentivando o São Luiz tários e coordenadores. Ele quer dis- uso dos motoristas nos estacionamen- de início ao fim, vai comparecer em pensar maior atenção para as questões tos, semelhante ao crédito de telefone. ***** massa novamente hoje à noite, mas emergenciais, como o reperfilamento A ideia é introduzir a novidade ainda A partir de segunda-feira, 1° de fe- espera o reconhecimento do setor ad- de ruas centrais. “O incremento no neste ano. vereiro, a mesma empresa responsável ministrativo do clube, não deixando parque de máquinas com a vinda de ***** pela abertura de valas para serviços faltar cachorro-quente e cerveja gela- novos equipamentos deverá dar maior A jornalista ijuiense Eliane Brum, da Corsan, assumirá não somente o da... celeridade ao processo de recupera- editora da Revista Época, ganhou o fechamento, mas também a reposição ***** ção de ruas e estradas do município”, 27° Prêmio Internacional de Jornalis- de calçamento ou asfalto. Será que vai E amanhã é dia de Gre-Nal! Clás- garantiu Ballin. mo Rei da Espanha de Imprensa. Ela mesmo acabar com os problemas? sico do primeiro turno será no Co- ***** se destacou pela reportagem “O Islã losso da Lagoa, em Erechim. Como Conferência Municipal de Segu- dos Manos”, que mostra o crescimen- ***** o Grêmio enfrentará o São Luiz na rança apontou encaminhamentos e to do islamismo entre a população ne- O São Luiz pode dar um passo quarta-feira no Olímpico? Tranquilo ações que deverão qualificar os proje- gra e de baixa renda. Ela receberá o importante hoje rumo ao G-4 do pri- ou em busca de reabilitação? tos relacionados ao assunto em Ijuí. A prêmio das mãos do Rei da Espanha, meiro turno do Campeonato Gaúcho. criação da guarda civil municipal co- Juan Carlos, no mês de março. Uma vitória contra o Porto Alegre ***** munitária, projeto que inclusive já foi ***** leva o nosso time para 13 pontos em Aqui em Ijuí, nossa sugestão para apresentado na Administração passa- A F-5 Eventos traz para Ijuí o es- 5 jogos. os proprietários de bares e lancherias: da ao Legislativo voltou a ser citado. petáculo Arte no Palco, com o humo- ***** não misturar as torcidas para evitar rista André Damasceno. Será na quin- A grande torcida local e regional tumultos.
  11. 11. 10 O REPÓRTER HISTÓRIA SÁBADO, 30 de janeiro de 2010 AdemAr CAmpos Bindé A descoberta das águas minerais do Itaí O atual distrito do Itaí Outros dois empreendimentos que marcaram o desenvolvimento do Itai, já foi uma das mais prós- naqueles tempos, foram a preparação de um campo de pouso para aviões peras localidades do in- (este foi o segundo campo de aviação terior do município de do município, pois antes havia o de Alto da União) e a construção de um cassino, Ijuí. Tudo isso, graças a inaugurado em 1940 com a presença do general Cordeiro de Farias, então existência de suas fontes interventor federal do Estado. de águas minerais, que Contam alguns antigos moradores do Itaí que o jogo era explorado por deram origem ao sur- concessionários. O ambiente era de luxo e além da sala de jogos, existia um salão gimento de uma estân- onde se realizavam os bailes, sempre cia hidromineral, hotel, num ambiente requintado. Os homens eram obrigados a usar terno e gravata campo de aviação e até e as mulheres usavam finos vestidos. O um cassino, que atraíam cassino atraía visitantes de toda a parte, até do exterior, que vinham de carro visitantes de todas as Foto: Acervo familiar ou de ônibus, ou até mesmo de avião. A cozinha era de nível internacional. partes do nosso Estado e Procópio Maturana Romero aparece na foto, sentado, junto com seus familiares O cassino representou a fase áurea do até do exterior. gista em Porto Alegre. Não demorou muito tas buscavam usufruir das propriedades Itaí, onde muitos ganharam dinheiro e outros perderam tudo o que tinham. Esse e veio a comprovação: era uma água, sob daquelas águas minerais e também para período durou até o ano de 1946, quando A descoberta das águas minerais do o ponto de vista clínico, perfeitamente repouso. Aos que vinham buscar algum o jogo foi proibido no Brasil. Itaí encerra algumas curiosidades. A potável, uma água mineral alcalina, bicar- tratamento de saúde, o hotel também ofe- Por volta de 1938, Antônio Baggio, começar pelos primeiros proprietários bonatada sódica. recia assistência médica, a cargo do dr. que se dedicava ao engarrafamento de das terras onde elas se localizavam, De posse desses resultados, João Pa- Solon Gonçalves da Silva, e a cozinha do bebidas na cidade de Ijuí, entrou em os quais não tinham conhecimento da trício Maciel não deve ter perdido muito hotel contava com profissional capacitado entendimentos com o dr. Pedro Maciel, riqueza que elas possuíam. Procópio tempo. Foi procurar Procópio Maturana para atender os que precisavam de regime tornando-se concessionário do engar- Maturana Romero, filho dos imigran- Romero e lhe propôs a compra de um peda- alimentar ou dietético. rafamento de água mineral naquela tes espanhóis José Maturana Romero ço de terra de sua colônia, justamente onde As pessoas que buscavam a estância hi- localidade. No início, a comercialização e Carmen Romero Dias, um ano antes estavam aquelas vertentes. Procópio deve dromineral do Itaí, também aproveitavam de garrafas alcançava cerca de 150 mil de se casar, em 1923, comprou uma ter ficado um pouco desconfiado. Por que o trem, que passava não muito distante. por ano, crescendo em dois anos para colônia de terras no Itaí, que era de aquele homem queria comprar apenas um A administração municipal mandou abrir cerca de 600 mil unidades. Nos últi- propriedade de Maximiliano Dias. pedaço de terra, justamente no meio de sua uma estrada da cidade até aquela localida- mos anos da década de 1940, Antônio Nessa época, tanto Procópio como colônia? Mas, João Patrício argumentou de, facilitando o acesso. Baggio adquiriu o engarrafamento e o o antigo proprietário e os demais de que pretendia instalar ali um curtume e moradores da localidade não sabiam que aquela água seria muito boa para essa da existência de duas fontes de águas indústria. Além disso, pretendia construir minerais alcalinas naquela colônia. Po- uma casinha para morar no local. rém, quase todos tinham conhecimento Esses argumentos terminaram por de que nas proximidades do riacho que sensibilizar Procópio, que, mesmo estando cortava aquelas terras, existia uma área com sua situação financeira estável, ter- lamacenta de onde brotava água de minou concordando com a venda daquele uma vertente. Estas pessoas tinham sua pedaço de terra para o João Patrício Ma- atenção despertada para o fato de que ciel. Afinal, deve ter pensado de que estava os animais das redondezas costumavam fazendo um bom negócio e de que a ins- atravessar aquele riacho e iam beber a talação de um curtume nas proximidades água que brotava naquela área lamacen- poderia ajudar a valorizar também as suas ta. Mais do que isso, não demorou para terras. Não se sabe se, mais tarde, Procópio que alguns começassem a descobrir que Maturana Romero veio a se arrepender do aquela água da vertente curava feridas e negócio que tinha feito. outros males. Então, o pessoal chamava O certo é que João Patrício Maciel foi que era uma “água santa”. ficando por ali. A construção do curtume Assim, a história foi se espalhando. não aconteceu. Mas ele limpou a primeira No entanto, a descoberta e a comprova- fonte e depois descobriu que tinha uma ção da existência dessas fontes de águas segunda fonte de água mineral. minerais somente vieram a acontecer 10 Não demorou muito e formou uma anos mais tarde. Um senhor de nome sociedade, com a participação dos médi- Foto Pancho João Patrício Maciel veio de Livramen- cos Pedro de Lorenzi Maciel, Jorge Porto, to para passear em Ijuí. Demétrio Melo Xavier e Mário Borges A água mineral do Itaí pode ser colhida destas torneiras Em conversa com algumas pessoas e do coronel Dátiro de Lorenzi Maciel, É importante salientar, também, que direito de lavra da fonte de água mineral, ficou sabendo da história da tal “água denominada Pedro Maciel & Cia., que Itaí já possuía os benefícios da energia criando a Empresa Águas Minerais Itaí. santa” do Itaí. Resolveu, então, matar mais tarde passou a chamar-se Empresa elétrica, cuja rede foi estendida até a loca- Posteriormente ocorreu a decadência a sua curiosidade e foi até o local para Territorial Itaí Ltda. lidade aproveitando a construção da rede dessa empresa, que está ligada à própria averiguar. Recolheu um pouco daquela A partir daí começavam a acontecer os geral que passava não muito distante e que decadência do Itaí. água num vidrinho e voltou para Ijuí. investimentos. Surgiu um hotel, com água fornecia energia elétrica da Usina da Sede Atualmente, é mantido um conjunto Enviou aquela amostra para o seu filho encanada que, anualmente, atraía cada vez (hoje conhecida como Usina Velha) para a de torneiras onde a população pode se Pedro Maciel, que era médico radiolo- maior número de pessoas. Esses veranis- cidade de Santo Ângelo, no ano de 1924. servir dessas águas minerais.
  12. 12. SÁBADO, 30 de janeiro de 2010 O REPÓRTER 11 GERAL por Drica Morais Prefeitura Municipal iniciará fiscalização de posturas pela cidade recorda o fiscal. De acordo com Paulo, Contrariando a lei, o pas- é alto o número de construções em Ijuí e isso acaba dificultando a fiscalização. seio público voltou a ser Quanto à colocação de cadeiras, a regula- ocupado mentação é feita a partir da Lei n° 4.543, de 12 de maio de 2006, também chamada U ma pequena volta na cidade de Lei do Silêncio, que estabelece normas foi suficiente para O Repórter especiais à garantia do sossego público, constatar que o passeio públi- o funcionamento de bares e similares no co voltou a ser ocupado para a colocação município. “Entre às 7h e 24h, a Lei per- de carros, cadeiras e materiais de constru- mite o funcionamento de bares. Porém, a ção. “E, para quem não sabe, é proibido utilização de passeios públicos, com me- obstruir vias ou logradouros públicos, sas e cadeiras, só será permitida quando conforme determina a Lei n° 1.729, de 19 observado o recuo de 1,5 metros, possi- de dezembro de 1978, que institui o Có- bilitando o livre trânsito dos pedestres”, digo de Posturas no município”, explica o afirma Paulo. Além disso, os estabeleci- fiscal de postura da Prefeitura Municipal, mentos chamados de “24 horas” não po- Paulo Pietczak. Pensando nisso, na pró- dem vender bebidas alcoólicas e congê- xima semana a Administração intensifi- neres para o consumo em via ou passeio cará a fiscalização de posturas da cidade. público, em frente ou nas proximidades “Na verdade, nós já fizemos um trabalho do ponto comercial. Bebidas alcoólicas de orientação em Ijuí, mas parece que não devem ser consumidas, também, em as pessoas não querem colaborar. E nós vias urbanas, próprios, municipais e pra- não multamos ninguém de imediato. Ex- ças públicas. “E, lembrando, nós estamos plicamos que é incorreto, fazemos uma apelando para o bom senso das pessoas. notificação e, posteriormente, se não for Primeiro orientamos, depois multamos”, suficiente, advertimos conforme a Lei”, finaliza o fiscal. Como se fosse a primeira vez Medo e ansiedade para e mental. “E, para completar, tive que fazer renovar a carteira de habilitação. Isso uma cirurgia de catarata há algum tempo. pode até parecer besteira para muitas Acabei ficando dois meses em casa, em trata- pessoas, mas não para o jovem Um- mento, sem poder ir à auto-escola”, recorda. berto Simão Merçoni, de 85 anos. Natural de Ajuricaba, Merçoni conquistou a “Fiquei um ano afastado do volante, sua carteira no ano de 1984 – dois anos após uma das minhas paixões. Eu ficava ter ganhado um fusca no bolão do seu time, o nervoso, ansioso por não poder pe- Grêmio. “E ele é meu companheiro até hoje”, gar o carro e sair... Mas agora, feliz- recorda Umberto. mente, estou apto a dirigir”, conta. O E a saúde do rapaz é dar inveja: ele emocionante retorno ao volante acon- toma apenas um medicamento para controlar teceu na última quarta-feira, quando a pressão e, para dirigir, necessitará de apa- Umberto precisou ir ao médico para relhos de audição. “Não importa a idade que mais uma consulta de rotina. temos. O que importa é ter saúde e gostar do Claro, para conseguir a reno- que se está fazendo. Sei que tenho que andar vação da carteira, Umberto teve que mais devagar, ter mais cuidado, mas, mesmo realizar inúmeros exames médicos, a assim, não vejo a hora de voltar a viver inde- Umberto exibe a carteira conquistada há poucos dias fim de comprovar a sua aptidão física pendentemente”, explica Umberto. CMYK

×