Reporter 166

2,650 views
2,572 views

Published on

Published in: Technology, Economy & Finance
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
2,650
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
36
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Reporter 166

  1. 1. Imasa vai Brigada apreende Cesta básica divulgar maconha em aponta Programa Mais operação na redução em Alimentos região outubro Rural 7 Polícia 27 Economia 6 O REPÓRTER Ano 2 - Nº 166 IJUÍ, SÁBADO, 7 DE NOVEMBRO DE 2009 R$ 1,50 Processo investiga denúncia contra Associação de Amigos dos Animais Geral 9 Encontro de Agendas 21 debateu o desenvolvimento sustentável Meio Ambiente 23 Projeto Minha Casa, Minha Vida beneficia 2 mil famílias na região Geral 22 CMYK
  2. 2. 2 O REPÓRTER O REPÓRTER SÁBADO, 7 de novembro de 2009 Da Redação Preparativos da Semana do Colônia de Pescadores Z 18 define ações Empreendedor são debatidos na ACI A Colônia de Pescadores Z 18 realizou um a reunião na última terça-feira. Na reunião, foi comunicado que já estão sendo reali- zadas as desovas de peixes para repovoamento de rios, através de seu laboratório: grumatã, piavas e jundiás. Nos dias 13 e 14 de novembro será realizada a despesca dos açudes, e entrega de alevinos para as prefeituras de Santo Augusto, Eugênio de Castro, Dr. Bozano e para os pescadores de Ijuí. Desde o dia 4 de novembro, estão abertas as inscrições para a realização da prova de carteiras de Arrais, para dirigir embar- cações e jetski. As inscrições serão realizadas no escritório da Colônia Z 18, junto a Aventura Pesca e Lazer, na Avenida 21 de Abril 1336 A. As inscrições encerram-se no dia 16 de novembro. Os inscritos receberão apostilas e as provas serão realizadas no dia 27 de novembro, às 19h na sala 203 da sede da Unijuí. A primeira programação da Colônia de Pescadores Z 18 para 2010 será o 7° Festival de Pesca e Limpeza do Rio Ijuí, nos dias 6 e 7de março de 2010. Um dos prêmios para as equipes inscritas será um barco de alumínio de 5 metros. Nos próximos dias, será elaborado o regulamento e demais premiações. Na última quarta-feira os representantes do Departamento dos Jovens Empresários (DJE) da ACI estiveram reunidos com o presidente da entidade, Rubem Härter e o secretário de Desen- volvimento Econômico, Ademir Gonçalves Miná. Além deles, esteve presente o representante Município sedia etapa para lançamento do do Sebrae, Fabrício Costa Moraes. No encontro foram discutidos os últimos preparativos para a Semana do Empreendedor, instituída pela Lei Municipal n0 5.089, de 25 de setembro de programa Rio Grande Jovem 2009. Na reunião, ficou definida a data para abertura do evento, a ser realizada no dia 17 de novembro. O restante da programação, que deve envolver empresários, escolas, entidades Tendo por local o Parque Wanderley Burmann, vai ocorrer e comunidade deve ser definida no início da próxima semana. A Semana do Empreendedor no dia 12 deste mês, a partir das 8h30, o Programa Rio Grande acontece de 16 a 20 de novembro em Ijuí. Jovem – Etapa Regional de Ijuí . a programação é desenvolvida pela prefeitura e Emater. A programação inclui apresentação do Programa Rio Grande Jovem, com Agueda Marcéi Mezomo, diretora técnica da Emater, bem como o debate sobre o tema PONTOS DE VENDA 7º Encontro de Educação em Sucessão Rural e Valorização do Jovem Rural, a cargo de Ainor JORNAL O REPÓRTER Lotério. Outros temas serão abordados, dentre os quais, Agre- Diabetes ocorre dia 14 gação e Geração de Renda, Formas Organizativas da Juventude • BIG MERCADO No dia 14 deste mês, no auditório do Sesc, vai ser desenvol- Rural e Sistemas Produtivos. • BIOFARMA CENTRO vido o 7º Encontro de Educação em Diabetes de Ijuí. O evento • BIOFARMA IMIGRANTES é destinado a diabéticos, familiares, estudantes e profissionais • BIOFARMA MATRIZ da Saúde. A comissão organizadora é composta, dentre outros pelos médicos Jorge Brust e Carmen Copetti, farmacêuticos • COTRIJUI • FARMÁCIA MODELO Pablo Lucas Otonelli, e Lúcia Komers e Reneo Pedro Prediger. Inadimplência no pagamento do IPVA Vários temas relacionados a doença estarão sendo debatidos, • FARMÁCIA SÃO LUCAS • FRANGOS IJUÍ dentre os quais, o Pré Diabetes e Diabetes: Diagnóstico e critérios em é de 0,2% no município de bom controle, da gestação a velhice; Como Ajustar a dieta e • FRUTEIRA SANTA FÉ atividades físicas com os novos e velhos Tratamentos. O índice de inadimplência referente ao Imposto sobre Proprie- • LIVRARIA PROGRESSO dade de Veículos Automotores em Ijuí é de 0,2%. O dado foi divul- - LANCHERIA D’NÁPOLES gado pela agente fiscal do Tesouro do Estado, Leonir Olvando. • LOTÉRICA TIO PATINHAS • MERCADO CARDOSO Comunidade do Bairro Storck Ela disse que em 2009 a arrecadação do IPVA em Ijuí chegou a R$ 9,4 milhões. Sendo que 54 motoristas estão em débito com • MERCADO PONTO ECONÔMICO convida para Tríduo e Festa 2009 a Fazenda do Estado. Em Ijuí pagaram IPVA 23.430 veículos. No entanto, segundo dados revelados,a frota do município atual- • MERCADO TIA LUCINDA A comunidade Sagrada Família do Bairro Storck está realizando mente é de 42 mil veículos. - PADARIA E CONFEITARIA MAIS desde a quinta-feira o Tríduo e Festa 2009 – A Família formadora SABOR nos valores humanos e cristãos. A programação está sendo reali- • PADARIA DAMIÃO zada na Capela e dependências do futuro Salão Comunitário. Na • PADARIA LA BAGUETI quinta-feira houve a Abertura do Tríduo com a Celebração Euca- • POSTO BURMANN rística e participação da Comunidade Nossa Senhora da Penha Operadoras de telefonia lideram • POSTO DO GANSO do Bairro Penha. Na sexta-feria, houve a segunda noite do Tríduo • POSTO TIGRÃO com a Celebração Eucarística e participação das Comunidades reclamações do Procon • QUIOSQUE Nossa Senhora da Salette do Bairro Industrial e Nossa Senhora • SAGA VIDEO Aparecida do Bairro Getúlio Vargas. Hoje, ocorre a terceira noite O Procon divulgou os resultados de suas atividades nas suas do Tríduo com a Celebração Eucarística e participação do Mo- novas instalações, que abrangem 60 dias. O coordenador Vilson LOCADORA (Ajuricaba) vimento Eclesial Família de Nazaré e amanhã acontecerá a festa Cabral destaca que em setembro foram 288 atendimentos e em • POSTO STADLER (Ajuricaba) da Sagrada Família com a celebração da Missa presidida pelo outubro 263. Segundo Cabral, dois pontos chamam a atenção • COTRIJUI (Augusto Pestana) Padre Silvio Mazzarolo e participação das Comunidades. Durante nos atendimentos: problemas com operadoras de telefonia e • MERCADO E AÇOUGUE as noites do Tríduo estarão a venda cachorro-quente e quitutes de cartões de crédito, aparecendo depois bancos, lojas e segu- AOZANI (Bozano) diversos. Amanhã, haverá venda de churrasco (R$ 25,00 – 2kg), radoras de saúde. Cabral destaca um resultado que considera • CASA COLONIAL SABOR E SAÚDE galeto (R$ 12,00 – meio) e festejos populares animado pelo Mu- importante, é que 70% são resolvidos via mediação e os demais sical Frequência do Som. por outras vias. O REPÓRTER Diretor Administrativo: REDAÇÃO PARA ANUNCIAR Os artigos publi- Impressão: Enzo Luis Mânica Envie sugestões, comentários, críticas Escreva para comercialoreporter@yahoo cados com assina- E.L. Mânica e Cia Ltda. e dúvidas para a redação pelo e-mail .com.br ou pelo telefone (55) 3333 7426. tura não traduzem E.L. Mânica e Cia Ltda. Editor Chefe: redacaooreporter@yahoo.com.br; para necessariamente a CNPJ: 09.475.474/000164 Sandro Silvello o endereço Av. David José Martins, 1356, PARA ASSINAR opinião do jornal e Av. David José Martins, 1356 - Ijuí - RS - CEP.: 98700-000 CEP 98700-000, Ijuí, RS; ou pelo telefone Para receber o jornal O REPÓRTER em são de inteira res- Telefone geral: (55) 3332 2000 (55) 3332 5985. casa ligue para (55) 3333 7426 ponsabilidade de seus autores.
  3. 3. SÁBADO, 7 de novembro de 2009 O REPÓRTER O REPÓRTER 3 Da Redação Berfran Rosado defende projeto de recuperação da mata ciliar O secretário do Meio Ambiente, Berfran Rosado participou na manhã de hoje do 3º Encontro Estadual das Agendas 21. Ele concedeu entrevista a Rádio Repórter avaliando a importância do Encontro Qual a impor tância de encontros como o que ocorreu em Ijuí? A questão ambiental não pode perder espaço para disputas políticas. O fortalecimento de ações em prol do meio ambiente, como a que ocorreu no Encontro de Ijuí precisa ser reforçado. O Governo Yeda trabalha com uma política na área ambiental, no sentido de que todos possam participar do processo. Estamos sempre buscando incentivos para inserir no contexto de to- dos os municípios gaúchos esta temática , esta discussão. Existe algum incentivo por parte do governo do Estado? O Governo Estadual contribui, constantemente para que os municípios gaúchos desenvolvam proje- tos na área ambiental. É fundamental que exista a preocupação por parte de todos os Governos Municipais, pois ações na área ambiental são uma soma de ações que ocorrem tanto na esfera do município, quanto na do Estado e do Governo Federal. Não se pode ter uma política de meio ambiente com ações isoladas. O que o senhor pode comentar sobre a recuperação da mata ciliar? É possível se fazer reserva legal em áreas produtivas, desde que exista manejo sustentável. Se a mata ciliar não for protegida em algum momento, a sociedade vai pagar caro pela recuperação. Para tanto, existe um projeto em andamento que prevê o plantio de um milhão de árvores nativas a beira de rios, encostas e morros em parceria com os municípios. O senhor também cumpriu agenda política? Sou presidente estadual do PPS. Desta forma, mantive contato com o partido, a partir do nosso presidente Ruben Ilgenfritz da Silva. Nosso partido está organizado atualmente em 290 municípios. Nosso objetivo é chegar a 350 diretó- rios até junho do próximo ano. O PPS pretende manter e ampliar as cadeiras na Assembleia Legislativa e também na Câmara Federal., A TOCA DA ONÇA Larry Antonio Wizniewsky Euclides, as crianças e os um líder e queriam viver em paz. Para Foi incrível e indescritível apresentar interpreta muito bem aquilo que leu e isso entendiam ter o direito de não o autor de Os Sertões para crianças compreendeu. Já sabiam, por exemplo, jovens de Catuípe pagar impostos para um governo, que de quatro e cinco anos das escolas que a palavra favela vem de um morro por eles, nada fazia. Desafiaram o ego Waldomiro e Girassol. Elas não só pres- próximo ao arraial de Canudos, coisa Em termos de literatura, o ano de de militares “prussianos”, no grande taram imensa atenção em tudo, como que muito marmanjo desconhece, até 2009 deveria ser dedicado à memória sertão nosso de cada dia. Um canhão demonstraram entender perfeitamente mesmo na hora de ver o Jornal Nacio- de Euclides da Cunha. Deveria pois, há gigantesco, a matadeira, moeu impla- do que a obra tratava. O vínculo com a nal. 100 anos atrás, envolto em uma nuvem cavelmente mais de 6 mil barracos realidade concreta era a fome no Brasil, O mérito disto tudo é da administra- de tragédia e passionalidade, Euclides e o exército trucidou mais de 30 mil mais especificamente, nos mesmos ção de Catuípe, que investe na qualifi- morria baleado em um duelo, no bair- pessoas pobres e famintas. Feito ingló- lugares onde se deu o massacre de Ca- cação de sua Secretaria Municipal de ro carioca da Piedade. A data passou rio que Euclides denunciou em repor- nudos, o sertão da Bahia. Havia naque- Educação. Esta por sua vez, apesar quase em branco, pelo Brasil inteiro, tagens jornalísticas, posteriormente las crianças um ar de solidariedade e de um número reduzido de pessoas durante o ano inteiro. É uma lástima. transformadas em livro. Injustamente compreensão do drama dos sertanejos organiza-se como uma equipe fabulosa A obra prima de Euclides da Cunha classificada como “difícil”, pelos agio- famintos de 2009. Aquilo que parecia e que organiza durante todo o ano a Os Sertões, publicada em 1901, é peça tas da literatura Os Sertões é hoje obra uma tarefa impossível, transformou-se mobilização que culmina em uma feira única e irrepetível em nossa literatura. praticamente esquecida e afastada do em uma experiência única. É possível, do livro aberta, democrática e comuni- Muito antes do surgimento do jornalis- convívio de nossos jovens estudantes. sim, apresentar Os Sertões para crian- tária. Parabéns a todos e obrigado pela mo literário, ele já era praticado aqui Como fui escolhido patrono da 9ª ças de pré-escola, séries iniciais e finais oportunidade. do lado debaixo do Equador. E muito Feira do Livro de Catuípe, resolvi des- do Ensino Fundamental e também do Segue até amanhã, aqui por estes bem praticado, diga-se de passagem. mentir esse mito e apresentar a obra de Ensino Médio, sem subestimar a inteli- lados, a 20ª Feira de Livros Infantis do Os Sertões é uma obra arrasadora. Euclides da Cunha para crianças e jo- gência de ninguém. Sesc e a 17ª Feira do Livro de Ijuí. O pa- Narra a saga de Canudos, guerra injusta vens daquele município. Percorri várias Nos refeitórios e auditórios de suas trono Teobaldo Branco e a educadora em que um arraial de gente inocente, no escolas e turmas que iam da pré-escola escolas os estudantes de Catuípe de- homenageada Maria Luisa Lucchesi me- sertão mais seco dos confins do Brasil, até o Ensino Médio, mostrando o mes- monstraram também que dão imenso recem todo o nosso carinho e respeito. foi devastado por “tropas de elite” do mo material e falando, basicamente, as valor à escola e às suas condições A melhor forma de homenageá-los é ir exército brasileiro. O motivo: tinham mesmas coisas. de ensino. É uma gurizada que lê e até a feira e investir em um bom livro.
  4. 4. 4 O REPÓRTER OPINIÃO SÁBADO, 7 de novembro de 2009 Editorial por Sandro Silvello La Serva Padrona Esta semana, minha noiva comentou comigo que uma ópera iria se apresentar Nossos amigos em Ijuí. A princípio cerrei os olhos e fiquei um pouco desconfiado, mas então vi que, de fato, era verdade. Teríamos uma apresentação em nossa cidade. Como O inquérito instaurado para verificar algumas situações frequentadores dos teatros no Sesc, estávamos habituados a esta categoria, junto ao canil administrado pela Associação dos Amigos mas ópera em Ijuí era, para nós, uma novidade. De imediato resolvemos ir, dos Animais de Ijui, notícia que surgiu durante a semana, surpreende quem é fã de cães e gatos. Digo surpreende afinal, temos que aproveitar todos e quaisquer eventos culturais que estejam porque aqui na redação todos somos fãs dos animais de disponíveis por aqui, pois desde que o cinema virou igreja as opções de nossa estimação. Alguns mais, outros menos. Eu me divirto até cidade não têm crescido muito nos últimos tempos. hoje com uma cadela pastor alemão de nome Dora. Parece Na Quinta Feira, dia 29 de outubro deste ano, fomos ver a peça La Serva Pa- um leão de tão grande, mas ao mesmo tempo carinhosa drona, da Orquestra Fundarte, regida pelo Maestro Antônio Borges-Cunha e com a família. Comida e água a vontade,o carinho dos donos isso não falta. Assim como o Puf e o Lobinho do composta por 15 músicos profissionais, no salão da Sogi. Logo que sentamos, diagramador Emerson, a Pepa da Talita. Enfim, quem não ficamos observando o salão, como é belo, um orgulho para os ijuienses que tem um animal de estimação? não possuem teatro municipal, a exemplo de outras cidades como Pelotas Está certo que até existem alguns exageros – o que é ou Porto Alegre. Realmente, devemos nos orgulhar de tal patrimônio, ponto comprovado pelo crescimento do mercado destinado comum a eventos culturais como este, bailes de formaturas, até mesmo car- ao segmento de animais de estimação – como roupas e outros adereços. No entanto, nem todos os animais têm navais. E falando em carnaval, nesta quinta estava tão quente que parecia a felicidade de possuir uma família ou alguém que possa mês de fevereiro. adotá-los. Os cachorros ou animais de rua são levados ao Logo que chegamos, escolhemos um lugar perto da porta lateral, embaixo de canil da Associação, pois la imaginamos que vão ganhar um ventilador. Não estava de todo ruim, mas logo notamos que os ventiladores o tratamento adequado. iriam atrapalhar a apresentação e foram desligados, a porta fechada, o público No entanto, parece que não é isso que vem ocorrendo. A matéria demorou para ser montada, tivemos dúvidas em cozinhou no bafo e os protagonistas suaram em suas vestes de época. Até não publicá-la, chegamos às informações com várias fontes reclamei, afinal, tentar vivenciar eventos culturais por aqui é literalmente suar diferentes. E todas, eu escrevo, todas foram, unânimes em a camisa. Porém fiquei, sim, foi chateado ao ver tantas senhoras e senhores não só confirmar a instalação da comissão, como também passando pela mesma experiência. Não seria hora de valorizarmos nosso deram indicativos sobre maus tratos, falta de comida e a patrimônio, nossos eventos e darmos um pouco mais de qualidade para os não aplicação de forma adequada da verba que é destinada pela prefeitura mensalmente a Associação. espectadores, para o público? Não estou aqui para julgar se realmente existe alguma A peça foi maravilhosa, magnífica, acho que todos os presentes saíram re- irregularidade ou não. Estou para comentar o sempre digo gozijados culturalmente, já que apresentações como esta trazem orgulho ao quando converso com alguém que também divide comigo povo gaúcho. Fiquei pensando em procurar outras peças para ver na internet. os mesmos sentimentos em relação a animais. Sempre digo para quem ganha um cão ou gato: se ganhou, trate Opa! Internet? Não seria contrassenso ou falta de glamour ver uma ópera no de forma que o cachorro ou gato tenha um lar, receba youtube? Talvez por isto a filmagem e fotografia fossem proibidas durante a carinho, e esteja nutrido. Todos tem ideia do que repre- apresentação. Em nosso maravilhoso mundo novo, vemos filmes e óperas na sentam os animais de estimação para algumas pessoas. tela do computador e perdemos a oportunidade de vivenciar tais experiências Está comprovado inclusive – e isso os especialistas podem como devem ser feitas, ao vivo, na platéia e no palco. me ajudar – que os animais podem auxiliar, por exemplo, na recuperação mais rápida de pessoas que porventura Bom, talvez fosse campanha de marketing, afinal, ao sairmos todos suados tenham alguma doença ou problema. do espetáculo, um grupo simpático nos esperava com brindes antes de irmos Desta forma, tomara que este processo apenas indique embora. Eram sabonetes hidratantes, nada melhor para quem chegaria em que os animais sem lar que lá estão alojados ou amon- casa e iria direto para o banho! A cortesia era da “Memphis, a essência do toados precisam de melhores condições. Tomara que o banho”, uma das patrocinadoras do evento. Pena que eles esqueceram de olhar processo indique apenas que são preciso algumas alter- ações, para que eles estejam em perfeitas condições de a validade de seu produto e, o lote distribuído para o público foi produzido saúde. Para ter um animal de estimação é preciso gostar. em 2006, já contava com mais de meio ano após a validade indicada. São os Para ter um animal de estimação é preciso saber que é tempos da Caliuga, como diziam na última novela global, a degradação dos preciso se doar um pouco, que ele vai lhe responder com costumes, final dos tempos, falta de ética. carinho e atenção. Portanto, se você não se encaixa nesta condição. Esqueça! João Pedro Arzivenko Gesing
  5. 5. SÁBADO, 7 de novembro de 2009 BAIRRO O REPÓRTER 5 por Talita Mazzola Após reforma, sede do Bairro Luis Fogliatto é reinaugurada Após reforma realizada Agostinho Borges, além da comunidade e demais repre- pela Secretaria de sentantes do Executivo. Desenvolvimento Segundo Nelson Copetti, os gastos com a reforma da sede Urbano, a nova sede do foram de R$ 19,8 mil. O prefeito Bairro Luis Fogliatto foi salientou a importância da re- forma da sede, que beneficiou entregue aos moradores a comunidade com um espaço adequado para a realização de A reinauguração da sede eventos, programas e projetos do Bairro Luis Fogliatto que são constantemente de- aconteceu no dia 29 de senvolvidos pelo Executivo. outubro, após ter passado Ballin destacou ainda que o por reformas realizadas pela bairro já foi beneficiado com Secretaria de Desenvolvimento outros recursos como a am- Urbano. Estiveram presentes pliação e reforma das mora- no ato, o prefeito Fioravante dias conduzidas pela Coorde- Ballin, o presidente do bairro nadoria Especial de Habitação, Joel Barbosa, o presidente da ressaltando que agora cabe a União das Associações de Bair- diretoria organizar através do ros de Ijuí (Uabi) César Amaral, voluntarismo e de promoções secretário de Desenvolvimento festivas, para melhorar a qua- Urbano Nelson Copetti, pastor lidade de vida dos moradores. Moradores receberam sede reformada no dia 29 de outubro do Poder Executivo Pracinha do Bairro 15 de Novembro foi inaugurada na quinta-feira Na manhã desta quin- ta-feira, a pracinha do Bairro 15 de Novembro foi entregue a comuni- dade em plenas con- dições de uso para as crianças. Em matéria anterior divulgada pelo O Repórter, o líder co- munitário Tubal Paiva, estava terminando a pintura do local e res- saltava a importância da construção da pracinha para proporcionar um lugar seguro e com con- dições adequadas para que as crianças possam brincar. Pracinha foi entregue na quinta-feira aos moradores do bairro CMYK
  6. 6. 6 O REPÓRTER SÁBADO, 7 de novembro de 2009 ECONOMIA por Estefania Vieira Linhares Custo da Cesta Básica cai 0,28% IBGE: safra de grãos deve crescer 3,8% em 2010 Entre os produtos que tiveram menores A safra de grãos em 2010 deve ser 3,8% maior que a estimada para este ano, variações está alface, pasta dental, lâmina de segundo a projeção de outubro do Insti- barbear, papel higiênico e leite tipo C tuto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada na quinta-feira. A esti- O custo da Cesta Básica, em Ijuí no mês de outubro, mativa para a colheita é de 139,3 milhões foi de R$ 660,54, registrando uma queda de -0,28%, de toneladas de cereais, leguminosas e se comparada com o mês de setembro. oleaginosas. Os produtos que obtiveram as maiores variações foram O Levantamento Sistemático da Produ- o desodorante (52%), tomate paulista (27,27%), laranja ção Agrícola, realizado nas regiões Sudes- (26,92%), absorvente (19,69%) e a banana (16,34%). Já te, Sul, Centro-Oeste, além dos estado de os itens com menores variações foram alface (-33,41%), Rondônia, Maranhão Piauí e Bahia também pasta dental (-23,01%), lâmina de barbear (-19,06%), papel prevê crescimento de 1,6% da área de higiênico (-18,75%) e leite tipo C (-15%). colheita, o equivalente a 700 mil hectares. Em outubro, os preços dos produtos essenciais subiram Serão plantados 47,9 milhões de hectares em 13 das 17 capitais onde o Departamento Intersindical em 2010. de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) realiza Dos dez produtos pesquisados pelo mensalmente a Pesquisa Nacional da Cesta Básica. Na IBGE, a produção de cinco deles deve comparação com o mês anterior, houve ampliação das aumentar em relação à safra de 2009. São localidades com reajustes, já que em setembro a cesta eles: feijão em grão (13,9%), soja em grão havia ficado mais cara em dez capitais. (11,8%) cebola (7,3%), fumo em folha (4%) O preço da Cesta Básica subiu em 13 das 17 capitais e mandioca (3,2%). Deve cair a produção pesquisadas pelo Dieese, entre elas, Porto Alegre que de amendoim em casca (8,5%), algodão continua sendo a mais cara R$ 248,29. A maior alta foi em herbáceo em caroço (8,1%), arroz em Goiânia (9,20%) com a cesta passando a custar R$ 197,96. casca (5,1%), milho (2,2) e batata inglesa Na sequência, aparecem: Belo Horizonte, com alta de 2,37% (0,7%). e valor de R$ 220,52; Rio de Janeiro com 2,33% e R$ 224,75; Para a estimativa da safra 2010, os dados Aracaju com 2,22% e R$ 168,15; Brasília com 1,76% e R$ levantados em campo foram somados 222,07; Curitiba com 1,09% e R$ 216,59; Salvador com 1% O consumidor no mês de outubro pagou um pouco mais barata a Cesta Básica às projeções obtidas com base em infor- e R$ 197,63; Porto Alegre com 0,99% e R$ 248,29; Florianó- mações repassadas em anos anteriores polis com 0,94% e R$ 226,37; João Pessoa com 0,70 e R$ atual em vigor (R$ 465,00) ou o equivalente a R$ 2.085,89 pelos estados. De acordo com o IBGE, por 175,19; Natal com 0,50% e R$ 182,95; Belém com 0,31% e para suprir as necessidades básicas da família, conforme questões relacionadas ao calendário agrí- R$ 202,80 e São Paulo com 0,06% e R$ 230,03. a determinação constitucional no que se refere a garantia cola, muitas unidades ainda não fizeram Segundo o cálculo do Dieese, o trabalhador deveria de acesso à alimentação, moradia, saúde, educação, ves- as primeiras projeções para a colheita do receber um salário mínimo 4,49 vezes maior do que o tuário, higiene, transporte, lazer e previdência. próximo ano. TENDÊNCIAS Prof. Dr. Argemiro Luís Brum (CEEMA/DECon/UNIJUÍ) GOVERNO COMPROMETE ESTABILIDADE o superávit primário acumulado nos nove primeiros meses de 2009 soma R$ 37,7 bilhões, contra R$ 109,5 bilhões no mesmo outros postos-chave de governo no país. Geralmente, nessas ocasiões, se gasta ainda mais, pois o populismo eleitoral se A estabilidade econômica obtida pelo Brasil data de julho de período de 2008. Ou seja, temos aí um recuo de 65,7% de um sobrepõe ao bom senso econômico e fiscal. Se nada mudar 1994, quando o Plano Real foi lançado. A mesma sofreu impor- ano para outro. E mais ainda: a dívida líquida do setor público rapidamente, estaremos jogando fora (ou pelo menos atrasando tante correção, em janeiro de 1999, quando a âncora cambial subiu a 44,9% do PIB em setembro passado, contra 38,8% em em muito) a grande oportunidade que construímos, em toda foi substituída pelo tripé composto pela meta inflacionária, dezembro de 2008. No total, a dívida interna líquida do país a história brasileira, de alçarmos o país a um estágio superior câmbio flutuante e superávit primário. Com isso, a inflação, o alcançou R$ 1,32 trilhão (ao câmbio de hoje – R$ 1,72 – isso de desenvolvimento. pior imposto que uma sociedade pode pagar, principalmente equivale a US$ 767,44 bilhões, enquanto a dívida externa, que os mais pobres, foi debelada. Ora, nesse final de 2009, corremos tanto assombrou os brasileiros no passado, gira ao redor de o risco de comprometer todo esse esforço pela incapacidade gerencial do governo. O problema está justamente no superávit US$ 190 bilhões). Nessas condições, corremos enormes riscos O RISCO DO INVESTIMENTO EXTERNO de desestabilizar novamente a economia, jogando fora 15 anos Na teoria do desenvolvimento existe uma análise recente primário. Açodado pela crise econômica mundial, o governo de esforço nacional. (data dos últimos 15 anos) que defende a necessidade das agiu, estimulando o consumo via redução de impostos e, por- regiões interioranas investirem preferencialmente na força tanto, arrecadação. Ao mesmo tempo, a economia crescendo produtiva local. Chama-se a isso de desenvolvimento endóge- perto de 0% nesse ano, menos recursos ainda entraram nos cofres públicos. Paralelamente, e aí está o grande erro oficial, GOVERNO COMPROMETE no. O mesmo, sem ignorar a importância da primeira vaga de desenvolvimento ocorrida até o final dos anos de 1980, que foi não houve cortes de despesas. Pelo contrário, as despesas do setor público aumentaram. Assim, as contas do governo piora- ESTABILIDADE (III) calcada na atração de investimentos externos para as regiões, Em primeiro lugar, quando melhorar a situação externa, tal geralmente em cima de projetos de grandes empresas (nacio- ram significativamente e tivemos o pior mês de setembro dos realidade nacional tende a levar a uma fuga de investidores nais e multinacionais), defende que as regiões têm mais a ganhar últimos 18 anos. A ponto de, pela primeira vez, o mercado estar estrangeiros. Menos dinheiro externo, significa forte queda na se investirem na sua força local de produção. Isso porque a receoso de que não cumpriremos a meta de superávit primário Bolsa e forte desvalorização do Real. Porém, o pior está no fato tendência é do capital, assim gerado, ser reinvestido na própria estipulada, que é de 2,5% do PIB para esse ano (meta essa que, de que, por não realizar as necessárias reformas e, pelo menos, região, ao contrário do que fazem as grandes empresas de fora. por manobras de contas, já havia sido reduzida em relação ao frear e reduzir os gastos públicos, o governo está alimentando Nesse momento, as ações da Nestlé em Palmeira das Missões percentual original). o retorno do processo inflacionário, pois a emissão de moeda (RS) começam a preocupar vivamente a comunidade regional e poderá ser usada para substituir o capital externo em fuga, particularmente o município em questão. A multinacional suíça GOVERNO COMPROMETE visando manter um mínimo de crescimento econômico. Nesse momento, a arma da elevação dos juros deve ser usada, blo- acaba de arrendar a indústria da Parmalat em Carazinho (RS), devendo investir em processamento de leite nessa planta, já ESTABILIDADE (II) queado a possibilidade de maior crescimento da economia. Para se ter uma ideia da incompetência do gerenciamento pronta, e não mais em Palmeira das Missões, deixando o que ali já foi edificado como um mero posto de recebimento do Para se ter uma ideia da situação, o déficit primário do setor público atual, nos nove primeiros meses de 2009, as receitas produto, sem agregar valor à produção. Nem mesmo a geração público, consolidado em setembro, atingiu a R$ 5,76 bilhões (o do governo central (incluindo aí o Tesouro Nacional, o Banco de empregos se confirmou até agora. De uma promessa de 250 maior da série iniciada em 1991, para o mês). Nos últimos 12 Central e a Previdência Social) registraram uma queda de 1,9%. empregos diretos, apenas 60 foram realmente criados. Nada meses (outubro/08 a setembro/09) ainda temos um superávit No mesmo período, as despesas cresceram 16,5% e, no caso ainda é definitivo, mas a tendência parece estar desenhada, primário (poupança para pagar os juros da dívida pública) específico do custeio da máquina, a elevação foi ainda maior, confirmando a lógica da teoria do desenvolvimento endógeno. de R$ 34,66 bilhões. Todavia, tal superávit representa apenas chegando a 20,4%. Enquanto isso, os investimentos, que tanto O desafio, na prática, é as regiões saberem conciliar os inves- 1,17% do PIB. Portanto, longe da meta estabelecida! Em termos o Brasil precisa para se desenvolver, cresceram apenas 12,7%. timentos externos com um forte apoio aos agentes produtivos acumulados, é o pior resultado desde dezembro de 2001. E mais: E, o que é pior: o próximo ano é de eleições presidenciais e de locais, desde que organizados.
  7. 7. SÁBADO, 7 de novembro de 2009 RURAL O REPÓRTER 7 por Sandro Silvello Imasa participa de caravana para divulgar Programa Mais Alimentos Diretor da Imasa, Jalmar sultados”, comentou o empre- rede bancária. “Trata-se de sário, acrescentando que no uma situação que sempre foi Martel, confirma que caso da Imasa o resultado do enfrentada no momento em empresa pode participar Mais Alimentos até o momento que se fala na liberação de pode ser considerado positivo. recursos”, afirmou o diretor de caravana no Jalmar Martel acentua que a da Imasa. Nordeste para divulgar Imasa deverá, possivelmente, No entanto, acrescenta que participar desta caravana com para os produtores familiares o Programa Mais outras empresas, a fim de di- que se enquadram no pro- Alimentos vulgar os resultados do Mais grama, ele tem tido vários Alimentos. “Vamos levar os financiamentos aprovados. R epresentantes de In- produtos da Imasa que podem Martel acrescenta que falta dústrias de Máquinas e ser financiados”, comentou o se superar a morosidade de Implementos Agrícolas empresário. liberação de recursos por do Rio Grande do Sul deverão Martel observa que o progra- parte da rede bancária para participar de feiras na Bahia e Imasa vai participar de caravana no Nordeste para divulgar programa Mais Alimentos ma no Rio Grande do Sul está que efetivamente ele se torne Ceará, para divulgar o Progra- obtendo o resultado esperado, uma alternativa. “No entanto, ma Mais Alimentos. A decisão nesta semana em Porto Alegre. do programa durante feiras que mas não decola em outros esta- para a Imasa, e sua linha de foi adotada em reunião do O diretor superintendente da venham a ser realizadas nos dos. No entanto, Martel alerta produtos, o Mais Alimentos Sindicato das Industrias de Imasa, Jalmar Martel, disse que dois estados. que está se enfrentando um se tornou uma alternativa Máquinas e Implementos Agrí- a ideia, em conjunto com o go- “No Rio Grande do Sul, o pro- problema que é a morosidade interessante”, comentou o colas (SIMERS), desenvolvida verno, é divulgar os objetivos grama já está obtendo bons re- de liberação dos recursos na diretor da empresa ijuiense. Sindicato aguarda liberação de recursos do Governo do Estado O presidente do Sindicato dos Traba- da falta de recursos. do Governo do Estado e outros R$ 3.500 presidente do Sindicato dos Trabalha- lhadores Rurais de Ijuí, Carlos Karlinski No caso do Sindicato de Ijuí, existem dos produtores, compondo um valor dores Rurais de Ijuí. disse que a entidade e a Fetag aguardam 29 residências inacabadas espalhadas de aproximadamente R$ 13 mil, que Karlinski disse que a partir da mobi- uma posição por parte do Governo pelo interior de Ijuí e outras 9 pelo permitiria a conclusão das moradias. lização que foi desenvolvida durante Estadual, quanto à liberação da con- interior de Boa Vista do Cadeado. “São Na semana passada, Karlinski e outros dois dias na semana passada em Porto trapartida de R$ 1.500,00 referente ao casas que começaram a ser construídas dirigentes de Sindicatos, estiveram em Alegre, se aguarda um posicionamento Programa Federal que prevê a constru- e tiveram que ser interrompidas, em Porto Alegre, na tentativa de convencer por parte do Governo do Estado. “Pre- ção de moradias para produtores do in- função da falta da contrapartida do o Governo do Estado a liberar os recur- cisamos resolver esta situação, que terior. Conforme Karlinski, a situação é Governo do Estado”, explica Karlinski. sos visando dar continuidade às obras. representa um sério problema social de dificuldade, pois muitos produtores Ele observa que a divisão dos recursos “A situação é delicada, pois existem para os produtores rurais envolvidos iniciaram a construção das residências, deveria ter sido feito da seguinte forma: produtores que estão acampados junto no projeto”, comentou o presidente do que agora estão inacabadas, em função R$ 7 mil do Governo Federal; R$ 1.500 as residências inacabadas”, comentou o Sindicato dos Trabalhadores Rurais. DO ÓCIO AO NEGAÓCIO Roberto Macagnan robertomacagnan@hotmail.com americana na grande depressão os técnicos ligados ao setor, em FLUXO DE CAPITAIS O CRÉDITO AVANÇA NO dos anos 1930. função dos problemas com exces- so de chuvas. PRODUTIVOS BRASIL Um dos fenômenos que vem O crédito ao consumidor é um SAFRA DE TRIGO ocorrendo neste período de “final instrumento poderoso de ven- PENSANDO da crise global”, tem sido o fluxo de capitais produtivos pelo mun- da, para o comércio, ao mesmo tempo em que eleva o nível de VAI BEM Dados relativos à economia norte- Segundo informações da EMA- americana, divulgados nesta semana, do afora. O Brasil tem recebido endividamento das famílias. No TER, os produtores da região de retomaram as discussão sobre a volume significativo e crescen- mês de setembro o estoque de Ijuí colheram mais da metade do durabilidade da crise global, a partir te destes capitais, nos últimos crédito no Brasil chegou a R$ 1,35 trigo plantado nesta safra, com da maior economia do mundo (o PIB meses. São mega empresas que trilhões, representando média de rendimento e qualidade acima do dos EUA representa em torno de 25 R$ 7.000,00 para cada brasileiro, esperado, em função de alguns % do PIB total do planeta). No ter- adquirem empresas já instala- ou 45,7 % do PIB (Produto Interno problemas de excesso de chuvas. ceiro trimestre de 2009, o PIB norte- das no Brasil, bem como novas Bruto). Em setembro de 2008, re- Até o momento, o rendimento tem americano cresceu 3,5 % em relação instalações e modernização de presentava 38,7 % do PIB. Esse au- outras. Por outro lado, empresas oscilado entre 1.800 Kg (30 sacas) ao segundo trimestre. Por outro lado, mento foi puxado, principalmente e 2.200 Kg (36 sacas) por hecta- o nível de desemprego continua alto brasileiras também investem pelo financiamento de veículos e capital produtivo em outros pa- re. No que se refere à qualidade, (9,8 %), o que põe em dúvida a ca- imóveis. Só para efeito comparati- tem oscilado entre 77 e 82 de PH pacidade da economia em continuar íses, e esses investimentos tem vo, o endividamento na economia (quanto maior for o PH, melhor apresentando crescimento no último crescido significativamente. Na dos EUA ultrapassa aos 240 % do será o produto). Com o preço em trimestre do ano. década de 80 esses investimen- PIB. O endividamento (famílias, torno de R$ 23,00 à saca de 60 kg, tos ficavam próximos a US$ 13 empresas e governo), juntamen- o rendimento bruto está atingindo INDICADORES RURAIS bilhões por ano. Em 2007, esses te com os gastos militares (que entre R$ 690,00 e R$ 828,00 por investimentos chegaram a US$ passaram dos 30 % do PIB), foram hectare. Esse quadro (no que se Soja ......... R$ 40,00 Valores cotados pela 129,8 bilhões (aumentando 10 os dois principais mecanismos de refere à quantidade e qualidade Trigo ....... R$ 22,00 Cotrijui no dia 06 de vezes em 27 anos). recuperação da economia norte- produzida) está surpreendendo Milho ...... R$ 16,00 novembro
  8. 8. 8 O REPÓRTER POLÍTICA SÁBADO, 7 de novembro de 2009 por Sandro Silvello Câmara rejeita parecer do TCE e aprova prestação de contas de Valdir Heck Aprovação do lativo a direção e funcionários Crédito Adicional Especial até da Rádio Progresso de Ijuí, pelo o valor de R$ 1.800,00 (hum mil relatório de Comissão transcurso dos 50 anos de exis- e oitocentos reais), e dá outras Especial durante tência da emissora. providências. A abertura do Na pauta do dia foram votados crédito adicional especial pro- sessão da Câmara de outros projetos de lei, onde to- posta no presente Projeto de Vereadores ocorreu por dos foram aprovados de forma Lei destina-se ao pagamento de unânime. Outro projeto apro- horas extras para os servidores unanimidade vado de forma unânime é o que da Secretaria Municipal de Meio autoriza o Poder Executivo Mu- Ambiente. A Câmara de Vereadores de nicipal a adquirir, o imóvel que Também foi aprovado o Ijuí, em sua sessão ordiná- menciona, de Leila Maria Goi, projeto de lei que autoriza o ria realizada quarta-feira e dá outras providências. Com Poder Executivo Municipal pela manhã, aprovou por unani- Pareceres favoráveis das Comis- a conceder incentivos eco- midade o parecer de comissão sões de Constituição, Justiça e nômicos a Empresa Camera especial que avaliou a prestação Redação Final, de Finanças e Or- Agroalimentos S.A., e dá outras de contas referentes ao ano de çamento e de Políticas Públicas. providências. Com pareceres 2006 do ex-prefeito Valdir Heck. Também foi aprovada a matéria favoráveis das Comissões de O parecer do TCE era contrário que autoriza o Poder Executivo a Constituição, Justiça e Redação à aprovação, mas os vereadores adquirir, o imóvel que menciona, Final, de Finanças e Orçamento entenderam que as questões de Antonio Valter Callai e dá ou- e de Políticas Públicas. Ou- apontadas no relatório eram tras providências. Com parece- tro projeto aprovado é o que técnicas, sendo por isso, o pa- res favoráveis das Comissões de autoriza o Poder Executivo recer do Tribunal rejeitado e Constituição, Justiça e Redação Municipal a adquirir o imóvel consequentemente as contas Câmara rejeitou parecer do Tribunal de Contas e aprovou prestação de contas do ano de 2006 do ex-prefeito Valdir Heck Final, de Finanças e Orçamento que menciona de Oliver Sost- aprovadas. A vereadora Rosane e de Políticas Públicas. meyer; Autoriza a doação a Simon (PCdoB) disse que não se 25 apontamentos feitos pelo Tri- disse que a Comissão Especial Outro projeto aprovado é o Camera Agroalimentos S.A., e pode julgar “uma administração bunal de Contas eram técnicos. se debruçou sobre o relatório que autoriza o Poder Executivo dá outras providências. Foram por apenas um ano e sim pelo ele reiterou que o Ministério por 90 dias. Municipal a abrir Créditos Adi- aprovados também os projetos todo”, ao comentar a sua vota- Público se mostrou favorável a A sessão ordinária realizada cionais Especiais até o valor de autorizando o Poder Executivo ção favorável à derrubada do aprovação, enquanto o relator nesta manhã, na Câmara de R$ 45.000,00 (quarenta e cinco Municipal repassar recurso parecer do Tribunal. indicou a rejeição. “Não seria Vereadores, foi presidida pelo mil reais), e dá outras provi- para a Sociedade Esportiva O relator da comissão, ve- este relator a julgar um adminis- vereador Valmir Elton Seifert e dências. Foi aprovado também Ouro Verde do Bairro Assis Bra- reador Gladimir Ribeiro da trador, quando se constata que teve como destaque a homena- o projeto que Autoriza o Poder sil e a conceder auxílio financei- Silva(PSDB) disse que todos os tudo foi justificado”. Gladimir gem prestada pelo Poder Legis- Executivo Municipal a abrir ro a Sociedade Ginástica Ijuí. Câmara amplia número de vereadores Pequenos agricultores sob ameaça no RS Um impasse jurídico pode prejudicar pregam esses obscurantistas, não A Câmara de Vereadores de Ijuí presidente Valmir Seifert, no entanto, centenas de agricultores gaúchos, cujas cruza com outras espécies. Não ha- aprovou na sessão de quarta-feira, disse que isso não significa que novos propriedades são vizinhas a florestas ou veria necessidade de nenhuma zona em segunda votação matéria que vereadores sejam convocados. Seifert reservas ambientais. Esses agricultores de amortecimento, mas um acordo foi altera a Lei Orgânica do Município, esclarece que o objetivo foi adequar estão proibidos de plantar soja e milho acertado e o presidente Lula baixou referente ao número de vereadores. a Lei Orgânica ao que estabelece o transgênico por conta de uma liminar Decreto fixando a faixa limite em mil Com está decisão, a partir de agora Projeto de Emenda Constitucional, concedida pelo Tribunal de Justiça do metros, agora derrubado por esta ação fica estabelecido em lei o número de aprovado recentemente no Congresso Rio Grande do Sul. A decisão final sobre popular”, explicou Perondi. Para o par- 15 vereadores para o Legislativo. O Nacional. o ação será do Superior Tribunal de lamentar gaúcho, muitos agricultores Justiça, em Brasília. serão prejudicados e vão perder todo Assembleia vai debater transformação de hospi- A liminar em questão foi concedi- da por conta de uma ação popular e o seu investimento. Perondi citou Nota Técnica do Mi- tais em postos de saúde nas unidades do Exército tornou sem efeito o Decreto nº 5.950, de 31 de outubro de 2006, do presi- nistério da Agricultura, encaminhada à Procuradoria Geral da República, A transformação de hospitais em pos- A preocupação é que a medida, dente Luiz Inácio Lula da Silva, que que aponta o absurdo da liminar do tos de saúde, nas unidades do Exército formalizada pela Portaria 727 de 07 estabeleceu faixas limites (zonas de Tribunal de Justiça do Rio Grande do em Santo Ângelo e Cruz Alta, a partir de outubro deste ano, afete o sistema amortecimento) de mil metros para o Sul. A liminar afeta tanto as culturas do próximo ano, será discutido na As- de saúde nos municípios, que tende- plantio de organismos geneticamente de soja quanto de milho transgênico. sembleia Legislativa. O requerimento riam a receber os pacientes até então modificados nas áreas circunvizinhas No caso da soja, a cultura represen- para realização de audiência sobre essa atendidos nos hospitais de guarnição. às Unidades de Conservação. Com a ta 90% da área cultivada no Estado. polêmica medida, foi apresentado pelo Como os postos de saúde do Exército decisão do Tribunal de Justiça do Rio Segundo dados do IBGE, do total de deputado Adroaldo Loureiro (PDT) e possuem estrutura reduzida, se compa- Grande do Sul, fica valendo a faixa de estabelecimentos do Rio Grande do aprovado nesta quarta-feira, na Comis- rada aos hospitais de guarnição, essa 10 mil metros, distância anteriormente Sul, 85,71% possuem menos de 50 são de Saúde e Meio Ambiente. Ainda preocupação se revela procedente. fixada pelo Conselho Nacional de Meio hectares e 35% não ultrapassam 10 falta definir a data do debate. Calcula-se que o Hospital de Guarnição Ambiente (Conama). O deputado Dar- hectares. O limite de 10 mil metros Nos três municípios em que os de Uruguaiana (HGU) atenda cerca de císio Perondi (PMDB-RS) está cobrando praticamente inviabiliza a produção hospitais de guarnição militares serão seis mil usuários, até de municípios pressa à Advocacia Geral da União, para de soja por pequenos agricultores em transformados em postos de saúde tipo vizinhos como Quaraí e Itaqui. a derrubada da liminar que suspendeu áreas tradicionalmente dedicadas a 3, a mobilização contrária é intensa. Em O Exército alega que a medida obe- o Decreto do Presidente da República. essa cultura. Uruguaiana, a Câmara Municipal criou dece ao um planejamento de racionali- Segundo Perondi, o tempo passa e os “Vou buscar o apoio de outros depu- até uma comissão especial para acom- zação de custos e serviços previsto no agricultores já estão quase iniciando tados e da Frente Parlamentar da Agri- panhar o caso. O Sindicato dos Servi- Programa de Capacitação e Atualização o plantio. cultura para, junto com o Ministério da dores Federais no Estado também não Profissional dos Militares de Saúde Essa liminar é anticientífica, pois a Agricultura, tentar essa vitória no STJ”, concorda com a mudança anunciada. (Procap). soja transgênica, ao contrário do que completou Perondi.
  9. 9. SÁBADO, 7 de novembro de 2009 GERAL O REPÓRTER 9 por Sandro Silvello Processo investiga situação do canil da Associação dos Amigos dos Animais O processo foi instalado a partir von Ferreira, reiterou a informação de que foi instalado o Processo Especial de denúncia que foi recebida Administrativo, observando que não pela prefeitura de Ijuí. Estão pode ser outra a atitude”. O advogado explica que mesmo a entidade sendo sendo investigados vários particular, sem fins lucrativos, a pre- aspectos relacionados ao canil feitura tem que intervir, pois dinheiro público está sendo aplicado no local. que se localiza nas imediações A comissão definida pela Secretaria de do lixão municipal Administração é composta por três ser- vidores municipais, dentre os quais, a U m Processo Especial Administra- servidora Namir Buzetto. Ela confirmou tivo foi instaurado pela prefeitu- que já ocorreu uma visita ao local, bem ra de Ijuí, a partir de denúncia como estão sendo ouvidas as partes apresentada por um grupo de pessoas envolvidas, tanto os que efetuaram a em relação ao canil, que é mantido pela denúncia, como os que são responsáveis Associação dos Amigos dos Animais de pela administração do local. Ijuí (AAAI), localizado nas proximidades O grupo que realizou a denúncia expli- do lixão. A confirmação da abertura do cou que a ação foi motivada porque os processo foi feita pelo prefeito de Ijuí, animais estavam sendo mal alimentados Fioravante Ballin, que disse ao Jornal O inclusive com “quirela” e que a prestação Repórter que chegou ao conhecimento de contas não estava fechando com os da prefeitura denúncias sobre a situação recursos repassados. Ainda, que a ação do local. O prefeito, no entanto, preferiu será repassada ao Ministério Público. Situação dos animais que estão no canil mantido por Associação é um dos objetos de investigação da prefeitura não revelar quais os problemas que fo- Uma fonte disse ao Repórter que os ram indicados, mas observou que como problemas são variados, desde falta de outras pessoas para serem questionadas. Vigilância Sanitária também preferiu existe um convênio que leva ao repasse alimentação para os animais que estão O secretário da Administração, Osmar não tecer comentários, mas afirmou de uma verba da prefeitura para a Asso- alojados no local, condições inadequa- Prochnow, responsável pela formação que o local apresenta vários proble- ciação, visando a manutenção do local, das, tendo em vista o elevado número de da comissão, disse que compete à pre- mas que terão que ser resolvidos. Um tratamento dos animais alojados, deve cães e gatos, passando por maus tratos e feitura a investigação, tendo em vista deles, segundo Lorenzoni, é a falta de ocorrer a investigação. Ballin revela que a falta de emprego correto na verba que que existe um convênio e repasse de alojamentos adequados em função do “como trata-se de dinheiro público, num é repassada para a Associação. Todas recursos. Ele destacou que o processo número de animais que está no local. valor que chega a aproximadamente R$ as fontes questionadas pelo Repórter investigatório está no fim e a prefeitura “O local precisa passar por uma série 5.000,00, é necessário que a prefeitura confirmam a existência do processo, mas deverá adotar as providências necessá- de melhorias, inclusive no que se refere realize o trabalho”. quando questionadas sobre os motivos rias ao final do trabalho. ao cuidado com os animais que lá estão” O assessor jurídico da prefeitura, Gil- da averiguação, são reticentes e indicam O veterinário Adriano Lorenzoni, da comentou o veterinário. Deputado vem a Ijuí para debater FATORAMA PEC dos jornalistas Hélio Lopes fatorama.reporter@gmail.com Jornalista formado pela Uni- uma formação superior quali- versidade Federal de Santa Ma- ficada no Brasil”, afirmou. Nos A necessidade de mudança dos nossos o processo de instalação de serviços de es- ria (UFSM), o deputado federal últimos meses, Paulo Pimenta modos de viver foi um dos temas que per - goto, disse o secretário, acentuando que o Paulo Pimenta (PT-RS) estará, palestrou para diversas insti- meou os debates e oficinas do 3º encontro Estado está fazendo um novo ajustamento do na segunda-feira , reunido com tuições de ensino superior no da Rede Brasileira de Agendas 21 Locais, programa visando adequá-lo a capacidade de estudantes do curso de jor- Rio Grande do Sul, entre elas, aqui em Ijuí, na quinta-feira e ontem. pagamento dos municípios. nalismo da Unijuí, bem como UFSM e Unifra (Santa Maria), Estudiosos, pesquisadores e interessados com profissionais já formados Unisinos (São Leopoldo), PUC na temática ambiental trocaram experi- Confirmada a informação dada por esta e que atuam no mercado de (Porto Alegre), UCS (Caxias do ências e ideias nos dois dias do evento, coluna no final de outubro. O empresário trabalho na região. No encon- Sul), Unicruz (Cruz Alta), Ces- o maior já realizado no Rio Grande do Nelson Casarin, do Restaurante Caravela, tro, que acontece às 19h30, nors (Frederico Westphalen) Sul. Os organizadores – cidadãos ijuien- vai mesmo assumir o economato da Socie- Pimenta apresentará aos alu- e estudantes de jornalismo de ses que têm dedicado par te do tempo de dade Ginástica. Consequentemente, Natal nos a Proposta de Emenda à Pelotas. suas agendas para a causa – cumpriram dos Santos estará estabelecido em outro Constituição que protocolou A PEC dos Jornalistas, apre- a missão. Alguns, há mais de três anos já ponto no centro da cidade. na Câmara dos Deputados, co- sentada em 8 de julho deste vinham se reunindo, por meio da Aipan nhecida como PEC dos Jorna- ano, entrou em discussão nesta no sentido de discutir e contribuir na Aposentados de Ijuí estão atentos ao tra- listas, que busca restabelecer semana na Comissão de Consti- mobilização das comunidades, chamando balho dos nossos representantes na câmara a obrigatoriedade do diploma tuição e Justiça. Antes, em ma- a atenção para a necessidade de adoção federal, no que diz respeito ao projeto de para exercício da profissão. O nobra do deputado José Carlos de práticas sustentáveis, que venham a equivalência entre o reajuste de benefícios parlamentar também analisará Aleluia (DEM-BA), houve uma reduzir os danos causados a natureza. O da previdência social e o salário mínimo. Dar- a decisão do Supremo Tribunal tentativa de evitar que a Pro- grande desafio, tanto local quanto mun- císio Perondi e Pompeo de Mattos garantem Federal (STF), que no dia 17 de posta fosse apreciada, com a dial é a constr ução de uma sociedade que os governistas não resistirão a pressão. junho tornou inconstitucional solicitação da retirada do tema sustentável, a par tir do tripé: eficiência, Vamos aguardar! a exigência do diploma de jor- da pauta da CCJ. No entanto, o econômica, proteção ambiental e justiça nalismo. requerimento do parlamentar social. Presidente Sadi Pereira, do São Luiz, está Para o deputado Paulo Pi- baiano foi rejeitado por 29 impressionado com a impor tância das cate- menta, esta será a oportuni- votos contra 10.“Saímos com O secretário estadual do Meio Ambiente, gorias de base nos clubes Europeus. Aliás, dade dos estudantes tirarem a certeza de que a PEC será Berfran Rosado esteve ontem pela manhã nosso dirigente conversou bastante com dúvidas quanto ao conteúdo votada na próxima quarta-feira no parque Wanderley Burmann onde falou Ronaldinho Gaúcho e Assis em Milão sobre e tramitação da Proposta no (11). Todas as tentativas de para mais de 150 pessoas presentes no o projeto do Por to Alegre FC, integrante da Congresso Nacional. “Bem impedir que a votação acon- evento. Em entrevista à Rádio Repórter, primeira divisão gaúcha. Sadi inclusive foi informados, os futuros jorna- tecesse foram rejeitadas por abordou o tratamento de esgotos, que obsequiado com jantar pelos irmãos Morei- listas terão maior capacidade ampla maioria, mostrando com ainda é pequeno no estado atribuindo di- ra num grande restaurante de Milão. de argumentação, elevando o isso uma tendência favorável à ficuldades aos altos custos dos projetos nível da discussão social em admissibilidade da proposta”, que ao final , são pagos pela comunidade. Fatorama Saúde – hoje, às 10 horas, vamos torno da obrigatoriedade do declarou confiante o deputado As famílias já têm dificuldade para pagar conversar com o médico Jorge Brust, espe- nosso diploma e na defesa de Paulo Pimenta. a tarifa de água, o que torna demorados cialista em Endocrinologia e Metabologia.
  10. 10. 10 O REPÓRTER HISTÓRIA SÁBADO, 7 de novembro de 2009 ADEMAR CAMPOS BINDÉ Quando Ijuí foi rota das carreteras Fotos: Coleção Família Beck – Acervo MADP Na época em que o Rio Grande do Sul não tinha autódromo para as corridas de carros e as estradas asfaltadas praticamente eram inexistentes, as competições com as lendárias carreteras eram motivos de empolgação para os amantes do automobilismo A s corridas de carros pelas estradas empoeiradas do Rio Grande do Sul se constituíam em grandes atrações nas décadas dos anos de 1940, 50 e 60. As lendárias carreteras daquela época eram uma adaptação dos automóveis Ford e Chevrolet (e de outras marcas), modelos 1939 e 1940, para se transformarem em carros de corrida. Para essa transformação, eram retirados os paralamas, a grade frontal e o banco traseiro, substituindo-se a tampa do porta-malas por uma lona e aumentando a potência com mais carburadores e o uso de gasolina especial. A foto mostra outro carro atravessando as ruas da cidade Automóveis de diversas outras marcas, como o Aero-Willys, o Jaguar, o Galaxie, o DKW, o FNM-JK ou simplesmente JK, entre outras, eram presenças constantes nessas competições. Essas provas automobilísticas, que se realizavam no Estado e no País, eram disputadas em pistas quase sempre improvisadas e em circuitos de rua sem preparação prévia e eram acompanhadas por milhares de fãs desse esporte. Porto Alegre, Guaíba, Pelotas, Camaquã, São Leopoldo, Passo Fundo, Erechim, Rio Grande e, inclusive, algumas praias do Litoral Norte eram alguns dos cir- cuitos escolhidos. No ano de 1951, mais precisamente no dia 9 de setembro, Ijuí também es- teve na rota de uma dessas corridas. A prova que passou pela nossa cidade foi em homenagem ao grande piloto gaúcho do passado Norberto Jung. Os competidores passaram por Erechim, Santo Ângelo, Ijuí, Cruz Alta, Carazinho e Passo Fundo. O vencedor dessa prova foi Aido Finardi, de Passo Fundo, que Esta era uma das carreteras que passaram por Ijuí era conhecido pelo apelido de “Rei das Curvas”, pilotando uma carretera Ford. A RUA 19 DE OUTUBRO EM DOIS TEMPOS Foto: Coleção Família Beck – Acervo MADP Foto: Pancho A Rua 19 de Outubro, impor- tante ligação do centro de cidade com os bairros São José, Boa Vista, Erval, Fer- roviário e Alvo- rada sofreu uma grande transfor- mação com o de- correr dos anos. As duas fotos, colhidas de ân- gulo semelhante (proximidades do antigo Frigo- rífico Serrano), permitem que se faça uma compa- ração da meta- morfose sofrida por essa artéria. Lá pela década de 1940, a rua 19 de Outubro era assim Na atualidade, essa rua tem um novo visual
  11. 11. Padaria e Confeitaria Manchini: há 9 anos com você No dia 15 de novembro de 2001 foi inaugurada a Padaria e Confeitaria Manchini, tendo como proprietários Valdo e Maria Manchini. São nove anos prestando um atendimento diferenciado aos clientes, oferecendo produtos de qualidade. A Padaria e Confeitaria Manchini comercializa deliciosas tortas, salgados, doces, bolachas, cucas, salames, queijo colonial além de varie- dades em pães. A Padaria e Confeitaria Manchini realiza aten- dimento de segunda-feira à sábado das 7h30 às 12h e das 14h às 20h; aos domingos das 8h30 às 11h30h e das 16h30 às 20h. A empresa está lo- calizada na Rua Marechal Mallet n° 125, telefone (55) 3332-9249. Aceitamos encomendas! Big Burger: Como nenhum outro Inaugurou no dia 30 de outubro o Big Burger, local despojado e preparado para atender aos seus clientes com qualidade e agilidade. No local, podem ser apreciados deliciosos hamburguers, Milk shake, sucos naturais preparados na hora, nuggets e doces da Kempers Haus. Se você ainda não conhece, vá até a Rua Benjamim Constante, n° 541 no Centro e comprove porque o Big Burger é como nenhum outro. Para mais informações, entre em contato pelo telefone 3332.3566 ou acesse o site www.bburger.com.br. CMYK

×