Your SlideShare is downloading. ×
Dominios Germanicos
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Dominios Germanicos

8,575

Published on

Grupos de alunos do primeiro ano do Ensino Médio

Grupos de alunos do primeiro ano do Ensino Médio

Published in: Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
8,575
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
79
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Domínios germânicos Akisa, Aldenis, Alexandra, Álvaro, Angélica, Antônio, César, Cínthia, Dayana, Evilane.
  • 2. Domínios germânicos
    • 3 povos, após a queda do império romano: os Visigodos( Península Ibérica); os Ostrogodos (Península Itálica); e os Francos( Gália).
    • Atividades econômicas – Praticavam o pastoreio e a agricultura, assim como as pilhagens como atividade complementar.
    • O comércio consistia na troca de mercadorias sem grandes transformações.
    • Os principais produtos eram: madeira, pelos, âmbar, escravos, ouro e prata, tecidos e vinhos.
  • 3. Domínios germânicos
    • Atividades sociais – A cultura era uma fusão das culturas germânica e a romana.
    • Eram seminomades, a terra era coletiva embora houvesse lotes de uso familiar. As habitações eram rústicas assim como as roupas, feitas de peles e tecidos grosseiros.
    • A sociedade era pratiarcal cabendo ao chefe da familia os direitos e as decisões importantes. A reuniao de familias formam clãs, tribos ou comunidades, que se uniam aos Francos, os vândalos e aos godos.
  • 4. Domínios germânicos
    • Atividades religiosas – os germanos eram aminista. Acreditavam existir um paraíso (valhala), para onde iam os guereiros mortos levados por donzelas chamadas de valquirias.
  • 5. Domínios germânicos
    • Como erma os germanos antes da conquista – antes da conquista os germanos não se organizavam em um Estado centralizado, que só existia em tempo de guerra quando um líder( dux) assumia o poder do comitatus , exercito de guerreiros que eram pagos com parte dos saques que efetuavam.
    • As leis germânicas eram orais, daí o direito germano ser chamado consuetudinário, isto é baseava –se nos costumes.
  • 6. Domínios germânicos
    • A divisão do império – A península Itálica foi a região mais invadida pelos barbaros.
    • Atraidos pela importância e pela riqueza de Roma, e pela perspectiva de segurança vários povos lutaram pela região, entre eles: os Herulos, os Ostrgodos, os Francos, os Lombardos, os Vândalos, e os Normandos.
  • 7. Domínios germânicos
    • As ilhas britânicas – ocupadas pelos anglos, saxões e justos, unidos aos Bretões nelas fundaram sete reinos(heptarquia)
    • Os Vândalos, após sua passagem pela península Ibérica, especificamente na região da Andaluzia, estabeleceram no no morte da África. Os Visgodos inicialmente ocuparam a Gália, mas depois se deslocaram para a península Ibérica, onde fundaram um importante reino com capital Toledo. Os Burgúndios, na região da Borgonha romana, cristianizada, desde o século II, mas acabaram sendo incorporados pelos francos em 534.
  • 8.
    • No fim do século V, os francos fixaram-se no norte da Gália, encorparam a cultura romana, e se cristializam. Clãs rivaias acabaram unificados politicamente por Clovis, proclamado rei franco em 481.
    • Em 800, o papa Leão III, desejoso de converter o lado pagão e ampliar o seu poder espiritual corou Carlos Magno como imperador.
  • 9.
    • O fato de Carlos Magno ter sido coraoado imperador pelo papa tinha um grande significado simbólico. Isso representava que Carlos Magno seria o sucessor dos imperadores romanos.
    • A criação do império Carolingio foi muito importante para o aumento do poder do papa pois o papa era líder espiritual dos cristão e o clero desempenhava funções no estado. Mas também ocasionou um autoctonismo com imperador Bragantino que se considerava o legitimo sucessor do império romano.

×