o expresso  www.slideshare.net/jornaloexpresso | oexpresso@gmail.com | expresso@comnet.com.br                             ...
2                                                                                                                         ...
Jornal O EXPRESSO | Sábado e domingo, 26 e 27 de maio de 2012                                                             ...
4                                                                                       Jornal O EXPRESSO | Sábado e domin...
Jornal O EXPRESSO | Sábado e domingo, 26 e 27 de maio de 2012                                                             ...
6                                                                                          Jornal O EXPRESSO | Sábado e do...
Jornal O EXPRESSO | Sábado e domingo, 26 e 27 de maio de 2012                                                             ...
8          te em aque       Gen Dest                                                                                     J...
Jornal O EXPRESSO | Sábado e domingo, 26 e 27 de maio de 2012   9    Baile da 32ª Coxilha Nativista    N      a noite de s...
10                                                                                                     Jornal O EXPRESSO |...
Jornal O EXPRESSO | Sábado e domingo, 26 e 27 de maio de 2012                                                             ...
12                                                                                     Jornal O EXPRESSO | Sábado e doming...
Jornal O EXPRESSO | Sábado e domingo, 26 e 27 de maio de 2012                                                         13 C...
26demaio2012 oexpresso
26demaio2012 oexpresso
26demaio2012 oexpresso
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

26demaio2012 oexpresso

536

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
536
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

26demaio2012 oexpresso

  1. 1. o expresso www.slideshare.net/jornaloexpresso | oexpresso@gmail.com | expresso@comnet.com.br REGIONAL CRUZ ALTA - RS | Sábado e domingo | 26 e 27 de maio de 2012 | Ano 16 | Edição nº 765 | R$ 1,50Comunidade Governador Tarso Genro em Cruz Altada Abegay aindasem solução PÁG. 04 | PÁG. 03 Nesta edição DIA DE MOBILIZAÇÃO confira encarte Festa do Divino Espírito Santo PÁG. 02 PÁG. 04
  2. 2. 2 Jornal O EXPRESSO | Sábado e domingo, 26 e 27 de maio de 2012 Festa de Pentecostes na Catedral A Catedral do Divi-no Espírito Santo, cele- OPINIÃO Profº Claudino Albertonibra neste domingo, 27de maio, após a novena O NOME Rde 18 a 26 de maio, em efletir sobre a palavra nome se torna in-preparação, a Festa de teressante a partir do seu significado. OPentecostes. nome é a essência mesma do ser. Uma Às 10 horas, Missa coisa existe quando se lhe dá o nome. Conhecer oFestiva, para a qual são nome é conhecer a coisa ou a pessoa.convidados todas as co- O exegeta espanhol Evaristo Martin Nieto, emmunidades e após almo- seu livro Pai Nosso, nos explica de maneira clara oço no Salão Paroquial, que envolve a palavra nome. Ele diz textualmente:no valor de R$ 15,00 “... A coisa é o que o nome significa. Até mesmoe churrasco para levar a existência de uma coisa está na dependência dopara casa a R$ 25,00. nome, pois sem o nome não há existência real. No- À tarde, será inau- mear um objeto equivale a dar-lhe existência real.”gurado a automatização Os povos antigos sempre se preocuparamdo toque dos sinos. com o nome das pessoas. Eles consideravam a existência de alguém se tivesse nome. Hoje não é CARTORIO DO REGISTRO CIVIL Nova Diretoria diferente e se exige registro e documento porque “o nome designa a realidade profunda do ser, in- cluindo a pessoa e sua respectiva dignidade. Co- O Sindicato Rural de Cruz Alta realiza no dia 1º de nhecer o nome é conhecer a coisa ou a pessoa”. EDITAL DE CASAMENTO junho, a Solenidade de Posse da Nova Diretoria e Con- O mistério profundo do universo fez com que selho Fiscal gestão 2012-2015, às 20 horas, no Audi- nº 18/2012 tório do Sindicato, Parque Integrado de Exposições. os povos antigos se preocupassem com a existên- • LOTHAR PEREIRA JORGE Após a solenidade será servido jantar aos convidados. cia de alguém superior. Esse alguém não tinha DIRETORIA: nome. Passaram então a nomear esse ser supe- e SIRLEI SILVA DE OLIVEIRA Presidente: Airton Carlos Becker; 1º Vice: Adão Fernan- rior conforme as suas atividades ou conforme os • GILBERTO ALVES BARRETTO NETO do Portinho Carpes; 2º Vice: João Augusto Araújo Telles; fenômenos da natureza. Veja-se o Olimpo pagão. 1º Secretário: Daniel Jobim Badaraco; 2º Secretário: Silvio e ELIANE TEREZINHA FREITAS PEREIRA Américo Ohse; 1º Tesoureiro: Vladimir Orengo de Pietro; Acreditavam existir um ser superior que dominava 2º Tesoureiro: Valdir João Manjabosco. os diferentes fenômenos. • CATARINO ELBIO DA SILVA Suplentes: Roberto Paglioli Ferreira, Luiz Nelson Espelett Ve- Deus é o nome e a identidade do Criador e e VERA ELISABETH DOS SANTOS ríssimo, Sérgio Dockhorn Ferreira, Edésio Quaini, Antônio Carlos Senhor de todas as coisas. É o ser absoluto, Santo, Karnopp da Veiga, Alessandro Jung, Marília Beck Nessi. formidável, cheio de majestade, forte, indestrutível e Quem souber algum impedimento acuse-o na forma da lei. CONSELHO FISCAL: presente em toda a parte. Impressiona o sentimen- Cruz Alta, 25 de maio de 2012 Efetivos: Mauro César Stertz, João Antônio Nogueira da to que desperta, a entrega que provoca. Ninguém o Rui Fontana - Oficial Silva, Luciano Furian Ardenghi Suplentes: Fernando Dockhorn, Romulo Zanon de Bor- conhece. Catedrais e templos majestosos a ele são dedicados. A coisa é a casa de pedra. O nome é Cartório de Registro Civil toli, Maria Hochmüller Gutierrez. DELEGADOS REPRESENTANTES: Efetivo: Airton Carlos Becker; Suplentes: Adão Fernan- Deus. Casa de Deus. Adoração a Deus. Por isso os templos sempre foram refúgio aos perseguidos. ÓBITOS do Portinho Carpes, João Augusto Araújo Telles. Os profetas queriam saber quem era Ele. Questionavam aquela voz e desejavam ardente- mente saber o seu nome. Quando Isaías o ques- Nome Data Idade tionou ele respondeu: “Eu sou Javé, esse é meuFRANCELINO JOSÉ DA SILVA NETO 19/05/12 56 nome” (Is 42.8). Moisés, pressionado pelo povo 73 no deserto, queria saber como é Deus e perguntaALZIRA GIOPPO GOMES 18/05/12 por seu nome. Então Deus disse a Moisés: “EuSEBASTIÃO SILVERINO DA SILVA 19/05/12 83 sou aquele que sou” (Ex 3,14).NASCIMENTO PENA FAGUNDES 19/05/12 87 Nunca houve tanta ansiedade por conhecerOSVALDO ADOLFO TEIXEIRA 21/05/12 80 o nome do Senhor do universo. Quando o anjoJOÃO ITAMAR FRICK MELLO 22/05/12 78 anunciou o nascimento do Santo, o Salvador, o 57 Messias, disse: “darás a ele o nome de Jesus”. OLUCILDA DUMKE DOS SANTOS 22/05/12 próprio Jesus disse aos seus discípulos: “Eu e oJOAQUIM JESUS DE MATTOS 22/05/12 52 Pai somos um” (Jo 10,22-30). Nos conceitos diz-DEOCLECIO SILVA DE ALMEIDA 23/05/12 87 se que ao ente infinito e existente por si mesmo,VALDOIR DE AVILA DIAS 24/05/12 60 à causa necessária e fim último de tudo o que existe, ao ente perfeito, livre e inteligente, criador Cruz Alta, 25 de maio de 2012. e regulador do universo, dá-se o nome de Deus. Refletindo um pouco sobre tudo o que Jesus di-O EXPRESSO Responsável Técnico: vulgou e é sempre atual, podemos dizer que Deus Vinculado a: Jornalista é também o Verbo, a Palavra, o Amor porque “as Dr. Assis Brasil Soares Filho Palavras que vos disse são Espírito e Vida” (Jo 6, Registro nº:15.893/RS 60-69). Podemos também dizer que a Verdade, o Diagramação e Artes: Caminho, a Vida, são também o nome de Deus. ABS PUBLICIDADE E REPRESENTAÇÕES LTDA Odilar Zillmann Jesus Cristo é o Deus que se fez conhecer. Na CNPJ: 92.930.171/0001-38 Editora Chefe: Os artigos assinados são Cruz o homem foi libertado por Deus. Em todos os Sônia Gai de inteira responsabilida- tempos o homem sempre quis conhecer a Deus.Administração, Assinaturas, Publicidade e Redação: de de seus autores, não A busca ansiosa dos homens continua. O mistérioRua João Manoel, 810 - CEP: 98005-170 - Centro - Cruz Alta-RS Circulação: representando necessa- E-mails: oexpresso@gmail.com / expresso@comnet.com.br Todos os sábados continua aguçando a inteligência humana. O mis- riamente a opinião deste tério sempre responderá como a Moisés: “Eu sou Impressão: (55) 3303-5995 Cia de Arte - Ijuí jornal. aquele que sou”. É a identidade, Deus.
  3. 3. Jornal O EXPRESSO | Sábado e domingo, 26 e 27 de maio de 2012 3 Cruz Alta recebe edição dos Encontros Nossa Velha para o Desenvolvimento Nova Cruz Alta RUA PINHEIRO MACHADO O Governo do Estado realizou, nesta sexta-fei- ra (25), em Cruz Alta, mais uma edição doprojeto Encontros para o Desenvolvimento. Integran- Ao fundo, construção do Hotel Rosmerte do sistema de participação cidadã, o “Encontros”é mais um canal de escuta do Executivo com vistasao aprimoramento das ações e políticas públicas quepropiciem o crescimento das regiões. O governador Tarso Genro coordenou a reu-nião de trabalho em Cruz Alta, na companhia deuma parte do secretariado destacada para o Encon-tro. Em pauta, temas como agricultura, turismo,infraestrutura, desenvolvimento tecnológico, saú-de e segurança pública. Interlocutores definidospela região apresentaram os seus relatórios com asprioridades em cada tema citado. A reunião iniciou às 14h30 na Casa de Cultura Jus- Calçadão I Rua Pinheiro Machado, esquina Cel. Pillar tino Martins e foi aberta a comunidade e imprensa. Hoje Alfredo Roeber - roeber@comnet.com.br www.unimedplanaltocentralrs.com.br/cruz-alta
  4. 4. 4 Jornal O EXPRESSO | Sábado e domingo, 26 e 27 de maio de 2012 Dia de Mobilização Comunidade da Abegay rias remuneradas, somando tudo isto passa de 100% o custo do empregado ainda sem solução para o empregador. Desonerando a fo- lha de pagamento o empregador poderá pagar mais ao empregado, por isso que não se consegue pagar um salário jus- to, porque se aliviar a carga tributária as empresas terão mais funcionários. Hoje as pequenas empresas o trabalho é familiar, por não ter condições de ter um funcionário registrado”. Calcula-se que 40% da receita to- tal recebida por um trabalhador ao lon- go de um ano é para o pagamento de N esta sexta-feira, 25 de maio, o CDL realizou um Dia deMobilização denominado ‘Dia da Li- impostos. “ Este dia 25 de maio, com- pletaremos os dias que precisamos tra- balhar para pagar este valor. Por isso,berdade de Impostos’, com o objetivo lembramos esse fato à população. Tam-de mobilizar e conscientizar os cida- bém é um absurdo um país que não tem Cdãos brasileiros sobre as exorbitantes moradia construir estádios para a Copa onforme mesma do seu início Pergunta-se atétaxas de tributos que são pagar e em- do Mundo, já que os valores de um in- matéria pu- pois falta a metade ain- quando a comunidadebutidas nos produtos e serviços. gresso chegam a R$ 500,00. Hoje tudo blica no dia da para concluir. terá que esperar? Segundo o Presidente do CDL o que compramos pagamos impostos, 05 de maio, onde a re-Cruz Alta, Waldomiro Stefanello, o que para fazer estádios tem tempo e verba portagem do Expressonós empresários reclamos é da folha disponível, agora para criar um proje- esteve na Vila Abegayde pagamento. “ Hoje o mais grave no to para diminuir estes impostos não se no dia 03 de maio, con-Brasil é o custo dos impostos na folha consegue”, finaliza Waldomiro. versou com moradoresde pagamento do funcionário, pois ele O CDL sugeriu para os empre- daquela região que secusta o dobro para a empresa do valor sários que colocassem faixas pretas encontravam ansiososque ele recebe. Se desonerar a folha de em frente ao seu estabelecimento co- pelo término das obraspagamento, no resto não precisa nem mercial, um adesivo “Chega de tanto da praça e do campo demexer. O empregado ele recolhe para imposto”, que divulgassem os dados futebol, pois significao INSS de 9 a 11%, mas o empregador nas redes sociais e que conversassem área de lazer da comu-ele paga 8% FGTS, 20% de INSS, mais com os clientes esclarecendo os va- nidade Abegay. Pois ao 13º salário que tem que ser pago, fé- lores pagos. obra está paralisada, quando começam a trabalhar novamente a obra para. Essa área de lazer para a comunidade da Abegay é uma emen- da parlamentar desde o ano de 2008, pois além do atraso o ma- terial que é de pouca durabilidade, gostaria de saber qual seria a previsão de entrega da
  5. 5. Jornal O EXPRESSO | Sábado e domingo, 26 e 27 de maio de 2012 5 POLÍTICA CRUZ-ALTENSE Ademar e Bebeta fecham aliança PSB: administração. Queremos também projetar ações em PSdB, PPS, PRB, PV, todos sileira (PSDB), está tra- os partidos que não estão balhando para colocar o favor da saúde, educação e para a Prefeitura funcionalismo público. Nos na base da prefeitura, para tentar montar chapa, pegan- seu nome no cenário po- próximos 10 dias vamos lítico municipal. “ É um do as melhores pessoas de começar a definir os candi- partido que se diz que pe- cada partido, que seja feito datos”, finaliza Douglas. bom para o município”, fi- queno, mas hoje com um grande número de filia- PMDB naliza Rafel. dos está crescendo muito Segundo Rafael Bra- PDT em Cruz Alta. É um par- ga, Presidente do Partido tido que em duas eleições Movimento Democrático consecutivas teve um Brasileiro (PMDB), o par- Segundo Douglas Cos- tido desde o ano de 2009 representante na Câmara ta Beber Rocha, presidente passou por uma grande de Vereadores, o primei- do PSB, o Partido tem uma reestruturação para fazer ro com Ismar Panigas e proposta nova, trabalhando política em Cruz Alta. “ hoje sou eu. Vamos neste com nosso pré-candidato Nós buscamos as raízes pleito tentar colocar mais o vereador Cleberson Gar- do velho MDB, um par- candidatos no legislati- N din. “Sempre trabalhamos tido de base e voltamos a vos, assim aumentando a a manhã um grande desafio, que é dentro do partido com lema atuar com forte presença representatividade na ci- desta quin- o de continuar avançan- de que o time que não entra na comunidade. Saímos dade”, enfatiza Sônia. ta-feira, PT do nas mudanças inicia- em campo não tem torcida. da sede do partido e fomos O PSB fez parte do Gover- aos anseios da população Segundo o vereadore PCdoB definiram o das pelo Prefeito Vilsonnome da Vereadora Eli- Roberto “Integramos um no Municipal nestes quase Marino Marangon, Presi- dente do Partido Democrá- PPsabeth Carvalho Zavaglia governo realizador, mas sete anos, ajudando a cons- truir as coisas positivas, tico Trabalhista (PDT), oSilva, a Professora Bebe- ainda há muito a ser fei- partido faz parte da frenteta, para compor a chapa to, estou colocando meu mas chega um momento em que o partido tem que ampla, uma coligação quemajoritária a Prefeitura nome à disposição para so- reúne hoje oito partidos. tomar outro rumo, onde en-de Cruz Alta juntamente mar junto ao companheiro “Estamos trabalhando na tendemos que devm deixarcom o Vereador Ademar Ademar” disse Bebeta. de ser apoiadores do PT, consolidação da frente,Guareschi do PT. Partici- Fernando Cossettin, pensando politicamente em com a escolha dos pré-can-param do ato o Deputado Presidente do PCdoB, uma nova proposta. Que- didatos a vice e a prefeito,Estadual do PCdoB Raul lembra que este grupo remos avançar no que não que deve acontecer nosCarrion, o Prefeito Vilson também é formado pelo foi avançado no governo, próximos dias. O PDT já escolheu meu nome, Mari-Roberto, além de dirigen- PTB, que vem realizando continuando com os proje- nos bairros, nas vilas, com tos que vem dando certo. O uma participação efetiva. no Marangom, o PSDB dates dos dois partidos. um importante trabalho que muda no panorama po- Então, são três anos de Sônia de Bortoli, o PP es- De acordo com no setor da habitação. colheu Moacir Marchesan,Guareschi, a Professo- Segundo ele, estes parti- lítico é que o PSB vem con- construção diuturnamente, Moacir Marchesan, versando com todos os ou- fazendo com que o PMDB PMDB o ex-prefeito Ho-ra Bebeta do PCdoB é dos estão abertos a con- mercher. Destes nomes nos pré-candidato a Prefeito tros partidos que formam o mais tenha representativi-uma vereadora atuante versar com novas forças próximos dias será escolhi- do Partido Progressista frentão, colocando o nome dade em nossa sociedade.e tem apresentado bons políticas que queiram dar do os dois para serem os (PP), “Eu vejo o momen- do Cleberson para compor Hoje estamos presentesprojetos no legislativo. continuidade aos avan- uma chapa. Sabemos que os na ACI, OAB, diretórios pré-candidatos pela frente to em Cruz Alta bastante“Quando falamos com as ços implementados pela outros partidos também tem da Universidade, ou seja, ampla. Hoje Cruz Alta vive complexo. Não está sen-pessoas na rua, e pergun- atual gestão “há partidos, seus nomes vamos tentar queremos ouvir os anseios em um grande momento, do fácil os partidos defi-tavam sobre quem seria o que hoje não fazem parte construir um bom projeto”, da população. O parti- o PDT está forte e unido, nirem-se definitivamente.vice, e citávamos o nome da atual administração, diz o presidente. do não pode basear seu o exemplo está na esco- Existem as conversaçõesda vereadora, as pessoas entendemos que é preci- De acordo com Dou- governo no ‘achismo’, lha há bastante tempo do que estão acontecendo e onde cinco ou seis pesso- pré-candidato do partido.elogiavam muito a Bebeta so ampliar o grupo que glas, o PSB não quis apoiar todos desejam conquis- o prefeito sendo do PT. as de um partido se tran- Estamos apostando nessepelo trabalho que ela vem vem trabalhando em prol tar a prefeitura, por isso “Saímos para construir um cam dentro de uma sala e bom momento que Cruzdesenvolvendo na Câma- de nossa cidade, por isso Alta vive politicamente que está sendo construídara e também pela sua ex- queremos continuar dialo- caminho novo. Queremos acham que sabem o que para que possamos montar uma coligação de bom-periência administrativa a gando, com outras forças juntos com outras forças a população precisa. Isso partidárias um outro proje- fez com que tivemos um essa chapa majoritária e censo envolvendo váriosfrente da maior escola de políticas e com isso for- concorrer neste pleito para partidos. Não sei se vai to. Pois sabemos que Cruz número superior nos car-Cruz Alta, por isso tenho talecer a chapa Ademar e sairmos vencedores”, enfa- acontecer três candidatos Alta desenvolveu muito gos a vereadores. Vamosa certeza que temos uma Bebeta” disse Cossettin. pouco economicamente, os para as eleições com a no- tiza Marino. para prefeito, porém asgrande candidata em nossa Está é a primeira nossos empresários locais minata completa de candi- negociações estão sen-chapa” disse Guareschi. chapa, com candidatos a tem um descontentamento datos a vereadores, tendo PSDB do feitas. Eu ainda não Para Bebeta, este será Prefeito e Vice definidos. muito grande com a atual 16 pré-candidatos homens faço parte dessas conver- e 7 mulheres, totalizando sações, pois existe uma as 23 vagas a que temos grupo que está fazendo direito. O Partido vai estar na chapa majoritária, pois esse trabalho, construin- não podemos abrir mãos do junto com os outros desse projeto que viemos partidos, que formam a trabalhando há anos. As- frente ampla. Vamos ver o sim, teremos um repre- que vai acontecer, Espero sentante no executivo para que da parte do PP, neste vencer a eleição e logo es- final de semana se defina taremos anunciando nosso mais alguma coisa. O De- candidato a prefeito para a De acordo a vere- putado Pedro Westphalen cidade de Cruz Alta. Isso, adora Sônia de Bortoli, estará em Cruz Alta para com muita tranquilidade Presidente do Partido da definir este futuro do Par- estamos conversando com Social Democracia Bra- tido”, diz Moacir. o PSB, PDT, PP, DEM,
  6. 6. 6 Jornal O EXPRESSO | Sábado e domingo, 26 e 27 de maio de 2012 VARA DO TRABALHO TEM NOVO JUIZ TITULAR Banda Municipal O Juiz do Trabalho Federal junto à Vara doMárcio Lima do Ama- Trabalho e ressaltou aral, recentemente remo- importância da iniciativavido para atuar na Vara da reunião. Houve aindado Trabalho de Cruz diversas manifestaçõesAlta como Juiz Titular, dos demais presentes,promoveu uma reunião que foram acolhidasde apresentação nas de- pelo Juiz para estudo dependências da sala de sua implementação.audiências do foro, as- Como encerramen-sessorado pela diretora to, o Magistrado reafir-de Secretaria, Jacira Re- mou sua disponibilida- No início deste mês, começaram as aulas da de ao atendimento da Banda Municipal, na Casa de Cultura Justino Mar-giane de Ramos Silva e comunidade jurídica e tins, com o professor de música Marcos Ribeiro, for-sua assistente Adriana disse estar sendo muito mado em música pela Universidade do Rio GrandeGambini de Oliveira, do Norte e integrante da Banda da AD/3. bem recebido por esta, num clima de cordiali- Segundo o maestro e professor, reiniciando as dade e respeito. atividades da Banda Municipal conta com aproxima- A reunião, que trans- damente de 40 alunos. “Para se ter uma banda sin- correu em um clima des- fônica a média é de 30 a 50 pessoas. A Banda Mu- nicipal tem um vinculo com a Secretaria de Cultura, contraído, foi conside- levantamos o projeto juntamente com o Secretário rada excelente pelo juiz Alex Della Mea. Em outros anos já havia essa banda, Márcio Lima do Amaral mas por algum motivo ficou desativada e agora es- que, ao final, com os tamos retomando com uma nova metodologia, com cumprimentos de todos alguns novos alunos e outros que participaram da os participantes e votos banda anterior”, diz Marcos. de uma boa estada, rece- Ribeiro enfatiza que a questão dos uniformes não beu uma demonstração tem nada previsto ainda. “Há uma proposta de se ter um de acolhimento dos ad- uniforme para a banda, assim caracterizando-a. Temos vogados cruz-altenses. instrumentos para cerca de 60% dos alunos, alguns vão adquirir os instrumentos próprios, e outros vão esperar a possível ajuda que venha de algum patrocinador”. As aulas acontecem duas vezes na semana, na quarta e quinta-feira, a partir das 18 horas. “É bom frisar que no momento estamos apenas com aulas, sem ensaio, pois na minha metodologia é de ensinocontando com participa- de advogados atuantes serão respeitados e en- coletivo, já que mais da metade dos alunos nuncação expressiva dos ad- na cidade. caminhados ao deslinde tiveram uma experiência musical. Baseado-se nestavogados da área traba- Inicialmente, o ma- próprio. maioria, estamos ensinando desde o ABC musical,lhista. Participaram do gistrado fez uma breve O presidente da onde será divididos em três etapas. Estamos prepa-encontro o Presidente da explanação de sua carrei- OAB local deu as boas rados para fazer uma apresentação, mas temos queOAB – Subseção Cruz ra jurídica e, a seguir, ex- vindas ao recém-che- passar por todas esta etapas, o que seria possivelmen-Alta, Dr. Adaltro Cézar pôs suas expectativas na gado, colocando a es- te no mês de dezembro”, finaliza o maestro Ribeiro.Santos de Lima, e o Vi- atuação como juiz nesta trutura da OAB a suace-Presidente da Subse- cidade e seu método de disposição, bem comoção e coordenador local trabalho, convidando os fazendo um breve relatoda Comissão de Defesa, advogados a participar das atividades da atualAssistência e Prerrogati- com suas sugestões e gestão. Agradeceu, emvas dos Advogados, Dr. críticas. Enfatizou que nome dos advogados, oLuís Fernando Nunes de eventuais entendimentos funcionamento do PostoAmaro, e estiveram pre- divergentes, ao contrário de Atendimento Bancá-sentes algumas dezenas de significar confronto, rio da Caixa Econômica
  7. 7. Jornal O EXPRESSO | Sábado e domingo, 26 e 27 de maio de 2012 7 Cruz Alta reúne 600 pessoas para discutir Orçamento 2013 Cerca de 600 pes- de Cruz Alta, região do Para o coordenadorsoas participaram das Alto Jacuí. da Participação Cidadãdiscussões sobre as áre- As assembleias na Região do Alto Jacuí,as e programas que irão municipais, que estão Ederson Barbosa, Cruzreceber recursos do Go- ocorrendo nos 496 mu- Alta está de parabéns:verno do Estado através nicípios gaúchos, fazem “Apresentamos um gran-do Orçamento 2013. O parte da segunda etapa de debate de democraciadebate ocorreu na as- das discussões sobre as e cidadania, pois resga-sembleia municipal rea- prioridades das regiões tamos esse processo delizada nessa quarta-feira que irão compor a peça participação e, portanto,(23), na Casa de Cultura Orçamentária de 2013. retomando o desenvol- A assembleia de- vimento do Estado”. finiu ainda sobre os Como prioridades projetos regionais que para Cruz Alta, a comu- foram escolhidos pelos nidade elegeu investi- participantes. São eles: mentos em Segurança Desenvolvimento Rural Pública, principalmente (pesquisas na atividade a compra de um Ca- leiteira); Saneamento minhão Auto Bomba (construção de redes de Tanque para o Corpo água pela Corsan); Edu- de Bombeiros, e Saúde, cação (qualificação de mais especificamente um espaços pedagógicos) um aeroporto regional. apoio para o estudo de hospital com equipamen- e Turismo. Além dis- Também foi aprovado viabilidade do Hospital tos materno-infantis. so, a comunidade quer por maioria a moção de Regional. Primeira sessão da Câmara Mirim O projeto prevê seis sessões, que acontece- rão nas segundas-feiras, a partir das 19h, nos dias 28 de maio, 25 de junho, 30 de julho, 27 de agos- to, 24 de setembro e 29 de outubro. Vereadores Mirins: Nayara Lopes Arau- jo, Geovana Stangerlin de Mello, Vitória Veriato Pereira, Bruna Virginia de Oliveira Camargo, Nesta segunda-feira, 28 de maio, ca proporcionar aos jovens estudantes, Lázaro Scherer Vascon-acontece na Câmara Municipal de Ve- aprenderem na prática como funciona cellos Campos, Regisreadores, a primeira sessão dos verea- o Legislativo Municipal, vivenciando Dalvan Mohr, Maria Lui-dores mirins, a partir das 19 horas. como se desenvolvem as relações en- za do Nascimento Alves, O Projeto de autoria do vereador tre o poder público e a comunidade. “ Rafaela Machado Segat-Cleberson Gardin (PSB), tem por obje- Estes jovens muito antes de atingirem to, Josiane dos Santos dativo contribuir para a formação de cida- a idade legal para exercer seu direito de Silva e Matheus Antunesdãos conscientes de seus direitos e de- votar e ser votado, estão exercitando a Gonçalves.veres, capazes de compreender, inovar e cidadania, participando das discussõestransformar politicamente a realidade. e aprovação de leis de interesse da co- Segundo vereador, o projeto bus- munidade”, enfatiza Cleberson.
  8. 8. 8 te em aque Gen Dest Jornal O EXPRESSO | Sábado e domingo, 26 e 27 de maio de 2012 DARY E RENI FUNCK, casal coordenador da comissão organizadora da 32ª Coxilha Nativista, recepcionaram convidados e autoridades no lan- çamento do maior festival nativista do Estado. Cel. JOSÉ DANTE e MARIA ELIZABETH ALEGRETTI, felizes com a visita do filho, 1º Ten. FRANCISCO JOSÉ, na formatura de encerramento do curso de sargentos da EASA. AIRTON BECKER e CARLA, casal presiden- te do Sindicato Rural de Cruz Alta, realizam solenidade de Posse da Nova Diretoria e Conselho Fiscal gestão 2012-2015, dia 1º de junho, no Parque Inte- grado de Exposições. SONIA GOMES DE BORTOLI, vereadora do PSDB, recebeu muitos cum- primentos pelo transcurso de seu aniversário dia 21 de maio. Na foto, com o esposo IRINEU.
  9. 9. Jornal O EXPRESSO | Sábado e domingo, 26 e 27 de maio de 2012 9 Baile da 32ª Coxilha Nativista N a noite de sábado, 19 de maio, o CTG Querência da Serra foi palco do Baile deLançamento da 32ª Coxilha Nativista. O evento foianimado pelo grupo Os Maicá, onde foram apre-sentadas as novas prendas do Festival: Ana LuisaCôrtes Silveira, Evilin Pithan da Silveira e CarolinaBonatto. Os convidados foram recepcionados peloprefeito Vilson Roberto Bastos dos Santos, AlexDella Méa – Secretário de Cultura, Reni e DaryFunck – Casal da Comissão Organizadora. A apresentação do evento ficou por conta do ra-dialista e comunicador Zeca Amaral. O lançamen-to estadual acontece na terça-feira, 05 de junho, noRestaurante Vitrine Gaúcha, em Porto Alegre.
  10. 10. 10 Jornal O EXPRESSO | Sábado e domingo, 26 e 27 de maio de 2012 ( Folclore, Tradição, Chasques e outras Gauderiadas) ANGELINO ROGERIO • angelinorogerio@terra.com.br A DANÇA DA CHUVA Eu achava tudo muito semelhante ao nosso meio rural, pois também tínhamos fazendas, bons cavaleiros, tropas de gado que passavam pela “rua das tropas” lá perto de casa, e o rádio tocava músicas típicas gaúchas também. Prá mim, um gaúcho a cavalo era como um mocinho de cinema, um autêntico caubói. Tinha até uns gaúchos pacholas que usavam revólver na cintura, relho dependurado na guaiaca, chapéu tapeado na testa e an- davam pisando firme com suas botas longas. Como por aqui não existia o “saloon”, arrastavam suas esporas nos assoalhos das bodegas e bolichos de campanha. Na nossa imaginação, aqui também poderia ser o “velho oeste”. Os mocinhos do cinema sempre transmitiam uma mensagem de otimismo, de que o bem vence o mal, ban- didos e ladrões são punidos e a justiça sempre prevalece, que a lei e a ordem são os alicerces da sociedade, enfim, Q uando eu era gurizote, nosso passatempo davam bons exemplos e ajudavam a formar bons cidadãos. preferido, o verdadeiro programa de domin- Vi muitos filmes de “faroeste” mas os preferidos eram go, era ir à “matiné” no cinema. A sessão os que tinham os confrontos entre a cavalaria americana eda tarde, geralmente com dois filmes, era a sensação da os índios. Filme de faroeste sem índio não tinha graça. Achogurizada. A gente se programava, ajudava em casa pra que foram as primeiras lições que tive sobre conflito de inte-ganhar os “dois pilas” do ingresso, combinava com os resses, cada um puxando a brasa pro seu assado.amigos pra sentarmos todos meio juntos naquelas pol- Os pioneiros e desbravadores precisavam de terrastronas de madeira, enfileiradas feito teatro, e era incrível prá expandir o território, os índios lutavam para mantercomo a gurizada se comportava. Tinha o “lanterninha”, o suas terras primitivas. Então era briga de búfalo grande!...cara que botava ordem na sala, evitando algum excesso Passei a admirar e torcer por aqueles índios Apa-na plateia, mas no geral o ambiente só alterava quando o ches, Cheyennes, Sioux e Navajos, por sua luta social,herói do filme - o “mocinho” - perseguia o bandido prá sua filosofia de vida, sua cultura. Eles não se deixavamfazer justiça, fazer valer a força da lei. Aí, meu amigo, dominar, lutavam somente para manter suas terras e aera um terremoto, uma avalanche, um tsunami de gritos, cultura de sua gente, mas eram sempre vilões, os coita-palmas, uma “bateção de pé” incrível. Quando o filme ti- dos. Me encantava suas crenças e pajelanças. Sua espe-nha uma cena triste, emudecia a plateia e tinha gente que cialidade era a DANÇA DA CHUVA. Faziam seu ritualvoltava chorando até em casa. Mas quando tinha cenas de sagrado, invocavam seus Deuses e a chuva vinha mes-amor, a gurizada não perdoava as meninas ao redor, mas mo, irrigando e tornando férteis suas terras.sem exageros, tudo dentro dos limites, pois as donzelas Agora, como nos filmes de faroeste, temos visto porsempre tinham um irmão grandão por perto. aqui conflitos de índios contra brancos, exigindo terras e Dos gêneros de filmes, sempre gostei de aven- mais terras, e até invadindo órgãos públicos na capital paraturas, ficção e comédias e não teve um guri na minha fazer pressão e ganhar apoio de parlamentares e popula-época que não fosse “vidrado” em bangue-bangue. Os ção, enquanto enfrentamos a maior seca de nossa história.“cowboys” nos fascinavam, eram exímios cavaleiros, a Aqui, os interesses são outros, nossos índios politi-região em que viviam no “farwest” tinha fazendas de zados estão aprendendo a se “multiplicar”, e vão assimgado, bandoleiros e foras-da-lei, mocinhas bonitas e a aumentando suas tribos para terem mais poder, sob obela música “country” que nos encantava. manto protetor do Estado. Ao invés de tanta lambança, será que sabem, ao menos, fazer a Dança da Chuva?
  11. 11. Jornal O EXPRESSO | Sábado e domingo, 26 e 27 de maio de 2012 11 Zuleika Edler • Cultura • Arte • Atualidades • Dicas Horóscopo • Moda • Curiosidades 21/03 a 20/04 Cheia: Cresc. 28/05 a 04/06 “A alegria do coração prolonga a vida, ao passo que a tristeza a encurta”. Áries Oração da maçaneta É Bom Ler Reflita sobre os padrões que tendem a se repetir nos relacionamentos e modifique- os. À medida que avança o dia, entram em 21/04 a 20/05Não há mais bela música esquadrinhando a noite e seus mistérios. foco importantes questões familiares.que o ruído da maçaneta da porta,quando meu filho volta para casa. Nisso, na sala de se cala, estala Touro a gargalhada jovem Muito a ser reavaliado até o final de junho sobre valores, pessoas, recursos eVolta da rua, da vasta noite, da maçaneta que canta sentimentos. Questões envolvendo o tra-da madrugada de estranhas vozes, a festiva cantiga do retorno. balho devem ser revistas, conversadas e 21/05 a 20/06e o ruído da maçaneta E sua voz engole a noite imensa esclarecidas.e o gemer do trinco, com todos os ruídos secundários.o bater da porta que novamente se fecha, Gêmeoso tilintar inconfundível do molho de chaves Oh! os címbalos do trinco É importante constatar como o passado (padrões e atitudes) influencia o presente.são um doce acalanto, e os clarins da porta que se escancara Voltar atrás é uma tendência até o final de 21/06 a 21/07uma suave cantiga de ninar. e os guizos das muitas chaves que se abra- ... acampar está cada vez junho. Conversas e reflexões delicadas. çam mais difundido, seja com bar-Só assim fecho os olhos, e o festival dos passos que ganham a escada! raca, seja com motor home. É Câncer uma opção de viagem em queposso afinal dormir e descansar. Nem as vozes da orquestra as pessoas se instalam em con- Relacionamentos e carreira em transformação. e o tilintar de copos Percepção dos padrões que é preciso modificar. tato com a natureza de uma ma- Até o seu aniversário você está intensamenteOh! A longa espera, e a mansa canção da chuva no telhado 22/07 a 22/08 neira simples. Existem campin- envolvido com revisões e fechamento de ciclo.a negra ausência, podem sequer se comparar gs muito bem equipados, comas histórias de acidentes e assaltos ao som da maçaneta que sorri banheiros, cozinhas, churras- Leãoque só a noite como ninguém sabe contar! quando meu filho volta. queiras, tomadas para ligar apa- Este é um período muito especial, onde há relhos e toda infraestrutura que várias questões a serem refletidas e reconsi-Oh! os presságios e os pesadelos, Que ele retorne sempre são e salvo, torna a estadia no local agradá- deradas. Importante constatar o que você va- 23/08 a 22/09 vel. Mesmo fazendo amizade loriza e com quem compartilha esses valores.o eco dos passos nas calçadas, marinheiro depois da tempestadea voz dos bêbados na rua a sorrir e cantar. com outras pessoas, respeitee o longo apito do guarda E que na porta a maçaneta cante a privacidade delas. Não ligue Virgem som ou TV em volume que per- Reavaliação de propósitos e com quemedindo a madrugada, a festiva canção de seu retorno turbe. Se por acaso for acampar pessoas você compartilha seus talentos,e os cães uivando na distância que soa para mim fora de um camping, verifique virginiano. Dia importante para percebere o grito lancinante da ambulância! como suave cantiga de ninar. se não é proibido, se precisa de as inseguranças e carências que dificul- 23/09 a 22/10 permissão, se existem riscos tam a sua evolução.E o coração descompassado a pressentir Gióia Júnior ou se é possível acender fogo.e a martelar Do livro Orações do Cotidiano Nunca deixe lixo nem estrague Libra algo do local. Tendência a estar mais receoso, observadorna arritmia do relógio do meu quarto e reflexivo, pois há mesmo muito a reconsi- Hora do Lanche? derar. Reflexão e cautela não devem signifi- 23/10 a 21/11 car medo. Vá além dos antigos padrões. INGREDIENTES: Escorpião • 4 minibaguetes • 4 salsichas grandes • 4 colheres (sopa) de Questionamento sobre o que lhe nutre emocio- manteiga • 8 colheres (sopa) de leite • ½ xícara (chá) de creme de nalmente e também em termos mentais e cultu- leite • ½ xícara (chá) de queijo parmesão ralado. rais. Percepção dos aprendizados que estão em 22/11 a 21/12 MODO DE PREPARO foco atualmente e que mexem muito com você. Aqueça o forno a 200ºC. Corte as baguetes no sentido ho- rizontal. Dentro de cada uma, coloque uma salsicha. Acomode Sagitário Este é o momento de resgatar questões as baguertes, lado a lado, em uma assadeira. Em um recipiente, mal-resolvidas do passado. Há muito a re- misture manteiga, o leite, o creme de leite e o queijo parmesão fletir, a observar e a conversar. E isso se dá até formar um creme liso e homogêneo. Despeje o creme sobre as nos relacionamentos. Questões familiares, 22/12 a 20/01 baguetes e leve ao forno até dourar. Sirva em seguida. emocionais e financeiras estão em foco. Dicas: Capricórnio Até o final de junho muita coisa será re- Roupas: Esfregue o local com uma mistura de sal, vinagre pensada, revista e modificada. Separação branco e sumo de limão e coloque no sol. Peças sintéticas ou do joio e do trigo. Hoje a ênfase está nos relacionamentos e nas questões emocio- delicadas devem ser lavadas com leite e, depois, com água e 21/01 a 19/02 nais e de família. sabão neutro. Para limpar roupas brancas, deixe-as de molho em água sanitária. Para as coloridas, umedeça o local com suco de Aquário limão e água. Chegou o momento de enfrentar questões Ria Se Quiser emocionais delicadas, aquariano. Perceba como estão se repetindo antigas situações e sentimentos. Aprendizados. Reconsiderações 20/02 a 20/03 Não precisa, não! sobre o seu modo de expressar afeto. A avó pergunta ao Carlinhos: Peixes - Por que você atirou uma pedra na cabeça do seu primo, meu filho? Você pisciano sente, pressente, intui - Porque ele me beliscou, vovó. a grandeza deste momento de transfor- mações. Hoje a energia emocional está - E por que você não me chamou? – disse a avó. enfatizada. Mas não significa carência e - Pra quê? A senhora não ia conseguir acertar nenhuma pedra! dependência.
  12. 12. 12 Jornal O EXPRESSO | Sábado e domingo, 26 e 27 de maio de 2012 Coprel renova frota de veículos P ara atender aos cooperantes dos 72 municípios de suaárea de atuação com agilidade e reso- sadas e substituídas. Em 2012 foram investidos R$ 247.563,32 na aquisi- ção de veículos novos.lutividade, a Coprel investe constan- Além das picapes Ford Rangertemente em treinamentos, materiais e Courier, que dão suporte aos aten-e equipamentos para toda a equipe dimentos dos eletricistas, a Coprelde colaboradores. Os eletricistas, de conta também com motocicletas,modo especial, necessitam de veícu- sendo estas utilizadas para registroslos que proporcionem segurança e de leitura dos medidores. Todos osagilidade ao efetuar manutenções na veículos estão caracterizados com arede. Para isso, a Coprel conta com logo da cooperativa, identificando aspicapes Ranger, periodicamente revi- equipes em atendimento.Formulário de declaração de rebanho MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO CMS – 3ª DE ARTILHARIA DIVISIONÁRIA DA 3ª DIVISÃO DE EXÉRCITO (5ª Brigada de Artilharia/1915) ARTILHARIA DIVISIONÁRIA BRIGADEIRO GURJÃO O Comando da Artilharia Divisionária/3 pretende contratar e/ou credenciar, durante o ano de 2012, Organizações Civis de Saúde (OCS) e Profissionais de Saú- de Autônomo (PSA), para, de forma complementar, prestarem serviços de aten- dimento, em nível ambulatorial/hospitalar, aos Beneficiários do Fundo de Saúde do Exército, aos Militares isentos custeados por recursos orçamentários, aos Ex- combatentes, pensionistas de Ex-combatentes e dependentes, e aos Servidores Civis do Exército Brasileiro, ativos, inativos e seus dependentes, na forma da legislação vigente, nas seguintes especialidades: 1. Organizações Civis de Saúde (Contratar): 1.1 Clínica Geral e Especializada: Clínica médica, alergologia, imunologia, cardiologia, endocrinologia, gastro- O enterologia, geriatria e gerontologia, hepatologia, hematologia, infectologia, neu- s produto- ção anual de rebanho. a declaração de rebanho rologia, pediatria, pneumologia, psiquiatria, medicina intensiva, nefrologia, anes- res gaúchos O objetivo do cadas- está à disposição dos tesiologia, dermatologia, mastologia, reumatologia, cirurgia geral, cirurgia plástica, têm até o tramento é atualizar o criadores no site: www. ginecologia e obstetrícia, oftalmologia, otorrinolaringologia, oncologia, ortopedia edia 31 de maio para en- inventário de animais agricultura.rs.gov.br. traumatologia, urologia e proctologia.caminhar junto às Ins- 1.2 Diagnose e terapia: de produção em cada Além disso, o documen-petorias Veterinárias Anatomia patológica e citopatologia, cardiologia, eletroencefalografia, endos- propriedade rural. to pode ser retirado eme Zootécnicas (IVZ s) copia digestiva, neurofisiologia clínica, medicina física e reabilitação, genética, Na declaração, os todas as Inspetorias Ve- patologia clínica, tisiopneumologia, quimioterapia, radioterapia, radiodiagnóstico,de seus municípios, o proprietários devem terinárias. radiologia geral, medicina nuclear, ultrassonografia, tomografia computadorizada,formulário de declara- apontar a quantidade Conforme previsto ressonância magnética e medicina do sono. de animais de cada es- na lei 11.099, todos os 2. Profissionais de Saúde Autônomo (Credenciar): pécie, além de coletar animais de produção em Clínica médica, alergologia, imunologia, cardiologia, endocrinologia, gastro- informações quanto ao posse do produtor rural enterologia, geriatria e gerontologia, hepatologia, hematologia, infectologia, neu- gênero (sexo), catego- devem ser declarados. rologia, pediatria, pneumologia, psiquiatria, medicina intensiva, nefrologia, anes- ria (idade), finalidade Os criadores que não en- tesiologia, dermatologia, mastologia, reumatologia, cirurgia geral, cirurgia plástica, dos animais (corte, leite, tregaram o documento ginecologia e obstetrícia, oftalmologia, otorrinolaringologia, oncologia, ortopedia misto) e tipo de explora- estarão sujeitos às pena- e traumatologia, urologia, proctologia, psicologia, fonoaudiologia, fisioterapia e te- ção (ciclo completo, re- lidades estabelecidas em rapia ocupacional. Os interessados deverão contactar a Seção de Aquisições Licitações e Contra- cria) para cada uma das lei, que preveem auto de tos (SALC), no Posto Médico de Guarnição de Cruz Alta (PMGuCA), situado na espécies existentes da infração e multa (2% so- Rua Borges de Medeiros, Nr 163, fones: (55) 3322-6382 ou (55) 3322-6200 (Ramal propriedade. bre o valor dos animais 207), ou pelo e-mail:omar@ad3.eb.mil.br, para receberem informações das condi- O formulário para não declarados). ções necessárias para a realização de contrato (OCS) ou de credenciamento (PSA).
  13. 13. Jornal O EXPRESSO | Sábado e domingo, 26 e 27 de maio de 2012 13 CRÍTICA & AUTOCRÍTICA • a.b.s. fº DE QUEM É A RESPONSABILIDADE ? salários que ganhavam, to de arrendamento para hoje vemos os ditos “pa- o governo estadual ou trões” grandes lavourei- federal, será que nenhum ros e agricultores ocu- político enxerga que o parem clandestinamente desmatamento começou todas estas áreas que es- pelo avanço arbitrário tavam guarnecendo suas dos aproveitadores, opor- lavouras e estradas para tunistas em destruírem e manter o equilíbrio eco- apropriarem-se das terras lógico? que não suas, sendo uni- Agora o governo, camente “lindeiros” da juntamente com os “di- União e não proprietários nâmicos políticos”, vêm das mesmas? As divisas F aos meios de comunica- pelas cercas ¬¬¬ficam alam , falam, quanto desmatamento ção falar insistentemente muito distantes da estra- debatem, nos novos municípios que em controlar a população da, isso não é invasão ao criam lei e surgiram ao redor destes quanto ao uso do líquido patrimônio alheio? Pen-códigos para controlar a estados, também do Sul, mais precioso à sobrevi- sem nisso!derrubada das matas ci- praticamente íamos nosliares e dos biomas bra- deliciando com a belasileiro. O governo quer paisagem das matas e ocontrolar áreas dentro frescor do vento que eradas propriedades dos proporcionado pela som-“OUTROS”, ou seja, dos bra das frondosas árvoresprodutores, agricultores que purificavam o ar?, agropecuaristas até lati- Constatamos quefundiários que certamen- a margem das estradaste pagaram para adquiri- eram verdadeiras matasrem suas propriedades, virgens cortadas peloporém esquecem que há desenvolvimento, masmuito tempo vem sendo no século XXI o que es-desmatado o estado e o tamos vivendo e vendopaís desordenadamente são lavouras chegando àpor agricultores ganan- faixa de rolamento e as vência que é a Água.ciosos. cercas das propriedades Devido as grandes É só viajar e observar lá distantes praticamente SECAS que assolam todoquando nos deslocamos a 100 metros em toda a o estado, acreditamos quea outros municípios da extensão das enormes la- nós temos que saber e terredondeza de Cruz Alta vouras de soja. consciência do por que dae constatamos as matas Perguntamos às au- falta deste líquido?que costeavam as lavou- toridades competentes, se Observamos que nãoras bem como as estra- estas áreas que antes eram são cumpridas as Leis jádas que nos conduziam ocupadas com lavouras existentes que preservama Santo Ângelo, Santa de milho ou até soja que a natureza. Estes desma-Rosa ou Panambi, Porto os peões plantavam em tadores “liberais” ganan-Alegre ou mais longe, pequenos trechos no lado ciosos ocupam e aindaMato Grosso, Acre entre de fora da cerca dos pa- desmatam estas terras deoutros , para não dizer até trões, nas estradas, para livre arbítrio sem qualquerquando fizeram Brasília, aumentarem seus parcos autorização ou pagamen-

×