• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Edição 72   fev 2012
 

Edição 72 fev 2012

on

  • 938 views

 

Statistics

Views

Total Views
938
Views on SlideShare
938
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Edição 72   fev 2012 Edição 72 fev 2012 Document Transcript

    • Jornal do Sertão INTEGRANDO A REGIÃO Sertão de Pernambuco - Fevereiro / 2012 Ano VI - Número 72 E-mail: jornaldosertao@hotmail.com CARNAVAL Serleite:Folia leva alegria empresae gera movimento modelona economia dos do setorsertanejos Pág 20Pág 19 EDUCAÇÃO PetrolinaProfessores da ganharárede municipal de CentroPetrolina recebem kits Administrativotecnológicos no Vale Pág 10Pág 21 SAÚDE Dilma e comitiva caminham pelos trilhos da transnodestina em Salgueiro CarnaubeiraCirurgia complexa é Dilma garante conclusão da da Penharealizada pela primeira transposição e transnordestina sem água potávelvez no Sertão Presidente visitou pela primeira vez as duas principais obras estruturadoras do Governo Federal na região e afirmou que tudo que o governo tinha que fazer para atender as necessidades das empresas foi feito.Pág 15 Pág 11 Pág 4 Homenagem Ciência Gonzagão Campeão do carnaval carioca 2012 Pág 2 Habitação Cactos raros Programa Minha Casa Minha vida sob risco na Arranjos Produtivos mudam a economia sertaneja. Em Serra, é ampliado na região caatinga mais de 1500 agricultores estão inseridos nesse modelo Pág 22 Pág 7 Pág 9
    • 2 Jornal do Sertão - Fevereiro de 2012 / Edição 72 Fique por dentro Encerrado há pouco, o car- naval 2012 trouxe Lei da Ficha Limpa grata surpresa para o Sertão pernambu- já vale este anocano: a vitória da escola desamba Unidos da Tijuca, Foram dois anos de ex- tar políticos condenados porno Rio de Janeiro, com en- pectativa, mas no dia 16 de órgãos judiciais colegiados porredo inspirado na obra de fevereiro, o Supremo Tribu- uma série de crimes, como la-um sertanejo, Luiz Gonza- nal Federal (STF) considerou vagem de dinheiro, formaçãoga. Ponto para Exu, terra constitucional a Lei da Ficha de quadrilha e contra o patri-de nascimento do Rei do Limpa. Ao todo foram 11 ses- mônio público, por improbi-Baião, e um “ganho extra- sões para discutir o assunto dade administrativa, por cor-ordinário” para toda a cul- desde 2009. Pela decisão do rupção eleitoral ou compra detura pernambucana, como tribunal, a lei de iniciativa po- voto, mesmo que ainda pos-bem definiu o governador pular que contou com o apoio sam recorrer da condenaçãoEduardo Campos. A pers- Comissão de frente encantou com as safonas humanas de 1,5 milhão de pessoas, atin- a instâncias superiores.Tam-pectiva é de que o Estado, girá, inclusive, atos e crimes bém estarão impedidos de dis-por conta disso, permaneçacom mídia espontânea por Gonzagão Campeão praticados no passado, antes da sanção da norma pelo Con- putar as eleições aqueles que renunciaram aos seus manda-cerca de 10 meses ainda. O carnavalesco Paulo Bar- num arraial em pleno Carna- gresso, em 2010. tos para fugir de processos de O carnaval carioca é ros levou mais um titulo do val. O xote, o baião e o forró se A partir das eleições deste cassação por quebra de decorotransmitido para 160 paí- carnaval do Rio de Janeiro e uniram ao samba para festejar ano, não poderão se candida- parlamentar.ses. Quase 20 mil jornalis- desta vez homenageando o Luiz Gonzaga e a vitória. Ostas cobrem o evento, o que,em outras palavras, joga nosso Rei do Baião, Luiz Gon- zaga, que em 2012 completa- conterrâneos de Gonzagão não falavam em outra coisa. Emo- Alternativo ganhagrande luz sobre o Estadoatravés do que foi criado ria 100 anos. Paulo deu vida à história do mestre Lua, levan- ção e orgulho tomaram conta da cidade desde o desfile à di- estacionamentopor um filho do Sertão. do o enredo do centenário de vulgação do resultado. Debai- Pensando em melhorar o nicipal de Desenvolvimento O Governo de Pernam- Luiz Gonzaga para a Unidos xo de um juazeiro, a conquis- trânsito de Serra Talhada, a Econômico, Célio Antunes, abuco investiu na relação da Tijuca, a escola campeã. ta foi comemorada ao som de Prefeitura Municipal, através previsão é de que o espaço es-com a escola de samba Em Pernambuco, essa vitó- uma animada roda de sanfona da Secretaria de Desenvolvi- teja pronto em março. “Todosdepois de tomar conhe- ria foi comemorada por toda – do jeito que Gonzagão gos- mento Econômico, está cons- os veículos serão cadastrados ecimento, via pesquisa da parte, principalmente no Ser- tava. “Isso é uma prova de que truindo um estacionamento adesivados. Dessa forma, alémEmbratur, que 98% daque- tão, já que o homenageado era Luiz Gonzaga envolve todos os exclusivo para veículos que de facilitar na identificação doles que conheciam o Brasil sertanejo de Exu, na região do segmentos de cultura”, diz o fazem transporte alternativo veículo para os usuários, vaiassociavam o País ao Rio Araripe. sanfoneiro Joquinha Gonzaga, entre Serra e cidades vizinhas. garantir a vaga do veículo node Janeiro e o aspecto que A cidade se transformou sobrinho do mestre. Segundo o secretário mu- local”, explicou Antunes.mais chamava atenção dos Uma nova eraentrevistados era o carna-val. Outro ponto para o Ser-tão, este mês, veio com avisita da presidente Dilma Com esta edição gião jornalisticamente e todas chegando até o Sertão do São todo o respeito, por res-Rousseff às obras de trans- de nr 72, de feverei- as suas peculiaridades como Francisco. São seis anos com peito ao público leitor queposição do São Francisco e ro de 2012, o Jornal do forma de fomento ao seu de- circulação ininterrupta obe- aguarda mensalmente o seuda Transnordestina. Serviu Sertão completa seis anos senvolvimento. Com circula- decendo a um planejamento jornal. Durante seis anospara que a presidente pe- informando e noticiando fa- ção mensal, uma diagramação prévio de datas e prazos no temos primado pela preser-disse celeridade e lanças- tos e acontecimentos do Ser- moderna, linha editorial de cumprimento do seu crono- vação de sua linha editorialse 2014 como prazo para tão de Pernambuco. Defen- auto-estima, registra impar- grama de circulação. Esse de auto-estima, procurandoo término. Ao pé da letra, dendo os interesses de toda cialmente tudo que ocorre em processo de produção inclui: mostrar o Sertão sob a óticasignifica atraso, já que, a região sertaneja e gerando sua estrutura desenvolvimen- Coleta de informações, checa- do desenvolvimento. Nossaem outubro de 2009, o ex- uma interatividade entre os tista. Sua circulação abrange gem da notícia, editoração, im- responsabilidade cresce àpresidente Lula esteve com seus municípios, ele se con- as cidades de Arcoverde no pressão, distribuição e circu- medida que o Sertão se de-Dilma, então ministra, em solida como o único jornal Sertão do Moxotó, passando lação. Existe toda uma cadeia senvolve.Custódia, e prometeu que regionalizado do Sertão de por Serra Talhada, no Ser- de profissionais envolvidos e Antônio José Bezerra de Meloo Eixo Leste estaria pronto Pernambuco. Traz como tão do Pajeú, indo ao Sertão comprometidos com esse pro- Marketing Editorialem 2010 e o total até 2012. proposta potencializar a re- Central e Sertão do Araripe e cesso aos quais evidenciamos ajbezerrademelo@hotmail.comA Transnordestina tinhao mesmo prazo inicial. OJornal do Sertão torce paraque, dessa vez, o tempo Expediente Jornal do Sertão Ano VI Nº 71 | Janeiro de 2012 Produção Editorial MG Comunicação Empresarial Tiragem - 10.000 exemplares Direção de Jornalismo Renata Bezerra de Melo | Direção de Marketing Antônio Joséseja respeitado. Reportagens/Edição Cinara Marques DRT/PB 1070 | Diagramação Danielle Adolfo Impressão - Gráfica Jornal do Commércio Distribuição Circulação - Sertão de Pernambuco | Recife - Mourinha Representações. Colaboradores Alberto Sulino, Francys Maya, Helena Conserva, Ladijane Araújo Governo do Estado - Assembléia Legislativa | Galeria do Hotel São Cristovão Holanda, Antônio Faria, Iara Diniz. Secretarias de Estado | Brasília-DF Serra Talhada PE MG Comunicação Empresarial Ltda. Renata B. de Melo Ministério da Integração Regional Fone (087)3831 7053 Av. Caxangá, 903/904 - Edf. Caxangá Trade Center, Madalena - Recife/PE - 50720-000 Editora Geral Distribuição gratuita F:81.3031.1563 / E-mail: jornaldosertao@hotmail.com
    • Jornal do Sertão - Fevereiro de 2012 / Edição 72 3
    • 4 Jornal do Sertão - Fevereiro de 2012 / Edição 72 Dilma visita transposição e Transnodestina Foto: Aluisio Magalhães No último dia de visita ao Nacional, que acompanhou aSertão pernambucano, no dia presidente na visita. Também9 de fevereiro, a presidente na comitiva estiveram os go-Dilma Rousseff, do PT, focou vernadores de Pernambuco,o roteiro nas cidades de Par- Eduardo Campos, e do Ceará,namirim e Salgueiro. Dilma Cid Gomes, ambos do PSB.visitou as obras da Ferrovia “Eu vou fazer uma discus-Transnordestina e garantiu a são aqui e o governo vai sina-conclusão da obra para 2014. lizar, isso significa um ritmo “Esta é uma viagem de determinado de obra. Significatrabalho. Queremos que se que vamos querer resultados”cumpram os prazos da Trans- declarou a presidente. A obranordestina. O governo quer Presidente se reune com construtores, governadores e o ministro da Integração, Fernando Bezerra de transposição deve direcio-que essa obra seja sistematica- nar água do Rio São Francisco,mente realizada, que não haja po quando a Transnordestina pra garantir que essa obra seja vão ser contratadas para reali- em Pernambuco, para Bahia,interrupções. Vamos cobrar começar a operar. “Uma ferro- realizada, e transformar essa zar “saldos” remanescentes do Rio Grande do Norte e Ceará.isso das empresas que estão via dessa não existia na região, ferrovia na ligação de todo o empreendimento. De acordo com o governo fe-tocando a obra. Vamos acertar só no Sudeste, agora você tem Nordeste”, acrescentou. “Terão novas empresas, deral, 12 milhões de pessoasos nossos parafusos para que um eixo de desenvolvimento No dia 8 de fevereiro, a sim. Como nós vamos relicitar devem ser beneficiadas com ohaja uma solução mais rápida, aqui muito grande tanto para presidente esteve sobrevoan- saldos remanescentes, vão ter abastecimento de água. A obraporque ela é de imenso inte- transporte de grãos quanto do os trechos da obra da trans- novas empresas fazendo obras é avaliada em R$ 7 bi e deve-resse para a região”, disse a para o de minério. Onde tem posição do rio São Francisco. que não foram concluídas.”, ria ser concluída este ano. Opresidente. uma ferrovia, tem um cami- Ela desceu em Floresta para afirmou. As chamadas “obras governo federal não deu novo Dilma Rousseff frisou a nho de desenvolvimento e o fazer a inspeção. Em Juazeiro remanescentes” vão signifi- prazo para a entrega, mas Fer-importância da ferrovia para o que queremos é concluir essa do Norte (CE), onde pernoi- car aditivos de R$ 1,9 billhão, nando Bezerra tem apontadoNordeste, que antes esquecido ferrovia até o final de 2014, tou, Dilma disse durante en- segundo o ministro Fernando entre os anos de 2013 e 2015no passado, terá um novo tem- sem exceção. Estamos aqui trevista, que novas empresas Bezerra Coelho, da Integração para o término da obra. Transposição avança em Cabrobó As obras que compõe a a água do rio São Francisco, serviço contempla a execução de Areias, em Floresta (PE). Projeto São Francisco. Dos 16construção das três estações é necessário, primeiramente, de terraplanagem e tratamento Nesta meta estão presentes lotes existentes, quatro estãode bombeamento do Eixo Nor- realizar movimentos de terra dos taludes, drenagem interna todas as estruturas que irão paralisados. O lote 4, em Ver-te do Projeto de Integração do de escavação na parte superior e externa de proteção do siste- compor os mais de 700 km de dejante (PE), e o lote 7, em SãoRio São Francisco estão avan- do solo, as camadas arenosas ma adutor e a manutenção do extensão. São canais, estação José de Piranhas (PB), cujosçando. Em Cabrobó (Sertão e argilosas. Após a conclusão canteiro central e de apoio da de bombeamento, aquedutos contratos estão sendo rescin-do São Francisco), os serviços desses serviços, serão realiza- obra. O canteiro de obras já e barragens. Dessa meta, já didos e os lotes 9, em Florestano lote 8 foram retomadas na das as escavações mais pro- está instalado no município de foram realizadas 81% do canal (PE), e o 10, em Custódia (PE)segunda quinzena de dezem- fundas, nos trechos rochosos, Salgueiro (PE). As primeiras de aproximação, 60% da Es- que serão remobilizados até obro de 2011. São 150 trabalha- utilizando dinamites para atividades, relativas à mobi- tação de Bombeamento, 98% final deste mês de fevereiro.dores com carteira assinada detonações. Para este tipo de lização de trabalhadores e a do canal de adução e 93% do Atualmente, 3.900 traba-e 44 máquinas operando em serviço são usados caminhões implantação do canteiro, ini- reservatório Areias. lhadores estão empregados e oescavações e retirada de ter- fora de estrada, com capaci- ciaram em novembro de 2011, NNNNNNNNNNNNNN Ministério da Integração pre-ra. As frentes de serviço atu- dade para transportar até 120 e o contrato deste trecho está Empregos vê cerca de 6.500 funcionáriosam simultaneamente entre os toneladas. orçado em R$ 275,9 milhões. Após a conclusão da rene- para as próximas fases da obramunicípios de Cabrobó e Sal- O Ministério da Integração A primeira meta, chamada gociação dos contratos exis- que vai ofertar água e garantirgueiro (PE). Nacional emitiu, em dezembro de projeto piloto, será conclu- tentes, o Ministério da Integra- a segurança hídrica para 12 Para iniciar as construções de 2011, a segunda ordem de ída no final deste ano. A meta ção iniciou uma nova etapa em milhões de pessoas nos esta-das estações de bombeamen- serviço do lote 8 no valor de compreende a captação do rio outubro de 2011 com a remo- dos de Pernambuco, Paraíba,to, responsáveis por bombear R$ 134,8 milhões. A ordem de São Francisco, até a Barragem bilização nos lotes de obra do Rio Grande do Norte e Ceará.
    • Jornal do Sertão - Fevereiro de 2012 / Edição 72 5 Sertão vence Sebrae Mulher de Negócios A empresária Bernadete produtivos com a geração deVieira de Almeida, de Cabro- trabalho e renda, também es-bó, (Sertão do São Francisco), tabelecidos formalmente háconquistou Prêmio Sebrae no mínimo um ano).Mulher de Negócios 2011. A “Hoje, nós mulheres somosedição 2011 da versão estadual consideradas a maior força deda premiação contou com 191 trabalho do mundo”, desta-inscritas e 13 finalistas. A pro- cou a diretora administrativaposta é identificar, selecionar do Sebrae em Pernambuco,e premiar os relatos de vida de Maria Cândida Moreira. Amulheres empreendedoras de premiação é dividida em duastodo o País. etapas: a estadual e a nacional. Como proprietária da em- Na primeira, as selecionadaspresa do comércio varejista recebem troféu, certificado eBel Móveis, Bernadete atua direito de uso do selo de ven-em Cabrobó e em outras ci- cedora estadual, além de cursodades da região há 26 anos. na Matriz de Soluções Educa-Muito emocionada, traduziu cionais e/ou 16 horas técnicasa conquista como inesperada: de consultoria.“Não estava esperando. Gos- A iniciativa é do Sebraetaria que as empreendedoras A vencedora foi a empresária Bernadete Vieira, de Cabrobó em parceria com a Secretariasentissem o que estou sentin- Especial de Políticas para asdo. Digo a elas que não desis- tornar empreendedoras. Pátio, no Recife. nas empresas estabelecidas Mulheres e a Federação dastam nunca”. O nome de Bernadete, O reconhecimento é dire- formalmente há pelo menos Associações das Mulheres de O Prêmio visa a transfor- como vencedora da etapa es- cionado às mulheres empre- um ano); e Negócios Coleti- Negócios e Profissionais domar sonhos em realidade e fa- tadual na categoria Pequenos endedoras com mais de 18 vos (para membros de grupos Brasil (BPW), tendo o apoio dazer com que os relatos sirvam Negócios, foi anunciado no dia anos inseridas nas categorias de produção formal, compre- Fundação Nacional da Quali-de exemplo para todas as ou- 7 de fevereiro, numa solenida- Pequenos Negócios (para pro- endendo cooperativas e asso- dade (FNQ).tras mulheres que desejam se de realizada no restaurante O prietárias de micro e peque- ciações de pequenos negócios
    • 6 Jornal do Sertão - Fevereiro de 2012 / Edição 72 Coluna Proteção social básica Jurídica Antonio Faria de Freitas Neto ampliada em Bodocó Advogado Bodocó, no sertão per- por dois técnicos de nível su- to Social e do Combate à Fome, nambucano, está entre os mu- perior (assistente social e psi- e executada pela Prefeitura, nicípios contemplados com cólogo) e dois técnicos de nível através da Secretaria Munici- LEGALIZAÇÃO Equipes Volantes do Centro médio, cuja equipe, se desloca pal de Desenvolvimento So- de Referência em Assistência para abranger todos os territó- cial, da Mulher e da Igualdade DE SOFTWARES Social (CRAS). O objetivo do rios do município. O trabalho Racial. programa é garantir o acesso consiste na identificação de O município de Bodocó de famílias em extrema po- situações de vulnerabilidade e conta com os serviços de dois Desde a sanção da já antiga Lei de Softwares de nº 9.609/98, breza à Política Nacional de risco social, registros de infor- CRAS, que estão localizados todos os programas de computador passam a ser regulados Assistência Social e às demais mações sobre atendimento, en- na sede e no distrito de Sipaú- pela legislação de direitos autorais em nosso país. Assim, ficam políticas públicas caminhamento e acompanha- ba. “Está é uma ação que for- resguardados vários direitos do titular autorais, conforme As equipes prestam servi- mento às famílias, realização talecerá ainda mais os serviços veremos adiante. ços de proteção social básica das atividades que compõem desenvolvidos pelo CRAS no O Estado, por sua vez, começa a coibir eficazmente a às famílias carentes que vivem o Serviço de Proteção e Aten- município, com o registro de reprodução ilegal dos programas, bem como o uso do direito em municípios com áreas ex- dimento Integral à Família informações das famílias que autoral. Importantíssimo frisar que as punições estabelecidas tensas, rurais, isoladas e de di- (PAIF), atualização cadastral e vivem nas localidades mais por essa legislação, não abrangem, os que usam em seus fícil acesso. Dia 8 de fevereiro inclusão no Cadastro Único de distantes, ampliando e garan- computadores os programas sem licença. foi o início das ações e serviços Programas Sociais do Governo tindo assim, o acesso da popu- Dessa forma a lei conseguiu abarcar não só os “piratas”, mas de duas Equipes Volantes do Federal (CAdÚnico). lação aos serviços de políticas todas as pessoas que se “beneficiam” dos programas ilegais Cras na cidade. A ação é viabilizada pelo públicas”, avaliou o prefeito de mais baratos. A lei proíbe, expressamente, a reprodução, Cada equipe é composta Ministério do Desenvolvimen- Bodocó, Brivaldo Alves. à cópia, o aluguel e a utilização de cópia de programas de computador feitas sem devida autorização do titular dos direitos autorais. A punição estabelecida para quem viola tal direito, se apresentam em duas formas searas distintas: uma cível e uma penal. CPRH descobre Civilmente o infrator deverá ressarcir as perdas e danos sofridas pelo titular de direito autoral em até 3.000,00 (três mil) vezes o valor do software, por cada cópia ilegalmente, desmatamento em Serra produzida, copiada ou utilizada. Penalmente o usuário de Uma área da Mata Atlânti- programas ilegais, poderá ser condenado de 06 (seis) meses ca em Serra Talhada foi encon- a 02 (dois) anos de reclusão. Caso a infração tenha intuito trada desmatada por fiscais de comercialização a pena é mais severa de 01 a 04 anos de da Agência Estadual de Meio reclusão. Ambiente (CPRH) este mês. A Em nosso Estado as empresas têm de legalizar os softwares emprega flagrou mais de 4 mil utilizados lembrando que para cada programa instalado deverá estacas de madeira de espécies haver uma licença correspondente. A LEI É CLARA: PIRATARIA como angico e aroeira na área É CRIME. onde vem sendo construídas Estamos à disposição para sugestões, comentários, o moradias populares na cidade esclarecimento mais aprofundado de dúvidas acerca desta pela Duarte Construtora. matéria, ou outras que necessite, bem como quaisquer O flagrante de crime am- outros contatos que se fizerem necessários, que poderão ser biental ocorreu no loteamen- feitos através do nosso site: www.antoniofaria.com.br; e-mail: to Poço da Cruz, na mata da antoniofaria@antoniofaria.com.br; ou telefone: (81) 3229-9737 Fazenda Estrelinha. O lotea- e 3227-5266. Consultem-nos. mento e a fazenda pertencem à construtora, que recebeu dos fiscais da CPRH dois autos: um de apreensão e outro de infra- ção (este contendo multa no valor de R$ 33 mil). A equipe analisou a imagem de satélite da área desmatada e constatou Desmatamentos vêm sendo acompanhados por órgão que foram 47 hectares de mata devastados, considerados pe- ambientais devido às obras pensação ambiental que seja los fiscais, número recorde. que está executando no muni- necessária. Ao se instalar em Por este motivo, o infrator re- cípio. A empresa afirma ainda Serra Talhada, a Duarte Cons- ceberá outro auto, desta vez, que faz parte de sua missão o truções deu início a uma série no valor de R$ 14 mil. respeito ao meio ambiente. de ações de responsabilidade Sobre a autuação, a Duar- Segundo a empresa, con- social e ambiental, por isso, o te Construções divulgou nota victa disto de sua responsa- empreendimento daquela ci- informando que foi ela que bilidade ambiental, a Duarte dade tem sido objeto de ações solicitou a visita dos fiscais no Construções apresentará defe- neste sentido como o plantio seu empreendimento para re- sa ao órgão nos próximos dias de 1.100 mudas de árvores re- solver pendências de licenças e providenciará qualquer com- alizado em setembro de 2011.
    • Jornal do Sertão - Fevereiro de 2012 / Edição 72 7 Arranjos Produtivos tem papel fundamental Fazer com que o homem pliado o trabalho para outros um investimento na moderni-do campo ligado à agricultura setores. zação das casas da farinha dofamiliar amplie a sua produ- Vice-prefeito de Serra, município, todas agora meca-ção e faça dela o seu sustento e Luciano Duque explica que a nizadas, melhorando princi-meio de vida, sem ter que fugir tendência é que os APLs ga- palmente a qualidade da goma Só em Serra, mais de 1500 agricultores estão inseridos nesse modelodo seu lugar de origem, é uma nhem cada vez mais destaque - um dos produtos do APL danecessidade que vem impul-sionando a administração pú- na economia pernambucana e da região sertaneja. “São mais mandiocultura de Serra. Saindo de Serra, indo ao Contribuição Privadablica a investir cada vez mais de 1500 pequenos agricultores Vale do São Francisco, o desta- Entre os conceitos de Ar- “Há mais de uma década,na organização dos Arranjos inseridos nesse modelo aqui que são os APLs da fruticultu- ranjos Produtivos Locais, é ações de apoio a atividadesProdutivos Locais (APLs). O em Serra. Isso tem fortalecido ra e da vitivinicultura (produ- possível destacar um, segundo produtivas com foco no terri-modelo dos APLs é ancorado a produção da pequena agri- ção de uva e vinho). Em Lagoa o qual, os APLs são aglome- tório passaram a ser organiza-exatamente no apoio institu- cultura familiar e ampliado Grande, a Vinícola Garziera rações territoriais de agentes das a partir da noção de APLs.cional. No Sertão, diversos se- o mercado para eles”, pontua mudou a forma de trabalhar econômicos, políticos e so- Em todo o país, iniciativas pú-tores da economia vêm sendo Duque. com os pequenos agricultores, ciais, com foco em um con- blicas do governo federal, dosestimulados por essa prática Estão em processo bem antes funcionários da empre- junto específico de atividades estados e municípios, além doscomo o do gesso, vitivinicul- avançado, em termos de or- sa. Eles foram transformados econômicas. Incluem também esforços privados, pautam-tura, fruticultura Irrigada, la- ganização e consolidação, os em espécies de sócios. “A gen- diversas outras organizações se na abordagem de arranjosticínios, piscicultura, ovinoca- APLs da bovinocultura de lei- te divide os lucros. Até 30% públicas e privadas voltadas produtivos, com destaque paraprinocultura, mandiocultura, te, ovinocaprinocultura, algo- de toda a produção vai para para: formação e capacitação a atuação dos bancos, públicosbovina de leite e apicultura. dão orgânico, apicultura (mel) os nossos parceiros que estão de recursos humanos, como e privados, que reconhecem a Em Serra Talhada, o mo- e piscicultura. Os produtos no campo diariamente”, disse escolas técnicas e universi- importância da disponibiliza-delo de APL é exemplo para a são adquiridos por orgãos go- o produtor e enólogo, Jorge dades; pesquisa, desenvolvi- ção de crédito em APLs. Esseregião e o Estado. Desde que vernamentais e também pelo Garziera, proprietário da vi- mento e engenharia; política, modelo é o caminho corretoo Governo Federal decretou, mercado comum. Só na pis- nícola. O modelo tira os en- promoção e financiamento. para fortalecer a produção lo-ainda na gestão do ex-presi- cicultura, são três núcleos de cargos sociais do proprietário, Essa interação, para o consul- cal e seus agentes, mudando odente Lula, que 30% da me- produção na cidade: dois no mas em compensação, permite tor do Sebrae/PE, Sebastião foco econômico de uma regiãorenda escolar fosse composta distrito de Serrinha e outro no ao ex-funcionário também ter Amorim, é que tem ajudado que antes era tida como pobrepor produtos da agricultura Açude do Saco. Consideran- uma parte do lucro só para ele. no fortalecimento dos APLs, e sem riquezas econômicasfamiliar, a cidade segue tal de- do o APL do leite, já são três “Todos estão satisfeitos com o principalmente na região rica para o sustento de seu povo”,terminação à risca e tem am- usinas implantadas. Houve modelo”, atesta Garziera. como é a do Sertão. observou o consultor. Ganhe o Mundo beneficia rede pública Lançada em novembro do 24 mil alunos (20 mil para in- cícios para os níveis iniciante O Governo do Estado está para a comunidade escolarano passado, o programa Ga- glês e 4 mil para espanhol) de e básico, além de CDs multi- investindo R$ 50 milhões no que eles participam. É um pro-nhe o Mundo pretende levar 273 escolas de 124 municípios mídia. programa Ganhe o Mundo. grama para mudar a educaçãoeste ano alunos da rede públi- pernambucanos. São 586 tur- Em maio serão seleciona- Segundo o gerente de projetos em Pernambuco e do Brasil”,ca de todo o Estado para cursos mas só de inglês. A bolsa será dos os 800 alunos do curso que especiais da Secretaria de Edu- argumentou Molina.de intercâmbio de línguas em escolhida através de testes. Os mais se destacaram nas aulas. cação do estado, Aurélio Moli- Os critérios para ingressarpaíses como Estados Unidos, estudantes devem ficar seis Após a seleção, eles vão passar na, este é um programa que no Ganhe o Mundo são: terCanadá, Nova Zelândia e Rei- meses nos países a partir do por um período preparatório ajudará a performance desses média 7,0 nas disciplinas deno Unido. A iniciativa oferece segundo semestre deste ano. – que inclui acompanhamento alunos tanto como estudantes Português e Matemática e 80%um ensino aprofundado do O curso oferece duas horas psicológico – até embarcarem quanto como cidadãos. de freqüência escolar, critérioinglês ou espanhol e a oportu- de aula diárias de segunda a para o exterior. Os contempla- “Eles terão uma grande que deverá passar para 95%nidade de estudar no exterior sexta-feira. Os alunos estão dos terão passagens, seguro oportunidade de conhecimen- no próximo ano. “Esta é umapara os alunos que cursam o recebendo todo material di- saúde e estadia gratuitos. Além to nunca pensada acredito que forma de estimular que os alu-2° ano do ensino médio e que dático para esse primeiro bi- disso, receberão uma ajuda de na mais remota imaginação nos permaneçam na escola emais se destacarem. mestre, que compreende dois custo de US$ 300 dólares por deles e quando voltarem pas- façam o curso”, acrescenta o O Ganhe o Mundo atende livros e dois cadernos de exer- mês. sarão toda essa experiência gerente.
    • 8 Jornal do Sertão - Fevereiro de 2012 / Edição 72 Homenagem a Maria Bonita em livro Por Helena Conserva E-mail hconserva@gd.com.br Era fim de 1929, quan- blog: http://escrevehelena.blogspot.com O começo do o temível Rei do Can- Não era de estranhar que gaço, Virgolino Ferreira da Lampião, o Rei do Cangaço, fi- Silva,conhecido como Lam- Vida e morte de um gênio pião, então com 32 anos, cru- zesse corte à jovem de 19 anos. Começou por lhe encomendar zou a soleira da residência do que bordasse suas iniciais, CL M orre o genial humorista, ator, cantor e compositor Arnauld Rodrigues um dos maiores artistas brasileiro. Fez a dupla Baianos e os Novos Caetanos, com Chico Anísio (paródia a Caeta- casal Zé Filipe e Dona Déa, pais de Maria de Déa, moça que acabou famosa como Ma- (Capitão Lampião) em 15 len- çóis de seda, o que permitiu a abordagem e, depois, serviu no Veloso e os tropicalistas), no qual interpretava o cantor “Pauli- ria Bonita. de pretexto a novo encontro, nho cabeça de profeta” quando desfrutou de grande popularidade Começa aí a história de queterminou com a retirada nos idos anos 70. Era um disco de humor, mais emplacou um amor de Lampião e Maria Bo- da morena separada do mari- grande sucesso com “Vou batê prá tú”. Era Pernambucano e con- nita, uma das mais conhecidas do da casa dos pais. Foi, então, terrâneo de Lampião, da vizinha cidade de Serra Talhada. Arnauld, do imaginário nordestino. Na O livro “Bonita Maria do Capitão” que a beleza da escolhida do foi o maior redator de humor do País, foi o principal responsável literatura, Lampião era vinga- Rei lhe deu a alcunha com que por textos e personagens do antológico programa CHICO CITY tivo, cruel e destemido, mas organizado pela neta, jornalis- morreu na Grota do Angico, (1973). Além de bom compositor, Arnauld foi um ótimo ator. Teve também tinha lá seus traços de ta e escritora, com a cumplici- Sergipe, ao lado do amante, grande atuação na novela “Roque Santeiro” (1985), como o cegui- herói romântico. Os dois tive- dade da desenhista paraibana e que se fixou na memória do nho Jeremias e em “Pão, pão, beijo, beijo”, como Soró. Arnauld ram uma filha, Expedita, cria- Germana Gonçalves de Araújo povo: Maria Bonita. participou de quatro filmes, três deles com os Trapalhões. No pa- da em Sergipe, estado onde o reproduz o legado da persona- A capa do livro reproduz tético programa “A praça é nossa”, fez personagens como: O Povo casal real da caatinga faleceu. gem lembrada pelos caprichos um cordel de Sávio Pinheiro Brasileiro, Coronel Totonho e Chitãozinho (cantor breganejo). Sobrevivendo à carnificina, e vontades, mas também pelo sob título “O Arranca-rabo de Afastou-se do programa do SBT desde 2004, estaria de volta este a herdeira gerou, entre outros bom humor e descontração Yoko Ono com Maria Boni- ano de 2010. Arnauld tentou sem sucesso uma incursão na política filhos, Vera Ferreira - profes- quase infantil. A aventura da ta ou A Desaventura de John em Pernambuco. Em 1988, filiado ao “PSB pré-Arraes”, Arnauld sora universitária em Araca- menina que saiu de casa aos19 Lennon e Lampião”, editado disputou a Prefeitura de Serra Talhada, sua terra natal. Foi o último jú, que tem ajudado a manter anos para percorrer o sertão em 2008. Suas peças de ves- colocado entre os cinco candidatos com exatos 1.720 votos. Em viva a memória dos avós. Para nordestino a pé num bando de tuário e as jóias que usava 1999, após dois shows na cidade de Palmas, decidiu se mudar com comemorar o centenário da cangaceiros até tombar, aos 27 foram reproduzidas no livro, a família para o Tocantins, onde assumiu a função de dirigente do avó, lançou, no mês passado, - humilhada a ponto de ter a que também se refere à peça Palmas Futebol e Regatas. Em 2004 deixou o Programa “A praça”, em São Paulo, a obra “Bonita cabeça, decepada quando ain- de Rachel de Queiroz sobre ela para se dedicar aos seus shows solo e ao futebol. Esse ano, 2010 Maria do Capitão” pela Edito- da vivia, exposta à curiosidade e a filmes do gênero dito nor- planejava seu retorno ao elenco humorístico, além da produção de ra da Universidade do Estado popular - tem sido narrada ao destern, que a adotaram como um programa de variedades em um canal de televisão do Tocantins da Bahia. longo do anos em prosa,verso, personagem. (Com informa- se não fosse seus planos interrompido no dia 16 de fevereiro de O volume de 328 páginas, imagem e som. IIIIIIIIIIIIIIII ções da Folha de São Paulo). 2010, no fatídico acidente num barco com mais oito pessoas no IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII lago da usina de Lajeado, a 26 kms de Palmas, quando, por vol- ta das 17:30, a embarcação virou enquanto navegava às margens da rodovia TO-01. Sete ocupantes do barco foram resgatados por Morre irmã de Lampião moradores da região, mas o corpo de Arnauld só seria encontrado pelos bombeiros horas mais tarde, pontificando a história do gran- Maria Ferreira Queiroz, de da irmã de Lam- de artista brasileiro. conhecida como dona Moci- pião indica que ela nha, única irmã de Virgolino nasceu em 8 de ja- Ferreira (Lampião) que ain- neiro de 1906, por- da estava viva, morreu no dia tanto, ela teria com- 10 de fevereiro em São Paulo. pletado 105 anos, Segundo a família, ela foi in- mas ela sempre se ternada horas antes de falecer recusou a afirmar com problemas pulmonares, que tivesse essa mas não resistiu. A Fundação idade, mas alega- Cultural Cabras de Lampião, va que não era por de Serra Talhada, enviou nota vaidade. Ela tem lamentando a morte de mais outro documento uma figura que fez parte da que aponta a data Dona Mocinha morreu em São Paulo história do cangaço. em 8 de janeiro de “A história do cangaço 1910. Era por este rio dela. perde mais uma das suas tes- documento que dona Mocinha “Foi uma grande perda. temunhas vivas. Acaba de fa- costumava se identificar. Apesar de ela não ter vivido a lecer Dona Mocinha, a última Ela vivia em um aparta- história do cangaço, já que era da irmandade de Lampião. Ela mento com os filhos Expedi- muito pequena quando Lam- nasceu aqui em Serra Talhada, to e Valdeci, em Santana, na pião estava atuando, ela sem- no Sítio Passagem das Pedras, Zona Norte de São Paulo. Os pre foi uma referência histó- * Helena Conserva é graduada em Letras com Francês, Especialista em Línguas e morreu em São Paulo, com parentes mais próximos que rica”, afirmou o historiador e e Literatura, professora do Curso de Redação Sartre e jornalista. 104 anos de idade. Saudações também moram em São Paulo especialista em cangaço, João cangaceiras”, disse a nota. costumavam visitá-la, princi- de Sousa Lima. (Com informa- O documento de identida- palmente na data de aniversá- ções do G1)
    • Jornal do Sertão - Fevereiro de 2012 / Edição 72 9 Minha Casa Minha Vida executa obras Seis cidades sertanejas ini- foi adquirido e é contínuo aociaram ou vão iniciar em 2012, espaço destinado aos residen-obras do Programa Minha ciais I e II. As obras devem serCasa Minha Vida, executado iniciadas em abril deste anopelo Governo Federal, tendo com previsão de conclusão emcomo agente financiador a junho de 2014. O poço da CruzCaixa Econômica Federal, e a III terá 195 casas e o Poço daparceria de estados e municí- Cruz IV terá 500 casas, totali-pios na sua execução. No to- zando 695 novas casas”.tal, são mais de 7 mil moradias Ainda não foram iniciadasdo programa na região. as obras do Minha Casa Minha As cidades contempladas Vida em Trindade, com 450são: Serra Talhada, Ouricuri, moradias e Salgueiro com 216Salgueiro, Trindade, Araripina unidades, que devem começare Petrolina. Destas, a única que este ano. Assim como em Ser-já concluiu e entregou parte ra Talhada, que tem parte dasdas unidades do programa foi moradias em obra e outra pre-Petrolina com 404 moradias vista para os próximos meses,entregues aos beneficiados no Araripina com 1 mil unidades;segundo semestre de 2011. Ouricuri com 821 unidades e Em Serra Talhada, o Minha Em Serra, os residenciais Poço da Cruz I e II devem ficar prontos em maio Petrolina, detendo mais de 3Casa Minha Vida já iniciou a mil moradias do programa,construção das unidades dos terrenos medindo 10X16 de to da área, com construção de que ser quitadas em, no máxi- tiveram parte das obras inicia-residenciais Poço da Cruz I e cumprimento. A empresa Du- calçamento, pracinhas, qua- mo, 10 anos. A Caixa Econômi- das.Poço da Cruz II, com previ- arte Construções é a respon- dras, área de lazer e arboriza- ca Federal, em parceria com a Segundo a Caixa Econômi-são para terminar o serviço sável pelo Minha Casa Minha ção. Prefeitura de Serra, conduzem ca, os residenciais que aindaem maio deste ano, mas ainda Vida na maior cidade do Ser- Famílias com renda de até o processo de cadastramento não estão em construção, terãonão começou a construção dos tão do Pajeú. O local escolhi- três salários mínimos poderão e seleção dos futuros morado- a obra iniciada nos próximosresidenciais Poço da Cruz III do é um terreno na saída para se beneficiar das unidades. res. meses e, entregues parte ain-e Poço da Cruz IV. Ao todo, o Salgueiro, às margens da BR Nesta modalidade do PMCMV, A Duarte Construções con- da este ano e parte no come-município será contemplado 232. Serão beneficiadas os ca- que utiliza recursos do FAR firmou a entrega das primeiras ço de 2013. Em Petrolina, porcom 1594 unidades do progra- dastrados no programa Bolsa (Fundo de Arredamento Resi- unidades em Serra para maio exemplo, tem nova entrega dema segundo o relatório da Cai- Família. Os critérios de esco- dencial), administra pela CEF, e revela quando os beneficiá- moradias prevista para março.xa. Os residenciais já em obra lha são adotados pelo Governo o beneficiado pagará parcelas rios receberão a segunda eta- São os residenciais, Vila Real epossuem 899 moradias. Federal. O projeto prevê ainda que não deverão ultrapassar pa das moradias. Diz a nota Vila Verde, totalizando quase São casas populares em o saneamento básico comple- 10% da renda mensal, e terão da construtora. “O terreno já mil moradias. Estudo mostra riqueza geológica do Sertão Um mapeamento geológico sobre o substrato rochoso de 3 mil km2, inserido em umvem sendo realizado no Sertão uma determinada região, com mapa base cartográfico deno-do estado. Municípios como o objetivo de reconhecer os minado de Folha Mirandiba.Salgueiro, Serra Talhada, Mi- principais recursos minerais Dessa forma, o mapeamentorandiba, Carnaubeira da Pe- bem como fornecer dados es- executado pelos geólogos Alannha, Floresta e Belém do São senciais para o estabelecimen- Miranda e Roberta Brasilino,Francisco já receberam visitas to da infraestrutura necessária permitirá a elaboração de umde pesquisadores que afirmam e planejamento de obras nas mapa geológico da área deser a região rica em minérios. esferas municipais, estaduais trabalho. A intenção é dispo-O estudo tem à frente o Servi- e federais. nibilizar para a sociedade no-ço Geológico do Brasil (SGB/ “Dados contidos nos ma- vos conhecimentos sobre osCPRM). Os projetos de mape- pas podem auxiliar na preven- tipos de rochas da região e osamento geológico realizados ção de acidentes relacionados respectivos recursos mineraispelo Serviço englobam todo o a desastres naturais. Atual- associados, assim como infor-território nacional e estão in- mente, o trabalho do Serviço mar a respeito de áreas favorá-seridos no programa de ace- Geológico do Brasil em Per- veis para a prospecção de águaleração do crescimento (PAC) nambuco consiste no projeto subterrânea.do governo federal. de mapeamento geológico de “Adicionalmente, o mapa Segundo o geólogo Alan uma área específica, envolven- geológico fornecerá as infor- Alan Miranda em atuação no estudo de identificação das rochasMiranda, responsável pela do os territórios de diversos mações indispensáveis para oidentificação das rochas des- municípios”, ressalta o espe- planejamento de obras futu- ações”, acrescenta Miranda. nordestina, que terá como umcobertas no território sertane- cialista. ras, como no caso específico na Também será forte impulsio- dos produtos a serem trans-jo, estes projetos visam pro- O projeto engloba uma construção de rodovias, barra- nador econômico quando tiver portados do Nordeste, os mi-duzir mapas com informações área de aproximadamente gens, ferrovias, entre outras em operação a Ferrovia Trans- nérios explorados na região.
    • 10 Jornal do Sertão - Fevereiro de 2012 / Edição 72 Município implanta centro administrativo A Prefeitura de Petrolina ção do novo pátio. “O objetivocontará nos próximos meses é relocar parte desses comer-com um Centro Administra- ciantes em outras feiras. Logo,tivo Municipal. O espaço irá eles terão seu espaço novo emabrigar as secretarias munici- mãos sob a garantia de que te-pais e será construído nas ins- rão melhores condições de tra-talações onde hoje funciona o balho e qualidade de vida comCentro de Abastecimento de uma feira ampla e coberta. Já oPetrolina (CEAPE), na Aveni- Centro Administrativo, passa-da Sete de Setembro. Com a rá por reforma e ganhará umaação, os comerciantes locais boa estrutura para comportarganharão um novo espaço com as secretarias e dar maior flui-mais conforto para trabalhar dez ao atendimento ao públi-localizado no bairro Antônio co”, explicou Marlize.Cassimiro, próximo ao Ceape. Além de reduzir os custos A mudança que está pre- Foto ilustrativa do projeto do novo Centro Administrativo de Petrolina para o município com um Cen-vista para acontecer até final tro Administrativo, o espaçode maio, já está em execução e da cidade, a estrutura propos- único local, facilitando o anda- Petrolina. também ficará localizado emo primeiro passo já foi dado no ta para o Antônio Cassimiro mento da administração públi- De acordo com a secretária uma área onde se forma o novosentido de agilizar o projeto. O também abrigará a feira livre ca e, ao mesmo tempo, dando Marlize Mainardes, os per- polo comercial de Petrolina,secretário de Infraestrutura, do Ceape, o que beneficiará os maior conforto à população. missionários (ocupantes dos contando com a construção doRicardo Rocha e a secretária moradores do bairro e comu- O Antonio Cassimiro, que irá boxes do Ceape) receberão as novo Shopping Center, novode Planejamento e Urbanismo, nidades próximas. comportar a feira livre, teve a cartas de aviso com os prazos distrito industrial municipal eMarlize Mainardes, firmaram A mudança é proposta do sugestão do Secretário de In- estabelecidos para o início da o terminal rodoviário integra-o novo espaço que comporta- governo municipal vista como fraestrutura, que entendeu, obra. Já os feirantes ainda fi- do. A intenção é que a mudan-rá os comerciantes. Além do uma necessidade de compor- junto a equipe, a necessidade carão na localidade até a con- ça das secretarias aconteça aténovo Centro de Abastecimento tar todas as secretarias em um desta ação para aquela área de clusão da reforma e constru- o final do mês de maio. MotoArt
    • Jornal do Sertão - Fevereiro de 2012 / Edição 72 11 Projeto do shopping pronto em 30 dias Nos próximos 30 dias, o contratado para a elaboração Lojas Americanas. Serão gera- O termo envolveu os em- investidores.projeto arquitetônico do pri- do visual do empreendimento dos 350 empregos diretos. Um presários e a Prefeitura Mu- O shopping de Serra Talha-meiro shopping center da re- está ultimando os traços do termo de compromisso assi- nicipal. Entre as metas da da terá uma área total de 30gião do Pajeú estará pronto. projeto. nado, no final do ano passado, administração do município, mil metros quadrados, loca-Esta é a informação mais atual O centro de compras terá possibilitou que o empreendi- está a implantação da infraes- lizada às margens da BR-232sobre a construção do shop- investimentos de mais de R$ mento, enfim, saísse do papel trutura da área do entorno do que corta o município. A áreaping de Serra Talhada. Confor- 20 milhões, contará com 84 após quase dois anos de seu shopping, obras que já foram construída será de 12 mil me-me investidores, o profissional Lojas, tendo como âncora as lançamento. iniciadas, também segundo os tros quadrados.Âncora será Lojas Americanas e serão gerados 350 empregos diretos (Foto ilustrativa)Compesa tem projeto para Carnaubeira da Penha A falta de água no municí- da Penha, sendo uma das me-pio de Carnaubeira da Penha, tas das comemorações dos 40no Sertão de Itaparica, é uma anos da empresa”, ressalta orealidade desde a sua emanci- professor.pação política, em 1991, e foi Em nota, a Compesa infor-agravada por várias circuns- mou que já elaborou o proje-tâncias. O município está loca- to que vai levar água tratadalizado na região do semi-árido, ao município de Carnaubeira83% da população é formada da Penha e que a ação serápor habitantes rurais (segundo justamente para melhorar aIBGE 2010); tem um abasteci- qualidade de vida os morado-mento público municipal rudi- res. Agora, a empresa estudamentar via poços e uma rede de a fonte para abastecer o reser-distribuição de água repleta de vatório que levará a água potá-ligações clandestinas. Carnau- vel ao município. Existem trêsbeira da Penha também é um possibilidades - a mais remotados três municípios do Estado é a utilização dos poços da pre-que não dispõe dos serviços da feitura que abastecem a cida-Companhia Pernambucana de de, por serem muito antigos.Saneamento – Compesa. As outras duas hipóteses A conseqüência da escas- Água tratada poderá vir da Adutora do Pajeú é levar água do próprio poçosez d’água e da não existência da Compesa, localizado há 11de uma Estação de Tratamen- nutridas (SIAB, 2007); a cada abastecimento de água para Ensino Superior de Arcoverde quilômetros de Carnaubeirato de Água local da Compesa 100 internamentos no hospital consumo humano - composta e dirigente da Associação Car- da Penha, e a terceira e maiscontribui para que a cidade municipal, 33 são referentes a por um conjunto de obras ci- naubeirense de Apoio á Famí- provável possibilidade é queregistre indicadores sociais doenças infecto parasitárias vis, materiais e equipamentos, lia. a água venha da Adutora donegativos como 43 óbitos de (SIH, 2009); e umas das me- destinada à produção e à dis- Manoel é Enfermeiro Sani- Pajeú, que está em obra e visacrianças menores de 01 ano de nores rendas médias familia- tribuição canalizada de água tarista e junto com a popula- abastecer mais de 20 cidadesidade por 1.000 nascidos vivos res mensais per capita do Es- potável para a população, sob ção de Carnaubeira da Penha no Sertão. Ainda segundo a(DATASUS, 2009); apenas tado, a qual fica em torno de a responsabilidade do poder vem lutando para que a água empresa, a construção do re-12% das residências canaliza- 64,78 R$ (PNAD, 2004). público, mesmo que adminis- potável vire realidade no mu- servatório e a implantação dedas com rede geral de distri- “A realidade cruel desta trada em regime de concessão nicípio. “Apelamos ao gover- rede de distribuição estão or-buição de água (IBGE, 2000); pequena cidade sertaneja só ou permissão”, sugeriu o pro- nador Eduardo Campos: que, çados em cerca de R$ 1,6 mi-de cada 100 crianças abaixo de será amenizada com a im- fessor Manoel Bastos Freire em 2012, viabilize os serviços lhão, cujas obras devem come-02 anos, 16 encontram-se des- plantação de um sistema de Júnior, titular da Autarquia de da Compesa em Carnaubeira çar ainda este ano.
    • 12 Jornal do Sertão - Fevereiro de 2012 / Edição 72 “A esperança é cheia de confiança. É algo maravilhoso e belo, uma lâmpada iluminada em nosso coração. É o motor da vida. É uma luz na direção do futuro. Ladijane Araújo Holanda 87.9945.1220 / 87.9104.6981 | coluna.olachics@gmail.com Conrad de Meester Confraternização do Grupo Pajeú Foi em ritmo de muita alegria e animação que os mais de 400 funcionários do Grupo Pajeú deSerra Talhada se reuniram (22/01) para sua confraternização no SERTÃO IATE CLUBE, a diversãotomou de conta de todos que participaram deste grande encontro ao som do Forró 1000 e da duplasertaneja Roger e Adriano, tudo com muita descontração no embalo do forró, sertaneja e pagode. Família! Sra Zelia e Antônio Caiçara - Início de tudo! Equipe de peso! Felicidade! Descontração! Amizade! Belas!
    • Jornal do Sertão - Fevereiro de 2012 / Edição 72 13 Confraternização do Bloco Premocil saudando O Boticário o mês de fevereiro O ano que se inicia tem uma grande representatividade à sociedade serrata- Saudando o carnaval o Grupo Premocil iniciou fevereiro com um delicioso cafélhadense, pois é comemorado os 35 anos do Grupo João Duque e foi assim nes- da manhã ( dia 06) aos seus clientes e amigos foliões com muita animação. A apre-se clima de comemoração que o franqueado do O Boticário, João Duque Filho, sentação não poderia ter sido melhor, todos foram recepcionados pelos passistasreuniu toda sua equipe de 50 pessoas junto com o consultor regional Sávio Diniz que animaram e contagiaram os que ali estiveram ao som do nosso ritmo tão per-numa confraternização em sua residência (28/01). Esse momento foi marcado nambucano, com muito frevo e alegria!por muitas alegrias e de forma única, uma das lojas franqueadas do grupo tevedesempenho dos mais elevados do país e por isso duas pessoas da equipe foramcontempladas com uma viagem internacional para Cancun, no México. São elas:Marisonha Terto e Maria José de Oliveira. Parabéns pela competência e compro-metimento e aja festejos pelo ano que só acabou de começar! Cesar, Lucimar, Ladijane, Afonso e Francisco Terto O consultor regional Sávio Diniz e equipe Equipe Bloco Premocil João Duque Filho no meio da sua equipe de peso
    • 14 Jornal do Sertão - Fevereiro de 2012 / Edição 72 Mais de 900 atendimentos Petrolina vai no HDM/Imip ganhar UPA 24h Com uma média de 70 Petrolina, no Sertão do São relatou a secretária, ressaltan-internações por mês, a UTI Francisco, deve ganhar este do o empenho da PrefeituraObstétrica do Hospital Dom ano uma Unidade de Pronto em ampliar os serviços de saú-Malan/Gestão IMIP atua há Atendimento 24H (UPA 24h). de oferecidos em Petrolina.quase dois anos contribuindo A informação é da secretária As Unidades de Prontopara salvar a vida de muitas de Saúde do município, Lúcia Atendimento – UPA 24h - sãomulheres em risco de morte. Giesta, que confirmou a vinda estruturas de complexidadeDesde que foi inaugurada, em da unidade durante reunião no intermediária entre as Unida-setembro de 2010, com dez início de fevereiro em Brasília. des Básicas de Saúde (UBS)leitos e equipamentos moder- Participaram do encontro, a e as urgência hospitalares, e,nos, sendo a primeira unidade equipe do Ministério da Saúde em conjunto com estas, com-de tratamento intensivo obsté- e representantes do Estado e põe uma rede organizada detrico do interior do Nordeste, dos municípios pernambuca- atenção às urgências. São in-mais de 900 pessoas já foram nos que serão contemplados, tegrantes do componente pré-atendidas por sua equipe es- neste momento, com as novas hospitalar fixo e devem serpecializada. UPAs pernambucanas. implantadas em locais estraté- A dona de casa Leonice dos Mais de 900 atendimentos foram realizados no Dom Malan A construção da UPA 24H gicos para a configuração dasSantos veio da cidade de Cura- de Petrolina será financiada redes de atenção à urgência,çá (BA) para ser acompanhada dessas”, enfatizou. so ousado e muito necessário com recursos do Programa de com acolhimento e classifica-por conta de uma gestação de A partir de fevereiro, a UTI dado pelo Hospital Dom Ma- Aceleração do Crescimento – ção de risco, em conformida-alto risco. Por ordens médicas, obstétrica do HDM passa a ter lan. O meu objetivo à frente da PAC 2, do Governo Federal, e de com a Política Nacional deprecisou ficar internada de- um novo coordenador, o médi- unidade é manter o padrão que contará com uma contrapar- Atenção às Urgências.pois de se submeter à cirurgia co ginecologista e obstetra Ál- já foi adquirido nesses quase tida da Prefeitura Municipal. O trabalho das UPAs estápara a correção de uma ges- varo Pacheco, especialista em dois anos de funcionamento. “Com o pré-projeto aprovado, ligado estrategicamente aotação nas trompas. “Essa UTI medicina fetal pelo IMIP/PE. Temos que continuar com os estamos ajustando os últimos Serviço de Atendimento Mó-me salvou porque em minha “Essa UTI obstétrica é inédi- bons resultados”, prometeu o detalhes da documentação que vel às Urgência e Emergênciascidade não tem uma estrutura ta na região. Esse foi um pas- novo gestor. será enviada ao Ministério”, (SAMU 192).
    • Jornal do Sertão - Fevereiro de 2012 / Edição 72 15 Cirurgia inédita é sucesso na região A cidade de Serra Talhada, siva e tenha resultados bemque já ocupa lugar de desta- melhores que as cirurgias con-que em termos de avanços da vencionais em pacientes quemedicina no estado, testou sofrem com artrose de joelho.no inicio de fevereiro e com “Na verdade a empresa fabri-sucesso um procedimento cante do soft (programa deinédito na região denomina- computador) quis mostrar quedo Artroplastia Navegada. a novidades também pode serA novidade teve à frente os ampliada para o interior e nosmédicos,Thales Curceiro, An- trouxe a proposta. O resultadodré Ribeiros e Marcelo Souza foi muito positivo e a pacientee foi realizada no Hospital São que sofreu a intervenção nãoVicente, da rede particular de chegou a pagar pelo procedi-saúde do município. Esta foi mento, já que a empresa que-a primeira vez que esta cirur- ria mostrar o sucesso dessegia foi realizada no interior. O tipo de cirurgia”, contou o es-procedimento só é disponibili- pecialista.zado em hospitais particulares A próxima etapa deste novodo Recife. modelo de cirurgia é tentar Procedimento foi realizado no Hospital São Vicente, de Serra Segundo o médico ortope- disponibilizar o procedimentodista Thales Curceiro, o proce- via Sistema Único de Saúde, cedimento só é encontrado da uma ação difícil, precisa de e será um ganho social e dedimento utiliza equipamentos coisa que nem as unidades rede particular. “A gente vem um envolvimento político e de saúde de grande valor para osde última geração que permite conveniadas ao SUS do Recife discutindo, conversando essa muita negociação, mas se con- pacientes do interior”, acres-que a ação seja menos inva- dispõe, pois este tipo de pro- possibilidade há uma ano. É seguirmos, sairemos na frente centou Thales. Concurso da Jucepe com vagas no Sertão Pela primeira vez em sua Técnico de Registro Em-história, a Junta Comercial de presarial;Pernambuco – Jucepe vai rea- Goiana: 02 vagas para Téc-lizar um concurso público para nico de Registro Empre-selecionar profissionais para o sarial;seu quadro de servidores. O Palmares: 02 vagas para Téc-edital do concurso pode ser nico de Registro Empre-consultado no site do IAUPE sarial;– Instituto de Apoio à Univer- Petrolândia: 01 vaga parasidade de Pernambuco (www. Técnico de Registro Em-upenet.com.br), entidade con- presarial;tratada pela Jucepe para a re- Petrolina: 02 vagas para Téc-alização do concurso. nico de Registro Empre- São oferecidas, para o car- sarial;go de nível médio de Assisten- Salgueiro: 01 vaga para Téc-te de Registro do Comércio, nico de Registro Empre-70 vagas, das quais 17 para o sarial;interior. Para o cargo de nível Santa Cruz do Capibaribe:superior de Analista de Regis- 02 vagas para Técnico detro do Comércio são 30 vagas, Registro Empresarial;sendo duas para o interior. No Serra Talhada: 01 vaga paraSertão as vagas estão sendo Técnico de Registro Em-oferecidas em Araripina, Ar- Segundo Roberto Arraes, presidente da Jucepe, estão sendo oferecidas 19 vagas para o interior do Estado presarial;coverde, Petrolândia, Petroli- NÍVEL SUPERIORna, Salgueiro e Serra Talhada. taxas de inscrição são de R$ 45 prestados pela Junta”, acres- 51 para Téc. de Registro Sede – Recife: 22 vagas para A remuneração para os para nível médio e R$ 55 para centou. Empresarial e 2 para Téc. Analista de Registrocargos de nível médio é de R$ nível superior. A prova está O concurso realizado pela em Contabilidade; Empresarial; 01 vaga para1.106,14, mais produtivida- marcada para 25 de março. Jucepe no ano passado foi Araripina: 01 vaga para Téc- Assessor Jurídico; 02 va-de de até R$ 700. Para nível “O concurso é mais uma para seleção de tradutores ju- nico de Registro Empre- gas para Contador; 02 vagassuperior é de R$ 2.024,23, etapa do plano de moderni- ramentados, que são profissio- sarial; para Analista de TI; 01 vagamais produtividade de até R$ zação organizacional que está nais credenciados pela Junta Arcoverde: 01 vaga para Téc- para Psicólogo;900,00. sendo implantado na Jucepe”, para prestar serviço a terceiros nico de Registro Empre- Caruaru: 01 vaga para Ana- As inscrições poderão ser afirma o presidente Roberto os quais não são funcionários sarial; lista de Registro Empre-feitas no período de 6 de feve- Arraes. “Com a contratação de públicos. Caruaru: 02 vagas para Téc- sarial;reiro até 4 de março de 2012 novos colaboradores, teremos Distribuição das vagas nico de Registro Empre- Petrolina: 01 vaga para Ana-exclusivamente por meio do condições de ampliar e melho- NÍVEL MÉDIO sarial; lista de Registro Empre-site do IAUPE. Os valores das rar cada vez mais os serviços Sede-Recife: 53 vagas, sendo Garanhuns: 02 vagas para sarial.
    • 16 Jornal do Sertão - Fevereiro de 2012 / Edição 72 Fraternidade e saúde pública Por Francys Maya E-mail francysmaya@hotmail.com em debate A CNBB (Conferência Na- Campanha da Fraternidade O São Paulo e a Copa cional dos Bispos do Brasil) mobiliza todas as comunida- O São Paulo da COHAB campeão da Copa Serra Talhada no ano passado foi convidado pela realiza todos os anos a Cam- des católicas do país e procura a Liga Desportiva Serra-talhadense para disputar a Copa Valeu do Pajeú. A competição panha da Fraternidade, que envolver outros segmentos da envolve dozeclubes da regiãotem previsão começar no mês de Abril. A diretoria do tricolor tem por objetivo despertar a sociedade no debate do tema manteve a base do ano passado e pretende fazer bonito na competição regional. solidariedade de seus fiéis e escolhido. São produzidos vá- da sociedade em relação a um rios materiais para uso das co- No ruralzão só dá Bom Sucesso problema concreto que en- munidades com destaque para Os dois times representantes do Sítio bom Sucesso estão mandando bem no Campeonato volve toda a nação, em busca o texto-base, produzido por Rural 2012. Enquanto o Flamengo lidera, amigos Futebol Clube está na segunda colocação. de uma solução. Para 2012, a uma equipe de especialistas. Decepção mesmo é o time dos 11 Primos, de campeão no ano passado para um dos piores CNBB sugeriu para a campa- A Campanha acontece desde ano. nha o tema “Fraternidade e durante todo o período da Saúde Pública” e o lema “Que Quaresma que, segundo o se- a saúde se difunda sobre a ter- cretário geral da CNBB, dom A bola vai rolar no Bairro Coxixola ra”. Leonardo Steiner, “é o cami- Acontece no dia 04 de Março, o segundo torneio de futebol de campo do bairro da Coxixola. Haverá premiação do primeiro ao quarto lugar. Valor da Inscrição 60 reais. A A CNBB lançou um texto nho que nos leva ao encontro organização é de Chico Coxixola e Jailton. Times da região também podem participar. base da campanha. O livre- do Crucificado-ressuscitado”. to contém a oração oficial, os Na apresentação do texto- objetivos geral e específicos, base, dom Leonardo, explica Amistoso ficou para Junho e uma explicação ampla so- que, com esta Campanha da O amistoso envolvendo Imprensa Futebol Clube e Sintest foi adiado para o mês de junho bre “Saúde Pública”, que será Fraternidade, a Igreja quer por solicitação dos diretores do Sindicato dos Servidores da Educação de Serra Talhada. abordado pela Igreja no Bra- sensibilizar as pessoas sobre De acordo com Junior Moraes, não houve tempo suficiente para preparar a equipe para o sil. O ministro da saúde, Ale- a “dura realidade de irmãos jogo que seria realizado em Fevereiro. xandre Rocha Santos Padilha, e irmãs que não têm acesso à participou da abertura da CF assistência de saúde pública 6ª Copa Sênior vai para a Ingazeira no dia 22 de fevereiro. condizente com suas necessi- O time de veteranos da Ingazeira sagrou-se campeão de futebol na 6ª - Copa Sênior Troféu Realizada desde 1964, a dades e dignidade”. Antônio Martins realizada em Afogados da Ingazeira. A partida contra o Sobreirinha, realizada no estádio Toca do Galo terminou empatada no tempo normal em 0 a 0. O jogo foi decidido na cobrança de pênaltis e os representantes de Ingazeira ganharampor 6 a 5. Policial bom de Apito O árbitro tabirense RonilsonVéras, que hoje atua no Pajeú, é considerado pelos jogadores, o árbitro mais disciplinador nas competições realizadas na região. Dono de um preparo físico compatível a sua atividade, Ronilson sempre costuma acompanhar as jogadas de perto, o que diminui bruscamente seu número de erros. Policial militar lotado no 23º BPM, o juiz divide o risco de sua profissão, com o auge de uma carreira sólida e vitoriosa dentro da arbitragem pajeuzeira. (Colaboração de Itamar França)
    • Jornal do Sertão - Fevereiro de 2012 / Edição 72 17 Arena em Petrolina é polêmica Defendida por uns e olhada também em nível mundial.com desconfiança por outros, Acredito que o prefeito Júlioa construção de uma arena Lóssio é sensível a essa idéiaesportiva em Petrolina pode da construção da arena e farávirar realidade até 2014. A es- um esforço muito grande paratrutura servirá como apoio ao tornar isso em realidade”, ar-estado para abrigar uma das gumentou.seleções que virão jogar em Algumas sugestões de es-Pernambuco durante a Copa paços na cidade foram postasdo Mundo que acontece no durante o debate, como a áreaBrasil daqui a pouco mais de do antigo lixão de Petrolinadois anos. Uma audiência pú- conhecido como Raso da Ca-blica realizada em dezembro tarina, no bairro José e Maria.na Câmara de Vereadores da Quem colocou esta possibili-cidade debateu o tema. dade foi o dirigente esportivo, A audiência foi solicitada Ronaldo Souza, presidente dopela Federação Pernambuca- 1° de Maio, time da Série B dona de Futebol (FPF) e reuniu Campeonato Pernambucano.desportistas, o poder público “Em Salvador, o Estádio domunicipal, parlamentares re- Barradão foi construído ondepresentantes do município na antes era um lixão. A área foiAssembléia Legislativa e na recuperada e hoje abriga umaCâmara dos Deputados, verea- da mais bem estruturadas pra-dores petrolinenses, entre ou- ças de futebol do País”, reve-tros convidados, além da po- lou.pulação local. Mas a proposta Evandro Carvalho dissetorna-se polêmica na medida que além de Petrolina, Carua-em que a Prefeitura Municipal ru, no Agreste, é outra cidade apretende colocar à venda para contar com a simpatia da FPFa realização da obra, o único para ser subsede da Copa eestádio de futebol da cidade: que lá o projeto de uma arenao Estádio Municipal Paulo de multiuso na cidade está bemSouza Coelho. adiantado. Após todas as par- Os contrários à idéia re- ticipações na audiência, a pre-velam que o poder público do sidente da Câmara Municipal,município quer colocar o pre- Estádio Paulo Coelho é a única praça de futebol da maior cidade do Sertão Maria Elena Alencar, consti-ço do estádio muito abaixo do tuiu uma comissão formadaque ele vale e discordam de arena esportiva até a Copa de ser subsede da Copa, por isso hoje a região tem o privilegio pelas entidades competentesdestruir o Paulo Coelho sem 2014. mobilizamos a audiência pú- de contar com quatros equipes e presentes ao encontro, paraantes ter outro espaço para “Vemos Petrolina como blica para juntos com os pode- de futebol no campeonato es- junto ao governo municipal,que os jogos de futebol acon- uma das cidades mais desen- res do município, buscarmos tadual deste ano. “Realmente iniciar a formatação do pro-teçam. A cidade tem o Petro- volvidas do estado, com ca- uma solução”, diz o dirigente. o Estádio Paulo Coelho preci- jeto da arena esportiva emlina disputando o Campeona- pacidade empreendedora e O secretário de Esportes de sa de uma nova estrutura e a Petrolina. A comissão deve seto Pernambucano de Futebol. participação forte no futebol Petrolina, Ailton Guimarães, cidade sonha com uma arena reunir em breve com o prefeitoO presidente da FPF, Evandro pernambucano. O estádio atu- lembrou que não só Petrolina, que tenha multiuso, a exemplo Julio Lóssio para iniciar a for-Carvalho revela a importância al não oferece condições caso o mas o Sertão Pernambucano de uma pista de atletismo, na matação do projeto da arenade Petrolina dispor de uma município seja escolhido para tem avançado no esporte e que qual Petrolina já é referência no município.
    • 18 Jornal do Sertão - Fevereiro de 2012 / Edição 72 Tecnologia 3D faz sucesso no cinema e na televisão Alberto Ursulino sejam infinita- bro mescla neamente na tela, dando uma albertoursulino@visatecnologia.com mente maio- em uma sensação de algo embaçado e, res. única ima- para que possamos ter niti- Para muitos, a tecnologia Depois gem duas dez, anulando o efeito anáglifo3D apresenta-se como uma de um tem- imagens (3D), se faz necessário o usonovidade, algo recém lançado po esquecida, iguais, com de um óculo especial.no mercado, mas na verdade a tecnologia uma leve NNNNNNNNNNNNN-sua história é bastante antiga. 3D voltou à diferença Vale à pena investir emAs primeiras experiências com tona em 2009, de posi- uma TV 3D?imagens em três dimensões principalmen- ção, sendo Um televisor com tecno-aconteceram no ano de 1840, te nas salas de cada cap- logia 3D tem imagens bemcom o inglês Sir Charles Whe- cinema e em tada por interessantes que parecematstone. Pouco tempo depois, seguida nos um olho. realmente “saltar” da telaem 1853, o alemão Wilhelm televisores 3D, A fusão dando muito mais realidade eRollmann inventou o primei- e agora com das duas profundidade às cenas. Alémro método de captura de ima- os videogames imagens disso, o que está chamando agens 3D, que necessitam dos que já estão se p o t e n - atenção são os preços cada vezóculos 3D (aqueles com uma preparando cializa as mais baixos.lente vermelha e outra azul) para a tecno- sensações Mas nem tudo são flores,para criar o efeito. logia em três de profun- pois nesse tipo de TV se faz O mais interessante é que dimensões. didade e necessário o uso dos óculosas primeiras experiências, re- distância, especiais que para muita gen-alizadas ainda no século 19, NNNNNNNNNNNNNNN- fazendo com que a imagem te é um incomodo na hora desão similares aos produtos Como funciona a tecnolo- mente um efeito produzido “salte” da tela. No caso dos assistir, além de ainda quasedisponíveis hoje, embora os gia 3D? no cérebro, conhecido como cinemas, as imagens são pro- não termos programação emrecursos e as possibilidades A tecnologia 3D é basica- estereoscópica. Nele, o cére- jetadas separadas e simulta- 3D disponível na TV.
    • Jornal do Sertão - Fevereiro de 2012 / Edição 72 19 Folião consagra o carnaval do Sertão Com incentivos financei- sentaram nomes como Casca-ros do Governo do Estado, o bulho, Lirinha, Grupo Fundocarnaval 2012 no Sertão trans- de Quintal, Marrom Brasieiro,formou os principais pólos da orquestras de frevo, entre ou-folia na região em verdadeiros tras atrações.territórios da alegria. O gover- Belém com seus afoxésno liberou este ano para patro- e caboclinhos, Trindade ecinar a festa em 22 municípios Triunfo com a democrática epernambucanos (seis localiza- alegre folia das troças e blo-da na região sertaneja), mais cos, fecharam o roteiro da fo-de R$ 20 milhões, um apoio lia carnavalesca deste ano noàs prefeituras para a contrata- Sertão pernambucano. Passa-ção de atrações diversas para o ram no palco da festa em Be-reinado de Momo nas cidades. lém, Patusco, Geraldinho Lins Salgueiro, Petrolina, Be- e a Orquestra A Trombonada.lém do São Francisco, Triunfo, Em Trindade, atrações comoTrindade e Arcoverde, as duas Alceu Valença, Maestro For-ultimas passaram a integrar ró e a Orquesta da Bomba doos pólos oficiais do carnaval Hemeterio e a banda Cheirode Perrnambuco a partir des- de Amor, levaram uma mis-te ano, levaram alegria aos tura de ritmos que não deixoufoliões de casa e quem esteve Bicharada do Mestre Jaime, em Salgueiro, deu o tom de alegria no carnaval na região ninguém ficar parado. Triunfovisitando estes municípios du- reuniu Fafá de Belém, Jorgerante o feriado carnavalesco. Aragão, Patusco e Zeca Brasi- Salgueiro, por exemplo, da do Mestre Jaime que há 50 lizava carnaval, vem se conso- tão bem representa e convi- leira, mostrando a diversidadequerendo se consolidar como anos arrasta a folia na terça- lidando como um dos destinos vem na capital da agricultura musical da música brasileira.o melhor carnaval do Sertão, feira gorda de carnaval. preferidos dos pernambuca- irrigada. “O Carnaval é uma festao palco do Pólo da Bomba, o “Tudo é feito com muita nos e dos visitantes na região Arcoverde programou a democrática, de vários ritmos,oficial da festa no município, alegria no Melhor Carnaval do para brincar o carnaval. Entre folia homenageando a tradi- sons, cores. Nossa parceriareuniu atrações como Zeca Sertão, a começar pela decora- uma saída de bloco e de troças, ção dos bois no município. conseguiu contemplar uma se-Baleiro, banda Nós 4, os pa- ção da cidade com elementos o público teve a oportunidade Famosa por fazer um São João leção de qualidade, onde esti-godeiros do Art Popular e do que dão o clima multicultural de prestigiar shows como da de primeiro mundo, a por- veram presentes praticamenteSorriso Maroto, misturados à aos festejos de Momo”, disse grande voz da música baiana, ta de entrada do Sertão veio todos os gêneros da músicaanimação das troças e blocos a secretária de Cultura de Sal- a cantora Maragarteh Mene- este ano mostrar que também pernambucana e brasileira“,que se multiplicam a cada ano gueiro, Eliane Alves. zes, e do filho da terra e talen- pode reinar na festa de Momo. colocou o secretário de Turis-no Sertão, Destaque mais uma Petrolina, que na década toso artista, Geraldo Azevedo, No palco principal montado mo de Pernambuco, Albertovez para o desfile da Bichara- passada praticamente não rea- unidos as duas culturas que no centro da cidade, se apre- Feitosa. Vida de Jesus e Judas no teatro A partir de março, mês mente vivido pelos persona- traição ou o cumprimento dededicado ao teatro, já que, no gens, culminando no ato que uma missão divina pré-estabe-dia 27, comemora-se o Dia mudaria pra sempre a história lecida, mais do que uma peçaMundial do Teatro, o Centro da humanidade. Seria Judas o da ínfima discussão religiosa,Dramático Pajeú de Serra Ta- maior traidor de todos os tem- traz um embate político quelhada apresenta uma tragé- pos, ser humano inescrupulo- influencia os personagens adia, com temática histórica, so capaz de trair o seu mestre colocarem em foco as questõesporém, atual: “Jesus & Judas ou apenas um predestinado a sociais da época, mediante a– Traição ou Missão?” A peça cumprir seu papel? própria valorização da vida”,será encenada nos dias 17 e 18 A montagem tem texto do define o ator e diretor da peçade março, a partir das 20h, no pernambucano Adriano Mar- e do Centro Dramático Pajeú”,Palco Externo do Museu do cena, escritor, historiador, Carlos Silva.Cangaço. professor e dramaturgo. Estu- No mundo de muitas es- dou teatro no Curso de Forma-tórias, nenhuma está tão pre- ção do Ator e Dramaturgia nasente na humanidade como UFPE, concluiu Licenciatura Serviçoa de Jesus. Constantemente, Plena em História na Univer- Espetáculo: Jesus & Judas -existem questionamentos a so, no Campus Recife. O figu- traição ou Missão?respeito da relação de Jesus rino é de PC Frazelly, direção Local: Palco Externo Museupara com um de seus 12 discí- Carlos Silva, ator de destaque da peça de Carlos Silva, caracterização do Cangaçopulos, aquele conhecido como de Kanene Gaia e Cenário de Dias: 17 e 18 de março, às 20h“traidor”. “Jesus & Judas” pro- permeou a vida desses dois conflito ideológico perpas- Manoel Lima. Ingresso: R$ 5,00 antecipadovoca reflexão sobre o contexto homens. sando por este tripé (sócio/ “O espetáculo, mais do que e R$ 7,00 na horapolítico, religioso e social que O texto vai além e traz um político/religioso), visceral- colocar em cheque se houve Classificação etária: 12 anos
    • 20 Jornal do Sertão - Fevereiro de 2012 / Edição 72 Serleite é modelo no Pajeú Com um rebanho bovino dem para a gente”, lamentouque alcança cerca de 60 mil Carvalho.animais, a cidade de Serra Ta- Segundo ele, a Serleite élhada, que polariza cerca de 30 considerada indústria modelomunicípios na região do Pajeú, pelos órgãos de fiscalização sa-ganhou, no início desse ano, a nitária em Pernambuco comoSerleite Laticínios – Leite e a Agencia Estadual de DefesaDerivados. Erguida numa área Agropecuária (Adagro) e a Vi-de 25 hectares, a indústria gilância Sanitária estadual. “Ocontribui economicamente e que não acontece com essescomeçou a produzir há cerca mesmos órgãos em suas re-de um mês e meio, gerando 12 gionais aqui em Serra. Se elesempregos diretos. fiscalizassem mais, teríamos A linha de produção é va- como colocar em prática o mo-riada e inclui queijo coalho, delo social e econômico queiogurte, manteiga, bebidas pensamos para a região comlácteas diversas. Há capaci- a implantação da indústria”,dade para produzir também salientou.o leite pasteurizado tipo C. Só Para dar vazão à capacida-que a demanda do leite ainda de da Serleite, o empresárioé pequena. Conta o fator cul- fechará em breve uma parceriatural, pois parte da população Auxencio Alves de Carvalho, diretor da Serleite com os produtores de Bodocó,de Serra ainda não se habituou segunda maior bacia leiteiraa adquirir o produto desta for- ves de Carvalho Filho e passou potencial que comecei a for- portância da indústria para o do Estado. “Iniciamos as con-ma, apesar de ser a mais cor- a virar realidade há três anos, matar a idéia de implantar mercado leiteiro local. “A nos- versas que estão bem adianta-reta e higiênica, atestada pelos iniciando sua operação no co- aqui uma indústria de laticí- sa capacidade para a geração das. Em Bodocó encontramosórgãos sanitários. O empreen- meço de 2012. nios, visto que potencial lei- de emprego e renda é enorme, uma aceitação maior do quedimento tem potencial para “Serra Talhada se transfor- teiro nós temos, além das ci- mas os criadores de Serra Ta- temos tido aqui em Serra Ta-produção para 10 mil produ- mou, nos últimos dez anos, em dades polarizadas por Serra”, lhada ainda não estão habitu- lhada nesse processo de bene-tos variados. pólo comercial, médico e edu- observou o empresário. ados com a industrialização, ficiamento do leite. E vamos A Serleite começou a ser cacional. É um dos municípios Auxencio deseja mesmo preferem comercializar o pro- longe com nossos produtos.pensada há cerca de cinco anos que mais se desenvolvem no é que os criadores locais se duto in-natura. Às vezes, até Queremos chegar a Petrolina”,pelo empresário Auxencio Al- Estado e foi vendo todo esse conscientizem mais da im- perdem o leite, mas não ven- revela Auxencio. Serra terá centro de agricultura familiar Serra Talhada ganhará (SARA). do órgão, Antônio Santana, de a idéia é que o Centro de Trei- o Centro de Treinamento paraem breve um novo Centro de A ordem de serviço para a produtores da agricultura fa- namento se torne um grande Agricultores Familiares deTreinamento para Agriculto- construção do novo centro foi miliar da cidade, autoridades complexo de capacitações, Serra terá área construída deres Familiares. A nova unida- assinada no dia 9 de feverei- locais e demais convidados. atendendo uma reivindica- 598 metros quadrados e prazode contará com salas de aula, ro pelo secretário estadual de O secretário Ranilson Ra- ção antiga dos municípios das de execução das obras de seisauditório, cantina com refei- Agricultura, Ranilson Ramos. mos destacou que com o novo mais diversas regiões do Esta- meses, a partir do seu início.tório, área de convivência e O ato aconteceu na Estação centro será possível transferir do. “Serra Talhada tem uma “A unidade terá capacidadesanitários. O investimento é Experimental do Instituto tecnologias, por meio de capa- grande tradição na agricultura para atender 60 agricultoresde R$ 900 mil, vindos do Mi- Agronômico de Pernambuco citações, para os trabalhadores familiar, por isso foi escolhida por evento, fortalecendo anistério do Desenvolvimento (IPA), em Serra Talhada, e da agricultura familiar. Muitas para abrigar esta nova unida- agricultura familiar de formaAgrário (MDA). A execução da contou ainda com a presença delas realizadas em parcerias de de disseminação tecnológi- mais uniforme”, acrescentouobra será via Governo do Es- do presidente do IPA, Júlio com universidades e institu- ca”, afirmou. o diretor de Pesquisa e Desen-tado por meio da Secretaria de Zoé de Brito, do diretor de tos de pesquisas regionais e O presidente do IPA, Jú- volvimento do IPA, AntonioAgricultura e Reforma Agrária Pesquisa e Desenvolvimento nacionais. Ele disse ainda que lio Zoé de Brito, revelou que Santana.
    • SaborJornal do Sertão - Fevereiro de 2012 / Edição 72 21 Centro de Gastronomia Por Iara Diniz na mesa e Turismo no Sertão Nutricionista Foto: Divulgação Fones: 87 8809.4556 | 87 9962.1686 O Sistema Senac/Sesc vai construir um Centro de Gas- tronomia e Turismo em Petro- Gastronomia a base de carnes lina. O novo centro receberá investimentos de R$ 2,4 mi- de caprinos e ovinos lhões, recursos integralmente custeados pelo Senac Nacio- A gastronomia nordestina apresenta um cardápio repleto de nal. A obra tem prazo máximo opções, onde se destaca a comida sertaneja com seu toque rús- de 270 dias para sua conclu- tico, rica em aromas, cores e sabores. Diante desta diversidade e são. Quando estiver concluída, originalidade, as carnes de caprinos e ovinos são bastante apre- a unidade duplicará a capaci- ciadas, pois rendem pratos saudáveis e convidativos. dade de atendimento do Senac Razões que levam esse tipo de carne a virar prato preferido Petrolina, passando de 2,2 mil na mesa do sertanejo não faltam. Além de apresentar boa textura para 4,5 mil pessoas ao ano. e sabor suave, possui elevado valor nutricional, principalmente “A principal dificuldade em relação aos teores de proteínas, minerais e vitaminas e por do mercado, hoje, é a qualifi- serem carnes oriundas de animais mais magros com baixo teor cação. Petrolina tem uma alta Josias Albuquerque com o ministro da Integração Nacional, Fernando de colesterol. vocação turística, seja para Bezerra e funcionárias do Senac petrolinense A receita abaixo foi pensando em você que busca além de ca- negócio ou para lazer, poten- racterísticas sensoriais, uma alimentação saudável. cializada por sua gastronomia tos de grande empregabilida- dos, o Centro de Gastronomia própria e produção de vinho. de”, disse Josias Albuquerque, e Turismo contará com audi- Bode assado à sertaneja Com o Centro de Gastronomia presidente da Federação do tório de 254 lugares, cozinha- e Turismo do Senac, a popula- Comércio de Pernambuco (Fe- didática, lanchonete-escola, Ingredientes ção local poderá se qualificar comércio). três salas de aula e laboratório Carne de bode (costela) - 1 Kg para trabalhar nesses segmen- Com 1,5 mil metros quadra- de enologia. Queijo coalho - 500 g Modo de fazer Tempere o bode a gosto, coloque em uma assadeira retangular Professores efetivos recebem notebooks e coloque para assar em forno convencional. Depois de assado coloque em uma travessa. Em seguida grelhe o queijo de coalho e coloque na travessa com o bode. Foto: Gilson Pereira Molho agridoce Mais de dois mil professo- logia, o que res da rede municipal de en- vai facilitar o Ingredientes sino de Petrolina (Sertão do trabalho em Umbu - 15 unidades São Francisco) prestigiaram sala de aula, Cebola – 1 unidade M (ralada) a abertura do ano letivo deste melhorando Açúcar – 1 colher sopa ano que teve como novidade o rendimen- Maisena – 1 colher chá a entrega de notebooks, ini- to dos nos- Temperos e sal a gosto ciativa da Prefeitura, através sos alunos”, da Secretaria de Educação. O ressaltou a Modo de fazer evento aconteceu no dia 1° de docente. Coloque os umbus para cozinhar com uma xícara de água. fevereiro numa solenidade re- A amplia- À parte, doure a cebola e reserve. Em seguida bata o umbu no Prefeito fez a entrega dos kits tecnológicos alizada na quadra de esportes ção da tecno- liquidificador na função pulsar, coe e coloque na panela com a do Senai. logia em sala rização dos professores nos cebola dourada. Acrescente o açúcar e a maisena, misture tudo Os kits tecnológicos vieram de aula fez parte de um diag- últimos três anos. “Temos a e deixe cozinhar bem. O molho fica em ponto mole. Regue o com impressora, notebook, nostico elaborado pela secre- missão de oferecer educação bode assado com o molho agridoce. modem com acesso a inter- taria municipal de Educação de qualidade para todos, valo- Receita cedida por Elisete Lopes net e pen drive, para todos os que apontou as principais de- rizando a igualdade na educa- professores efetivos do muni- mandas do setor no municí- ção. Missão de educar crianças cípio. Foram quase mil kits en- pio. “Priorizamos as principais e jovens com ações municipais tregues, um avanço inédito na demandas da categoria, como em busca de um mundo me- educação pública municipal, o pagamento pela primeira nos desigual”, ressaltou. visando melhorar e moderni- vez do 13° salário dos profes- A secretária destacou nú- zar o trabalho dos professores sores contratados, e agora en- meros que demonstram os em sala de aula. tregamos esses kits que irão avanços da educação em Pe- A Professora Francisca Ma- revolucionar e modernizar a trolina como o aumento de alu- ria Bezerra, há 18 anos no qua- educação no nosso municí- nos matriculados que em 2009 dro da Prefeitura, foi uma das pio”, destacou o prefeito Julio era 34.666 matriculados, e em contempladas com o kit tecno- Lossio. 2011 subiu para 37.046, além lógico, anunciado no final do A secretária de educação de 3 mil crianças matriculadas ano pelo prefeito Julio Lossio. do município, Célia Regina no programa Nova Semente, “É uma forma de trazer o pro- de Carvalho, ressaltou as me- que oferece serviço de creche fessor para o mundo da tecno- lhorias na educação e a valo- com apoio educacional.
    • 22 Jornal do Sertão - Fevereiro de 2012 / Edição 72 CIÊNCIA Exército combate ataques Andar lento pode cibernéticos prever Alzheimer Em janeiro, as Forças Ar- ção de todas as ações de prote- fazer as coisas em uma escala- A velocidade com que um cardíaco ou outros problemasmadas concluíram duas licita- ção virtual da organização. da, disse o General Antonino indivíduo caminha pode dar cardíacos.ções para a compra de um an- O programa adquirido por Guerra, do Ccomgex Segundo pistas sobre a probabilidade Mais recentemente, ou-tivírus e de um programa que R$ 5,1 milhões será desenvol- Guerra, a preferência por em- do aparecimento de demência tro artigo no Journal of thesimula ataques cibernéticos, vido pela empresa carioca De- presas nacionais para o pro- em um período mais avança- American Medical Associationno valor total de cerca de R$ catron e atualizado de acordo grama de proteção do Exército do da vida, afirma um estudo sugeriu uma relação entre ca-6 milhões. Os dois programas com as necessidades da orga- deve estimular a competição e conduzido por pesquisadores minhar mais rápido após os 65serão desenvolvidos por em- nização, o que deve facilitar a o avanço das empresas de tec- americanos. Ainda segundo anos de idade e viver mais.presas brasileiras. O simula- manutenção do sistema de se- nologia e sistemas de seguran- a equipe, as chances de um Na última pesquisa, coor-dor de guerra cibernética trei- gurança. ça no Brasil. derrame também podem ser denada pela especialista Ericanará os oficiais em pelo menos O antivírus, no valor de R$ O orçamento previsto para indicadas pela firmeza da em- Camargo, do Boston Medical25 cenários de diversos tipos 800 mil, também está em fase o CDCiber em 2012 é de R$ 83 punhadura. Center, os pesquisadores re-de ataque contra redes seme- de desenvolvimento e deve- milhões, que devem ser des- O estudo segue o caminho gistraram imagens do cérebro,lhantes às do Exército. rá ser entregue pela empresa tinados a pelo menos outras de outras pesquisas já reali- a velocidade da caminhada A Ccomgex, que coordena BluePex, de Campinas (SP), quatro aquisições que incluem zadas que também indicaram e a firmeza da empunhaduraa compra do antivírus e do si- dentro de 12 meses. equipamentos, softwares e o conclusões semelhantes. Uma de 2.410 pessoas com idademulador de ataques ciberné- “O desenvolvimento de treinamento de pelo menos pesquisa publicada no ano de média de 62 anos de idade.ticos faz parte do Centro de softwares no Brasil é muito 500 oficiais. “Temos cursos 2009 no British Medical Jour- Ao cabo de onze anos, 34 ha-Defesa Cibernética do Exérci- competitivo, está avançando. externos para militares das nal observou uma “forte asso- viam desenvolvido demênciato (CDCiber), criado em 2010 Para garantir a participação de três forças “, completou o Ge- ciação” entre caminhar len- e 79 haviam tido um derrame.para concentrar a administra- empresas nacionais, temos que neral. (Fonte: BBC Noticias) tamente e morrer de ataque (Fonte: BBC Notícias) Mulher estaciona Cactos raros estão sob melhor do que risco na caatinga o homem Pesquisadores da Univer- sidade Federal do Vale do São Uma pesquisa encomenda- professor de autoescola Neil Francisco (Univasf) descobri-da por uma empresa britânica Beeson, que também tem um ram, em dezembro, populaçãosugere que as mulheres são programa sobre o assunto em com mais de 270 indivíduosmelhores que os homens na um canal de televisão britâni- de um dos cactos mais raros ehora de estacionar os carros. A co, ITV. ameaçados de extinção da caa-pesquisa, encomendada pela “Fiquei surpreso com os tinga. As plantas, no entanto,rede de estacionamentos NCP resultados, pois, de acordo estão às margens da BR-235,observou 2,5 mil motoristas com minha experiência, ho- em Juazeiro, num a área usa-em 700 estacionamentos es- mens sempre aprenderam da como lixão e que sofre des-palhados pela Grã-Bretanha melhor e geralmente tinham matamento.durante um mês. uma performance melhor nas “Em 20 anos de estudos, O estudo mostrou que as lições. No entanto, é possível nunca havia encontrado essemulheres podem até precisar que as mulheres tenham guar- cacto. Mas, agora, mais impor-de mais tempo para estacio- dado melhor as informações”, tante que divulgar a descober-nar, mas têm mais probabili- disse. ta no meio acadêmico, é evitardade de deixar o carro centra- “Os resultados também pa- que a espécie desapareça”, dizlizado na vaga e são melhores recem acabar com o mito de José Alves de Siqueira Filho,na hora de encontrar espaços, que os homens têm uma noção coordenador do Centro de Re-sendo mais precisas na hora espacial melhor do que as mu- ferência para Recuperação dede alinhar o carro antes de ini- lheres”, acrescentou. Áreas Degradadas (Crad) da res. Comuns em áreas abertas tinção, segundo Siqueira, é aciar cada manobra. Em entrevistas com moto- Univasf, em Petrolina. da caatinga, os preás são con- realização de pesquisas siste- Por outro lado, os homens ristas, os pesquisadores des- Tipo de coroa-de-frade, o siderados indicadores de de- máticas e de longo prazo. Omostraram mais habilidade cobriram que homens e mu- cacto é chamado Discocactus gradação do bioma, único ex- desmatamento, além de res-em dirigir para frente nos es- lheres acreditam que acertar bahiensis pelos botânicos. En- clusivamente brasileiro e que tringir a área de distribuiçãopaços das vagas e demonstra- o ângulo logo na primeira vez, cravado no solo, apenas com se estende por mais de 822 mil do Discocactus bahiensis, seram mais confiança. Menos na hora de estacionar, é o mais os espinhos à mostra, a planta quilômetros quadrados. Por constitui numa ameaça porhomens optaram por reposi- difícil - 50% dos entrevistados passa despercebida, mas não isso, a interação entre as duas expor a planta a intempériescionar o carro depois de entrar acham que este é o grande pro- aos preás. Sinais de marcas de espécies não é um bom sinal. e ao pisoteio. (Fonte: Jornalna vaga. blema. (Fonte: BBC Notícias) dentes desses roedores foram Uma das medidas para do Commercio/Ciência e Meio O teste foi criado pelo registrados pelos pesquisado- tentar livrar a espécie da ex- Ambiente)
    • Jornal do Sertão - Fevereiro de 2012 / Edição 72 23 Mais uma usina de leite em Serra A comunidade de Bernar- (Adagro) e do IBGE. A capaci-do Vieira, distrito de Serra Ta- dade é de produção de 40 millhada, ganhou, neste mês de litros de leite/dia.fevereiro, uma usina de bene- “É um número que nosficiamento de leite. É a segun- desafia a trabalhar as usinasda do município e foi batizada de beneficiamento de formade Usina de Beneficiamento que elas possam receber todado Leite Isvaldo Conrado. A essa produção. Através dessesmeta do empreendimento é empreendimentos, a prefei-adquirir a produção de cerca tura municipal compra o leitede mil criadores, visando à do produtor visando à fabri-fabricação de leite industriali- cação dos produtos que irãozado, iogurtes, bebidas lácteas abastecer tanto os programase, num segundo momento, de sociais do município, como oqueijos, para a comercializa- comércio na região, levandoção em toda a região. oportunidade de renda para os O investimento da Prefei- criadores”, explica Rafael Fer-tura foi de R$ 60 mil e bene- nandes.ficiará todos os produtores Na usina de São João dorurais que fazem parte da Co- Barro Vermelho, a primeira dooperativa do Distrito de Ber- Batizado de Bernardo Vieira, o empreendimento atenderá cerca de mil criadores município, também na zonanardo Vieira. O secretário de rural da cidade, o trabalho éAgricultura, Meio Ambiente Talhada, Rafael Fernandes de bovino do município é de cer- do com dados da Agência Es- desenvolvido há dois anos come Reforma Agrária de Serra Oliveira, realça que o rebanho ca de 60 mil animais, de acor- tadual de Defesa Agropecuária outros mil criadores. Água Para Todos beneficia Bodocó Bodocó, no Sertão do Ara- mílias que serão beneficiadas, Católica e Evangélica. Poderripe, é um dos municípios obedecendo os critérios do Ca- Público – Secretaria de Saú-contemplados pelo Programa dÚnico - Cadastro Único para de; Secretaria de Desenvolvi-Água Para Todos, que integra Programas Sociais. A Secreta- mento Social da Mulher e dao Plano Brasil Sem Miséria, ria Municipal de Desenvolvi- Igualdade Racial; Secretariado Governo Federal, executa- mento Social, da Mulher e da de Infraestrutura e Serviçosdo pela Codevasf (Companhia Igualdade Racial de Bodocó Públicos; Secretaria de Agri-de Desenvolvimento dos Vale também executará esse papel. cultura, Recursos Hídricos edo São Francisco e Paraíba). O principal critério para Desenvolvimento EconômicoSerão implantadas 1000 cis- que as famílias sejam bene- e Câmara de Vereadores.ternas no município. O Comitê ficiadas é que elas tenham Programa – O Água ParaGestor Municipal (CGM) para renda per capita mensal de Todos foi criado pelo Governoexecutar as ações junto com a até R$ 140, valor considera- Federal a partir da necessida-Codevasf foi eleito dia 13 de do para definir as famílias em de de universalizar o acesso efevereiro. estado de extrema pobreza. uso de água pelas populações O encontro foi realizado No município, o CGM está re- carentes, em comunidades ru-no Teatro Aladino Gomes de presentado pela Sociedade rais não atendidas por este ser-Sá com representantes da em- Civil - Conselho Municipal de viço, atendidas por sistemaspresa estatal, da Prefeitura, Desenvolvimento Sustentável de abastecimento deficitários.Câmara Municipal, sindicatos, de Bodocó; Associação das O objetivo é garantir o amploassociações e igrejas. Ao CGM Mulheres de Feitoria; Sindica- acesso à água para às popula-será atribuído o papel de iden- to dos Trabalhadores Rurais e ções rurais dispersas e em si-tificar as comunidades e fa- da Agricultura Familiar; Igreja tuação de extrema pobreza. Seguros e emplacamentos em geral Caminhões, Ônibus, Carros, Motos, Imóveis e etc F: (87) 3831.7053 / 9902.6999 / 9940.2941 Av. João Gomes de Lucena, 4100
    • 24 Jornal do Sertão - Setembro de 2011 / Edição 67 Anuncie no Jornal do Sertão INTEGRANDO A REGIÃO Lançado em março de 2006, com periodicidade mensal, O Jornal do Sertão é o único veiculo de comunicação em mídia impressa do interior de Pernambuco que alcança os principais municípios do Sertão do Estado. Possui uma tiragem com- provada de 8 mil exemplares, que atinge cerca de 6 leitores por exemplar, o que resulta em um publico estimado de 48 mil leitores (autorida- des municipais, estaduais, federais, empresários, profissionais liberais, estudantes e formadores de opinião). Além disso, por ter uma periodici- dade mensal, sua vida útil supera em muito a dos jornais diários. Valorize seu investimento. Anúncie em um ve- ículo que dá prestígio à sua marca. 81. 99748312 jornaldosertao@hotmail.com