Your SlideShare is downloading. ×
Edicao julho 2013
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Edicao julho 2013

272

Published on

Quem não é visto não é Lembrado …

Quem não é visto não é Lembrado

ANUNCIE

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
272
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Julho de 2013 | página 1 QUALIFICAÇÃO Chuvas e inundações: o que fazer? Indústria abrirá 7,2 milhões de vagas até 2015 Pesquisas recentes indicam que serão necessários trabalhadores com formação técnica e profissionalizante para atender a demanda crescente na área operacional. Página 8. Secretaria do Meio Ambiente apresenta ações da prefeitura contra inundações causadas em vários bairros pelas intensas chuvas registradas nos últimos tempos. Página 10. PRPRPRPRPROVIDÊNCIASOVIDÊNCIASOVIDÊNCIASOVIDÊNCIASOVIDÊNCIAS SEGURANÇASEGURANÇASEGURANÇASEGURANÇASEGURANÇA Paraná tem 268 novas viaturas Governador Beto Richa reforçou a frota de viaturas para as Polícias Militar, Civil e Científica em todo o Paraná. Página 3. Edição 05 Curitiba , julho de 2013 Leque de serviços nas Telessalas aumentou A alta da inflação levou os brasileiros a adotarem práticas mais conscientes no momento das compras e até no consumo de alimentos. Página 13. COMPORTAMENTO Mais consciência na hora de consumir A alta da inflação levou os brasileiros a adotarem práticas mais conscientes no momento das compras e até no consumo de alimentos. Página 4.
  • 2. Julho de 2013 | página 2 EXPEDIENTE GAZETA DO CAMPO COMPRIDO Rua José Pereira dos Anjos 220 Bloco 05 Apto 03 Bairro Campo Comprido – Curitiba/PR – CEP 81270-260 Telefone: (041) 3373-9744 – 9672-68-84 e-mail – gazetacampocomprido@terra.com.br GAZETA DO CAMPO COMPRIDO IMPRESSO NA GRÁFICA GRAFINORTE S/A E-mail: grafinorte@grafinorte.com.br www.grafinorte.com.br Tiragem de 6.000 mensais | Distribuição gratuita. Jornal terá uma circulação em bairro e vilas da região e vai atingir mais de 30.000 habitantes. FALE COM A REDAÇÃO / COMERCIAL e-mail – gazetacampocomprido@terra.com.br Comercial: 3373-97-44 – 9672-68-84 EDITORIAL Jorge Luis Schmekel – Diretor geral Liana Abreu – jornalista MTB 2250/PR Diego Thiebes Duarte – Diagramador Geral PENSE NISSO! A voz do povo é a voz de Deus! O velho ditado diz tudo: se é preciso bradar para garantir a felicidade da maioria, então vamos bradar. O mês de junho refletiu o desejo do povo através de cartazes, grandes passeatas e (infelizmente) também por “quebradeira”. A voz quando não é ouvida, não surte efeito; portanto fizemos bastante barulho a ponto de sermos ouvidos por povos de outros continentes. Parabéns, brasileiros, pela iniciativa geradora de mudanças. Abaixamos os valores dos transportes, mostramos ao mundo que não somos movidos a futebol e samba. Aqui existe um povo unido, clamando por seus direitos. E unidos havemos de vencer os desagrados. Que Deus nos auxilie. Neste mês de julho, observaremos os resultados (ou a movimentação para levar a eles) das manifestações populares, mas também a volta do campeonato brasileiro (veja tabelinha), entre outros acontecimentos. Anotem aí. A próxima edição da GCC poderá ser encontrada no dia 14 de agosto nos pontos comerciais e principais vias de acesso nos bairros: Campo Comprido, Ecoville, CIC, Santa Quitéria, Mercês, São Brás, Jardim Gabineto, Mossuguê, Vila Sandra, Atenas, Fazendinha, Portão, Santa Felicidade e imediações. Abração e até lá! Equipe GCC Muitas vezes não compreendemos porque demoramos tanto para progredir, enquanto que para alguns isso acontece tão rápido. Talvez seja porque progresso é luz e luz repentina ofusca os olhos. Procurai suportar com ânimo, tudo aquilo que precisa ser feito. A frase grifada é de Sócrates. (Trecho retirado do livro “3.900 segundos de sabedoria). Dia do Amigo e Internacional da Amizade O Dia do Amigo é oficialmente comemorado em 20 de julho. A data foi criada pelo argentino Enrique Ernesto Febbraro motivado pela chegada do homem à lua, ocasião na qual enviou cerca de quatro mil cartas para diversos países e em diferentes idiomas. Ele justificou que a chegada do homem a lua significava que se os povos se unissem, não haveria objetivos impossíveis. P r i m e i r a m e n t e adotada em Buenos Aires, na Argentina, através de um Decreto, a comemoração foi gradualmente espalhando- se em outras partes do mundo. “Para conhecermos os amigos é necessário passar pelo sucesso e pela desgraça. No sucesso, verificamos a quantidade e, na desgraça, a qualidade.” - Confúcio “Há 2 espécies de chatos: os chatos propriamente ditos e... os amigos, que são os nossos chatos prediletos.” - Mário Quintana “Ter muitos amigos é não ter nenhum.” - Aristóteles Frases para o Dia do Amigo PARA RIR UM AMIGO CONTA PARA O OUTRO: — Na minha casa tem um quadro de um cacho de uvas tão bem pintado, que os pássaros chegam a vir bicá-lo. — Pois eu tenho um melhor, representa um cão tão perfeito, que as autoridades me obrigaram a vaciná-lo.
  • 3. Julho de 2013 | página 3Segurança Segurança pública é reforçada com mais 268 viaturas O governador Beto Richa entregou no início deste mês, em Curitiba, mais 268 novas viaturas para as Polícias Militar e Civil e Científica de todo o Paraná. Os veículos fazem parte do lote de 1.470 automóveis adquiridos pelo Governo do Estado. A frota das forças de segurança paranaense não era renovada desde 2006. ”O governo estadual está contratando mais policiais, dando a eles um salário mais digno e também as condições necessárias de trabalho para combater a criminalidade no Estado”, afirmou o Beto Richa. Desde 2011, o governo já contratou 4.457 novos policiais e bombeiros, realizou a abertura de concurso público para a contratação de mais 5.264, e assinou a remuneração por subsídio, elevando o salário inicial do soldado para R$ 3.225,99, o maior entre os estados. As ações do programa Paraná Seguro, lançado pelo governador em 2011, tem estruturado a área de Segurança Pública. Um dos resultados foi o índice de homicídios dolosos, que caiu 15% nos cinco primeiros meses deste ano, em comparação com o mesmo período de 2012. REESTRUTURAÇÃO – As 1.470 viaturas adquiridas pelo Governo do Estado atenderão a Polícia Militar, a Polícia Civil, o Corpo de Bombeiros, o Instituto de Criminalística e o Instituto Médico-Legal, e são distribuídas a partir de planejamento estratégico elaborado pela Secretaria da Segurança Pública. “Estamos renovando toda a frota paranaense. São viaturas de porte arrojado que darão maior eficácia ao trabalho de nossas polícias”, disse o secretário da Segurança Pública, Cid Vasques. ”A reestruturação da frota permite a mobilidade necessária aos profissionais da Segurança Pública e, desde que começaram a ser distribuídas, contribuiram para de operações sistemáticas, preventivas e repressivas”, afirmou o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Roberson Bondaruk. CIVIL – Outras 71 viaturas são para a Polícia Civil, para atendimento em diferentes regiões do Estado. Também receberam carros novos a Divisão de Polícia Metropolitana, Divisão de Crimes contra o Patrimônio, Divisão de Investigação Criminal, Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) e Tático Integrado de Grupos de Repressão Especial (Tigre). Ao todo, serão 250 novas viaturas para a Polícia Civil. Os 53 novos veículos para Polícia Científica serão destinados aos Institutos de Criminalística e aos Institutos Médico-Legal. “As novas viaturas vão proporcionar atendimento mais ágil e um trabalho mais seguro à Polícia Científica”, destacou o diretor-geral, Leon Grupenmacher. MEIO AMBIENTE – Os órgãos da Secretaria do Meio Ambiente também receberam 24 veículos para monitoramento dos rios, estações m e t e o r o l ó g i c a s , identificação de riscos de deslizamentos e no apoio aos municípios afetados pelas fortes chuvas. (Fonte: Aenoticias) Rone comemorou 21º aniversário A Rondas Ostensivas de Natureza Especial (Rone), do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar do Paraná, realizou na manhã do domingo 7 de julho, a 3ª edição da Corrida da Rone em comemoração ao seu 21º aniversário. Foram 7 quilômetros com saída e chegada em frente ao Quartel do Comando Geral da Polícia Militar do Paraná, no bairro Rebouças, em Curitiba. Com as inscrições foram arrecadadas aproximadamente 600 latas de leite em pó que serão doadas em breve. Segundo o tenente-coronel Rui Rota da Purificação, comandante do Bope, a cada ano a data do aniversário está sendo mais lembrada e comemorada. “O importante é fazer esta confraternização entre os integrantes da Rone e também com a comunidade. Observamos a participação de todos e a importância da condição da inscrição, revertendo-a em uma doação que com certeza será de grande valia para as entidades que receberem”, afirma.
  • 4. Julho de 2013 | página 4 Regional Inflação torna brasileiro mais consciente na hora de consumir A alta da inflação levou os brasileiros a adotarem práticas mais conscientes na hora de se alimentar, de fazer a lista de compras e de reaproveitar restos de comida. É o que aponta a pesquisa nacional Consumo Consciente, elaborada pela Federação do Comércio do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio-RJ) em parceria com o Instituto Ipsos. “Do ano passado para cá, mais brasileiros adotaram medidas que são condizentes com ecologia, com a preservação dos recursos naturais. Isso significa que essas medidas foram adotadas em função de alguma circunstância, qual seja, a inflação mais alta”, disse o economista da Fecomércio-RJ Christian Travassos. De acordo com a pesquisa, feita com mil pessoas de 70 cidades brasileiras, o percentual de pessoas preocupadas com a preservação do meio ambiente no dia a dia subiu de 56%, no ano passado, para 60% este ano. Analisando a adoção de medidas menos agressivas ao meio ambiente, verifica- se que elas têm relação com os hábitos diários das famílias. Segundo o economista, houve avanços significativos de um ano para outro, por exemplo, no uso de sobra de refeições para fazer novos pratos (de 66% para 72%), em verificar se a embalagem do produto está danificada, antes de comprar (de 65% para 70%), e na leitura do rótulo de um produto antes de adquiri-lo (de 51% para 56%). “A gente associou a maior frequência desses hábitos a um custo mais alto de vida. Abastecer a despensa está mais caro no Brasil”, avaliou. Travassos acrescentou que devido ao aumento dos preços de alimentos e bebidas, o brasileiro tornou-se mais criterioso ao fazer suas compras. Daí a importância quepassaram a ter atitudes como verificar validade de produtos e fazer listas de compras. Em entrevista a GCC, o morador do bairro Santa Quitéria, Wellynton Postai, reveloumaisumaspectoda mudança de hábitos quando a inflação é sentida no bolso. “Para reduzir custos, mudo as marcas do que costumo comprar para economizar.Principalmente no que diz respeito a produtodelimpeza”,afirma o autônomo da área de comunicação visual. CONSUMO CONSCIENTE Em relação ao aspecto social dos entrevistados, a pesquisa identificou que a classe DE foi a que apresentoumaisavançosde 2012 para 2013 em termos de consumo consciente. “Até porque tem mais margem para avançar e porque é a que sofreu mais com a alta de alimentos e bebidas no último ano”, ressaltou o economista. Nesse grupo, o índice de brasileiros que mostraram maior preocupação com o meio ambiente subiu de 37% para 51%. “Seantesela(classeDE) estava mais propensa ao desperdício, a não atentar tanto para essas práticas no consumo do dia a dia, com a inflação mais cara ficou mais difícil desperdiçar alimento. Você pensa duas vezes antes de jogar fora uma salada. O tomate está muito caro, a cebola também. Vamos aproveitar, vamos fazer um novo prato, vamos checar o armário antes de ir para o supermercado”, salientou Travassos. A classe AB também avançou em relação ao consumo consciente, passando de 69% para 71%. (Com informações da Agência Brasil) O POVO FALA “Quando vou ao mercado, se o tomate ou alface estiver caro, eu não compro. Faço pesquisa antes de comprar” – Rosi Mari dos Santos, moradora no Campo Comprido há 50 anos. “Eu substituo o produto caro por outro mais barato. Existem coisas que a gente pode ficar sem comprar.” – Maria Medina, voluntária na cozinha da Comunidade Nossa Senhora de Lourdes. Bairro mais violento de Curitiba, CIC está há mais de um mês sem homicídios A Cidade Industrial de Curitiba (CIC), bairro mais populoso e apontado como o mais violento da capital, completou no último dia 5 de julho, 37 dias sem homicídios dolosos (com intençãodematar).Oúltimo crime ocorreu dia 28 de maio, segundo acompanhamento da Coordenadoria de Análise e Planejamento Estratégico (Cape) da Secretaria da Segurança Pública. “Esse resultado é fruto do trabalho conjunto, do aumentodamobilidadeeda ostensividade da polícia, mas também como fator decisivodaimplantaçãodas UPS, que foram instaladas em locais, onde havia criminalidade mais crônica no que tange a homicídios”, opina o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Roberson Bondaruk. A população estimada da CIC é de mais de 175 mil pessoas, de acordo com o Instituto Paranaense de D e s e n v o l v i m e n t o Econômico e Social (Ipardes). Por conta do históricodeíndiceselevados decrimes,comohomicídios e tráfico de drogas, o Governo do Estado implantou, desde o ano passado, cinco Unidades Paraná Seguro (UPS) no bairro, que colocam em prática o policiamento comunitário, próximo dos cidadãos, nas vilas Verde, Caiuá, Sabará, Nossa Senhora da Luz e Sandra. De acordo com a PM, a instalação dasUPSauxiliou em problemas que se irradiavam p a r a o u t r a s regiões do bairro. “Temos a redução não só dos homicídios,mas furto e roubo também estão em queda”, complementaBondaruk.“O sucesso das políticas de g o v e r n o implementadas, a criação do 23.º BPM, batalhão que a t e n d e especificamente a CIC, são inovações que este governo implementou e que mostram que asegurançapública do Paraná está no caminho certo”, avalia.
  • 5. Julho de 2013 | página 5
  • 6. Julho de 2013 | página 6 Esportes Brasil terá os ingressos mais baratos da história das copas (Agência Brasil) O secretário-geral da Federação Internacional de Futebol (Fifa), Jérôme Valcke, afirmou que a Copa do Mundo de 2014, que será disputada em 12 cidades brasileiras, terá os ingressos mais baratos da história da competição, cuja primeira edição ocorreu em 1930. Após apresentar balanço sobre a Copa das Confederações, Valcke disse que, em 70% dos jogos de 2014, os ingressos tendem a custar menos que os das últimas copas, sem dar muitos detalhes. “Do jogo 2 ao 48, vai ser o ingresso mais barato que já tivemos em Copa do Mundo, ainda mais se você aplicar o sistema de desconto. Vai ser realmente Prossegue o Brasileirão Após a parada para acompanhamento da Copa das Confederações, retorna aos campos de futebol o Campeonato Brasileiro da Séries A e B em 2013. Veja quais jogos os times paranaenses terão pela frente até a próxima edição da Gazeta do Campo Comprido, no mês de agosto: ª barato”, reforçou. Uma entrevista sobre o tema está prevista para o dia 19 de julho.
  • 7. Julho de 2013 | página 7Geral Curitiba assistirá torneio de Golfe Evento será formatado de acordo com padrões internacionais e traz integração esportiva, corporativa e sócio- cultural. Nos dias 27 e 28 de julho o Alphaville Graciosa Clube de Curitiba - PR sediará a primeira etapa do Soul Sessions Golf Championship. Além das disputas referentes ao torneio de Golf, o evento traz uma proposta ousada, que mistura esporte, entretenimento e business. Formatado de acordo com padrões internacionais que integram evento esportivo, corporativo, cultural e social, o torneio traz uma p r o g r a m a ç ã o complementar criada com objetivo de proporcionar aos jogadores uma experiência diferenciada de contato com o esporte, envolvendo não apenas os participantes do torneio, mas também sua família, amigos e convidados. Música, exposições artísticas, fotografia e acesso a serviços e marcas de altíssima qualidade fazem parte da programação que oferece aos jogadores e seus acompanhantes atrações exclusivas e serviços complementares como Spa, Barbearia, Nail Bar, Champanharia , Clínicas de Golf, Golf Kids, Special Brunch, Premium Lounge, entre outras opções que fazem do Soul Sessions Golf Championship um espaço de múltiplas perspectivas, onde gastronomia, cultura, lazer e esporte misturam- se em um ambiente sofisticado e extremamente convi- dativo. De acordo com a organização do evento, o torneio reunirá grandes marcas, atletas, profissio-nais e executivos de diferentes áreas, configu-rando-se uma vitrine de serviços e produtos e oportunizando a realização de bons negócios. O TORNEIO As disputas do torneio serão divididas em duas categorias, profissional e amador. Participarão do torneio 16 profissionais convidados, sendo 8 brasileiros e 8 estrangeiros, representantes da Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Paraguai, Peru, Venezuela e Uruguai. Os profissionais disputarão a bolsa de premiação no valor de R$ 120.000,00 (cento e vinte mil reais), que serão distribuídos conforme colocação individual. O torneio será disputado na modalidade Stroke play em 36 buracos, o mesmo formato vale para o Torneio Amador, que acontece paralelamente. São esperados aproximadamente 100 jogadores para o Torneio Amador, que disputarão na modalidade Stroke play em 36 buracos na categoria Masculina Handicap Index até 14,0; Masculina Handicap Index 14,1 a 26,0 e Feminina Handicap Index até 26,0. O Soul Sessions Golf Championship faz parte dos preparativos para o retorno do Golfe aos Jogos Olímpicos em 2016. Além de Curitiba, sede da primeira etapa, o evento terá mais duas etapas em 2013, as próximas cidades a sediar o evento são São Paulo e Rio de Janeiro, respectivamente. Até 2014 outras 5 etapas integrarão o calendário do torneio. Alphaville Graciosa Clube de Curitiba | Créditos: Divulgação
  • 8. Julho de 2013 | página 8 Economia Indústria paranaense tem terceiro maior crescimento do País A produção industrial do Paraná cresceu pelo terceiro mês consecutivo e expandiu 0,9% em maio, na comparação com abril, contra queda de 2% para o Brasil. O ganho acumulado do Estado em três meses foi de 6,5%. Pelo resultado de maio, o desempenho paranaense foi o terceiro melhor dos 14 estados pesquisados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (5), pela Pesquisa Industrial Mensal Regional - Produção Física (PIM-PF). Nove dos locais pesquisados apresentaram retração na produção industrial. Apenas Goiás Goiás (3,2%) e Minas Gerais (1,1%) obtiveram resultado melhor que o Paraná, cuja performance foi impulsionada pelos ramos de edição e impressão, refino de petróleo e álcool e bebidas. Em relação a maio do ano passado, a produção fabril paranaense avançou 4,7%, ante aumento de 1,4% para a indústria brasileira. Foi o terceiro melhor resultado do País, atrás apenas de Amazonas (6,6%) e Bahia (5,5%). SEGMENTOS – Dos 14 segmentos investigados, sete apontaram alta, e as principais influências positivas foram edição e impressão (33,2%), devido a maior fabricação de livros, brochuras ou impressos didáticos e jornais; veículos automotores (16,1%), impulsionado pelo aumento na produção de caminhões, caminhão- trator para reboques e semirreboques e automóveis; minerais não metálicos (11,8%), pela maior produção de cimentos Portland; mobiliário (4,4%); e máquinas e equipamentos (3,6%), com maior fabricação de tratores agrícolas e refrigeradores e suas partes e peças. O indicador acumulado para os cinco primeiros meses de 2013 da indústria do Estado encolheu 0,1%, frente aceleração de 1,7% para o complexo nacional, exibindo o quinto pior resultado. Todavia, mostrou redução no ritmo de queda em relação ao acumulado de janeiro-abril (-1,6%). A contração foi determinada por cinco dos 14 segmentos, com impactos negativos vindos dos ramos de edição e impressão (-27,2%), apesar da recuperação do índice mensal; celulose (-8,0%), com menor fabricação de papel-cartão ou cartolina e papel; e produtos de metal (-6,9%), devido a queda na produção de correntes cortantes de serras. No índice acumulado em 12 meses, encerrados em maio, a produção regional ficou estável, repetindo o decréscimo de 7%, diante variação negativa de 0,5% para o parque manufatureiro do País.Aindústriaparanaense registrou o segundo pior resultado, à frente apenas do Espírito Santo (-8,2%). Câmara analisa contratação de novo crédito A Câmara Municipal analisa o projeto de lei que trata da contratação de operação de crédito entre a Prefeitura de Curitiba e a Caixa Econômica Federal. De autoria do Executivo, a p r o p o s t a (005.00264.2013) autoriza a contratação de até R$ 27, 3 milhões para a execução de projetos dentro do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do Governo Federal. Os recursos provenientes da contratação do crédito serão investidos em projetos relacionados ao PAC OGU (Orçamento Geral da União) e ao PAC FGTS Pró-Moradia. Cerca de 20 localidades da capital serão contempladas, como as bacias hidrográficas dos rios Belém, Atuba, Barigui e Iguaçu; o Bolsão Tatuquara; as moradias Laguna e Itaqui; e as vilas Torres, Parolin e Unidos do Umbará. Conforme mensagem do prefeito, os investimentos serão em projetos de habitação popular, urbanização de favelas, drenagem pluvial, de recuperação ambiental, construção de equipamentos públicos – escolas municipais, centros de educação infantil (CMEIs) e centros de referência de assistência social (CRAS) –, além da implantação do Projeto Trabalho Técnico Social. Parte do recurso será usado na construção do Centro das Artes e dos Esportes Unificado (CEU) – antiga Praça do PAC –, que contará com dois edifícios multiuso, CRAS, salas multiuso, biblioteca, telecentro, cineteatro/ auditório com capacidade para 60 lugares, pista de skate, equipamentos de ginástica, playground e pista de caminhada. A partir de 2007, o município negociou com a Caixa e o Ministério das Cidades os recursos do PAC. As contrapartidas iniciais previstas para os projetos habitacionais eram de natureza física, mas a alta excessiva de preços no mercado da construção civil, falta de materiais e falta de mão de obra gerou a necessidade da atualização de preços e reprogramação dos contratos para as novas licitações”, diz a justificativa. O projeto de lei será analisado pelas comissões permanentes da Casa antes de ir a plenário. Durante este processo, a proposição pode ser arquivada pela Comissão de Legislação, Justiça e Redação, único colegiado com esta prerrogativa, ou retirada pelo autor. Após sua aprovação na Câmara Municipal, passa pela avaliação do prefeito, para sanção ou veto. Se sancionada, a lei entra em vigor na data de sua publicação. Tramitação EDUCAÇÃO Indústria terá 7,2 milhões de vagas operacionais até 2015 A expectativa é de que serão necessários trabalhadores com formação técnica e profissionalizante e, atualmente, apenas 6,6% dos jovens brasileiros estão em cursos de educação profissional. MapadoTrabalhoIndustrial, elaborado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), calculaqueentre2012e2015o Brasiliráprecisarde7,2milhões de pessoas com formação em 177 ocupações diferentes. São profissões procuradas, principalmente,pelaindústriade alimentos,têxtil,automotiva,da construçãocivil,eletrônica,entre outrossetores. Avaliação feita pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) é que a educação profissional no Brasil ajuda na ascensão social dos alunos. O salário inicial das 21 profissões mais demandadas é próximodeR$2mil(cercadetrês vezes o salário mínimo) e os profissionais com dez anos de carreirachegamaganharR$5,7 mil. Apesar do efeito de mobilidade social, apenas 6,6% dos jovens brasileiros estão matriculados em cursos de educaçãoprofissional. O percentual é muito inferior à média dos países industrializados,onde,conforme dados da Organização para CooperaçãoeDesenvolvimento Econômico (OCDE), 35% dos jovens optam pela educação profissional. Na Alemanha e na Finlândia, cerca de 50% dos jovens fazem cursos técnicos e, naFrança,a58%. Pesquisas da Confederação Nacional da Indústria (CNI) confirmam que a escassez de mão de obra qualificada está entreosprincipaisproblemasdas empresas brasileiras. Conforme aSondagemIndustrial,afaltade trabalhador qualificado foi o quinto principal problema enfrentadopelosempresáriosno primeirotrimestredesteano. A necessidade vai desde formações de média qualificação, como operadores de máquinas pesadas e mecânicos de manutenção de máquinas industriais e de veículosautomotores,atécursos que exigem mais tempo de preparação, como técnicos de controle de produção e em e l e t r ô n i c a . No que diz respeito à empregabilidadedessaspessoas, um outro estudo do SENAI mostrou que um ano depois de obterem o diploma, os trabalhadores de nível técnico formados na instituição conseguem aumentar sua rendaem24%.Olevantamento acompanhoumetadedasquase 40milqueterminaramoscursos em 2010. Desse total, 72% conseguem trabalho no primeiro ano depois de se formarem. Esses alcançaram renda média de 2,6 salários mínimos,cercadeR$1,6mil,na época. Os que atuam em áreas relacionadasàdeformaçãosão 73%dosqueestãoocupados.A rendamédiadelesé19%maior que os ocupados em outras áreas.
  • 9. Julho de 2013 | página 9Esportes
  • 10. Julho de 2013 | página 10 Meio Ambiente Toneladas de lixo são retiradas dos rios Lixo doméstico, entulhos, móveis sem serventia e pedaços de madeira lotam caçambas de caminhões Materiais que não devem ser misturadosaoLixoqueNãoéLixo: - Roupas, trapos, sapatos, couro, móveis, espuma, madeira, travesseiro, colchões e bichos de pelúcia (quando estiverem em condições de ser reaproveitados, estesmateriaispodemserdoados para o Disque Solidariedade, por meio do telefone 156). - Lixo de banheiro como Todos os dias, as equipes da Secretaria Municipal do Meio Ambiente retiram perto de três toneladas de lixo dos rios de Curitiba. Entre os resíduos encontrados com maisfrequênciaestãopedaços de plástico, madeira e isopor, sofás e outros tipos de móveis. Apenas nos primeiros cinco meses de 2013 foram removidas mais de 455 toneladas de entulhos, descartadas irregularmente pela população. A bordo de pequenos barcos, equipes da Secretaria Municipal do Meio Ambiente percorrem diariamente rios de todas as bacias hidrográficas que abrangem o município. Somente no mês de maio deste ano foram retiradas92,5 toneladas, metadedaBaciado Rio Barigui. No mês anterior, aproximadamente 36 toneladas foramretiradas pela CONSCIENTIZAÇÃO Todo cidadão pode colaborar! Prefeitura de Curitiba da Bacia do Rio Belém. O superintendente de Controle Ambiental da Secretaria do Meio Ambiente, Raphael Rolim de Moura, lembra que toda a cidade é atendida pela coleta regular de lixo, o que não justifica o descarte irregular. Além disso, a coleta de outros tipos de materiais, como móveis ou pedaços de madeira, pode ser solicitada pelo telefone 156, em qualquer ponto da cidade. Moura informa que a conscientização de cada um é fundamental e que todos podem contribuir separando corretamente o lixo seco, por exemplo. Alguns cuidados devem ser tomados para que o mesmo possa ser aproveitado no processo de reciclagem. As embalagens descartadas devem estar vazias e a disposição do material deve ocorrer no dia correto da coleta naquela região. “Se for colocado no dia errado, o material reciclável será recolhido pela coleta de lixo orgânico, invalidando a separação”, explica Moura. Os caminhões que fazem a coleta seletiva recolhem diariamente mais de 117 toneladas de lixo reciclável em toda a cidade, sendo outras 450 toneladas retiradas a cada dia das ruas pelos catadores. Além deste montante, pela coleta regular de lixo doméstico orgânico, a Prefeitura recolhe 1,8 mil toneladas por dia. (Fonte: Prefeitura de Curitiba) Veja algumas dicas para melhorar a separação do lixo doméstico e ajudar a manter a qualidade do serviço de limpeza pública, beneficiando o meio ambiente. fraldas, absorventes, papel higiênico, papel toalha e guardanapos usados também não podemserdescartadosnoLixoque Não é Lixo. - O material descartado no Lixo que Não é Lixo não deve conter restos de comida ou gordura. - Lixo Tóxico. Pilhas, baterias, esmalte, toner, embalagens de inseticida, tinta, cola, solvente, remédio vencido, lâmpadas fluorescentes são lixos tóxicos. Separe e entregue esses materiais no caminhão de coleta especial, num dos terminais de ônibus da cidade. Basta acessar o site da Prefeitura ou ligar para o fone 156 para consultar o dia de coleta do lixo tóxico. - Lixo vegetal e entulhos. Podas de árvores, gramas, madeiras, Tanguá e Barigui estão entre os melhores parques do Brasil Uma eleição recente realizada pelo maior site de viagens do mundo, o TripAdvisor, acessado por 200 milhões de pessoas a cada mês, colocou dois parques curitibanos, o Tanguá e o Barigui, na lista dos dez melhores da América do Sul. Os resultados foram apresentados na categoria Parques do prêmio Travellers’ Choice 2013. O Parque Tanguá, com área de 235 mil metros quadrados e situado nas antigas pedreiras junto ao Rio Barigui, no extremo norte de Curitiba, foi escolhido como o quinto melhor parque do Brasil e o oitavo da América do Sul. O Barigui, considerado o parque mais popular da cidade, com 1,4 milhão m², situado entre os bairros Bigorrilho e Santo Inácio, obteve a sétima colocação no ranking brasileiro e a décima da América do Sul. “Esses resultados mostram o reconhecimento dos parques de Curitiba por seus moradores e também pelos turistas nacionais e internacionais, já que o alcance do site TripAdvisor é mundial”, afirma o secretário municipal do Meio Ambiente, Renato Lima. Descrito pelo site como o melhor pôr-do-sol de Curitiba, o Tanguá foi citado pelos internautas como um belo local para fotos e caminhadas. A vegetação e a paisagem do parque também foram citadas como destaques. Outras importantes atrações do local são o mirante de 65 metros de altura, a cascata e o jardim em estilo francês, em homenagem ao artista plástico Poty Lazzarotto. O Tanguá possui ainda um túnel escavado na rocha, que une os dois lagos. O Parque Barigui foi apontadoporseusvisitantes como um ótimo local para corridas e caminhadas. A beleza do imenso lago, de 230milm²,eainfraestrutura também foram citadas. Os bosques do parque ajudam a regular a qualidade de ar da cidade e o lago tem a principal função de auxiliar na contenção de enchentes do Rio Barigui. O parque faz parte de uma política municipaldepreservaçãode fundo de vale, que evita o assoreamento e a poluição do rio, protege a sua mata ciliar e impede a ocupação irregular. O vencedor da categoria Parques do prêmio Travellers’ Choice 2013 foi o Parque Ibirapuera, em São Paulo. Na sequência, foram eleitos os parques Estadual do Ibitipoca, em Lima Duarte (MG); o Mangal das Garças, em Belém (PA); e o Parque das Dunas, em Natal (RN). A sexta colocação do ranking brasileiro ficou para o Parque da Ferradura, em Canela (RS). Foram ainda apontados entre os dez melhores parques do País o Unipraias, em Balneário Camboriú (SC), o Moinhos de Vento, em Porto Alegre (RS) e o Parque Flamboyant, em Goiânia (GO). RANKING Foto: Valdecir Galor SMC Foto: Luiz Costa móveis inservível (sofás, cadeiras) são materiais coletados por meio de coleta agendada pelo telefone 156. - Caliça. Para o recolhimento de atécincocarrinhosdemãodecaliça (restos de materiais de construção civil),acoletapodeserprogramada pelo fone 156. Para quantidades maiores, uma empresa especializadadevesercontratada. Secretário apresenta ações da prefeitura contra inundações O secretário municipal do Meio Ambiente, Renato Lima, compareceu à sessão extraordinária da Câmara de Curitiba para tratar das ações de resposta da prefeitura às intensas chuvas registradas nos últimos tempos. Lima destacou a criação, nesta administração, do Departamento de Gestão de Risco da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SMMA), que já havia sido apresentado, em maio, durante reunião da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do Legislativo. A resposta às inundações, de acordo com ele, teve o apoio de todas as áreas da prefeitura. Dentre elas, a Defesa Social, a Defesa Civil, a Fundação de Ação Social (FAS), a Guarda Municipal, as administrações regionais e a Comunicação Social. O representante do Executivo complementou que está sendo realizado o a c o m p a n h a m e n t o meteorológico do nível dos rios e de encharcamento do solo, com a atenção à saúde, devido ao risco de doenças como a leptospirose. Ele disse que são realizadas reuniões diárias e que, se a precipitação persistir, há planos de evacuação, de limpeza pública emergencial e de desinterdição de vias, dentre outras medidas. Já a longo prazo, Renato falou sobre a implantação, com financiamento federal, do Plano Nacional de Gestão de Risco e Redução de Desastres, da capacitação e treinamento da Defesa Civil e de ações para melhorar o uso e a ocupação do solo, com estímulo à permeabilidade e à mudança do estilo construtivo. Está prevista, ainda, a instalação de uma rede de pluviógrafos e fluviógrafos, instrumentos para monitorar as precipitações. “Temos que explicar à população que as inundações sempre vão acontecer. O que podemos é geri-las, utilizar melhor o solo e agir mais rápido”, declarou. O presidente da Comissão de Meio Ambiente, Bruno Pessuti (PSC), também disse que não há como acabar com o problema. Ele destacou o investimento de R$ 642 milhões, nos próximos anos, para a prevenção de desastres. O valor é proveniente de recursos federais, por meio do Plano Nacional de Gestão de Riscos. ESTRAGOS DAS CHUVAS Em apenas dois dias, 20 e 21 de junho, a precipitação foi de 181 milímetros, enquanto a média pluviómetrica para o mês é de 116 milímetros. Segundo o Simepar, o índice foi o segundo maior desde que o monitoramento teve início. Renato afirmou que as áreas mais afetadas foram a CIC, a Caximba, o Uberaba e as regiões dos parques Barigui e São Lourenço. Foram afetados, na capital, 2.332 edificações e 8.488 pessoas, com 854 desalojados e 298 desabrigados. Dentre os equipamentos públicos, as escolas municipais reuniram o maior número de danos.
  • 11. Julho de 2013 | página 11Entretenimento HORÓSCOPO PARA JULHO |Por Amanda Kwik www.tendaesoterica.com.br ÁRIES TOURO (21 ABRIL A 20 MAIO) GÊMEOS (21 MAIO A 20 JUNHO) (21 MARÇO A 20 ABRIL) TRABALHO: Período delicado para que tem negócios em sociedade. AMOR: Procure tratar de seus erros com maturidade. SAÚDE: Boa disposição para atividades físicas. Respeite seus limites. COR: Abóbora NÚMERO DA SORTE: 213 MENSAGEM ASTRAL: “As pessoas felizes não tem as melhores coisas. Elas sabem fazer o melhor das oportunidades que aparecem em seus caminhos.” TRABALHO: Os assuntos pessoais esta- rão dificultando o cumprimento de suas tarefas. Saiba separar as coisas. AMOR: Não deixe o relacionamento cair na rotina e invista no romance com criatividade. SAÚDE: Controle sua alimentação. Inclua frutas, legumes e verduras em seu car- dápio. COR: Caramelo NÚMERO DA SORTE: 147 MENSAGEM ASTRAL: ” A esperança é um alimento da nossa alma, ao qual se mis- tura sempre o veneno do medo.” TRABALHO: Boa capacidade para se ex- pressar e influenciar os outros positiva- mente. Aproveite as oportunidades. AMOR: Facilidades para fazer novas ami- zades e ampliar seu círculo social. SAÚDE: Não se exceda no consumo de alimentos gordurosos. COR: Laranja NÚMERO DA SORTE: 563 MENSAGEM ASTRAL: “Felicidade depen- de mais do estado de espírito do que das circunstâncias exteriores.” LEÃO (22 JULHO A 22 AGOSTO) CÂNCER (21 JUNHO A 21 JULHO) TRABALHO: Preste muita atenção no que faz e só assim conseguirá evitar perdas financeiras. AMOR: Decepções de ambas as partes geram distanciamento no romance. Faça sua parte e evite as criticas. SAÚDE: Proteja-se contra a inveja. COR DA SEMANA: Cobre NÚMERO DA SORTE: 012 MENSAGEM ASTRAL: “Quem tentar possuir uma flor, verá sua beleza mur- chando. Mas quem apenas olhar uma flor num campo, permanecerá para sem- pre com ela.” VIRGEM (23 AGOSTO A 22 SETEMBRO) TRABALHO: Muito cuidado nos contatos e ao fazer negócios com vendedores a domicílio. Riscos de ser passado para trás. AMOR: Tire um tempo para si mesmo e reflita sobre sua vida sentimental. SAÚDE: Cuide da pele, unhas e cabelos. COR: Creme NÚMERO DA SORTE:615 MENSAGEM ASTRAL: “Somos responsá- veis por aquilo que fazemos; pelo que não fazemos e pelo que impedimos de fazer.” LIBRA (23 SETEMBRO A 22 OUTUBRO) TRABALHO: Semana de dificuldades para resolver assuntos pendentes de ordem material. AMOR: Não assuma compromissos afetivos durante esta semana. Curta os bons momentos com a sua família. SAÚDE: Tenha atitudes e pensamentos positivos. Cor: esmeralda NÚMERO DA SORTE: 382 MENSAGEM ASTRAL: “A esperança bro- ta eternamente no peito do homem. Ele nunca é, mas espera sempre ser feliz.” TRABALHO: Não perca tempo e energia tentando resolver assuntos que não lhe competem, concentre-se naquilo que é sua responsabilidade. AMOR: Aproveite esta semana para cur- tir a relação. Principalmente para os ca- sados. SAÚDE: Tente descansar, relaxar e medi- tar. COR DA SEMANA: Azul marinho. NÚMERO DA SORTE: 174 MENSAGEM ASTRAL: “Não podemos fa- zer muito sobre a extensão de nossas vi- das, mas podemos fazer muito sobre a largura e a profundidade delas.” ESCORPIÃO (23 OUTUBRO A 21 NOVEMBRO) TRABALHO: Procure agir de maneira mais realista e objetiva diante dos obstáculos desta semana. AMOR: Esfrie a cabeça antes de criticar pessoas queridas. SAÚDE: Controle sua ansiedade, com res- piração e relaxamento. COR: Cores claras. NÚMERO DE SORTE: 967 MENSAGEM ASTRAL: “Você faz suas es- colhas, e suas escolhas fazem você.” CAPRICÓRNIO (22 DEZEMBRO A 20 JANEIRO) TRABALHO: Evite novas despesas, e pre- ocupe-se apenas em reorganizar sua si- tuação financeira. AMOR: Mostre-se presente nas questões de seus filhos. SAÚDE: Controle seus impulsos e o ner- vosismo. Com atividades físicas COR DA SEMANA: Turquesa Numero de sorte: 314 MENSAGEM ASTRAL: “Só há amor quan- do não existe nenhuma autoridade.” AQUÁRIO (21 JANEIRO A 19 FEVEREIRO) TRABALHO: uma atividade artesanal po- derá se transformar numa fonte de ren- da além de trazer bem-estar. AMOR: Reconciliações com amigos im- portantes. Entre em contato com as pes- soas que você ama. SAÚDE: Pratique seu hobby. COR DA SEMANA: Madeira NÚMERO DA SORTE: 854 MENSAGEM ASTRAL: “Muitas coisas não ousamos empreender por parecerem di- fíceis; entretanto, são difíceis porque não ousamos empreendê-las. SAGITÁRIO (22 NOVEMBRO A 21 DEZEMBRO) TRABALHO: Assuntos pendentes e que já deram muita dor de cabeça podem gerar surpresas novamente. AMOR: Exercerá forte domínio sobre o par. Use o romantismo. SAÚDE: Boa, mas não abuse. COR DA SEMANA: Branca NÚMERO DA SORTE: 668 MENSAGEM ASTRAL: “Cada qual sabe amar a seu modo; o modo, pouco impor- ta, o essencial é que saiba amar.” PEIXES (20 FEVEREIRO A 20 MARÇO) TRABALHO: Mantenha sua esperança viva em relação à qualidade de um projeto ou serviço seu. AMOR: Afaste-se de confusões. Use palavras suaves. SAÚDE: Faça uma massagem relaxante. Ou leia um bom livro COR DA SEMANA: Verde oliva NÚMERO DA SORTE: 427 MENSAGEM ASTRAL: “Podemos escolher o que semear, mas somos obrigados a colher aquilo de plantamos.” Quer criar histórias em quadrinhos? A Gibiteca do Solar do Barão está com inscrições abertas para os cursos de Histórias em Quadrinhos – HQ (níveis Básico, Intermediário e Avançado) e Mangá ( q u a d r i n h o s japoneses). Os interessados precisam ter idade mínima de 10 anos para os cursos ofertados às segundas- feiras, e 12 anos completos para os cursos ministrados às sextas-feiras e aos sábados. As matrículas podem ser efetuadas até o dia 9 de agosto, na própria Gibiteca, com custo mensal de R$ 45,00 (quatro parcelas) e o pagamento da primeira mensalidade deve ser feito no ato da inscrição. As aulas têm início em agosto e término previsto para o mês dezembro. Há opções de turmas em dias e horários diversos. A Gibiteca Solar do Barão fica na Rua Pres. Carlos Cavalcanti, 533 – Centro. Mais informações no local ou pelo telefone (41) 3321-3250. Foto: Fernando Augusto Faça sua vida valer a pena ligue 3155-7055 PORQUE VOCÊ MERECE SER FELIZ! www.tendaesoterica.com.br
  • 12. Julho de 2013 | página 12 Geral SAÚDE | Maioria dos homens só procura médico por influência da mulher ou filhos UmlevantamentodoCentrode Referência em Saúde do Homem de São Paulo mostra que 70% das pessoas do sexo masculino que procuram um consultório médico tiveram a influência da mulher ou defilhos.Oestudotambémrevela que mais da metade desses pacientesadiaramaidaaomédico e já chegaram com doenças em estágio avançado. Entre as justificativas apresentadas pelos homens entrevistados estão a falta de tempo,opreconceitoeasensação de invulnerabilidade às doenças. Os pacientes relataram que só cederam aos apelos dos parentes quando a dor ou o incômodo passouaatrapalharmuitoarotina. Segundoomédicourologistae coordenador do centro, Joaquim Claro, em muitos casos, a demora em buscar ajuda foi tão grande que o paciente precisou passar por uma intervenção cirúrgica. “O homem precisa manter cuidados mínimos realizando check ups de forma periódica, pelo menos uma vez ao ano. Isso porque, com o envelhecimento, os problemas começam a ser, se não mais frequentes, pelo menos mais preocupantes”, disse. O médico destacou que exames de rotina e consultas precisam ser mais frequentes principalmente a partir dos 40 anos. Após essa idade, as patologias mais comuns são câncer de próstata, problemas nos rins e na bexiga que podem levar ao câncer, alterações hormonais, cálculos renais e crescimento benigno da próstata. (Fonte: Agência Brasil) FEIRA Eletron, Ferramental e Feipack Empresas e clientes se encontram no maior evento do Setor De 14 a 18 de agosto no Expo Trade, em Pinhais, ocorrerá a Feira Eletron,Ferramentale Feipack evento que reunirá mais de 100 expositores dos setores da indústria Elétrica, Eletrônica, Automação Industrial, Máquinas- ferramenta e Embalagens e milhares de profissionais dispostos a conhecer e comprar produtos. São esperados 15 mil visitantes, com grande possibilidade de prospecção e geração de novos negócios. A entrada é gratuita. CONCURSO | Copel abre concurso para vários cargos A Companhia Paranaense de Energia realizará concurso público para preenchimento de vagas e cadastro de reserva em diversos cargos de níveis médio, técnico e superior. São ao todo 33 vagas distribuídas nas funções de Advogado Júnior, Engenheiro Cartógrafo Júnior, Técnico em Agrimensura I, Profissional de Nível Médio II - Teleatendente II e Profissional de Nível Nédio I - Leiturista. Há oportunidades não só em Curitiba, mas também em cidades do interior do Estado. Os salários iniciais são de R$ 1.258,50 para nível médio, R$ 2.285,36 para nível técnico e R$ 4.917,60 para nível superior, além de auxílio-alimentação de R$ 685 mensais, plano de saúde e previdência privada. O concurso está sendo organizado e operacionalizado pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e as inscrições devem ser feitas pela internet, no site www.nc.ufpr.br, até o dia 15 de julho. A taxa de inscrição é de R$ 51 para os cargos de nível médio e técnico e de R$ 65 para os cargos de nível superior, devendo ser paga até 15 de julho. As provas serão aplicadas no dia 4 de agosto nas cidades de Curitiba, Londrina, Cascavel, Ponta Grossa e Maringá. A partir do dia 29 de julho estará disponível no site www.nc.ufpr.br, o comprovante de ensalamento, documento que o candidato deverá imprimir e apresentar no local de aplicação das provas. Leia o edital do concurso, com detalhes sobre o processo seletivo, ante de realizar sua inscrição. Ele está disponível nos sites www.nc.ufpr.br e copel.com.
  • 13. Julho de 2013 | página 13Geral TRABALHO | Telessalas recebem melhorias para o atendimento Pessoal qualificado, novos cursos e instrumentos de orientação profissional são algumas das inclusões As Agências do Trabalhador oferecem, além de inúmeras oportunidades de emprego, oficinas de capacitação visando contribuir para a inserção social e melhoria do desempenho dos t r a b a l h a d o r e s paranaenses. Nas últimas semanas cerca de 120 agentes e tutores regionais do Programa de Orientação Profissional (POP) que atuarão nas telessalas do trabalhador passaram por treinamento de capacitação. De acordo com a coordenadora estadual da Divisão de Intermediação de Mão de Obra, Angela Cartens, o treinamento dos ministrantes de cursos é importante para troca experiências, sugerir mudanças e colher novas ideias dos participantes com objetivo de adaptar a orientação profissional a realidade local de cada município onde a Telessala do Trabalhador está instalada. “Nosso objetivo é capacitar agentes e tutores que atuarão na ponta e passar o máximo de conhecimento para que tenham condições de realizar um bom trabalho de orientação profissional”, destacou. A partir do dia 1° de agosto terá início nas Telessalas do Trabalhador o módulo de Informática Básica e de Direitos e Deveres do Trabalhador. “Após este treinamento, os agentes farão em seus municípios a divulgação das oficinas de melhoria das competências, quais serão os módulos de aprendizagem, prazo para inscrição, calendário das aulas e local onde serão ministrados os cursos”. Além da oficina de melhoria das competências, o Programa de Orientação Profissional inclui outros três instrumentos de orientação profissional. “O objetivo é levar ao trabalhador oportunidades e condições de acesso à qualificação profissional”, destacou o secretário estadual do Trabalho, Luiz Claudio Romanelli. Pensando nisso, está sendo elaborado um teste que será disponibilizado no portal da Secretaria, de como a pessoa deve se preparar para uma entrevista de emprego. Mini cartilhas vão orientar o trabalhador para elaborar um currículo vitae. Além disso, DVDs estão sendo produzidos com palestras sobre empregabilidade que serão apresentados aos trabalhadores nas Agências do Trabalhador. TELESSALAS - O secretário Luiz Claudio Telessalas do Trabalhador. Atualmente, são 125 telessalas instaladas nas Agências do Trabalhador de todo o Estado que oferecem oficinas de capacitação para os t r a b a l h a d o r e s paranaenses. Segundo Romanelli, o programa é um exemplo de parceria bem sucedida entre as várias instâncias governamentais e deverá ser ampliado gradativamente para todas qualificar mais 5 mil pessoas. Temos um excelente parceria com o IFPR e queremos ampliar o programa, que efetivamente consegue preparar os trabalhadores para o ingresso, a permanência e a progressão no trabalho”, afirmou Romanelli. Para o reitor Irineu Colombo, o programa Telessalas do Trabalhador contribui para a inserção social e melhoria do desempenho dos trabalhadores “Os cursos ministrados são dinâmicos, motivadores e auxiliam efetivamente os trabalhadores. É uma importante ferramenta para a orientação e qualificação profissional que proporciona ao trabalhador conteúdos para aprimoramento pessoal e profissional”, diz. O programa das oficinas de melhoria das competências para o trabalho objetiva melhorar o desempenho dos trabalhadores nos processos seletivos. As aulas são transmitidas via satélite, ao vivo, com o acompanhamento de um tutor local Os conteúdos são ministrados por professores do IFPR, com módulos de marketing pessoal, relações Interpessoais, inglês, e s p a n h o l , e m p re e n d ed o r i s m o, português e matemática básica. O público-alvo das telessalas são trabalhadores com dificuldade de inserção no mercado de trabalho, mulheres com mais de 40 anos chefes de família, beneficiários de seguro- desemprego, jovens que buscam o primeiro emprego, autônomos, prestadores de serviços, artesãos e e m p r e e n d e d o r e s individuais e da economia solidária. Saiba mais sobre o trabalho do governo do Estado em: ww w.facebook.com/ governopr ewww.pr.gov.br ”Na primeira etapa do programa, oferecemos cursos para mais de 4 mil trabalhadores.Nestanovaetapa,pretendemos qualificar mais 5 mil pessoas. ” Romanelli e o reitor do Instituto Federal do Paraná (IFPR), Irineu Colombo, assinaram no dia 26/06 o termo aditivo do convênio para a retomada e ampliação do Programa as 220 agências do trabalhador do Estado. ”Na primeira etapa do programa, oferecemos cursos para mais de 4 mil trabalhadores. Nesta nova etapa, pretendemos
  • 14. Julho de 2013 | página 14 Lazer ESTRÉIAS NO CINEMA O CARETA: DIGA NÃO ÀS DROGAS Novo show de Roy Caetano tem a finalidade de entreter e alertar Vencedor de um festival internacional em Los Angeles “NACE UNA ESTRELLA” e outros em vários países. Seu primeiro, disco em vinil na Chantecler/ Continental em 1981, que em poucos meses tornou-se um sucesso nacional, apresentando-se nas melhores emissoras de radio e de televisão. Também passou pelas gravadoras Poligran, Copacabana e outras nacionais. Em 1985 lançou um hit que virou a cabeça do público e da mídia: a música “Julieta” de autoria de Roedil (Roy) Caetano, F.C.Santos, com mais de 250 mil compactos vendidos e uma das mais executadas naquele momento nas rádios. SERVIÇO: O Careta; Diga não às drogas 1º de Agosto às 21h Teatro Guaíra Informações: (41) 3304-7900 Legenda Foto Roy: Fã e intérprete de Robertos Carlos com show em Curitiba Com mais de 30 anos de carreira, 13 álbuns editados, premiado e aplaudido no Brasil, E.U.A., Europa, África, América do Sul, Roy Caetano estará de volta ao Teatro Guaíra em única apresenta-ção no 1º dia do mês de Agosto. No palco apresentará o seu novo espetáculo cujo nome já induz ao teor “O Careta: Diga Não às Drogas”, um tributo a cantor Roberto Carlos adicionado a introdução de uma importante temática atual que será abordada com sensibilidade e inteligência. Romântico por excelência, Roy Caetano destaca-se pela faceta de ator e cantor, dando um cunho muito pessoal às suas performances. Em 20 segundos despe-se aos olhos do público dando sequência ao espetáculo. Emociona a plateia com seus personagens baseados em músicas como o palhaço da canção “Sonhos de um Palhaço”; o eterno Charles Chaplin com “Luzes da Ribalta”, clássicos que Roy gravou e eterniza na sua interpretação única. Além dos vários sucessos de autoria do próprio Roy Caetano , o artista mostra sua versatilidade com canções do Rei Roberto Carlos, com quem tem semelhança física e revela-se fã incondicional. Acompanhado do coral IL Mondo Gruppo Vocale e a banda Toque de Imaginação, Roy interpreta músicas como Detalhes e Eu te proponho. MAIS SOBRE ROY Alô, Dolly!! Umdosgrandesclássicos da Broadway, o musical Alô, Dolly! (Hello, Dolly!, no original) ganha nova montagem brasileira celebrando o encontro inédito de duas estrelas dos palcos,MaríliaPêraeMiguel Falabella, que assina ainda a versão nacional e a direção do espetáculo. Baseado na peça The Matchmarker – A casamenteira, com texto de Michael Stewart e letras e músicas de Jerry Herman, Alô, Dolly! estreou na Broadway em 1964 arrebatandonadamenosdo que 10 Prêmios Tony, entre eles o de Melhor Musical, Melhor atriz (Carol Channing), Melhor Libreto, Melhor Trilha, Melhor Direção e Melhor Coreografia. Alô, Dolly é até hoje um dos musicais de maior êxito da história, já foi remontado três vezes na Broadway, além de ter versões no mundo inteiro, inclusive no Brasil, com Bibi Ferreira e Paulo Fortes. A ação de Alô, Dolly se passaem1890,noestadode Nova Iorque, e conta a históriadeDollyLevi(Marília Pêra), uma célebre viúva casamenteira que é contratada pelo avarento e mal-humorado comerciante de Yonkers, Horácio Vandergelder (Miguel Falabella), para lhe arranjar uma esposa na cidade grande (na capital Nova Iorque). Dolly o apresenta a Irene Molloy (Alessandra Verney),masiniciaumasérie dearmações,quandodecide que ela mesma conquistará o bom partido e ficará rica. O musical destaca ainda o jovem Cornélio Hackl (Frederico Reuter), funcionário de Horácio que se apaixona por Irene. Ele está sempre metido em confusões com seu fiel escudeiro Barnabé Tucker (Ubiracy Paraná do Brasil). Além de tentar garantir seu próprio casamento, Dolly também resolve ajudar Ambrósio Kemper (Thiago Machado) a namorar Ermengarda (Brenda Nadler),sobrinhadeHorácio, que faz forte oposição ao romance, já que o rapaz é pobre. O elenco conta ainda comRicardoPêra,EsterElias ePatríciaBueno,alémdeum ensemble formado por 14 atores (sete homens e sete mulheres)ecincobailarinos. São29atoresemcenaeuma orquestra com 16 integrantes, sob a direção musical de Carlos Bauzys. SERVIÇO: Alô, Dolly. Dias 26 e 27 de julho Teatro Positivo MUITO BARULHO POR NADA (MUCH ADO ABOUT NOTHING, 2012) A vida de dois casais completamente diferentes, que atravessam momento complicados em suas vidas. Ao contrário da obra original de Shakespeare, esta versão enfoca conflitos do cotidiano. COMÉDIA DRAMÁTICA Dia 26 de julho PELOS OLHOS DE MAISIE (WHAT MAISIE KNEW, 2012) Em Nova York, Maisie (Onata Aprile), uma menina de sete anos, fica em meio à batalha judicial por sua custódia, depois do divórcio de seus pais, a veterana estrela do rock Susanna (Julianne Moore) e o curador Beale (Steve Coogan). DRAMA TESE SOBRE UM HOMICÍDIO (TESIS SOBRE UN HOMICIDIO, 2013) Roberto Bermudez (Ricardo Darín) é um especialista em Direito Criminal que foi chamado para ajudar a solucionar o assassinato de uma jovem diante da universidade em que trabalha. Com o tempo, ele passa a desconfiar que seu melhor aluno, Gonzalo (Alberto Ammann), seja o responsável pelo crime. SUSPENSE
  • 15. Julho de 2013 | página 15
  • 16. Julho de 2013 | página 16

×