Your SlideShare is downloading. ×
0
MITOSE
Mitose é o processo pelo qual as células
eucarióticas dividem seus cromossomos entre
duas células menores do corpo. Este p...
Ciclo Celular
O ciclo celular é o conjunto de fenômenos que ocorre numa célula viva durante
um período entre divisões dess...
1.1. Período G1: é o período de produção de enzimas,
proteínas e consequentemente, síntese de RNA. Nesse período a
célula ...
Esquema do ciclo celular: I=Interfase, M=Mitose. A duração da
mitose em relação às outras fases encontra-se exagerada.
A m...
PRÓFASE
No início da mitose, numa célula diplóide, o
centrossomo e os cromossomos encontram-se
duplicados. Na prófase os c...
METÁFASE
A metáfase é a fase mitótica em que os centrômeros dos
cromossomos estão ligados às fibras cinetocóricas que prov...
ANÁFASE
Quebram-se os centrômeros, separando-se
os dois cromatídeos que passam a formar dois
cromossomos independentes. As...
TELÓFASE
Na Telófase os cromossomos se descondensam,os
cromossomos filhos estão presentes nos dois pólos da célula e
uma n...
CITOCIENESE
Divisão do citoplasma que leva à individualização das células-filhas.
Nas células animais (sem parede celular)...
Apresentaçao de biologia
Apresentaçao de biologia
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Apresentaçao de biologia

62

Published on

BIOLOGIA
MITOSE

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
62
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Apresentaçao de biologia"

  1. 1. MITOSE
  2. 2. Mitose é o processo pelo qual as células eucarióticas dividem seus cromossomos entre duas células menores do corpo. Este processo dura, em geral, 50 a 80 minutos e é dividido em cinco fases: Prófase, prometáfase, metafase, anafase e telófase. Mas antes de estudá-las é preciso conhecer o ciclo celular que por sua vez, está dividido em duas fases.
  3. 3. Ciclo Celular O ciclo celular é o conjunto de fenômenos que ocorre numa célula viva durante um período entre divisões dessa célula, ou seja, num período de reprodução a reprodução. As fases do ciclo celular são: 1. Intérfase: A intérfase é o período de maior metabolismo celular, quando ocorre a síntese e a duplicação do DNA e de todas as outras substâncias e estruturas da célula. Está subdividida, respectivamente, em: 1.1. Período G1: é o período de produção de enzimas, proteínas e conseqüentemente, síntese de RNA. Nesse período a célula aumenta de tamanho. 1.2. Período S: período em que ocorre a síntese e produção do DNA. 1.3. Período G2: assemelha-se ao período G1, porém, neste período o DNA está duplicado. 2. Divisão Celular: É neste período em que ocorre a mitose, pois, todas as estruturas para uma nova célula já estão duplicadas. Lembrando que a divisão celular pode ocorrer também por meiose.
  4. 4. 1.1. Período G1: é o período de produção de enzimas, proteínas e consequentemente, síntese de RNA. Nesse período a célula aumenta de tamanho. 1.2. Período S: período em que ocorre a síntese e produção do DNA. 1.3. Período G2: assemelha-se ao período G1, porém, neste período o DNA está duplicado. 1. Interfase: A interfase é o período de maior metabolismo celular, quando ocorre a síntese e a duplicação do DNA e de todas as outras substâncias e estruturas da célula. Está subdividida, respectivamente, em:
  5. 5. Esquema do ciclo celular: I=Interfase, M=Mitose. A duração da mitose em relação às outras fases encontra-se exagerada. A mitose é o período durante o qual ocorre a divisão celular que compreende duas fases, a mitose e citocinese 2. Divisão Celular: É neste período em que ocorre a mitose, pois, todas as estruturas para uma nova célula já estão duplicadas. Lembrando que a divisão celular pode ocorrer também por meiose.
  6. 6. PRÓFASE No início da mitose, numa célula diplóide, o centrossomo e os cromossomos encontram-se duplicados. Na prófase os cromossomos começam a se condensar, tornando-se visíveis ao microscópio óptico. Cada cromossomo é constituido por dois cromatídios unidos pelo centrômero, chamados cromossomos dicromatídeos. Depois, os centríolos deslocam-se para pólos opostos da célula, iniciando-se, entre eles, a formação do fuso acromático ou fuso mitótico. Entretanto, o invólucro nuclear desorganiza-se e os nucléolos desaparecem. Essencial para a divisão dos cromossomos
  7. 7. METÁFASE A metáfase é a fase mitótica em que os centrômeros dos cromossomos estão ligados às fibras cinetocóricas que provêm dos centríolos, que se ligam aos microtúbulos do fuso mitótico. É a fase mais estável da mitose. Os cromatídeos tornam-se bem visíveis e logo em seguida partem-se para o início da anáfase. É nesta altura da mitose,que os cromossomos condensados alinham-se no centro da célula, formando a chamada placa metafásica ou placa equatorial, antes de terem seus centrômeros repartidos em decorrência do encurtamento das fibras cinetocóricas pelas duas células-filhas, fazendo com que cada cromátide-irmã vá para cada pólo das células em formação. Essa é a etapa em que os estudos do cariótipo são realizados, pois os cromossomos estão totalmente condensados.E tornam-se visiveis.
  8. 8. ANÁFASE Quebram-se os centrômeros, separando-se os dois cromatídeos que passam a formar dois cromossomos independentes. As fibrilas ligadas a estes dois cromossomos encolhem, o que faz com que estes se afastem (migrem) para pólos opostos da célula - ascensão polar dos cromossomos-filhos. O que leva a que no final, em ambos os pólos haja o mesmo número de cromossomos, com o mesmo conteúdo genético e igual ao da célula mãe.
  9. 9. TELÓFASE Na Telófase os cromossomos se descondensam,os cromossomos filhos estão presentes nos dois pólos da célula e uma nova carioteca organiza-se ao redor de cada conjunto cromossômico. Com a descondensação, os cromossomos retornam à atividade, voltando a produzir RNA, e os nucléolos reaparecem. Durante a telofase os cromossomos descondensam tornando-se menos visíveis. O invólucro nuclear reorganiza-se em torno de cada conjunto de cromossomos e reaparecem os nucléolos. O fuso acromático desaparece e dá-se por concluída a citocinese.
  10. 10. CITOCIENESE Divisão do citoplasma que leva à individualização das células-filhas. Nas células animais (sem parede celular) forma-se na zona equatorial um anel contráctil de filamentos proteicos que se contraem puxando a membrana para dentro levando de início ao aparecimento de um sulco de clivagem que vai estrangulando o citoplasma, até se separem as duas células- filhas. Nas células vegetais (com parede celular) como a parede celular não permite divisão por estrangulamento, um conjunto de vesículas derivadas do complexo de Golgi vão alinhar-se na região equatorial e fundem-se formando a membrana plasmática, o que leva à formação da lamela mediana entre as células-filhas. Posteriormente ocorre a formação das paredes celulares de cada nova célula que cresce da parte central para a periferia. (Como a parede das células não vai ser contínua, vai possuir poros — plasmodesmos, que permitem a ligação entre os citoplasmas das duas células).
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×