Your SlideShare is downloading. ×
Etica e liberdade
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Etica e liberdade

15,036
views

Published on

trabalho sobre ética e liberdade filosofia

trabalho sobre ética e liberdade filosofia


0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
15,036
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
172
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. A palavra "ética" é derivada dogrego e significa aquilo que pertenceao caráter. Na filosofia clássica , a ética não se resumia à moral (entendida como "costume", ou "hábito"), mas buscava a fundamentação teórica para encontrar o melhor modo de viver e conviver, isto é, a busca do melhor estilo de vida, tanto na vida privada quanto em públicoA ética busca fundamentar o bom modo de viver pelo pensamento humano.
  • 2. atualmente é definida como "a área da filosofia que se ocupa doestudo das normas morais nas sociedades humanas" e buscaexplicar e justificar os costumes de um determinado agrupamentohumano, bem como fornecer subsídios para a solução de seusdilemas mais comuns. Neste sentido, ética pode ser definida como aciência que estuda a conduta humana e a moral é a qualidade destaconduta, quando julga-se do ponto de vista do Bem e do Mal.
  • 3. (Ética)Confesso amargurado, envelheci precocementeSão tantos os conceitos que não compreendo maisValores que norteavam o procedimento humanoPerderam-se sem sentido no meio dos mortaisVejo a ética desfigurada pelo engodo traiçoeiroVejo homens que se prestam a servis interesseirosVejo pragas que se alastram e embaçam a visãoEm condutas vergonhosas, lamentável aberração.
  • 4. Vejo aqueles que ponderam de forma tão sutilPreparando argumentos para um tropeço vilQue por vezes escancara as raias do absurdoQue não resta outra saída: seja cego, surdo, mudo.Mas ainda temos loucos de loucura tão pungenteQue acreditam ser possível salvar a nossa menteDa tortura tão em voga sem perder a condiçãoDe ser gente decente sem de a ética abrir mão.
  • 5. Por isso sempre digo, já não passo de um loucoAcredito nos motivos que movem estes poucosQue colocam atrevidos, a ética por condiçãoPara erguer toda decência - não há outra solução.
  • 6. O livre arbítrio, que quer dizer, o juízo livre, é a capacidade deescolha pela vontade humana entre o bem e o mal, entre ocerto e o errado, conscientemente conhecidos. Ele é umacrença religiosa ou uma proposta filosófica que defende que apessoa tem o poder de decidir suas ações e pensamentossegundo seu próprio desejo e crença.
  • 7. determinismo psicológico doutrina que implica anegação do livre arbítrio e segundo a qual a vidapsíquica é rigorosamente determinada
  • 8. Em ética a liberdade costuma serconsiderada um pressuposto para aresponsabilidade do agente, odesenvolvimento de seu ambiente, de suasestruturas para conseguir, no final,satisfação para o meio.
  • 9. Liberdade, em filosofia, designa de uma maneiranegativa, a ausência de submissão de servidão edeterminação, ela qualifica a independência do serhumano
  • 10. É a autonomia e a espontaneidade deum sujeito racional, ela qualifica econstitui a condição doscomportamentos humanos voluntários
  • 11. Para Descartes, age com mais liberdade quemmelhor compreende as alternativas que precedem àescolha. Dessa premissa decorre o silogismo lógicode que quanto mais evidente a veracidade de umaalternativa, maiores chances dela ser escolhida peloagente.
  • 12. Ser livre é ser autônomo,é dar a si mesmo as regras aserem seguidas racionalmente. Todos entendem, masnenhum homem sabe explicar
  • 13. Ser livre é fazer o que segue necessariamente danatureza do agente. A liberdade suscita ao homem opoder de se exprimir como tal,na sua totalidade. Esta étambém, a meta dos seus esforços, a sua própriarealização
  • 14. Karl Marx entende a liberdade humanacomo a constante criação.Para ele, não há liberdade sem o mundo material no qualos indivíduos manifestam na prática sua liberdade juntocom as outras pessoas.
  • 15. A questão da liberdade entra na história na medidaem que o homem, para viver em sociedade, deve seadequar a normas sociais que atendam anecessidades da coletividade e não a particulares ouindividuais, o que implica em por limites a sualiberdade individual.