UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO – CEAD –                           UNIRIO Curso de Capacitação em EAD via...
comunicação e interação, onde “O próprio estudo não é iniciado e dirigido por eventosexpositivos e receptivos ritualizados...
implicações para as tarefas dos que as compõem: O professor deve ser o mediador eestimulador no aprendizado e na formação ...
3. MEHLECKE, Querte Terezinha Conzi; TAROUCO, Liane Margarida   Rockenbach - AMBIENTES DE SUPORTE PARA A EAD: a mediação p...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Educação a distância e educação on line diferenças e congruências

398 views
327 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
398
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
24
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Educação a distância e educação on line diferenças e congruências

  1. 1. UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO – CEAD – UNIRIO Curso de Capacitação em EAD via WEB nas modalidades Tutoria em EAD, Gestão em EAD e Elaboração e Produção de Material Didático em EAD / UNIRIO.DISCIPLINA: MÍDIAS VIRTUAIS E EDUCAÇÃO ONLINETUTORA: Kátia Ovídia José de SouzaAluno: João Carlos Teixeira de LimaOBJETIVO: Fazer abordagem referente às diferenças e convergências entre a EAD ea EOLTEMA: Educação à distância x Educação on line.“Educação à distância e Educação on line - Diferenças e Congruências"Em principio, apresentando diferenças e semelhanças entre a educação à distância e aeducação on line, podemos citar que: a EOL se realiza através da Internet, com velocidadena troca de informações e ferramentas para o intercâmbio de ideias, de discussõesacadêmicas, do envio de material de estudo, etc. A EAD extrapola os limites da Internet,ampliando sua desenvoltura para além do ambiente virtual. A EOL permite as relaçõesprofessor-aluno, aluno-aluno e alunos-professor-alunos, na via da autoria da aprendizagemdialógica, construcionista. A EAD se fundamenta no instrucionismo, com o aluno seautoinstruindo a partir da individualidade.A Educação a Distância estabelece um modelo educacional onde a mediação didático-pedagógica se dá por meio das tecnologias da informação e comunicação, nãoobrigatoriamente na Internet. Usa, principalmente, da comunicação assíncrona. Possui umalinha instrucionista, ou seja, fundamenta-se pela autoinstrução.Desde seu nascedouro, a EAD tem como parâmetros pedagógicos levar informações àdistância para indivíduos que pleiteiam ampliar conhecimentos, utilizando-se dasferramentas disponíveis, tais como correios, rádio, televisão, etc. Sua modalidade de ensinoé propositiva, com diretrizes educacionais que apostam no aluno como condutor do nível deseus estudos.Dona de caráter instrucionista, exerce docência unidirecional, tem conteúdo predefinido,estabelece relações assimétricas e as avaliações vão do professor para o aluno.Duas características nodais sustentam a modalidade Ensino à distância: Os estudantes sãosujeitos do processo de aprendizagem, “Por isso devem ser criadas situações de ensino emaprendizagem nas quais eles mesmos possam organizar seu estudo (princípio do estudoautônomo)”. (MEHLECKE e TAROUCO; p.2) e; o princípio do estudo por meio da
  2. 2. comunicação e interação, onde “O próprio estudo não é iniciado e dirigido por eventosexpositivos e receptivos ritualizados, mas, sim, por meio de discussão e interação”(MEHLECKE e TAROUCO; p.2)Cabe ressaltar que, na medida em que a EAD está se desenvolvendo, o caráter daconstrução coletiva dos conhecimentos vem assumindo precipuidade, fundamentando-se nacolaboração dialógica, que é característica da EOL, uma vez que o princípio doconhecimento sob a tutela do esforço coletivo torna-se mais nítido, em superação aomodelo de aprendizagem que privilegia a apropriação individual ou grupal dos saberes, quesegrega e, corriqueiramente, faz-se mantenedora de poderes sociais excludentes.Diante da enorme gama de avanços no plano das tecnologias da informação e comunicação,compete à EAD, na pessoa de seus sujeitos, manter-se em constante evolução no uso eaperfeiçoamento das ferramentas que venham a favorecer a ampliação dos espaços voltadospara uma educação compartilhada e a qualidade de seus resultados no processo ensino-aprendizagem. Este deve ser seu propósito principal. O "contexto, marcado pelo crescente aumento da capacidade de tráfego de elementos multimídia nas redes de computadores, pela popularização da Internet, e aumento de pesquisas e criação de Ambientes Virtuais de Aprendizagem (AVA) estão criando condições técnicas e tornando atraente o mundo da Educação a Distância. Ao mesmo tempo estão provocando novos desafios em relação aos modelos tradicionais de ensino- aprendizagem, às metodologias de ensino, à postura dos docentes e discentes e especialmente à forma de ensinar e aprender. É nesse cenário que a educação a distância tem sido chamada para dar respostas aos desafios postos pela sociedade do conhecimento". (ASSIS e LINDEN; p.8)O advento do mundo virtual, representado pela Internet é, hoje, a mais importanteferramenta de implementação da educação à distância. Isso, inclusive, vai de encontro auma convergência com a educação on line: ambas nutrem-se do ciberespaço no seuexercício pedagógico.A educação on line (EOL) apresenta características similares à educação à distância. Emtermos gerais, se caracteriza pela organização e distribuição de conhecimentos através doambiente virtual, portanto, através da Internet, de onde vem seu advento, no berço paraonde convergem todas as mídias. Em outras palavras, a EOL emergiu relacionada aosurgimento da Internet dentro do universo das TICs e é uma importante evolução para aárea educacional, dada a amplitude com que pode disseminar-se em escala planetária.Entretanto a EOL também está sujeita a reproduzir o modelo instrucionista dos cursospresenciais, onde há a distribuição de material didático, a presença explicativa de umprofessor e pouca interatividade. É comum ver-se cursos on line apenas transferindo para oambiente virtual a rotina presencial. Este é um desfio que a EOL possui, de modo nãosuprimir sua essência construtivista.Consequentemente, sendo EAD e EOL ferramentas que se adequam na contemporaneidadeàs premências por um processo educacional que percebe os indivíduos como co-participantes na tarefa de se construir saberes pertencentes a todos, cabe destacar
  3. 3. implicações para as tarefas dos que as compõem: O professor deve ser o mediador eestimulador no aprendizado e na formação crítica dos alunos nos ambientes virtuais, e oaluno tem responsabilidade sobre seu aprendizado, colaborando, ainda, através de suasreflexões, sugestões de temas e/ou indicação de outras fontes de pesquisa a que teve acesso,com o processo de aprendizagem dos demais que compõem sua turma.Portanto, o professor entra como o tutor que traz os temas, orienta os debates, auxilia nasreflexões, dando um parecer avaliativo ao final. Ao alunado, sua interação com o ambientede aprendizagem requer a participação, o questionamento, a pesquisa de fontes,compartilhando ideias e construindo saberes em conjunto.Através da EOL o processo educacional evolui para sincronicidade, em tempo real, no usode ferramentas, tais como, os Chats, as Videoconferências, entre outras, sem diminuição dovalor da comunicação assíncrona, quando se fizer necessário, através do uso de fóruns, e-mails, etc. Não obstante, a utilização da aula presencial não se esvazia em valor, emborapasse ao uso sazonal, a título de aproximar alunos e tutores de forma real, como também,permitir a discussão em conjunto dos temas, esclarecer dúvidas e explanar resultadosalcançados.A importância da intersubjetividade colaborativa e criativa na confecção dos saberes é oponto fulcral a se perseguir no processo ensino-aprendizagem, portanto é o diferencialpedagógico para o qual devem convergir EAD e EOL.Há que se compreender que nas duas modalidades, EAD e EOL, as premissas são as dedisseminar o conhecimento ao maior número de indivíduos, assim como, ambas trabalhamcom a modalidade do ensino não presencial e lançam mão das tecnologias da informação eda comunicação como suportes. Numa palavra, prevalece a importância dada ao processode ensino-aprendizagem. O que se faz significativo é que a proposta educacional as habita,perscrutando superar as limitações de espaço e tempo entre as pessoas, garantindo acesso àeducação. Que seja prioridade estruturar uma dinâmica educacional na qual a elaboração deconhecimentos esteja aberta a coparticipação de todos, mantendo acessibilidade ecompartilhamento disponíveis. Isso é o que se espera, que evoluam sempre e mais asmodalidades de ensino à distância e on line.Rio de Janeiro, 27 de janeiro de 2013.REFERÊNCIAS: 1. LINDEN, Marta Maria Van der; ASSIS, Cibele de Fátima Castro de - INTRODUÇÃO À EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA.pdf http://portal.virtual.ufpb.br/biblioteca-virtual/files/pub_1291082475.pdf Acesso em: 26/01/2013 2. LENCASTRE, José Alberto; ARAÚJO, Maria José – EDUCAÇÃO ON LINE: Uma Introdução.pdf
  4. 4. 3. MEHLECKE, Querte Terezinha Conzi; TAROUCO, Liane Margarida Rockenbach - AMBIENTES DE SUPORTE PARA A EAD: a mediação para aprendizagem cooperativa.pdf

×