Há pouco menos de 6 meses o Brasil obteve, de duas das maiores agências de rating, a classificação de investment grade e h...
Posicionamento do escritório<br />REVISÃO DO PLANO DE NEGÓCIOS<br />
Posicionamento do escritório<br />REVISÃO DO PLANO DE NEGÓCIOS<br /><ul><li>AS PREMISSAS PERMANECEM VÁLIDAS?
OS OBJETIVOS EMPRESARIAIS CONTINUAM FACTÍVEIS?
OS INVESTIMENTOS PERMANECEM NECESSÁRIOS?</li></li></ul><li>Posicionamento do escritório<br />REVISÃO DO PLANO DE NEGÓCIOS<...
Posicionamento do escritório<br />REVISÃO DO PLANO DE NEGÓCIOS<br /><ul><li>AS PREMISSAS PERMANECEM VÁLIDAS?</li></ul>Em m...
Posicionamento do escritório<br />REVISÃO DO PLANO DE NEGÓCIOS<br /><ul><li>OS OBJETIVOS EMPRESARIAIS CONTINUAM FACTÍVEIS?...
Posicionamento do escritório<br />REVISÃO DO PLANO DE NEGÓCIOS<br /><ul><li>OS OBJETIVOS EMPRESARIAIS CONTINUAM FACTÍVEIS?...
Posicionamento do escritório<br />REVISÃO DO PLANO DE NEGÓCIOS<br /><ul><li>OS OBJETIVOS EMPRESARIAIS CONTINUAM FACTÍVEIS?...
Posicionamento do escritório<br />REVISÃO DO PLANO DE NEGÓCIOS<br /><ul><li>OS OBJETIVOS EMPRESARIAIS CONTINUAM FACTÍVEIS?...
Posicionamento do escritório<br />REVISÃO DO PLANO DE NEGÓCIOS<br /><ul><li>OS INVESTIMENTOS PERMANECEM NECESSÁRIOS?</li><...
Administração financeira<br />ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA: SEGURANÇA DURANTE AS TURBULÊNCIAS<br /><ul><li>Incertezas exigem p...
Administração mais eficiente do capital de giro – em tempos incertos, o escritório deve ser administrado evitando ao máxim...
O  encurtamento do ciclo financeiro das operações é uma arma poderosa para aumentar o capital de giro líquido do escritóri...
A montagem e acompanhamento do fluxo de caixa ganha enorme importância. Ocorre que, normalmente, o Tesoureiro não tem infl...
Criação de valor<br />OS INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO DEVEM DIRECIONAR AS DECISÕES PARA A CRIAÇÃO DE VALOR PARA OS SÓCIOS<br ...
Ganhos de capital e
Retorno em dividendos</li></li></ul><li>Criação de valor<br />OS INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO DEVEM DIRECIONAR AS DECISÕES PA...
Ganhos de capital e
Retorno em dividendos
Rememorando a conceituação de RTI .......</li></ul>* Conceito desenvolvido originalmente pelo BCG-GV<br />
Criação de valor<br />OS INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO ...<br />EarningsBeforeInterest, Tax, DepreciationandAmortization. É da...
Infra-estrutura
 Marketing</li></ul>Rentabilidade<br />EBITDA<br />NOPAT<br />EVA ®<br />® Stern Stewart & Company<br />
Criação de valor<br />OS INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO ...<br />EarningsBeforeInterest, Tax, DepreciationandAmortization. É da...
Infra-estrutura
 Marketing</li></ul>Rentabilidade<br />EBITDA<br />NOPAT<br />EVA ®<br />Net OperatingProfitAfterTax. Dado por:<br />EBITD...
Criação de valor<br />OS INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO ...<br />EarningsBeforeInterest, Tax, DepreciationandAmortization. É da...
Infra-estrutura
 Marketing</li></ul>Rentabilidade<br />EBITDA<br />NOPAT<br />EVA ®<br />Net OperatingProfitAfterTax. Dado por:<br />EBITD...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Reposicionamento estrategico para advocacias

818

Published on

Descreve metodologia para planejamento estratégico e business plan em escritórios de advocacia.

Published in: Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
818
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
33
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Reposicionamento estrategico para advocacias

  1. 1.
  2. 2. Há pouco menos de 6 meses o Brasil obteve, de duas das maiores agências de rating, a classificação de investment grade e houve quase uma unanimidade entre analistas e empresários (e devo me incluir neste grupo) de que o Brasil ingressava numa era de crescimento e investimentos – a Bolsa disparou, as incorporadoras engordaram os jornais com anúncios de lançamentos e o comércio já se preparava para vendas recorde no Natal. As últimas semanas, porém, têm submetido todos nós a um duro teste de resistência: o “sumiço” de inimagináveis 6 trilhões de dólares do estoque mundial de riqueza entre primeiro e 10 de outubro e a queda contínua da confiança das pessoas e das empresas nas instituições de crédito pode levar a economia a uma recessão de proporções desconhecidas desde o crash da década de 30 do século passado. <br />É sobre as técnicas mais indicadas para a execução deste trabalho que trata o presente texto. Espero que possa, com ele, enriquecer o processo de revisão que se torna tão importante neste momento.<br />João Telles Corrêa Filho<br />Outubro de 2008<br />Este cenário, que se apresenta como a contrapartida mais obscura da euforia vivida nos últimos anos, impõe aos administradores a tarefa de rever planos de investimentos e orçamentos para os próximos meses ou anos. Os escritórios de advocacia, que já vêm adotando medidas de modernização administrativa, não são exceções e, a despeito das oportunidades óbvias que a turbulência trará, devem tratar de dedicar algum esforço ao reposicionamento estratégico e à revisão de suas diretrizes financeiras.<br />
  3. 3. Posicionamento do escritório<br />REVISÃO DO PLANO DE NEGÓCIOS<br />
  4. 4. Posicionamento do escritório<br />REVISÃO DO PLANO DE NEGÓCIOS<br /><ul><li>AS PREMISSAS PERMANECEM VÁLIDAS?
  5. 5. OS OBJETIVOS EMPRESARIAIS CONTINUAM FACTÍVEIS?
  6. 6. OS INVESTIMENTOS PERMANECEM NECESSÁRIOS?</li></li></ul><li>Posicionamento do escritório<br />REVISÃO DO PLANO DE NEGÓCIOS<br /><ul><li>AS PREMISSAS PERMANECEM VÁLIDAS?</li></ul>Em momentos de turbulência, há necessidade de revisar premissas ante às novas realidades impostas pelo ambiente.<br />
  7. 7. Posicionamento do escritório<br />REVISÃO DO PLANO DE NEGÓCIOS<br /><ul><li>AS PREMISSAS PERMANECEM VÁLIDAS?</li></ul>Em momentos de turbulência, há necessidade de revisar premissas ante às novas realidades impostas pelo ambiente.<br />Tributação<br />Legislação<br />AMBIENTE PRÓXIMO<br />Sociedade<br />Clientes<br />Sindicatos<br />Política<br />Governo<br />Economia<br />Parceiros<br />Comunicação<br />Fornecedores<br />Governo<br />Cultura<br />AMBIENTE REMOTO<br />
  8. 8. Posicionamento do escritório<br />REVISÃO DO PLANO DE NEGÓCIOS<br /><ul><li>OS OBJETIVOS EMPRESARIAIS CONTINUAM FACTÍVEIS?</li></ul>O mercado muda em épocas de crise, assim como as variáveis e cenários que orientam os negócios.<br />
  9. 9. Posicionamento do escritório<br />REVISÃO DO PLANO DE NEGÓCIOS<br /><ul><li>OS OBJETIVOS EMPRESARIAIS CONTINUAM FACTÍVEIS?</li></ul>O mercado muda em épocas de crise, assim como as variáveis e cenários que orientam os negócios.<br />CENÁRIOS<br />Otimista Moderado Pessimista<br />Probabilidade 25% 50% 25%<br />
  10. 10. Posicionamento do escritório<br />REVISÃO DO PLANO DE NEGÓCIOS<br /><ul><li>OS OBJETIVOS EMPRESARIAIS CONTINUAM FACTÍVEIS?</li></ul>O mercado muda em épocas de crise, assim como as variáveis e cenários que orientam os negócios.<br />CENÁRIOS<br />Otimista Moderado Pessimista<br />Probabilidade 25% 50% 25%<br />Crescimento do PIB 5,5% 3,5% 1,5%<br /> Crescimento do setor 10,0% 8,0% 2,0%<br />Crescimento da empresa 12,0% 8,0% 2,0%<br />
  11. 11. Posicionamento do escritório<br />REVISÃO DO PLANO DE NEGÓCIOS<br /><ul><li>OS OBJETIVOS EMPRESARIAIS CONTINUAM FACTÍVEIS?</li></ul>O mercado muda em épocas de crise, assim como as variáveis e cenários que orientam os negócios.<br />CENÁRIOS<br />Otimista Moderado Pessimista<br />Probabilidade 25% 50% 25%<br />Crescimento do PIB 5,5% 3,5% 1,5%<br /> Crescimento do setor 10,0% 8,0% 2,0%<br />Crescimento da empresa 12,0% 8,0% 2,0%<br />CENÁRIO ATUAL ?<br />
  12. 12. Posicionamento do escritório<br />REVISÃO DO PLANO DE NEGÓCIOS<br /><ul><li>OS INVESTIMENTOS PERMANECEM NECESSÁRIOS?</li></ul>Os investimentos podem significar a grande diferença de competitividade para o escritório:<br />Capacitação dos profissionais – NOVOS PRODUTOS E SERVIÇOS NO MERCADO<br />Tecnologia – MENORES CUSTOS AO LONGO DO TEMPO<br />MKT – NOVOS CLIENTES<br />
  13. 13. Administração financeira<br />ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA: SEGURANÇA DURANTE AS TURBULÊNCIAS<br /><ul><li>Incertezas exigem prudência</li></ul>Do administrador financeiro exigem-se prudência e conservadorismo com a saúde do caixa.<br /> Do comitê de contratos espera-se rigor na avaliação do crédito a ser concedido a novos clientes.<br /><ul><li>A re-estruturação da Tesouraria é uma ferramenta poderosa de gestão em tempos mais difíceis.</li></li></ul><li>Administração financeira<br />ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA: SEGURANÇA DURANTE AS TURBULÊNCIAS<br /><ul><li>Alguns instrumentos podem ser implantados com agilidade:
  14. 14. Administração mais eficiente do capital de giro – em tempos incertos, o escritório deve ser administrado evitando ao máximo os “descasamentos” entre ativos e passivos – investimentos de longa maturação não podem ser financiados por recursos de curto prazo.</li></li></ul><li>Administração financeira<br />ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA: SEGURANÇA DURANTE AS TURBULÊNCIAS<br /><ul><li>Alguns instrumentos podem ser implantados com agilidade:
  15. 15. O encurtamento do ciclo financeiro das operações é uma arma poderosa para aumentar o capital de giro líquido do escritório – obter adiantamentos de honorários e não financiar o cliente via pagamento de despesas são providências fundamentais diante do aperto de liquidez. Paralelamente, rever procedimentos é uma providência importante para acelerar a realização das receitas.</li></li></ul><li>Administração financeira<br />ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA: SEGURANÇA DURANTE AS TURBULÊNCIAS<br /><ul><li>Alguns instrumentos podem ser implantados com agilidade:
  16. 16. A montagem e acompanhamento do fluxo de caixa ganha enorme importância. Ocorre que, normalmente, o Tesoureiro não tem influência na contratação das contas a receber e a pagar – caberá aos sócios impor a disciplina necessária para que a administração conte com informações corretas e em tempo hábil.</li></ul>INFORMAÇÃO É FATOR CRÍTICO DE SUCESSO<br />
  17. 17. Criação de valor<br />OS INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO DEVEM DIRECIONAR AS DECISÕES PARA A CRIAÇÃO DE VALOR PARA OS SÓCIOS<br /><ul><li>Os sócios são investidores que aportam seus recursos em um empreendimento específico: um Escritório de Advocacia. O que importa, portanto, é o Retorno Total do Investimento (RTI) *. O RTI é a combinação de:
  18. 18. Ganhos de capital e
  19. 19. Retorno em dividendos</li></li></ul><li>Criação de valor<br />OS INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO DEVEM DIRECIONAR AS DECISÕES PARA A CRIAÇÃO DE VALOR PARA OS SÓCIOS<br /><ul><li>Os sócios são investidores que aportam seus recursos em um empreendimento específico: um Escritório de Advocacia. O que importa, portanto, é o Retorno Total do Investimento (RTI) *. O RTI é a combinação de:
  20. 20. Ganhos de capital e
  21. 21. Retorno em dividendos
  22. 22. Rememorando a conceituação de RTI .......</li></ul>* Conceito desenvolvido originalmente pelo BCG-GV<br />
  23. 23. Criação de valor<br />OS INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO ...<br />EarningsBeforeInterest, Tax, DepreciationandAmortization. É dado pela fórmula:<br />Vendas de serviços<br />(-) Custos operacionais<br /><ul><li> Pessoal
  24. 24. Infra-estrutura
  25. 25. Marketing</li></ul>Rentabilidade<br />EBITDA<br />NOPAT<br />EVA ®<br />® Stern Stewart & Company<br />
  26. 26. Criação de valor<br />OS INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO ...<br />EarningsBeforeInterest, Tax, DepreciationandAmortization. É dado pela fórmula:<br />Vendas de serviços<br />(-) Custos operacionais<br /><ul><li> Pessoal
  27. 27. Infra-estrutura
  28. 28. Marketing</li></ul>Rentabilidade<br />EBITDA<br />NOPAT<br />EVA ®<br />Net OperatingProfitAfterTax. Dado por:<br />EBITDA<br />(-) Juros<br /> IR<br /> Depreciação<br /> Amortização<br />® Stern Stewart & Company<br />
  29. 29. Criação de valor<br />OS INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO ...<br />EarningsBeforeInterest, Tax, DepreciationandAmortization. É dado pela fórmula:<br />Vendas de serviços<br />(-) Custos operacionais<br /><ul><li> Pessoal
  30. 30. Infra-estrutura
  31. 31. Marketing</li></ul>Rentabilidade<br />EBITDA<br />NOPAT<br />EVA ®<br />Net OperatingProfitAfterTax. Dado por:<br />EBITDA<br />(-) Juros<br /> IR<br /> Depreciação<br /> Amortização<br />EconomicValueAdded<br />é dado por:<br />NOPAT<br />(-) Custo do capital<br />Capital investido X Custo médio do capital<br />® Stern Stewart & Company<br />
  32. 32. Criação de valor<br />OS INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO ...<br /><ul><li>Cada um dos itens deverá ser questionado sob uma criteriosa lupa para que desperdícios sejam eliminados e oportunidades sejam aproveitadas. E isso para cada um dos centros de responsabilidades ....</li></li></ul><li>Criação de valor<br />OS INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO ...<br /><ul><li>Cada um dos itens deverá ser questionado sob uma criteriosa lupa para que desperdícios sejam eliminados e oportunidades sejam aproveitadas. E isso para cada um dos centros de responsabilidades ....</li></ul>QUESTIONAR CONTINUAMENTE<br />
  33. 33. A oportunidade das medidas<br />MAS, AFINAL, QUANDO IMPLANTAR AS MEDIDAS E CONTROLES?<br /><ul><li>Parece óbvio que imediatamente! </li></ul> A crise que se iniciou em julho de 2007 atingiu um estado agudo desde setembro e, a menos que as medidas em estudo pelos governos surtam efeito, tende a se prolongar por alguns anos.<br /> Agir com rapidez é importante ....<br />
  34. 34. A oportunidade das medidas<br />MAS, AFINAL, QUANDO IMPLANTAR AS MEDIDAS E CONTROLES?<br /><ul><li>Parece óbvio que imediatamente! </li></ul> A crise que se iniciou em julho de 2007 atingiu um estado agudo desde setembro e, a menos que as medidas em estudo pelos governos surtam efeito, tende a se prolongar por alguns anos.<br /> Agir com rapidez é importante ....<br />Agir com rapidez e organização é vital.<br />
  35. 35. Um caminho a seguir<br />ELABORAR UM PLANO DE TRABALHO<br /><ul><li>Formar o grupo de trabalho – incluindo sócios, administradores e consultores de diversas áreas, de acordo com o perfil do escritório;
  36. 36. Disponibilizar dados para que os pontos mais críticos e sensíveis sejam priorizados desde o início;
  37. 37. Analisar os dados financeiros e de processos;
  38. 38. Propor soluções que tragam resultados visíveis rapidamente – constatar benefícios já no início motiva a continuidade do projeto;</li></ul>Implantar, medir e corrigir desvios.<br />
  39. 39. Um caminho a seguir<br />ELABORAR UM PLANO DE TRABALHO<br />Revisar cenários e estratégias<br />Grupo de trabalho<br />Rever a pertinências dos indicadores existentes<br />Adequar modelo de avaliação ao novo cenário<br />
  40. 40. Um caminho a seguir<br />ELABORAR UM PLANO DE TRABALHO<br />Revisar cenários e estratégias<br />Testar efeito das medidas de correção de rumo<br />Comparar estratégias<br />Grupo de trabalho<br />Rever a pertinências dos indicadores existentes<br />Adequar modelo de avaliação ao novo cenário<br />
  41. 41. Um caminho a seguir<br />ELABORAR UM PLANO DE TRABALHO<br />Revisar cenários e estratégias<br />Testar efeito das medidas de correção de rumo<br />Comparar estratégias<br />Grupo de trabalho<br />Rever a pertinências dos indicadores existentes<br />Adequar modelo de avaliação ao novo cenário<br />REVER PERMANENTEMENTE<br />
  42. 42. Um caminho a seguir<br />CONTROLAR RIGOROSAMENTE OS RESULTADOS OBTIDOS<br />
  43. 43. Conclusão<br />Os desafios com os quais nos deparamos neste momento são de proporções inéditas para a grande maioria das pessoas – crises bancárias já foram vividas por alguns de nós nas décadas de 80 (Comind e Auxiliar) e 90 (PROER); anos seguidos de baixo crescimento (a década perdida de 80), crises petrolíferas (anos 70 e 80) e choques de juros (1971-1972) também não são totalmente novos. No entanto, a combinação de vários destes eventos em uma única ocasião é inédito desde 1929 e o enfrentamento da crise vai exigir muita criatividade e muito esforço de toda a sociedade.<br />As iniciativas apontadas neste texto são apenas indicativas do rumo a seguir para que os Escritórios de Advocacia possam superar os obstáculos apresentados pela economia o mais rapidamente possível e voltar a fazer aquilo para o que foram constituídos: defender os interesses de seus clientes com eficiência e qualidade.<br />É importante que os desafios sejam enfrentados com método e constância para que essas organizações saiam da crise mais fortes do que entraram e preparadas para aplicar, em tempos tranqüilos, as técnicas agora desenvolvidas. Se isso for feito, os resultados presentes – e futuros – serão sentidos no crescimento dos resultados a distribuir.<br />
  44. 44. www.tellescorrea.com.br<br />
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×