Your SlideShare is downloading. ×
0
Palestra no CNASI-DF - dia 17
Palestra no CNASI-DF - dia 17
Palestra no CNASI-DF - dia 17
Palestra no CNASI-DF - dia 17
Palestra no CNASI-DF - dia 17
Palestra no CNASI-DF - dia 17
Palestra no CNASI-DF - dia 17
Palestra no CNASI-DF - dia 17
Palestra no CNASI-DF - dia 17
Palestra no CNASI-DF - dia 17
Palestra no CNASI-DF - dia 17
Palestra no CNASI-DF - dia 17
Palestra no CNASI-DF - dia 17
Palestra no CNASI-DF - dia 17
Palestra no CNASI-DF - dia 17
Palestra no CNASI-DF - dia 17
Palestra no CNASI-DF - dia 17
Palestra no CNASI-DF - dia 17
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Palestra no CNASI-DF - dia 17

1,293

Published on

Published in: Education, Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,293
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
9
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Como o DEC está implantando Governança Corporativa
  • 2. 1. Criação de um PROGRAMA permanente de Excelência em Gestão. 2. Estabelecimento das metas do PROGRAMA em Ciclos de Melhoria. 3. Organização dos Ciclos de melhoria em Projetos.
  • 3.  Adotar modelos de referência para nortear as ações de melhoria.  Orientação das melhorias baseada nos processos.  Capacitação de pessoas para desempenho das funções.  Suporte de tecnologias de ponta.
  • 4.  Tornar as ações de melhoria um processo corporativo;  Dar ampla comunicação à organização;  Disseminar a cultura de Excelência em Gestão;  Possibilitar a medição de resultados;
  • 5.  Define marcos.  Dá visibilidade à organização das metas a alcançar.  Possibilita a medição do alcance das metas.  Permite estabelecer os fatores críticos de sucesso;  Definição das ações a empreender;  Avaliação de resultados ao final do ciclo.
  • 6.  Dividir as ações a empreender em grupamentos coesos e gerenciáveis.  Ter objetivos, escopo, custo e prazo claramente definidos.  Permitir a gestão integrada das ações.
  • 7.  Promover a visão sistêmica da organização.  Ter um Framework para nortear as ações.  Adotar práticas mundiais consagradas.  Anular o efeito “inventar a roda”.  ...  Modelos de Referência: ◦ MEG – Modelo de excelência em Gestão da FNQ ◦ MEGP - Modelo de excelência em Gestão Pública – SEGES / Ministério do Planejamento ◦ SEG-EB – Sistema de Excelência Gerencial do Exército Brasileiro
  • 8. Critérios de Excelência - FNQ Informações e conhecimento Sociedade Processos Estratégias e Planos Tecnologia RESULTADOS Liderança Necessidades e Implementados Suportados Captura Estabelece Geram Expectativas Por Por Pessoas Clientes Motor da organização
  • 9.  Passos: ◦ Alinhamento da visão sistêmica de processos. ◦ Priorização dos processos. ◦ Automação dos processos:  Retenção do conhecimento da organização.  Instrumentos para a gestão com base em indicadores.  Integração de informações.  Melhoria do desempenho.  ...
  • 10. .Contratação de MO .Melhoria Contínua .Gestão de Ativos e .Diárias e Passagens .Desempenho .Gestão da suprimentos .Gestão de .Alocação de RH estratégico Mudança .Compras e Licitações convênios .Gestão de RH Organizacional Melhoria .Desenvolvimento .Fiscalização de C científico e obras • Planejamento de Obras Militares L tecnológico • Planejamento de obras de • Execução de obras Militares I Cooperação • Execução de obras de E Controle . Qualidade, N • Gestão de Imóveis Cooperação .Gestão de Conformidade e T • Gestão ambiental competências Riscos E .Gestão de .Governança de TI .Gestão Orçamentária .Demandas jurídicas .Desapropriações colaborações .Gestão Financeira .Gestão de . Gestão de Contratos demandas Interação com a Processos de apoio Sociedade Processos finalísticos .Demandas da .Recolocação de MO sociedade Processos de controle e melhoria .Acompanhamento de .Prestação de contas Processos de interação com a Ex-colaboradores sociedade .Realizações
  • 11. Programa de Excelência em Gestão 1º Cliclo de melhorias Jan/10 Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Priorização de Implantação escritório de Processos e processos Projetos Frente de trabalho processos 1 Entrega Levantamento Frente de trabalho processos n ... Execução Planejamento
  • 12.  Nivelamento conceitual nos conceitos de excelência em gestão.  Capacitação em Gerenciamento de projetos (PMI).  Capacitação em Gestão de Processos.  Treinamento no uso de tecnologias de apoio a gestão.
  • 13.  Automação eficiente dos processos.  Suporte às necessidades de todos os níveis de gestão: Estratégico, tático e operacional.  Integração da informação e dos eventos de negócio.  Integração dos sistemas corporativos.
  • 14. Solução Integrada de Gestão Desempenho Empresarial BSC / Dashboards Gestão de Gestão e Gestão de Gestão de Gestão da Gestão de documentos e Manutenção Projetos Riscos Qualidade Suprimentos conteúdo de Ativos Gestão de Gerência de Gestão de Governança Gestão de incidentes e Ciclo de Vida Competências de TI Demandas serviços de TI de Produtos Gestão dos Processos – Camada de Integração Sistemas Corporativos Sistemas Soluções de SIAFI OBRAS do EB terceiros
  • 15.  Cel João Rufino de Sales  Email – joao_rufino@yahoo.com.br  Telefones – 55-61-34155141  Twitter - @joao_rufino1962  Blog – http://jrsseg.blogspot.com

×