• Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
208
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
0
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. ONG – S.O.S Animais
    Rio de Janeiro– RJ
    Maiko Romeiro
    Elda Reis
  • 2. Qual a finalidade ?
    S.O.S. em Defesa dos Animais trata-se de uma ONG , a fim de fortalecer a conscientização social e ecológica e ambiental em prol da Fauna Brasileira e da biodiversidade do meio ambiente em que vivem. Os animais representam um grande percentual das camadas da cadeia produtiva do ecossistema do homem. Divulgar seus direitos, respeitá-los, criar ferramentas de proteção contra a sua extinção, contra abusos e mau trato é dever dos homens. Ações que promovam estas iniciativas e integrem outras é estar cumprindo mais uma parte de seu dever enquanto cidadão.
  • 3. Outro destaque da ONG é o movimento de sensibilização “Leve um Amigo para Casa”, o qual serve de incentivo para estimular a adoção de um animal por cada cidadão.
    Toda renda de doações é revertida a instituições de abrigos e a protetores de animais. A fim de garantir a continuidade no desenvolvimento das discussões pontuadas, temos também o grande projeto de criação do 1º SANTUÁRIO ECOLÓGICO, na cidade do Rio de Janeiro.
  • 4. Em 1978 ficaram expressas na Declaração dos Direitos dos Animais, referendada pela Unesco e pela ONU, as iniciativas apontadas como obrigação para qualquer sociedade civilizada, implicando inclusive na abertura e ampliação de debates para discutir, refletir e encontrar caminhos alternativos e inteligentes. Para citar um exemplo, existem caminhos que podem ser traçados em defesa das cobaias: propostas para praticar cirurgia microvascular, substituição por outros recursos técnicos, como culturas celulares in vitro, modelos computadorizados, simuladores e placenta humana. Trata-se de um movimento mundial que vem ganhando força e visibilidade na mídia, incomodando cientistas e organizações, oficiais e oficiosas, com fins lucrativos abusivos. A sociedade, junto com as ONGs antiviveccionistas - nome complicado dado àqueles que são contra operações feitas em animais vivos para estudos fisiológicos, hoje estendido a todos que se opõem à experimentação animal, adotam atitudes e posicionamentos capazes de transformarem um cenário.
  • 5. As leis existem no Brasil mas não estão sob uma jurisdição exclusiva para o assunto, impossibilitando um avanço dinâmico e eficaz capaz de transformar a crueldade e os maus-tratos de animais, em crime. Entre outras deficiências que justificam a iniciativa do referido projeto, está a falta de divulgação e esclarecimento sobre o assunto, a poluição ambiental e o desmatamento.
  • 6. Objetivos
    • Criar Santuários Ecológicos onde possam ficar recolhidos todos os animais necessitados (urbanos e silvestres), mantendo-os salvos;
    • 7. Lutar para extinguir o comércio ilegal de animais urbanos e silvestres em feiras livres;
    • 8. Lutar para extinguir todos os tipos de rinhas (animais treinados para exercitar a raiva em disputas por dinheiro);
    • 9. Viabilizar o controle do crescimento dos animais de rua;
    • 10. Criar leis na qual o cidadão possa adquirir um animal, passando a ser responsável pelo mesmo, responsabilizando-se pela sua qualidade de vida, alimentação adequada, medicação, vacinas, proteção e carinho, honrando e respeitando o compromisso sem se desfazer do mesmo até o final de sua vida;
    • 11. Criar leis impedindo o uso de equipamentos e acessórios que venham ferir ou prejudicar os animais, como por exemplo, ferraduras inadequadas nos cavalos usados para puxar carroças, assim como carroças mais leves, de alumínio, para diminuir o peso durante o transporte;
    • 12. Proibir o mau trato dos animais expostos em festas e eventos como Rodeios, Farras do Boi, etc.;
    • 13. Acrescentar em caráter obrigatório, junto ao MEC, no currículo escolar, a disciplina Preservação Ambiental;
    • 14. Colocar em pauta a questão do reflorestamento urbano e de encostas;
    • 15. Implantar em todos os asilos, orfanatos e em reformatórios públicos, o processo de laborterapia, vinculado à jardinagem, paisagismo e agricultura de subsistência;
    • 16. Criar Leis de Incentivos Fiscais para que empresas privadas possam patrocinar projetos tendo como benefício o abatimento nos impostos municipais, estaduais e federais;
    • 17. Criar, no Estado do Rio de Janeiro, como vitrine, Centrais de Atendimento e Apoio para registro de denúncias crimes contra animais urbanos e silvestres bem como as ações necessárias para incriminar os infratores;
    • 18. Criar lei obrigatória de uso de identificação do animal;
    • 19. Acabar com a atrocidade no qual são submetidos os animais nas experiências de laboratórios, como cobaias indefesas.
    • "O grau de civilização de uma sociedade pode ser medido pela forma como trata seus animais" (Mahatma Gandhi)