• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Maikoooo
 

Maikoooo

on

  • 395 views

 

Statistics

Views

Total Views
395
Views on SlideShare
340
Embed Views
55

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

2 Embeds 55

http://joaopauloprogeo.blogspot.com 54
http://www.joaopauloprogeo.blogspot.com 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Maikoooo Maikoooo Presentation Transcript

    • ONG – S.O.S Animais
      Rio de Janeiro– RJ
      Maiko Romeiro
      Elda Reis
    • Qual a finalidade ?
      S.O.S. em Defesa dos Animais trata-se de uma ONG , a fim de fortalecer a conscientização social e ecológica e ambiental em prol da Fauna Brasileira e da biodiversidade do meio ambiente em que vivem. Os animais representam um grande percentual das camadas da cadeia produtiva do ecossistema do homem. Divulgar seus direitos, respeitá-los, criar ferramentas de proteção contra a sua extinção, contra abusos e mau trato é dever dos homens. Ações que promovam estas iniciativas e integrem outras é estar cumprindo mais uma parte de seu dever enquanto cidadão.
    • Outro destaque da ONG é o movimento de sensibilização “Leve um Amigo para Casa”, o qual serve de incentivo para estimular a adoção de um animal por cada cidadão.
      Toda renda de doações é revertida a instituições de abrigos e a protetores de animais. A fim de garantir a continuidade no desenvolvimento das discussões pontuadas, temos também o grande projeto de criação do 1º SANTUÁRIO ECOLÓGICO, na cidade do Rio de Janeiro.
    • Em 1978 ficaram expressas na Declaração dos Direitos dos Animais, referendada pela Unesco e pela ONU, as iniciativas apontadas como obrigação para qualquer sociedade civilizada, implicando inclusive na abertura e ampliação de debates para discutir, refletir e encontrar caminhos alternativos e inteligentes. Para citar um exemplo, existem caminhos que podem ser traçados em defesa das cobaias: propostas para praticar cirurgia microvascular, substituição por outros recursos técnicos, como culturas celulares in vitro, modelos computadorizados, simuladores e placenta humana. Trata-se de um movimento mundial que vem ganhando força e visibilidade na mídia, incomodando cientistas e organizações, oficiais e oficiosas, com fins lucrativos abusivos. A sociedade, junto com as ONGs antiviveccionistas - nome complicado dado àqueles que são contra operações feitas em animais vivos para estudos fisiológicos, hoje estendido a todos que se opõem à experimentação animal, adotam atitudes e posicionamentos capazes de transformarem um cenário.
    • As leis existem no Brasil mas não estão sob uma jurisdição exclusiva para o assunto, impossibilitando um avanço dinâmico e eficaz capaz de transformar a crueldade e os maus-tratos de animais, em crime. Entre outras deficiências que justificam a iniciativa do referido projeto, está a falta de divulgação e esclarecimento sobre o assunto, a poluição ambiental e o desmatamento.
    • Objetivos
      • Criar Santuários Ecológicos onde possam ficar recolhidos todos os animais necessitados (urbanos e silvestres), mantendo-os salvos;
      • Lutar para extinguir o comércio ilegal de animais urbanos e silvestres em feiras livres;
      • Lutar para extinguir todos os tipos de rinhas (animais treinados para exercitar a raiva em disputas por dinheiro);
      • Viabilizar o controle do crescimento dos animais de rua;
      • Criar leis na qual o cidadão possa adquirir um animal, passando a ser responsável pelo mesmo, responsabilizando-se pela sua qualidade de vida, alimentação adequada, medicação, vacinas, proteção e carinho, honrando e respeitando o compromisso sem se desfazer do mesmo até o final de sua vida;
      • Criar leis impedindo o uso de equipamentos e acessórios que venham ferir ou prejudicar os animais, como por exemplo, ferraduras inadequadas nos cavalos usados para puxar carroças, assim como carroças mais leves, de alumínio, para diminuir o peso durante o transporte;
      • Proibir o mau trato dos animais expostos em festas e eventos como Rodeios, Farras do Boi, etc.;
      • Acrescentar em caráter obrigatório, junto ao MEC, no currículo escolar, a disciplina Preservação Ambiental;
      • Colocar em pauta a questão do reflorestamento urbano e de encostas;
      • Implantar em todos os asilos, orfanatos e em reformatórios públicos, o processo de laborterapia, vinculado à jardinagem, paisagismo e agricultura de subsistência;
      • Criar Leis de Incentivos Fiscais para que empresas privadas possam patrocinar projetos tendo como benefício o abatimento nos impostos municipais, estaduais e federais;
      • Criar, no Estado do Rio de Janeiro, como vitrine, Centrais de Atendimento e Apoio para registro de denúncias crimes contra animais urbanos e silvestres bem como as ações necessárias para incriminar os infratores;
      • Criar lei obrigatória de uso de identificação do animal;
      • Acabar com a atrocidade no qual são submetidos os animais nas experiências de laboratórios, como cobaias indefesas.
      • "O grau de civilização de uma sociedade pode ser medido pela forma como trata seus animais" (Mahatma Gandhi)