Your SlideShare is downloading. ×
Coletânea de planos de aula matemática programa de alfabetização de jovens e adultos
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Saving this for later?

Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime - even offline.

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Coletânea de planos de aula matemática programa de alfabetização de jovens e adultos

9,937
views

Published on

Coletânea de Planos de aula_Matemática_Programa de Alfabetização de Jovens e Adultos fundação Bradesco …

Coletânea de Planos de aula_Matemática_Programa de Alfabetização de Jovens e Adultos fundação Bradesco Osasco.http://www.educacao.org.br/eja/areadoeducador/Socializao%20de%20Prticas%20Pedaggicas/Colet%C3%A2nea%20de%20Planos%20de%20Aula%20de%20Matem%C3%A1tica%20do%20Programa%20de%20Alfabetiza%C3%A7%C3%A3o%20de%20Jovens%20e%20Adultos/Colet%C3%A2nea%20de%20Planos%20de%20aula_Matem%C3%A1tica_Programa%20de%20Alfabetiza%C3%A7%C3%A3o%20de%20Jovens%20e%20Adultos.pdf
fonte

Published in: Education

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
9,937
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
98
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Coletânea de Planos de Aula - Programa de Alfabetização de Jovens e Adultos APRESENTAÇÃO Apresentamos a Coletânea de Planos de Aula de Matemática do Programa de Alfabetização de Jovens e Adultos/2010, elaborada pelos alfabetizadores de algumas unidades escolares que oferecem o curso. Sabendo que o plano de aula tem uma função imediata, que é a de levar o alfabetizador a pensar sobre o que irá fazer em sala, qual habilidade desenvolverá em um determinado espaço de tempo e, depois de aplicado, pensar se o que foi feito deu certo, quais foram os problemas encontrados e o que será feito para superá-los, nossa expectativa com esta socialização é que provoque reflexões ao alfabetizador sobre suas ações efetivas e que ocorra o replanejamento para promover o processo de ensino-aprendizagem, sempre que necessário. Planejar cuidadosamente as aulas, com estratégias focadas no desenvolvimento das habilidades é condição essencial para se organizar este processo e para desenvolver habilidades da Matriz de Referência para Avaliação do curso, além de o alfabetizador assumir controle sobre a improvisação e explorar a potencialidade máxima de aprendizagem que cada aula deve conter. Esperamos inspirar os alfabetizadores a socializarem outras práticas e assim, constituirmos a Coletânea de Planos de Aula 2011! Boa leitura!Setor de Educação de Jovens e Adultos - SEJA
  • 2. Coletânea de Planos de Aula - Programa de Alfabetização de Jovens e Adultos Escola de Educação Básica e Profissional Fundação Bradesco - RJ Alfabetização de Jovens e Adultos – ALFA II Objetivos: Identificar o antecessor e sucessor dos números naturais a fim de ampliar o conhecimento adquirido na vivência diária; Estabelecer relações de maior e menor entre os números; Desenvolver o raciocínio lógico com a noção de ordenação e quantificação. Conteúdo: Sucessor e antecessor de um número natural. Competência: Reconhecer as regras do Sistema de Numeração Decimal (SND) para ampliar a capacidade de leitura e escrita numéricas. Habilidade 12: Reconhecer regularidades em sequências numéricas, inclusive a relativa a antecessor e sucessor. Estratégias: Partir dos conhecimentos prévios e vivência dos alunos estimulando-os a nomear alguns presidentes do Brasil que serão apresentados em cartaz. Em seguida, registrar essas informações no quadro de giz e, de acordo com a participação dos alunos, organizar as informações por ordem de mandato. Apresentar e extrapolar o conceito de antes e depois: imediatamente antes (antecessor) e imediatamente depois (sucessor) através de questionamentos relativos à atividade. Recursos: Quadro de giz, folha impressa. Avaliação: 1. Observe a sequência de presidentes da República e responda:Setor de Educação de Jovens e Adultos - SEJA
  • 3. Coletânea de Planos de Aula - Programa de Alfabetização de Jovens e Adultos a) Quem foi o sucessor imediato de Itamar Franco?______________________________________________________________ b) Escreva o nome dos antecessores de Fernando Collor de Mello: ____________________________________________________________________ c) O sucessor de Fernando Henrique Cardoso, terminando o 2º mandato: _____________________________________________________________________ 2. Observe como as sequências começaram e complete-as. 3. Três remédios homeopáticos, A, B e C devem ser ingeridos a cada 2 horas. Tendo ingerido o A às 9 horas, em que horário tomará o C? A C 9h B ? a) 07 horas b) 09 horas c) 11horas d) 13horasSetor de Educação de Jovens e Adultos - SEJA
  • 4. Coletânea de Planos de Aula - Programa de Alfabetização de Jovens e Adultos Osasco II/ SP - Alfabetização de Jovens e Adultos – ALFA II Objetivo: Utilizar o sistema de medidas nas situações trabalhadas no cotidiano. Conteúdo: Medidas de tempo (hora, minuto, segundo, ano, meses, semanas). Competência: Reconhecer e utilizar as unidades de medida de tempo. Habilidade: H36. Transformar medidas de tempo (hora e minuto, hora e dia, dia e semana, semana e meses, meses e ano). Estratégia: Iniciaremos a atividade partindo dos conhecimentos prévios e vivência dos alunos sobre os conteúdos propostos. Lançaremos a seguinte problematização: Quantos minutos tem uma hora? Conduzirei os alunos a compreenderem que são necessárias conversões para determinados cálculos. Previamente pedirei aos alunos que preencham uma tabela com horários de sua rotina: Na aula propriamente dita, deverão calcular a duração de sua rotina, ou seja, determinar quanto tempo dormiu, quanto tempo levou para sair de casa e chegar à escola, quanto tempo gastou na saída da escola até sua casa ou trabalho. Logo após, os alunos deverão explicar como chegaram àquele resultado. Em seguida irei entregar uma atividade na qual deverão resolver os problemas envolvendo medidas de tempo.Setor de Educação de Jovens e Adultos - SEJA
  • 5. Coletânea de Planos de Aula - Programa de Alfabetização de Jovens e Adultos 1. Lúcio tem uma jornada de trabalho semanal de 40 horas. Considerando que estas horas são igualmente distribuídas em oito horas diárias, podemos afirmar que o equivalente em dias trabalhados é de: a) 04 dias b) 05 dias c) 06 dias d) 07 dias 2. Ana levou seu filho ao pediatra, pois estava com muita dor de garganta e tosse. O médico receitou um medicamento a ser ministrado de 8 em 8 horas. Como Marcelo, filho de Ana, estava muito abatido, logo que saiu da clínica a mãe comprou o remédio e já o ministrou. Eram 15 horas e 30 minutos. Qual será o horário da próxima dose respeitando o intervalo recomendado pelo médico? 3. Márcio trabalha em uma oficina mecânica e seu horário de entrada é às 7 horas. Na noite passada dormiu muito mal, pois seu filho, ainda bebê, estava com febre e chorou a noite inteira. Colocou o despertador para tocar às 5 horas, mas não ouviu e só acordou às 6 horas e 50 minutos, chegando hoje ao seu trabalho somente às 8 horas e 40 minutos. Sabendo que ele precisa trabalhar oito horas por dia, parando uma hora para o almoço, em qual horário Márcio sairá da oficina no dia de hoje? Os alunos serão convidados a realizar os problemas na lousa contando ao grupo como chegaram às respostas. Recursos: Lousa, giz, atividade xerografada, lápis e borracha. Avaliação: A avaliação se dará através da observação contínua da alfabetizadora em relação ao desempenho dos alunos frente a resolução dos problemas matemáticos. Noutra sequência de atividades, pode-se propor a resolução de situações-problema individualmente e tabular os resultados para avaliar o desenvolvimento da habilidade.Setor de Educação de Jovens e Adultos - SEJA
  • 6. Coletânea de Planos de Aula - Programa de Alfabetização de Jovens e Adultos Escola de Educação Básica e Profissional “Embaixador Espedito de Freitas Resende” - Fundação Bradesco – Teresina/Piauí Alfabetização de Jovens e Adultos – ALFA II Objetivos:Ler informações apresentadas em gráficos e tabelas;Resolver situações- problemas envolvendo adição ou subtração de números naturais a partir de dados obtidos em gráficos e tabelas. Conteúdo: Leitura e interpretação de tabelas e gráficos. Competência 3: Aplicar os conhecimentos adquiridos na resolução de situações- problema da realidade imediata, avaliando sua adequação ao contexto proposto. Habilidade: H 11. Resolver situação-problema a partir de dados obtidos em tabelas e gráficos, principalmente presentes em periódicos, envolvendo números naturais. Estratégias: A alfabetizadora iniciará aula a partir dos seguintes questionamentos:  Qual sua idade?  Quantas pessoas moram com você? A professora apresentará esses questionamentos com as opções a, b, c e d em um cartaz e solicitará a cada aluno que marque com um X a opção escolhida. Para cada alternativa escolhida deve ser marcada com cor diferente. Após todos responderem, analisaremos os dados, e proporemos a construção dos gráficos. Na sequência, os gráficos serão analisados e interpretados pelos alunos a partir de questionamentos. Num segundo momento, os alunos em duplas, resolverão algumas atividades/ questões e logo depois ocorrerá a socialização. Neste momento, as respostas dos alunos serão confrontadas, confirmadas ou retificadas. Avaliação: Os alunos serão avaliados através da exploração da linguagem de gráficos e tabelas, presente em vários contextos, como jornais, revistas e em textos, ou seja, se conseguem interpretar e coletar os dados, informações, resolvendo situações- problemas a partir de dados das tabelas e gráficos.Setor de Educação de Jovens e Adultos - SEJA
  • 7. Coletânea de Planos de Aula - Programa de Alfabetização de Jovens e Adultos Atividades 1ª Questão Gráfico da mortalidade infantil no Brasil (em número de mortes até os cinco anos para cada mil nascimentos.) 1. Que informações estão dispostas nesse gráfico? Chave de resposta: Neste gráfico estão dispostas as informações dos números de mortes (para cada mil nascimentos) e tempo, definido em anos. 2. A respeito da mortalidade infantil no Brasil entre 1990 e 2000, o que esse gráfico permite afirmar? Chave de resposta: O gráfico permite afirmar que a mortalidade infantil no Brasil diminuiu nesses anos. 3. A inclinação da reta entre os anos de 1990 e meados do ano de 1994 é maior do que entre meados de 1994 e os anos 2000. O que se pode inferir a partir disso? Chave de resposta: Pode-se inferir que houve maior queda da mortalidade infantil entre 1990 e 1994 do que entre 1994 e 2000. O foco está relacionado à leitura e interpretação do gráfico.Setor de Educação de Jovens e Adultos - SEJA
  • 8. Coletânea de Planos de Aula - Programa de Alfabetização de Jovens e Adultos Atividades 2ª Questão Gastos Calóricos em atividades físicas 1. Qual dessas atividades você recomendaria a uma pessoa que quisesse perder calorias mais rapidamente? Justifique sua resposta. Chave de resposta: Recomendaria o ciclismo ou a corrida, uma vez que essas atividades possibilitam maior gasto de calorias. Poderia recomendar o ski, caso haja pistas “artificiais” no seu estado, cidade. 2. Considerando a média de calorias gastas em uma hora de futebol, que é um esporte bem popular no Brasil e no mundo, podemos afirmar que o gasto calórico se equipara à prática do: a) Tênis b) Basquete c) Halterofilismo d) NataçãoSetor de Educação de Jovens e Adultos - SEJA
  • 9. Coletânea de Planos de Aula - Programa de Alfabetização de Jovens e Adultos Escola de Educação Básica e Profissional Dona Sinhá Neves Fundação Bradesco – São João Del – Rei Alfabetização de Jovens e Adultos – ALFA II Objetivos: Reconhecer a regularidade de diversas sequências numéricas; Identificar sucessor e antecessor. Conteúdos: Sequência numérica; Sucessor e antecessor. Competência: C1 Interpretar e utilizar linguagem matemática, percebendo-a na linguagem corrente (textos, gráficos, tabelas, infográficos, etc). Habilidade H12. Reconhecer regularidades em sequências numéricas, inclusive a relativa a antecessor e sucessor. Estratégia: Iniciaremos a atividade partindo dos conhecimentos prévios dos alunos sobre sequências numéricas. Faremos algumas contagens orais, explorando diversas sequências com numerais de 2 e 3 ordens. Os alunos serão desafiados a realizarem cálculos mentais com as seguintes expressões: antes, depois, entre, antecessor e sucessor. Exemplos: Quantos números temos entre 214 e 302? Qual é o número que vem imediatamente depois do nº189? Após a atividade oral, os alunos reunidos em duplas, receberão o ábaco e uma folha com situações problemas para serem resolvidas. Finalizaremos com a correção coletiva dos exercícios e socialização das respostas. Recursos: Ábaco de Pinos, quadro de giz, folha xerocada, régua, lápis, papel. Atividades: 1. Descubram qual a regra desta sequência, observando os registros na reta numérica: Registrem no ábaco e na folha o número 380. Se quisessem registrá-lo nesta reta numérica, deveriam colocá-lo entre os números: A) 250 e 300 B) 300 e 350 C) 350 e 400 D) 450 e 500Setor de Educação de Jovens e Adultos - SEJA
  • 10. Coletânea de Planos de Aula - Programa de Alfabetização de Jovens e Adultos 2. Na última partida do jogo de Bingo em nossa sala de aula, Dona Cirene ganhou a primeira rodada e os números sorteados na cartela dela foram estes: Vamos registrá-los no ábaco e socializar com a turma. Marque com um x a alternativa que contem o antecessor e o sucessor do menor número marcado na cartela de Dona Cirene. A) 84 e 86 B) 10 e 12 C) 14 e 16 D) 50 e 53Setor de Educação de Jovens e Adultos - SEJA
  • 11. Coletânea de Planos de Aula - Programa de Alfabetização de Jovens e Adultos Escola de Educação Básica e Profissional Dona Sinhá Neves Fundação Bradesco – São João Del – Rei Alfabetização de Jovens e Adultos – ALFA II Objetivos: Identificar formas geométricas no ambiente; Explorar as características de cada uma das formas observadas; Representar figuras planas e sólidos geométricos; Resolver situações problemas relacionadas com as formas geométricas planas e espaciais. Conteúdos: Figuras geométricas planas e espaciais. Competência: C2. Apropriar-se de conhecimentos de Matemática para selecionar, organizar, relacionar e interpretar dados expressos em diferentes formas para tomar decisões e enfrentar situações-problema. Habilidade: H21. Identificar características de figuras planas (quadrado, retângulo, triângulo, círculo) ou espaciais (prisma, pirâmide, cilindro, cone) em objetos ou figuras do cotidiano. Estratégias: Iniciaremos a atividade partindo dos conhecimentos prévios e vivências dos alunos. Apresentar os Blocos Lógicos e explorar as formas geométricas e suas características. Em seguida, propor aos alunos a observação da sala de aula com todos os objetos presentes, a fim de identificarem as diversas formas. Utilizaremos imagens para sensibilizar os alunos a observarem a geometria na natureza, nas construções/ arquitetura, nos sólidos e em contextos próximos, como é o caso da sala de aula. Após a exploração oral, os alunos apresentarão as embalagens solicitadas na aula anterior. Em grupo, deverão agrupar as embalagens de acordo com critérios estabelecidos por eles. Levantar questionamentos: - Que diferença há entre uma caixa de bombons e a embalagem do jogo de varetas? - Como se pode obter uma figura plana com a caixa de bombons? Pedir para os alunos escolherem uma embalagem e desmontá-la, a fim de identificar em cada uma delas as diversas formas. Para finalizar a proposta, realizar a socialização das identificações das figuras planas atividade e registrar. Recursos: Blocos Lógicos, quadro de giz, embalagens, folha de atividade.Setor de Educação de Jovens e Adultos - SEJA
  • 12. Coletânea de Planos de Aula - Programa de Alfabetização de Jovens e Adultos Atividades: Hoje você observou detalhadamente o ambiente ao seu redor e percebeu que os objetos têm uma forma, seja na rua, em casa, na sala de aula. Todos eles apresentam formas bem variadas. Vamos trabalhar com algumas delas. 1.Quando desmontamos as diversas embalagens, descobrimos que elas são formadas por outras formas espaciais. Observe as embalagens desmontadas e marque qual delas é o cilindro: 2. Nosso colega Michel trabalha na loja de eletrodomésticos e está sempre empilhando caixas e embalagens de vários formatos. Observe as caixas abaixo. Em quais delas encontramos a base na forma de um quadrado? a) Tipo I e II b) Tipo I, II e III c) Tipo III e IV d) Tipo I e IVSetor de Educação de Jovens e Adultos - SEJA
  • 13. Coletânea de Planos de Aula - Programa de Alfabetização de Jovens e Adultos Colégio Fundação Bradesco – Aparecida de Goiânia/ GO Alfabetização de Jovens e Adultos – ALFA II Objetivos: Reconhecer formas geométricas planas; Representar figuras planas; Calcular a área de figuras geométricas. Conteúdos: Figuras geométricas planas e área. Competência: C3. Aplicar os conhecimentos adquiridos na resolução de situações- problema da realidade imediata, avaliando sua adequação ao contexto proposto. Habilidade: H22 Resolver situações – problema envolvendo planificações ou propriedades das figuras estudadas, aplicadas a objetos ou figuras, em diferentes contextos; H 40. Resolver situações-problema envolvendo o cálculo de área de figuras planas, referentes a contextos reais, desenhadas em malhas quadriculadas. Estratégias: H22. Os alunos estarão agrupados em trios e em cada um dos trios teremos um profissional da área de construção civil. A alfabetizadora orientará os trios para que observem o ambiente em sala de aula e registrem no caderno de matemática as formas geométricas encontradas. Utilizaremos as imagens para sensibilizar os alunos sobre a geometria na natureza, nas construções/ arquitetura, nos sólidos e em contextos próximos, como é o caso da sala de aula. Entendemos como relevante os alunos socializem oralmente as observações. H40. Distribuir papel A3, pincel e giz de cera para cada trio. Pedir que desenhem um cômodo retangular de uma casa, o qual deverá ser azulejado. O trio deverá escolher as medidas do cômodo e dos azulejos que achar conveniente. Dando prosseguimento à atividade, a alfabetizadora solicitará que os trios encontrem quantos azulejos serão necessários para assentar neste cômodo. Como cada trio teve liberdade para definir as medidas do cômodo, para finalizar, convidar cada trio para socializar a atividade proposta com a turma. Expor a atividade no mural de sala. Propor a resolução da situação-problema (atividade em comum) aos trios e depois compartilhar a correção, chamando atenção para as diferentes formas de resolução. Recursos: Folha A3, pincel, giz de cera, lousa. Avaliação: Verificar em cada grupo a integração para o desenvolvimento da atividade proposta e atendimento à habilidade.Setor de Educação de Jovens e Adultos - SEJA
  • 14. Coletânea de Planos de Aula - Programa de Alfabetização de Jovens e Adultos Atividade: O pedreiro Hélio deseja azulejar uma área retangular, cujas dimensões são 16 metros de largura por 10 metros de comprimento, conforme indica a figura abaixo. Quantos azulejos quadrados, cujas dimensões são 1 metro de largura por 1 metro de comprimento, serão necessários para cobrir toda área?Setor de Educação de Jovens e Adultos - SEJA
  • 15. Coletânea de Planos de Aula - Programa de Alfabetização de Jovens e Adultos Escola de Educação Básica e Profissional Fundação Bradesco – Natal/ RN Alfabetização de Jovens e Adultos – ALFA II Objetivos: Conhecer as diferentes unidades de medida; Ler e registrar diferentes unidades de medida (p. 53 – Plano de Ensino ALFA). Conteúdos: Grandezas e unidades de medida de: tempo (dias, semanas, meses e anos); Transformações de unidades de medida de tempo (dias, semanas, meses e anos); (p. 53 – Plano de Ensino ALFA). Competência: Reconhecer a importância do uso social das unidades de medida; Reconhecer e utilizar as unidades de medida de tempo, de comprimento, de massa, bem como seus respectivos símbolos. (p. 52 – Plano de Ensino ALFA). Habilidade: H 36. Transformar medidas de tempo (hora e minuto, hora e dia, dia e semana, semana e meses, meses e ano). Estratégia: A aula iniciará com a apresentação de um calendário do ano de 2011, em seguida será feita uma relação com conhecimentos prévios dos alunos sobre o material mostrado e o que eles sabem. Os alunos serão motivados a observarem calendários de anos anteriores e compararem data, dias da semana, feriados, etc. Na sequência, o conteúdo será problematizado com situações do dia-a-dia, envolvendo noções de tempo (dias, meses e anos). Dando continuidade, será proposta uma atividade sistematizada acerca de uma situação-problema envolvendo transformações de unidades de medida de tempo. Avaliação: Será feita avaliação oral, escrita, manual, individual e coletiva. Atividade: O pedreiro Marcelo e sua equipe vão iniciar a construção de um estádio para a copa do mundo de 2014, visto que a cidade Natal sediará alguns jogos. Para a realização da obra, iniciarão o serviço em 7/7/2011. Eles planejaram a construção da seguinte forma: 1ª fase: levantar, latojar e cobrir – 90 dias 2ª fase: contrapiso, reboco e portões – 60 dias 3ª fase: acabamento (piso e azulejo) – 60 diasSetor de Educação de Jovens e Adultos - SEJA
  • 16. Coletânea de Planos de Aula - Programa de Alfabetização de Jovens e Adultos De acordo com este planejamento, responda: a) Quantas semanas levarão para o término da 2ª fase da construção? _______________________________________________________________ b) Em quantas semanas eles concluirão as três fases? _______________________________________________________________ c) Em que dia estará pronta a 3ª fase? _______________________________________________________________ d) Em quantos meses concluirão as três fases? _______________________________________________________________Setor de Educação de Jovens e Adultos - SEJA
  • 17. Coletânea de Planos de Aula - Programa de Alfabetização de Jovens e Adultos Escola de Educação Básica e Profissional Dona Sinhá Neves Fundação Bradesco – São João Del – Rei Alfabetização de Jovens e Adultos – ALFA II Objetivos: Interpretar os dados das pesquisas estatísticas (tabelas e gráficos); Realizar estimativas de valores; Realizar adições e subtrações; Construir gráfico. Conteúdos: Pesquisas estatísticas. Competência 3: Aplicar os conhecimentos adquiridos na resolução de situações- problema da realidade imediata, avaliando sua adequação ao contexto proposto. Habilidade: H11- Resolver situações-problema a partir de dados obtidos em tabelas e gráficos, principalmente presentes em periódicos, envolvendo números naturais. Estratégia: Os alunos serão desafiados a partir de uma pesquisa de opinião, realizada por eles no projeto plantas medicinais, a interpretarem os dados obtidos em tabela e gráfico. É preciso explorar os conhecimentos dos alunos sobre a tabela, qual a interpretação dos dados do gráfico, etc. A finalidade é que os alunos resolvam situações-problemas a partir destes dados. As atividades serão resolvidas em duplas e a correção, coletiva. Atividades:Setor de Educação de Jovens e Adultos - SEJA
  • 18. Coletânea de Planos de Aula - Programa de Alfabetização de Jovens e Adultos Agora que você e sua dupla leram a tabela e o gráfico, resolvam as questões a seguir: 1. De acordo com a pesquisa, qual é o chá que os alunos das duas turmas (ALFA I e II) menos utilizaram? __________________________________________________________________ 2. Calcule o total de alunos do ALFA II que utilizam os chás de hortelã, congonha do campo, funcho e erva São João: a) 49 b) 37 c) 24 d) 21 3. A diferença entre a quantidade de alunos do ALFA I e II que usam o chá de camomila é de: a) 2 b) 5 c) 3 d) 6 4. Retornem à tabela e registrem na última coluna o total de alunos que consomem cada um dos chás.Setor de Educação de Jovens e Adultos - SEJA
  • 19. Coletânea de Planos de Aula - Programa de Alfabetização de Jovens e Adultos Fundação Bradesco – Aparecida de Goiânia Alfabetização de Jovens e Adultos – ALFA II Objetivos:Formar diferentes números a partir da permutação dos números. Desafiar os alunos a resolverem situações – problema envolvendo permutação simples. Conteúdos: Permutação de algarismos. Habilidade: H16 Permutar algarismos na constituição de números. Estratégias: Organizar a sala em “U”. Inicialmente a alfabetizadora estará distribuindo 3 cartões retangulares aos alunos. Orientá-los para que registrem 3 algarismos diferentes de 0 a 9. Após os registros, pedir que os alunos formem com os cartões o maior número possível e o menor número possível e registre no caderno de matemática. Ao finalizarem os registros, a alfabetizadora verificará quem conseguiu formar o maior/menor número e registrará no quadro- de – giz. Ainda na atividade proposta, sugerir que os alunos troquem uma carta com o colega do seu lado direito e novamente permutem os algarismos encontrando o maior/menor número. Propor a realização do exercício abaixo, socializando as respostas obtidas. Recursos:Papel Criative Paper, quadro- de- giz e lista de exercícios Avaliação: Verificar durante a atividade proposta se os alunos conseguiram permutar os algarismos encontrando o maior e o menor número. Atividades: 1. Em um jogo de baralho, Maria pegou a seguinte seqüência de cartas: 5, 2 e 8. Com os algarismos dessas três cartas qual é o maior e o menor número que Maria pode formar utilizando todos eles sem repetir em cada item? a) ____________________ b) ____________________Setor de Educação de Jovens e Adultos - SEJA
  • 20. Coletânea de Planos de Aula - Programa de Alfabetização de Jovens e AdultosSetor de Educação de Jovens e Adultos - SEJA