JOÃO KLEBER
PROMOÇÃO À SAÚDE DO
TRABALHADOR
 As mudanças no mundo do trabalho advindas das
inovações tecnológicas e organizacionais têm
incrementado significativamen...
Das Relações de Trabalho
 A relação entre o trabalho e a saúde/ doença surgiu
na antiguidade, mas tornou-se um foco de at...
 No Brasil, a legislação trabalhista compõe-se de Normas
Regulamentadoras, Normas Regulamentadoras Rurais e
outras leis c...
Felizmente um maior número de pessoas já compreende que as doenças profissionais são aquelas
decorrentes da exposição dos ...
 Outra etapa do processo de prevenção é a de
reconhecimento dos riscos. Nesse caso, o risco já está
presente e será preci...
 Portanto, ao se articular Promoção da Saúde e
Trabalho busca-se um instrumento poderoso para
que a Saúde do trabalhador ...
NORMA REGULAMENTADORA - NR 10
 SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM
ELETRICIDADE
 Conforme a Portaria MINISTRO DE ESTA...
 De acordo com a NR 10 a carga horaria de trabalho é
de 40 h trabalhados.
PERIGOS ELETRICOS
 CHOQUE ELÉTRICO
 EXPROSÃO ELÉTRICA
 QUEIMADURAS POR ELETRICIDADES
ISTO PODE RESULTAR EM LESÕES GRAVE...
COMO OS EPIS SÃO IMPORTANTES!
Assim sendo, os Equipamentos de Proteção Individual para
atividades que envolvem eletricidade, compreendem:
 Capacete de ...
ALGUNS EPIS DE SEGURANÇA
 promoçâo a saúde do trabalhador
 promoçâo a saúde do trabalhador
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

promoçâo a saúde do trabalhador

108

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
108
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
4
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

promoçâo a saúde do trabalhador

  1. 1. JOÃO KLEBER PROMOÇÃO À SAÚDE DO TRABALHADOR
  2. 2.  As mudanças no mundo do trabalho advindas das inovações tecnológicas e organizacionais têm incrementado significativamente a produção nas empresas, eliminando assim tarefas penosas ou pesadas. Essa relação estabelecida entre o homem e a tecnologia ocasionou novos riscos para a saúde dos trabalhadores, tanto nos aspectos físico, mental ou social.
  3. 3. Das Relações de Trabalho  A relação entre o trabalho e a saúde/ doença surgiu na antiguidade, mas tornou-se um foco de atenção a partir da Revolução Industrial. Afinal, no trabalho escravo ou no regime servil, inexistia a preocupação em preservar a saúde dos que eram submetidos ao trabalho. Os trabalhadores eram equiparados a animais e ferramentas.
  4. 4.  No Brasil, a legislação trabalhista compõe-se de Normas Regulamentadoras, Normas Regulamentadoras Rurais e outras leis complementares, como portarias, decretos e convenções Internacionais da Organização Internacional do Trabalho. Devido ao fato de ter surgido e se mantido a sombra da legislação, muitos de nós não demos a devida importância a Segurança do trabalho. Limitamos a mera leitura da legislação sem preocuparmos com a interpretação e a cultura prevencionista. Ainda existe uma gama de instituições empresariais que só implantam os programas exigidos por lei para terem os documentos e papéis em seus arquivos com o objetivo de apresentar aos Fiscais do Trabalho, em caso de Fiscalização.
  5. 5. Felizmente um maior número de pessoas já compreende que as doenças profissionais são aquelas decorrentes da exposição dos trabalhadores aos riscos ambientais, ergonômicos ou de acidentes  O setor de segurança e saúde tornou-se multidisciplinar e busca incessantemente prevenir os riscos ocupacionais. Esta é a forma mais eficiente de promover e preservar a saúde e a integridade física dos trabalhadores. Nesse aspecto se destaca os profissionais da área, composto por Técnico de Segurança do Trabalho, Engenheiro de Segurança do Trabalho, Médico do Trabalho e Enfermeiro do Trabalho. Estes, por sua vez, atuam na eliminação ou neutralização dos riscos, prevenindo uma doença ou impedindo o seu agravamento. Para tanto, é necessária a antecipação dos riscos que envolvem a análise de projetos de novas instalações, métodos ou processos de trabalho, ou de modificação dos já existentes, visando identificar os riscos potenciais e introduzir medidas de proteção para sua redução ou eliminação.
  6. 6.  Outra etapa do processo de prevenção é a de reconhecimento dos riscos. Nesse caso, o risco já está presente e será preciso intervir no ambiente de trabalho. Reconhecer os riscos é uma tarefa que exige observação cuidadosa das condições ambientais, caracterização das atividades, entrevistas e pesquisas. A adoção das medidas de controle, também se torna necessária para a etapa da prevenção.
  7. 7.  Portanto, ao se articular Promoção da Saúde e Trabalho busca-se um instrumento poderoso para que a Saúde do trabalhador possa integrar-se e sair do isolamento que se encontra nas políticas públicas de saúde, por meio de sua inserção na proposição de políticas saudáveis, procurando mostrar que os problemas de saúde nessa área dizem respeito também ao conjunto da sociedade.
  8. 8. NORMA REGULAMENTADORA - NR 10  SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE  Conforme a Portaria MINISTRO DE ESTADO DO TRABALHO E EMPREGO nº 598 de 07.12.2004  estabelece os requisitos e condições mínimas objetivando a implementação de medidas de controle e sistemas preventivos, de forma a garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores que, direta ou indiretamente, interajam em instalações elétricas e serviços com eletricidade.
  9. 9.  De acordo com a NR 10 a carga horaria de trabalho é de 40 h trabalhados.
  10. 10. PERIGOS ELETRICOS  CHOQUE ELÉTRICO  EXPROSÃO ELÉTRICA  QUEIMADURAS POR ELETRICIDADES ISTO PODE RESULTAR EM LESÕES GRAVES E MORTE.
  11. 11. COMO OS EPIS SÃO IMPORTANTES!
  12. 12. Assim sendo, os Equipamentos de Proteção Individual para atividades que envolvem eletricidade, compreendem:  Capacete de segurança;  Óculos;  Luvas;  Protetores respiratórios (máscaras);  Calçados/Sapatos de segurança;  Cintos de segurança com talabarte;  Braçadeiras;  Vestimentas apropriadas à tarefa;  Protetores faciais;  Protetores auriculares;  Mangas de segurança.
  13. 13. ALGUNS EPIS DE SEGURANÇA
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×