Metodologia Trabalho Cientifico

50,062 views

Published on

Metodologia Trabalho Cientifico recolha de dados questionario pesquisa enquete populacao amostra

Elaborando instrumentos para a recolha de dados

http://joaojosefonseca1.blogspot.com/

Joao Jose Saraiva da Fonseca

Published in: Education, Technology, Business
2 Comments
30 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
50,062
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2,130
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
2
Likes
30
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Metodologia Trabalho Cientifico

  1. 1. INSTRUMENTOS DE COLETAS DE DADOS João José Saraiva da Fonseca
  2. 2. INSTRUMENTOS DE COLETAS DE DADOS <ul><li>A observação </li></ul><ul><li>A entrevista </li></ul><ul><li>O questionário </li></ul><ul><li>O formulario </li></ul>
  3. 3. Instrumentos de Coletas de Dados A Observação <ul><li>A Observação pode ser utilizada como procedimento científico desde que: </li></ul><ul><li>a) sirva a um objetivo formulado de pesquisa; </li></ul><ul><li>b) seja sistematicamente planejada; </li></ul><ul><li>c) seja sistematicamente registrada e ligada a proposições mais gerais; </li></ul><ul><li>d) seja submetida a verificação e controles de validade e precisão (Selltiz et al., 1967, p. 225) </li></ul>
  4. 4. Métodos e Instrumentos de Coletas de Dados A Observação <ul><li>Vantagens: </li></ul><ul><li>a) Possibilita meios diretos e satisfatórios para uma ampla </li></ul><ul><li>variedade de fenômenos. </li></ul><ul><li>b) Exige menos do pesquisador do que outras técnicas. </li></ul><ul><li>c) Permite a coleta de dados sobre um conjunto de atitudes comportamentais típicas. </li></ul><ul><li>d) Permite a evidência de dados não constantes do roteiro de entrevistas ou de questionários. </li></ul>
  5. 5. Métodos e Instrumentos de Coletas de Dados A Observação <ul><li>Limitações: </li></ul><ul><li>a) O observado tende a criar impressões favoráveis ou desfavoráveis no observador. </li></ul><ul><li>b) A ocorrência espontânea não pode ser prevista, o que impede, muitas vezes, o observador de presenciar o fato. </li></ul><ul><li>c) Fatores imprevistos podem interferir na tarefa do pesquisador. </li></ul><ul><li>d) A duração dos acontecimentos é variável </li></ul><ul><li>e) Vários aspectos da vida cotidiana, particular, podem não ser acessíveis ao pesquisador. </li></ul>
  6. 6. Métodos e Instrumentos de Coletas de Dados A Observação <ul><li>Tipos de observação: (Ander-Egg, 1978:96) </li></ul><ul><li>a) Segundo os meios utilizados: </li></ul><ul><li>• Observação não estruturada (Assistemática). </li></ul><ul><li>• Observação estruturada (Sistemática). </li></ul><ul><li>b) Segundo a participação do observador: </li></ul><ul><li>• Observação não participante. </li></ul><ul><li>• Observação participante. </li></ul>
  7. 7. Métodos e Instrumentos de Coletas de Dados A Observação <ul><li>Tipos de observação: (Ander-Egg, 1978:96) </li></ul><ul><li>c ) Segundo o número de observações: </li></ul><ul><li>• Observação individual. </li></ul><ul><li>• Observação em equipe. </li></ul><ul><li>d) Segundo o lugar onde se realiza: </li></ul><ul><li>• Observação efetuada na vida real (trabalho de campo) </li></ul><ul><li>• Observação efetuada em laboratório. </li></ul>
  8. 8. <ul><li>Definição do problema </li></ul><ul><li>Decisão sob as formas de observação </li></ul><ul><li>Definição das características a serem observadas </li></ul><ul><li>Determinação das modalidades e técnicas de registro </li></ul><ul><li>Verificar os critérios científicos </li></ul><ul><li>Construção do sistema final de observação </li></ul><ul><li>Aplicação do roteiro de observação Edmann (1978) </li></ul>Instrumentos de Coletas de Dados A Observação GUIA PARA CONSTRUÇÃO DE UM SISTEMA DE OBSERVAÇÃO
  9. 9. Instrumentos da Observação <ul><li>Check-list de observação: </li></ul><ul><ul><li>registram-se os aspectos do objeto de estudo </li></ul></ul><ul><li>Caderno de anotação/diário de campo </li></ul><ul><ul><li>Registram-se qualquer outro tipo de informação útil para pesquisa </li></ul></ul><ul><li>Conversações informais com as pessoas </li></ul>Instrumentos de Coletas de Dados A Observação Gil (1999, p. 118)
  10. 10. <ul><li>Não deve interferir e mudar o comportamento das pessoas a serem observadas </li></ul><ul><li>Observar de forma objetiva e correta </li></ul><ul><li>Deve convencer as pessoas sobre a necessidade e importância da observação </li></ul><ul><li>Deve demonstrar tolerância e respeito </li></ul>Instrumentos de Coletas de Dados A Observação GUIA PARA CONSTRUÇÃO DE UM SISTEMA DE OBSERVAÇÃO
  11. 11. Instrumentos de Coletas de Dados A Observação DEFINIÇÃO: “... utiliza os sentidos na obtenção de determinados aspectos da realidade. Consiste de ver, ouvir e examinar fatos ou fenômenos” (Marconi & Lakatos, 1999)
  12. 12. A Entrevista <ul><li>Vantagens: </li></ul><ul><li>a ) a entrevista possibilita a obtenção de dados referentes </li></ul><ul><li>aos mais diversos aspectos da vida social; </li></ul><ul><li>b) a entrevista é uma técnica muito eficiente para a </li></ul><ul><li>obtenção de dados em profundidade acerca do </li></ul><ul><li>comportamento humano; </li></ul>
  13. 13. Instrumentos de Coletas de Dados A Entrevista <ul><li>Limitações: </li></ul><ul><li>a) a falta de motivação do entrevistado para responder as </li></ul><ul><li>perguntas que lhes são feitas; </li></ul><ul><li>b) a inadequada compreensão do significado das </li></ul><ul><li>perguntas; </li></ul><ul><li>c) o fornecimento de respostas falsas, determinadas por </li></ul><ul><li>razões conscientes ou inconscientes; </li></ul><ul><li>d) a inabilidade do entrevistado para responder adequadamente, em decorrência de insuficiência vocabular ou de problemas psicológicos; </li></ul>
  14. 14. Instrumentos de Coletas de Dados A Entrevista <ul><li>Limitações: </li></ul><ul><li>e) a influência exercida pelo aspecto pessoal do </li></ul><ul><li>entrevistador sobre o entrevistado; </li></ul><ul><li>f) a influência das opiniões pessoais do entrevistador sobre </li></ul><ul><li>a resposta do entrevistado; </li></ul><ul><li>g) os custos com o treinamento de pessoal e a aplicação </li></ul><ul><li>das entrevistas. </li></ul>
  15. 15. Instrumentos de Coletas de Dados A Entrevista <ul><li>Classificação </li></ul><ul><li>a) Entrevista informal: </li></ul><ul><li>• menos estruturada possível; </li></ul><ul><li>• obtenção de uma visão geral do problema pesquisado; </li></ul><ul><li>• recomendada nos estudos exploratórios. </li></ul><ul><li>b) Entrevista focalizada: </li></ul><ul><li>• enfoca um tema específico; </li></ul><ul><li>• objetiva explorar a fundo alguma experiência vivida em </li></ul><ul><li>condições precisas. </li></ul>
  16. 16. Instrumentos de Coletas de Dados A Entrevista <ul><li>Classificação </li></ul><ul><li>c) Entrevista por pautas: </li></ul><ul><li>• certo grau de estruturação; </li></ul><ul><li>• pontos de interesse do investigador; </li></ul><ul><li>• as pautas devem ser ordenadas e guardar certa </li></ul><ul><li>relação entre si. </li></ul><ul><li>d) Entrevista estruturada: </li></ul><ul><li>• relação fixa de perguntas; </li></ul><ul><li>• a ordem e redação das perguntas é invariável para </li></ul><ul><li>todos os entrevistados; </li></ul>
  17. 17. Instrumentos de Coletas de Dados A Entrevista <ul><li>Classificação </li></ul><ul><li>d) Entrevista estruturada: </li></ul><ul><li>• possibilita o tratamento quantitativo dos dados </li></ul><ul><li>(análise estatística, respostas padronizadas); </li></ul><ul><li>• vantagens </li></ul><ul><li>• rapidez; </li></ul><ul><li>• não exige exaustiva preparação dos pesquisadores. </li></ul><ul><li>• limitação </li></ul><ul><li>• não possibilita a análise dos fatos com maior </li></ul><ul><li>profundidade. </li></ul>
  18. 18. Instrumentos de Coletas de Dados A Entrevista <ul><li>Classificação </li></ul><ul><li>d) Entrevista estruturada: </li></ul><ul><li>• Instrumentos </li></ul><ul><li>1. Questionário </li></ul><ul><li>• expressa melhor o procedimento auto-administrativo </li></ul><ul><li>2. Formulário </li></ul><ul><li>• o entrevistador tem contato direto com o </li></ul><ul><li>entrevistado; </li></ul><ul><li>• o entrevistador anota as respostas do entrevistado. </li></ul>
  19. 19. Instrumentos de Coletas de Dados A Entrevista <ul><li>A condução da entrevista </li></ul><ul><li>a) O estabelecimento do contato inicial: </li></ul><ul><li>• conversa amistosa; </li></ul><ul><li>• finalidade da visita; </li></ul><ul><li>• o objetivo da pesquisa; </li></ul><ul><li>• o nome da entidade ou das pessoas que a patrocinam; </li></ul><ul><li>• importância para a comunidade ou grupo pesquisado; </li></ul><ul><li>• importância da colaboração pessoal do entrevistado; </li></ul>
  20. 20. Instrumentos de Coletas de Dados A Entrevista <ul><li>A condução da entrevista </li></ul><ul><li>b) A formulação das perguntas: </li></ul><ul><li>• só devem ser feitas perguntas diretamente quando o </li></ul><ul><li>entrevistado estiver pronto para dar a informação </li></ul><ul><li>desejada e na forma precisa; </li></ul><ul><li>• devem ser feitas em primeiro lugar perguntas que não </li></ul><ul><li>conduzam à recusa em responder, ou que possam </li></ul><ul><li>provocar algum negativismo; </li></ul><ul><li>• deve ser feita uma pergunta de cada vez; </li></ul>
  21. 21. Instrumentos de Coletas de Dados A Entrevista <ul><li>A condução da entrevista </li></ul><ul><li>c) A formulação das perguntas: </li></ul><ul><li>• as perguntas não devem deixar implícitas as respostas; </li></ul><ul><li>• convém manter na mente as questões mais </li></ul><ul><li>importantes até que se tenha a informação adequada </li></ul><ul><li>sobre elas; assim que uma questão tenha sido </li></ul><ul><li>respondida deve ser abandonada em favor da seguinte. </li></ul><ul><li>• deve ser garantida a confidencialidade da informação </li></ul><ul><li>recolhida. </li></ul>
  22. 22. Instrumentos de Coletas de Dados A Entrevista <ul><li>A condução da entrevista </li></ul><ul><li>d) Estímulo a respostas completas: </li></ul><ul><li>“ Poderia contar um pouco mais a respeito?” </li></ul><ul><li>“ Qual a causa no seu entender?” </li></ul><ul><li>“ Qual a sua idéia em relação a esse ponto?” </li></ul><ul><li>“ Qual o dado que lhe parece mais exato?” </li></ul><ul><li>Resposta como “não sei”  “Entendo que este é um </li></ul><ul><li>problema que geralmente não preocupa muito as </li></ul><ul><li>pessoas, mas gostaria que me falasse um pouco mais a </li></ul><ul><li>esse respeito.” </li></ul>
  23. 23. Instrumentos de Coletas de Dados A Entrevista <ul><li>A condução da entrevista </li></ul><ul><li>e) O registro das respostas: </li></ul><ul><li>• dispor o formulário sobre a mesa ou superfície lisa; </li></ul><ul><li>• situar na mesa linha visual o formulário e o </li></ul><ul><li>entrevistado, para poder observar a um e ao outro </li></ul><ul><li>sem grandes movimentos, centrando a atenção no </li></ul><ul><li>informante; </li></ul><ul><li>• começar a anotar somente depois que o entrevistado </li></ul><ul><li>começar a responder ; </li></ul>
  24. 24. Instrumentos de Coletas de Dados A Entrevista <ul><li>A condução da entrevista </li></ul><ul><li>f) O registro das respostas: </li></ul><ul><li>• usar ponto de exclamação (!) quando o tom da </li></ul><ul><li>resposta assim o pede; </li></ul><ul><li>• anotar alguns aspectos e atitudes do entrevistado que </li></ul><ul><li>possuam algum significado útil; </li></ul><ul><li>• utilizar as mesmas palavras do entrevistado e evitar </li></ul><ul><li>resumir ou parafrasear as respostas; </li></ul>
  25. 26. Instrumentos de Coletas de Dados O Questionário <ul><li>Vantagens: </li></ul><ul><li>• possibilita atingir grande número de pessoas,mesmo que </li></ul><ul><li>estejam dispersas numa área geográfica muito extensa, </li></ul><ul><li>já que o questionário pode ser enviado pelo correio; </li></ul><ul><li>• implica menores gastos com pessoal, posto que o </li></ul><ul><li>questionário não exige o treinamento dos pesquisadores; </li></ul><ul><li>• garante o anonimato das pessoas; </li></ul>
  26. 27. Instrumentos de Coletas de Dados O Questionário <ul><li>Vantagens: </li></ul><ul><li>• permite que as pessoas o respondam no momento em </li></ul><ul><li>que julgarem mais conveniente; </li></ul><ul><li>• não expõe os pesquisadores à influência das opiniões e </li></ul><ul><li>do aspecto pessoal do entrevistado. </li></ul>
  27. 28. Instrumentos de Coletas de Dados O Questionário <ul><li>Limitações: </li></ul><ul><li>• exclui as pessoas que não sabem ler e escrever, o que, </li></ul><ul><li>em certas circunstâncias, conduz a graves deformações </li></ul><ul><li>nos resultados da investigação; </li></ul><ul><li>• impede o auxílio ao informante quando este não intende </li></ul><ul><li>corretamente as instruções ou perguntas; </li></ul><ul><li>• impede o conhecimento das circunstâncias em que foi </li></ul><ul><li>respondido, o que pode ser importante na avaliação da </li></ul><ul><li>qualidade das respostas; </li></ul>
  28. 29. Instrumentos de Coletas de Dados O Questionário <ul><li>Limitações: </li></ul><ul><li>• envolve, geralmente, número relativamente de </li></ul><ul><li>perguntas, porque é sabido que questionários muito </li></ul><ul><li>extensos apresentam alta probabilidade de não serem </li></ul><ul><li>respondido; </li></ul><ul><li>• proporciona resultados bastantes críticos em relação à </li></ul><ul><li>objetividade, pois os itens podem ter significado </li></ul><ul><li>diferentes para cada sujeito pesquisado. </li></ul>
  29. 30. Instrumentos de Coletas de Dados O Questionário <ul><li>Processos de elaboração: </li></ul><ul><li>• dividir o assunto em temas; </li></ul><ul><li>• de cada tema extrair um número “X” de perguntas; </li></ul><ul><li>• os temas escolhidos devem estar de acordo com os </li></ul><ul><li>objetivos geral e específicos; </li></ul><ul><li>• deve ser limitado em extensão e finalidade: </li></ul><ul><li>20 a 30 perguntas e demorar cerca de 30 minutos; </li></ul><ul><li>• as questões devem ser codificadas  tabulação; </li></ul><ul><li>• indicação da identidade ou organização patrocinadora da </li></ul><ul><li>pesquisa; </li></ul>
  30. 31. Instrumentos de Coletas de Dados O Questionário <ul><li>Processos de elaboração: </li></ul><ul><li>• deve estar acompanhado por instruções definidas e </li></ul><ul><li>notas explicativas; </li></ul><ul><li>• deve ser observado o aspecto material e a estética. </li></ul>
  31. 32. Instrumentos de Coletas de Dados O Questionário <ul><li>Classificação das perguntas </li></ul><ul><li>• Quanto a forma: </li></ul><ul><li>a) Abertas; </li></ul><ul><li>b) Fechadas; </li></ul><ul><li>c) Múltipla escolha </li></ul><ul><li>• Perguntas com mostruário; </li></ul><ul><li>• Perguntas de estimação ou avaliação. </li></ul>
  32. 33. Instrumentos de Coletas de Dados O Questionário <ul><li>Classificação das perguntas </li></ul><ul><li>• Quanto ao objetivo: </li></ul><ul><li>a) Perguntas de fato; </li></ul><ul><li>b) Perguntas de ação; </li></ul><ul><li>c) Perguntas de/ou sobre intenção; </li></ul><ul><li>d) Perguntas - Índice ou Perguntas - Teste. </li></ul>
  33. 34. Instrumentos de Coletas de Dados O Questionário <ul><li>A escolha das perguntas: </li></ul><ul><li>a) devem ser incluídas apenas perguntas relacionadas ao </li></ul><ul><li>problema pesquisado; </li></ul><ul><li>b) não devem ser incluídas perguntas cujas respostas </li></ul><ul><li>podem ser obtidas de forma mais precisa por outros </li></ul><ul><li>procedimentos; </li></ul><ul><li>c) devem-se levar em conta as implicações das perguntas </li></ul><ul><li>com os procedimentos de tabulação e análise dos dados </li></ul>
  34. 35. Instrumentos de Coletas de Dados O Questionário <ul><li>A escolha das perguntas: </li></ul><ul><li>d) devem ser incluídas apenas as perguntas que posam </li></ul><ul><li>ser respondidas sem maiores dificuldades; </li></ul><ul><li>e) devem ser evitadas perguntas que penetrem na </li></ul><ul><li>intimidade das pessoas. </li></ul>
  35. 36. Instrumentos de Coletas de Dados O Questionário <ul><li>A formulação das perguntas: </li></ul><ul><li>a) as perguntas devem ser feitas formuladas de maneira </li></ul><ul><li>clara, concreta e precisa; </li></ul><ul><li>b) deve-se levar em consideração o sistema de referência </li></ul><ul><li>do interrogado, bem como o seu nível de informação; </li></ul><ul><li>c) a pergunta deve possibilitar uma única interpretação; </li></ul><ul><li>d) a pergunta não deve sugerir respostas; </li></ul><ul><li>e) as perguntas devem referir-se a uma idéia de cada vez. </li></ul>
  36. 37. Instrumentos de Coletas de Dados O Questionário <ul><li>Ordem das perguntas (Goode e Hatt, 1969:177) </li></ul><ul><li>A disposição das perguntas precisa seguir uma “progressão lógica”, para que o informante: </li></ul><ul><li>a) seja conduzido a responder pelo interesse despertado, </li></ul><ul><li>sendo as perguntas atraentes e não controvertidas; </li></ul><ul><li>b) seja levado a responder, indo dos itens mais fáceis </li></ul><ul><li>para os mais complexos; </li></ul>
  37. 38. QUESTIONÁRIO <ul><li>REQUISITOS NECESSÁRIOS </li></ul><ul><li>Carta explicando a natureza da pesquisa; </li></ul><ul><li>Evidenciar importância; </li></ul><ul><li>Despertar interesse do recebedor; </li></ul><ul><li>Prazos de retorno; </li></ul><ul><li>Forma atraente; extensão; carta explicativa; facilidades de preenchimento e devolução. </li></ul>
  38. 39. Instrumentos de Coletas de Dados O Questionário <ul><li>O pré-teste </li></ul><ul><li>Possíveis falhas podem ser evidenciadas: </li></ul><ul><li>• inconsistência ou complexidade das questões; </li></ul><ul><li>• ambigüidade ou linguagem inacessível; </li></ul><ul><li>• perguntas supérfluas ou que causam embaraço ao </li></ul><ul><li>informante; </li></ul><ul><li>• se as questões obedecem a determinada ordem; </li></ul><ul><li>• se as questões são muito numerosas; </li></ul>
  39. 40. Instrumentos de Coletas de Dados O Questionário <ul><li>O pré-teste </li></ul><ul><li>Verifique se o questionário apresenta três importantes </li></ul><ul><li>elementos: </li></ul><ul><li>a) Fidedignidade; </li></ul><ul><li>b) Validade; </li></ul><ul><li>c) Operatividade. </li></ul>
  40. 41. QUESTIONÁRIO “ instrumento de coleta de dados constituído por uma série de perguntas, que devem ser respondidas por escrito” (Marconi & Lakatos, 1999) DEFINIÇÃO
  41. 43. O Questionário <ul><li>Tipos de questionários: </li></ul><ul><ul><li>Respondido pelo informante – questionário </li></ul></ul><ul><ul><li>Respondido pelo próprio pesquisador – formulário </li></ul></ul>
  42. 44. <ul><li>Qualidades (Ander - Egg, 1978:125) </li></ul><ul><li>a) Adaptação ao objeto de investigação </li></ul><ul><li>b) Adaptação aos meios que se possui para realizar o trabalho </li></ul><ul><li>c) Precisão das informações em um grau de exatidão suficiente e satisfatório para o objetivo proposto </li></ul>Instrumentos de Coletas de Dados O Formulário
  43. 45. O Formulário <ul><li>Vantagens </li></ul><ul><li>a) Utilizado em quase todo o seguimento da população </li></ul><ul><li>b) Oportunidade de estabelecer um rapport , devido ao contato pessoal </li></ul><ul><li>c) Presença do pesquisador, que pode explicar os objetivos da pesquisa, orientar o preenchimento do formulário e elucidar significados de perguntas que não estejam muito claras </li></ul>
  44. 46. O Formulário <ul><li>Vantagens </li></ul><ul><li>d) Flexibilidade, para adaptar-se às necessidades de cada situação, podendo o entrevistador reformular itens ou ajustar o formulário à compreensão de cada informante </li></ul><ul><li>e) Obtenção de dados mais complexos e úteis </li></ul><ul><li>f) Facilidade na aquisição de um número representativo de informantes, em determinado grupo </li></ul><ul><li>g) Uniformidade dos símbolos utilizados, pois é preenchido pelo próprio pesquisador </li></ul>
  45. 47. <ul><li>Desvantagens </li></ul><ul><li>a) Menos liberdade nas respostas, em virtude da presença de entrevistador </li></ul><ul><li>b) Risco de distorções, pela influência do aplicador </li></ul><ul><li>c) Menos prazo para responder às perguntas; não havendo tempo para pensar, elas podem ser invalidadas </li></ul>O Formulário
  46. 48. O Formulário <ul><li>Desvantagens </li></ul><ul><li>d) Mais demorado, por ser aplicado a uma pessoa de cada vez </li></ul><ul><li>e) Insegurança das respostas, por falta do anonimato </li></ul><ul><li>f) Pessoas possuidoras de informações necessárias podem estar em localidades muito distantes, tornando a resposta difícil, demorada e dispendiosa </li></ul><ul><li>Apresentação do Formulário </li></ul>

×